Santo Papa.

Segue um poema.

Grande abraço.

* * *

Eu

Eu, Eu, Eu
Transcendente e abjeto
Polífono, acústico e sintético
Eu perifrástico e ignoto
Roto, escroto

Eu transistor e mentecapto
Absinto, abstrato
Eu simplesmente eu

“Yo non tengo la plata”

Eu circunspecto, incircunciso
Real, aéreo, indeciso

Eu cerne do universo
Tutano do mundo
Tristereza, marimbundo
Agora e depois

I am …
Mictorium
Latrinário
Vislumbrorium
Divisado

Eu …

Transnordestino
Metropolitano
Brejeiro
Tranqüilo, paciente e arengueiro

Eu simplesmente
Nexo, entre o côncavo e o convexo
Entre o que calo
A porrada e o estalo

Sinto-me apenas sendo
Eu…
Passando …
Escrevivendo …

1 Comentário

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa