PREVISÍVEL

A 1ª Vara da Fazenda Pública acatou ação de improbidade administrativa apresentada pelo Ministério Público de Pernambuco contra o ex-prefeito de Recife João Paulo (PT) no processo que investiga se houve irregularidade nos contratos firmados entre a prefeitura e a Finatec (Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos), ligada à UnB.

* * *

A Justiça de Pernambuco é reacionária, retrógrada, direitista e venal.

É assim que a petralhada vai receber esta notícia.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.