UMA PARELHA DE CORRUPTOS

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais deve julgar nesta terça-feira (22) os embargos declaratórios apresentados pela defesa do ex-senador e ex-governador do estado Eduardo Azeredo (PSDB).

De acordo com o tribunal, este é o último recurso que a defesa pode apresentar na segunda instância, em Minas Gerais.

Se for rejeitado, poderá ser autorizada a prisão.

Azeredo foi condenado em segunda instância a 20 anos e um mês de prisão pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, no mensalão tucano, em agosto passado.

* * *

Decretada a prisão deste larápio, o ideal seria que ele fosse cumprir a pena lá no frio de Curitiba.

Numa cela vizinha à de Lula.

Um corrupto petralha preso ao lado de um corrupto tucanalha.

Nós que não temos bandido predileto, seja do vermelho ou do azul, iríamos achar lindo!

Uma parelha linda: um corrupto do azul e um corrupto do vermelho

* * *

Complementando:

Eu havia acabado de editar esta postagem quando uma notícia fresquinha foi ao ar.

Vejam que linda manchete, que novidade maravilhosa:

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais negou o último recurso do ex-governador do estado Eduardo Azeredo (PSDB) contra a sua condenação a vinte anos e um mês pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro no processo conhecido como “mensalão tucano”.

O TJ-MG decidiu decretar a prisão imediata do ex-governador de Minas Gerais.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.