“Os alarmes estão dados
O globo está se aquecendo
A amazônia queimando
As geleiras derretendo
Quem mais polui menos vê
Que o planeta está morrendo.”

Edmilson Ferreira

“Esse tal de aquecimento
Tem muito a ver com a gente
Aumenta a temperatura
No nosso meio ambiente
Se não aumentar a vegetação
Vai queimar todo vivente.”

Lucimario Almeida

“O planeta está sofrendo
Sem poder se libertar
Os emissores de gases
Não querem se equilibrar
E quem mais polui o planeta
Também não vem arrumar.”

Antonio Lisboa

“Falando em aquecimento
Tem outra alternativa
É começar preservando
A nossa mata nativa
E fazer de tudo um pouco
Pra manter a terra viva.”

Juciê Jorge

“O clima nos atropela
Depois que muito esquentou
Que a camada de ozônio
Parece que se furou
O nosso solo subiu
Ou então o céu baixou.”

José Lúcio

10 Comentários

  1. Houve um tempo em que os repentistas eram semianalfabetos, entretanto eles evoluíram. Hoje, existem vários repentistas que cursaram a universidade. O tema do artigo foi muito apropriado para desmistificar que os cantadores de viola são repetitivos. Se fosse escolher uma estrofe, a preferida seria do repentista Antonio Lisboa.

  2. Vitorino,

    É gratificante receber um comentário que valoriza o talento dos repentistas. O aquecimento global corresponde ao aumento da temperatura média terrestre, causado pelo acúmulo de gases poluentes na atmosfera, e foi bem esclarecido nos versos dos cantadores de viola. Acrescento que o aquecimento global tem impactos profundos no planeta: extinção de espécies animais e vegetais, alteração na frequência e intensidade de chuvas (interferindo na agricultura), elevação do nível do mar e intensificação de fenômenos meteorológicos.

    Saudações fraternas,

    Aristeu

  3. Prezado Aristeu;
    O tema abordado é muito sério e preocupante,com certeza faz parte de uma transformação radical no planeta.
    Principais efeitos do Aquecimento Global no planeta;

    Caso o homem não tome nenhuma medida para evitar estas mudanças climáticas, o meio ambiente pode apresentar uma série de problemas com consequências desastrosas para a vida em nosso planeta. Caso não diminua a emissão de gases do efeito estufa nos próximos anos, podemos enfrentar as seguintes consequências:

    – Desertificação: com o aumento da temperatura global pode transformar florestas em desertos ou savanas. A Floresta Amazônica poderia ser drasticamente afetada e transformada em savana.

    – Derretimento das geleiras dos polos do planeta: este efeito já é notado e tem causado o aumento no nível das águas dos oceanos e prejudicado a vida de espécies animais que vivem nestas regiões. Este efeito também pode provocar o alagamento de diversas cidades costeiras no mundo.

    Os topos de algumas montanhas, que antes eram cobertas por gelo, também estão sofrendo com o aquecimento global. Este efeito tem modificado o ciclo de vida da fauna nestas montanhas, podendo provocar a médio prazo a extinção de animais.

    – Migrações em massa de pessoas: o alagamento de cidades e o aquecimento da temperatura em algumas regiões do mundo, podem provocar a migração de milhões de pessoas, provocando sérios problemas sociais nas regiões que receberão estes migrantes.

    – Problemas na agricultura: o aumento da temperatura global pode provocar sérios problemas na agricultura. Diminuindo a produção de alimentos no mundo, podemos ter milhões de pessoas morrendo de fome, principalmente nas áreas mais pobres do planeta.

    – Epidemias: o aumento da temperatura pode elevar a quantidade de mosquitos transmissores de doenças, principalmente em regiões tropicais e equatoriais. Doenças como a dengue e a malária podem fazer milhões de vítimas nestas áreas. Pode também haver a migração destes mosquitos para regiões que antes possuíam clima frio, disseminando ainda mais estas doenças pelo mundo.

    – Desastres ambientais: o aumento da temperatura global pode aumentar a quantidade e força de furacões e tornados em várias regiões do planeta.

    – Se a temperatura do planeta aumentar de 2ºC a 3ºC poderá ocorrer o derretimento das geleiras de quase todas as montanhas. Poderá também ocorrer falta de água em várias partes do planeta, assim como a diminuição significativa dos recifes de corais.

    Saudações fraterna,
    Carmen.

  4. Carmen,

    Muito obrigado por seu comentário elencando os principais efeitos do aquecimento global no planeta. Farei um breve comentário sobre aquecimento global e o efeito estufa. O efeito estufa é um fenômeno natural, que garante as condições de temperatura e clima necessários para a existência de vida na Terra. Ele é o resultado do desequilíbrio na composição atmosférica resultante da elevada concentração de gases poluentes .
    Ele é o principal causador do aquecimento global, devido este desequilíbrio na composição atmosférica, que como consequência retém o calor irradiado na superfície terrestre, através das partículas de gases e de água em suspensão na atmosfera.

    Saudações fraternas,

    Aristeu

  5. Parabéns pela excelente postagem, prezado Aristeu Bezerra!
    O tema escolhido é atual e de suma importância. Os cinco repentistas demonstraram alto nível cultural, e nos deram uma verdadeira aula sobre a gravidade do aquecimento global.

    Um grande abraço, da sua fiel leitora,

    Violante Pimentel Natal (RN)

  6. Violante,

    Muito obrigado pelo valioso e incentivador comentário. Aproveito esse espaço democrático do Jornal da Besta Fubana para compartilhar um poema do agricultor e poeta paraibano Manoel Messias sobre importância de se tomar providências para diminuir o aquecimento global:

    O AQUECIMENTO GLOBAL

    “Vejo a emissão de gases
    do setor industrial
    causando o efeito estufa
    na esfera mundial
    contribuindo pra o
    aquecimento global.

    Degradação ambiental
    aquece a atmosfera
    o que as fábricas vomitam
    o que a poluição gera
    o planeta não será
    nunca mais como ele era.

    O carbono se apodera
    formando as suas camadas
    tem o aumento contínuo
    no avanço das queimadas
    por isso o mar se revolta
    com ondas agigantadas.

    Geleiras congeladas
    os alpes pela metade
    e as desordens climáticas
    com secas e tempestade
    e a temperatura assusta
    nossa biodiversidade.

    Por culpa da humanidade
    o globo está diferente
    em quinhentos anos foi
    o século vinte o mais quente
    com tendência em aumentar
    mais uns graus daqui pra frente.

    Da camada poluente
    o carbono é o escudo
    aprisionando calor
    o I.E.G fez estudo
    que o Brasil é responsável
    por três por cento de tudo,

    Até mesmo cego e mudo
    nisso prestou atenção
    o globo se aquecendo
    com tanta poluição
    que até mesmo chuvas ácidas
    futuramente virão.

    A desertificação
    nasce do desmatamento
    combustíveis fazem parte
    através de escapamento
    são fatores que ampliam
    o quadro do aquecimento.

    Temos culpa em cem por cento
    que o ser humano é insano
    por destruir as florestas
    poluir o oceano
    como se não conhecesse
    o próprio valor humano.

    O acúmulo de metano
    provoca as alterações
    com calor exorbitante
    em diversas regiões
    os comentários são muitos
    mas são poucas as soluções.

    Muito além das previsões
    já está no nosso alcance
    furacões são consequências
    as enchentes mais um lance
    eu não vejo quem impeça
    que esse problema avance.

    Pra que o quadro não avance
    precisa ser repensado
    diminuir chaminés
    o lixo ser reciclado
    e o desmatamento seja
    uma página do passado.

    Já tem país sufocado
    chegando quase ao limite
    o ar das cidades grandes
    demonstrando a cor grafite
    porque sobra quem polua
    mas nos falta quem evite.

    Seja pobre ou da elite
    use sua consciência
    vamos fazer nossa parte
    que o caso é de urgência
    porque o que está em risco
    é nossa sobrevivência.”

    Saudações fraternas,

    Aristeu

  7. Obrigada, prezado Aristeu, por compartilhar comigo o inteligente poema, do poeta paraibano Manoel Messias! Um verdadeiro alerta, em prol da preservação da humanidade!
    Um grande abraço!

    Violante

  8. Não é aquecimento global. Nós é que estamos tocando fogo no planeta.
    Para criar pastagens queimamos meia amazônia, mas não podemos reclamar dos churrascos. Isto sim é uma queima dupla da natureza primeiro para criar os bois e depois para produzir o carvão.
    As siderurgicas nacionais funcionaram a muito tempo a base de carvão das florestas nativas.
    Na cidade de São Paulo estão derrubando todas as grandes árvores, vejam no parque Ibirapuera como diminuiram as grandes árvores.
    Não se vê mais pardais, borboletas e abelhas nas cidades. Matamos os mosquitos da dengue e tudo o que está em volta.
    O pessoal não sabe o que quer dizer ecologia.

  9. Nada comparável aos poetas.

    Se no planeta jogo lixo
    Na verdade eu nem me lixo
    Se taco fogo na floresta
    Mato onça e mato cobra
    Se jogo plástico no mar
    Mato tartaruga e baleia jubarte

  10. Marcos Ribeiro,

    Muito obrigado por seu comentário poético. Você esta correto quando se refere ao indivíduo, que joga lixo no planeta, não liga para a degradação da natureza. Seu aviso sobre plástico é muito importante, pois ele demora muitos anos para se decompor, além de ser jogado no mar causando a morte dos peixes. Muito bom e assistencial o alerta para esclarecer as pessoas da necessidade de tratar com mais carinho o nosso planeta Terra. Valeu!

    Saudações fraternas,

    Aristeu

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa