UMA BELA PARELHA DE BANDIDOS

O advogado Gamil Föppel assumiu a tribuna da Segunda Turma para atacar o Ministério Público.

Quase gritando, o defensor de Geddel Vieira Lima insiste na tese da “denúncia anônima” para tentar derrubar a denúncia.

“Vivemos um regime judicial totalitário.”

* * *

Na verdade, ao invés de regime “judicial totalitário“, nós vivemos mesmo é num regime “pmdebal propinotário.

Essa linha da defesa de Geddel, esculhambando o Ministério Público e xingando os delatores, tá igualzinha à linha da defesa de Lula.

Geddel e Lula são dois corruptos de grande semelhança, um negando a propriedade de malas com milhões de reais e outro negando a propriedade de um sítio com milhões de amigos.

Por isso suas defesas atuam de modo tão parecido.

Geddel – que já foi ministro de Lula e ministro do vice de Dilma -, segue a linha de defesa certa, orientado pelo fubânico luleiro Ceguinho Teimoso, advogado especializado em corruptos de grosso calibre.

Lula e Geddel: dois cabras safados de alto calibre no mundo corrupcional

4 comentários

Pular para o formulário de comentário

    • João Francisco em 9 de Maio de 2018 às 11:03
    • Responder

    Esse Dr. Gamil (é nome de remédio?) disse, talvez orientado pelo Dr. Ceguinho Teimoso:

    – Afinal, o que são 51 milhões em um apê? Dinheiro que qualquer um pode ter em casa. Isso não prova nada. Alguma nota foi periciada? Afinal onde estão estas cédulas de dinheiro? Deveriam estar guardadas na justiça como evidência. Exijo uma perícia em uma por uma para ver se há a digital do meu cliente.

    Assim, com um adevogado desses, Gedel vai para o buraco mais profundo com o seu grande amigo Lula.

    • Alamir Longo em 9 de Maio de 2018 às 13:33
    • Responder

    Que bonitinhos…Não parecem dois anjos?

    Ah, mas perguntem agora pro Lula se ele conhece esse gordinho aí.

  1. O “adevogado” do Gedel, gritou, que seu cliente NÃO é dono daquela grana, ele nem sabia que aquele apartamento teria sido”emprestado” a ele, na verdade, aquela grana pertencia a MAMÃE, que juntou todas as economias de sua aposentadoria, “pensando” nos seus filhinhos. Nada demais, apenas pensando no futuro de seus “pobres” filhos…

    • A. Luís em 9 de Maio de 2018 às 15:10
    • Responder

    .
    ‘mais’, ‘seo’ gedeo,
    o outro bacurim, como é o nomimzim dele – ah! sim! Lucim,
    os dois bacuriM logo, logo, poderão estar juntim, na fantástica Papuda.
    não desespere, tudo se acomoda.
    podia, ao menos, ter dito que o boró é do Xicu !

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.