5 maio 2018 CHARGES

SPONHOLZ

5 maio 2018 DEU NO JORNAL

O POLÍTICO QUE MAIS ENVERGONHA O BRASIL

5 maio 2018 CHARGES

LUTE

VINHO PARA CELEBRAR UM MÊS DE CADEIA DO CORRUPTÃO

Comentário sobre a postagem FALTA APENAS UMA DÚZIA

Karina:

“Berto, minha mãe só bebe em ocasiões muito especiais.

Ela gosta de vinho bem docinho.

Ela não acreditava na prisão de Lula.

Prometi e cumpri: dei a ela uma garrafa de um Porto legitimo.

Amanhã é dia de mais um brinde.

Lembraremos de você.”

* * *

O Editor do JBF, abstêmio compulsório, usa uma taça de água para brindar com a leitora Karina e sua mãe pela passagem do primeiro mês de prisão – dos 144 que ainda restam -, do maior corrupto da história do país desde que os portugueses aqui chegaram

5 maio 2018 CHARGES

NANI

ADEUS, DINHEIRO

Matilda está levando o nosso dinheiro, e não há nada a ser feito para impedir. Relaxe: o que está feito, está feito, e a maior parte já foi.

Matilde não é uma mulher com esse nome, mas um país que muito tem a ver com ela, pelo nome e pelo procedimento. É personagem de uma ópera bufa que tem como leitmotiv o calipso Matilda, interpretado pelo músico, cantor, ator, ativista político e pacifista norte-americano Harry Belafonte.

Matilda, Matilda, Matilda, she take me money and run Venezuela | Matilda, Matilda, Matilda, she take me money and run Venezuela. | Five hundred dollars, friends, I lost: | Woman even sell me cat and horse! | Heya! Matilda, she take me money and run Venezuela.

Pois é: Matilda leva o nosso dinheiro e nós, como se fôssemos um país sem carências, oferecemos benesses desmedidas. A ponte de 3.156 metros sobre o rio Orinoco possui quatro faixas para veículos e uma para linha férrea. Considerada uma maravilha da engenharia contemporânea, foi construída com tecnologia e financiamento brasileiros.

Lá se foi a bagatela de US$ 1,22 bilhão de dólares, enquanto no Brasil pontes e viadutos de São Paulo e do Recife se encontram em processo de deterioração. Nas linhas 3 e 4 do metrô de Caracas, investiu-se US$ 1,6 bilhão de dólares que, considerando a adição de um pequeno calote de US$ 270 milhões, atinge a casa dos US$ 3 bilhões. Entrementes, não temos dinheiro para Saúde, Educação, Segurança…

Para agravar o quadro ainda mais, além da Venezuela há outros países na mesma situação, coincidentemente aqueles que seriam os pilares da inserção internacional do Brasil potência, do Brasil que do alto da sua pujança iria acabar a fome, a doença e da pobreza não só em nossas fronteiras, mas em outros países mundo afora, muito especialmente os africanos, continente em que inauguramos mancheias de embaixadas.

O expansionismo diplomático deu no que deu. Agora, bilhões de reais inexoravelmente perdidos, resta a continência e, á que quem canta seus males espanta, sair por aí cantarolando Matilda, Matilda, Matilda, she take me money and run Venezuela…

5 maio 2018 CHARGES

SINOVALDO

O JBF TAMBÉM É CULTURA

Há poucos dias esta gazeta escrota publicou uma charge de M. Jacobsen que fazia referência ao fato do ilustre petista Palocci estar pronto pra dar com a língua nos dentes.

A charge era esta:

Aí recebi de um arguto leitor fubânico esta mensagem:

“dotorberto,

Agora vi que o Jornal da Besta também é cultura.

Dê uma explicadinha pros bestâmicos.

Talvez, seja bom lembrar que o Michel não é brasileiro.”

Aí pedi ao leitor que ele mesmo desse a tal explicadinha pra vocês bestâmicos, dizendo quem é o escultor “Michel” representado pela Polícia Federal, e quem é a figura representada pela estátua que ele esculpiu.

E a razão do grito “Parla”

E o leitor me respondeu assim:

“Explico sim meu caro.

O escultou é o grande Michelângelo, italiano claro. A estátua original representa Moisés.

Conta-se que ao concluir o trabalho ele entendeu que a estátua, de tão perfeita, só faltava falar. Aí, teria ordenado: “Parla Mosé”, em italiano.

P.S.1. Daí vem o “parlamento”, lugar dos seus queridos deputados falarem. Desculpe pela ofensa.

Daí vem o recinto, na Legião da Boa Vontade, chamado de “parlatório”. Daí, também na LBV, tem uma “placa” com a inscrição “parlamundi” – que seria o local do mundo falar.

P.S.2. Como o Palloci era identificado como “italiano” e como muita gente tem a mania de falar com as mãos……………..

Saudações fubânicas.

Como num sou um zintelequitual, e também devido a alta filosofofança da explicação, eu num intendi PN.

E nem sei o que tem a ver Palocci com LBV.

Mas achei arretada a explicação e acabei concordando com o leitor:

O JBF também é cultura!!!

5 maio 2018 CHARGES

MIGUEL

ARMANDO DE ALMEIDA FILHO – SÃO PAULO-SP

Caro Berto, saudações de São Paulo!!

Sou leitor assíduo e colaborador eventual.

Há aproximadamente um ano atrás enviei uma foto que mostrava o valor em Supermercados, da aguardente Havana.

Na mesma foto você terá também o preço da Anísio Santiago, nome que eles utilizaram quando da encrenca com Cuba para valer o direito de continuar utilizando Havana como marca.

Sei que você não bebe mais, mas creio que já bebericou alguma vez desta cachaça.

Ela vale tudo isso mesmo ??

Abração de um leitor diário!!!

PS. No ano passado ela custava R$ 500,00. Que inflação da porra não é mesmo?

R. De fato, já beberiquei destas duas excelentes marcas de cachaça, Havana e Anísio Santiago, dois desmantelos alcoólicos de altíssima qualidade.

No tempo em que eu enchia o rabo de cana, quem me presenteava com estas aguardentes era o colunista fubânico José Paulo Cavalcanti Filho, um cabra generoso e muito fidalgo.

Por ironia do destino, José Paulo é abstêmio total e seu único vício são as baforadas nos charutos importados que costuma trazer sempre no bolso.

Pelo que me lembro, os preços das garrafas que ele me trazia eram ainda mais altos que os desta foto que você me mandou.

Mas o fato é que eu ficava de porre do mesmo jeito que se tivesse tomado uma cachaça de botequim…

Hoje em dia, José Paulo, sempre que volta de suas periódicas visitas a Portugal, me traz de presente finos licores e vinhos, que são avidamente degustados pelos inxiridos que dão expediente aqui em casa nos finais de semana.

Confesso a você, caro leitor: o coração ficou cheio de saudades quando olhei esta foto, na qual aparece também o excelente conhaque Fundador.

Grato pelas recordações, abraços e um bom final de semana!

5 maio 2018 CHARGES

NICOLIELO

5 maio 2018 DEU NO JORNAL

FALTA APENAS UMA DÚZIA DE ANOS

Completa-se um mês neste sábado a prisão do ex-presidente Lula no cumprimento de sua condenação a 12 anos e 1 mês de cadeia pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso que ficou provado do recebimento de propina de construtora OAS, na forma de um apartamento tríplex na praia do Guarujá (SP), em troca de contrato no governo federal.

O ex-presidente ainda responde a outros sete casos de corrupção, igualmente graves.

Primeiro ex-presidente da República preso por crime comum, de corrupção, Lula tem atraído uma romaria de políticos oportunistas do chamado “campo de esquerda”, na política brasileira, desmoralizados com a mais impressionante sequência de denúncias de roubalheira dos cofres públicos da História mundial.

O início do cumprimento de pena tem custado caro aos cofres públicos, cerca de R$300 mil por mês, e principalmente à superintendência da Polícia Federal, onde o meliante se encontra recolhido.

Essa situação afeta inclusive o psicológico dos policiais. Nesta sexta, um delegado federal perdeu a paciência e danificou equipamentos de som que não param de propagar odes ao ex-presidente corrupto e xingamentos contra quem o investigou, acusou, condenou e prendeu.

Tanto a prefeitura de Curitiba quanto entidades de classe de policiais e procuradores já pediram à juíza de execuções penais para transferir o condenado para um local adequado ao cumprimento da sua pena, como um presídio ou a mesmo uma unidade militar.

* * *

Os leitores fubânicos que gostam de tomar uma lapada de aguardente me façam um grande favor:

Tomem uma por mim hoje.

Agradeço comovidamente, com o peito em festa e o coração a gargalhar.

5 maio 2018 CHARGES

VERONEZI

A CULPA É DO TRUMP!

Nunca em minha vida tive notícia de alguém tão perseguido pela mídia e, ele é realmente perseguido, como Donald Trump. Claro que ele não é nenhuma vítima, hipossuficiente e que não sabe se defender. É óbvio que parte do que lhe atribuem é verdade e que ele, Trump, adora cultivar uma polêmica.

Mas não neste nível! Qualquer coisa, em nível internacional, que remotamente poderá dar errado, que deu errado ou que no futuro dará errado é culpa do Trump. Já se ele acerta ou tem razão é sorte, é porque fez algo que outro já tinha deixado alinhavado (por outro leia-se Obama), nunca por seu mérito.

Donald Trump cometeu o maior dos pecados, foi ele mesmo e, derrotou a candidata do deus das esquerdas Barack Obama. Estragou a festa ao ousar vencer uma eleição, onde tinham planejado meticulosamente seu papel, o de um coadjuvante derrotado de forma acachapante. Não foi! Ponto!

E, queiram seus algozes ou não, vem cumprindo seu papel. Fazendo, de forma atabalhoada, quase sempre, aquilo que prometeu a seus eleitores, ainda na campanha. Este comentário me foi motivado pela questão das Coréias.

São mais de 50 anos de uma ‘paz’ complicada, instável e de uma prisão comunista com um povo famélico. O líder norte coreano Kim Jong Um é cruel, sanguinário, despótico e doido como qualquer ditador.

Mas o anão tarado (prefiro me referir a ele assim) tem entre suas taras um amor incondicional, pasmem, pelo american way of life. Gosta de basquete, gosta da Disney, dos musicais da Broadway e do Mickey. Tanto que recebe ex-astros sem-noção da NBA como visitantes e promove shows fake dos grandes parques Norte americanos na paupérrima Coréia do Norte.

Se pudesse, o Anão Tarado, já teria convertido seu país, a Coréia do Norte, em um EUA fake, abraçando os Estados Unidos como patrono. Não pode, não que não queira. Simplesmente não pode pois seu país é uma colônia satélite da grande China, um tampão para impedir a total influência americana e japonesa no quintal de Beijing.

Mas os Norte Coreanos têm fome, os ‘nobres’ do regime comunistas, as elites do partido têm necessidades e precisam de dinheiro, de muito dinheiro. Algo que os chineses não estão a fim de dar. Então de quem extorquir? Ora do Grande Satã Norte Americano.

E lá vai o Anão Tarado brincar de homem bomba nuclear, nos intervalos em que não está alimentando seus cachorros com carne dos parentes. Chantagear os americanos sempre deu certo. Ao fim e ao cabo os Norte Coreanos sempre levavam o que queriam, que obviamente é muito mais do que valem ou merecem.
Não, não estou falando do povo famélico, mas das elites do partido comunista. Pois tenham certeza que o povo Norte Coreano nunca recebeu nada dos acordos e chantagens que seus líderes fizeram com o mundo.

E lá seu foi Kim Jong Un fazer o que seu pai e avô fizeram, extorquir o Ocidente. Ele mesmo já tinha sido exitoso com Obama. Mas Donald Trump bancou a aposta. Literalmente sabia que seu ‘botão’ era maior e que o ‘botão’ do Anão sequer funcionava. A coisa encrespou, críticas do mundo ‘civilizado’ (?), da imprensa livre (?) e isenta (???).

Como não dava para atribuir toda a loucura à Trump pois ai seria demais, até para a imprensa esquerdista, caricaturizaram os dois. Eram dois idiotas com bombas nucleares. Sempre superlativizando a Coréia do Norte! Na realidade era um com muito poderio e um Anão Tarado desesperado, mentiroso e agarrado em um blefe.

Quase levou, chegou a levantar suspiros de admiração dos bolcheviques idiotas de plantão, que se escondem em nossas Universidades. Pensaram que poderiam ver, em vida, o sonho da América do Norte em ruínas. Idiotice, tal e qual a do PC do B que defende e elogia o Regime Norte Coreano como uma democracia popular. Se isto é democracia para eles (do PC do B), Viva a Ditadura!

Mas Trump dobrou a aposta mais e mais. E o que houve? A China se incomodou. A teimosia de ambos estava atrapalhando os negócios. E nada, mas nada mesmo, na China Comunista é mais sagrado que o Capitalismo e os Negócios. Pronto os chineses resolveram a parada, chamaram o Anão deram um pito e mandaram ele ficar quieto.

Daí foi o que se viu. A saída diplomática das Olimpíadas de Inverno. A reunião entre os líderes e o caminho para a ‘paz’. A curto prazo espero que proporcione um pouco de alento e comida para o povo da Coréia do Norte.

Agora é uma questão de acerto de interesses entre os líderes do partido, para a divisão do butim e a coisa vai andar. A Coréia do Norte só não vai se fundir imediatamente com a Coréia do Sul e virar um paraíso do capital porque os chineses podem não gostar. Mas o caminho é inexorável, lembrem das duas Alemanhas.
Trump e Kim Jong Un vão se encontrar e celebrar este avanço. Os norte coreanos vão eliminar suas armas, é fácil a maioria é de papel. Paralisarão seu programa nuclear, mais fácil ainda, nunca funcionou. E o Anão vai visitar a Disneylândia. A abertura da Coréia do Norte é irreversível. Culpa de quem?

A CULPA É DO TRUMP!

Mas a imprensa não vai admitir, nunca! As provas estão aí na cara de todos. Vejam o encontro do Diretor da CIA com os Norte Coreanos. Se fosse o Obama estaria sendo celebrado, talvez até recebendo outro prêmio Nobel.

O mundo está ficando melhor, as Coréias caminham para a paz…CULPA do Trump!

Falando em Prêmio Nobel não esperem que Donald Trump o receba, seria um sacrilégio. O Nobel só premia aqueles politicamente corretos. Obama recebeu com meses de Governo, sem ter feito nada pelo mundo e foi premiado. Por que mesmo? Ninguém sabe! Aliás Obama em seus 8 anos de Governo deixou o mundo uma zona. Só que quase ninguém quer contar isto. Prova que nossa imprensa é realmente isenta (??), nestes casos.

O Prêmio Nobel da Paz é uma premiação, quase religiosa, para idiotas como Pérez Esquivel, para ganhar basta rezar pela bíblia Marxista e pronto! Homens de verdade, que fizeram a difrença para humanidade como Churchill (ele ganhou o de Literatura em 1953, menos mal) jamais o ganharão.

Agora querem premiar o presidiário bebum, pelo que? Por roubar e destruir o Brasil? Por apoiar ditaduras sangrentas? Ainda bem que a pelegada que concede o Nobel da Paz tem limites éticos e não vai levar a sério esta patuscada da candidatura do apedeuta. Assim eu espero, pelo menos.

Obama deixou vários problemas graves ao mundo após 8 anos de Governo. Mas o pior deles se chama Guerra da Síria. Foi o desgoverno de Obama e de sua Secretária de Estado Hilary Clinton (ela mesmo) que fomentaram a primavera árabe, armaram os rebeldes sírios e facilitaram a acensão do Estado Islâmico.

Criaram uma guerra, a maior onda de refugiados, levaram a uma crise humanitária na Europa, o terror e milhares, quiçá, milhões de vítimas. Mas Obaminha ganhou o Nobel e fez merda!

Agora Trump, Putin e outros estão resolvendo e limpando a sujeira. Claro que a seu jeito e a custa de muito mais sangue.

Mas não pensem que não uma coordenação nas ações da Síria. O problema é dos russos, eles vão resolver e recolocar no poder Bashar Al Assad. O resto é figuração para o povo. Intervenções, como os bombardeios americanos são encenações, ‘para inglês ver’. Os russos avisados antes e com alvos inertes. Farsa como foram farsa os vídeos dos ‘ataques químicos’.

O mundo foi dividido em interesses, os americanos estão resolvendo as encrencas no seu quintal e na Coréia, Franceses e Ingleses na África, os Russos e Turcos no oriente próximo, a China no seu quintal. Todo mundo combina as ações, o resto é bobagem.

Não gostaram se mudem para Cuba, antes que ela acabe!

Dei aula de química por 20 anos, ainda atuo na área, mas em um campo mais específico que é a química de alimentos. Mas ainda tenho noção e senso crítico.

O que vi nas imagens? Crianças tendo o rosto lavado e fazendo caretas, provavelmente pela água fria. E um homem deitado sendo lavado por um jato. Não havia pústulas, queimaduras, sequer vermelhidão.

As armas químicas usadas são gás cloro ou gás sarin. Uma queima e queima mesmo, a outra é um gás nervoso, as pessoas estariam tendo ataques semelhantes a um ataque epilético forte. Não era isto que mostraram. Por isso ouso dizer que as imagens e denúncias eram mentiras.

Até porque a ONG que denunciou era a mesma que afirmou que o Iraque tinha armas químicas, na guerra do golfo.

Aliás, estas ONG’s internacionais, sustentadas pelos governos e por doações de boas almas, tem mostrado ao que vieram. Prostituindo, explorando meninas, intervindo em governos e conflitos e fazendo seus próceres milionários e poderosos. Estas ONG’s não vão resolver ou minimizar problemas como a Guerra e a fome pois elas e seus líderes vivem disto. Vivem da guerra, da fome e do sofrimento humano, se estes acabarem acaba seu poder. Basta ver as acusações quase diárias a todas esta ONG’s. Abramos os olhos.

E de novo adivinhem quem é o líder mundial que denúncia isto. A culpa é do Trump,ele vem denunciando e cortando o dinheiro destas ONG’s.

Por último se criticam muito Donald Trump pelos atos protecionistas que vem tomando. Mas observem esta era a plataforma eleitoral dele. Foi isto que ele prometeu a seus eleitores e foi eleito por isto.

Pode ser uma burrada, pode ser ruim para nós (Brasil e/ou mundo), mas ele está fazendo o que prometeu. Diferentemente de nossos políticos que prometem uma coisa e fazem outra. Ah mas ele nos prejudica ao forçar uma taxação e renegociar preços e acordos mais vantajosos para os EUA. Sim, mas o que queremos? Ele é o presidente dos EUA, tem o dever de buscar vantagens ´para seu país.

Só os governos brasileiros que fazem negócios vantajosos, com dinheiro público, para outros países. Negócios como doar uma refinaria para a Bolívia, empréstimos que não foram pagos à Venezuela e Moçambique, o porto de Maruel, perdão de dívidas de ditaduras africanas.

Tudo com o nosso dinheiro. Quem fez isto? Os governos petistas, cobrados seus 20% ou 30%, é claro. Olha a merda que estamos.

Trump tem culpa, sim! Culpa de defender seu país, a despeito dos interesses de ourtos países. E tem culpa de cumprir suas promessas elitorais.

Talvez até consiga, ao fim e ao cabo, se reeleger, a despeito de todas as esquerdas. Vai ser engraçado e teremos mais quatros anos dele como culpado universal.

Até lá, a ladainha continua: A CULPA É DO TRUMP!

5 maio 2018 CHARGES

RENATO

SONETO DE ROSAS

Quinze anos dados, doados,
amados, de sonho e lida,
alguns sóis, muitos cuidados,
enfim — quinze anos de vida.

Caminhos iluminados
dos filhos! — Queda? — Subida!
— Quinze séculos contados?
— Quinze minutos, querida!

Se é grande o sonho que afago
de alma aberta e lábio mudo,
escasso é o que ora te trago

nas minhas mãos carinhosas.
Mas no pouco inscrevo tudo:
— Por quinze anos, quinze rosas!

5 maio 2018 CHARGES

DUKE

VACA PEIDONA NO ISTRANJEIRO

Este fato assucedeu-se no mês de abril passado.

Foi durante uma “palestra” (é phoda!!!) na Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos.

Vaca Peidona mais uma vez cagou pela boca o esquisito dialeto Dilmês.

E eu conheço gente que, a mando do proprietário Lula, votou nela pra prisid-Anta, tendo Temer como vice, numa chapa do PT.

Podem acreditar!

Teve descerebrado que votou nela para Presidente da República !!!!!!!!!!!

5 maio 2018 CHARGES

CLAYTON

SER AVÔ NA MODERNIDADE

Acabou-se o tempo em que as famílias se reuniam em torno da mesa para entabular conversas descontraídas durante o almoço ou jantar. A mania salutar dos papos nas salas de estar deixou de existir. Na atualidade, não se encontra espaço nem tempo no agitado cotidiano das pessoas, para a troca de ideias no seio familiar.

Pudera, o progresso inseriu novos procedimentos nos costumes de nossos antepassados com o advento da internet e de aplicativos inteligentes. Em anos não tão distantes, sabíamos o que ocorria no país e no mundo mediante o jornalismo impresso ou através de noticiários na televisão. Agora, toda e qualquer informação é obtida mediante consulta a aparelhos eletrônicos manuais, em tempo real.

A evolução tecnológica da pequena maquininha, antes denominada telefone celular porque funcionava somente como um telefone portátil, ocasionou mudanças bruscas em costumes e padrões comportamentais da sociedade brasileira e de diferentes civilizações deste mundão de meu Deus.

Dados da Anatel indicam que o Brasil terminou março de 2018 com 235,8 milhões de celulares, ou seja, com uma densidade de 112,98 celulares por 100 habitantes. Essa proporção aponta que o número de celulares em uso ultrapassou o de habitantes no país. Isso mesmo, cada brasileiro detém, hoje, 1 celular e fração de outro.

Ainda que sob o efeito deletério em costumes tradicionais, por conta do uso abusivo de telefones inteligentes (smartphone) e de computadores portáteis (tablet), muitas famílias insistem em preservar resquícios dos antigos hábitos. Talvez, para não deixar a modernidade se apossar das boas lembranças do passado.

Ser avô ou avó é uma delícia! Curtir os netos sem as responsabilidades do papel dos pais, deixa a relação mais leve e interessante. Eu insisto em manter um contato físico semanal com meus filhos, netos, genros e nora – nem sempre é possível reunir a todos. Entendo que tais bate-papos consolidam a noção de unidade familiar.

Os netos, porém, fogem à regra. Ao invés de participarem das conversas entabuladas preferem a companhia de aparelhos iMac, iPod, iPhone, iPad e iTunes, que os divertem e acalentam a curiosidade latente em cada um deles.

Acontece de o vício decorrente do manuseio dessas geringonças haver extrapolado todos os limites admissíveis da racionalidade, fugindo do controle dos pais ou de responsáveis pela educação das crianças, por negligência ou descaso – é comum utilizarem os aparelhos para aquietar moleques renitentes ou malcriados.

No meu caso, quando em nossas reuniões, estipulei regras rígidas, claras e simples para a utilização de tais aparelhos: não é permitido o uso de nenhum deles na casa dos avós. Para compensar a proibição lancei mão de jogos manuais, quebra-cabeças, brincadeiras grupais e outros tantos artifícios para desviar a atenção deles das maquininhas, durante o rápido convívio conosco.

Como complemento, aprendi alguns truques de mágica que fazem tanto sucesso entre os netos, que eles já entram no apartamento gritando: Mágica!…Mágica!… Enquanto isso, o avô se diverte vendo-se alvo da atenção dos pirralhos numa interação saudável, mesmo assumindo o papel de um bobo-da-corte animador de plateias.

Certamente, tais momentos permanecerão vivos nas memórias de cada um deles, não deixando que se perca nas dobras do tempo o exemplo de como as coisas aconteciam num Lar Doce Lar… de antigamente.

5 maio 2018 CHARGES

CLÁUDIO

MAURINO JÚNIOR – PAULO AFONSO-BA

É, Papa Berto!!!

O desespero do Lularápio tá foda!! Tá de fazer pena!!

Quer uma prova?

Intonce veja aí!!!

Saudações aqui da terra das represas!!!

R. Fiquei espantado agora, meu caro Maurino.

A ortografia, o estilo e a caligrafia do maior estadista que o mundo já viu melhoraram bastante.

A cadeia está fazendo um bem danado pra cultura dele.

5 maio 2018 CHARGES

SPONHOLZ

PRÉDIO DA CAIXA

Sim, o Brasil é um prédio da Caixa Econômica abandonado a própria sorte. É esta sorte que tem dado sustento a vida brasileira que anda perto de sofrer um curto-circuito na sua estrutura política, social e econômica. Sempre é feita uma nova gambiarra, seja lá em que andar for. Estão aí as situações que tem vivido o País com sua maior Corte. Somadas estão também as atuações políticas do Executivo e seus pares nos ministérios que desmantelam o sistema de educação, saúde e segurança ao promoverem ações em que nada resultam de evolução, desenvolvimento ou melhoria na vida de qualquer cidadão. Vide o estado lastimável do ensino, o corredor da morte nos hospitais que aos montes vão fechando as portas, e as mágicas na economia que aumentam preços todos os dias, mas com inflação em queda, esta até explicável com a destruição do poder aquisitivo da população, que nada compra. Acrescente o balcão de negociação que se transformou o Congresso Nacional onde tudo se faz na base de troca de favores ou barganhas para aprovação de medidas, improdutivas ou direcionadas, operadas pelo Executivo ou “interna corporis”, ou seja, na defesa de interesses não coletivos.

“Nós”, os moradores, temos que pagar, e caro, pela moradia neste prédio Brasil. “Eles”, os usurpadores do Poder, recebem, a título de aluguel, o dinheiro para permitir morarmos em um País que não é deles, mas se utilizam desse prédio Brasil para exploração, dada nossa falta de condições de evolução cultural e educacional, nos tornando reféns da vida sub humana e precária se compararmos com o resto desenvolvido do mundo. O que impressiona na situação incerta, instável, indefinida e arriscada que vive a Nação, é exatamente a sua incapacidade de entender o momento que vivemos e a forma passiva que aceitamos situações como do presidiário Lulla que, da cadeia, promove tumultos ao sistema prisional e legal. Não fosse o pulso firme da juíza da 12ª Vara Federal de Curitiba, Dra. Carolina Lebbos, a lei de execução penal não seria cumprida e a sede da Polícia Federal no Paraná, transformada em circo para os palhaços petistas que julgam estar acima da lei e da ordem. São “eles” os que usam do aluguel do prédio Brasil que não lhes pertence, ou seja, do dinheiro público, para bancar ações de fanatismo a um líder de barro, inconsistente, despreparado e presidiário.

Espero, e muito, que a população brasileira tenha aprendido um pouco com toda essa bandalheira promovida pelo PT e seus partidos aliados. Está se aproximando o mês de outubro e nele existe a esperança de mudança na política brasileira, mas há um porém, não temos um candidato com perfil de administrador e de conhecimento profundo da situação global na qual o Brasil se encontra fora e precisa ser inserido. Mais que isso, todos os candidatos mais destacados estão, de alguma forma, implicados em situações com a justiça. Foram encontradas pegadas de malfeitos, de muitos deles, em suas trajetórias políticas. A única surpresa que poderá ocorrer, no quadro atual, é a candidatura de João Dória à presidência, motivada pelos acontecimentos judiciais e de aceitação em pesquisas do candidato Geraldo Alckmin. A manter as atuais candidaturas, não vejo boas perspectivas ao futuro do prédio Brasil, vamos continuar com muitas gambiarras e com grandes possibilidades de incêndios. E isso pode provocar colapsos à estrutura com muitos danos ao País.

É incrível o marasmo de setores sociais e profissionais diante da gravidade do momento brasileiro. Não há uma participação de segmentos representativos da sociedade. Uma pasmaceira geral e que de forma idiota, assiste aos acontecimentos e evolução da derrocada política do Brasil. A única a se manifestar de forma mais ativa é a OAB, mas esta, por sua natureza simbiótica com a esquerda, em busca de benefícios e espaços políticos, deixa de lado o valor dos “bem-feitos” em apoio aos “malfeitos”. Por onde andam as demais associações representativas de classes como a dos médicos, engenheiros e tantas outras? O que tem elas a apresentar, ou será que estão amorfas e não como organismo vivo da vida brasileira. Não posso crer que estas associações fazem parte daquele grupo que cobra aluguel da população de um bem que não é dele, assim como as organizações dos “sem teto”, que cobravam, sob ameaças de expulsão, dos miseráveis moradores do prédio da Caixa.


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa