3 março 2009O MINISTRO TÁ CERTO



O ministro da Justiça, Tarso Genro, disse nesta segunda-feira (2) que não vê radicalização nas ações do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST).

* * *

O ministro, sensato, equilibrado e isento, como é do seu estilo, mais uma vez fez uma declaração justa e coerente com os fatos e a realidade.

Minha concordância e meu apoio a Tarso Genro: nunca houve radicalização no MST.

Com absoluta certeza, o inquérito da polícia pernambucana concluirá pelo suicidio dos quatro facínoras que trabalhavam clandestinamente, sem porte de arma e sem o treinamento legal exigido, na fazenda do latifundiário explorador dos humildes.

As mãos calejadas do camponês Jaime Amorim aplaudirão com entusiasmo o nosso lúcido ministro.

6 Comentários

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa