LULA CONTRA LULA

Lula jura que, se sair da prisão, driblar a Lei da Ficha Limpa, superar os índices de rejeição recorde e ganhar a eleição, fará o contrário do que fez

“Sonho ser o presidente de um país em que todos tenham direitos e ninguém tenha privilégios”.

Lula, na carta lida no lançamento de sua candidatura em Minas Gerais, jurando que se voltasse ao Planalto não faria o que fez para enriquecer com privilégios concedidos a Marcelo Odebrecht, Léo Pinheiro e Joesley Batista, fora o resto.

1 comentário

    • Sonia Regina em 11 de junho de 2018 às 12:51
    • Responder

    Pra começar, pode exercitar o falatório ainda preso. É só inteirar-se de quanto está custando aos cidadãos trabalhadores que pagam impostos seu “privilégio” na condição de presidiário e quanto custa os outros presidiários.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.