Nicolás Maduro iniciou neste ano a importação de dinheiro em espécie da Casa da Moeda do Brasil.

Com uma inflação que poderá chegar à inacreditável marca de 1.000.000% até o fim deste ano, a demanda do regime bolivariano é gigantesca.

Não é a primeira vez que a Casa da Moeda imprime dinheiro para outro país.

O Brasil já forneceu cédulas para a Argentina, o Paraguai e o Haiti.

* * *

Este índice de inflação na Venezuela, de “apenas” um milhão por cento ao ano, deveria ser o mesmo índice de aumento de uma pajaraca de grosso calibre pra enfiar no cu dos zisquerdistas e petistas banânicos que defendem a ditadura de Maduro.

Como este meu desejo é irrealizável, pois não existe um caralho de tamanhas proporções, vou rogar uma praga possível de ser concretizada:

Que os bolivarianos daqui de Banânia recebam no meio do olho do toba a pica do jumento Polodoro como castigo pelo fato de serem tão idiotas, cegos, moucos e babacas.

Topas, Gleisi Hoffmann???

“Tô doidinho pra enrabar os zinteliquituais e zisquerdistas banânicos que idolatram Maduro”

2 Comentários

  1. ninguém DUVIDE:

    É MAIS UM CALOTE À VISTA.

    como petralhentos, petralhosos, petrapostemas, petramoleques,
    que são, realmente, os apossados donos do país,
    ipso facto,
    SÃO L.A.D.R.Õ.E.S !!!

    o alerta foi dado!

  2. A Casa da Moeda do Brasil imprime cédulas para a Venezuela e as nossas são impressas no exterior, que tem um precinho mais camarada (ops!). Durma-se com um barulho desses…

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa