5 agosto 2018TROVINHAS ESCROTAS



Do Dr.Goyambú Bigeyes

17 Comentários

  1. Ah!, ela enfiou-lhe o cabo? Que está acontecendo nobre Advogado ,Psicólogo, Escritor , Compositor , Cantor e Arranjador …………. de confusão? No momento que mais assunto se tem, tu postas bos………. digo isto?. Estas decepcionando a renca de coxinhas que esperam tuas frenéticas defesas do molusco. Ao menos em consideração a quem te leu e se ofendeu , não podes colocar um pouco de música de boa qualidade?. Juntaste tudo nesta ordem , o escroto, o cabo,sexo anal,cagar………………. fizestes parte do espetáculo de Garanhuns?.

  2. Meu caro, não se pode ser feliz o tempo todo.
    Estou no Rio, fiquei sem tempo de completar com Goyambú, as Trovinhas Escrotas, muitas ainda virão em profusão, como um jorro de sêmem, só que nos comentários ficam prejudicadas pela impossibilidade de serem entiquecidas com belas imagens de canhão, passarinho trepando, essas coisas Voltarei a falar de coisas importantes. Por enquanto o querido Goyambú compartilha mais uma Trovinha Escrota:

    Para apagar minha mágoa
    Escrevo este verso fraco
    O peixe vive na água
    Minhoca no seu buraco

  3. Paty Not Set do Alferes, 05/08/2018

    Goiano é um talento!!!!!
    Mandou muito bem. Continue nesse caminho das trovinhas que vai bem melhor do que com trovoadas politicas.
    Parabéns!!!!!

    • GOIANO: Temer está sendo comido agora por Marcela, por não poder mais dar no couro! Pelo que sei, tem um sujeito comendo ela na punheta: Altamir Pinheiro!

      As Trovinhas Escrotas estão trovas!

      • Hehehe, me lembrou da corrida dos espermatozóides, quando o que corria na frente gritou o alerta para os que o seguiam:
        – Pára que é punheta!

  4. Um amigo, apelidado Rivinha, deu sua sugestão para mudar o final de uma das trovas.

    Ficou assim:

    Em vez de chorar sorri
    Em vez de odiar amei
    Em ver de parar corri
    Em ver de gozar mijei

    Hahaha

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa