Em parecer encaminhado ao Supremo Tribunal Federal, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestou contra um dos pedidos de liberdade feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo ela, foi somente graças à atuação de Lula que o esquema de corrupção na Petrobras, investigado na Operação Lava-Jato, ganhou grandes proporções.

* * *

Vou transcrever dois trechinhos do fuderosíssimo texto que a Dra. Raquel Dodge assinou sobre Lapa de Corrupto:

“Luiz Inácio Lula da Silva, valendo-se do seu cargo assim como da sua posição no cenário político nacional, não apenas orquestrou todo o esquema de arrecadação de propinas oriundas da Petrobras por diversos partidos, como também atuou para que seus efeitos se perpetuassem, nomeando e mantendo em cargos de direção da mencionada empresa estatal pessoas comprometidas com atos de corrupção e que efetivamente se corromperam e se omitiram em seu dever de ofício de impedir o resultado criminoso”.

“Foi somente em razão da atuação de Luiz Inácio Lula da Silva, comprometida com seus interesses particulares, que tal esquema ilícito foi capaz de assumir essas proporções. Ele, conforme exposto à exaustão ao longo da peça, foi responsável diretamente por nomear, para altos cargos da Petrobrás, pessoas sabidamente comprometidas com atividades de corrupção, atuando, ainda, para manter tal situação. Essas circunstancias tornam os crimes cometidos pelo ex-presidente de rara gravidade”.

Ela citou os nomes de alguns guabirus de alta patente que Lapa de Corrupto nomeou como diretores da Petrobras:

“Repise-se: Paulo Roberto Costa, Renato Duque, Nestor Cerveró, todos já condenados por corrupção, foram nomeados Diretores durante o Governo de Luiz Inácio Lula da Silva”.

Ela lembrou também que Lapa de Corrupto foi eleito presidente “com um ferrenho discurso anticorrupção, alardeando sua honestidade e prometendo combate aos dilapidadores dos cofres públicos” e “em virtude de sua retórica de probidade e retidão“.

E também disse que “tais fatos elevam sobremaneira o grau de censurabilidade da conduta do recorrente e devem ser punidos à altura“.

Quem quiser se deliciar e ler na íntegra a cacetada de Raquel Dodge, uma goiana que se formou em Direito na Universidade de Brasília e fez Mestrado em Harvard, basta clicar aqui.

Garanto a vocês: é uma formidável pajaraca de grosso calibre, com 13 palmos de comprimento e 13 cm de diâmetro, lascativamente empurrada no furico de Lapa de Corrupto.

Vale a pena ler.

“Tô fudido. A dotôra butô no meu cu sem vasilina e sem cuspe”

4 Comentários

  1. O tiro do Lula e do PT saiu pela “cúlatra”, o pobre menino de garanhúns, vai ter que cumprir sua pena em Coritiba, cidade fria e rodeada de coxinhas por todos os lados. Partiu fudeu Lula!!!!

  2. A Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, colocou a última pá de cal na cova do presidiário e inelegível Lula. Pois bem!!! O que grande parcela da população não sabe é que existe uma diferença entre candidato sub judice e candidato inelegível. Sub Judice é aquele candidato que tem sua elegibilidade sujeita a apreciação da justiça (NÃO É O CASO DE LULA). Inelegível é o candidato que já foi condenado em segunda instância, conforme estabelece a Lei da Ficha Limpa. (É o caso de Lula). O PT quer induzir as pessoas a pensar que o Seboso de Caetés está sub Judice, POIS NÃO ESTÁ!!! Sub judice uma ova!!! Ele está é inelegível!!! Toda esta encenação é uma falácia da putada petralha.

    O perigo que corre é que temos alguns ministros no Supremo tipos o Toffoli dirceusista, o Malandrosky e o beiçola Gilmar Mendes – que sempre se mostraram alcoviteiros de ladrões, de estupradores, de traficantes e de toda a laia de criminosos. Favorecerem um bandido a mais ou um bandido a menos do porte do presidiário e inelegível Lula não faz a menor diferença para “eles”…

    P.S.: – O CHORO É LIVRE… LULA NÃO!!!

  3. A Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, colocou a última pá de cal na cova do presidiário e inelegível Lula. Pois bem!!! O que grande parcela da população não sabe é que existe uma diferença entre candidato sub judice e candidato inelegível. Sub Judice é aquele candidato que tem sua elegibilidade sujeita a apreciação da justiça (NÃO É O CASO DE LULA). Inelegível é o candidato que já foi condenado em segunda instância, conforme estabelece a Lei da Ficha Limpa. (É o caso de Lula). O PT quer induzir as pessoas a pensar que o Seboso de Caetés está sub Judice, POIS NÃO ESTÁ!!! Sub judice uma ova!!! Ele está é inelegível!!! Toda esta encenação é uma falácia da putada petralha.

    O perigo que corre é que temos alguns ministros no Supremo tipos o Toffoli dirceusista, o Malandrowisky e o beiçola Gilmar Mendes – que sempre se mostraram alcoviteiros de ladrões, de estupradores, de traficantes e de toda a laia de criminosos. Favorecerem um bandido a mais ou um bandido a menos do porte do presidiário e inelegível Lula não faz a menor diferença para “eles”…

    P.S.: – O CHORO É LIVRE… LULA NÃO!!!

  4. ora, ora,
    se É
    o DECA-MAIOR LADRÃO DA HISTÓRIA DA HUM,ANIDADE,
    se É
    o Detento 700004553280, na Solitária por Alta Periculosidade,
    se É
    um ENJAULADO e ENGAIOLADO por ser UM MELIANTE, UM MARGINAL,
    não pode ser candidato nem a síndico de cortiço!
    pois, pois

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa