ORLY GUERRA – VILA VELHA-ES

Prezado Luiz Berto,

nós aposentados do extinto BANESPA – (Banco do Estado de São Paulo), estamos desde a PRIVATIZAÇÃO, sofrendo nas mãos dos donos do banco ESPANHOL Santander. Não houve Privatização do Banespa, mas, DOAÇÃO ao banco Espanhol SANTANDER em novembro-2000, pelo ex-presidente FERNANDO HENRIQUE CARDOSO.

Estamos vivendo terrível DRAMA desde o ano 2001, quando o Santander conseguiu no TST, que o ex-presidente ALMIR PAZZIANOTTO assinasse ATA nos impondo CINCO ANOS DE REAJUSTE ZERO (set-2001 a ago-2006), passando por cima da CONSTITUIÇÃO; porque não se pode reduzir salários e muito menos aposentadorias, quando HÁ DINHEIRO SUFICIENTE – (títulos “INEGOCIÁVEIS”).

Perdemos 35,6% das nossas aposentadorias, que, no meu caso, representa 57% do COMPLEMENTO que o Santander me paga mensalmente. Isto porque esse banco USURPA, TAMBÉM, o reajuste que o INSS nos dá em janeiro de cada ano – (em dez-2017 o Santander me pagava R$ 3.674,88 de complemento; em jan-2018, passou a me pagar R$ 3.636,35; diminuindo R$ 38,53 do meu complemento. Tive perda considerável desde 2001, mais de R$ 500,00).

Eu disse acima que o Banespa foi doado ao Santander, porque FHC entregou nossos títulos “INEGOCIÁVEIS” no valor de quatro bilhões, 141 milhões – (correção IGP-DI e JUROS 12% a.a. – Já renderam 240% igp-di mais 613% de juros); entregou também, dois bilhões e 700 milhões de IMPOSTO DE RENDA recolhidos das folhas de pagamento e não repassados à RECEITA FEDERAL, pelo BANCO CENTRAL antes da privatização

– POR QUÊ? – (Operação Zelotes – propina para não pagar MULTA).

Entregou mais LUCROS DE BALANÇOS NÃO PUBLICADOS; os tais balanços escondidos por GILMAR MENDES (procurador Geral), FHC e sua equipe, para conseguir na Justiça autorização para privatizar o Banespa.

Na realidade, a propalada PRIVATIZAÇÃO para acabar com a CORRUPÇÃO, não passou de TRANSFERÊNCIA da corrupção para os MINISTÉRIOS E SECRETARIAS.

Éramos 15 mil em jan-2001; hoje apenas pouco mais de nove mil titulares.

Todas as nossas ações individuais o TST MANDOU sistematicamente para o ARQUIVO;

– POR QUÊ?

Temos dois processos coletivos patrocinados por nossa associação de aposentados AFABESP. Uma de 1998 que ganhamos em todas as instâncias do tribunal do trabalho e está parada no SUPREMO, porque o banco alegou inconstitucionalidade em certo despacho. Fux já pediu VISTA por quatro vezes e demorou anos para devolver e continuar o julgamento.

Outra ação ficou no Supremo ONZE LONGOS ANOS, para dizer se nossa associação poderia nos defender, e não apenas o sindicato. O juiz (TRF-SP) deu “TUTELA ANTECIPADA” em 2002 e, quando voltou do Supremo (após 11 anos), repetiu a sentença em abril de 2013. (o juiz foi promovido a desembargador para não colocar mais a mão no processo).

Mas o banco ESPANHOL Santander não quer cumprir a ordem da justiça. Este mês completará SESSENTA MESES a tutela antecipada, e o réu alegou num evento em outubro-2017, no DORAL INN que, se cumprisse a sentença, QUEBRARIA; mas não apresentou o SALDO ATUARIAL dos títulos para comprovar.

Pelos meus cálculos, o SALDO ATUARIAL é de mais QUARENTA E CINCO BILHÕES – (não há informações dos títulos nos balanços). E nossa justiça é DESRESPEITADA SEM MAIS NEM MENOS por um banco ESTRANGEIRO dentro do território Brasileiro!

– POR QUÊ?

Luiz Berto, se puder nos ajudar divulgando nosso drama, gostaríamos muitíssimo. Quero mencionar que o processo dos funcionários da MOGIANA demorou QUARENTA E UM ANOS, apenas 150 estavam vivos para receber. E as idades?

Agradeço-lhe a atenção, em nome dos APOSENTADOS DO EXTINTO Banespa!

R. Caro leitor, nada mais tenho a acrescentar.

Você já disse tudo.

Coisas horríveis de um país chamado Banânia

Conte com a solidariedade da comunidade fubânica na torcida por um desfecho favorável.

E vamos aos vídeos que você nos mandou:

15 comentários

Pular para o formulário de comentário

    • Roberto P em 7 de Maio de 2018 às 10:57
    • Responder

    Ainda bem que privatizou senão seria mais um pros petistas roubarem , e acabarem com a previ desse Banespa ia sobrar a conta pra vocês também

    • Ex-microempresário em 7 de Maio de 2018 às 11:59
    • Responder

    Funcionários públicos adoram elogiar governos corruptos, incompetentes e populistas, enquanto estes governos só ferram com os outros. Quando chega a vez deles, aí ficam indignados.

    • Flavio Feronato em 7 de Maio de 2018 às 13:00
    • Responder

    Empresa pública é só para ferrar o contribuinte. Ainda bem que privatizou, senão estaríamos sustentando essa sinecura petista até hoje. Se os funcionários perderam alguma coisa ( o que duvido) nós perdemos muito mais. E nossa aposentadoria é de menos de 1000 reais. Já a vossa…

    • Carlos Ivan em 7 de Maio de 2018 às 14:33
    • Responder

    Caro Orly Guerra vc é um cara valente, transpondo barreiras para divulgar o drama que os antigos funcionários do ex-Banespa vivenciam, lutando contra tudo e todos no sentido de reconquistar os seus direitos que foram extraídos na marra pelas forças poderosas, altamente assessoradas pelo Judiciário. Guerra vc é um bravo não tema as opiniões contrárias que nada sabem da verdade. Persista na divulgação desses lamentáveis fatos.

    • C Eduardo em 7 de Maio de 2018 às 15:43
    • Responder

    Paty Not Set do Alferes, 07/05/2018

    Estou solidário na queixa contra a inoperância da justiça. Essa é uma das causas do atraso nesse País. Porém discordo que tenha havido venda do Banco por preço baixo. Houve leilão público e se não apareceu oferta melhor não há do que se queixar. Assim como o Governo Justo, do Presidiário Lulla vendeu no ano de 2010, ações da Petrobrás ao preço de R$ 26,30 e que hoje, passados 8 anos, custam R$ 23,00. Se o cidadão, ao invés de comprar as ações que Lulla vendeu, tivesse colocado seu dinheiro em títulos do Governo, teria hoje R$ 57,07. De quem é a culpa pelo prejuízo? Do Lulla que vendeu as ações para o público, ou do Goiano que disse que seria um ótimo negócio?
    Ninguém tem culpa, comprou quem quis. No caso do Banespa quem não quis comprar não pode se queixar agora. Foi leilão público.
    O mesmo problema que existe com os ex-beneficiários da Fundação do Banespa, vai ocorrer com os da Varig, do Correios, municípios e todos os fundos de pensão que são assaltados diariamente pelos sindicalistas que controlam essas bombas de tempo. Vão todas explodir em sequência.

    • Carlos augusto silva em 7 de Maio de 2018 às 16:11
    • Responder

    Será que não foi pelas altas mordomias dos funcionários do Banespa que o banco quebrou. Depois de mais de 30 anos contribuindo para o INSS pelo teto a minha aposentadoria é menor do que a sua complementação.

    1. Prezado Carlos Augusto Silva, o BANESPA não quebrou. Os governadores, principalmente MALUF, QUÉRCIA e FLEURY, pegavam empréstimos em janeiro de cada ano, para pagar à medida que iam recebendo o ICMS. Mas eles gastavam os dois. Não devolviam o dinheiro. FHC quando entregou o Banespa ao BANCO CENTRAL, em 1995, ESCONDEU OS BALANÇOS de 1995 a 1999, para provar na justiça que o Banespa estava quebrado. Depois que conseguiu a aprovação, ENTREGOU AO BANCO ESPANHOL SANTANDER “LUCROS DE BALANÇOS NÃO PUBLICADOS”. FHC deu cinquenta bilhões para sanear o estado de SP. E Covas destinou DEZESSEIS bilhões ao BANESPA para cobrir o ROMBO dos governadores. Se você tivesse acompanhado a história do Banespa, contada por jornalistas sérios, não ia acreditar no propalado ÁGIO de 281% pela mídia. O dono do Santander (Emilio Botín – falecido) recebeu mais de DEZ BILHÕES em troca dos sete bilhões e 50 milhões que pagou. Quatro bilhões, 141 milhões dos nossos títulos. Dois bilhões e 700 milhões de IMPOSTO DE RENDA recolhido nas folhas de pagamento e não repassados à RECEITA FEDERAL pelo BACEN, mais LUCROS DE BALANÇOS NÃO PUBLICADOS. Quanto será que FHC, GILMAR MENDES, e a equipe do governo receberam em depósitos na SUÍÇA? Emilio Botín já enganava o rei da Espanha na época da guerra.
      Na década de 80 chegamos a dar lucro de vinte e quatro mil por funcionário/ano. O banco que chegou mais próximo deu dezoito mil. Chegamos a receber gratificações de dois salários.
      Em 2017 o Santander Brasil deu lucro LÍQUIDO de ONZE BILHÕES. (acho que foi muito mais). Se fosse o Banespa daria um por cento para gratificação, portanto seriam dois salários, já que a folha de pagamento é menos de CINQUENTA MILHÕES. O Banespa era tão poderoso que, no exterior, dava aval para o BANCO DO BRASIL. ([email protected]).

    • Claudemir Ferraresi em 7 de Maio de 2018 às 21:13
    • Responder

    C.Eduardo vicê não conhece nem um 0,001% da missa, a privatização do Banespa foi carta marcada.
    Voce disse leilão mas não houve nenhum leilão o Santander já sabia o quanto deveria dar de lance já est ava t udo combinado coma equipe de FHC.
    Os outros Bancos: Bradesco, Itaú deram lance simbolico só para dizer que participaram do leilão.
    \já estava t udo preparado para o Santander se apoderar não da compra do Banespa mas sim das vantagens
    que iria conquistar . Foi a maior corrupção da história, essa do Lula não chega NEM PERTO.

  1. Agradeço a LUIZBERTO a oportunidade de esclarecermos aos brasileiros o drama que nós, APOSENTADOS DO EXTINTO BANESPA estamos vivendo.

    • Fabio Freitas em 8 de Maio de 2018 às 03:19
    • Responder

    Sou aposentado do extinto banespa desde 1999. Na época o que passei a receber até sobrava e dava para guardar um pouquinho. Hoje 18 anos se passaram e junto com esse tempo os salarios que recebo ja não pagam mais as minhas contas básicas. Diante de tantas explicações dos processos em bene ficios dos nossos direitos LEGAIS, já não creio em mais nada, a unica coisa certa e que estou diante da minha falência
    financeira. Quando vejo os números das propinas dadas fico cada vez mais sem crença de esperança de seja cumprida alguma sentença dada as aos processos dos funcionários do banespa que correm na justiça. Não espero mais nada de nada. Estou com 66 anos de idade e após ter aposentado há 18 anos tenho que tentar voltar ao mercado a procura de emprego ou bicos que possam somar na minha renda para continuar sobrevivendo que so DEUS e quem sabe como. Vergonhoso o que estamos passando. Nosso país virou o pais da BARRIGADA tudo se arruma um jeitinho de sacrificar os menos favorecidos. Por favor façam valer as leis que foram criadas .para proteger o direito dos trabalhadores

      • Roberto P em 9 de Maio de 2018 às 18:11
      • Responder

      Caraca se aposentou com 47 anos e ta reclamando a maioria dos brasileiros aposenta com 65 anos quando aposenta ganhando salario minimo caso você saiba 900,00 reais

    • Fabio Freitas em 8 de Maio de 2018 às 03:27
    • Responder

    Sou aposentado do extinto banespa desde 1999. Na época o que passei a receber até sobrava e dava para guardar um pouquinho. Hoje 18 anos se passaram e junto com esse tempo os salarios que recebo ja não pagam mais as minhas contas básicas. Diante de tantas explicações dos processos em bene ficios dos nossos direitos LEGAIS, já não creio em mais nada, a unica coisa certa e que estou diante da minha falência
    financeira. Quando vejo os números das propinas dadas fico cada vez mais sem crença de esperança de seja cumprida alguma sentença dada as aos processos dos funcionários do banespa que correm na justiça. Não espero mais nada de nada. Estou com 66 anos de idade e após ter aposentado há 18 anos tenho que tentar voltar ao mercado a procura de emprego ou bicos que possam somar na minha renda para continuar sobrevivendo que so DEUS e quem sabe como. Vergonhoso o que estamos passando. Nosso país virou o pais da BARRIGADA tudo se arruma um jeitinho de sacrificar os menos favorecidos. Por favor façam valer as leis que foram criadas .para proteger o direito dos trabalhadores!
    Agradeço imensamente ao ORLY GUERRA pelo seu carinho e interesse pela nossa causa e humanidade.

    • Giovana Bastazini em 8 de Maio de 2018 às 08:08
    • Responder

    As pessoas devem ter em mente que nem tudo que parece é!!! Vivemos sim em um Brasil Corrupto onde o “Mecanismo”, que me desculpem o plágio da Série, existe e está sendo arquitetado há muitos e muitos anos! O povo deveria pegar as informações e ir a fundo para investigar os fatos!! Estes dados informados são veridicos e se a justiça quiser, vai achar muito mais, as peças se encaixam!!! Espero que os direitos possam ser cumpridos e devolvidos aos aposentados do Ex-Banespa! Vamos à Luta!

  2. Voltando a falar sobre a mensagem que enviei para Luiz Berto sobre o DRAMA DOS APOSENTADOS DO EXTINTO Banespa, gostaria de acrescentar mais alguma coisa. Os comentários de: Roberto P, Ex-Microempresário, Flávio Feronato, Carlos Augusto Silva e outros, sobre benefícios e mordomias que recebíamos. “Ainda bem que privatizou – Se os funcionários perderam alguma coisa (o que duvido) nós perdemos muito mais – Ainda bem que privatizou senão seria mais um pros petistas roubarem, e acabarem com a previ desse Banespa ia sobrar a conta pra vocês também”. – De que adiantou a privatização feita por FERNANDO HENRIQUE CARDOSO? Apenas transferiu a CORRUPÇÃO PARA OS MINISTÉRIOS. Pergunto às pessoas referidas acima: por que FHC não mandou pra cadeia os corruptos e os fez devolver o dinheiro roubado? Porque também é CORRUPTO. Quanto será que recebeu do banco Espanhol Santander para dar-lhe de presente o BANESPA? Vejam que o propalado ágio de 281%, pagou 7 bilhões e 50 milhões, quando o Banespa foi SUBAVALIADO por 1 bilhão 850 milhões. O Bradesco, o Itaú e outro banco ofereceram pouco mais de dois bilhões (só para constar); os bancos estrangeiros PULARAM FORA DO LEILÃO, quando souberam que a carta do baralho já estava marcada. O leilão foi em 20-novembro-2000, mas desde 1995 o Santander já estava MARCADO para ganhar o leilão. Foram quatro bilhões em “títulos INEGOCIÁVEIS” que pertenciam aos 15 mil aposentados, mais dois bilhões e 700 milhões em IMPOSTO DE RENDA não repassados à Receita Federal pelo BACEN, mais LUCROS DE BALANÇOS NÃO PUBLICADOS; mais de DEZ BILHÕES em troca do sete que pagou. (releiam minha mensagem, explica tudo). O Santander, FHC, GILMAR MENDES, ALMIR PAZZIANOTTO e ex-diretores do BACEN da época da privatização, NÃO QUEREM ME PROCESSAM; POR QUE? Voltando às Benesses, informo que só eram recebidas pelos diretores e seus funcionários indicados por políticos. A maioria dos funcionários fez concurso público. Eu mesmo fiz o 35º concurso e disputei vaga com mais de vinte mil candidatos em 1966. Fui a São Paulo fazer a inscrição. Depois fui novamente fazer o concurso. Foram 180 perguntas para 180 minutos; um minuto para cada pergunta: 45 de português, 45 de matemática, 45 de contabilidade e 45 de conhecimentos gerais. Passaram 1.400. minha classificação foi 1.151º lugar. Fui admitido em SP. Não tinha vaga em Vitória. Em SP fiz “hora extra” e recebia (quatro anos). Na agência de Vitória trabalhava uma a duas horas além do horário e NÃO RECEBIA EXTRAORDINÁRIO. A agência não pagava. Havia muito serviço. O trabalho era manual, não existia computador. Os chefes e subchefes trabalhavam de DEZ a DOZE HORAS. É preciso tomar informações antes de difamar as pessoas. O VACCARI era funcionário do Banespa. Depois sindicalista. Associou-se ao Santander em 2001 e armou o “REAJUSTE ZERO” passando por cima da constituição com ALMIR PAZZIANOTTO. Os títulos inegociáveis hoje, com correção pelo IGP-DI mais juros de 12% ao ano, tem o SALDO ATUARIAL de mais de QUARENTA E CINCO BILHÕES. Em 2001 nossa folha de pagamento era de quase quarenta milhões, menos de 1% dos títulos, hoje é de menos 0,2% do saldo atuarial dos títulos. Éramos 15 mil em janeiro-2001, hoje apenas 9 mil e 300 titulares. Obs.: peço enviar este meu comentário para as pessoas acima mencionadas. ([email protected])

    • Flavio Feronato em 9 de Maio de 2018 às 21:11
    • Responder

    Orly Guerra não disse uma palavra sobre as vítimas condenadas a pagar o custo de mais esse elefante branco. Posso até entender que o extinto não cumpriu todas as questões trabalhistas com vcs; Mas se esquece que o contribuinte do andar debaixo nunca recebeu nada desse banco e no entanto tem que carrega-lo nas costas até hoje. Pense nisso!

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.