1 março 2009 A PALAVRA DO EDITOR

CARGOS, CARGOS E MAIS CARGOS

A disputa pelo fundo de pensão de Furnas, com patrimônio de 7 bilhões de reais, evidencia os métodos do PMDB e seu apreço pela chave do cofre

brasil32.jpg
“Isso é uma bandidagem completa.” – Ministro Edison Lobão

O silêncio foi a única resposta do PMDB às afirmações do senador Jarbas Vasconcelos de que o partido só pensa em assumir cargos para praticar corrupção.

Na semana passada, houve mais uma. Numa crua demonstração de que as palavras do senador não embutiam um milímetro de exagero, o PMDB partiu para a briga com o PT pela nomeação de dois cargos de direção da Fundação Real Grandeza, o fundo de pensão dos funcionários de Furnas e da Eletronuclear.

Em público, sem nenhum constrangimento e falando alto, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, do PMDB, defendeu a substituição imediata do presidente e do diretor financeiro de investimentos do fundo, ambos apadrinhados do PT.

A contenda é apresentada como uma legítima busca por maior eficiência administrativa na gestão da aposentadoria dos servidores. Não é. O que o PMDB deseja é o controle absoluto do conglomerado que administra um patrimônio superior a 7 bilhões de reais – um tesouro cobiçado tanto por quem tem o hábito de ganhar dinheiro fácil e enriquecer de forma ilícita como por aqueles que planejam forrar o caixa de campanhas políticas.

Clique aqui e leia este artigo completo »

1 março 2009 DEU NO JORNAL

CRÉDULOS

Dezenove dias depois de iniciar o segundo mandato como prefeito de Nova Iguaçu (Baixada Fluminense), o petista Lindberg Farias, 39, começou a investir em um novo projeto: viabilizar sua candidatura ao governo do Rio de Janeiro em 2010. De olho nos 3 milhões de nordestinos que moram no Estado, ele se tornou um dos apresentadores do programa “Nação Nordeste”, veiculado pelas rádios Metropolitana AM e Bandeirantes AM. “O objetivo é criar um canal de comunicação com os nordestinos e entre eles, além de divulgar a cultura do Nordeste”, afirma Lindberg.

* * *

Pra dar ibope a quem não presta e popularidade a brilhantes falsos, ninguém melhor que nós, os nordestinos crédulos, devotos de Pade Ciço, Frei Damião e outros santos ainda vivos.

1 março 2009 A PALAVRA DO EDITOR

PREPOTÊNCIA ENCARNADA

Aqui no Recife, em pleno carnaval, aconteceu uma coisa fantástica, protagonizada por uma fantástica secretária petralha da mais fantástica prefeitura municipal petralha.

Tentaram barrar no camarote oficial a Deputada Federal Ana Arraes, filha do ex-governador Miguel Arraes e mãe do atual governador Eduardo Campos.

Uma arenga da porra, uma emboança arretada, uma engresia digna de uma ponta-de-rua bem escrota.

Estou ansioso pra ouvir uma fala qualquer do prefeito. Mas até agora ele tem dado o calado como resposta.

Educadamente, o governador está na dele. Se é que conheço alguma coisa desse povo, ele está apenas aguardando o momento certo pra dar o troco, ao mesmo tempo que calibra a pajaraca. Sem vaselina e com areia.

Enquanto aguardo manifestação da secretária ou do prefeito seu chefe, reproduzo algumas cartas publicadas nos jornais do Recife:

O prefeito João da Costa está na obrigação de vir a público para aplicar uma reprimenda na secretária Lygia Falcão, que cometeu a estupidez de tentar expulsar a mãe do governador Eduardo Campos, deputada Ana Arraes, do espaço vip no Marco Zero, onde se encontrava a ministra Dilma Roussef. Por dever funcional, a secretária também deve pedir desculpas à sociedade. Naquele momento ela representava o prefeito do Recife. Lygia Falcão está passando dos limites e chegou a hora de chamar o feito às ordens. O gesto dela foi uma afronta ao governador, ao prefeito, à bancada federal, à família Arraes, às normas protocolares e à sociedade pernambucana. – Gabriel Azevedo

Acredito ter causado o maior constrangimento à deputada Ana Arraes, mãe do governador Eduardo Campos, a atitude da secretária da PCR, Lygia Falcão, de tentar expulsá-la do espaço vip da prefeitura na abertura oficial do Carnaval. O fato foi noticiado com exclusividade pelo blog do jornalista Jamildo Melo. Quais os poderes de Ligya Falcão para se arvorar em “fiscal” da representação popular num evento público do qual o governo do Estado é o principal responsável? Além da grosseria, o fato é inadmissível em virtude de Ana Arraes ser uma parlamentar federal e, como mãe do governador Eduardo Campos, merece um tratamento condigno em quisquer eventos públicos ou particulares. O governador Eduardo Campos e a deputada Ana Arraes deveriam repudiar essa atitude insolente de Lygia Falcão. É uma questão de respeito. – Angélica Moura

Li que Lygia Falcão, tentou expulsar a deputada Ana Arraes do espaço vip do Marco Zero, sob o pretexto de que ela não constava da comitiva da ministra Dilma Roussef. Afinal, fiquei convencido de que o episódio é sintomático da prepotência dessa turma do PT. – Etevaldo Borba

CARDEAL JOÃO VEIGA – RECIFE-PE

Aos detratores, como Hugo Leonardo, da minha fé inabalável nos homens, veja o que eu estou estudando:

Adoro te devote é um hino de louvor e adoração ao Santíssimo Sacramento, escrito por Tomás de Aquino.

Adóro te devóte, latens Déitas, Quae sub his figúris vere látitas: Tibi se cor meum totum súbiicit, Quia te contémplans totum déficit. Visus, tactus, gustus in te fállitur, Sed audítu solo tuto créditur. Credo, quidquid dixit Dei Fílus: Nil hoc verbo Veritátis vérius. In cruce latébat sola Déitas, At hic latet simul et humánitas; Ambo tamen credens atque cónfitens, Peto quod petívit latro paénitens. Plagas, sicut Thomas, non intúeor; Deum tamen meum te confíteor. Fac me tibi semper magis crédere, In te spem habére, te dilígere. O memoriále mortis Dómini! Panis vivus, vitam praestan hómini! praesta meae menti de te vívere. Et te illi semper dulce sápere. Pie pellicáne, Iesu Dómine, me immúndum munda tuo sánguine. Cuius una stilla salvum fácere Totum mundum quit ab omni scélere. Iesu, quem velátum nunc aspício, Oro fiat illud quod tam sítio; Ut te reveláta cernens fácie, Visu sim beátus tuae glóriae. Amen. [1]

1 março 2009 DEU NO JORNAL

ASSALTO ADIADO

Lobão recua e diz que diretoria de fundo de Furnas não mudará. Em nota, ministro afirma que Fundação Real Grandeza não terá alterações até outubro, quando acaba o mandato da atual gestão

* * *

Este Lobão é mais um que tá com vontade de enfiar o dedo na bunda e rasgar, com raiva do Senador Jarbinhas. A célebre entrevista fez o assalto ao fundo de pensão de Furnas vir à luz do dia e os ratos peemedebista foram obrigados a recuar.

Tomara que ele engrosse o dossiê que está sendo montado contra o senador pernambucano. As páginas do JBF estão abertas pra publicar nomes, datas, recibos e CPF, comprovando que o nosso conterrâneo também é corrupto.

ALINE BERTO – RECIFE-PE

Eita barata virada num mói de coentro.

A bicha é braba feito um cão chupando manga, braba feito mulher flagrando marido gargalhando em horário de trabalho, braba feito siri na lata…

Pense!

Um bom domingo a todos.

R. Bem mais que a fúria da barata, o que me deixou impressionado foi a quantidade de acessos que este vídeo teve no Youtube: 3.256.370.

Agora estão explicados os dois maiores sucessos deste país, o do JBF e o de Mula Pomposa.

O povo só gosta mesmo do que não presta.

1 março 2009 DEU NO JORNAL

PICA PRA TODOS

A direção de Furnas é exemplo acabado do modelo “picado” de loteamento adotado pelo governo Lula. O presidente da estatal, Carlos Nadalutti, é PMDB. O diretor de Operações, Fábio Resende, tem patrocínio do petista Jorge Bittar e do PSB (é irmão do ministro da Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende). O de Engenharia, Mário Rogar, é bancado pelo PR, e o de Gestão, Luis Fernando Paroli, pelo PT mineiro.

* * *

Ou seja: roubalheira bem organizada e proporcional à ajuda que cada bancada pode dar ao Presidente Lula.

Muito parecido com o esgoto do Correio que culminou no escândalo do Mensalão.

1 março 2009 DEU NO JORNAL

PALMAS QUE ELE MERECE

A um ano e sete meses da eleição de 2010, a cúpula do PT aceitou a vontade do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e dá como consolidada a candidatura da ministra Dilma Rousseff à Presidência.

* * *

Estes idiotas ainda vivem na ilusão de que estão com as rédeas na mão e que podem impor os rumos das coisas. Lula botou no furico de todos sem vaselina. Ou melhor, botou na goela de todos a bixiguenta rexonxuda Dilma, pré-dieta e pré-plástica, e o bando engoliu. Gemendo, mas engoliu.

E tem gente que diz que eu não aprovo nada do que Lula faz. Toda vez que ele enfia a pajaraca no furico da quadrilha encarnada, tem meu aplauso delirante.

CARLOS IVAN – OLINDA-PE

Santo Papa

Sua Santidade se declara desafinado pra algumas coisas. Deve já ser “coisa da idade”.

Porém, na divulgação da amostra do Coral de Aboios de Serrita, no valioso JBF, sua afinação tá da porra. Merece um dezaço. Com louvor. Isto é que é cultura.

Que muita gente por esse Brasilsão dos confins do mundo nem desconfia que existe um tesouro de tamanha qualidade no pedaço. À disposição. Infelizmente guardado a sete chaves. Isto é, muito pouco divulgado. Por motivos óbvios.

Que atitude, Papa Berto.

Valeu, demais.

Eta jornalzinho da bixiga lixa! Pra saber dar o seu recado.

R. Meu caro, você nem sabe como eu fico ancho com este tipo de louvação. Engulo uma corda da porra!

De fato, o Coral de Aboios de Serrita é uma das coisas mais extraordinárias que eu tive a felicidade de conhecer nos últimos anos.

Estou torcendo para que alguma boa alma consiga indicar praquela leitora onde podem ser encontrados os discos do grupo.

E, pra complementar, tem aqui mais um vídeo mostrando outra apresentação do Coral de Aboios de Serrita, na festa de Nossa Senhora da Penha, em Serra Talhada, no ano passado.

É um vídeo amador, feito no meio da mutidão, mas que dá uma boa idéia do trabalho do grupo.

 

1 março 2009 DEU NO JORNAL

UM PETRALHA TÍPICO

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou a penhora de imóvel do ex-deputado e ex-ministro José Dirceu por causa de uma dívida judicial. Dirceu foi condenado, em segunda instância, a pagar custas processuais de ação popular que moveu – e perdeu – contra o governo Quércia (1987-1990). Com o fim da ação, o ex-ministro da Casa Civil foi condenado a arcar com os honorários de um perito contratado no caso. Em valores atualizados, Dirceu deve cerca de R$ 120 mil ao perito.

* * *

É impressionante como os integrantes da alta quadrilha petralha vivem enrolados em tribunais. E mais impressionante ainda: conseguem perder uma ação contra um ladrão notório como Orestes Quercia (espero que os zisquerdinhas luleiros não me peçam os recibos das propinas que Quercia recebeu…)

1 março 2009 DEU NO JORNAL

SE FAZENDO DE BESTA

O padre e deputado federal Luiz Couto (PT-PB), 64, se disse surpreso com a decisão do arcebispo dom Aldo Pagotto de suspendê-lo de suas funções como sacerdote por ter defendido, em entrevista a um site, o uso da camisinha, os homossexuais e o fim da obrigatoriedade do celibato.

* * *

Na cerimônia de Ordenação, que é considerada um sacramento pela Igreja Católica, tanto quanto o Batismo e o Casamento, a extensa liturgia da cerimônia tem um item no qual o bispo pergunta ao ordenando:

– Prometes obediência e reverência a mim e aos meus sucessores?

E o futuro padre responde:

– Sim.

É um juramento tão solene que os ordenandos ficam deitados no chão e fazem voto de pobreza, obediência e castidade. Castidade, não custa nada ressaltar, é o tal celibato. Obediência, também não custa lembrar, é obedecer ao bispo, ao papa e aos ditames da igreja.

Foi assim quando da ordenação do deputado petralha Luiz Couto.

É o que se chama de “comunhão com o bispo”. Uma comunhão tão importante quanto a “comunhão com o Papa”. Uma comunhão a que estão obrigados todos os católicos.

Pois bem.

A Igreja Católica Romana, cujo chefe supremo é o Papa e cujo chefe na Paraiba é Dom Aldo Pagotto – que botou sem pena no furico do petralha -, prega há muito tempo ser contra camisinha, frangos e fudelança de padres.

Eu e o resto do mundo todinho podemos ser contra isto, mas não podemos afirmar que não sabemos disto. Que não sabíamos das determinações da Igreja Católica Romana. Muito menos este porra-louca deste petralha. Que ainda teve a cara-de-pau (peculiar a todo petralha) de declarar que estava “surpreso”.

Ele é padre e católico por livre e espontânea vontade. Ninguém o obrigou a submeter-se à cerimônia de Ordenação. Desde os tempos de seminarista que ele já sabia da doutrina da igreja sobre camisinha, viadagem e celibato. Sabia no momento em que foi ordenado. E aceitou tudo de livre e espontânea vontade. Respondeu “sim” ao bispo que lhe ordenou.

Olha aqui, seu deputado petralha Luiz Couto: vá se lascar e deixe de falar merda.

Cerimônia de ordenação: futuros padres de cu pra riba, declarando obediência e reverência ao bispo e ao papa e jurando que serão castos a vida inteira

1 março 2009 A PALAVRA DO EDITOR

E TEM GENTE QUE ACREDITA

Após o assassinato de quatro trabalhadores por delinquentes disfarçados de militantes de “movimento social”, o MST divulgou uma nota que começa assim:

“Nesses 25 anos de luta pela Reforma Agrária, o MST repudia a violência como solução para os conflitos no campo.”

Agora me respondam: dá pra levar a sério uns caras-de-pau deste calibre??? E, por favor, não me peçam pra ter paciência e ser compreensivo com os urbanóides que acreditam e defendem declarações deste tipo.

Bem comparando, seria como se o PCC emitisse uma nota desse jeito:

“Nestes 25 anos de luta, o PCC repudia a ilegalidade, a clandestinidade, o tráfico de drogas e a violência para solução dos conflitos sociais”.

Republicazinha de rapariga, esta nossa. Putz…

PS: A propósito da pureza ideológica e revolucionária do MST: o bando irá hoje, domingo, às ruas de São Luiz em defesa do governador Jackson Lago (PDT), ameaçado de cassação pelo TSE. Detalhe: com o apoio do PT.

SEU PEDRO – GUANAMBI-BA

Eu sou igual às mulheres; ou elas são iguais a mim?

É de nos deixar de queixo caído que em pleno século XXI, quando falam em eleger uma mulher (se bem que não tão pura) ao cargo máximo da nação, as mulheres ainda aceitem serem descriminadas tão publicamente, e ainda dizendo amém. Isto me ocorreu no momento em que vi milhares de mulheres, entulhadas em uma praça, dizendo o sim universal a uma ordenação de padre. Alguém já viu um padre mulher? Papa já houve um; quem conhece a história de Joana IV, sabe do que estou falando.

Ser padre não é falta de mérito, ao contrario. Ainda acredito que somente homens diferentes, especiais, chegam a esse patamar social. Se do vocacionado é o direito de escolha, o poder de decisão é dos bispos. E os reverendíssimos ainda não decidiram por uma mulher padre, nem que seja como uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher, que se aproxima. Outra descriminação é ter um dia internacional da mulher, sem que haja em nós a lembrança que todos os dias são internacionais, e também são dos homens e das mulheres!

Clique aqui e leia este artigo completo »

1 março 2009 DEU NO JORNAL

ESTATÍSTICA

Levantamento divulgado nesta sexta-feira pelo Supremo Tribunal Federal mostra que tramitam na corte 275 inquéritos e 103 ações penais em que autoridades com prerrogativa de foro privilegiado – ministros, deputados e senadores – respondem como réus e aguardam um veredicto final em relação à denúncia. Os dados revelam crescimento no número de ações penais: até julho de 2007 eram 50, hoje esse número dobrou. Entre as acusações, há casos de desvio de dinheiro público, crimes de responsabilidade, crimes contra o Sistema Financeiro Nacional e fraude em licitação.

* * *

Tinha razão o Deputado Federal Luiz Inácio Lula da Silva quando declarou há duas décadas que o Congresso tinha “300 picaretas”.

É pena que o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao lado dos amigos Renan, Sarney, Lobão, Jáder e Jucá, não se lembre mais desta estatística que ele criou.

VICTOR GERMANO PEREIRA – SÃO PAULO-SP

O que Jarbas Vasconcelos disse todos já sabiam.

O que está faltando é um novo Roberto Jefferson, que dê nomes e números aos bois.

R. Até que enfim apareceu alguém dizendo que já sabia. Ou seja, reconhecendo que ele falou a verdade e não fez denúncia infundada.

Quanto aos nomes (que todos nós também já sabemos), eu tenho esperança que as especulações nos levem a um fato indesmentível.

A derrota dos ratos da cúpula do PMDB no caso do fundo de pensão de Furnas já foi uma consequência direta da entrevista do senador. Um começo e uma excelente consequência, convenhamos.

Paralelamente, os desafetos do Senador Jarbinhas já estão preparando um dossiê contra ele.

O JBF estará de páginas abertas pra esculhambar os dois lados.

nvd.jpg

1 março 2009 A PALAVRA DO EDITOR

ÓLEO DE PEROBA

A frase que vou transcrever a seguir foi pronunciada pelo Presidente Lula.

Mandei apurar e fazer todas as checagens possíveis.

Foi constatado que ele falou sério e estava sóbrio no momento em que discursava.

A frase é esta:

“Até outro dia, quem entrava no governo olhava o que foi feito no outro: nada. Quem vier depois de nós vai dizer: eu vou ter que trabalhar porque o paradigma é outro”.

DOIS MOTES SOBRE SERTÃO E UM ABC DA POBREZA

Carlos Aires glosando o mote:

Como é bela a alvorada
Nos campos do meu sertão

Seca a noite a sua fonte
De refazer energia
Já se vê sinais do dia
No seu primeiro horizonte
Já dá para ver o monte
E a água do ribeirão
Já se ouve algum “cancão”
Dar a primeira piada
Como é bela a alvorada
Nos campos do meu sertão

Ouve o galo-de-campina
Com seu cantar elegante
Mesmo que seja distante
Lá no alto da colina
É como quem determina
E dá orientação
Como se fosse o chefão
Do resto da passarada
Como é bela a alvorada
Nos campos do meu sertão

A serra está embaçada
Numa pasta de neblina
Também a vasta colina
Ainda está orvalhada
É como se a madrugada
Chorasse de emoção
Por ter sido sem razão
Pelo sol desvirginada
Como é bela a alvorada
Nos campos do meu sertão

A floração da jurema
Tá exalando seu cheiro
Se ouve no tabuleiro
O grito da seriema
Que está armando o esquema
Da sua alimentação
Anda, corre, cisca o chão
E logo está alimentada
Como é bela a alvorada
Nos campos do meu sertão

Clique aqui e leia este artigo completo »


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa