Caro Papa Berto,

Embora o tal Direito Canônico seja omisso (talvez por conveniência) aos casos de estupro, há no Antigo Testamento, no Levítico XVIII, 17, o seguinte texto como sendo ditado diretamente de Deus para Moisés:

“Não descobrirás a nudez de uma mulher e de sua filha… isto seria um crime!”

O cara, na qualidade de padrasto, portanto, não poderia comer mãe e filha, por ser uma abominação.

No início desta passagem (Levítico XVIII, 1), Deus teria dito a Moisés que quem seguisse as suas ordens viveria por elas. Logo, quem não as segue não deveria viver…, ou morreria por elas.

No Novo Testamento, há uma passagem em que Jesus diz que não se mudará uma vírgula ou um jota da Lei (a Lei ditada por Moisés, que é a que prevalecia para os judeus…). Logo, Jesus também concorda que um homem não pode se deitar com uma mulher e com a filha dela.

Assim, o Direito Canônico está errado diante das Leis de Deus!

QED (essa é para matemáticos!)

2 Comentários

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa