Uma menina britânica de dois anos de idade que nasceu cega teve sua visão reparada graças a um tratamento com células-tronco. A britânica Dakota Clarke, da cidade de Newtownabbey, na Irlanda do Norte, nasceu com displasia septo óptica, uma deficiência rara no nervo ótico que provoca cegueira.

* * *

E tem gente que, por motivos religiosos, é contra pesquisa e estudos com células-tronco. Com certeza não são religiosos da Igreja Sertaneja.

cegn.jpg

A inglesinha que, tendo nascido cega, começou a enxergar; se dependesse dos “juristas” católicos romanos, continuaria como os seus bispo: nas trevas

3 Comentários

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa