Hélio Bicudo não deixou o PT “por reconhecer que deu um passo errado”, como eventualmente e alhures se acredita e afirma.

Agora muitos julgam identificar-se com suas posições, mesmo sendo originariamente e profundamente distantes delas e até contrários a elas.

Em entrevistas ele lembrou que ficou e militou 25 anos no PT! E foi pelo PT que ele foi vice-prefeito de São Paulo e elegeu-se deputado federal por dois mandatos consecutivos.

Assim como o PT recusava-se a aceitar a Constituição de 1988 porque queria mais dela, Hélio Bicudo deixou o PT porque queria mais dele, o queria mais puro e mais socialista. Em suas palavras:

– Foi marcante aquela carta aos brasileiros que Lula escreveu antes da sua primeira eleição, demarcando uma posição muito mais para o neoliberalismo do que para o socialismo. (Não nos esqueçamos que ele foi ministro da fazenda interino por alguns dias no governo do Jango, poucos meses antes do golpe militar de 1964).

Sobre o neoliberalismo no governo de Fernando Henrique Cardoso, criticado pelo PT, ao ser perguntado se ele via diferença nas práticas de ambos os governos, ele respondeu:

– Não há nenhuma diferença, porque quem comanda as decisões políticas hoje, como ontem, é o próprio capital.

Sobre o “desejo do PT de ficar no poder” ele falou:

– No meu tempo pensava-se que o PT era um partido de massa, e iria trazer para os mais humildes uma estabilidade econômica.

E completou:

– Houve uma inclusão.

Mas…

– Ele trouxe em parte (uma estabilidade), porque a Bolsa-Família é mais um colaborador eleitoreiro. Apenas dá dinheiro, mas não dá nenhum estímulo para que a pessoa possa galgar outro patamar na estrutura da sociedade.

Um entrevistador também quis saber sobre sua saída do PT em 2005.

Resposta:

– Saí porque achei que o partido não estava trilhando a estrada que havia traçado no seu nascedouro. Ele deixou de representar o povo. Pode até ter o voto do povo, mas representa os interesses daqueles que o comandam.

Enfim, Hélio Bicudo não reconheceu que deu um passo errado ajudando a fundar o PT e nele militando por 25 anos: Ele saiu porque o PT, a seu ver, ingressou pelo liberalismo, abandonando a rota do socialismo.

Hélio Bicudo saiu do PT porque ele era mais petista do que o Partido dos Trabalhadores.

Tanto assim é que, desligando-se do PT em 2005, permaneceu sem partido até hoje, 31 de julho de 2018, dia de sua morte.

Por sua integridade, honestidade, combatividade, cultura e tantos outros predicados, trata-se de personalidade respeitável, merecedor de homenagens mesmo pelos que eventualmente discordam de algumas de suas posições políticas.

26 Comentários

    • Um dos autores do pedido que lev ou ao “impeachment” de Dilma Roussef, Hélio Bicudo teria declarado que a responsabilidade pelo que acontece no país deve ser associada a Temer, neste momento, e não aos ex-presidentes Lula e Dilma.
      Mas o momento não é para levantar bandeiras e sim para lamentar a saída de cena do importante jurosta e defensor dos direitos humanos, que teve coragem de enfrentar o eEsquadrão da Morte que agie em São Paulo em plena ditadura militar.

  1. ja discutia com helio bicudo mesmoantes de o pt tersido reconhecido como partido e sempre o achei um safado e hoje mesmo apos sua morte continuo o achando um safado , que tem uma enorme culpa pela situaçao mediocre que o brasil viveu a partir do seculo vinte e hum , como a sexagesima posiçao , no IMD , suiço ,dentre os sessenta e tres paises listados , ficando a frente apenas da croacia , mongolia e venezuela , portanto um safado continua sendo um safado , mesmo quando morto , pois e apenas mais um safado que deixou de existir , mas sua safadeza continua presente , que o diabo tenha helio bicudo , como tambem ja tem o safado thomas bastos mais um dos promovedores da carnificina , contra os verdadeiros trabalhadores , que o brasil vive hoje , espero que o cardeal do capeta dom claudio humes va fazer companhia a estes safados o mais breve possivel , safado o e safado vivo , ou morto , assim como stalin hitlesr mussoline , che guevara ou fidel castro .

  2. Pronto!…Goiano falou coerentemente desta vez.
    O PT inicialmente tinha uma identidade que foi perdendo a medida que seu projeto de poder foi se consolidando.
    Hoje o PT não existe: nem como partido nem como ideia. Seus componentes vivem surrealmente uma utopia desgastada pela catarse do que já foi (sem ter sido) e o almejado, a qualquer custo, encontrou uma parede que tá sendo difícil transpor.
    Aliás!…esse país de “banânia” é um celeiro de piada pronta, tanto política como pelo políticos.

    • João Neto, nem estou querendo muito falar sobre política no momento em que lamentamos a morte dessa personalidade extremamente política, o Hélio Bicudo, de tantos títulos. Mas… dizer que o PT não existe como partido político é querer tapar o sol com vidro transparente e sem aplicação desequer de filme fumê e não vale nem como retórica, figura de linguagem, ironia, sátira ou deboche.

  3. Sim, Bicudo, merece as homenagens que certamente receberá; pela coragem, e coerência demonstradas em tantas décadas de atuação.

    Quantos à sua saída da do PT, muito ainda será dito.

    Entre outras razões apontadas pelo próprio, estão o aparelharemos do estado; a hegemonia de Lula, que impede o surgimento de outras lideranças no partido, além da adesão às piores práticas na política. Também se mostrou decepcionado com o enriquecimento desproporcional do ex-presidente.

    Cometeu erros, como qualquer um, mas deixou um exemplo a ser seguido, sobretudo ao mostrar que caminhar com corruptos é uma opção. Sempre é possível dizer não .

    • Muitas críticas feitas ao PT são procedentes e tu próprio, Pablo, terminas considerando que todos cometem erros e é preciso colocar na balança. Na visão dos esquerdistas e petistas empedernidos, como eu, Hélio Bicudo cometeu graves erros na última década de sua existência por servir, inconscientemente, a interesses contrários aos do povo, minando o PT gravemente, não com suas críticas, pois ninguém é imune a elas, mas com suas ações que levaram à entrega do poder aos que não têm compromissos sociais acima dos interesses do grande capital.
      Entretanto, suas realizações públicas desde o período anterior à ditadura militar não devem deixar de ser consideradas na avaliação de sua trajetória.

  4. Olha, o cara sai dizendo que o PT deixou de representar o povo porque atendia demandas dos comandantes e isso não significa nada? Melhor: significa que ele saiu porque queria socialismo puro? Reconhecer que o Bolsa-familia é eleitoreiro é pensamento de socialista? Se esta cegueira fosse causada por catarata, mudava-se o cristalino e pronto. Mas, trata-se de uma cegueira incurável.

    • Vamos ler com atenção: – Não foi dito que o Hélio Bicudo “queria um socialismo mais puro”.
      Foi dito que ele queria “um PT mais puro” e que queria “um PT mais socialista”.
      Nas palavras dele:
      – Foi marcante aquela carta aos brasileiros que Lula escreveu antes da sua primeira eleição, demarcando uma posição muito mais para o neoliberalismo do que para o socialismo.
      Ou seja, como ele militava no PT desde a sua fundação e criticou a mudança de rumos do partido “muito mais para o neoliberalismo do que para o socialismo”, não hádúvida de que ele julgava pertencer a uma agremiação mais socialista do que qualquer outra coisa.
      Entretanto, há mais coisas entre o Céu e aTerra do que sonha a filósofa Vânia: – Hélio Bicudo parece ter, como diz que aconteceu com o PT, tmudado radicalmente de posição, quando serviu a forças muito contrárias aos interesses populares, ligando-se a Reale Jr. e a Janaína Paschoal para os fins que só interessavam ao grande capital, algo íntimo do que pensamos como liberalismo selvagem, o que foi condenadopor seus próprios filhos.
      Hélio Bicudo sofreu um AVC em 2010.

  5. Quando estamos vivos a morte não existe, mas, depois de mortos, quem não existe somos nós.
    Genial sacada de Epicuro.
    Se antes ele era alguém agora é ninguém.
    Diante da brevidade da vida é da irrelevância de ser alguém poderíamos lutar para ter vidas virtuosas.
    Se o defunto assim o foi, sabe-o sua consciência.
    Permanecerá um tempo na memória fugaz do povo e, um pouco mais, na dos que o amavam.

  6. A melhor frase de Hélio Bicudo foi:

    “O Lula se corrompeu e corrompe a sociedade brasileira como ela é hoje através da sua atuação como presidente da República.”

    Se redimiu a tempo de ter fundado a organização criminosa chamada PT.

    • Não encontrei em lugar algum a declaração de Hélio Bicudo de que tenha se arrependido de ter ajudado a fundar o PT, até porque ele mesmo declarou – os vídeos estão disponíveis no YouTube – que não foi fundador do Partido. Ele diz que resolveu, com o amigo Plínio Sampaio, filiar-se ao PT por ter o partido surgido “com a mensagem de resgatar as populações mais humildes, nessa linha”. Depois, vinte e cinco anos depois, resolveu sair.
      Esta correção se faz necessária uma vez que o próprio Hélio Bicudo a pronunciou.
      Enfim, não se pode arrepender de algo que não se fez…

      • A frase sobre o Lula (essa ele disse) redime H Bicudo de ter pertencido ao PT. Se ele saiu é porque se arrependeu.

        Tá bom assim Goiano?

        Redimir

        • Não, não tá bom assim, João Francisco: eu acabo de absorver uma omelete feita com quatro ovos e uma lasca de queijo, acompanhada de uma salada de alface, tomates e palmito e batatas fritas. Quando me ofereceram a sobremesa, que adoro, de doce de figo em caldas com creme de leite, tive de recusar porque não aguentava mais. Mesmo assim não me arrependi de ter comido a maravilhosa omeleta com seus acompanhamentos.

          • Juequim, defendo Lula, The Guy! Será provado que ele não praticou atos de corrupção, tanto quanto está demonstrado que no processo em que ele foi condenado os juízes basearam-se na assertiva de que nesses crimes de corrupção é comum não haver provas porque os crimes são praticados cuidadosamente para não deixar provas de modo que precisamente o fato de não haver prova constitui a prova do crime.

  7. goiano, apenas uma pergunta, o que voce realmente conhece da fundaçao do pt , que aconteceu em santo andre e nao em sao bernardo do campo, o que voce viveu da vida de helio bicudo que sempre foi defensor de criminosos , conhece algum artigo dele criticando a criminalidade ou entao o terrorismo que explodiu mario koesel filho ,voces sao uns imbecis que conhecem estorias e nao que viveram historias como eu, que vivo e trabalhei ate aposentanos quadros da metalurgia no abc , conhece pessoalment cicero firmino da silva , o martinha , conheceu ou conhece paulo vidal neto , que foi o primeiro trouxa a ser enganado pelo safado lula la nos idos de 1975 , conheceu tambem o santista, que morreu em um acidente estranho, como tantos outros ligados ao sindicalismo , na descida da anchieta , conheceu o safado dom claudio humes quando ainda era bispo de santo andre , entao caso nao tenha vivenciado isto nao use o que voce e, para julgar os outros , alem do mais como advogado que voce diz ser , deveria saber que injuria , e quando voce acusa alguem de algo que a pessoa nao fez ou praticou , ,mas para quem conhece ,um pouco de historia do brasil e honesto e nao e vagabundo ,sabe perfeitamente , mesmo que nao conhecesse helio bicudo como eu o conheci , que tudo que eu disse e a realidade , inclusive com videos do enorme ativismo de helio bicudo a favor da criminalidade e terrorismo , e contra os brasileiros honestos e trabalhadores deste pais , mas afinal, as ongs de direitos dos manos apenas apodreceram ainda mais nestes ultimo quarenta e poucos anos, e como resultado disto colhemos mais e cincoenta e cinco mil mortes de pais de familia , donas de casa e maes de familia e estudantes , nas maos dos criminosos , que helio bicudo defendia desde os idos da decada de setenta, defender criminosos e associaçao com estes sempre fez parte da esquerdopatia no brasil , tanto mais que o pcc, e segundo relatorios confidencias, a somatoria da criminalidade comum , com os terroristas presos em celas comuns a epoca dos governos militares , e sendo assim temos um crime organizado com base terrorista , e vemos a comprovaçao disto no dia a dia , portanto nao critique sem conhecer , pois como eu sempre digo A HISTORIA E A MADRASTA DAS ESTORIAS , e voce e um otimo contador de estorias.

    • Alberto, dizes que sabes e conheces o que, parece, só tu sabes e conheces. Quando se pesquisa sobre esses fatos que alegas nestes comentários aí em cima, nada é possível encontrar que confirme tuas alegações.
      Eu não digo que sou advogado, eu sou advogado, embora afastado das atividades mantenho minha inscrição na OAB ativa.
      Sobre os chamados crimes contra a honra, já falamos muitas vezes aqui no Jornal da Besta Fubana; e é preciso saber que no caso da injúria não cabe a exceção da verdade, cabível no caso de calúnia, quando se imputa a alguém fato criminoso e o que pretensamente caluniou pretende provar que disse a verdade. Na difamação a exceção da verdade só cabe em alguns poucos casos previstos na lei.
      Portanto, caluniou, só poderá livrar-se da pena de calúnia se usando da exceção da verdade puder provar que o que disse é verdadeiro. Na difamação (salvo as exceções citadas) e na injúria o simples fato de falar merda já pode confiurar crime.
      Mas não é simples assim: entra em cena, também, o ânimo de ofender, o desejo de denegrir a honra alheia , circunstância que muitas vezes leva o advogado a desaconselhar a propositura de ação, pois a demonstração do animus ofendi por vezes é complicada.

  8. a sim goiano, adoro as discussoes no cara a cara, olho no olho, pois assim quereria ver voce sem precisarusar escudos literarios, tentar mangar, como se diz la no nordeste, de pessoas que o colocam sem respostas , respostas sucintas e com dados sao sempre as que nao teem contradiloes , ou como dizia um tambem findador do pt o velho cicote , um e um dois e dis , e vamos tomar uma .

    • Alberto, tanto eu me animo nos debates quanto outros o fazem, e já cansei de ser chamado até de bonito aqui no Jornal da Besta Fubana!

  9. a sim talvez voce encontre como o lula perdeu o dedo em um torno hbx , as pessoas e fatos citados sao de reunioes preliminares , e por falar em reunioes preliminares sabe quem foi o idealizado do pt , conheces ou vistes alguma pesquisa sobre mauricio soares , ou sobre o estagiario de advocacia do sindicato almir pazianoto sabes tambem da reuniao ou vistes em alguma pesquisa de um enontro de lula e joseph o nei , no dia 19 de abril , de 1977 , na madrugada regada a uisque , no escritorio da ford brasil na avenida taboao ,no barro do rudge ramos, pouco dias antes da ford brasil demitir mais de 2700 empregados sem que o sindicato se manifestasse , vistes tambem em pesquisa a grev da ford , promovida pelo sindicato , quanto os seguranças da empresa pegaram alguns funcionarios da comissao de fabrica , foram pegos roubando , sabes tambem pelas suas pesquisas o numero de funcionarios que havia no sindicato na gestao paulo vidal neto , e que foram demitidos posteriormente na gestao do lula , sabes tambem por pelas suas pesquisas , que o estatuto do sindicato , nao permitia , reeleiçao sem hiaos de presidentes, sabes tambem pela sua pesquisa , o numero de associados , pelo menos aproximado do sidicato em 1974 , quando foi eleito , sabes quem concorreu com ele , sdeve saber pelas suas pesquisas quando foi mudado o estatuto do sindicato que precisava no minimo da metade mais hum dos votos de todos os associados , e com quantos votos e horario foi mudado o estatuto e escorado em que ,deve saber tambem ,pela suas pesquisas , quem entregou a chave do sindicato dos metalurgicos de sao bernardo e diadema, ao interventor , talvez em suas pesquisas voce encontre as visitas de lula ao escritorio do entao diretr da villares equipamentos , paulo villares , e suas pesquisas tamem deve mostrar o salario de um torneiro mecanico , na villares , , aguardo as suas pesquisas e com as fontes de onde as tirou minha ou foram pessoais ou de colegas que conviveram e trabalharam com lula , pois afinal a minha area de trabalho dentro das empresas, era chamada de dona candinha .

  10. Revirei a Internet procurando coisas ruins sobre o Lula e encontrei o seguinte:

    Em 1968, durante a ditadura militar, Lula filiou-se ao Sindicato de Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema. Lula relutou em filiar-se e candidatar-se, pois à época tinha uma visão negativa do sindicato e seu grande lazer era jogar futebol. Apesar de não ter qualquer experiência sindical, já era apontado como pessoa com espírito de liderança e carisma. Convencido a integrar a chapa, sob influência de seu irmão, José Ferreira da Silva – conhecido como Frei Chico, militante do Partido Comunista Brasileiro e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano do Sul – Lula foi eleito, em 1969, para a diretoria do sindicato dos metalúrgicos da cidade, dentre os suplentes, continuando a exercer suas atividades de operário.
    Em 1972, elegeu-se 1º secretário do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema, continuando a exercer suas atividades de operário. Na época, foi criada, no sindicato, a Diretoria de Previdência Social e FGTS, que lhe foi atribuída. Ao ser eleito, ficou à disposição do sindicato, cessando suas atividades de operário. Sua atuação na diretoria lhe deu grande destaque, sendo então eleito presidente do mesmo sindicato em 1975. Ganhou projeção nacional ao liderar a reivindicação em 1977 da reposição aos salários de índice de inflação de 1973, após o próprio governo reconhecer que aquele índice havia sido bem maior que o inicialmente divulgado e então utilizado para os reajustes salariais. Apesar de ampla cobertura na imprensa, ainda na vigência do AI-5, o governo não cedeu aos pedidos. Reeleito em 1978, passou a liderar as negociações e as greves de metalúrgicos de sua base que passaram a acontecer em larga escala a partir de 1978 e que haviam cessado de ocorrer desde o endurecimento repressivo da ditadura militar na década anterior.
    Por liderar as greves dos metalúrgicos do Região do ABC no final dos anos 1970 e início dos anos 1980, Lula foi preso, cassado como dirigente sindical e processado com base na Lei de Segurança Nacional.
    Em 1980, no curso de uma greve no ABC paulista, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo sofreu intervenção aprovada por Murilo Macedo, então ministro do Trabalho do general João Batista Figueiredo, e Lula foi detido por trinta e um dias nas instalações do DOPS paulista. Em 1981, a Justiça Militar o condenou a três anos e meio de detenção por incitação à desordem coletiva, tendo porém recorrido e sido absolvido no ano seguinte.
    Durante o movimento grevista, a ideia de fundar um partido representante dos trabalhadores amadureceu e, em 1980, Lula juntou-se a sindicalistas, intelectuais, representantes dos movimentos sociais e católicos militantes da Teologia da Libertaçãopara formar o Partido dos Trabalhadores (PT), do qual foi o primeiro presidente.
    Em 1982, Lula participou das eleições para o governo de São Paulo e perdeu.
    Em 1984, Lula participou, ao lado de Ulisses Guimarães, Fernando Henrique Cardoso, Eduardo Suplicy, Tancredo Neves, entre outros, da campanha Diretas Já, que clamava pela volta de eleições presidenciais diretas no país.
    Em 1986, Lula foi eleito deputado federal por São Paulo com a maior votação para a Câmara Federal até aquele momento, tendo participado da elaboração da Constituição Federal de 1988.
    Em 1989, realizou-se a primeira eleição direta para presidente desde o golpe militar de 1964. Lula se candidatou a presidente e ficou em segundo lugar.
    Apesar da sua derrota em 1989, Lula manteve sólida liderança no PT, bem como prestígio internacional.
    Em 1994, Luiz Inácio Lula da Silva voltou a candidatar-se à presidência e foi novamente derrotado.
    Em 27 de outubro de 2002, Lula foi eleito presidente do Brasil.
    Em 29 de outubro de 2006, Lula é reeleito no segundo turno.

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa