SUGESTÃO

Pode-se entender melhor a qualidade da base de apoio do governo quando se vê que em menos de um mês aconteceram duas coisas:

1) O deputado Eduardo Cunha, um parlamentar de real grandeza, defendeu a saída do senador Jarbas Vasconcelos do PMDB porque ele disse que uma banda do partido gosta do alheio.

2) Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, o Lord Keynes do mensalão, foi a Brasília para cabalar o seu retorno ao partido, do qual foi expulso.

O melhor seria chamar Jarbas para o PT, mandando Delúbio para o PMDB. Pode até dar na mesma, mas anima o bailado.

* * *

A sugestão é perfeita. Um merece o outro, e o outro merece o outro.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.