18 março 2017 A PALAVRA DO EDITOR

QUANTO GANHA O TUCANO?

18 março 2017 FULEIRAGEM

SPONHOLZ – JORNAL DA BESTA FUBANA

18 março 2017 HORA DA POESIA

REMORSO – Olavo Bilac

Às vezes, uma dor me desespera…
Nestas ânsias e dúvidas em que ando.
Cismo e padeço, neste outono, quando
Calculo o que perdi na primavera.

Versos e amores sufoquei calando,
Sem os gozar numa explosão sincera…
Ah! Mais cem vidas! com que ardor quisera
Mais viver, mais penar e amar cantando!

Sinto o que desperdicei na juventude;
Choro, neste começo de velhice,
Mártir da hipocrisia ou da virtude,

Os beijos que não tive por tolice,
Por timidez o que sofrer não pude,
E por pudor os versos que não disse!

18 março 2017 FULEIRAGEM

PAIXÃO – GAZETA DO POVO (PR)

A LISTA… E OUTRAS LISTAS

Listas, ah! As listas. As listas fazem parte da cultura e história humana, mas nunca estiveram tão populares e tão impopulares, ao mesmo tempo, como nos dias atuais.

São listas, listinhas e listões. Desde aquelas que queremos fazer parte, as que nos enchem de orgulho àquelas que queremos distância, listas da ‘vergonha’ ou da falta dela.

É o listão do vestibular, a lista dos premiados, dos VIP’s, as listas dos dez mais. Dos dez mais ricos, dos dez mais populares, bonitos ou idiotas, tanto faz, a cultura do imediato faz com queiramos estar ‘listados’.

Só que há outras categorias de listas que passam um pouco despercebidas e que destas queremos distância. As’listas negras’, a lista dos devedores, a lista do SPC, nestas ninguém quer aparecer.

E nesse contexto surgem no Brasil as famosas ‘Listas do Janot’. Políticos têm tido problemas intestinais graves só de pensar nesta lista, chegaram a faltar fraldas geriátricas no planalto central.

Pois Janot e o MPF listam todos aqueles sobre os quais há suspeitas de corrupção, incluindo aqueles que comprovadamente corromperam e se corromperam.

Aqui temos de ter cuidado pois esta lista de Janot mistura alhos com bugalhos. Pegou todas as movimentações financeiras das empreiteiras corruptas e mandou para a frente.

E ai estão citados aqueles que receberam doação legal por caixa 1, caixa 2 e dinheiro de propina que foi usado apenas para o enriquecimento pessoal(talvez uma caixa 3 ou 4).

E ai está o busílis. Ao misturar tudo e todos e, pior, manter os dados das delações em sigilo permite a exploração política dos fatos, com vazamentos seletivos e direcionados que interessam a não se sabe quem. Mas podem ter certeza que são bem planejados.

Retirar o sigilo de todas as informações e delações, fechar delações como a que Janot sustou com Alexandrino Alencar (o corruptor de estimação de Lula) é o único caminho para a salvação do país.

Senão estamos lascados. Quem vai para o final da lista negra da democracia é o Brasil.

Por que? Simples porque se misturamos tudo, crimes graves, leves e ‘não-crimes’ em uma mesma ‘lista’ acabamos por absolver os verdadeiros criminosos.

Se todos são criminosos facilmente se dirá que ninguém é criminoso, é uma questão de corporativismo e auto-sobrevivência. Se colocarmos todos gatos no mesmo ‘saco’, os gatos grandes prevalecerão.

O PMDB é fisiológico e corrupto? Sim. O PSDB também está enrolado? Sim, o PSDB, PDT, PP, DEM, O PC do B e as vestais da Rede e do PSOL, bem como todos os outros partidos. Ninguém escapa.

Mas quem foi que transformou roubar, corromper, comprar aliados em uma arte sistêmica? Foi o PT, sob Lula com Palocci, Mantega, Paulo Bernardo, Zé Dirceu et caterva. Foi o PT no continuísmo ideológico asinino de Dilma.

Ora bolas, vocês acham que se o Partido da moralidade, do povo, dos trabalhadores e suas vestais tinha alguma boa intenção e, em 13 anos de poder, deixou ampliar a corrupção a níveis de Guiness Book só por incompetência?

Vamos deixar de ser burros! O PT institucionalizou a roubalheira. Agora vão dizer que os escândalos envolvendo empresários são culpa do Capitalismo, do Temer e do FHC.

Parem. Ao estado cabe fiscalizar e regular o capitalismo, se este capitalismo se impõem via corrupção é porque o Estado se vendeu. E, quem vende o Estado é quem o controla, ou seja, nos 13 últimos anos, o PT.

Vejam que os empresários e empresas envolvidos nos escândalos, JBS, Odebrtecht, Eike e toda a sucia são os campeões nacionais eleitos por Lula e que ganharam rios de dinheiro do BNDES e da ‘viúva’. E pagaram muito, principalmente para aquele que os nomeou campeões.

O Temer está enrolado? Sim, mas herdou um mar de lama com tubarões a espreita. Óbvio que ele ajudou a criar este mar de lama, mas pelo menos está tentando (na economia ao menos) consertar a burrada.

E FHC? Já passou, vão continuar pondo a culpa em FHC depois de 13 anos? Se for assim a culpa é do Cabral, o Pedro.

Então temos sim de indignar-nos, de ir para as ruas, de exigir punição à todos que se venderam e venderam o Brasil. Mas a punição final, dura e implacável tem de atingir os que permitiram, administraram e lucraram com a venda.

Lula tem de ser preso e escrachado. O PT tem de perder o registro e os seus corruptos irem para a cadeia junto com os outros.

Não, não tenho medo de Lula em 2018, estas pesquisas são manipuladas e a pré-campanha (que é criminosa também) são puro desespero. Lula não arranca, ele quer é intimidar e safar-se. Mas acho que não podemos esperar, já passou a hora de fazer justiça.

E o primeiro passo é fechar o que falta das delações, inclusive as que o Sr. Janot tenta evitar, e tirar o sigilo de tudo. Ligar o ventilador e dane-se!
Como disse Maquiavel, o Príncipe deve fazer o mal todo de súbito e o bem aos poucos. Sábio Maquiavel!

O Príncipe, no caso o Estado brasileiro, precisa jogar toda a verdade ao vento, doa em quem doer. Vai ser caótico? Sim. Vai ser doloroso? Sim.

Mas o país vai sobreviver a estes bandidos e as ruas vão se indignar, bradar e lutar quiçá seja necessário.

A luz solar, a clareza meridiana vai purificar o país e nós o povo vamos acordar o gigante aos gritos.

Vamos tirar o Brasil das listas que nos envergonham: corrupção, sub-desenvolvimento, péssimas saúde e educação. A única lista que queremos é a dos trancafiados em Curitiba e nos presídios Brasil afora.

Mas não nos esqueçamos de separar o joio, o trigo e a podridão que os acompanha. E a cada um a dura mão da justiça proporcional ao mal feito. Que a justiça seja feita proporcional ao crime, sem esquecer nada e ninguém.

E ai? Ai, tremei bandidos, corruptos e corruptores! Tremei Lula, Dilma, Temer, Aécio et Caterva.

Aqueles que não apresentarem a alvura do anil em suas almas serão tragados ao Hades, levados a reboque por Caronte, o barqueiro.

Lhes espera senhores a Barca dos Infernos, tal e qual profetizou o poeta Gil Vicente nos idos de 1500. Boa Viagem!

18 março 2017 FULEIRAGEM

GUABIRAS – CHARGE ONLINE


www.cantinhodadalinha.blogspot.com
CARNE MIJADA

Seu José chegou em casa
Doidinho para almoçar
A mulher mais que depressa
Acabou de preparar
E quando botou na mesa
Ela teve uma surpresa
Ele não quis degustar.

Mulher eu vou lhe dizer
E preste muita atenção
Carne eu não como mais
Pode ir fazer um baião
Carne anda adulterada
Não como carne estragada
Inda mais com papelão.

A mulher aborrecida
Logo quis ficar zangada
Ele levantou a voz
E ela ficou calada
Uma coisa vou dizer
Carne aqui eu vou comer
Só se for carne mijada.

18 março 2017 FULEIRAGEM

JORGE BRAGA – O POPULAR (GO)

18 março 2017 A PALAVRA DO EDITOR

CACETE PRA TODO LADO!

Diálogo entre guabirus do azul.

Vampiro Serra:

Que merda; já deu no JBF que tamos na lista de Janot. Eu e tu. Junto cum Lula e Dilma. Estamos em péssimas companhias.

Cheirador Aécio:

É uma merda mesmo. Lamentável que este jornaleco escroto, ao contrário dos jornais petralhas e esquerdalhas, não tenha bandidos prediletos e baixe o pau em todo mundo. É foda!

18 março 2017 FULEIRAGEM

SPONHOLZ – JORNAL DA BESTA FUBANA

18 março 2017 JOSIAS DE SOUZA

POLÍTICA ESTÁ REDUZIDA A UMA IRMANDADE DA LAMA

18 março 2017 FULEIRAGEM

AMORIM – CHARGE ONLINE

CIDADE ALTA – Zé e Zilda

Na data de hoje, 18 de março, no ano de 1919, nascia no Rio de Janeiro Zilda Gonçalves, mais conhecida como Zilda do Zé, que era o seu marido e com o qual formou uma dupla que fez muito sucesso nos anos 50. Ela encantou-se em janeiro de 2002. Vamos ouvi-los cantando uma composição de autoria da dupla Oldemar Magalhães/José Gonçalves.

18 março 2017 FULEIRAGEM

ADNAEL – CHARGE ONLINE

18 março 2017 DEU NO JORNAL

O MASSACRE AO “FILHO DO BRASIL”

Rodrigo Constantino

“A força mais enérgica não chega perto da energia com que alguns defendem suas fraquezas.” – Karl Kraus

O ex-presidente Lula prestou depoimento como réu pela primeira vez na semana passada, e claro que iria bancar a vítima. A esquerda sem a vitimização é como o catolicismo sem o pecado: não faz sentido. Ser de esquerda nos tempos modernos passou a significar exatamente isso: posar de vítima o tempo todo, ficar de “mimimi”, mesmo que seja o maior algoz da nação. “Você sabe o que que é levantar todo dia achando que a imprensa está na porta de casa porque eu vou ser preso?”, perguntou um nervoso Lula. Ele diz se sentir “perseguido” nas investigações. Coitado! Ficamos até com peninha daquele que destruiu o Brasil e quase nos transformou numa Venezuela, depois de liderar a maior quadrilha que já assaltou o estado brasileiro.

O “filho do Brasil” foi indagado sobre sua renda mensal, e eis a resposta que deu: “Acho que pode botar uns R$ 50 mil, estou tentando chutar. (…) Depois, meu advogado manda para os senhores direitinho. Mando por escrito”. Não é um pobrezinho esse sujeito? Quantos dos leitores da elite ganham “uns” cinquenta mil mensais, e nem sequer sabem ao certo, pois não reparam nesses detalhes bobos?

É esse indivíduo que representa o ícone dos “intelectuais” na luta contra as elites! O Brasil cansa, pois tudo nele é invertido. Gente que não trabalha diz defender os trabalhadores, gente que não pensa acha que é intelectual, e nababos da política fingem defender os pobres. O pior é que ainda tem quem caia nessa ladainha! Agora a tática pérfida dessa turma é tentar misturar todos como se o crime de “caixa dois”, uma “tradição” em nosso País, fosse o mais relevante do PT. A banalização dos “recursos não contabilizados” é inaceitável, pois todo crime deve ser punido. Não podemos compactuar com esse sistema podre. Mas claro que esse “malfeito” é fichinha perto do que fez o “partido” de Lula no poder.

Em conluio com organizações criminosas disfarçadas de empreiteiras, o PT montou um gigantesco aparato de desvio de recursos e controle do Estado, comprando o Congresso para impor um modelo totalitário. Limitar esse verdadeiro atentado contra a democracia ao problema do “caixa dois” é piada de mau gosto, coisa de gente ignorante ou em má-fé.

O novo Brasil vem lutando contra esse velho e carcomido Brasil, dominado por figuras asquerosas como Lula. Não será uma luta fácil. O populismo ainda floresce no solo fértil da ignorância. As forças do pântano reagem, tentando impedir os avanços republicanos. E alguns safados ou malucos ainda querem que aquele que massacrou o povo brasileiro com a maior depressão da nossa história volte em 2018. É mole?

18 março 2017 FULEIRAGEM

DUQUE – O TEMPO (MG)

JACOB FORTES – BRASÍLIA-DF

“EU NÃO VOLTO MAIS”

Roberto, o Rei, diz que “eu voltei para ficar porque aqui é meu lugar”. Em contraposição, outros asseveram: “eu não volto mais”. Sob esta antinomia, e ao sabor de conveniências pessoais, vão-se acomodando os antitéticos: o gosto, o desgosto; a esperança, a desesperança; o consenso, o dissenso; a malquerença, a benquerença; a ventura, a desventura e por aí além.

Em menino, ouvi um tio-avô referir-se a uma história real que encerrava o desaparecimento de Inês, uma mulher recém-casada. No justo momento em que, no adro da catedral os nubentes recebiam dos convivas cumprimentos efusivos referentes ao himeneu que o padre acabara de celebrar, ela disse ao esposo:

– Irei ao toalete, mas volto já.

Escafedeu-se, nunca tornou.

Com o extravio perpétuo de Inês o cônjuge supérstite prosseguiu, sob o arrimo de autoviuvez, substancialmente desolado, desassossego; jamais obtivera notícias da esposa: nem de viva nem de morta.

Este realismo encontra paralelo surpreendente em um samba do letrista Adoniran Barbosa:

Apaga o Fogo Mané”:

 

18 março 2017 FULEIRAGEM

MIGUEL – JORNAL DO COMMERCIO (PE)

18 março 2017 DEU NO JORNAL

FELIPE MOURA – LULA REBAIXA DEUS À SUA IMAGEM E SEMELHANÇA

18 março 2017 FULEIRAGEM

FERNANDO – JORNAL DA CIDADE DE BAURU (SP)


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa