14 maio 2018MAIS UM



Sérgio Moro acaba de condenar o ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira a nove anos e dez meses por lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Paulinho foi preso na Operação Abismo, 31ª fase da Lava Jato, acusado de se beneficiar de esquema de desvio de recursos de obras do Centro de Pesquisa da Petrobras.

Moro considerou que o ex-tesoureiro do PT participou ativamente da ocultação de mais de R$ 2,1 milhões de recursos desviados.

* * *

Nove anos e dez meses.

Dr. Moro bem que poderia ter arredondado a pena pra 10 anos.

Ou, melhor ainda, pra 13 anos, o número representativo do bando.

Algum leitor fubânico poderia me informar quantos tesoureiros do PT já foram condenados por ladroagem?

Se não me falha a memória, parece que o primeiro foi Delúbio.

Quem souber, por favor, informe aqui pra gente.

Ceguinho Teimoso, que é bom em números e estatísticas, bem que poderia me tirar esta dúvida.

O fato é que a quadrilha de propriedade do Lula é coerente neste item: tesoureiro é o cabra que acumula tesouros.

No caso do PT, acumula corruptativamente.

7 Comentários

  1. Senhor Editor:
    Os responsáveis pela guarda dos dinheiros provenientes da rapinagem petralha em cofres públicos que estão presos, ao que eu saiba, são dois: Paulo Ferreira e João Vaccari. Mas temos um velho conhecido, um dos personagens centrais do Mensalão, prestes a voltar a cagar no boi: o professor Delúbio Soares. Assim como seu colega de crime Zé Dirceu, não aprendeu nada quando da primeira prisão e voltou a delinquir. Agora o Juiz Moro já está com a caneta preparada e prestes a dar um créu no meliante. Para vergonha da categoria, era professor de Matemática em Goiás e passou quase vinte anos sem trabalhar, mas recebendo os salários, como é normal com petista de alto escalão.

  2. Contar os tesoureiros do PT que estão enrolados é fácil. Complicado é saber quantos são os integrantes que estão enrolados. Aliás, semana passada Delubio fez uma despedida”emocionante” num congresso ao falar sobre a proximidade de sua prisão.

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa