O BARULHO DO SILÊNCIO

É ensurdecedor o silêncio dos deficientes visuais – que deitam falação em qualquer assunto -, sobre a linda união Renan-Lula-Collor.

Não tem outro assunto no noticiário dos últimos dias, com uma profusão de notas, charges, reportagens e entrevistas, saudando o mais novo e sólido trio da política brasileira.

E, no entanto, a Confraria dos Deficientes Visuais dá o calado por resposta.

Só num é mais estranho porque eles já estão calados desde que Sarney, Lobão, Jucá e Jáder se tornaram homens poderosos do governo Lula. Um silêncio inexplicável, num é mesmo?

Mas eu esperava alguma manifestação diante da surpreendente entrada em cena de Fernando Collor de Mello, o mais novo queridinho do Palácio do Planalto.

Vamos esperar pra ver se alguém se manifesta, já que é a coisa mais fácil deste mundo defender a entrada do Caçador de Marajás num governo comandado pelas mais vivas forças da esquerda brasileira.

sts.jpg

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.