Ao decidir que Lula poderia dar uma entrevista para atacar a Justiça e projetar a imagem de perseguido político, Ricardo Lewandowski defendeu a liberdade de imprensa.

E, por tabela, a liberdade de expressão e opinião do presidiário.

Mas não admitiu a liberdade de expressão e opinião de um cidadão que o abordou para dizer que tinha vergonha do STF.

E deu ordens pra que a Polícia Federal detivesse o cidadão.

São os dois pesos e duas medidas de Lewandowski.

* * *

Este Editor – que é pai, avô e bisavô, e que se preocupa com o futuro desta terra sofrida -, dedica uma música para este bosta deste petista togado.

Este biltre, este canalha, este capacho, este pau-mandado do presidiário Lula, este safado que enlameia, envergonha e denigre a já podre imagem da nossa ínfima corte.

Escuta aí, seu babaca!

É pra tu.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa