14 maio 2018 DEU NO JORNAL

MAIS UM

Sérgio Moro acaba de condenar o ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira a nove anos e dez meses por lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Paulinho foi preso na Operação Abismo, 31ª fase da Lava Jato, acusado de se beneficiar de esquema de desvio de recursos de obras do Centro de Pesquisa da Petrobras.

Moro considerou que o ex-tesoureiro do PT participou ativamente da ocultação de mais de R$ 2,1 milhões de recursos desviados.

* * *

Nove anos e dez meses.

Dr. Moro bem que poderia ter arredondado a pena pra 10 anos.

Ou, melhor ainda, pra 13 anos, o número representativo do bando.

Algum leitor fubânico poderia me informar quantos tesoureiros do PT já foram condenados por ladroagem?

Se não me falha a memória, parece que o primeiro foi Delúbio.

Quem souber, por favor, informe aqui pra gente.

Ceguinho Teimoso, que é bom em números e estatísticas, bem que poderia me tirar esta dúvida.

O fato é que a quadrilha de propriedade do Lula é coerente neste item: tesoureiro é o cabra que acumula tesouros.

No caso do PT, acumula corruptativamente.

14 maio 2018 CHARGES

MÁRIO ALBERTO

ALTERAÇÃO DE CONCEITOS

Determinada, destemida, guerreira, confiante nas ações e voluntariosa, a mulher vence obstáculos. Conquista espaço, obtém poder e superação com a força que lhe é peculiar, neste mundo ainda dominado pelo machismo. Realmente, não é fácil ser mulher para enfrentar a ganância do homem que menospreza este ser delicado, elegante, humilde e inteligente. Consciente de seu papel na natureza.

Abaixo, expresso uma expressão que se eternizou na memória. Não desapareceu da boca do povo, simplesmente pelo fato de permanecer atual, apesar da passagem do tempo ocorrer em veloz mudança de costumes. Os costumes serem distintos, discrepantes da época do mitológico Zeus.

Como a raça humana é curiosa, quer saber de tudo, mesmo que o tema não interesse a todos, mas o homem adora utilizar a criação de terceiros para tirar dúvidas. A mitologia grega assegura que a humanidade para satisfazer suas curiosidades cometeu erros. Extrapolou.

No início da vida, não existiam mortais, somente deuses e titãs. Zeus era o mais poderoso dos deuses, pois exercia plenos poderes nos céus, na administração dos raios, relâmpagos, trovão e na chuva. Embora não se descuidasse de manter a ordem e a justiça na ordem do dia.

No quadro de relacionamento, Zeus tinha amizade com dois titãs, os irmãos Prometeu e Epimeteu. Como leais seguidores, Zeus recompensou os dois titãs, dando poderes para criar seres viventes na Terra. Epimeteu criou os animais. Mais ambicioso, Prometeu fez o homem, utilizando o barro e a água.

Achando-se mais esperto, Prometeu quis enganar Zeus ao utilizar o fogo para proteger a sua criação. Acontece que o fogo era propriedade dos desuses, que não permitiam o uso por quem não possuísse divinais poderes. Enfurecido, Zeus puniu Prometeu, amarrando-o numa montanha para que fosse devorado pelas águias.

Indiretamente, o homem também foi punido por aceitar o dom do fogo. Como punição, Zeus criou Pandora, a primeira mulher na mitologia grega, enviada à Terra.

Na moldagem, para ser diferente, Pandora, recebeu diversos dons, beleza, doçura, sabedoria, bondade, flexibilidade, generosidade e saúde. Satisfeito com a criação, Zeus mandou Pandora para a Terra para se casar com Epimeteu. Era o seu presente de casamento para o leal servidor.

Pandora recebeu de Zeus uma caixa com a recomendação de que o presente jamais poderia ser aberto. Mas, curiosa, tido como um defeito feminino, Pandora abriu a caixa de onde escaparam péssimos sentimentos. Ambição, inveja, ódio, dor, doença, fome, pobreza, guerra e morte.

Na caixa, sobrou apenas um sentimento, a esperança, que suplicava para sair, escapar do cubículo. Arrependida, pelo ato julgado injusto, Pandora resolveu soltar a esperança que imediatamente começou a lutar contra a dor e o sofrimento.

No entanto, como em todos os temas há divergência, neste caso de Pandora, também surgiram discordâncias, assegurando que a esperança nunca foi liberada. Permaneceu guardada na caixa, com um único propósito. Mesmo nos arrependimentos contra os seus erros, o homem tem de creditar que “a esperança é a única que morre”.

Por isso, a esperança é a maior arma contra as doenças e as guerras. Experiência que foi repetida na vida de Adão e Eva. De acordo com a religião de Deus, o homem também desobedeceu ao permitir que Eva comesse a maçã. E como castigo o casal foi expulso do paraíso.

Em síntese, a mulher não é a culpada por todos os males que acontecem na Terra. Ao contrário de ser julgada inferior, o homem, com o emprego do machismo e da submissão, adora violentar e matar as parceiras, sem nunca atentar para o debate, as conversas, a troca de ideias em busca da verdade, da razão e da compreensão.

Mulher alguma gosta de viver na dependência de alguém que, egoisticamente, adora pisar na cabeça do ser julgado inferior. Embora o homem e a mulher sejam preparados de maneiras distintas para desempenhar o seu papel num relacionamento, porém, com o poder da sedução, e sem se sentir inferior, a mulher tem o dom da conquista. Sabe empregar a aptidão para mudar pensamentos e posturas. Dobrar a insensatez masculina.

Embora a desigualdade social, entre o homem e a mulher seja visível, mas com raça e personalidade, a mulher vai ocupando posições, além do tradicional papel de mãe, esposa e dona de casa.

A mudança começou com a Revolução Industrial, fato acontecido no século XIX, na Inglaterra. Atualmente, é normal a mulher preencher, com determinação, cargos de liderança. Madre Teresa de Calcutá, exibindo apenas raça e dignidade, ganhou, com humildade, o prêmio Nobel da Paz.

De uma coisa o homem tem consciência. Demonstrando capacidade para não ser julgada apenas subalterna, a mulher recebeu vários dons divinos, além daquele liberado por descuido da caixa de pandora. Gera vida, fornece o leite materno para tonificar a saúde do bebê, educa, ensina a amar, distribui cortesia, luta por união na humanidade, cobra do homem, chegado à violência, somente amor e paz. Mas, raramente é compreendida.

14 maio 2018 CHARGES

PATER

PAULO ROBERTO FRECCEIRO – CURITIBA-PR

Grande Berto.

Estou iniciando uma campanha pelo fim do horário de verão. Você que mora no Nordeste não é afetado por essa aberração.

Em nome de uma economia ínfima o governo mexe no dia a dia de mais da metade dos brasileiros.

Chegamos em casa depois do trabalho ainda de dia mas em compensação saímos de manhã cedo ainda escuro. Transferiram os riscos da noite para a manhã.

Como todos sabem, aqui na República de Curitiba faz muito frio em qualquer época do ano. Imagine o que sofrem as crianças que vão a escola logo cedo.

Mas como o governo está sempre preocupado com tudo menos com o bem estar dos brasileiros, te peço que se engaje e me ajude nessa campanha.

Somente com o Jornal da Besta vamos conseguir.

Um grande abraço.

R. Meu caro, esta gazeta escrota está à sua disposição e também à disposição de todos os demais leitores.

Toda boa causa terá espaço por aqui.

Use e abuse.

Abaixo o horário de verão!!!!

14 maio 2018 CHARGES

JORGE BRAGA

O QUE É QUE TEM A VER O CU COM AS CALÇAS?

Todos sabem, mas os que querem condenar Lula fingem não saber (assim como os que afastaram Dilma sabiam que ela não cometera crimes, mas a condenaram como se ela os tivesse praticado):

– Lula não praticou atos de corrupção.

Quer dizer:

– É sabido que Lula nunca executou, direta ou indiretamente, ações ilegais para favorecer empresas em contratos da Petrobras, seja mandando que licitações fossem dispensadas irregularmente, seja ordenando que licitações fossem fraudadas, seja comandando malfeitores que assim agiam para que isso fizessem.

Tanto assim é que não constam dos depoimentos e delações acusações diretas a Lula nesse sentido.

A necessidade de envolvê-lo não chegou ao ponto de algum depoente declarar: Fiz isso ou aquilo como pagamento de propina a Lula por ter ele praticado tal ato criminoso em meu favor.

O máximo que se tem são sugestões de que algo foi feito em favor de Lula com dinheiro de alguma conta pretensamente usada como um espécie de fundo para o pagamento de comissões a agentes públicos e a partidos políticos por toma-lá-dá-cá.

Não se cogita o evidente: que as empresas tinham e têm interesse em favorecer partidos e políticos “to leave a good impression”, ou para “estar bem na fita”, de modo a poder contar com alguma influência nos momentos em que isso possa vir a ser necessário – inclusive quando da realização de lobbies para obtenção de seus interesses.

Se assim não fosse, nenhuma “doação legal” por empresas a partidos políticos poderia ser compreendida como algo isento, de modo que de qualquer forma as contribuições teriam de ser entendidas como o tal toma-lá-dá-cá.

As doações legais não eram feitas como contrapartida por corrupção, do mesmo modo que outros favorecimentos feitos a políticos e empresários, como viagens para eventos, vôos em jatinhos emprestados e outras “cortesias” passam e passavam por marketing de relações sociais.

Observa-se, então, que tais cortesias de empresas a políticos eventualmente independem de contrapartida, como ocorria nos casos citados, desde as vultosas doações políticas até aos pequenos favores.

No caso do Sítio de Atibaia, uma das pretensas caracterizações de corrupção seria a instalação de uma antena de telefonia pela Oi próxima àquela propriedade, constando que feita para favorecer as comunicações do ex-presidente, uma vez que só isso justificaria a sua colocação próxima à propriedade.

Outra, seria a participação de José Carlos Bumlai, dono da Usina São Fernando e amigo de Lula, nas reformas do sítio.

No caso da Oi, nenhuma atividade corrupta de Lula para obter o favor de apontou, apenas sugere-se uma distante relação da empresa com a empreiteira Andrade Gutierrez.

No caso do Bumlai, jamais se falou de alguma possível contratação irregular da Usina São Fernando ou das atividades pecuárias dele com corrupção junto ao governo, a justificar seus favores a Lula.

Desse modo, questiona-se:

– O que é que tem a ver o cu com as calças?

14 maio 2018 CHARGES

SINOVALDO

14 maio 2018 DEU NO JORNAL

UMA MANCHETE AUTENTICAMENTE ZISQUERDÓIDE BABACAL

* * *

Esta é a manchete de hoje dum jornal zisquerdóide que tem aí na praça denominado Folha de S.Paulo. baixando o pau no governador Márcio França.

Uma manchete autenticamente babaca, idiota, imbecil, palerma, pateta, burra, energúmena, mentecapta, néscia, inepta, ignara, pascóvia, apatetada, obtusa, tola, estúpida, descerebrada e fela-da-putista.

Quem quiser ler a merda completa, basta clicar aqui .

Mas, advirto logo: peguem um pinico e coloquem aí perto do computador. A ânsia de vômito vai ser grande.

Todo PM que mata ladrão merece ser exaltado, enaltecido, honrado, notabilizado, dignificado, gloriado, festejado, incensado, engrandecido, elogiado e, finalmente, promovido.

Palmas para o governador Márcio França que festejou e ofereceu flores à PM e pau no cu dos babacas da Folha que redigem manchetes e matérias bostosas feito esta.

Só quem não gostou da eliminação deste bandido, que tinha extensa ficha criminal, foi a deputada petista descerebrada (desculpem a redundância), que atende pelo nome de Maria do Rosário.

Vejam a cara dela em três momentos: de alegria, quando o ladrão chega pra assaltar as pobres mães e crianças indefesas; depois de espanto, quando o bandido é dominado pela competência da policial: e, no ultimo momento, chorando abundantemente quando o meliante é despachado, sem direito a retorno, na direção das profundas dos quintos dos infernos.

Vamos botar uma musiquinha tipo funk em homenagem ao tabacudo que redigiu esta manchete aí de cima.

Um babaca idiotizado dos muitos que povoam certas redações banânicas.

Vai te fuder, seu fela-da-puta defensor de bandidos assassinos!

14 maio 2018 CHARGES

SPONHOLZ

Partidos já garantiram R$2 bilhões para financiar a eleição de 2018 – É a soma dos fundos partidário e eleitoral, pagos pelo cidadão.

UM BANDIDO NA COMISSÃO QUE ANALISA O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO PENAL

Preso no Centro de Detenção Provisória do Complexo da Papuda em Brasília desde 08 de fevereiro de 2018 por ordem da segunda Turma do Supremo Tribunal Federal, que o condenou por 5 anos e 3 meses de prisão, o deputado federal João Rodrigues (PSD-SC), tem ainda o direito às verbas relacionadas ao exercício do mandato – como a cota para o exercício da atividade parlamentar, de R$ 39.877,78, a verba de gabinete de R$ 101.971,94 e mantém ainda o gabinete funcionando porque não teve suplente convocado ainda e tem direito a sair da cela para presidir a comissão que analisa o novo Código de Processo Penal!

O parlamentar foi condenado primeiro pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) a cinco anos e três meses de prisão em regime semiaberto por crimes da Lei de Responsabilidade Fiscal e da Lei de Licitações enquanto era prefeito do município de Pinhalzinho (SC). O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a decisão do TRF-4, determinando a imediata prisão do deputado.

No dia 08 de fevereiro de 2018, o então deputado federal João Rodrigues (PSD-SC) foi preso pela Polícia Federal no aeroporto de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, após mudar a rota do voo para Assunción, Paraguai, e tentar desembarcar naquele país. Em virtude do risco de fuga e eventual manobra para tentar a prescrição do crime, o nome do deputado foi inserido em lista da Interpol por decisão do TRF-4.

O ainda deputado federal João Rodrigues é conhecido por defender a pena de morte a condenados, utilizando jargões populares como “bandido bom é bandido morto”, sendo ele um tremendo de um bandido assaltante do Erário Público!

Também é réu em ação civil pública por ato de improbidade administrativa envolvendo superfaturamento de merenda escolar no Município de Chapecó durante o período em que era prefeito. A ação, que estima o superfaturamento em cerca de R$. 8 milhões de reais, foi ajuizada pelo Ministério Público Federal em Santa Catarina. A ação de improbidade teve origem em denúncia realizada pelo vereador da Câmara Municipal de Chapecó/SC, Marcelino Chiarello, encontrado morto em sua casa em 28 de novembro de 2011 em circunstância misteriosa até hoje não esclarecida!.

Membro da bancada da bala e ruralista, o deputado é mais conhecido pelas confusões em que se mete do que por sua produção legislativa. O parlamentar já ameaçou dar “porrada” e “cacete” em deputados que divergem dele.

Em maio de 2015, o deputado foi flagrado em plenário pela reportagem do SBT Brasília assistindo, pelo smartphone, a um vídeo de sexo explícito na sessão sobre a reforma política da Câmara.

Nas imagens gravadas pelo SBT, João Rodrigues mostra as imagens aos colegas. “Abri para ver o que era, e daí apareceu uma imagem pesada, por isso, coloquei o celular embaixo da mesa e mostrei para o deputado ao lado. Eu disse ‘olha a imagem pesada que eu recebi pelo Whatsapp’ e ele falou: ‘que merda é essa?”, explicou-se na época.

Na ocasião, o deputado contou que o vídeo foi apagado logo após ser visto. “Eu acho que a emissora está transgredindo a legislação brasileira com isso.” O episódio não teve consequências, mas viria a ser lembrado por colegas em discussões futuras com João Rodrigues.

Pois é, senhoras e senhores, é esse bandido de alta periculosidade, capaz de qualquer ato ignominio, ardil, contra o país e sua gente, condenado pelo Supremo Tribunal Federal por roubar merenda das crianças carentes do município de Chapecó (SC) quando era prefeito, fraudar e dispensa irregular em licitações, é um dos responsáveis pela comissão que analisa o novo Código de Processo Penal da República Federativa de Banânia!

É triste, mas é a realidade de um país onde os políticos são os escárnios da sociedade!

Deu no Jornal

Após ter filho com amante, homem registra esposa como mãe da criança por engano em Santa Catarina e o caso ganha um buruçu familiar desproporcional após 28 anos:

Alegando está muito doido na época de registrar o menor, chapado de comer cogumelo extraído de mijo de jumenta no cio e chá feito da semente de cannabis sativa, o semianalfabeto Damião Lula da Silva, o Come Quieto, em depoimento colhido informalmente no TJSC, o homem contou em audiência que estava com os documentos da esposa quando foi registrar o filho “bastardo” e entregou os papéis ao cartório sem perceber o engano. A mãe da criança notou o erro, mas não se opôs.

Já Dona Maricota, a esposa traída, porém, ao descobrir o “caso” depois de 28 anos, exigiu a declaração negativa de maternidade e retificação do registro de nascimento:

– Ou você me trás essa porra corrigida ou eu toro seus culhões em mil pedaços e boto na lavagem pros porcos comerem – sentenciou a matriarca Maricotinha para um Damião com os olhos arregalados!

Sabendo do gênio da esposa e do que era capaz, Damião procurou logo a justiça para corrigir o “engano”, mas não precisou porque, sendo o filho maior e capaz, ele mesmo poderia requerer à justiça a retificação. E assim foi feito para alivio do seu Damião, que preservou os cunhões da ira de Dona Maricotinha, mas não agradeceu o filho “extra!”

Notícia triste!

Laís Fernanda Araújo Silva (Goiânia), advogada, 30 anos, na flor da idade. Linda, cheia de sonhos, guerreira, batalhadora, honesta, independente, na plenitude de sua juventude e criatividade, mas desprotegida da segurança do Estado de Goiás, que não a defendeu da senha assassina de dois assassinos, marginais, que lhe ceifaram a vida no estacionamento do Setor Alto da Glória e continuam solto para roubar e matar mais!

Quantas mortes ainda serão necessárias para os congressistas e os governos bandidos de Banânia perceberem que já passaram dos limites as mortes de pessoas inocentes como Laís? Que é preciso adaptar a Lei de Talião ao Novo Código Penal do Brasil, que consiste na rigorosa reciprocidade do crime e da pena!

14 maio 2018 CHARGES

S. SALVADOR

KRISTINA REIS – RIO DE JANEIRO-RJ

Boa noite

Pode fazer as adaptações e o que mais for preciso

Só pela sua atenção, já fico feliz

Abraços

R. Aqui não tem adaptações, cortes ou recortes.

Você é quem cortou a última frase deste sua montagem aí de cima…

Tá publicado do jeito que você montou e nos mandou, cara leitora.

Disponha sempre deste espaço.

14 maio 2018 CHARGES

ERASMO

14 maio 2018 AUGUSTO NUNES

O TESOUREIRO DO CHEFÃO E O COROINHA DE MISSA NEGRA

Aflita com a aproximação da sentença de Sérgio Moro sobre o caso do sítio em Atibaia, a tropa de bacharéis do Instituto Lula transformou Paulo Okamotto e Gilberto Carvalho em protagonistas do ato mais recente do interminável espetáculo do perjúrio. Depois de reiterar que o ex-presidente presidiário nunca foi dono do sítio que é dele, a dupla contou que, como Marisa Letícia se apaixonara pela propriedade rural à primeira vista, o maridão examinou por algum tempo a ideia de comprar o imóvel. Desistiu depois de constatar que “Atibaia é muito longe”.

Okamotto disse que esteve no sítio “uma ou duas vezes”, a convite de Marisa Letícia, e até encontrou por lá o dono oficial, Fernando Bittar. Graças ao tesoureiro particular do chefão, descobriu-se que existe um anfitrião que deixa por conta de dois convidados a complementação da lista de convidados. Gilberto Carvalho, também a convite de Marisa Letícia, participou de uma festa junina na casa de campo. O coroinha de missa negra sentiu-se tão à vontade que ficou para dormir.

Quem quiser engolir a conversa fiada terá de acreditar que Lula é, simultaneamente, o mais indeciso e o mais impetuoso negociante do planeta. Só um vacilante juramentado precisou de 111 fins de semana para descobrir que Atibaia não é tão perto de São Bernardo. E só um precipitado patológico pediria a empreiteiros amigos que o presenteassem com obras, reformas e melhorias milionárias antes mesmo de decidir se deveria ou não comprar o sítio.

14 maio 2018 CHARGES

MIGUEL

14 maio 2018 CHARGES

TACHO

ALGUMAS DAS MELHORES FRASES DE MÁRIO QUINTANA

“De um autor inglês do saudoso século XIX: O verdadeiro gentleman compra três exemplares de cada livro: um para ler, outro para guardar na estante e o último para dar de presente.”

“O pior dos problemas da gente é que ninguém tem nada com isso.”

“Amor é quando a paixão não tem outro compromisso marcado. Ansiedade é quando sempre faltam muitos minutos para o que quer que seja.”

“É uma barbaridade o que a gente tem de lutar com as palavras, para obrigar as palavras a dizerem o que a gente quer.”

“Só as crianças e os velhos conhecem a volúpia de viver dia a dia, hora a hora, e suas esperas e desejos nunca se estendem além de cinco minutos…”

“O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas nas nossa vida ou lutamos para realizar todas as nossas loucuras…Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.”

“Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos.”

“Quando abro a cada manhã a janela do meu quarto
É como se abrisse o mesmo livro
Numa página nova…”

“Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho. E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca cresça, para que eu seja sempre eu mesmo.”

“Pergunto-me por que o uivar de lobos, os trovões, constituem o pano de fundo para as cenas de horror. Pois, quando o medo é muito, faz-se um silêncio na alma. E nada mais existe.”

“Repara como o poeta humaniza as coisas: da hesitação às folhas, anseios ao vento. Talvez seja assim que Deus dá alma aos homens.”

“A gente deve atravessar a vida como quem está gazeando a aula, e não como quem vai para a escola “

“O que me impressiona, à vista de um macaco, não é que ele tenha sido nosso passado: é este pressentimento de que ele venha a ser nosso futuro.”

“Livros não mudam o mundo,
quem muda o mundo são as pessoas.
Os livros só mudam as pessoas.”

“Maravilhas nunca faltaram ao mundo; o que sempre falta é a capacidade de senti-las e admirá-las”

“Viver é acalentar sonhos e esperanças, fazendo da fé a nossa inspiração maior. É buscar nas pequenas coisas, um grande motivo de ser feliz!”

“Uma curva de caminho, anônima, torna-se às vezes a maior recordação de toda uma volta ao mundo!”

“E agora pedem-me que fale sobre mim mesmo. Bem! eu sempre achei que toda confissão não transfigurada pela arte é indecente. Minha vida está nos meus poemas, meus poemas são eu mesmo, nunca escrevi uma vírgula que não fosse uma confissão. Mas o que querem são detalhes, cruezas, fofocas.”

“Conhecer o mistério de um corpo é talvez mais importante do que conhecer o mistério de uma alma.”

“As reticências são os três primeiros passos do pensamento que continua por conta própria o seu caminho.”

* * *

Mário Quintana (1906 – 1994) foi um poeta, tradutor e jornalista brasileiro. Mestre da palavra, do humor e da síntese poética, em 1980 recebeu o prêmio Machado de Assis da Academia Brasileira de Letras (ABL) pela obra total. Em 1981, foi agraciado com o Prêmio Jabuti de Personalidade Literária do Ano. Sua biografia é tão singela quanto seus poemas: não casou, não teve filhos, viveu boa parte da vida em quartos de hotéis, passeava pelas ruas de Porto Alegre como qualquer anônimo e da cidade foi figura lendária. Faleceu na capital gaúcha no dia 05 de maio de de 1994, aos 87 anos, em decorrência de problemas cardíacos e respiratórios, deixando uma inestimável e singular contribuição para a literatura brasileira.

14 maio 2018 CHARGES

CLAYTON

14 maio 2018 DEU NO JORNAL

HOMENAGEANDO O HOMENAGEADOR

 

A cabo da PM Kátia da Silva Sastre, de 42 anos, foi homenageada na manhã deste domingo (13) pela corporação após reagir a uma tentativa de assalto, atirar e matar um ladrão em frente à escola da filha em Suzano, na Grande São Paulo.

A cerimônia ocorreu em um batalhão da PM na Vila Esperança, na Zona Leste de São Paulo, região em que a policial trabalha.

O governador Marcio França participou da cerimônia e entregou flores para a cabo.

“É preciso lembrar que ela é um exemplo que um policial deve fazer. Por ela, pela sociedade, pela própria filha dela”, disse o governador.

A policial Kátia e o governador Marcio França

* * *

O governador paulista homenageou a policial.

E eu homenageio o governador que fez esta homenagem.

Ela merece.

E merece muito!

Concordo com a Promotora Eliana Passarelli quando diz que a atitude desta brava policial foi um ato de “legítima limpeza“.

14 maio 2018 CHARGES

RONALDO

COM GEORGE HILTON CADA BALA ERA UMA CRUZ

Há pouco mais de um ano, mais precisamente no dia 17 de janeiro de 2017, o ator George Hilton, 84 anos, nascido no Uruguai e que ficou famoso no cinema italiano estrelando dezenas de Faroeste Spaghetti, o bangue bangue à italiana, como “Vou, Mato e Volto”, de 1968, foi homenageado no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro ao mesmo tempo que participou de um bate-papo com os que se fizeram presentes no museu. Jorge Hill Acosta y Lara Tornou-se uma grande estrela do cinema italiano dos anos 60 e 70, com Terence Hill, Franco Nero e Giuliano Gemma. Talvez, George Hilton tenha sido o melhor intérprete do personagem Sartana na década de 1970. Para nós brasileiros, este nome lembra muito um desastrado ministro que a Dilma teve, o George Hilton que fora o Ministro dos Esporte no governo da ex-presidenta. Um picareta do PRB, pastor da Igreja Universal do Bispo Macedo, que foi flagrado, em 2005, no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, com quase um milhão de reais em espécie. O dinheiro estava distribuído em 11 caixas de papelão. Pasmem, esse pastor foi Ministro das Olimpíadas, aqui, no Brasil.

Voltando ao ator, o uruguaio Jorge Hill Acosta y Lara começou sua carreira no ano de 1955 em Buenos Aires, logo após foi à procura de novos horizontes em 1963 conseguiu dar novamente um grande salto em sua carreira para se estabelecer na Itália, e com o nome final do George Hilton com o passar do tempo conseguiu a cidadania italiana. Possui cerca de 80 filmagens como ator. Entre tantos, destacam-se: Sartana O Retorno(1970); Mais Um para o Inferno(1968); Sartana Chegou para Matar(1972); Chamo-me Aleluia(1971); Com Sartana Cada Bala É Uma Cruz(1970); Bandoleiros Violentos em Fúria(1968); Hora de Matar(1968); Tempo de Massacre(1966); Aleluia para Django(1967); Troque sua Pistola por um Caixão(1970); Vou, Mato e Volto(1967).

No começo do ano de 2017, o veterano ator, George Hilton, de 84 anos de idade, esteve em Sorocaba(SP), com muita simpatia e atenção, atendeu fãs por onde passou. Um dos grandes protagonistas de gêneros populares do cinema italiano, O ator esteve no Brasil para uma homenagem que aconteceu na Cinemateca do Museu de Arte Moderna, no Rio de Janeiro, onde foi exibido um de seus filmes: “O Estranho Vício da Senhora Wardh”, de 1971. O uruguaio que mora na Itália desde 1964, Hilton faz parte de um seleto grupo de uruguaios que conquistaram o mundo. Os filmes dos quais participou até hoje são grande influência em cinematografias do mundo inteiro e são referências para ícones do cinema. Entre os mais de 70 filmes que gravou, Hilton elege apenas quatro preferidos: “Tempo de Massacre” ao lado de Franco Nero, “A Cauda do Escorpião”, “Os Quatro Malvados” e “Meu Caro Assassino”. “Foram os que mais gostei de ter trabalhado, os mais importantes para mim”: disse. Na sua passagem pelo Brasil, em 2017, também se referiu as atrizes quando afirmou que, Sophia Loren(84 anos) e Gina Lollobrigida(90 anos) são mulheres espetaculares, “Mas, para mim, as duas mulheres mais bonitas de toda a história do cinema foram, sem dúvida, Ava Gardner e Marilyn Monroe”, disse.

George Hilton afirmou que apesar de ser um oitentão ainda tem muito para contribuir com o cinema europeu. Afirmou ainda que continua sendo fã incondicional dos filmes sobre o cangaço e de Sônia Braga no cinema brasileiro, Hilton disse que ainda tem muito para contribuir com o cinema europeu, e adiantou que está envolvido em um projeto que irá reunir os grandes nomes do Espaghetti Western do passado, com os novos atores do cinema italiano. “Queremos fazer um grande filme, como antigamente”, finalizou.

Com 84 anos bem vividos e ainda em excelente forma, George Hilton, continua, sendo o meu ator predileto de filme de cawboy. O cara é bonito, eclético e um tremendo gozador das caras dos bandidos babacas. É o que podemos chamar de artista tirador de sarro de bandido barbudo babaca. Lendo os bons críticos de cinema percebe-se claramente que parece mentira, mas houve um período da história do cinema em que o império prateado de Hollywood chegou a ser seriamente desafiado por outra cinematografia. Durante as décadas de 1960 e 1970, a Itália invadia amplamente não só as telas dos circuitos de arte, através de um pelotão de cineastas que dificilmente serão superados – como De Fellini, Antonioni, Visconti, Pasolini, Bertolucci e Zeffirelli.

Outra coisa também que arrastava multidões aos grandes cinemas e às salas “poeirentas” em todas as partes do mundo, com seus devidos espectadores carregando sua cadeira ou tamborete para o local de projeção de fitas de rolo, atraídos por uma produção maciça em vários gêneros que caíram no gosto do povão, como os épicos e mitológicos que eram as películas de Hércules e Macistes; os melodramas e a comédia erótica, com filme de mistério, turbinada com altas doses de erotismo e violência, e – é claro – o Admirável Western Spaghetti, com seu bando de Ringos, Sartanas, Sabatas e Djangos, vividos por estrelas como Franco Nero, Giuliano Gemma, Clint Eastwood, Terence Hill e George Hilton. Tudo e todos menosprezados em suas respectivas épocas pela crítica feminista, as Mary anti-machiista ou os Johns acadêmicos, em vigor. Em Los Angeles, também prosperou por um certo período o fim da Era de Ouro de Hollywood e seus estúdios – cujo marco é o colossal “Cleópatra” (1963), com Elizabeth Taylor – e a invenção da Nova Hollywood, no meio dos anos 1970. Tratava-se nada mais nada menos dos filmes de western. Queiram ou não os cinéfilos anti-bang bang, que só agora caíram na real em admitir que, os filmes de cowboy, até hoje, continuam sendo transformados em objetos de culto e veneração. Há um gostoso e proveitoso excesso de paixão sagrado e adorado no mundo inteiro pelos filmes que revolucionaram a sétima arte nos meados do Século XX: o nome dessa modalidade de cinema chama-se, Faroeste!!!

14 maio 2018 CHARGES

GILMAR

14 maio 2018 DEU NO JORNAL

UMA ESTUPIDEZ DE NÍVEL BABACAL-LULAICA

Em carta endereçada ao povo brasileiro, o MST responsabiliza o “capital financeiro internacional”, “a Rede Globo” e o “poder Judiciário” pelos males que assolam o país e por “insuflarem os movimentos fascistas”.

Atenção para este trecho em que reafirma seu apoio a Lula:

“Por todas essas razões, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, vem a público declarar o apoio à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, por entender que ela representa a luta contra o golpe e os desejos do povo brasileiro por mudanças nesse cenário de crise que assola a todos nós.”

* * *

Um apoiador terrorista à altura do apoiado presidiário.

São duas bostas que se equivalem em termos de fedentina: MST e Lula.

De fedentina e de terrorismo: Lula já chegou até a ameaçar a colocar o “exército” de vagabundos de Stédile na rua:

Deixando de lado o Estado Islâmico de Lula e Stédile – que aqui na terrinha é conhecido como Estado Petralhânico -, vamos rir, e rir muito, relendo o que o bando criminoso e fora da lei comandado por Stédile cagou por escrito:

Os males que assolam o país são provocados “pelo capital financeiro internacional, a Rede Globo e o poder judiciário”.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!

Um linguajar idiotífero bem característico das zisquerdas banânicas.

A estupidez destes tabacudos desconhece qualquer limite.

Vale a pena repetir Einstein:


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa