Comentário sobre a postagem O SÍTIO DE ATIBAIA

Goiano:

“Não há desespero por Lula estar preso.

Nem dele, nem nosso.

Lula preso segue o caminho de tornar-se uma espécie de São Estêvão.

“Estêvão, cheio de graça e poder, fazia prodígios e grandes sinais entre o povo. Levantaram-se então alguns da sinagoga e começaram a discutir com Estêvão, e não puderam resistir à sabedoria e ao Espírito com que ele falava. Subornaram então alguns homens que disseram: ‘Ouvimo-lo proferir palavras blasfematórias contra Moisés e contra Deus’. E amotinaram o povo e os Anciãos e Escribas e apoderaram-se dele e conduziram-no ao Sinédrio; e apresentaram falsas testemunhas (…) E levantando um grande clamor, fecharam os olhos e, em conjunto, lançaram-se contra ele. E lançaram-no fora da cidade e apedrejaram-no (…). “

Condenar e prender Lula é um tiro no pé perante a História.”

* * *

Santo Estêvão, primeiro mártir da história católica, apedrejado por conta das falsas testemunhas, e São Lula, o mártir banânico apedrejado por falsos depoimentos e afirmações mentirosas

* * *

Nota do Editor:

Informo aos senhores leitores fubânicos, sobretudo aos cristãos católicos, que não estou blasfemando ou fazendo ironia com a vossa fé. A comparação do martírio de São Estêvão com a situação de Lula realmente foi feita e pode ser facilmente comprovada na postagem.

10 Comentários

  1. A verdade vos libertará.
    Como o Lulalá não conseguiu mostrar a verdade até agora então não tem o direito a ser livre. Os cumpanheiros dizem que foi preso por provas frágeis, mas mesmo sendo frágeis as porvas não foram derrubadas pela defesa.

    A verdade é leve como um pluma, a mentira é mais pesada que uma montanha.

    • A verdade está lá fora, mas o pau está lá dentro (ditado chinês, recuperado pelo Dr. Goyambú Bigeyes, mestre e doutor em línguas).

  2. Prezado Berto,
    Na condição de leitor assíduo desse JBF e admirador incondicional do Goiano, tomo a liberdade de lhe sugerir uma medida que, penso, tornará essa gazeta ainda mais porreta:
    “Criar o cargo de correspondente para assuntos místicos e religiosos e convidar Goiano para ocupá-lo em caráter vitalício”
    Começaria pela religião dele: visitaria pela ordem Garanhuns, São Bernardo e Curitiba e nos relataria as extraordinárias sensações que lá certamente sentiria, talvez até constatasse uns milagres, quem sabe…
    Depois iria cobrir outros fenômenos religiosos igualmente atuais: as torcidas organizadas de futebol, as confrarias de neo-apreciadores de vinhos, os seguidores do “Mito Bolsonaro”,as patrulhas politicamente corretas,etc…
    Pra dar o apito inicial, sugiro uma campanha arrecadadora de fundos entre os fubânicos, para bancar seu périplo até Curitiba; conte com minha colaboração.

    • Acontece, meu caro IL, que sou Cardeal da ICAS, quase falida mas ainda perseverante na lembrança dos fiéis, e tenho autoridade para falar de santos, beatos e pecadores. Minha diocese se estende à França, por obra e graça do Santo Papa Berto, Primeiro e Único, assim como às cercanias, que compreende deste a Itália à Dinamarca, onde o meu rebanho de fiéis é devidamente pastoreado.
      Na verdade, gosto mesmo é de cerveja e de cachaça, esta de preferência branca, nova, saída de cabeça, coisa de macho doido.
      Quanto aos fundos, estou dentro.

  3. Cardeal Goiano;
    Como Cardeal da ICAS, também me acho no direito de me intrometer nas conversas e nos fuxicos desta gazeta escrota e, acredite, o contigente cardinalício aqui de Paulo Afonso está lascadamente aborrecido com essa comparação medonha e que, sem sombra de dúvida, beira à insanidade. Veja bem, você sabe que eu o respeito, gosto de voismicê e já disse que assim que for possível, iremos nos reunir em Paris para noitadas de vinho e muito conversa boa; Também não sou chegado a ser defensor de nenhuma verve religiosa, mas isso está um acinte; uma intentona; uma sublevação!!! Eu admito qualquer coisa e quero acreditar que você está tirando uma onda com a cara dos fubânicos, mas essa comparação de longe foi a coisa mais sem propósito que eu já li na vida. Como eu disse, já li e tudo, já ouvi de tudo e já vi de tudo, mas essa adoração ao lularápio, essa subserviência é e está acima do ridículo. Taquipariu!!! A que ponto chega uma amizade pra ler uma… um troço desses.

  4. Não é verdade, Sr. Editor do cacete, mentiroso. Quando que o Lulla foi apedrejado (a não ser por palavras)? Gostaria mesmo de ter uma enciclopédia Caldas Aulete umas duas Barsas (sou antigo, sim), para tacar da cabeça daquele fela. Quem sabe morreria ao menos mais ilustrado….

  5. Para mim, o GOIANO É IMPRESCINDIVEL, ALÉM DE SER O CAMPEÃO DE COMENTÁRIOS, a sua verve e sempre bem humorada resposta aos comentário, mais sobre êle do que contra êle ( contra, porque ? apenas divergente não é ´). Sempre leio tudo
    que é comentado sobre o Goiano e embora não concorde sempre com os prós e contra, eu o acho
    imprescindível e talvez o maior astro desta nossa gazeta que na verdade é mais um
    encontro de amigos que se entendem aos socos, beijos e pontapés.
    Abraços Goiano.

  6. A comparação de goiano não é de todo descabida. A julgar pelo texto mencionado, de fato São Luis Inácio de Caetés guarda alguma semelhança com Santo Estevão: Foi cheio de “graça” e poder, realizando grandes prodígios, como a multiplicação de corruptos e criação de jumentos falantes (uma até foi presidente).

    Hoje só esta cheio de “graça” (se é que me entendem) e deixou uma seita, cujos seguidores receberam um milagre ao contrário: foram “curados” da visão e tornaram-se cegos incorrigíveis.

    Ave Lula cheio de graça!!

  7. discordo apena uma coisa de goiano , nesta sintese ao pe do comentario que fez , quando afirmou que, condenar e prener lula prender lula seria um tiro no pe , perante ,[[[[ e ai e que mora o erropois a grafia correta e ]]]ESTORIA PETISTA …..

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa