“De um autor inglês do saudoso século XIX: O verdadeiro gentleman compra três exemplares de cada livro: um para ler, outro para guardar na estante e o último para dar de presente.”

“O pior dos problemas da gente é que ninguém tem nada com isso.”

“Amor é quando a paixão não tem outro compromisso marcado. Ansiedade é quando sempre faltam muitos minutos para o que quer que seja.”

“É uma barbaridade o que a gente tem de lutar com as palavras, para obrigar as palavras a dizerem o que a gente quer.”

“Só as crianças e os velhos conhecem a volúpia de viver dia a dia, hora a hora, e suas esperas e desejos nunca se estendem além de cinco minutos…”

“O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas nas nossa vida ou lutamos para realizar todas as nossas loucuras…Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.”

“Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos.”

“Quando abro a cada manhã a janela do meu quarto
É como se abrisse o mesmo livro
Numa página nova…”

“Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho. E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca cresça, para que eu seja sempre eu mesmo.”

“Pergunto-me por que o uivar de lobos, os trovões, constituem o pano de fundo para as cenas de horror. Pois, quando o medo é muito, faz-se um silêncio na alma. E nada mais existe.”

“Repara como o poeta humaniza as coisas: da hesitação às folhas, anseios ao vento. Talvez seja assim que Deus dá alma aos homens.”

“A gente deve atravessar a vida como quem está gazeando a aula, e não como quem vai para a escola “

“O que me impressiona, à vista de um macaco, não é que ele tenha sido nosso passado: é este pressentimento de que ele venha a ser nosso futuro.”

“Livros não mudam o mundo,
quem muda o mundo são as pessoas.
Os livros só mudam as pessoas.”

“Maravilhas nunca faltaram ao mundo; o que sempre falta é a capacidade de senti-las e admirá-las”

“Viver é acalentar sonhos e esperanças, fazendo da fé a nossa inspiração maior. É buscar nas pequenas coisas, um grande motivo de ser feliz!”

“Uma curva de caminho, anônima, torna-se às vezes a maior recordação de toda uma volta ao mundo!”

“E agora pedem-me que fale sobre mim mesmo. Bem! eu sempre achei que toda confissão não transfigurada pela arte é indecente. Minha vida está nos meus poemas, meus poemas são eu mesmo, nunca escrevi uma vírgula que não fosse uma confissão. Mas o que querem são detalhes, cruezas, fofocas.”

“Conhecer o mistério de um corpo é talvez mais importante do que conhecer o mistério de uma alma.”

“As reticências são os três primeiros passos do pensamento que continua por conta própria o seu caminho.”

* * *

Mário Quintana (1906 – 1994) foi um poeta, tradutor e jornalista brasileiro. Mestre da palavra, do humor e da síntese poética, em 1980 recebeu o prêmio Machado de Assis da Academia Brasileira de Letras (ABL) pela obra total. Em 1981, foi agraciado com o Prêmio Jabuti de Personalidade Literária do Ano. Sua biografia é tão singela quanto seus poemas: não casou, não teve filhos, viveu boa parte da vida em quartos de hotéis, passeava pelas ruas de Porto Alegre como qualquer anônimo e da cidade foi figura lendária. Faleceu na capital gaúcha no dia 05 de maio de de 1994, aos 87 anos, em decorrência de problemas cardíacos e respiratórios, deixando uma inestimável e singular contribuição para a literatura brasileira.

12 Comentários

  1. Quintana foi um mestre.
    Não sei se é verdade ou causo, mas dizem que certa vez quiseram colocar um busto dele em uma praça. Ele recusou, argumentando que “o pior erro é aquele perpetuado em bronze”.

    • John Doe,

      Muito obrigado por seu comentário. Desconheço esse episódio, entretanto acredito que pode até ter sido real pela humildade do grande poeta gaúcho. Aproveito a oportunidade para compartilhar três frases de Mário Quintana:

      1) “Não te irrites, por mais que te fizerem… Estuda, a frio, o coração alheio. Farás, assim, do mal que eles te querem, Teu mais amável e sutil recreio…”
      [Da Observação]

      2) “A verdadeira coragem consiste, apenas, em não nos importarmos com a opinião dos outros. Mas como custa!”

      3) “Todos estes que aí estão Atravancando o meu caminho, Eles passarão. Eu passarinho!”
      [POEMINHA DO CONTRA]

      Saudações fraternas,

      Aristeu

  2. Parabéns pela rica postagem, prezado Aristeu Bezerra! Sua coletânea de frases do grande poeta, jornalista e tradutor Mário Quinana está excelente. São frases muito verdadeiras, das quais destaco:

    “Maravilhas nunca faltaram ao mundo; o que sempre falta é a capacidade de senti-las e admirá-las”

    “Repara como o poeta humaniza as coisas: da hesitação às folhas, anseios ao vento. Talvez seja assim que Deus dá alma aos homens.”

    Um abraço da sua fiel leitora,

    Violante Pimentel Natal (RN)

    • Violante,

      Grato pela explicação. É sempre uma alegria ter o seu comentário nesse espaço democrático do Jornal da Besta Fubana. As duas frases destacadas de Mário Quintana demonstram quanta sabedoria e sensibilidade tinha o poeta. Compartilho três frases do talentoso poeta gaúcho com a nobre amiga:

      1) “Quero sempre poder ter um sorriso estampado em meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre… E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor.”

      2) “As pessoas não se precisam, elas se completam… não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.”

      3) “A vida é um incêndio: nela dançamos, salamandras mágicas. Que importa restarem cinzas se a chama foi bela e alta!”

      Saudações fraternas,

      Aristeu

      • Obrigada por mais essas excelentes frases, do grande Mário Quintana, prezado Aristeu! Indiscutivelmente, ele era genial! E continua vivo!!!
        Um abraço!

        Violante

  3. Admiro muito o poder de síntese de Mário Quintana. A seleção de frases está excelente. Chamou a minha atenção a seguinte reflexão: “E agora pedem-me que fale sobre mim mesmo. Bem! eu sempre achei que toda confissão não transfigurada pela arte é indecente. Minha vida está nos meus poemas, meus poemas são eu mesmo, nunca escrevi uma vírgula que não fosse uma confissão. Mas o que querem são detalhes, cruezas, fofocas.”

  4. Aristeu,
    Nada mais gratificante, como gaúcha, receber nesta segunda- feira esta homenagem ao grande mestre Mario Quintana,me sinto homenageada também.
    Parabéns por estas perolas preciosas desde estes pampas gaúcho.
    “Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho. E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca cresça, para que eu seja sempre eu mesmo.”
    Feliz semana aos leitores JBF, e a você.
    Carmen.

    • Carmen,

      Agradeço seu valioso comentário. Tenho uma grande admiração pela poesia de Mario Quintana. A simplicidade desse grande poeta é demonstrada na reflexão escolhida por você. Compartilho um poema do talentoso Mário Quintana com a prezada leitora fubânica:

      CANÇÃO DO DIA DO SEMPRE

      “Tão bom viver dia a dia…
      A vida assim, jamais cansa…

      Viver tão só de momentos
      Como estas nuvens no céu…

      E só ganhar, toda a vida,
      Inexperiência… esperança…

      E a rosa louca dos ventos
      Presa à copa do chapéu.

      Nunca dês um nome a um rio:
      Sempre é outro rio a passar.

      Nada jamais continua,
      Tudo vai recomeçar!

      E sem nenhuma lembrança
      Das outras vezes perdidas,
      Atiro a rosa do sonho
      Nas tuas mãos distraídas…”

      Saudações fraternas,

      Aristeu

  5. Vitorino,

    Muito obrigado pelo valioso comentário. A frase destacada mostra o quanto o poeta gaúcho prezava por sua intimidade. Nós devemos respeitar a vida de cada pessoa como gostaríamos que respeitassem a nossa vida. Aproveito a ocasião para compartilhar três frases do grande poeta Mário Quintana:

    1) “Quantas vezes a gente, em busca da ventura, procede tal e qual o avozinho infeliz: em vão, por toda a parte, os óculos procura tendo-os na ponta do nariz.”

    2) “A morte é a libertação total: a morte é quando a gente pode, afinal, estar deitado de sapatos.”

    3) “Às vezes precisamos abandonar a vida que havíamos planejado porque não somos mais a pessoa que fez aquele plano.”

    Saudações fraternas,

    Aristeu

  6. Maurício Assuero,

    Muito obrigado pelas generosas palavras. Retribuo a gentileza compartilhando três frases do genial poeta Mário Quintana:

    1) “Já trazes ao nascer a tua filosofia. As razões? Essas vêm posteriormente, Tal como escolhes, na chapelaria, A forma que mais te assente…”

    2) “Há uma cor que não vem nos dicionários. É essa indefinível cor que têm todos os retratos, os figurinos da última estação.. – a cor do tempo.”

    3) “Como um cego, grita a gente: ‘Felicidade, onde estás?’ Ou vai-nos andando à frente, ou ficou lá para trás.”

    Saudações fraternas,

    Aristeu

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa