17 julho 2018É MUITO POUCO



Em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal, a Procuradoria-Geral da República afirma ter encontrado indícios de que o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) atuou em favor da empreiteira OAS na discussão de uma Medida Provisória que tramitou no Congresso durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff.

Segundo as investigações, o petista recebeu cerca de R$ 700 mil, entre 2013 e 2014, para defender os interesses da empresa no Parlamento e para influenciar decisões de Dilma no Planalto.

Lindbergh é um dos parlamentares petistas que integram a linha de frente de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e deve disputar a reeleição ao Senado neste ano.

* * *

Procurado pelo JBF, o Senador Lindinho informou que isto é mais uma calúnia da direita golpista.

Por este valor mixuruca, apenas 700 mil reais, ele jamais defenderia interesses de empreiteiras.

Se fosse pelo menos em troca de um sítio ou de um triplex, aí sim, nos garantiu Lindinho, ele toparia fazer uma revolucionária e ideológica trambicagem em favor do povo.

“Eu num sou palhaço não!!!”

2 Comentários

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa