TORRANDO A PACIÊNCIA DE NÓS OUTROS

“Reintegrar Delúbio será fornecer farta matéria-prima para os ataques da direita, ajudando a reavivar a ofensiva lançada contra nós durante a crise de 2005.”

De VALTER POMAR , secretário de relações internacionais do PT, contrário ao pleito do ex-tesoureiro e protagonista do escândalo do mensalão, que quer voltar ao partido para se eleger deputado federal.

* * *

A “direita” a que este petralha se refere deve ser aquela composta por Sarney, Jáder Barbalho, Edison Lobão, Fernando Collor, Romero Jucá, Renan Calheiros, Hélio Costa, Inocêncio Oliveira e mais uma boa centena de outros probos nomes, todos ilustres componentes ou aliados do governo comandado pelo seu partido.

Tabacudos assim do calibre de Valter Pomar não se contetam apenas em ser idiotas. Eles também querem nos fazer de idiotas.

Quanto à “crise”, ele fala de um modo assim como se Delúbio e o mensalão fossem coisas imateriais, impalpáveis, etéreas, que só existissem no mundo das hispóteses.

Escuta aqui, ô Valter Pomar: vai te fuder, cara. Num torra a paciência da gente não.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.