29 março 2013NÃO-ME-DEIXES



qx

Duas velhinhas, Dora e Dorinha, todo dia, bem de tardezinha, ficavam ali em suas cadeiras de balanço, sentadinhas numa sombreada calçada lá em Quixadá. Proseando, tricotando e vendo a vida passar.

Contavam histórias dos discos voadores que assombrava o povo, de uma menina chamada Mariana que corria de noite pelas ruas de Quixadá e subia na parte mais íngreme da Pedra do Cruzeiro e que pouca gente viu e outras histórias mais que sabiam de cor e salteado e por assim dizer.

A brisa também ia e vinha e ficava ali rodopiando afoita, curiando, à espreita, ouvindo a prosa das velhinhas, querendo também prosear. Volta e meia espalhava folhas na calçada e caçoando delas, entrava na conversa sem pedir licença, lembrando os tempos antigos, ventando recordações…

Dorinha, quando moça, conheceu um rapaz muito bonito que queria se casar com ela e já tinha até pedido a mão dela, mas só que ele queria morar em Fortaleza, pois tinha casa lá e tudo o mais. E tudo o mais.

– E deixar o meu Quixadá? – foi a resposta dela. E não casou não.

Dora que era filha de Maria, devota do Sagrado Coração de Maria, sorriu baixinho com a resposta de Dorinha e por isso também não casou.

Quixadá é um lugar para ficar no coração e não para deixar para trás, assim, sem mais nem menos. E não casou mesmo.

A lua já se ajeitava por cima da Pedra do Cruzeiro e o sol pincelava as nuvens com matizes impossíveis e inimagináveis por detrás da serra do Estevão, tingindo as águas do Cedro de verde, azul, rosa e anil. O vento frio, anunciando a noite, expulsou suavemente a brisa vespertina que prometeu, fustigando no ouvido das velhinhas, que voltaria amanhã, de tardezinha, para prosear e ver a vida passar, nas calçadas sombreadas lá em Quixadá. 
 

4 Comentários

  1. José de Oliveira Ramos disse:

    Aí dento!
    Arre égua e arre égua mais uma vez!
    Quixadá, a terra dos monólitos, de Zé Limeira, de Pacoty e de tantos outros. Não fora o calor insuportável do meio dia, contrastando com a beleza da Pedra da Galinha Choca, seria a nossa Suécia! Aí dento, macho réi!

  2. Marcos Mairton disse:

    Eita, Seu Newto,
    que agora deu foi saudade de Quixadá e suas pedras misteriosas. Carrego comigo o remorso de ter saído de lá sem nunca ter subido na Pedra do Cruzeiro.
    Desde que voltei para Fortaleza, no final do ano passado, ainda não voltei a Quixadá, mas estou pronto para ir à próxima reunião da Academia Quixadaense de Letras, agora em abril.
    Tomara que chova alguma coisa até lá, pelo menos para o mato ficar verde e destacar melhor as pedras.

  3. Cardeal Fred Monteiro disse:

    Seu Newton, machoréi.. tu é um cabra muito do quizilento, visse? Eu, que morei em Baturité, passana férias em Fortaleza e sou doido pelo costado do Ceará inteirim, fiquei foi cum uma vontade da pega de ir conhecer Quixadá, suas pedras e seus Ets e luzes misteriosas. E também visitar a pedra sa Galinha, claro. Essas artura a ninhada dela já deve tá grande à bessa, né não? Que históra bunita essa das cumade na berada da carçada jogando cunversa fora, home dedeusi ! Dá uma saudade de num ter pudido brachá essas coisa do interiô, visse ? Abraço, meu véi !

  4. Cardeal Carlo Marqui disse:

    A pasta da Prefeitura Municipal de Quixadá de 2009 a 2012 é composta por 19 secretarias. É um município onde as rendas abundam.

    1. Secretaria do Desenvolvimento Social
    2. Secretaria da Administração
    3. Secretaria da Educação
    4. Secretaria da Saúde
    5. Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo
    6. Secretaria da Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural
    7. Departamento Municipal de Administração de Bens e Serviços Públicos
    8. Secretaria do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente
    9. Departamento Municipal de Trânsito
    10. Secretaria da Participação Popular, Esporte e Juventude
    11. Fundação Cultural de Quixadá
    12. Procuradoria Geral do Município
    13. Secretaria do Planejamento e Finanças
    14. Fundação de Geração de Emprego, Renda e Habitação Popular
    15. Chefia de Gabinete
    16. Assessoria Especial de Planejamento e Política Institucional
    17. Coordenadoria de Políticas para Mulheres
    18. Controladoria Geral do Município
    19. Instituto de Previdência Municipal de Quixadá

Deixe o seu comentário!


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa