Críticos à era de ouro, o governo Lula – os oito anos do seu mandato, de 2003 a 2010 – costumam dobrar-se ao fato de que foi essa, realmente, uma época de prosperidade, mas insistem em afirmar que o progresso obtido foi às custas de um aproveitamento irresponsável dos recursos do Estado, de modo que a conta viria para ser paga mais tarde.

Esse “mais tarde” só viria, então, muito tempo depois, praticamente no início do segundo governo da Dilma, uma vez que o primeiro período, de 2011 a meados de 2014, manteve os índices favoráveis do governo de Lula.

Ou seja, a conta de Lula só veio a ser cobrada doze anos após os gastos por ele realizados.

Eu apreciaria muito que os meus débitos pendentes também demorassem tanto a serem cobradas!

A verdade salta aos olhos: não é crível que a crise que se instalou em meados de 2014, indo para o fim do primeiro mandato de Dilma Roussef, tenha sido ocasionada por desvarios de doze anos de prosperidade!

Mas, dessa postura crítica um resultado se revela: mesmo os críticos aos governos do Partido dos Trabalhadores entendem que aquela foi uma época feliz, só que, como odeiam Lula, sabe-se lá por que, apegaram-se a um factóide: Como uma criança que toma uma casquinha de sorvete e a mãe atribui a sua tosse, na realidade vinda de um resfriado, ao fato de ter tomado o gelado.

Lula, porém, foi descartado, não poderá voltar e criar vinte milhões de empregos, recuperar a economia e revigorar a indústria, o comércio e os serviços. Estará impedido de criar um monte de escolas técnicas, uma porrada de universidades, ferrovias, portos e rodovias, refinarias e estaleiros. Não poderá construir casas e abrir canais, furar poços ou financiar pequenos agricultores. Nem nada.

Será tarde demais, quando nos apercebermos, para reavermos os lucros do petróleo e as conquistas perdidas do trabalhismo.

Felizmente, as cíclicas crises econômicas tendem a arrefecer com o tempo e se o governo não atrapalhar poderemos voltar a, pelo menos, uma fase de calmaria – mas com medidas recessivas, como as que o governo vem tomando, a recuperação que Lula faria virá incompleta e a passos de tartaruga.

Se Lula pudesse voltar – e não poderá – os críticos engoliriam por pelo menos mais oito anos sua fúria, para, após viverem novas épocas de ouro, voltar ao combate insano e atribuírem aos tempos de felicidade as agruras que porventura surjam no futuro.

Enfim, Temer vai-se indo, vem aí algum outro ou outra, vejamos no que vai dar.

Bom proveito, coxinhas.

43 Comentários

  1. Acredito que os coxinhas ajudaram o pais a se livrar de um ladrão filho da puta, de um cretino apoiado pelo bando de ladrões traidores da Pátria que se escondem em todas as organizações , ministérios, e política geral para saquear a nação . Tapeando os mais necessitados e em conluio com alguns mais ricos e outros que pegaram carona na safadeza para enriquecer , deixaram o país em baixa , e ainda lutaram para que o ex companheiro não pudesse fazer nada para melhorar aquilo que voluntária ou involuntariamente ajudou a perpetrar . Se o canalha e sua trupe tivessem feito algo de bom, isto teria ficado por anos. Compare a uma casa: se construída com honestamente ,com segurança ela ficará para os herdeiros, haja chuva e tempestades, entretanto feita na desonestidade e insegura , logo desabará por mais enfeitada que sela. O que a canalhice do pt fez foi dourar a pílula, placebo , remédio falsificado , ou com data vencida. Goiano , perde tempo com isto não menino, não jogue seu prestígio na lama. Use sua inteligência para o bem, e não deixe de continuar a mostrar a música que escreveste que era para os franceses ,agora que vão tomar uma coça da Croácia. 6:31 estou atrasado bom dia!.

    • Joaquim Francisco, coxinha é coxinha e para nós, petistas, coxinhas são o que, na época do comunismo, se chamava de reacionários, ou seja, para eles, os comunistas, eram aqueles que se opunham à implantação do regime socialista, em geral inocentes úteis considerados massa de manobra que aderiam ao pensamento de elite para se colocarem contra os interesses do povo. Estamos nos apoderando do termo, hoje, para considerar reacionários os inocentes úteis que constituem uma massa de manobra que adere ao pensamento de elite para se oporem aos interesses do povo. Coxinha em geral é uma pessoa retrógrada, no que diz respeito à mentalidade social, sendo uma das principais características o desprezo aos direitos humanos, na medida em que direitos humanos só se aplicam às pessoas de bem. Filiam-se ferreamente à meritocracia, pois se eles conseguiram seu lugar ao Sol, com seu próprio esforço, todos devem fazer o mesmo e o fato de nascer fudido nem tem nada a ver, cada um que vá à luta por si. Coxinhas são contra obras públicas caras para atender nordestinos assolados pela seca, que aprendam a se virar sem água como o pessoal lá do deserto do Saara faz. Para coxinhas, todo o dinheiro do Estado tem de ser aplicado em investimentos produtivos que interessem também a quem produz. E esse negócio de bolsa isso e aquilo é alimentar vagabundo e o homem de vergonha na cara se humilha de receber ajuda do governo que é esmola que envergonha o cidadão ou então trata-se de cidadão safado que recebe os favores e fica de rabo preso para votar no governo. Contratar médicos de Cuba, para os coxinhas, mesmo que seja uma medida social de rande alcance deve ser visto pelo seu lado de amizade com os comunistas, o que é errado. Os coxinhas tem um fator desegurança em sua luta contra o governo condenado por não ser um governo coxinha: a corrupção. O fato de a corrupção ter crescido e sido desvendada, como está acontecendo todos os dias, é sua bandeira contra todas as conquistas sociais obtias, contra o progresso obtido.
      Eu acho que os coxinhas estão errados e vejo que os coxinhas aparecem como reacionários que não apreciam a ascensão das mulheres, vêem com maus olhos pretos andando de avião, e odeiam viados, mesmo que tenham amigos viados, pretos e gostem de mulher.

  2. Goiano,
    Você vai acabar me convencendo de que Lula deve voltar. Penso que eu e a banda decente deste país querem ele de volta. Só exigimos algumas singelas explicações, dele, para tal.
    Vejamos quais seriam:
    1- VOLTA LULA! e traga de volta as DUAS REFINARIAS que VOCÊ DOOU para a Bolívia;
    2- VOLTA LULA! e traga de volta os 1,2 BILHÕES DE DÓLARES que VOCÊ “EMPRESTOU” para HUGO CHÁVEZ;
    3- VOLTA LULA! e traga de volta os BILHÕES DE DÓLARES que VOCÊ MANDOU para CUBA, HAITI e OUTROS, porque AQUI TAMBÉM TEM CRIANÇAS MORRENDO DE ANEMIA;
    4- VOLTA LULA! e traga de volta os 10,6 BILHÕES DE REAIS que VOCÊ EMPRESTOU para EIKE BATISTA (SEU TESTA DE FERRO), QUE AGORA ESTÁ EM SITUAÇÃO PRÉ- FALIMENTAR e com 30 anos de cana no rabo!
    5- VOLTA LULA! e traga de volta os 25 MILHÕES DE EUROS que VOCÊ LEVOU com a ROSE para PORTUGAL;
    6-VOLTA LULA! e explica o MENSALÃO, que você planejou e que tinha o “Quartel General” ao lado da sua sala…
    7- VOLTA LULA! e explica o fenômeno “ROSE”;
    8- VOLTA LULA! e explica os 6.000 médicos cubanos;
    9- VOLTA LULA! e explica a falência do SUS;
    10- VOLTA LULA! e explica onde foi parar a reabilitação da indústria naval brasileira;
    11- VOLTA LULA! e explica os 4,8 bilhões gastos na transposição do Rio São Francisco e que hoje está tudo abandonado;
    12- VOLTA LULA! e explica os 0,20 centavos mais caros do planeta;
    13- VOLTA LULA! e explica os 39 Ministérios;
    14- VOLTA LULA! e explica a falência da PETROBRÁS;
    15- VOLTA LULA! e explica os 20% de inadimplência do programa eleitoral “Minha Casa, Minha Vida”, que os brasileiros que trabalham terão que pagar. Observe também que a taxa de inadimplência de 16% gerou a crise imobiliária de 2007 dos Estados Unidos;
    16- VOLTA LULA! e explique o que aconteceu com o óleo de mamona que ia ser a independência energética do Brasil;
    17- VOLTA LULA! e explica o PRÉ-SAL;
    18- VOLTA LULA! e explica essa sua criação, o poste “DILMA” que você plantou em Brasília;

    Milhões de brasileiros estão decepcionados: O LULA ESTÁ MUDO!

    Todos sabem que, se o LULA se explicar, O PT E OS ALIADOS SERÃO TRANCAFIADOS!

    VOLTA LOGO E VÁ PRA CADEIA TAMBÉM!!!

    • Wagner, você me surpreende, porque, ao levantar essas questões, lugares comuns do discurso contra o Lula, o Partido dos Trabalhadores e o petismo, desafias à própria inteligência, que demonstraste apurada, ao contestar-me com propriedade em questão onde minha burrice se apresentou com fulgor. Ali, demonstraste tua capacidade. Aqui e agora, apenas pegas, levantas e agitas ao ar panos esfarrapados dos péssimos argumentos que se procuram utilizar para invalidar as conquistas que o Brasil obteve em doze anos de vitória contra a recessão econömica, contra o desemprego e a favor das causas sociais mais relevantes, como o combate à fome e a radical diminuição da mortalidade infantil, efeitos sentidos por nós que vivemos a época e reconhecidos pela comunidade internacional e seus organismos mais importantes.
      Sinto-me à vontade para responder um a um teus “argumentos”, muitos dos quais já foram debatidos e explicados aqui mesmo, no Jornal da Besta Fubana, com base em material disponível que demonstra que várias das assertivas são falsas, partem de premissas falsas, ou decorrem de desconhecimento da realidade e das circunstâncias, quando não decorrem simplesmente de sentimentos raivosos, como observo até mesmo em tua manifestação, que eu esperava ponderada.
      1) Pesquise: Procure informar-se sobre as refinarias que pensas que Lula doou para a Bolívia. Foi um negócio politicamente correto e não deu prejuízos, pelo contrário.
      2) Pesquise: De 2003 a 2018 o BNDES só registra LUCROS. Crescentes. Como tantos outros financiamentos feitos pelo BNDES na área internacional, o lançamento desse banco em negócios internacionais tem sido altamente favorável aos negócios do Brasil no exterior; até o momento as inadimplências possíveis estão dentro das possibilidades de riscos dos negócios que são previstos e garantidos por sistema de auto-seguro. Peoo que consta, o maior risco verificado até o momento é exatamente o venezuelano. Não consta que o BNDES sofra prejuízos.
      3) Pesquise: A relação entre crianças morrendo de anemia no Brasil e os empréstimos feitos pelo BNDES na área internacional é falsa. É o que se chama de falácia argumentativa. Os empréstimos feitos pelo Brasil no exterior não afetaram as verbas de combate à pobreza, à fome e às doenças no Brasil. O BNDES é um banco de finalidade social e as aplicações internas e externas sempre têm em vista o desenvolvimento da indústria, do comércio, da agricultura e da geração de empregos. No exterior, as aplicações abrem campo de trabalho para nossas empresas, além de em geral recuperarem o capital ao banco para novos investimentos. Mesmo as dívidas perdoadas a países africanos tiveram finalidade política de manutenção e abertura de espaços comerciais.
      4) Pesquise: Os 10,6 bilhões não teriam sido transferidos para Eike. Segundo inúmeras publicações, foram transferidos 6 bilhões. Não consegui localizar material suficiente sobre perda do BNDES com os negócios de Eike Batista, cujo patrimônio empresarial e pessoal estaria pagando os débitos gerais (ele mesmo afirma que o BNDES teve prejuízo zero com os seus negócios). Vi uma notícia de que o BNDES teve perdas nas ações do grupo empresarial do Eike, como todos os que compraram ações dele (o BNDES costuma adquirir ações de empresas nas quais investe, como fez com o grupo JBS).
      5) Pesquise: A história de que Garotinho denunciou Rose como amante de Lula e que levou 25 milhões de Euros, cdento e dez milhões de reais, para Portugal é tida como falsa, hoax, boato (até um site chamado Boatos se ocupou disso. Esse fuxico não deu em nada, tanto quanto tenho acompanhado. Aliás, as circunstâncias relatadas pareciam inverossímeis desde o primeiro momento.
      6) O Mensalão é um capítulo à parte, envolve uma prática política diária, que é a compra de apoio político, feita com empregos, cargos, ministérios, trocas de favores e, pelo que denunciou o insuspeito Roberto Jefferson, nessa oportunidade (como também em outras, como no caso de Minas) teria sido feita com dinheiro. Pois bem, os culpados, assim tidos pela Justiça, foram punidos e Lula não figurou como réu. Não houve prova de que ele tivesse participado do processo.
      7) O fenômeno Rose é, em sua maior parte, o fenômeno do fuxico. Por outro lado, é sabido que muitos se aproveitam da proximidade com autoridades para fazerem uso de sua influência. Pelo que tenho pesquisado, isso deve ter acontecido com Rose.
      8) Explique para os brasileiros atendidos pelos seis mil médicos cubanos.
      9) Em um país de dimensão continental, os números do SUS impressionam. Em 2016, mais de 1,5 milhão de cirurgias eletivas, possui cerca de 330 mil leitos conveniados e realizados e, por ano, realiza mais de 12 bilhões de internações e 4,2 bilhões de procedimentos ambulatórias. Ou seja, por ano, nosso Sistema Único de Saúde atende o equivalente à população da Espanha.
      Em um país de 207,7 milhões de habitantes, mais de 160 milhões dependem única e exclusivamente do SUS. Portanto, defendê-lo, fortalecê-lo e amplia-lo é fundamental.
      O SUS continua sendo uma referência mundial. Em seus 30 anos de existência, o SUS conquistou uma série de avanços para a saúde do nosso povo. Reconhecido internacionalmente, o Programa Nacional de Imunização (PNI), responsável por 98% do mercado de vacinas do país, é um dos destaques. O Brasil garante à população acesso gratuito a todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).
      Também é no SUS que ocorre o maior sistema público de transplantes de órgãos do mundo. Em 2016, mais de 90% dos transplantes realizados no Brasil foram financiados pelo SUS. Os pacientes possuem assistência integral e gratuita, incluindo exames preparatórios, cirurgia, acompanhamento e medicamentos pós-transplante.
      Entre 2010 e 2016, houve aumento de 19% no número geral de transplantes, com destaque para quatro órgãos, além do coração: rim (aumento de 18%, passando de 4.660 para 5.492 transplantes); fígado (aumento de 34%, passando de 1.404 para 1.880); medula óssea (crescimento de 39%, saltando de 1.695 para 2.362); e pulmão (crescimento de 53%, passando de 60 para 92).
      Também dá assistência integral e totalmente gratuita para a população de portadores do HIV e doentes de Aids, renais crônicos, pacientes com câncer, tuberculose e hanseníase.
      UMA COMPARAÇÃO: Gastos Públicos em Saúde: Em 2002 – R$ 28 bilhões; em 2013 – R$ 106 bilhões.
      10) Que coisa estranha… em abril de 2017, em declaração, Lula criticou o “desmonte” da indústria naval brasileira que ele ajudou a recuperar ainda durante o seu primeiro mandato; “Pegamos do zero e levamos a quase 80 mil trabalhadores”, afirmou; “Provamos que é possível recuperar a indústria naval”. E agora disse que foi ele que fudeu com a coisa?!
      11) Pesquise: Segundo o noticiário, a transposição do Rio São Francisco desde o começo de 2018 já retira mais de um milhão de pessoas do colapso determinado pela seca do semi-árido nordestino – e isso seria apenas o começo.
      12) Tem alguma coisa a ver com Alckmin?
      13) Qual é, especificamente, o problema de ter muitos Ministérios? A meu ver, pode ser bom ou ruim, depende de como funcionem, se favorecem à descentralização, se são mais úteis existindo do que não existindo. É preciso avaliar se as despesas compensam os resultados etc. Não tenho dados técnicos a esse respeito, só a exclamação de que ah 21 era bom mas 39 é muito.
      14) A Petrobras teve suas épocas de ouro ns governos de Lula e Dilma, caindo em desgraça a partir da crise recente que consumiu os milões de empregos criados por eles. Só para lembrar: Lucro médio da Petrobras:
      Governo anterior a Lula – R$ 4,2 bilhões/ano – Governos Lula e Dilma – R$ 25,6 bilhões/ano.
      A Petrobras tem finalidade social, não visa lucro por lucro. Por isso, sua privatização não convém aos interesses públicos, ao Brasil.
      15) A inadimplência do Minha Casa Minha Vida tem a ver com a situação de crise e dos índices de inadimplência em geral dos devedores. Se a comparação com a crise imobiliária dos Esados Unidos é verdadeira, devemos estar no olho do furacão. Corresponde? Em tempo: A crise imobiliária dos Estados Unidos, referente ao volume de negócios e a seus valores individuais, pode ser comparada à questão do financiamento de imóveis a nível popular do programa citado?
      16) O biodisel pode não ter alcançado seus resultados máximos sonhados, mas em 2017 mais de 4,29 bilhões de litros foram fabricados pelas usinas de janeiro a dezembro, um resultado 12,8% maior do que em 2016, indicando crescimento da produção. Em 2018 devem ser produzidos cinco bilhões de litros e o Brasil continua sendo o segundo maior produtor mundial. Não está tão mal assim.
      17) O pré-sal é o pré-sal. Sua extração é mais cara do que as outras e o preço internacional do petróleo dificultou sua exploração.
      18) Também eu preferia que Lula tivesse disputado o segundo período que ficou com a Dilma.
      19) Milhões de brasileiros estão decepcionados ou são os mesmos, em sua quase totalidade, que já eram eleitores de outros? Na verdade, apesar de toda a perseguição a Lula, seu eleitorado ainda constitui 30% do total de eleitores! Estás sabendo?
      20) Discurso raivoso. Não contribui em nada.

  3. Asnice é a forma de se portar como um asno. Mesmo não sendo fisiologicamente, mas apenas intelectualmente.

    Este animal, o Asno quando verdadeiro é portador de toda gratidão pelo seu trabalho em prol da humanidade.

    Mas, o indivíduo acéfalo, que se porta como quadrúpede, este não tem nada que o faça ser portador de glória, apesar de assim não achar-se.

    Acredito que, exista aí talvez uma certa vontade, um desejo recôndito de ser um falso-asno, mesmo que apenas intelectualmente, para quem sabe aproveitar do verdadeiro Asno em sua pujante e avantajada fisiologia animal reprodutória.

    Vai saber?!?!

    • O que é melhor, ser asno ou ser burro?
      Jumento, asno e jegue, são nomes regionais diferentes dados para exatamente o mesmo animal: o Equus asinus, uma espécie de “parente” do cavalo.
      Mula e burro, por sua vez, são um outro animal, formado a partir do cruzamento entre um jumento e uma égua.
      O ASNO – ou jegue, ou jumento é famoso por sua grande resistência e pode ser encontrado em praticamente todo o planeta, exceto em regiões mais frias. Desde o início das civilizações, ele vem sendo usado como animal de carga, sela e tração, sendo muito útil para trabalhos pesados no campo. Em média, tem 1,30 metro de altura e chega a pesar 400 quilos.
      O BURRO (cujo feminino é a mula) é filho do asno, ou jegue, ou jumento, com uma égua,
      fêmea do cavalo. Independentemente do sexo, esse animal é fisicamente mais parecido com a mãe, ou seja, uma égua, mas consegue herdar do jumento a força e a resistência. Graças a seu formidável equilíbrio, a mula (ou burro) consegue andar por caminhos íngremes nas montanhas, sendo muito útil como animal de carga. “Os burros e as mulas têm como característica principal a forte ‘personalidade’. São animais que exigem muita perseverança e um trabalho específico para serem domados”, afirma o veterinário Alexandre Gobesso, da Universidade de São Paulo (USP).

  4. Só para constar:

    Se nós temos o Temer como presidente hoje, é porque alguém votou nele como candidato a vice presidente.

    Em 2010 e 2014 quem digitava no treze na urna, uma das fotos que aparecia na tela era a do Temer.

    Portanto eu, que não digito o na treze na urna de jeito algum, não tenho nada a ver com este governo

  5. Felizmente mais um que se rende a verdade de que a justiça foi feita e Lulla e Dillma não poderão voltar e, com um pouquinho de lucidez, provavelmente ninguém do PT.

    Esta lenda de que o PT e o “melado” Lulla foram os grandes indutores do bem estar para os brasileiros entre 2002 e 2010, é a grande farsa.

    Para quem tem um pouquinho de noção e consegue entender o que se lê, e o que se ouve, fica óbvio que o Brasil só cresceu de 2002 a 2008 porque o mundo inteiro cresceu, principalmente China e EUA.

    A incompetência do PT foi tão grande que, nesta época de ouro do mundo, onde todos cresceram, o Brasil cresceu menos que os menores países da América do Sul.

    Bastou uma crise mundial, ( em 2008) para que a incompetência do PT e do criminoso , no entendimento do que estava acontecendo, e na consequente aplicação de políticas populistas e erradas fizessem o trabalho que estamos tentando arrumar hoje.
    Isto só fica evidente, obviamente, apenas para aqueles que pensam, e ,infelizmente, a minoria do povo no Brasil.

    Ainda será difícil a recuperação pois, além do grande estrago feito pelo PT no campo econômico, ficou o estrago ético e moral, pois o Brasil continua aparelhado por esta corja de incompetentes e corruptos que ainda permanecem no Legislativo ( Lindinho, Teixeira, Amante, Pimenta, etc…) como e, para desgraça do Brasil, no campo do Judiciário como este Advogados que viraram “Juizes” por indicação da presidANTA.

    Que pena que existiu a crença que o PT era a esperança de um Brasil novo, diferente, uma nação com o potencial de ser séria, honesta, saudável, instruída e rica ……

    Realmente é uma pena que o criminoso com toda a sua inteligência, carisma, com o entendimento do que acontecia com nosso povo, e portanto com todo potencial de ajustar o Brasil, com uma conduta ética e moral, (Carta aos brasileiros do Lullinha paz e amor), implementar as reformas absolutamente necessárias como a fiscal, previdenciária, do trabalho e principalmente com a reforma do estado, se curvou também as benesses do poder e se curvou aos funcionários públicos (privilegiados ao extremo) e aos sindicatos de pelegos como ele Lulla sempre foi….. e aí….. melou-se ……. como todos …….
    Graças ao bom Deus brasileiro o criminoso foi pego, como tantos outros (Dirceu, Maluf, Cabral, etc) ….. e outros virão,….. (Aécio, Alckmim, Dillma, Jucá, Temer, Joesley, etc)…..

    Depois da tempestade vem a bonança ….. espero.

  6. Foi realmente um longo período de grandes avanços para os brasileiros. Temos ao longo de nossa costa, dezenas de moderníssimos portos padrão Mariel para escoarmos nossa gigantesca produção industrial/agrícola/mineral.
    Nos deslocamos por nosso gigantesco país por moderníssimos trens bala, em rede com nossos moderníssimos aeroportos, 900 em todo o país. Trens de carga trafegam pela Norte- Sul, pela Trans-nordeste, pela Atlântico-Pacífico, levando prosperidade e desenvolvimento por toda a América Latina!
    E o que falar da nossa malha viária? Milhares de quilômetros construídos, interligando-se com portos e ferrovias. Não há no mundo nada mais moderno.
    Antigas usinas Termo-Elétricas foram desmontadas. Novas e modernas usinas Hidrelétricas foram construídas por todo o país. Mais do que suficiente para um crescimento de 10% ao ano. E ainda exportar o excedente.
    A Transposição do Rio São Francisco, que transformou o nordeste em uma potência agrícola, serve hoje de exemplo ao mundo de como se deve governar.
    A saúde, gratuita e para todos, é um sucesso tão extraordinário que a ONU pensa em tornar obrigatório em todos os países do mundo.
    E a Petrobras? A maior companhia de energia do mundo. Graças aos recursos advindos do pré-sal e da excelência de sua administração é que foi possível todo esse crescimento junto com sucessivos superavits nas contas governamentais.
    E as pessoas só lembram da Dilma inaugurando teleférico com o Cabral em um morro do Rio. Injustiça.

  7. A insensatez está em afirmar que seria Lula a criar milhões de empregos. A sensatez, em reconhecer que ele não será candidato.
    Esclarecendo: o PT governou num raro cenário de Q.E., juros negativos nos USA e petróleo a 140 dólares o barril.
    Mas, quando não era mais necessário, foi despachado com um piparote.
    E agora envergonha o país com todo tipo de truques baixos. Será que não entendem que estão fora?

    • Sim, entendemos que estamos fora, mas compreendemos que também estamos dentro. Estamos fora, porque Lula está fora. Estamos dentro porque votaremos em peso no PT, seja qual for o candidato, ainda que um deles seja meu cachorro, Ranger, de modo que poderemos ter um Ranger deputado, um Rex senador, e uma cachorrada como prefeitos, vereadores, governadores.

    • É bom governar em bons cenários. Espero que eles venham a ser favoráveis também a Bolsonaro e que ele consiga fazer o Brasil crescer mais do que a China.

      • O Mito não poderá fazer grandes coisas, pois, além do cenário internacional adverso, passará o governo limpando a sujeira deixada.
        Vide a LDO (Lei do Desastre Orçamentário), desaparelhar as diversas instituições públicas e por aí vai.
        O bom da sua eleição será o recado que o povo mandará, principalmente quanto a Segurança Pública, nela inclusa, a Educação, em especial, a moral e cívica.
        E, como todo tirano, deverá ser implacável com os opositores.

          • O nobre causídico decerto leu Platão e sabe que, depois do demagogo, vem o Tirano, eleito com o discurso de moralizar a esculhambação deixada na administração do Estado.
            Ao fim e ao cabo, quem elegerá Bolsonaro será o próprio Lula. De maneira enviesada, mas elegerá!

        • Lula foi o demagogo e Bolsonaro será o tirano.
          Perceba que, após a era de ouro de Péricles, veio a tirania.
          Até as palavras “era de ouro” são as mesmas!

          • Dizer que Lula foi ou é demagogo é um rótulo muito fácil e amplo.
            Demagogo é, em um dos significados, o indivíduo que faz promessas que nunca serão cumpridas.
            No sentido figurado, demagogia é uma prática daqueles que aparentam humildade ou honestidade com o intuito de obter favores pouco claros.
            Outra forma de demagogia é um indivíduo engrandecer a si próprio para atrair o reconhecimento ou admiração dos outros.

          • Abydias, tu dizes que “Só pode ser má-fé. Demagogo é o cara que usa o estado para se perpetuar no poder”. Mas se há má fé ela não é minha, porque não encontrei esse sentido que dizes ser o correto em lugar algum.
            Então eu apreciaria que explicasses, por favor, por que dizes que houve má-fé.
            Se quiseres, indique o lugar onde existe a definição de demagogo como sendo o cara que usa o estado para se perpetuar no poder.
            Grato.

        • Sim! O porquê!
          Tudo o que demagogo faz é preparar a casa para o tirano.
          A Lei antiterrorismo é uma das coisas mais despóticas já criadas, perde até para o AI5. Pense no que Bolsonaro fará com ela.

          • NOTÍCIAS DO PT
            Diretório Nacional se posiciona contra projeto de “lei anti-terrorismo”
            01/03/2016
            A avaliação é de que o projeto de lei 2.016/15 pode abrir as portas para ainda maior repressão aos movimentos sociais.

            ARTIGOS
            Valter Pomar: Terrorismo tucano, não
            31/10/2015
            A maioria dos senadores votou a favor de uma nova lei de segurança nacional, elaborada pelo senador tucano Aloysio Nunes. O assunto agora vai voltar a ser debatido na Câmara.

            NOTÍCIAS DO PT
            Diretório Nacional se posiciona contra projeto de “lei anti-terrorismo”
            01/03/2016
            A avaliação é de que o projeto de lei 2.016/15 pode abrir as portas para ainda maior repressão aos movimentos sociais

            ARTIGOS
            Valter Pomar: Terrorismo tucano, não
            31/10/2015
            A maioria dos senadores votou a favor de uma nova lei de segurança nacional, elaborada pelo senador tucano Aloysio Nunes. O assunto agora vai voltar a ser debatido na Câmara dos…

            POLÍTICA
            Lei que tipifica o terrorismo criminaliza atuação de movimentos sociais, diz senador
            20/10/2015
            Para Lindberg Farias (PT-RJ), alguns setores dentro do Senado estão aproveitando o projeto para impor uma legislação mais dura para as manifestações.

            VETOS
            Foi publicada em edição extra do Diário Oficial desta quinta-feira (17) a Lei Antiterrorismo (13.260/2016). A norma foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff com oito vetos, sendo que dois deles dizem respeito à definição de atos de terrorismo.
            A lei aprovada pelo Congresso Nacional classifica como atos de terror “incendiar, depredar, saquear, destruir ou explodir meios de transporte ou qualquer bem público ou privado”. Também prevê as ações de “interferir, sabotar ou danificar sistemas de informática ou bancos de dados”.
            Segundo a presidente, tais definições apresentadas são “excessivamente amplas e imprecisas”. Além disso, são atos com diferentes potenciais ofensivos com penas idênticas, em violação ao princípio da proporcionalidade e da taxatividade. A chefe do Executivo argumenta também haver outros incisos que já garantem a previsão das condutas graves que devem ser consideradas ato de terrorismo.
            Apologia
            Foi vetado ainda o artigo 4º, que previa pena de quatro a oito anos de reclusão para a prática de apologia ao terrorismo. Segundo o governo, trata-se de um artigo que “busca penalizar ato a partir de um conceito muito amplo e com pena alta, ferindo o princípio da proporcionalidade e gerando insegurança jurídica”. Além disso, da forma como previsto, “não ficam estabelecidos parâmetros precisos capazes de garantir o exercício do direito à liberdade de expressão.”
            Meio Ambiente
            A presidente não concordou com o artigo 8º, que aumenta a pena de responsáveis por atos terroristas que causem danos ambientais sob o argumento de que o bem jurídico tutelado — o meio ambiente — já conta com legislação específica.
            Segurança máxima
            O sistema de cumprimento de pena também não agradou à presidente. A lei prevê estabelecimento penal de segurança máxima para os criminosos, o que, não opinião dela, violaria o princípio da individualização da pena. Segundo as razões do veto, determinar o estabelecimento penal de seu cumprimento é desconsiderar as condições pessoais do apenado, como o grau de culpabilidade, os antecedentes, a conduta social, a personalidade e os fatores subjetivos relativos ao delito.
            Em 2015 o Plenário do Senado aprovou o substitutivo oferecido pelo senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) 101/2015, que tipificou o crime de terrorismo. A proposta previu pena de reclusão de 16 a 24 anos em regime fechado para quem praticar o ato. Mas, se o crime resultar em morte, a reclusão será de 24 a 30 anos.

            A LEI
            LEI Nº 13.260, DE 16 DE MARÇO DE 2016.
            Regulamenta o disposto no inciso XLIII do art. 5o da Constituição Federal, disciplinando o terrorismo, tratando de disposições investigatórias e processuais e reformulando o conceito de organização terrorista; e altera as Leis nos 7.960, de 21 de dezembro de 1989, e 12.850, de 2 de agosto de 2013.

          • Verdade tudo e se posicionasse pública e totalmente contra, mas as obras da copa não permitiam.
            Ou máquina difamatória só serviu para demonizar Marina?
            Acorda

  8. Goiano,
    Obrigado pelos elogios a mim dirigidos. Como diz Berto, fiquei ancho que só a porra!
    A sugestão para Lula explicar o que ainda não foi explicado, não tem nada de argumentos
    esfarrapados. O povo brasileiro carece dessas informações. Leia-se a banda decente.
    Todavia, a podridão do reinado lulaico/dilmês, superou, em muito, eventual bem estar para o
    povo, nodadamente os mais carentes. Os miseráveis que eles disseram ter tirado da pobreza,
    estão, agora, bem mais miseráveis, e o pior, endividados até o pescoço. O SPC/SERASA que o diga.
    Montaram uma farsa. Não se pode perder de vista que o molusco foi pra TV, em rede nacional,
    conclamar o povo a consumir: eletrodomésticos, viajar de avião, aderir ao programa Minha Casa, Minha
    Vida (dívida), e por ai vai. Teve a coragem e a cara de pau de vir a público dizer que pagou toda a dívida
    externa do país e que o Brasil tornou-se auto-suficiente na produção de petróleo. Tudo mentira!
    Os números não mentem. O rombo divulgado ao final desse macabro reinado foi de 159 bilhões de dólares. Claro que é muito mais que isto. A miséria, hoje, está espalhada pelos quatro cantos do país. Quem foi mesmo que deixou a herança maldita de 14 milhões de desempregados? Em contrapartida, nunca antes na história deste país os banqueiros ganharam tanto dinheiro. Pra você que gosta de números, está aí um prato cheio para ser dissecado. Lula, o pai dos pobres e a mãe dos ricos. Toda mãe é sempre mais generosa que o pai. É fato.
    Não pretendo debater, tampouco polemizar este assunto, especialmente com você. É nojento demais, o assunto, para o meu gosto. Procuro tratar desse tema como assunto do passado, embora a previsão otimista para consertar o estrago que os petralhas fizeram seja em torno de vinte anos, no mínimo, vou tentar esquecer que esse pulha, seu poste, et caterva, um dia governou este país. Para finalizar, não poderia deixar de manifestar, de público, a admiração que tenho por você. Acho você inteligente. Pena que desperdiça o seu tempo com quem não merece nada além de uns bons anos na cadeia. Rogo a você que continue sendo o nosso contraponto aqui no JBF. Já dizia Nelson Rodrigues: toda unanimidade é burra. Um abraço e feliz temporada em Natal.

  9. Capitalismo, meu caro, é consumo.
    Quanto à dívida externa, o que temos é que em 2002, o governo FHC foi mais uma vez ao FMI, para poder fechar as contas do ano e recebeu um empréstimo de US$ 41,75 bilhões, que todos os candidatos à Presidência se comprometeram a pagar. Em 2005, o governo Lula tomou a decisão histórica: quitou o restante da dívida contraída por FHC e livrou o país das exigências do FMI. Em 2009, pela primeira vez na história, o Brasil emprestou dinheiro ao Fundo: US$ 10 bilhões para ajudar países emergentes em meio à crise internacional. Em 2012, novo empréstimo de US$ 10 bilhões, agora para a zona do euro.
    Isso é verdade.
    O que se alega é que os governos petistas fizeram isso mas aumentaram a dívida interna. Entretanto, temos a informação de que os governos petistas pegaram as Reservas Internacionais em 2002 com 37 bilhões de dólares e deixaram 2013 com 375,8 bilhões de dólares, assim como pegaram a Dívida Externa em Relação às Reservas de 2002 –no percentual de 557% e quando a Dilma saiu estava em 2014 na base de 81%.
    De modo que uma coisa estranha é que não vejo muitos economistas lascando o pau nos dados do governo petista, vejo mais um jogo de paixões lançando dados aleatórios sem avaliação adequada.
    No mais, tamos aí, conversando na boa, nos admirando mutuamente pelas colocações destemidas de nossas posições, com uns erros e uns acertos, mas certos de que o fazemos com honestidade, boa fé e desinteresse pessoal.
    Abraço!

  10. Goiano

    Lula criou empregos não perenes. Tipo empregos temporários de fim de ano. Fez estádios de futebol ao invés de escolas e hospitais. Gastou o que tinha e o que não tinha. Dilmaluca até tentou segurar a barra por 4 anos mas não deu. É simples matemática. Entendo que você não entende. Pois é advogado, não?

  11. Republicano de Curitiba, vi uma publicação dizendo que Ritiba em tupi-guarani quer dizer “do mundo”, tem fundamento?
    Quanto aos estádios de futebol, demonstras uma má vontade que não confere com os dados existentes.
    Veja essa:
    1) Copa do Mundo no Brasil injetou R$ 142 bilhões na economia
    Na empregabilidade, o setor de Turismo ofereceu, sozinho, mais de 48 mil oportunidades de trabalho. Outras 50 mil vagas foram criadas para execução das obras nos estádios. Os dados são da Fundação de Estudos e Pesquisas Econômicas (Fipe), ligada à USP
    Um dos saldos da Copa do Mundo no Brasil é o valor de R$ 142 bilhões injetados na economia entre 2010 e 2014. E a escolha das 12 cidades-sedes não foi à toa: o objetivo é espalhar a riqueza para todas as regiões, com desenvolvimento para comercio, indústria e serviços.
    A Fundação de Estudos e Pesquisas Econômicas (Fipe), ligada à USP, apontou que, dos R$ 9,7 bilhões gerados durante a Copa das Confederações, 51% se difundiram por todo o pais, enquanto 49% ficaram concentrados nas seis cidades que receberam o torneio. Já o Mundial tem potencial de retorno mais de três vezes maior.Mais de 3,6 milhões de pessoas estão circulando pelo Brasil, o dobro em comparação à Copa do Mundo na África do Sul (2010). Apenas com visitantes, o país terá retorno de, no mínimo, R$ 25 bilhões. Esse valor quita gastos do governo federal em infraestrutura, mobilidade urbana e segurança feitos para receber o evento e que ficarão como legado para população ao término dele.
    Na empregabilidade, o setor de Turismo ofereceu, sozinho, mais de 48 mil oportunidades de trabalho. Outras 50 mil vagas foram criadas para execução das obras nos estádios. Esses são exemplos de fatores essenciais para que o Brasil possa seguir mantendo as menores taxas de desemprego de sua história.

    2) Matéria do Globo G1, procure na Internet pelo título A COPA DEU LUCRO.
    ..
    3) Mais lucrativa da história, Copa do Mundo de 2014 gera R$ 18 bilhões para a Fifa (provure também pelo título que saiu no G1 – estou evitando postar links porque quando o faço o sistema está deletando meus comentários).

    OU SEJA. ACopa de 2014 deu resultados positivos para o Brasil, para o Comitê Organizador e para a Fifa, além da projeção do País para o turismo.

    SOU ADVOGADO, aposentado (mantenho o meu registro na OAB/DF). Em Matemática, sou ZERO! Mas as notícias que te apresento não dependeram de meus quase inexistentes conhecimentos de aritmética.

    Ninguém diz que a Copa deu prejuízo, só aqui no Jornal da Besta Fubânica é que se fala merda.

  12. Muito bem. Goiano.

    C
    Somos um país rico. O governo federal gastou 100 Bilhões para de maneira direta e/ou indireta reformar 10 estádios de futebol para copa de 2014. A copa rendeu 140 bilhões beleza ótimo. Quanto desde montante voltou aos cofres federais?

    Conheci o estádio Arena Dunas. Beleza pura. Custa 150 mil a sua manifestação mensal. Que é que paga? Arena Cuiabá, Arena Manaus, Brasília. Estes estádios não se sustentam.

    Mas devo concordar que lula deixou dinheiro em caixa para Dilma. Que ela fez que acabou com o dinheiro, com o emprego, com a saúde? Explique sem cólocsr nos outros.

    • Essa tua pergunta, do montante dos 100 bilhões que retornaram aos cofres públicos, pode ser respondida na bucha:
      Considerando a renda de 140 bilhões e que os impostos incidem em cascata sobre todas as operações , retornaram aos cofres do Estado, quase imediatamente, 60 bilhões de reais. Outros retornos podem ser calculados com base no incremento do turismo, no aumento do nível de emprego e em impostos incidentes sobre outros rendimentos decorrentes da Copa, como o arrecadado pelo Comitê Organizador e pela Fifa, mas agora estou um pouco cansado para fazer as contas.
      Vou adiantar uma estimativa: 150 bilhões de reais.

  13. Perdoem-me os erros, é este maldito corretor ortográfico desdes aparelhinhos modernos.

    Prosseguindo: você não é um petusta. Você é um fiel seguidor do lula somente. Porque petista que se preza não acredita na Globo, mesmo que ela diga a verdade.

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa