CADÊ A LEI ÁUREA?

Quando os livros escolares informam que a escravidão foi abolida no Brasil em 13 de maio de 1888, há exatos 130 anos, fica faltando dizer que se encerrou a escravidão negra — e que, ainda hoje, a escravidão persiste, só que agora é multiétnica.

Estima-se que atualmente 160.000 brasileiros trabalhem e vivam no país em condições semelhantes às de escravidão — ou seja, estão submetidos a trabalho forçado, servidão por meio de dívidas, jornadas exaustivas e circunstâncias degradantes (em relação a moradia e alimentação, por exemplo).

Comparada aos milhões de africanos trazidos para o país para trabalhar como escravos, a cifra atual poderia indicar alguma melhora, mas abrigar 160.000 pessoas escravizadas é um escândalo humano de proporções épicas.

* * *

Isto não passa de calúnia e falsidade da grande mídia reacionária e golpista.

O fubânico luleiro Ceguinho Teimoso vai provar que é tudo mentira.

Lula acabou com a fome, com a pobreza, com a miséria, com a tristeza, com a corrupção, com a doença, com a falta de tesão, com a insegurança pública e com o trabalho escravo.

A não ser que Temer – escalado por Lula pra ser vice de Dilma numa chapa do PT -, tenha revogado a Lei Áurea.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.