11 setembro 2018 CHARGES

MIGUEL

11 setembro 2018 COMENTÁRIOS SELECIONADOS

EDITOR SEM CORAGEM

Comentário sobre a postagem A GRANDE MÍDIA BANÂNICA

RMBrizeno:

“Berto essa tua gazeta escrota tem preferencia por bandidos?

Gostaria de ver divulgado aqui no JBF á capivara do capitão terrorista.

WIKPÉDIA/BOLSONARO.

Quero vê tua coragem!”

* * *

Nota do Editor:

Peço ao estimado leitor RMBrizeno que informe a este Editor o que vem a ser “á capivara do capitão terrorista“.

Divulgarei com muito gosto.

Quero “vê” sua ajuda, meu caro leitor.

Aliás, você mesmo pode usar à vontade o espaço desta gazeta democrática pra nos dizer que danado é isto.

Sem cortes, censura ou restrições, uma norma que é do conhecimento de todos que frequentam este ambiente escroto.

Use e abuse.

E pode esculhambar todo e qualquer bandido que quiser.

11 setembro 2018 CHARGES

BENETT

NO PINGO

11 setembro 2018 CHARGES

VERONEZI

11 setembro 2018 DEU NO JORNAL

GOSTOSÃO EM CAMPANHA

A apresentadora da TV Globo Fátima Bernardes e sua família estão empenhadas na eleição do namorado de Fátima, Túlio Gadêlha, como deputado federal por Pernambuco.

Ela e Gadêlha estão juntos desde novembro de 2017.

Fátima, seu pai, sua filha e o primo do ex-marido dela, o apresentador do Jornal Nacional William Bonner, fizeram doações em dinheiro à campanha de Gadêlha pelo PDT.

A apresentadora aportou 5.000 reais na campanha do namorado, divididos em um depósito de 1.000 reais em espécie e 4.000 reais em uma transferência eletrônica.

O pai de Fátima, Amâncio da Costa Bernardes, doou 4.500 reais ao genro, enquanto Beatriz Bernardes Bonemer, filha de Fátima Bernardes e William Bonner, deu 150 reais à campanha, mesmo valor doado pelo ator Hugo Bonemer, primo de Bonner.

Fátima Bernardes e Túlio Gadêlha

* * *

Este cabra é não apenas um pajaraca-doce.

É também um pajaraca que sabe investir (“investir” no sentido de “atacar“, não custa nada esclarecer…).

Até a família do enfeitado ex-marido de Fátima se rendeu aos encantos do lindinho e fez doações pra sua campanha! (Eu disse “enfeitado” no sentido de elegante, bem vestido…)

Quero informar ao irresistível candidato gostosão que o JBF está inteiramente às ordens pra entrar na campanha dele.

Por qualquer pixuleco, qualque minxaria, uns poucos tostões, um tiquinho só de dinheiro, estamos inteiramente às ordens.

E se Fátima Bernardes fizer propaganda desta gazeta escrota no programa dela, em edição nacional, dizendo que o Jornal da Besta Fubana é a melhor publicação da internet e, mais ainda, convocando os seus telespectadores para que façam doações generosas em dinheiro, aí a gente faz campanha pro namorado dela 24 horas por dia!!!!

Palavra dada, compromisso assumido.

11 setembro 2018 CHARGES

AMARILDO

11 setembro 2018 HORA DA POESIA

A CRISTO NOSSO SENHOR CRUCIFICADO – Gregório de Matos (1623-1696)

Meu Deus, que estais pendente de um madeiro
em cuja lei protesto de viver,
em cuja santa lei hei de morrer
animoso, constante, firme e inteiro:

neste lance, por ser o derradeiro,
pois vejo a minha vida anoitecer,
é, meu Jesus, a hora de se ver
a brandura de um pai, o manso Cordeiro.

Mui grande é o vosso amor e o meu delito:
porém pode ter fim todo o pecar,
e não o vosso amor, que é infinito.

Esta razão me obriga a confiar,
que, por mais que pequei, neste conflito
espero em vosso amor de me salvar.

11 setembro 2018 CHARGES

MARIANO

11 setembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

A GRANDE MÍDIA BANÂNICA

É espantoso constatar a que ponto chegou a esculhambação nas instituições desta República Federativa de Banânia.

A manchete abaixo foi publicada num dos maiores e mais tradicionais jornais do país, logo após a divulgação de pesquisa para eleição presidencial. 

Pesquisa feita pelo Instituto DataFolha.

Detalhe: o DataFolha é uma instituição de propriedade deste mesmo jornal que publicou a manchete.

Vejam que lindo:

A palavra “comoção” (que ironicamente rima com “isenção”) já resume tudo.

A palavra “erros” complementa a “isenção” da notícia.

A expressão “não pega” tá parecendo coisa de redação de jornaleco partidário, escrita por adolescentes rebeldes.

Como se não bastasse o tolôte jornalitiqueiro, ainda tem mais aquela frase no final, dando boas notícias para o bando criminoso que usa a sigla partidária de PT:

“Datafolha traz boas notícias para Haddad”.

Claro que, em sendo uma instituiçao vermêio-istrelada, o DataFolha só poderia mesmo trazer boas notícias para o poste petista.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!

A Folha de S.Paulo, um jornal quase centenário, que carrega uma responsabilidade de 97 anos nas costas, virou simplesmente um covil de militantes e idiotinhas imbecilizados pela ideologia zisquerdóide.

Um pasquim de quinta categoria, tomando partido e se metendo em campanhas políticas.

Me lembro de um passado recente, quando o Manual de Redação da Folha era uma espécia de Bíblia para jornalistas e estudantes de jornalismo.

Um livreto que era assim como que uma espécie de código de ética, que ensinava a isenção e a dignidade no sagrado ofício de informar os leitores.

Hoje em dia, com o zisquerdismo petralhal que domina a publicação, o  manual folhetinesco deve ter a seguinte capa:

Francamente, este nosso putárico Jornal da Besta Fubana – um ambiente escroto, sujo e depravado -, perde de longe pra escrotidão, pra sujeira e pra depravação que hoje em dia domina a Folha de S.Paulo.

Vamos dedicar uma linda musiquinha pra todos os componentes da redação deste papel de limpar cu que usa o nome de folha.

11 setembro 2018 CHARGES

J. BOSCO

11 setembro 2018 DEU NO JORNAL

NUM INTENDI…

O ex-governador do Paraná Beto Richa, candidato ao Senado pelo PSDB, foi preso na manhã desta terça-feira pelo Gaeco em Curitiba, no Paraná.

Beto Richa é alvo de duas operações: uma realizada pelo Ministério Público do Paraná, pela qual foi preso, e outra da Polícia Federal, em uma nova fase da Lava Jato.

Na 53ª etapa da Lava Jato, a casa de Beto Richa foi alvo de mandado de busca e apreensão.

* * *

Ué…

Agora fiquei confuso…

Eu pensei que a Lava Jato só “perseguisse” Lula e o PT.

Num sabia que tucano também poderia ir pra cadeia pelas mesmos crimes dos petêlhos.

Quebrei a cara.

A Polícia Federal fez busca e apreensões no triplex de Richa!!!

Engaiolaram também a esposa, um irmão e mais um parente do corrupto emplumado.

Vôte!

11 setembro 2018 CHARGES

SINOVALDO

11 setembro 2018 AUGUSTO NUNES

LULA MANDOU

Advogado de Lula informa que, por determinação do ex-presidente presidiário, a Justiça brasileira agora está subordinada a um comitê da ONU

“Nós recebemos, hoje, do Comitê de Direitos Humanos da ONU uma nova determinação que reforça que o Brasil está vinculado e, portanto, obrigado a dar cumprimento a determinação do Comitê”.

Cristiano Zanin, advogado de Lula, Informando que partir de agora a Justiça brasileira está subordinada a um comitê da ONU transformado em quinta instância do Poder Judiciário por determinação do ex-presidente presidiário.

11 setembro 2018 CHARGES

YKENGA

11 setembro 2018 QUINCAS MACEDO - MEGAPHONE

OS CLÁSSICOS E ERUDITOS DE NOSSA REGIÃO – INALDO MOREIRA

Inaldo Moreira

Falecido em 2017, aos 79 anos, o artista estava internado devido a um acidente doméstico, e faleceu após um quadro de infecção.

Inaldo iniciou sua formação musical aos 12 anos, estudando clarinete.

Com doutorado na França, foi professor de Economia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), mas nunca abandou o gosto pela música.

Após a aposentadoria, na década de 1990, ele passou a compor com muita frequência, criando mais de 400 obras, entre frevos, choros, valsas e arranjos sinfônicos.

Helielton Nascismento – Inaldo Moreira – Iris e su Tromba Chorona


O flautista Lucas Tiné, que conheceu o compositor nos corredores do Conservatório Pernambucano de Música, instituição que frequentava, embora não fosse professor de lá, lamentou o falecimento. “Ele era uma pessoa incrível, sempre animado, apresentando os discos que ele produzia sem patrocínio. Tenho certeza que só levarei lembranças boas dele”, declara o músico.

Com mais de 15 discos lançados de forma independente, Inaldo teve composições gravadas por nomes como Maestro Spok, Fernando Müller e Coral Edgard Moraes, além de vários blocos carnavalescos. No terraço de sua casa, no bairro do Cordeiro, ele criou a Praça do Choro.

No espaço, recebia diversos representantes do gênero musical em saraus esporádicos. Inaldo deixou três filhos: o jornalista Iúri Moreira e as musicistas Maíra e Moema Macêdo, que são irmãs gêmeas e fazem doutorado em Música em Portugal.

11 setembro 2018 CHARGES

JORGE BRAGA

11 setembro 2018 DEU NO JORNAL

FACÇÕES EM GUERRA

Em novo depoimento ao Ministério Público, Antonio Palocci diz que Lula atuou ‘diretamente’ em pedidos de propina.

O ex-ministro falou ao MP que petista passou a ter atuação pessoal em irregularidades após o pré-sal.

“No governo federal, o pré-sal apareceu como passaporte para o futuro, como ele chamava. Ao final de seu governo, ele recebe um senhor bilhete premiado. O pré-sal se torna quase um motivo de delírio político no ambiente governamental. O presidente Lula começa a se desligar da parte legal de sua atuação como presidente e atuar diretamente no pedido de propina”, disse aos investigadores.

O ex-ministro diz ainda que Lula “sempre soube que tinha ilícitos e sempre apoiou financiamento ilícito de campanha”.

“No caso do pré-sal ele começou a ter uma atuação pessoal.”

Palocci também envolve o ex-presidente no caso da compra de caças pelo governo brasileiro. “O presidente chegou a assinar um protocolo com o presidente Nicolas Sarkozy [ex-presidente da França], no dia 7 de setembro, uma iniciativa completamente inadequada”, diz, por ter atropelado negociações técnicas.

“Isso gerou todo o tipo de propina”, afirma.

* * *

Dois importantes petistas presos.

Dois importantes petistas engaioladoss por grossa corrupção.

Um entregando o outro.

Um sujo falando de um mal lavado.

O Serviço de Inteligência do JBF apurou que Lula ficou completamente emputiferado quando ouviu esta notícia aí de cima. E gritou furioso

– Ele quer botá no meu furico!

E completou:

– No furiquinho não!!!

E, depois de gritar, pediu ao carcereiro que botasse pra tocar na radiola da cela a música de Sandro Becker, intitulada “Briga no Casamento“:

11 setembro 2018 CHARGES

NANI

UMA GLOSA

Mote:

É falta de educação
Não olhar para o idoso

Deixar de pé o ancião
Não lhe ceder o lugar
Não deixá-lo se sentar
É FALTA DE EDUCAÇÃO.
É ter perdido a noção
Num gesto até afrontoso
De humano impiedoso
Que não pratica a bondade
É falta de caridade
NÃO OLHAR PARA O IDOSO.

11 setembro 2018 CHARGES

LUSCAR

11 setembro 2018 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

ARAEL COSTA – JOÃO PESSOA-PB

Editor do JBF,

Esta frase parece-me ser uma boa constatação:

“Não acredito que uma pessoa tenha coragem de levar uma facada no abdômen para se dar bem. No máximo, ela corta um dedo.”

Que dirão os fanáticos leitores da Besta?

Abraços

11 setembro 2018 CHARGES

LEONARDO

O MITO E O MINTO

Bolsonaro e Lula são parte definitiva deste caos político que assolou o Brasil desde a redemocratização. Mas não são farinha do mesmo saco não. Antagônicos, alguns os vêem como gêmeos siameses, uma anomalia, mas também não o são.

São homens políticos que cresceram falando a voz das ruas e do povo. Falando de forma tosca e até vulgar, ambos, sem distinção.

A diferença é que para Chauí, Tiburi e outros pseudo-intelectuais e gente desta laia, Lula ilumina o mundo ao falar suas bandalheiras. Já Jair não. Jair é o fascismo, a grosseria, a homofobia, a misoginia e mais não sei o que inventam.

Lula é levemente censurado pela imprensa, que tenta excusar-lhe o fato de ser ladrão condenado e dar-lhe, pacientemente, o bônus da dúvida. Já Bolsonaro é fuzilado só por olhar para as pessoas , aos pseudo-intelectuais causa náuseas, ainda mais por ser militar, defender as armas e pregar ser duro com bandidos.

Creio que se eleito Bolsonaro sofrerá o que sofre Trump, repudio e ataques até pelos seus pensamentos. Mas como Trump creio que resistirá e surpreenderá a todos sendo reeleito pois ambos são sinceros no que prometem. Podem ter sido eleitos prometendo disparates, hoje Trump é e, Bolsonaro será, condenado por seus disparates. Mas pasmem estão ou estarão cumprindo suas promessas e só isso. O que provavelmente fará com que aqueles que neles votaram, votem de novo.

Lula e Bolsonaro são seres políticos e trilharam caminhos paralelos, mas distintos.

Lula pouco trabalhou, mesmo na política (foi uma vez deputado e cansou do Congresso, esforço demais). Sem ter sido trabalhador ungiu-se como representante destes. Começou a mentira, o conto mitológico que tornou-se sua estória (e não história).

Traiu e esmagou quem lhe atravessou o caminho, entregou companheiros, destruiu carreiras, mas manteve a aura do Líder. Dizia-se pobre mas sempre viveu o luxo dos ‘favores’. Não estudou, não trabalhou, nada fez e chegou a Presidência.

Consolida-se o Mito de Lula pela mentira de sua vida, uma construção mitológica.

Como Presidente corrompeu e foi corrompido, usou e gozou do poder, acreditou que era dono do Poder, do país, que era eterno. Elegeu Dilma para sucedê-la depois.

Por ela foi traído e teve de vê-la reeleita. Entregou Dilma aos lobos, mas quando percebeu que ele também iria para o inferno correu em sua defesa (dele não dela).

Caiu na esparrela, subiu no caixão da mulher com a falta de escrúpulos que lhe é peculiar. Deixou seu lugar na história em troca do orgulho e da sensação megalomaníaca de ser o maioral. Preso, justamente, afrontou a justiça, cuspiu na cara do trabalhador, do cidadão honesto com a maior desfaçatez.

E da cadeia, por permissividade de alguns daqueles com quem privou o poder, tenta desestabilizar o país e gerar o caos. Até agora não conseguiu.

Lula fala a voz do povo, já o compreendeu, outrora. Mas representa aquilo que o brasileiro não quer mais: a esperteza, o jeitinho, o vagabundo que fica rico sem trabalhar. Lula é o Zé Carioca (personagem de gibi) mas só que mau caráter, sem escrúpulos, apenas isto.

Lula fez de sua biografia um conto mitológico em que só comparsas e idiotas acreditam. De MITO virou o MINTO, a mentira e a devassidão.

Já Bolsonaro não é uma virgem vestal. Sobreviveu por mais de duas décadas em Brasília, o que o faz um político hábil.

Se não tinha muita representatividade, pelo menos representava aqueles grupos o elegeram e reelegeram.

Mais que isto trabalhou e estudou desde jovem. Quem conhece a rotina da caserna sabe que não é fácil. Não é nem foi vagabundo, nem jamais se arvorou a representante dos trabalhadores. É quem sempre foi.

Também não se enlameou com corrupção. Quando era apenas um deputado e os operadores do seu partido de então, o PP, fecharam uma delação premiada com a Lava-jato, apenas Bolsonaro e Ana Amélia não foram citados. Apenas eles não estavam envolvidos.

Começou a dois anos a construção de uma candidatura viável, ninguém deu-lhe bola. Nenhum candidato sobreviveu tanto tempo na política brasileira, ainda mais sem a estrutura de um grande partido. Lula sobreviveu mas tinha o PT, a esquerda e FHC (embora negue) por trás.

Com um partido nanico, sem tempo de TV e sem dinheiro Bolsonaro é um fenômeno. Ninguém na história recente brasileira movimentou tanta gente espontaneamente. Movimentos como o Diretas Já, Fora Collor e Fora Dilma eram suprapartidários. Mas uma pessoa causando comoção nas ruas? Não!

Bolsonaro é um mito!

Lula no auge de sua carreira pôs tanta gente de forma espontânea. Sabemos hoje que as ‘multidões’ de Lula incluíam gente a soldo, mortadela, sindicalistas, pelegada, showmício e ângulos espertos de filmagem. Bolsonaro é ele e o povo. As pessoas vão atrás do mito.

Bolsonaro também fala o rude idioma das ruas e do povo. Mas percebeu que nosso povo, seus problemas e anseios mudaram e agora sua fala reflete aquilo que a grande maioria dos brasileiros pensam e querem.

Podem chamá-lo de despreparado, de tosco, mas o povo o abraça nas ruas.

E os esquerdopatas tem ânsia de vômito, mas estes ainda creem em Lula, portanto não contam.

É isto que transformou Bolsonaro no MITO, se sua atitude mudará se eleito, só a história poderá nos contar, mas hoje ele é o MITO.

E o sangue que derramou em Juiz de Fora aproximou-lhe mais ainda do povo. Transformou-lhe parte em mártir, parte naquele que o ‘estabilishiment’ não quer. Aproximou-lhe de Tiradentes e Getúlio, heróis na visão de nosso povo.

Consolidou o MITO!

Na batalha entre o MITO e o MINTO que prevaleça o MITO e que o MINTO morra atrás das grades.

Torço pelo MITO. Boa Sorte Capitão!

PS: Não sou eleitor do Bolsonaro, pelo menos não no primeiro turno. Apenas relato o que vejo.


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa