A “alma mais honesta do Brasil’ acabou engaiolada em abril passado. Apesar da extrema honestidade, esta alma não foi capaz de perceber que, no seu entorno, pessoas designadas para fazer do Brasil um país melhor na verdade desviavam condutas e recursos em benefícios próprios. Não há como explicar três tesoureiros de um partido na cadeia. Aparentemente, a alma mais honesta, fazendo jus ao status, deveria ter investigado e ter feito cumprir o estatuto do partido que manda expulsar membros condenados com processo transitado em julgado. Delúbio foi condenado pelo STF, logo deveria ter sido expulso. Não satisfeito, volta a delinquir. Agora, leva mais 6 anos no lombo, quiçá, por enquanto.

Palocci, com sua empresa de consultoria, multiplicou por 20 seu patrimônio e agora se sabe que tudo isso foi através de falcatruas envolvendo os meandros do poder. A alma mais honesta não percebeu isso. E agora, o homem forte do PT, José Dirceu, voltou para as grades. José Dirceu foi responsável pela abertura do PT para se coligar com outros partidos e garantir a sua chegada ao poder. Dirceu, numa recente entrevista, mesmo com palavras amenas, admitiu ter recebido propina. Então, além de ter-se enclausurado as mentes pensantes de um partido político, os processos judiciais alcançam outras figuras, começando pela presidente denunciada e louca para fugir do vizinho Sérgio Moro. É explicável que quem está no poder tenha mais denunciados.

Um detalhe importante sobre Dirceu: ele se recusa, terminantemente, a fazer delação premiada, por conta de sua postura de guerrilheiro, sua “pós-graduação” em Cuba. O cara deixa de pensar na família, principalmente numa filha pequena que vai crescer sem sua presença. Tudo indica que Dirceu, pelo tempo de condenação, só sai morto. Tem a alternativa de delatar ou de pagar R$ 15 milhões para reduzir a pena. Se ele for pagar, vai usar o dinheiro roubado, então na verdade ele está apenas devolvendo o que levou às escondidas. O silêncio de Dirceu tem uma explicação: foi comprado. Essa lama que envolveu o Brasil mostrou, claramente, que comunistas deixam de sê-lo quando estão diante de grana viva. Os comunistas desse país usam o sistema capitalista melhor do que os capitalistas mais reacionários. Todos são proprietários de sítios, fazendas, aplicam no mercado financeiro, usam cartão de crédito e compram sanduiche da McDonald´s com Coca-Cola. Dirceu está salvaguardando o futuro da família. Só isso.

Semana passada, Geraldo Alckmin, conhecido como Santo nas planilhas da Odebrecht deu uma de Lula e saiu com essa; “Pode haver tão integro quanto eu, mas mais não tem”. Que lindo! Mesmo já se sabendo do quanto rolou de grana oriunda de propina entregue ao seu cunhado, esse canalha sai com uma dessas. Adicionalmente, achando que tem condições morais de presidir este país sugeriu que Aécio Neves não disputasse eleição para não contaminar sua campanha. Com a prisão de Eduardo Azeredo, o Santo disse que “a justiça não é vermelha nem azul”. Isso porque não é a vez dele, ainda, e quando for, tenhamos certeza de que ele mudará de opinião.

As pessoas cobravam, insistentemente, a prisão de um tucano de bico nobre. Embora, a Cunha, Argôlo não serem petistas, se falava muito que a Lava Jato era seletiva, com julgamento político e com o fito de não permitir a candidatura de Lula. Agora, temos na cadeia um tucano. Temos representantes de todos os partidos presos ou denunciados. Azeredo pode não ser o tucano dos sonhos, mas tem alta plumagem afinal foi governador, senador e presidente do partido. Falta, evidentemente, o nobre Aécio Neves e será uma festa quando esse canalha começar a chorar no cárcere.

O fato é que tudo isso ainda não completa a vontade da banda honesta desse país. Não tem como ficar feliz sabendo que Renan Calheiros, Romero Jucá e Michel Temer estão se lixando para as denúncias. Renan parece um muçum ensaboado, escorregando sempre das mãos da justiça. Renunciou ao cargo de presidente do senado e foi protegido pelo PT comandado, então, pelo senador Aloizio Mercadante, para salvar seu mandato. Há provas, além da dúvida razoável, de que a Mendes Júnior pagou as despesas da filha dele com uma jornalista e, desde que isso se tornou processo, não se consegue julgar.

A espera por Temer está se aproximando do fim. Protegido pelo congresso, ele sai no final desse ano e seu processo pode ser encaminhado para primeira instância. O bom começo para isso seria colocar Rodrigo Loures na cadeia. Aí, quem sabe, os corruptos que querem ser eleitos estes ano passem a ter mais cuidado com o dinheiro público.

2 Comentários

  1. Maurício Assuero:

    Sem dúvida que toda essa desordem a que estamos assistindo no País, com o caos do Oiapoque ao Chuí, é fruto da herança maldita deixada pelos petralhas, infelizmente com a incompetência absoluta de Temer em não saber administrá-la!

    Também, quem possui aliados como Romero Jucá, Renan Calheiro, Eliseo Padilha, Moreira Franco, Gilmar Mendes, o esgoto público é a sua saída!

    Continuaremos com essa travessia sadia de criticar com honestidade essas esculhambações que aí estão, pois só assim ficaremos responsáveis pela construção de um Brasil melhor, mais justo, decente, honesto!

    Não temos esperança em Temer! É um zero a esquerda! Está ali só de flosô!

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa