FUXICO FEDERAL

Estas considerações eu acabei de ler no Blog de Ricardo Noblat:

Protógenes, o benfeitor de Dantas

Tem comentarista aqui que não lê direito o que publico. Ou se lê, distorce só para argumentar. Acredito mais na segunda hipótese.

A reportagem da VEJA sobre como agiu o delegado Protógenes Queiroz no comando da Operação Satiagraha foi feita com base nos autos do inquérito aberto pela Polícia Federal para apurar justamente como foi que ele agiu.

O que a revista mostra é o que foi apurado até agora e será aberto pela CPI das Escutas Telefônicas na próxima segunda-feira. Chegou por lá na última quinta-feira.

Nada do que está na VEJA foi apurado pelos repórteres da revista. Isso está claro para qualquer pessoa que leia a reportagem mesmo que superficialmente.

Se Protógenes afirma que é tudo mentira, ele que se entenda com seus colegas de polícia que dizem ter extraído o rico material do pen drive e dos computadores apreendidos em diversos endereços dele.

Alguém que planeja escrever uma autobiografia sob o título “Protógenes, a Lenda” me parece uma pessoa, no mínimo, megalomaníaca.

Reforça tal suspeita o que Protógenes diz sobre seu próprio trabalho em palestras por aí afora.

Se procede o que a Polícia Federal levantou e foi parar na VEJA, o banqueiro Daniel Dantas tem razões de sobra para celebrar o futuro arquivamento das acusações que pesam contra ele nos autos da Satiagraha. Porque a operação foi contaminada pela ilegalidade dos atos de Protógenes.

* * *

Atualização das 20h02 – A ministra Dilma Rousseff, em visita a Salvador, disse que duvida que tenha sido grampeada como publicou a VEJA. Ora, mas a revista não publicou isso. Publicou que havia um relatório de acompanhamento, digamos assim, da vida amorosa da ministra. São coisas diferentes.

A ministra também negou que nos últimos anos tenha tido vida amorosa.

Consta do tal relatório o nome do objeto da afeição da ministra, graduado funcionário do setor de energia do governo.

Ela é solteira, pode namorar quem quiser e ninguém tem nada a ver com isso.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.