LEVINO DE BRITO – BREJO DO CRUZ-PB

Berto, meu irmão querido:

como é que faço pra conseguir no youtube aquele video vc contando a história de tejo e o sogro dele o veio josi?

é um que vc está de barba.

me dê a dica, seu caba desmantelado.

um abraço bem arrochado deste conterraneo do seu amigo Chiquinho Asevedo!

R. Chiquinho Asevedo é um amigo muito querido mesmo e que não vejo há anos.

Quando vi o nome dele na sua mensagem, chega me bateu uma assuspiração nos peitos lembrando das canas que a gente tomava e das raparigagens em que a gente se metia.

Se encontrar com ele, diga que envio um grande abraço. E que ele mande notícias.

Quanto ao vídeo que você tá procurando, eu acho que é este a seguir.

Um vídeo que, além da história do velho Josi, sogro de Orlando Tejo, tem também a história do agiota.

Disponha sempre, seu cabra doido!

7 julho 2017 FULEIRAGEM

SIMANCA – A TARDE (BA)

7 julho 2017 DEU NO JORNAL

MEIO POR CENTO JÁ TÁ BOM DEMAIS…

* * *

Deve ser doloroso pra um guabiru ter que devolver um dinheiro ganho com tanta facilidade nos áureos tempos do reinado petista…

Lula tem toda razão quando luta com unhas e patas pela extinção da Lava Jato. Corruptos de todos os partidos e tendências são gratos pela liderança que ele exerce nesta batalha titânica, vermelhânica e azulânica.

Agora, já que o STF tem que decidir pra onde o dinheiro vai ser encaminhado, sugiro aos nobres ministros – ministros que tanto louvo, prezo, amo e dos quais só falo bem (vocês são testemunhas…) -, que mandem apenas 1% deste 1 bilhão de reais aqui pro caixa do JBF.

Aliás, 1% é muito.

Basta 0,5%.

Estou no aguardo das bondosas providências de Vossas Insolências.

Ministro Gilmar Mendes, cuja beleza bucal é o ponto que recebe mais elogios por parte do Editor do JBF

7 julho 2017 FULEIRAGEM

ADNAEL – CHARGE ONLINE

UMA MÚSICA PARA O CHOROSO GEDDEL

Comentário sobre a postagem UM CHORO DOLORIDO

Maurício Assuero:

“Meu nobre Editodos,

vendo o choro de Geddel e as alegações que a esposa dele não trabalha, lembrei de uma música romântica de Carlos Alexandre chamada Senhor Delegado.

Acho que o choro dele merece um fundo musical.

Abraços”

7 julho 2017 FULEIRAGEM

AMORIM – CHARGE ONLINE

SEIS MOTES BEM GLOSADOS E UM FOLHETO SOBRE RAPARIGA

Manuel  Xudu glosando o mote:

Quanto é grande o poder do criador.

Admiro o caju e a castanha
Nascem os dois pendurados num só cacho
Bem unidos, um em cima, o outro embaixo,
Porém tendo um do outro a forma estranha,
Dela extrai-se o azeite, o sumo, a banha,
Dele o suco pra o vinho e pra o licor,
Quando ambos maduros mudam a cor,
Ele fica amarelo e ela escura,
Mas o gosto dos dois não se mistura,
Quanto é grande o poder do criador!

* * *

Zé Cardoso glosando o mote:

Não existe mais respeito
Nos namoros de hoje em dia.

Vi um casal na calçada
Ela com ele abraçado
Ele na boca colado
Ela na língua enganchada
Uma velha admirada
Dizia: “Vixe Maria!”
E com tristeza dizia:
“Eu nunca fiz desse jeito”
Não existe mais respeito
Nos namoros de hoje em dia.

* * *

José Lucas de Barros, quando da morte do poeta Chico Motta, glosando o mote:

A viola, em silêncio, está chorando,
Com saudade da voz do violeiro.

Chico Motta viveu de cantoria,
Imitando as graúnas sertanejas,
Nos ardores de inúmeras pelejas
Que aprendeu a enfrentar com galhardia;
Seu programa, nem bem raiava o dia,
Acordava o sertão alvissareiro,
Mas, depois do seu verso derradeiro,
Que inda está, nas quebradas, ecoando,
A viola, em silêncio, está chorando,
Com saudade da voz do violeiro.

* * *
                                                
Zé de Cazuza glosando o mote:

Diante da providência
A ciência é mentirosa.

Vê-se as flores naturais,
Perfumando o ambiente,
Parecendo indiferente,
Doutras artificiais,
Umas cheirando demais,
E outras sem ser cheirosas,
Quando o homem faz as rosas
Fica faltando a essência,
Diante da providência
A ciência é mentirosa.

* * *

Geraldo Amâncio glosando o mote:

A seca pintou de preto
As cores do meu Sertão

Um sertanejo não quer
Secar as tripas e os ossos
Pra viajar vende os troços
Cadeira, prato e colher
Chorando abraça a mulher
Dizendo não chore não
Quando acabar sequidão
Volto correndo eu prometo
A seca pintou de preto
As cores do meu Sertão.

* * *

Paulo Barja glosando o mote:

A seca d´alma é tão dura
Quanto a seca do sertão.

No galope cavalgamos
criando nossa poesia
porém, nesse dia-a-dia
é nossa dor que cantamos;
muitas vezes trabalhamos
sem ganhar nenhum tostão,
enquanto muito ladrão
aumenta a própria fartura
– A seca d´alma é tão dura
Quanto a seca do sertão.

O transporte anda pra trás,
teatro é abandonado
e o Banhado é vitimado
por crimes ambientais.
Já ninguém aguenta mais:
vão aprovar a extração
de areia em votação
no meio da noite escura?
– A seca d´alma é tão dura
Quanto a seca do sertão.

Não dá pra aceitar de novo
essa velha ladainha:
distribuem a farinha
mas privatizam o ovo!
Há quem se lembre do povo
só na hora da eleição,
mas nossa reclamação
tanto bate até que fura:
– A seca d´alma é tão dura
Quanto a seca do sertão.

* * *

Um folheto de J.Borges

A CHEGADA DA PROSTITUTA NO CÉU

Do rosto da poesia
eu tirei o santo véu
e pedi licença a ela
para tirar o chapéu
e escrever a chegada
da prostituta no céu…

Sabemos que a prostituta
é também um ser humano
que por uma iludição
fraqueza ou desengano
o seu viver é volúvel
sempre abraça ao engano…

Vive metida em orgia
e cheia de vaidade
é raro uma que trabalha
e usa honestidade
por isso fica odiada
perante a sociedade…

Todas as religiões
para ela escala uma pena
se o homem lhe abraça
a mulher casada condena
mas sabemos que Jesus
perdoou a Madalena…

Clique aqui e leia este artigo completo »

7 julho 2017 FULEIRAGEM

ED CARLOS – CHARGE ONLINE

LAUDO DA POLÍCIA FEDERAL CONFIRMA: LULA É O DONO DO SÍTIO

Documento produzido por seis peritos da Lava Jato reduz a escombros a discurseira mambembe dos advogados do ex-presidente

Em 4 de março de 2016, seis peritos criminais a serviço da Operação Lava Jato, apoiados por investigadores da Polícia Federal, cumpriram um mandado de busca e apreensão no sítio em Atibaia onde a família Lula baixou todo fim de semana depois dos oito anos nos palácios de Brasília. Acompanhados por duas testemunhas e pelo caseiro Élcio Pereira Vieira, os especialistas haviam sido encarregados de “caracterizar a ocupação do Sítio e identificar seus principais frequentadores, além de responder aos quesitos formulados pela autoridade solicitante dos exames”.

Tradução: os homens da lei estavam lá à procura de evidências materiais que ajudassem a esclarecer duas interrogações. Primeira: quem era o verdadeiro dono do sítio? Segunda: de onde veio o dinheiro que bancou a reforma do terreno de bom tamanho, complementada por instalações e benefícios milionários? Os fatos berram que tanto a compra como as obras foram patrocinadas por empreiteiras favorecidas pelo governo do chefão. Lula ainda insiste que os donos do lugar são Jonas Suassuna e Fernando Bittar, amigos do notório Lulinha, o Ronaldinho da informática.

Longo e minucioso, o laudo apresentado pelos peritos uma semana depois da inspeção confirma aos gritos que o sítio forma com o triplex do Guarujá a dupla de peças mais valiosas da Imobiliária Lula. A quantidade, a qualidade e a contundência das informações garantem ao documento calibre suficiente para pulverizar a discurseira mambembe dos advogados do ex-presidente. Servem de amostra as respostas, abaixo resumidas, suscitadas por quatro quesitos. Confira:

1. Existem evidências materiais nas dependências do Sítio que possam identificar seus eventuais frequentadores?

Sim. (…) Foram identificados inúmeros objetos pessoais vinculados às pessoas de Luiz Inácio Lula da Silva e de sua esposa Marisa Letícia Lula da Silva. Esses objetos encontravam-se localizados, mormente, na Casa Principal, em especial, na Suíte 01. (…) Também foram localizados objetos pessoais vinculados aos seguranças da Presidência da República.

2. É possível identificar evidências materiais no Sítio que possam indicar o uso do imóvel pelas pessoas de FERNANDO BITTAR ou JONAS LEITE SUASSUNA FILHO?

Não. (…) Não foi identificado qualquer objeto de uso pessoal que pudesse indicar o uso do imóvel por Jonas Leite Suassuna Filho e Fernando Bittar. A única referência ao Sr. Fernando Bittar são alguns croquis localizados no interior de uma pasta rosa, cuja destinatária era a Sra. Marisa Letícia Lula da Silva.

3. Foram implementadas instalações ou realizadas quaisquer obras ou aprimoramentos no Sítio voltadas ao uso do ex-Presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA e de sua família? Caso positivo, descrever.

Sim. (…) Foram identificadas inúmeras melhorias voltadas ao uso do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tais como uma adega, construída para acomodar centenas de garrafas de bebidas, instalações de sistema de segurança em todo o Sítio, assim como o depósito utilizado para armazenamento de caixas diversas que (…) se relacionavam à mudança do ex-Presidente Lula.

Além dessas melhorias, foram identificados objetos utilizados para usufruto das instalações do Sítio, tais como o barco de fibra contendo a inscrição “LULA & MARISA”, bem como itens decorativos, a exemplo da mesa com o brasão “LM”. Ademais, foi localizada uma pasta rosa endereçada à ex-Primeira Dama, contendo documentos relacionados à reforma da cozinha e construção da Casa 01, indicando que a Sra. Marisa Letícia teve envolvimento com as adaptações realizadas no Sítio.

4. Existem objetos pessoais pertencentes ao ex-Presidente LUIZ INACIO LULA DA SILVA e de sua família depositadas nas dependências do Sítio? Onde se encontram localizadas?

Sim. Além dos objetos pessoais localizados na Casa Principal, já mencionados, (…) foram identificados inúmeros objetos que podem ser vinculados, explicitamente ou não, ao ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua esposa. Adicionalmente aos objetos localizados na Casa Principal, também foram encontrados itens pessoais do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de sua esposa em outras dependências do Sítio, sobretudo no Espaço Gourmet, no Anexo da Casa Principal e no Depósito. Esses itens acham-se relacionados em extensa, mas não exaustiva, lista constante (…) do presente Laudo.

Volto para acrescentar que, mesmo depois do sumiço dos donos que se fantasiavam de hóspedes, os laranjas travestidos de proprietários rurais nunca deram as caras por lá. Bittar e Suassuna são os únicos sitiantes do mundo que jamais visitaram a terra que juram ter comprado. Merecem dividir a mesma cela.

7 julho 2017 FULEIRAGEM

FRANK – A NOTÍCIA (SC)

7 julho 2017 DEU NO JORNAL

ENFIM, UMA BOA NOTÍCIA

O IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que mede a inflação oficial no país, foi negativo em 0,23% em junho, a taxa mensal mais baixa em 19 anos, desde agosto de 1998 (-0,51%).

Considerando apenas os meses de junho, nunca houve uma taxa tão baixa desde o início do Plano Real, em 1994.

Com o resultado, o país registra a primeira deflação (queda dos preços) mensal em 11 anos, desde junho de 2006 (-0,21%).

* * *

O Instituto Lula acabou de soltar uma nota dizendo que se não tivessem derrubado Dilma e tirado o PT do poder, esta deflação teria sido maior ainda.

Afirmação que é confirmada pelo fubânico petista Citador de Números.

7 julho 2017 FULEIRAGEM

THIAGO LUCAS – CHARGE ONLINE

CONVERSAS NA JATIÚCA

Domingo de meio sol, desci do meu apartamento para uma caminhada na praia, andei meia hora. Ao retornar mergulhei no azul do mar, nadei. Relaxado partir em busca de cerveja e conversa fiada, avistei Gilseno, solitário, quatro garrafas consumidas embaixo da mesa. Arrastei uma cadeira, pedi acarajé, cerveja, puxei conversa perguntando por Rosane, sua digníssima esposa. Percebi minha gafe quando ele respondeu com visível mágoa e aborrecimento.

– Me largou! Danou-se no mundo!

Gilseno sorveu um copo olhando distante para o horizonte do mar da Jatiúca. Pedi-lhe desculpa, não sabia do fato; continuamos a conversa amena, repetitiva, quando de repente o amigo desabafou.

– A sacana está em Paris!

Olhando para o cão, como se confessasse, contou-me o trágico ocorrido nos pormenores.

– Na sexta-feira antes do carnaval fui à casa de praia na Barra de São Miguel preparando para receber os amigos durante a folia. Da varanda eu contemplava a belíssima vista, a praia cheia de arrecifes, mar de um azul esverdeado que invadia a alma. Nesse momento ela apareceu, Gracinha, a filha da faxineira veio ajudar. Jovem, bonita e sensual com olhar de pidona. Seus olhos não me enganavam. Eu olhava pecaminosamente a moça desde que ela havia voltado de São Paulo, para onde partira há três anos, com menino no bucho, em busca do pai. Ficou em Sampa até que o marido desapareceu, ela tentou sobreviver, foi difícil, não conseguiu, retornou à casa da mãe.

Gracinha deve ter 18 a 19 anos, uma gracinha gostosíssima, além do mais provocante, só usa mini-saia deixando à vista detalhes do belo espécime feminino. Em São Paulo deve ter feito alguns programas, tem artimanhas para seduzir e quengar um homem.

– Continuei trabalhando na casa, mudando lâmpadas, empurrando sofá, me vi bem perto de Gracinha dentro de casa, sentia sua respiração e cheiro, não me contive, alisei seu cabelo, seus braços, ela murmurava num tom de cumplicidade, “Que é isso Seu Gilseno?”
Abracei-a e deitei-a tapete da sala, nos beijamos. Fomos à apoteose.

– Estávamos ainda estirados no chão quando de repente a porta se abriu. Rosane chocou-se com a cena. Foi um flagrante constrangedor, ela gritou com ódio, gritou feito uma louca “Cabra safado, aguente as consequências!” Bateu a porta, Retornou a Maceió.

– Não tive coragem de voltar para casa. Procurei amigos, parentes, contei a história, pedi para amigos construírem a ponte da paz. Eu estava arrependido, prometi nunca mais acontecer, e outras promessas que me davam esperança. Rosane irredutível mandou recado que ele não tivesse a ousadia em procurá-la.

– Sábado de carnaval, acordei-me na casa na Barra, pensava muito avaliando a besteira que tinha feito, ainda bem que não tínhamos filhos. À noite fui dar uma volta no carnaval do centro da Barra. Tive um susto quando vi Rosane com um short curto, barriguinha de fora, toda charmosa dançando na rua, pulando com amigos. Deixei passar um tempo, cruzava os olhos com os delas, ela mudava o olhar. Até que certa hora o álcool deu-me coragem, fui até Rosane, ela me empurrou, ameaçou chamar a polícia. Algum tempo depois me levaram bêbado para casa. No domingo deu-me uma enorme depressão. Voltei à noite para o carnaval na praça, foi pior. Ao ver Rosane abraçando e beijando a boca de um jovem, parti para cima dela, peguei-a pela manga da camisa querendo levá-la para casa; levei um soco do acompanhante. Mais tarde me levaram novamente bêbado para casa. Depois do carnaval a procurei, não consegui encontrá-la. A mulher desapareceu de casa com roupas e pertences.

– Eu soube de notícia da Rosane quando ela já estava em Paris. Na quarta-feira de cinzas assim que o banco abriu, ela sacou R$ 120.000,00 de nossa conta conjunta, foi para o Recife, de lá para Europa. Não sei quando volta, e o pior, o jovem atleta está fazendo companhia nos passeios parisienses e em sua cama no hotel à beira do Sena. Não sei como suportar esse castigo.

Ao terminar a trágica história, estávamos na 12ª garrafa quando passaram duas mulheres belíssimas, Gilseno continuou olhando para o infinito, triste, sem apetência sequer de olhar as belezas do mundo.

7 julho 2017 FULEIRAGEM

DUM – CHARGE ONLINE

7 julho 2017 DEU NO JORNAL

UM ROUBO COM MUITOS ZEROS

O ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato de Souza Duque autorizou a repatriação de mais de 20,5 milhões de euros, cerca de R$ 77,5 milhões, depositados no Banco Julius Baer, no Principado de Mônaco.

O montante, que está em nome das off-shores Milzart Overseas e Pamore Assets, pertencentes ao ex-diretor, foi recebido em pagamento de propina de contratos superfaturados da Petrobras.

Em petição protocolada quarta-feira (5) na Justiça Federal em Curitiba, a defesa de Duque informou também que o ex-diretor, preso há mais de dois anos no Complexo Médico-Penal, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, renuncia a todos os valores depositados nas contas bancárias do Banco Cramer, na Suíça.

A medida tem como base a tentativa de Duque de fechar acordo com a Justiça para deixar a prisão. “O requerente manifesta seu interesse de continuar colaborando com todas as investigações das quais tenha conhecimento de fatos relevantes sobre a Petrobras”, diz trecho do documento.

Na semana passada, o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos inquéritos decorrentes da Operação Lava Jato na primeira instância, ao proferir sentença que condenou o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci e outros réus na Lava Jato, disse que a renúncia do saldo de contas já bloqueadas pela Justiça permitiria a Renato Duque a progressão de regime depois do cumprimento de cinco anos de prisão em regime fechado, independentemente do total de pena somada.

* * *

Vamos escrever por extenso esta linda quantia que foi roubada por Duque e que agora será devolvida a nós outros, os contribuintes.

Uma quantia com sete zeros, sabendo que sete é a conta do mentiroso.

Vejam que lindo este monte de milhões escrito em incarnado, a cor da quadrilha petralha:

R$ 77.500.000,00

Procurado pelo Departamento de Fuxicos do JBF, o Instituto Lula informou que “desconfia” que esta modesta quantia tenha sido roubada no tempo em que a Petrobras era administrada pelo governo tucano de FHC.

Duque e Lapa de Corrupto: uma linda parelha de ratos petrolíferos

7 julho 2017 FULEIRAGEM

BAGGI – CHARGE ONLINE

SUCESSOS INTERNACIONAIS NUNCA ESQUECIDOS

Julio Iglesias

* * *

01 – Good Morning Starshine – (J.Rado/G.Ragni/G.MacDermon) – Oliver – 1969

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


02 – Sha Lala Lala – (Torben Lendager/P.Dehnhardt) – Vengaboys – 2000

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


03 – Oye Como Va – (Tito Puente) – Santana – 1971

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


04 – The More I See You – (Harry Warren/Mack Gordon) – Chris Montez – 1966

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


05 – Mamy Blue – (Hubert Geraud) – Ricky Shayne – 1971

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


06 – In The Summertime – (Ray Dorset) – Mungo Jerry – 1970

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


07 – I`ve Been Hurt – (R.Whitley) – Bill Deal & The Rhondels – 1969

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


08 – Judy In Disguise – (J.Fred/A.Bernard) – John Fred & His Playboy Band – 1967

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


09 – Volver a Empezar – (Cole Porter/J.Iglesias) – Julio Iglesias – 1981

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


10 – The Letter – (W.Carson) – The Arbors – 1969

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


11 – Kung Fu Fighting – (C.Douglas) – Carl Douglas – 1974

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


12 – Yesterday, When I Was Young – (Aznavour/Kretzmer) – Roy Clark – 1969

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


13 – Dumpy – (Paul Anka) – Ray Ellis & Orquestra – 1962

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


14 – Matilda – (Harry Thomas) – Harry Belafonte – 1953

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


15 – It Never Rains In Southern California – (Hammond/Hazlewood) – Albert Hammond – 1972

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


16 – He Ain´t Heavy He´s My Brother – (B.Russel/B.Scott) – The Hollies – 1969

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

7 julho 2017 FULEIRAGEM

PELICANO – TRIBUNA (SP)

7 julho 2017 DEU NO JORNAL

POBRES “SUSPEITOS”…

Dois jovens foram presos em flagrante ao tentaram roubar a carga de um caminhão em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na noite desta quinta-feira (6).

O veículo era descarregado quando a dupla, identificada como Erick Thadeu Pariz de Oliveira, de 23 anos, e Gregory Perciliano de Jesus, de 20, abordou um dos empregados da firma. Com um revólver, eles anunciaram o assalto.

Outros funcionários da empresa notaram o ocorrido e reagiram à ação criminosa.

Vítimas e suspeitos lutaram, até que os dois fossem imobilizados e desarmados. A Polícia Militar foi acionada e uma equipe conseguiu prender os dois rapazes em flagrante no local.

Na delegacia, a mãe de um dos suspeitos quis registrar um boletim de ocorrência em favor do filho, por conta da agressão.

O delegado se recusou.

* * *

A deputada petista Maria da Novena, líder do movimento em favor dos Direitos dos Manos, já entrou na justiça com uma ação contra este delegado crudelíssimo.

Vejam só que audácia: o delegado, reacionário e direitista, ficou contra os bandidos e não registrou a queixa de “agressão” que a mamãe de um deles queria prestar.

A Associação dos Zisquerdista Zidiotas de Praia Grande anunciou um grande protesto no dia de hoje.

Um protesto contra as vítimas que reagiram ao assalto, que conseguiram sair vivas do incidente e que amassaram de porradas os fucinhos dos dois assaltantes. 

Chega faz pena o estado em que os pobres bandidos ficaram.

Vejam:

A grande mídia banânica, humanitária e engajada, deformou a foto com as já deformadas caras dos meliantes Erick Thadeu e Gregory Perciliano. (Erick com “k” e Gregory com “y”. Que chic!!!!!!)

Aliás, não são “meliantes“, como eu escrevi: vejam que na notícia aí de cima que eles são chamados de “suspeitos“.

Confesso a vocês que fiquei morrendo de pena dos coitadinhos, vítimas da brutalidade de cidadãos sem qualquer sensibilidade. E meus olhos se encheram de lágrimas.

Chorei abundantemente.

Xiuf, xiuf, xiuf, snif, snif, snif…

7 julho 2017 FULEIRAGEM

NANI – CHARGE ONLINE


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa