ÁLVARO SIMÕES FILHO – PORTO VELHO-RO

Prezado Editor do JBF:

Morador de Porto Velho (RO) e Fubânico viciado, sempre compartilhei com amigos as matérias publicadas em nosso diário.

Ocorre que, com a nova paginação (muito bonita, por sinal), salvo qualquer problema em meu computador, sumiu da tela a opção “compartilhar”, restando apenas a opção “curtir”.

Mas “curtir”, no sentido de gostar, chega a ser uma redundância em se tratando do JBF.

Quem, em seu juízo perfeito, não “curtiria” o que ali se publica?

Então me responda, caro Editor, o prazer de compartilhar as notícias, as músicas, as poesias, os cordéis e as esculhambações que fazem do JBF um veículo único, vai voltar?

Grande abraço, cumprimentos à esposa e ao João.

R. Caro leitor, muito grato mesmo pelas suas gratificantes palavras elogiando esta gazeta escrota.

Fique ancho que só a peste!

Ganhei o final de semana.

Quanto ao assunto que você tocou, veja que no final de cada postagem existe uma barra com alguns ícones de compartilhamento.

Basta clicar no sinal  para que todas as outras opções de compartilhamento apareçam.

É isto mesmo: mais de 50 opões estão disponíveis!!!

Só isto. Apenas isto. Nada mais que isto.

 

Simples assim.

Divulgue, espalhe e distribua.

Mensagem eletrônica, zap, fuxico, instagram, twitter, boato, telefonema, feice, boca-a-boca, no pé do ouvido…

Vale tudo.

Vocês fubânicos são a força que dão sustança ao JBF.

Abraços e um excelente final de semana pra essa turma boa de Porto Velho que goza a vida às margens do Rio Madeira!

 

1 comentário

1 menção

    • Alvaro em 10 de junho de 2018 às 09:25
    • Responder

    Luiz Berto é mesmo um sujeito malassombrado. Enviei-lhe umas mal traçadas linhas a respeito de compartilhamento das publicações do JBF e, peibufo, no dia seguinte a resposta já estava publicada.
    Imagine um homem atarefado em colocar à disposição do Brasil e do mundo uma publicação do quilate do JBF, mais importante até do que o Diário Oficial da União, utilizar uma parte de seu precioso tempo para responder, na bucha, uma perguntinha despretensiosa e desimportante.
    Muito grato, Senhor Editor.

  1. […] Comentário sobre a postagem ALVARO SIMÕES FILHO – PORTO VELHO-RO […]

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.