10 fevereiro 2017 FULEIRAGEM

J. BOSCO – O LIBERAL

10 fevereiro 2017 FULEIRAGEM

IOTTI – ZERO HORA (RS)

10 fevereiro 2017 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

ALAMIR LONGO – QUARAÍ-RS

Prezado Editor Luiz Berto:

Veja nossa querida e saudosa prisidAnta dando aula de oratória na Itália.

Pena que ela se engasgou com macarrão e…iiih, esqueci!

É melhor ver o vídeo:

10 fevereiro 2017 FULEIRAGEM

J. BOSCO – AMAZÔNIA JORNAL (PA)

SAUDADE

Eu escuto o lado B
Do LP da saudade

Mote e glosas do colunista

Eu ouço “naquela mesa”
Na voz de Nelson Gonçalves
Do Grande Ataúfo Alves
“Um tango para Tereza”
“Pra não morrer de tristeza”
Busco a felicidade
No saudosismo que invade
Meu peito de A a Z
Eu escuto o lado B
Do LP da saudade

Na linda voz de Altemar
Eu me fascino com as “brigas”
E nas músicas mais antigas
Sinto o peito palpitar
Eu aprendi a sambar
Com Portela e Mocidade
E com o samba sem maldade
De Martinho e Agepê
Eu escuto o lado B
Do LP da saudade

Em cordiais “Saudações”
Noel dos dá uma aula
Como Benito de Paula
Eu tenho palpitações
Quando eu escuto “emoções”
Eu Calculo a intensidade
Das emoções de verdade
Que Tim botou em “você”
Eu escuto o lado B
Do LP da saudade.

Dos cantores da Bahia
De Caetano eu ouço as “queixas”
E do Grande Raul Seixas
“Como vovó já dizia”
Gilberto Gil é meu guia
Em “aroma” e “a novidade”
Com Gal perco uma metade
E a outra fica à mercê
Eu escuto o lado B
Do LP da saudade.

É magnífico o trabalho
De Waldick Soriano
Do solo paraibano
Veio Elba e Zé Ramalho
A voz de Tacyo Carvalho
Me lembra a sonoridade
Que vem da simplicidade
Do vinil do LP
Eu escuto o lado B
Do LP da saudade.

10 fevereiro 2017 FULEIRAGEM

CLAYTON – O POVO (CE)

10 fevereiro 2017 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

CARLOS IVAN – OLINDA-PE

O Brasil surpreende pela controvérsia. Enquanto o cidadão acomoda a família em apartamento apertado, passa o maior sufoco para sobreviver, o povão se esconde em casinha simples nas comunidades, sem saneamento, bandidos que não trabalham e não pagam impostos, vivem no luxo. Desfrutando do convívio da elite. Enganada.

Faz quatro meses, um assaltante de banco se passava por ricaço, morando em prédio de luxo na orla de Boa Viagem, no Recife. Até ser flagrado pela polícia, o bandido esnobava. Mas, não dava pista sobre a profissão: ladrão de banco. Dos mais ousados.

Na companhia do assaltante, o efetivo policial, composto por 26 homens, também deteve dois comparsas.  Um dos quais, era foragido da Penitenciária de Alcaçuz, no Rio grande do Norte, que aproveitou a confusão no presídio rio-grandense para dar no pé. Se mandar pra Pernambuco. Praça mais evoluída.

O trio, preso, desfilava na capital pernambucana em dois carrões, provavelmente roubados. Um Corolla e uma Hillux, preparados com pesado armamento para novas ações criminosas.

É assim que vive a população recifense. Assustada, desassossegada, vítima da insegurança. Obedecendo até a toque de recolher, ordenado por traficantes para não atrapalhar a acirrada disputa por bocas de fumo.  

10 fevereiro 2017 FULEIRAGEM

LUSCAR – CHARGE ONLINE

VAMOS COLOCAR A BOCA NO TROMBONE?

Na semana passada eu falei da reação da sociedade romena à tentativa de anistia aos crimes de corrupção naquele país. Um exemplo a ser seguido. O povo foi para rua em condições climáticas adversas, durante a madrugada, reagindo a um decreto absurdo, totalmente contra os interesses do cidadão.

O que estamos vendo aqui é algo parecido, nem tão explicito, porém tão cínico quanto o que foi proposto pelo Primeiro Ministro Sorin Grindeanu. Nossa sociedade precisa estar atenta e reagir. Enquanto a equipe econômica de Michel Temer faz seu trabalho em favor da economia nacional, um trabalho bem feito de desarmar a bomba relógio deixada pelos corruPTos, a área política comandada pelo alto escalão do PMDB e apoiada pela ampla maioria dos que têm medo, ou pavor da operação Lava Jato, resumindo: quase todas as excelências, vão disfarçadamente mexendo nas peças do xadrez e colocando em pontos estratégicos figuras que tem o único objetivo de atrapalhar o trabalho da tropa liderada por Moro e companhia.

Parece que enquanto a nação tem sua atenção desviada para a melhora nos indicadores econômicos, inflação e juros mais baixos, propostas de reforma da previdência, trabalhista, Temer aproveita para indicar, ou aceitar, nomes absolutamente comprometidos com a paralização do processo de limpeza na politica.

A primeira página da edição de 09/02/2017 do jornal “O Globo” da uma boa noção da situação confusa que vivemos ao trazer em letras grandes: “TRE cassa Pezão por crime eleitoral. Moreira tem nomeação suspensa por juiz. PMDB põe Lobão no comando da CCJ. Maia é acusado de corrupção pela PF. Inflação recua e dá alívio na renda”

O Executivo e o Legislativo não são poderes independentes atualmente, trabalham em conjunto com um só objetivo que não está sintonizado com o desejo da sociedade de encontrar e punir quem faz mal uso dos recursos públicos. A sociedade não pode aceitar calada essa arapuca que estão criando para matar a esperança de termos um futuro melhor para o Brasil. A mídia tem feito seu trabalho, levando a informação até o cidadão e o povo precisa fazer sua parte com demonstrações em favor da continuidade da Lava Jato que está sob enorme ameaça. Os empresários estão pagando o preço pelos erros, muitos estão presos até mesmo antes de serem julgados e condenados. E os políticos? Vão prender só os que pagaram pela corrupção e deixar impunes quem recebeu? Enquanto parte do Judiciário trabalha em ritmo acelerado, o resto parece sem interesse em avançar sobre as excelências.

Será que não está na hora de irmos novamente para as ruas numa demonstração de apoio a Lava Jato e suas derivadas?

10 fevereiro 2017 FULEIRAGEM

PAIXÃO – GAZETA DO POVO (PR)

10 fevereiro 2017 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

CICERO TAVARES DE MELO – RECIFE-PE

Berto:

A sensação que se tem no Brasil é que toda essa gente que procura se filiar a qualquer partido político para se candidatar a qualquer cargo já leva consigo implícito no DNA a arte de roubar, saquear os cofres públicos, fazer conchavos, nepotismo… violando todos os princípios constitucionais da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da publicidade e da eficiência.

Perdi completamente a ilusão de ter ilusão nos políticos brasileiros!

Para ilustrar essa premissa, veja esse exemplo de uma candidata a vereadora nessa foto ilustrativa: bonitinha, mas ordinária!

Denunciada nas redes sociais por saquear uma loja, a filiada ao PSDB-ES, Marcela Ranocchia, 23 anos, que foi candidata a vereadora em 2016, devolveu os produtos furtados na Delegacia de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, nesta segunda-feira (7).

A polícia disse, nesta quarta-feira (8), que ela foi liberada no mesmo dia. O partido emitiu nota de repudio e a filiada não foi encontrada para dar explicação.

Que esperar de uma criatura dessas caso fosse eleita vereadora de Cachoeira de Itapemirim?

R. De fato, esta moça num tem nada que se aproveite.

Eu só gostei mesmo foi dos úberes fartos, da bunda larga,  das coxas roliças e das pernas compridas.

E pra furunfar com ela tem que ser de bandinha pra não desmanchar o cocó que tem na cabeça.

Imagino que deva ter uma bacurinha linda e pentelhuda.

10 fevereiro 2017 FULEIRAGEM

HERINGER – CHARGE ONLINE

10 fevereiro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

TRISTE DATA

No dia de hoje, 10 de fevereiro, se completam exatamente 37 anos de fundação da organização criminosa que usa a sigla partidária PT.

Um “partido” que é um dos maiores embustes já surgidos nestas terras banânicas desde o seu descobrimento por Pedro Álvares Cabral.

Uma sigla que se transformou em seita e, mesmo já defunta, ainda conta em suas fantasmagóricas fileiras com uns minguados fanáticos, que conseguem ser mais fanáticos ainda do que os terroristas do Estado Islâmico.

Faixa na foto acima: “PT – Partido Sem Patrão” – O certo seria “PT – Partido Com Proprietário”

Extinta, massacrada, fuzilada e aniquilada nas últimas eleições municipais, tendo tido todos os seus tesoureiros condenados pela justiça – isto sem contar Palocci e Zé Dirceu devidamente enjaulados -, e na iminência de ver o seu proprietário obrando de coca no boi da cadeia curitibana, a organização criminosa hoje é apenas um monturo de excrementos. Um esgoto capaz de dar ânsias de vômito.

Este Editor, comovido, sensibilizado, emocionado e com os olhos cheios de lágrimas, convida a todos os leitores para a audição da Marcha Fúnebre, de Frederic Chopin, num piedoso gesto de caridade cristã.

10 fevereiro 2017 FULEIRAGEM

RONALDO – JORNAL DO COMMERCIO (PE)

TANGOS – VOZES BRASILEIRAS

Dalva de Oliveira (Mai/1917 – Ago/1972)

* * *

01 – Cantando – (versão: Virgínia Amorim) – Silvana & Rinaldo Calheiros – 1962

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


02 – Adeus, pampa minha – (versão: Haroldo Barbosa) – Agnaldo Timóteo – 1973

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


03 – Esta noite me embriago – (versão: Lourival Faissal) – Nelson Gonçalves – 1960

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


04 – Fumando espero – (versão: (Eugênio Paes) – Ângela Maria – 1977

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


05 – Lencinho querido – (versão: Maugéri Neto) – Dalva de Oliveira – 1956

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


06 – Boneca cobiçada – (Biá / Bolinha) – João Dias – 1961

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


07 – Cristal – (versão: Haroldo Barbosa) – Roberto Luna – 1961

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


08 – Não digo o nome – (Jair Amorim) – Anísio Silva – 1958

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


09 – Onde estás coração – (versão: Ubirajara Silva) – Silvana & Rinaldo Calheiros – 1962

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


10 – Carlos Gardel – (Herivelto Martins / David Nasser) – Agnaldo Timóteo – 1997

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


11 – Sempre é carnaval – (versão: Jairo Rodrigues) – Nelson Gonçalves – 1960

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


12 – Tango para Teresa – (J.Amorim / E.Gouveia) – Ângela Maria – 1975

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


13 – Seus olhos se fecharam – (versão: G.Ghiaroni) – Dalva de Oliveira – 1957

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


14 – Otário – (versão: Moacir Vieira) – João Dias – 1958

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


15 – Caminito – (versão: Haroldo Barbosa) – Roberto Luna – 1961

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


16 – A carta – (Bidú Reis / Murilo Latini) – Anísio Silva – 1961

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

10 fevereiro 2017 FULEIRAGEM

SPONHOLZ – JORNAL DA BESTA FUBANA

OITO MESTRES DO IMPROVISO E A DISCUSSÃO DO MACUMBEIRO COM O CRENTE

Diniz Vitorino

E as abelhas pequenas, sempre mansas
Com as asas peludas e ronceiras
Vão em busca das pétalas das roseiras
Que se deitam no colo das ervanças
Com ferrões aguçados como lanças
Pelo cálix das flores bebem essência
E fazem mel que os mestres da Ciência
Com os séculos de estudo não fabricam
Porque livros da Terra não publicam
Os segredos reais da Providência.

* * *

Manoel Bentevi

Da bobina para o distribuidor
Há um cabo que passa uma centelha clara
Meto o pé no arranco, ele dispara
Toda vez que acelero meu motor
O combustível entra no carburador
A entrada de ar transforma o gás
Com a compressão que ele faz
Forma o jato, o êmbolo vai subindo
Vai queimar na cabeça do cilindro
A fumaça da gasolina sai por trás.

* * *

Mariana Teles

Toca a brisa da noite no portão
O cabelo se assanha com o vento
O balanço da rede em movimento
E um rádio tocando uma canção
A saudade arranhando um coração
E a duvida de um sempre, ou nunca mais
Uma lágrima caindo e o vento faz
Se espalhar pela face entristecida
Eu na rua buscando achar saída
Pra tristeza que a tua falta trás.

Faço um verso, misturo com aguardente
Um cinzeiro com as cinzas do veneno
Numa noite sem lua me enveneno
Por não ter o clarão do céu presente
O espelho espelhando em minha frente
A metade de um todo que foi nosso
Eu procuro não ver, mas tem um troço
Pra abrir os meus olhos quando fecho
Sem ter sono, inquieta me remexo
Que dormir sem você ,sei que não posso.

Vem o vento, tocar-me bem mais forte
O relógio passando sem medida
Ao meu lado, um copo de bebida
Refletindo o futuro : que é a morte …
Nele afogo o desgosto, já que a sorte
Resolveu repartir nossa união
Te guiando pra outra direção
E deixando meus olhos sem os teus…
De lembrança ,restou o teu adeus
E a saudade entupindo o coração.

* * *

João Lourenço

Eu já passei tanta coisa
Que na vida nem pensava
Pra minha felicidade
A mulher que eu procurava
Deus teve pena de mim
Mostrou aonde ela estava

* * *

Fenelon Dantas

O rádio é para se ouvir
E todo mundo entender
O telefone é melhor
Para a gente ouvir sem ver
No telefone eu namoro
Sem minha mulher saber.

* * *

Dimas Batista

Na vida material
cumpriu sagrado destino :
o Filho de Deus, divino,
nos deu gloria espiritual.
Deu o bem, tirou o mal,
livrando-nos da má sorte.
Padeceu suplicio forte,
como o maior dos heróis.
Morreu pra dar vida a nós :
A vida venceu a morte.

* * *

José Adalberto

Quando aquela saudade impaciente
Me coloca no leito do seu colo
Minhas pernas não sentem mais o solo
Minha alma flutua intensamente
Fecho os olhos e a vejo em minha mente
Se despindo pra mim e eu pra ela
Parecendo uma cena de novela
Mas, no fundo, acontece de verdade
Quando sinto os impulsos da saudade
Faço um verso de amor pensando nela.

* * *

Dedé Monteiro

Vendo tanto açude cheio,
É necessário que eu diga:
“São José, peça a Jesus
Pra que essa chuva prossiga:
Transborde todas as grotas,
Encha ‘Rosário’, encha ‘Brotas’,
Deixe o meu Sertão contente,
Molhe o chão do meu roçado,
Acabe a fome do gado
E mate a sede da gente!”

* * *

DISCUSSÃO DO MACUMBEIRO E O CRENTE

Gonçalo Ferreira da Silva

Carnaval e futebol
ficaram pra se curtir,
Os santos ensinamentos
são para o crente seguir,
religião e política
embora mereçam crítica
não são pra se discutir

Evangelista e Pilintra
não pensavam do mesmo jeito,
pois enquanto Evangelista
diz que foi por Cristo aceito
Pilintra bate no bumba
dizendo que é na macumba
que se faz tudo bem feito.

Porém, embora os dois pensem
de maneira diferente,
nunca tinham discutido
porque até o presente
não tinham, por sorte rara,
oportunidade para
um encontro frente a frente.

Clique aqui e leia este artigo completo »

10 fevereiro 2017 FULEIRAGEM

SID – CHARGE ONLINE

MARCHINHAS DE CARNAVAL – Rolando Boldrin

10 fevereiro 2017 FULEIRAGEM

AROEIRA – O DIA (RJ)


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa