13 abril 2017 FULEIRAGEM

FRANK – A NOTÍCIA (SC)

LULA, PETEZADA, TUCANADA ET CATERVA JURAM SANTIDADE

13 abril 2017 FULEIRAGEM

NICOLIELO – JORNAL DE BAURU (SP)

13 abril 2017 DEU NO JORNAL

GUABIRUTAGEM ESTATAL

Em depoimento à força-tarefa da Lava-Jato, Marcelo Odebrecht, ex-presidente do grupo, afirmou que “praticamente” em todas as estatais e em todos os ministérios há um “padrinho político” que controla a relação da empresa com o órgão.

Segundo Marcelo, para manter a relação com o “padrinho político” é necessário fazer agrados e atender a pedidos eleitorais ou não.

Não tem como você transitar sem você fazer algum tipo de compromisso, algum tipo de pagamento”, afirmou o delator.

* * *

Pode ser que aconteça mesmo isto que Marcelo Pica-de-Arrombador falou.

Menos na Petrobras administrada pelo PT!!!

Isto eu g-a-r-a-n-t-o.

13 abril 2017 FULEIRAGEM

SPONHOLZ – JORNAL DA BESTA FUBANA

13 abril 2017 A PALAVRA DO EDITOR

TEM LADRÃO PRA TODOS OS GOSTOS

Hoje cedo, quando abri o meu correio, a primeira mensagem que apareceu vinha de Palmares.

Era da minha querida amiga Cabeça-de-Fossa, tesoureira do Comitê Municipal do PT na cidade.

Exultante, ela me informava que os principais envolvidos na Denúncia do Fim do Mundo eram os tucanos do PSDB: Alckmin, Zé Serra, FHC e Aécio.

Somando todas as cifras que saíram na imprensa, estes quatro totalizam a maior guabirutagem de tudo que foi denunciado por Marcelo Odebrecht, garante Cabeça-de-Fossa.

É só fazer as contas, diz ela.

Eu mesmo num sei, porque minha maquinha de calcular tá sem bateria.

Quem tem corruptos prediletos e guabirus de estimação adora fazer contas e estatísticas.

Aqui no JBF todos levam a mesma quantidade de chibatadas.

Sejam do azul, sejam do encarnado.

Os inimigos prediletos de Cabeça-de-Fossa

13 abril 2017 FULEIRAGEM

MACHADO – EXTRA

13 abril 2017 DEU NO JORNAL

SÓ NESTA TERRA MESMO

* * *

Temer, Lula, Aécio e Dilma.

Um time da porra.

Um quarteto autenticamente banânico.

Banânia merece.

13 abril 2017 FULEIRAGEM

NANI – CHARGE ONLINE


http://www.apoesc.blogspot.com.br
CARDÁPIO DE JUMENTO

Antes da semana santa
Me falaram num sussurro:
Vão botar carne de burro
Pra preso comer na janta.
Essa notícia me espanta
Esbravejou um detento;
Não gosto desse alimento
Prefiro comer carniça
Do que morder a linguiça
Do diabo desse jumento.

Já se encontra no mercado
Nos bares de Apodi
Porção de burro grelhado
Jumento a catupiry
Tem lombo na frigideira
Jerico ao molho madeira
Ovo de burro na brasa
Bisteca de jegue preto
Tripa assada no espeto
Como franquia da casa

13 abril 2017 FULEIRAGEM

MARIANO – CHARGE ONLINE

JOSÉ SILVA – CAMPO GRANDE–MS

Sr. Editor,

Agora acaraiou tudo.

O “Sistema” tanto lutou para esconder o que muita gente já desconfiava, mas não teve jeito.

O verdadeiro “grande” partido do Brasil é o PCPC.

Não é uma sigla registrada no TSE, mas tem tantos integrantes em todos os partidos “consentidos” que às vezes chega a se confundir com um deles.

Esse partido incógnito permite que seus membros usufruam as benesses do sistema oficial em qualquer “ajuntamento”, podendo mudar quando lhe der na telha. Isso é o de menos, pois todos fazem parte do “Sistema”.

A Lava-Jato iluminou o “Sistema” e ele vem sendo exposto diuturnamente pelos vídeos dos delatores.

Não dá mais para esconder o PCPC, agremiação centenária, que sempre dominou o Brasil, independentemente de regime.

Hoje tem muita gente se sentindo como um cachorro que caiu de um caminhão de mudança.

Seu bandido de estimação foi descoberto, e agora?

Muitos ainda não se desesperaram: sabem que o PCPC continua agindo na surdina, como sempre, principalmente junto aos “homens de preto”.

Só que, com os jovens e brilhantes cineastas de Curitiba e seus adeptos em vários escalões, a saga da revelação do PCPC – Partido dos Corruptos Pra Caralho, terá novos episódios, sempre sob o patrocínio da Polícia Federal e do Ministério Público Federal.

Aguarde. Breve, em uma coletiva da Força-Tarefa.

13 abril 2017 FULEIRAGEM

SPONHOLZ – JORNAL DA BESTA FUBANA

SEGREDOS DE BORDEL

Tem segredos de Estado,
Que, até mesmo em bom estado,
São segredos de bordel.

Quer ver?
Eis os combinemos políticos de agora:

Tá com fome? Coma esse home!
Quer mais? Coma o rapaz!
É pouco? Coma esse cabôco!
Tá fraco? Coma um tabaco!
Não tá bom? Coma o garçom!
Quer de novo? Coma o povo!
É munto? Coma um defunto!
Tá com o cão? Coma um dragão!
Mais além? Come ninguém, pronto!

Ficou brabo? Dê o rabo!
Ficar nu? Taqui pra tu!!!

Isto, no âmbito Federal e Estadual.
No âmbito municipal não há registro
Por falta de âmbito e de decoro.

13 abril 2017 FULEIRAGEM

AMORIM – CHARGE ONLINE

13 abril 2017 DEU NO JORNAL

UMA NOVIDADE A CADA MINUTO

Patriarca do Grupo Odebrecht, o empresário Emílio Odebrecht afirmou, em acordo de delação premiada, que a ex-presidente Dilma Rousseff assinou uma Medida Provisória após pressão da empreiteira.

A proposta mudaria as regras dos acordos de leniência – abriria a possibilidade de celebração de acordos diretamente com a então Controladoria-Geral da União, sem obrigatoriedade de participação do Ministério Público -, o que poderia beneficiar a companhia, que à época evitava firmar acordos de delação.

A MP foi editada como a Odebrecht queria. Foi a presidente Dilma, é ela que assina”, disse Emílio.

* * *

Segundo Dilma, que se baseia em declarações do fubânico petista Ceguinho Teimos, tudo isto não passa de uma grossa invenção.

Pura calúnia da direita golpista.

13 abril 2017 FULEIRAGEM

VERONEZI – GAZETA DE PIRACICABA (SP)

UFA! QUE ALÍVIO! UM A MENOS NA ESTATÍSTICA

Comentário sobre a postagem GUABIRUS DO AZUL E DO ENCARNADO

Goiano:

“Cândido Vacarezza é PTdoB desde 2016.”

* * *

“Ainda bem que saí desta merda…”

13 abril 2017 FULEIRAGEM

PAIXÃO – GAZETA DO POVO (PR)

13 abril 2017 DEU NO JORNAL

É DINHEIRO PRA LADRÃO NÃO ACABAR NUNCA!

O ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Bahia Odebrecht, afirmou ao juiz federal Sérgio Moro que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu US$ 40 milhões em troca da aprovação de um financiamento de R$ 1 bilhão via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para obras de interesse da empreiteira em Angola.

Odebrecht revelou que o ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo, entre 2009 e 2010, lhe procurou oferecendo o acordo em nome de Lula, na época presidente da República.

A empreiteira pagou a propina, com desconto, o valor ficou em R$ 64 milhões para o Partido dos Trabalhadores (PT).

O delator ressaltou que parte do montante foi destinado para pagar despesas de Lula.

* * *

Eu chega fico zonzo com tanto dinheiro e tanta informação.

É zero que só a porra. Em dólares e em reaus.

Vôte!

Deixo as conclusões pra vocês, antenados e cônscios leitores fubânicos.

De minha parte, eu só acho que o valor da propina foi muito baixo pra um cabra que empata com Jesus Cristo em honestidade.

Só Jesus Cristo ganha de mim aqui no Brasil“, disse Lula certa vez pra uma de suas plateias de antas amestradas.

Quando Lula diz “ganha de mim“, será que ele quis dizer que Jesus Cristo ganha propinas maiores do que as deles?

Vou perguntar pra Edir Macedo…

13 abril 2017 FULEIRAGEM

CHICO CARUSO – O GLOBO

13 abril 2017 HORA DA POESIA

AS TRÊS IRMÃS DO POETA – Castro Alves

É noite! as sombras correm nebulosas.
Vão três pálidas virgens silenciosas
Através da procela irrequieta.
Vão três pálidas virgens… vão sombrias
Rindo colar n’um beijo as bocas frias…

– Na fronte cismadora do Poeta -.

– “Saúde, irmão, eu sou a Indiferença.
Sou eu quem te sepulta a idéia imensa,
Quem no teu nome a escuridão projeta…
Fui eu que te vesti do meu sudário…
Que vais fazer tão triste e solitário?…”

– “Eu lutarei!” – responde-lhe o Poeta.

– “Saúde, meu irmão! Eu sou a Fome.
Sou eu quem o teu negro pão consome…
O teu mísero pão, mísero atleta!
Hoje, amanhã, depois… depois (qu’importa?)
Virei sempre sentar-me à tua porta…”

– “Eu sofrerei!” – responde-lhe o Poeta.

– “Saúde, meu irmão! Eu sou a Morte.
Suspende em meio o hino augusto e forte.
Marquei-te a fronte, mísero profeta!
Volve ao nada! Não sentes neste enleio
Teu cântico gelar-se no meu seio?”

– “Eu cantarei no céu” – diz o Poeta!

13 abril 2017 FULEIRAGEM

SID – CHARGE ONLINE

13 abril 2017 DEU NO JORNAL

DISCRIMINAÇÃO ODIOSA

O ex-executivo da Odebrecht Alexandrino Alencar revelou que a empreiteira pagou R$ 360 mil à ex-deputada federal Manuela D’Ávilla (PCdoB-RS) desde 2006, alegando ter percebido um “potencial de crescimento” político na então candidata à Prefeitura de Porto Alegre.

Em seu depoimento à Justiça, dentro do acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal, Alencar revela que D’Ávilla, codinome “Avião”, recebeu R$ 10 mil legalmente e mais R$ 350 mil nas campanhas à Prefeitura, em 2008, e à Câmara dos Deputados, em 2010.

* * *

Sacanagem com a jovem cumunista gaúcha.

Isto é discriminação contra os foice-martelados.

Lula, Aécio, Temer e Dilma receberam milhões da Odebrecht.

Já esta moça, apropriadamente apelidada de “Avião” – haja vista seu lindo pé-de-rabo -, recebeu uma ninharia.

Uma merrequinha de fazer dó. Num chegou nem ao milhão.

O PCdoB deveria emitir uma nota de protesto.

Uma nota assinada pela camarada Jandira Pinguelão.

13 abril 2017 FULEIRAGEM

PELICANO – TRIBUNA (SP)

UM AMIGO DESSES NÃO TEM PREÇO

Trecho do depoimento prestado por Marcelo Odebrecht ao juiz Sérgio Moro:

“Aí a gente botou R$ 40 milhões no saldo Amigo que viriam para atender as demandas que viessem de Lula. Eu sei disso. O Lula nunca me pediu diretamente. Essa informação eu combinei via Palocci”.

Até ontem, o mais ativo camelô de empreiteira do planeta engolira 13 milhões de reais. A quantia já chegou a 40 milhões – e logo estará roçando a estratosfera. Um Amigo desses não tem preço.

E agora, como agirá o velho farsante? Confrontado com evidências e provas contundentes, o que Lula dirá no encontro com Sérgio Moro marcado para 3 de maio? Que nunca soube de nada? Que foi tapeado de novo pelo irrecuperável Antonio Palocci? Ou que a culpada por todas as bandalheiras foi Marisa Letícia?

Viúvo recentíssimo, ele transformou em palanque o túmulo da mulher. Se optar pela violação do cadáver, apenas confirmará que é capaz de rigorosamente tudo para escapar da verdade e da cadeia.

Criaturas assim deveriam ser condenadas a 100 chibatadas diárias, em praça pública, pelo crime hediondo que acrescentaram ao prontuário de matar de inveja até chefão do PCC: assassinato do sentimento da vergonha.

13 abril 2017 FULEIRAGEM

ALPINO – YAHOO NOTÍCIAS

ARROMBOU O FURICO DA BOVINA…

Comentário sobre a postagem LINDA VOZ

Alamir Longo:

“Marcelo Odebrecht cita que Dilma Rousseff sabia de tudo – tratava diretamente com ele em reuniões que duravam de duas a quatro horas.

Normalmente elas aconteciam na biblioteca do Palácio.

Uma reunião também aconteceu no México.

Paralelamente, Dilma encarregou seu Ministro da Fazenda para acertar as propinas com Marcelo.

Vejam que podridão:

13 abril 2017 FULEIRAGEM

FRANK – A NOTÍCIA (SC)

13 abril 2017 DEU NO JORNAL

INSTITUTO TEMER EMITE NOTA

* * *

Bom, multiplicando por três, transformando dólar em reaus, isto dá mais ou menos 120 milhões na nossa moeda.

Um baita prêmio super-acumulado da Mega Sena.

O Instituto Temer acabou de divulgar uma nota dizendo que isto é mentira da grande mídia golpista.

A nota garante que tudo que Temer recebeu foi legal e declarado à justiça.

O documento é assinado pelo administrador do Instituto Temer, o nipo-afro-brasileiro Furiko Shikaga.

13 abril 2017 FULEIRAGEM

ANTONIO LUCENA – BLOG DO NOBLAT

13 abril 2017 JORGE OLIVEIRA

E AÍ? QUANDO O BRASIL VAI ASSISTIR A PRISÃO DO LULA?

A Dilma quando fala lá fora sobre o Brasil é de um cinismo assustador. Com a sua conta bancária abarrotada de dinheiro das aposentadorias e o cofrinho cheio de grana da corrupção, dessa vez ela se superou. Disse na Universidade de Harvard, em Boston, nos Estados Unidos, que se preocupa que “predam o Lula com as mudanças das regras do jogo democrático”. Ela esquece que, a exemplo do Lula, o dela também está na reta, depois que Marcelo Odebrecht disse de alto e bom som que o Antônio Palocci, o italiano, era o intermediário da dupla nos milhões de reais roubados da Petrobras e de outras estatais.

Ela viaja para o exterior para tentar cooptar apoio da comunidade acadêmica internacional para uma reação caso o Sérgio Moro – que também esteve na mesma conferência – decrete a prisão do Lula. Nessa altura do campeonato, não existe mais o disse-me-disse. Marcelo afirmou com todas as letras que o trio Palocci, Mantega e Lula se abasteceu do dinheiro do departamento de propina da Odebrecht. E mais: apenas Palocci recebeu 130 milhões de reais para as campanhas de Dilma e de Lula. E que ex-presidente botou a mão em 13 milhões em espécie (dinheiro vivo). Diante de tantas evidenciais, de tantas provas, não se sabe porque Lula ainda está solto.

Além das conhecidas bobagens que vocifera lá fora contra o Brasil que governou (?), Dilma mostra-se despreparada para conferências dessa envergadura. Com a repetição doentia do golpe, ela disse aos estudantes brasileiros em Harvard que o Brasil vive numa instabilidade econômica e política. Não conta, por exemplo, que foi a responsável por essa tragédia, que o seu governo foi o mais corrupto da história e que a sua incapacidade de governar levou os brasileiros à bancarrota.

Mesmo se dizendo vítima de perseguição e condenando o jogo democrático que a expurgou do processo político, Dilma se contradiz quando condena o Moro por falar em público sobre a Lava Jato. Segundo ela, a Lava Jato faz o “uso político e ideológico” dos seus atos. E acrescentou que é inadmissível um juiz falar fora do processo, em qualquer lugar do mundo”, como se ela pudesse impedir o juiz de falar. Para uma plateia que certamente não acompanha o dia a dia da política brasileira, Dilma passa a ideia de que o sistema democrático brasileiro está frágil, comprometido com o advento da Lava Jato, confundindo o caso policial que a envolve com sistema de governo.

A estratégia da Dilma é se fazer de vítima. Dizer ao mundo que o governo Temer é ilegítimo, pois surgiu de um golpe. Em nenhum momento fala que o presidente foi seu parceiro como vice em dois mandatos e base dos dois governos de Lula na condição de presidente do PMDB. Esquece que foi apeada do poder pelo povo que não suportava mais tanta roubalheira, crise na economia e inflação alta. O que se observa na fala da Dilma lá fora é uma gigantesca farsa, uma deslavada mentira e uma distorção política do que acontece no Brasil, transformando-a numa notória mitômana.

A discussão no Brasil hoje não é mais a prisão do Lula, mas qual o dia que isso acontecerá, pois, as evidências delituosas do ex-presidente saltam aos olhos. Os fatos estão aí. O capo di tutti i capi da organização criminosa, o senhor Marcelo Odebrecht, contou que os governos de Lula e de Dilma, na verdade, eram um antro de bandidagem com raízes em quase todas as empresas estatais e ramificações internacionais. Ora, se por menos do que isso muita gente já está na cadeia, inclusive os tesoureiros do partido, por que será então que o juiz sérgio Moro ainda cozinha em banho maria o processo do Lula? Tem medo de quê?

Se a prisão de Lula não ocorrer, diante de tantas provas, caracteriza-se, isso sim, um processo seletivo de julgamento, onde a Justiça deixa-se levar por uma suposta reação popular e uma ameaça de paralisação do país. Não é assim que deveriam agir os probos procuradores que tentam passar o Brasil a limpo.

13 abril 2017 FULEIRAGEM

NEWTON SILVA – CHARGE ONLINE

13 abril 2017 DEU NO JORNAL

NO TOBA DO TUCANO

Marcelo Odebrecht e outro executivo da empresa contaram que o senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, recebeu “vantagens indevidas” em troca de apoio a interesses da empreiteira, sobretudo no caso dos projetos das usinas hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau.

Segundo o colaborador Henrique Valladares, Aécio, identificado como “Mineirinho”, recebia mesadas que variavam de 1 milhão de reais a 2 milhões de reais.

O teor de outro inquérito envolvendo o senador tucano revela que, em seus acordos de colaboração, Marcelo Odebrecht e Benedicto Júnior apresentaram provas documentais de que, em 2014, efetuaram o pagamento de “vantagens indevidas” em benefício do senador Aécio Neves e de seus aliados políticos. O relato foi confirmado pelo principal executivo da empreiteira em Minas Gerais.

Alvo de cinco inquéritos, Aécio Neves também foi citado por dois delatores, que disseram que a Odebrecht pagou, a pedido do senador, “vantagens indevidas” travestidas de doações eleitorais à campanha ao governo de Minas Gerais do tucano Antonio Anastasia, hoje senador. Um dos repasses foi de cerca de 5,5 milhões de reais.

Houve apresentação de prova documental, segundo o Ministério Público.

* * *

“Mesada”, pelo que sei, é mensal.

Tipo mensalão.

E a mesada de Aécio variava de 1 a 2 milhões.

É phoda!!!!

Enquanto isto, o caixa do JBF continua vazio.

Quanta injustiça…

“Puta merda! Botaram no olho do meu furico”

13 abril 2017 FULEIRAGEM

AMARILDO – A GAZETA (ES)

CONVERSA DE BOTEQUIM

Um clássico de Noel Rosa, interpretado por ele mesmo.

13 abril 2017 FULEIRAGEM

THIAGO LUCAS – CHARGE ONLINE

13 abril 2017 DEU NO JORNAL

JACARÉ EMBAIXO DA CAMA E DINHEIRO GOELA ABAIXO

Emílio Odebrecht enviou um relato escrito à Procuradoria Geral da República sobre seu acordo com Lula para os pagamentos ao PT.

O Estadão citou um trecho do documento:

“Lembro de, em uma dessas ocasiões, ter dito ao então presidente que o pessoal dele estava com a goela muito aberta. Estavam passando de jacaré para crocodilo”.

* * *

Tavam com a goela mais aberta do que a tabaca de Maria Beira-Roxa, a rapariga mais solicitada dos puteiros de Palmares.

Perfeita esta imagem usada pelo grande Corruptor Ativo Emílio Odebrecht.

E, em falando de jacaré, eu se alembrei-me do fubânico petista Ceguinho Teimoso.

Ele vive dizendo que tem muita gente, imaginosa e caluniadeira, aquela gente que fala mal de Lula, que enxerga “jacaré embaixo da cama“.

Vou encerrar esta postagem transcrevendo o resto da notícia que saiu na grande mídia golpista.

Vejam que jacaré grande que só a porra:

Emílio Odebrecht disse que pedidos de dinheiro eram feitos por Lula diretamente a ele, “mas que os dois sempre designavam um representante de cada lado para negociar valores e tratar de detalhes“.

No caso, Antonio Palocci pelo PT e Pedro Novis ou Marcelo Odebrecht pela empreiteira.

Disse Emílio Odebrecht:

Lembro de, algumas vezes, ter dito a ele algo como: ‘Presidente, seu pessoal quer receber o máximo possível, e meu pessoal quer pagar o mínimo necessário. Já instruí meu pessoal para chegar ao melhor acordo, e peço também ao senhor para conversar com seu pessoal para aliviar a pressão’”.

13 abril 2017 FULEIRAGEM

FERNANDO – JORNAL DA CIDADE DE BAURU (SP)

SEM COMPROVAÇÃO

Dois comentários sobre a postagem BOMBA, BOMBA!

Glória Braga Horta:

“Só que não há comprovação de que Lula seja o AMIGO.”

* * *

Goiano:

“Glória, é possível que “eles” não precisem de comprovação de nada.

Veremos.”

* * *


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa