CORRUPTOR ATIVO SEGUE EXEMPLO DO CORRUPTO PASSIVO

O juiz Marcelo Bretas condenou Eike Batista a 30 anos de prisão e a pagar uma multa de R$ 53 milhões no processo em que o ex-bilionário foi investigado pelo MPF de corrupção ativa dentro do âmbito do esquema de Sérgio Cabral.

Eike foi acusado de pagar propina de US$ 16,5 milhões ao ex-governador.

* * *

O Departamento Jurídico do JBF apurou que Eike vai contratar a caríssima equipe de advogados de Lula.

Assessorada pelo fubânico luleiro Ceguinho Teimoso.

Pra sustentar a tese de que Eike é o homem mais inocente do Rio de Janeiro.

E tão honesto quanto Jesus Cristo.

Eike e Lula: uma parelha de éticos, honrados, dignos, probos e honestos banânicos

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.