O ex-senador Luiz Estevão (MDB-DF) e o ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA), presos no Complexo da Papuda, em Brasília, foram transferidos nesta quinta-feira (19) para a ala de segurança máxima da penitenciária.

A decisão da Vara de Execuções Penais do DF foi tomada após denúncias de que os políticos eram privilegiados com regalias na cadeia.

Estevão e Geddel estão agora em celas individuais de aproximadamente seis metros quadrados.

O banho de sol também passa a ser individual – ou seja, eles não deverão ter contato com outros detentos.

* * *

É horrível ler o noticiário do dia.

Só se vê injustiças e sacanagens contra homens de bem.

Tanto quanto Luiz Estevão e Geddel, dois impolutos políticos cumprindo prisão mesmo sendo inocentes, Lula também está injustamente recolhida a uma desconfortável, fétida e suja cadeia na friorenta Curitiba,  sem ter contato com ninguém.

Este trio, dois do MDB e um do PT, partidos irmãos, merece a nossa solidariedade.

Vamos convocar os cumpanheros Gleisi e Stédile para fazer uma campanha:

Estevão livre!

Geddel livre!

Lula livre!

Geddel, Luiz Estevão e Lula: um trio de ouro da pulítica banânica, vítima de injustiça

4 Comentários

  1. Disseram que Luiz Estevão tinha uma cafeteira em sua cela, além de “alimentos não permitidos”.

    Por outro lado, não tenho ouvido falar de deputados e senadores visitando o Luiz Estevão, líderes partidários entulhando o judiciário com petições e mais petições, e não tem carro de som na frente do presídio gritando “Bom dia, Luiz Estevão”.

    A finalidade de prender criminosos é evitar que eles cometam novos crimes. Desde que ele não administre uma ORCRIM de dentro de sua cela, eu não me importo que o Luiz Estevão coma e beba o que quiser com o dinheiro dele. Aliás, é uma despesa a menos que meus impostos tem que bancar.

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa