JUIZ DOIDÃO

Lewandowski quer prender quem ousa revelar crimes cometidos por bandidos de estimação

“São tantas as incongruências e inconsistências nas delações premiadas que elas se tornam imprestáveis para sustentar qualquer condenação”.

Ricardo Lewandowski, ministro da Segunda Turma do STF, ao tentar justificar a absolvição de Gleisi Hoffmann, Paulo Bernardo e Ernesto Kugler, insinuando que merecem cadeia os que se atreveram a revelar as delinquências da trinca de meliantes.

2 comentários

    • alberto santo andre em 22 de junho de 2018 às 09:21
    • Responder

    SO UMA PERGUNTA , EDUARDO AZEREDO ,NAO FOI CONDENADO , NO MESALAO MINEIRO , PELOS MESMOS MOTIVOS QUE A SEGUNDA TURMA DO TRIBUNAL FEDERAL, CUJA E APELIDADA DE[[[[[LAXANTE DE HONESTOS , ]]]]POIS NAO DEIXA NENHUM CORRUPTO OU CRIMINOSOS PRESO , E PORTANTO OS CUMLICES DE CRIMINOSOS TRAVESTIDOS DE JIZES , SIMPLESMENTE DISSERAM QUE O CAIXA DOIS E CRIME PARA ALGUNS MAS NAO PARA SEUS CUMPLICES .

    • Marcos Pontes/DF em 22 de junho de 2018 às 14:05
    • Responder

    Pensem bem brasileiros honestos, o “homi” está ameaçando ocês, NÃO falem a verdade, vocês podem se fuder, afinal ele é um ser “supremo”! Mas nós, somos maiores do que ele pensa que é!

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.