Gilberto Gil diz a Moro que não sabia de corrupção no governo Lula

O cantor Gilberto Gil, ministro da Cultura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de 2003 a 2008, nega ter tido conhecimento de qualquer ato ilícito envolvendo o petista quando ocupava o cargo.

Ele prestou depoimento ao juiz Sergio Moro, na manhã desta quinta-feira (9), como testemunha de defesa de Lula na ação que envolve o sítio de Atibaia (SP).

* * *

O fubânico petista Ceguinho Teimoso também não sabia que houve corrupção no governo Lula.

Também durante o governo Lula, garante Ceguinho, não houve assalto, arrastão, estupro ou qualquer outro ato de violência no Rio de Janeiro.

Aqui em Recife tem um cabra, um médico militante comuno-luleiro, mais conhecido por Dotô Antão, que garante que nunca soube de ditadura ou de presos políticos em Cuba.

A ingenuidade ideologeira e a não-sabença são marcas marcas características dos devotos lulaicos.

“Eu não vi nada de corrupção no governo de Lula”

9 Comentários

  1. Peço licença ao Berto para copiar aqui um texto do Marcelo Faria, do Ilisp (Instituto Liberal de São Paulo).

    “Se você gasta seu tempo defendendo político cegamente e atacando quem o critica, tenho uma notícia para você.

    Você é trouxa.

    E não, não importa se o partido dele é amarelo, vermelho, branco, azul ou cor de burro quando foge. Se lembra ave, mortadela, patriota ou os cambau.

    Você gasta seu tempo defendendo-o? Você é trouxa.

    Primeiro: ele é um ser humano. Não é Deus, não é um “mito”, não é seu “pai” ou “mãe”, não é o “salvador da pátria”, não é seu parente, nem seu amigo. Ele erra, faz bobagem, fala m… e tudo o mais.

    Segundo: a chance dele seja apenas mais um pilantra vivendo às custas do seu dinheiro é enorme. Coisa de 99,99% de probabilidade.

    E não, não importa se veio do Caixa 1, Caixa 2, se é tripléxis, imóvel na Barra, flat no Morumbi ou cobertura em Paris. Se está no papel, na lista da Odebrecht, no cartório ou na delegacia.

    Foi obtido às custas do seu dinheiro. Você continua defendendo?

    Você é trouxa.

    Só há dois motivos para você apoiar – veja bem, apoiar, não sair por aí que nem um imbecil defendendo cegamente – um político e, mesmo assim, com o pé bastante atrás:
    1. Você tem um ganho pessoal e constante com isto, como o assessor que vive de fundo partidário e gasta horas defendendo sua razão de sustento.
    2. Ele afirma que irá trabalhar para reduzir as chances dos próximos viverem às custas do seu dinheiro.

    Sendo o ponto 1 (utilitário e questionável) óbvio, cabe esclarecer o ponto 2: não basta promessinha feita alguns meses antes das eleições. Cartinha. Discursinho em meio de “pré-campanha”. Tudo isto é muito fácil de fazer.

    A trajetória dele tem que ser coerente com o que promete.

    Diz que deseja reduzir o estado, mas passou décadas vivendo às custas dele e votando por mais estado? É um farsante.

    Diz que deseja reduzir impostos, mas quando esteve no poder abriu as porteiras do estado para os amigos e parentes mamarem junto? É um pilantra.

    Diz que deseja menos burocracia, mas a única coisa que fez com a caneta na mão foi aumentar regulações estatais? É fake.

    Não tem “mas”, não tem “veja bem”, não tem “ain você só está falando isto porque apoia x ou y”.

    O fato é um só: a não ser que você o faça por ganho pessoal ou haja uma real chance dele reduzir a interferência de políticos e burocratas na sua vida e no seu bolso, lastreada por uma trajetória de vida condizente, esta sua defesa cega de político só significa uma coisa.

    Você é trouxa.

    • Na verdade, o texto transcrito pelo Ex-Microempresário é claramente dirigido a nós, trouxaslulistas e petistas. Ele tenta parecer uma pessoa equilibrada, imparcial, não partidária, e por isso fala coisas como seja azul, roxo, vermelho ou amarelo; mas não há dúvida de que ele se dirige à galera da banda indecente deste País, que somos nós, os escrotos e safados que amamos as causas populares e damos uma banana para enfiar no rabo dos chamados liberais de merda, esses que querem fuder com os direitos trabalhistas, lascar com a previdência social, deixar os pobres à própria sorte e entregar a riqueza brasileira nas mãos do grande capital.
      Sim, é claro, é possível desenvolver assim, a níveis chineses, montando nas costas da população fudida.

      • Era inevitável que a carapuça servisse. Para não queimar mais fosfato explicando o que qualquer brasileiro alfabetizado já deveria saber há muito tempo sobre conceitos econômicos, vou copiar outro texto. É de um comentarista (anônimo) de outro site, foi escrito logo após a derrota do Freixo na última eleição municipal.

        “O Socialista é aquele tipo que se acha superior a todos porque diz que ele pensa nos pobres, só que ele quer a revolução sem perguntar o que os pobres acham, pobre não gosta de comunista, pobre gosta de dinheiro, pobre quer ter Iphone, pobre quer ter um carro no talão em 84meses, pobre gosta de churrasco todo domingo, pobre gosta de ostentar, de ter mais que o vizinho, de tirar onda mesmo.

        Quem gosta de comunismo é esse pessoal que ja teve tudo na vida, foi pra Disney, mora na zona sul, vai la aplaudir o por do sol todo dia, não se preocupa com as contas no final do mês porque ta tudo no debito automatico.

        Tem coisa mais capitalista do que isso? Pobre joga no jogo do bicho, joga na megasena, joga na aposta do futebol da praça, aposta caixa de cerveja, a galera troca de tudo nos grupos de troca do facebook, compram e vendem, negociam a vontade, lei da oferta e da procura bombando! Porteiros, serventes, operários em geral fazem rolos em passarinhos, relógios, cordoes pulseiras, fazem trocas, pegam o ônibus e vao na feira de caxias, no feira de acari, vao comprar e vender, tem coisa mais capitalista do que isso?

        Mas voce socialistinha que nunca viveu numa favela, que nunca correu do tiroteio no embate do trafico, voce não sabe o que é isso, voce é apenas um hipócrita que fica falando de amor como se só voce soubesse amar, fica falando mal de ganhar dinheiro, que dinheiro não traz felicidade, sabe porque voce fala isso? porque nunca te faltou dinheiro, nunca te faltou nada, voce não sabe o que é comer ovo com arroz todo dia na ultima semana do mês como eu ja passei em épocas passadas,

        Voce quer decidir a vida dos outros? quanta prepotência, quanta arrogância, Não foram os evangélicos que chutaram a bunda do candidato de vocês hoje, Foram os pobres! aqueles que sabem o valor do dinheiro, do trabalho, aqueles que ralam e economizam para ter suas coisas, que não querem e nem recebem coisas de mão beijada.

        Quando forem falar em nome dos pobres, perguntem a nós se vocês podem fazer isso, porque ninguém e obrigado a aceitar a hipocrisia de vocês.

        Falam em nome das mulheres, mas não botam nenhuma de frente, Falam em nome dos negros e não botam nenhum de frente,

        Falam em nome dos pobres mas sequer perguntam o que queremos.

        A Prepotencia, a arrogância, a campanha de baixo nível teve sua reposta hoje nas urnas e não foi o voto dos evangélicos que fizeram vocês perder, Foi o que vocês são, mais nada!”

  2. Ninguém, nem tu, nem eu, nem eu. Quem sabia da corrupção eram só os corruptos. Só ficaste sabendo da corrupção quando a coberta começou a ser levantada pelas denúncias de Venina Velosa da Fonseca no Fantástico.
    Quem sabias antes, devia ter delatado, ou cálice para sempre.
    Quanto à diminuição da violência, da mendicância, da ação de trombadinhas e de moradores de rua no Rio, durante os governos do PT, antes da crise que resultou no aumento exponencial do desemprego no País, sou testemunha viva, morei na cidade uma parte do tempo e em outra gtande parte resido a sessenta quilômetros de lá, onde vou freqüentemente.
    Me contaram que no Recife também foi assim, mas esse testemunho não posso dar, dê quem mora aí de 2003 em diante.
    Entretanto, os índices de violência, apurados por quantidade de assassinatos por cem mil habitantes, não sofreu muita alteração nos governos petistas, embora os investimentos em segurança pública tenham dobrado enquanto Lula foi presidente de 2003 a 2010 (4º Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública).

  3. O fato de Gil ter sido que não sabia, não significa que não houve. Gil se decepcionou. Com o salário de ministro, R$ 8 mil na época. Mas, Fagner fez um comentário interessante: Gil aumenta o cachê dos seus shows.

    Quanto ao texto ele se adapta a qualquer um que coloca a paixão acima da razão.

  4. Se existe um político que não saiba da corrupção neste país com certeza não é um político brasileiro. Não me esqueço de um cara que antes de ser eleito falava “nóis num roba e num deixa robá”, depois de eleito foi preso por roubar e ainda convidar outros políticos e não políticos para roubarem! E ainda tem gente que o defende!!!!!!

  5. Eu já sabia da corrupção do governo Lula desde o mensalão, portanto muito antes da Venina no Fantástico.

    Quem não percebeu ou era cego ou trouxa.

    O Lula a princípio pediu desculpas na televisão, dizendo que não sabia de nada e fora enganado.

    Depois de julgados e condenados os enganadores no STF disse que não houve nada.

    Os trouxas acreditaram acreditaram novamente.

  6. como todo petista , gilberto gil sodisse a verdade ele nao viu , nenhuma corrupçao no governo lula , pois afinal de contas corrupçao nao se ve ,se houve falar , pois dinheiro de corrupçao nao transita em contas bancarias sujeitas, a controle e auditorias bancarias e fiscais , e ainda seguindo esta linha do petismo tem tambem aquela maxima, o que os olhos nao veem o coraçao , nao sente , e portanto ser cumplice de criminosos corruptos , nao os deixam constrangidos …e no brasil a comprovaçao desta cumplicidade se da naqueles que alegam que votam ou votariam em criminosos corruptos, simplesmente porque , irao levar alguma vantagem sem se preocupar como o futuro , o que nos garantem o terceiro mundismo que vivemos , portanto nao pensam nem em seus filhos e netos , e muito menos no futuro do pais , um eleitor de um corrupto , principalmente se este desmascarado , e portanto um, inimigo, e traidos da patria , pois luta contra este pais .

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa