NOTÍCIA DE UM JORNAL GAÚCHO

jrn.jpg

* * *

Submeti o assunto ao Departamento Jurídico da Igreja Sertaneja e recebi o seguinte parecer:

“A indenização a ser paga é menos por rompimento de acordo sexual e mais por rompimento de pregas do furico”.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.