A Assembleia Nacional do Poder Popular de Cuba deve concluir neste domingo (22) o debate e a votação da proposta de uma nova Constituição do país comunista.

São 224 artigos que, se aprovados, podem configurar uma reforma profunda na legislação cubana.

Entre as principais mudanças estão o reconhecimento à propriedade privada, a eliminação do termo “comunismo” da Carta Magna e a possibilidade da legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

* * *

O principal interessado no casamento entre xibungos é o ditador Raul Castro.

Lá em Cuba todo mundo sabe e fuxica que ele adora doar o orifício pecaminoso.

Quanto a eliminar o termo “comunismo” da constituição, esta é um providência que está chegando tarde demais: o comunismo já foi abolido da face do mundo há muitos e muitos anos.

Ser marxista-comunista hoje em dia é assim feito usar gramofone para ouvir música e ver televisão em preto-e-branco.

Já o reconhecimento da “propriedade privada”, eu desconfio que deve ser impor ao povo cubano que aceite a privada onde Raul caga na cabeça da escravizada população cubana todos os dias.

1 Comentário

  1. Para o Ceguinho: Há Malecon que vem para bem (ditado paulista),nós coxinhas que abominamos a ditadura castrada , não podemos deixar de espetá-lo . ” Estes cubanos estão se tornando uns coxinhas reacionários retirando o termo comunista, reconhecendo a privada propriedade da família Castro e aderindo a modernidade do Cú é Lindo , permitindo o casamento de sapatões e viados” . Fazer reunião do Desaforo de São Paulo aqui, Nunca, jamais !. Ver Cuba libre até que não e rum e vai que cola!.

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa