Circula nas redes sociais um vídeo em que Ricardo Lewandowski manda chamar a Polícia Federal para prender um jovem que criticou o STF pouco depois de embarcar com o ministro no mesmo voo.

“Ricardo Lewandowski, o Supremo é uma vergonha, viu. Eu tenho vergonha de ser brasileiro quando vejo vocês”, desabafou o passageiro.

“Vem cá, você quer ser preso? Chama a Polícia Federal, por favor”, disse o ministro ao comissário de bordo.

A Polícia Federal foi acionada a pedido de Ricardo Lewandowski no voo da Gol entre Congonhas e Brasília.

Logo após o desembarque, o passageiro foi levado à unidade da PF no aeroporto para prestar esclarecimentos.

Caberá ao delegado de plantão decidir se instaura inquérito sobre o episódio.

* * *

Acabei de mandar uma mensagem pro gabinete deste canalha lulo-petista (gabinete.mrl@stf.jus.br) pedindo que ele faça comigo o mesmo que fez com o digno e decente passageiro que falou a verdade na cara dele.

Estou engrossando a corrente “Me prenda também”

Receber ordem de prisão de um safado, de um cafajeste, de um sacana do porte de Lewandowski é um atestado de idoneidade pra qualquer cidadão de bem, pra qualquer contribuinte, pra qualquer pai de família que se preocupa com o futuro do país e de seus filhos.

Vale a pena repetir o que disse hoje o Prof. Marco Antonio Villa sobre este imundo, este canalha lulista.

12 Comentários

  1. #MePrendeLewandowski Juiz só na PQP.Estudar e passar em concurso nerisdepitibiriba.Associo-me ao advogado que o interpelou.Nada mais é do que um bandidão,advogado conhecido da família do 9DEDOS.Mais um que NUNCA foi juiz.VTNC.Processa todo mundo seu filhodaputa.

  2. O Próprio STF decidiu que o desacato deixou de ser crime. Eu não vi desacato por parte do cidadão, o que vi foi covardia dos demais passageiros em não serem solidários com o cidadão que dirigiu-se com educação a um funcionário publico e manifestou seu descontentamento com o serviço prestado pelo órgão público.Chamar a Policia Federal, foi uma palhaçada.

  3. Até quando o STF estará à disposição do Lula? E os outros? Será que não exite mais nada para ser julgado no STF. Decepções com a atuação do STF estão na ordem do dia. O STF caminha a passos largo para o fundo do poço.

  4. Entre advogados circula uma piada: juíz se acha Deus; desembargador tem certeza que é Deus e ministros acham que mandam em Deus.

    São inferiores ao mais simples dos mortais, apodrecerão em vida!

  5. Até quando vamos ter que ouvir que o STF vai julgar os recursos dessa figura que já é quase passado? Quanto custa aos bolsos de cidadãos que a custo de “Trabalho” pagam impostos e sustentam esse tribunal? Será que eles não tem mais nada pra fazer? Pra piorar ainda foram agraciados com aumento salarial.

    Quanto ao episódio, nota-se que faltou tato e principalmente inteligência à excelência que podia ter respondido serenamente ao cidadão ao invés de demonstrar soberbia. Aliás, será que a toga transformou-se numa “corôa” utilizada na monarquia?

    • Até quando, cara Sônia Regina, ou “até enquanto” a imprensa colocar o holofote nele. Todo dia é Lula isso, Lula aquilo, recebeu tal visita, comeu isso, o advogado de Lula…e por aí vai. Quando a imprensa esquecer, o povo esquece junto. E nós aqui do JBF também, menos o Goiano, claro. Também temos que ter momentos engraçados !

      • Sr. Pio, será que vamos esquecer? Até hoje ainda temos a malhação do “Judas” e lá se vão séculos.

        Seria interessante saber quanto custa esse presidiário ao nossos bolsos, incluindo também os privilégios de ser “ex”.

        Desejo um excelente dia.

  6. O senhor ministro, Sônia Regina, não tem tato e a inteligência passou longe do excelentíssimo. Ele tem lado e agiu como todos os do seu lado fazem. Quando contrariados, mandam o “oponente” calar a boca ou chamam alguém com ares de autoridade para obrigá-lo a calar.

    Mas, o que mais me incomodou no episódio foi a cara de paisagem, para não dizer de incômodo dos demais passageiros. Este país está muito doente e levará décadas, senão séculos para se curar. Cidadãos esclarecidos, classe média, todos acovardados e de cabeça baixa, fingindo que nada tinham a ver com a situação. Um retrato cagado e cuspido desta pátria bananeira chamada Brasil, onde só nos incomodamos e tomamos partido quando o fato nos atinge diretamente. E até nesses casos, alguns ainda “deixam para lá”, para evitar confusão, dizem.

    Talvez fosse melhor alterar a estrofe do hino nacional que diz: “verás que um filho teu não foge à luta”, para verás que um filho teu só luta quando não tem para onde fugir e se esconder.

    • Sr. Canindé, no comentário que faz o Professor Marco Antonio no Jornal da Manhã da Pan, ele também fala sobre o silêncio ou apatia dos passageiros, afinal, dar a cara pra bater tal-qual fez o cidadão ao vivo é muito diferente que descer a lenha no “zap-zap”.

      É preciso registrar que no episódio uma jovem ofereceu-se para defender o cidadão, ou seja uma cidadã que infelizmente não teve o nome revelado pra podermos colocar no Jornal.

      Seu comentário foi precioso.

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa