16 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

TERRORISTA URBANO ZISQUERDÓIDE

O fato assucedeu-se na quarta-feira passada, dia 10 de outubro.

O terrorista Guilherme Boulos – que tomou uma pajaraca de grosso calibre no olho do furico por ocasião do primeiro turno -, fez um comício trepado num palanque, arrodeado por uma turba furiosa, composta de descerebrados e idiotas.

Ao lado dele, a presid-Anta do PT, Gleisi Amante Hoffmann, se rindo-se com os dentes arreganhados.

O coro entoado pelos babacas era este

“Ô Bolsonaro, preste atenção, a sua casa vai virar ocupação!”

Aquela malfada, inoportuna e infeliz lei que desarmou o Brasil precisa urgentemente ser revogada.

Todo cidadão de bem tem que ter arma em casa.

Pra botar pra correr a tiros qualquer bandido que tente invadir sua propriedade.

15 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

PUTARIAS CORRUPTÍFERAS NO HORÁRIO NOBRE

Ontem, domingo, 13, o programa Domingo Espetacular, da Rede Record, botou no ar, em horário nobre, uma matéria bem interessante sobre o filho do ditador da Guiné Equatorial e suas estrepolias trambicais aqui na nossa republiqueta banânica, onde está sendo investigado por safadezas de grosso calibre.

Muito interessante mesmo a matéria, que mostra os vínculos que o negão tem nesta nossa terrinha surrealista.

Mostra inclusive os vínculos do filhote de ditador africano com o proprietário do PT, aquele pobre inocente que está trancafiado em Curitiba.

A reportagem está ótima.

Recomendo a todos vocês.

Vale a pena.

Para ver o vídeo com a matéria completa, basta clicar aqui.

Dois grandes amigos, dois papais de filhinhos que são gênios no mundo dos negócios

15 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

POLÍCIA DO AMAZONAS DÁ EXEMPLO PRO RESTO DO PAÍS

Sábado passado, 13, publicamos aqui uma postagem que dava conta de uma atuação fantástica da polícia do Amazonas.

Em Manaus, os PMs despacharam 4 bandidos pra serem ressocializados nas profundas dos infernos, depois que os mesmos haviam provocado pânico e terror durante um assalto com reféns.

Continuando na linha de boas notícias, as invés das costumeiras, idiotas e babacas manifestações dos tabacudos que defendem marginais e lutam pelos direitos do manos, o que aconteceu foi uma onda de manifestações em favor dos policiais.

Ufa! Parece que os tempos estão mesmo começando a mudar.

A começar pelas autoridades locais que, em casos semelhantes em outros estados, costumam declarar, tímida e acuadamente, que vão abrir inquérito pra apurar o acontecido e punir os responsáveis por “possíveis excessos” etc… etc… etc… etc…

Vejam só esta notícia que saiu na imprensa lá do Amazonas:

Os policiais que atuaram na libertação de cerca de 24 reféns do assalto a uma casa lotérica localizada na avenida Autaz Mirim, a Grande Circular, no bairro São José III, Zona Leste de Manaus, na tarde desse sábado (13), devem receber medalha e serem promovidos.

A informação é do secretário de Segurança Pública do Amazonas, Amadeu Soares.

Soares disse, em coletiva de imprensa no início da noite de ontem, que vai pedir ao governador Amazonino Mendes que conceda aos policiais a “Medalha de Bravura” e a “Promoção por Bravura”.

“Porque foi isso que todos os policiais do grupo tático e os que primeiro chegaram à ocorrência foram hoje. Eles defenderam heroicamente a sociedade, arriscaram a vida deles e, graça a Deus, todos eles vão voltar para suas famílias hoje”, afirmou.

O delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Ivo Martins, por sua vez, garantiu que, na próxima segunda-feira (15), vai pedir elogio para cada policial envolvido na ação em reconhecimento às suas atuações.

O elogio deve ser anexado na ficha dos servidores e pode contribuir para uma futura promoção.

Arretado!

Ainda hoje vou enviar mensagem para o Dr. Amadeu Soares, Secretário de Segurança Pública do Amazonas, dando os parabéns pela iniciativa de condecorar e promover os policiais que atuaram no caso.

Parabéns também pra população de Manaus que, logo após o acontecimento, cercou as viaturas policiais e manifestou sua solidariedade aos bravos homens da lei.

14 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

MILAGRE ! ! !

O candidato Jair Bolsonaro virou um santo milagreiro.

Fez Lula sumir das costas do poste e conseguiu transformar em verde-amarelo o vermelho do PT.

Não satisfeito, converteu comunistas e ateus em católicos fervorosos.

Piedosos católicos que vão à missa e comungam.

Madre Manuela de Qual Kú Tá é um santo exemplo.

14 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

UMA OPORTUNIDADE IMPERDÍVEL

O empresário Luciano Hang, dono da Havan, uma das maiores lojas de departamentos do Brasil, com sede em Brusque-SC, está fazendo uma oferta genial.

Uma oferta imperdível para bolivarianos, petêlhos, cumunistas, chavistas, haddadeiros, maduristas, luleiros e zisquerdistas de um modo geral.

Aproveitem e façam suas inscrições!!!

É uma oferta da agência Havan Viagens.

Anotem o e-mail para fazer suas inscrições e tenha uma boa viagem!!!

havanviagens@havan.com.br

14 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

DESENCARCERANDO E BOTANDO NA RUA A CARA-DE-PAU

O candidato-poste do PT prometeu que vai promover o “desencarceramento” de bandidos que venham a cometer “pequenos delitos”.

Achei arretada esta palavra “desencarceramento”.

Uma tecnocracia vocabular do caralho!!!

Procurando no Google, encontrei isto:

Gostei particularmente destes dois sinônimos: alforria e descativeiro.

Num tá arrretado???!!!

Uma coisa é certa: o fantoche ganhou eleitor que só a porra.

Afinal, as nossas prisões estão lotadas de candidatos ao “desencarceramento”.

Os chamados “pequenos delitos”, tais como roubar celulares e galinhas, vão ganhar um impulso que irá fazer crescer a renda dos lascados, implicando diretamente na melhoria da nossa economia.

E economia em alta é promessa de qualquer candidato que se preze.

Desencarcerando de baixo pra cima, aos pouquinhos, partindo do “pequeno delito” até chegar a “grossa ladroagem”, o falso candidato do PT vai chegar ao ponto de desencarcerar o verdadeiro candidato do PT, aquele que está encarcerado em Curitiba.

Sabedoria da porra, criatividade do caralho!!!

Esta meta petêlha merece o apoio de toda o eleitorado banânico, notadamente dos mais pobres, daqueles que moram na periferia, dos que pertencem às classes mais baixas, dos que vão pro trabalho de bicicleta e dos que andam de ônibus.

Vai ser maciça a adesão da população a esta importante promessa da campanha eleitoral do PT.

13 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

ISENÇÃO MIDIÁTICA

Hoje pela manhã, quando estava saindo de casa, a edição de hoje do Jornal do Commercio estava na porta do meu vizinho de andar, aqui no edifício onde moro.

Meu vizinho, um cabra arretado e com quem me dou muito bem, é assinante do dito cujo.

Este jornal é o de maior circulação na capital pernambucana.

Quando vi o que lá estava escrito, como faço todos os dias, não resisti à tentação, peguei o celular e tirei uma foto do exemplar.

Vejam que lindo:

Perceberam?

Uma manchete sutil que só um elefante numa loja de louças.

Não há como não reconhecer a bem montada armadilha do petista que redigiu a manchete.

Bolsonaro, o fascista furioso, ataca o partido adversário.

Já Haddad, o humanista bonzinho, critica a violência.

O desespero vermêio-istrelado está chegando às alturas.

Ou, melhor dizendo, às baixuras da nossa grande imprensa.

No primeiro turno, esta baixaria não adiantou nada pro candidato do PT.

O poste de Lula perdeu não apenas no Recife, mas também em várias outras cidades da região metropolitana, como Olinda, Jaboatão, Camaragibe e Paulista. Além de Caruaru, a Capital do Agreste

Pelo que tenho observado, visto e escutado nas ruas, desconfio que no segundo turno o eleitorado desta beirada de praia vai enfiar uma pica maior ainda do que a do primeiro turno no furico do pau-mandado.

13 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

ANIVERSÁRIO DE UM ILUSTRE FUBÂNICO

No dia de hoje, 13 de outubro de 2018, o colunista fubânico José Eduardo, que todos conhecemos por Peninha, completa 69 (êpa!) anos.

Não posso nem pedir que ele celebre a data tomando duas, uma por mim e outra por ele.

E explico: cachacista militante por muito tempo, Peninha parou de beber há 37 anos. Parou exatamente no dia 1º de janeiro de 1981, conforme me disse.

De modo que vamos fazer o tlim-tlim com guaraná.

Ele é abstêmio voluntário e eu sou abstêmio compulsório…

Nosso estimado colunista mora na cidade de Tupi Paulista-SP, a 673 km da capital.

Na foto abaixo, Peninha aparece com sua família: a esposa Cleide, a filha Tábata e o genro Carlos

Mantemos frequentes contatos por telefone.

É um tal de “cabra safado” pra lá e “fela da puta” pra cá que a conversa é sempre demorada e cheia de assuntos.

Peninha é uma figura humana extraordinária cuja mansidão de vida e paz de espírito são inspiração pra todos que com ele convivem.

Quando jovem, Peninha viajou o Brasil inteiro, de norte a sul, de leste a oeste, como funcionário da grande empresa Casas Buri. 

Também trabalhou como escriturário de uma usina de beneficiamento de algodão.  Fora inúmeras outras atividades que abrilhantam o seu variado currículo.

Um belo dia, conversando com um amigo nordestino, ele ouviu pela vez primeira a expressão “Besta Fubana“.

Foi procurar o significado no Google e acabou descobrindo a existência desta gazeta escrota.

Tornou-se leitor de imediato e, sobretudo, fixou-se na coluna “Do Fundo do Caçuá Musical“, que naquele tempo era de responsabilidade deste Editor.

Ele começou a mandar músicas que eram publicadas na seção de cartas.

E a partir de então, foi que me dei conta do fantástico acervo musical deste colecionador apaixonado, deste estudioso e amante da boa música. A boa música de todo o mundo, de todos os gêneros e de todos os intérpretes.

Não demorou muito e convidei-o pra ser o titular da coluna.

Ele topou de imediato e, exatamente no dia 29 de fevereiro de 2016, foi ao ar o primeiro “Do Fundo Caçuá Musical” assinado por ele.

E isto permanece até hoje, de domingo a domingo, sem faltar um dia sequer.

Hoje em dia, as edições do JBF são sempre abertas com as músicas das “Relíquias do Fundo do Caçuá“, compostas de áudios e vídeo, de modo que o nosso expediente começa sempre de modo agradável e pleno de alegria.

Parabéns, sujeito!!!

Ao lado de sua família e todos que moram no seu coração, você merece muitos e muitos anos de vida e toda a felicidade do mundo.

Paz, saúde, prosperidade, amor, tranquilidade, afeto e tudo de bom que existe no mundo pra você e pros seus.

E, para um musiqueiro do seu calibre, aqui vão os parabéns deste Editor e de toda a comunidade fubânica em forma de música!!!

12 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

HADDAD EM CAMPANHA PELA VITÓRIA DO ADVERSÁRIO

Ao virar a casaca, renegar o vermêio e adotar o verde-amarelo, o PT tornou-se o maior cabo eleitoral de Bolsonaro.

E foi mais além: simplesmente eliminou Lula da panfletagem petralhal!!!

A cara do prisioneiro desapareceu nos ares que nem peido de aviador.

Não por vergonha, claro, que essa turma não tem, mas por conta do crescente aumento do simancol do eleitorado, que vem abrindo os olhos a cada nova patifaria marquetária do bando.

O prisioneiro foi simplesmente riscado dos programas eleitorais do poste Haddad.

Esta semana, em entrevista à Bandeirante, o poste renegou Zé Dirceu, desmentiu a prometida “constituinte” bolivariana e, com a cara mais cinicamente bostífera do mundo, traiu a fé jurada da Igreja Universal do Reino de Lula

A radical virada na campanha foi além da mudança das cores: mudou também o elenco que aparecia nos panfletos.

Vejam como era antes, o Trio Canalha Pura, e vejam como ficou depois, a Dupla Postes Vermêios:

Os petistas, nos últimos dias, cada vez que se mexem, falam ou escrevem, arranjam mais votos ainda pro adversário.

Vejam, por exemplo, a coluna de hoje do nosso estimado Goiano, lulo-petista roxo-vermêio e confirmem o que estou dizendo.

Vou só transcrever um parágrafo:

Quem votar em Bolsonaro o fará porque curtiu a ditadura militar, acha que tortura é necessária para o cara abrir o pico na base da porrada, crê que a polícia precisa de licença para matar, acha que homossexuais, negros, índios e quilombolas são gente de terceira categoria, pensa que as mulheres também, tem certeza de que é preciso colocar um fuzil na mãos dos fazendeiros para que eles possam matar os Sem Terra (o “Efeito Bolsonaro” o justificará, como fazendeiros eliminaram tribos inteiras de índios em várias partes do Brasil a tiros para ocuparem suas terras).

Isto é só uma amostra. Tem mais. Muito mais.

Vejam lá e se divirtam com o disparatado tsunumi.

O candidato Bolsonaro mandou agradecer do fundo do coração esta adesão enviesada, concretizada através dos chavões mais desgastados e desmentidos deste início de século.

Até o petista Ceguinho Teimoso, companheiro de militância de Goiano, abriu um pouco o olho esquerdo e conseguiu enxergar os disparates.

Quem acha que “tortura é necessária para o cara abrir o pico na base da porrada”, por favor, me torture com mais e mais anedotas e disparates deste quilate.

Eu quero mesmo é se mijar-me todinho de tanto rir-se-me.

12 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

UM EDITORIAL NOS ZISTADOS ZUNIDOS

Este foi o Editorial do Wall Street Journal da última segunda-feira, dia 8.

Um dia após o primeiro turno das eleições brasileiras.

Editorial, como vocês sabem, representa a opinião do jornal.

A tradução é do Departamento de Linguística do JBF, comandado pela eficiente linguaruda Chupicleide.

Quem quiser ler no original, basta clicar aqui .

“Os progressistas globais estão tendo um ataque de ansiedade após o quase-triunfo de domingo do candidato presidencial conservador do Brasil, Jair Bolsonaro. Depois de anos de corrupção e recessão, aparentemente milhões de brasileiros acham que um outsider é exatamente o que o país precisa. Talvez eles saibam mais do que os críticos ao redor do mundo.

Bolsonaro obteve surpreendentes 46%, pouco menos que os 50% necessários para vencer no primeiro turno. Ele agora é favorito contra Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo que teve 29%. O segundo turno é em 28 de outubro.

Bolsonaro, que passou 27 anos no Congresso, é descrito como um populista conservador que promete tornar o Brasil grande pela primeira vez. O candidato de 63 anos está seguindo os valores tradicionais e freqüentemente diz coisas politicamente incorretas sobre políticas identitárias que inflamam seus oponentes. No entanto, ele atraiu o apoio da classe média ao se comprometer a reduzir a corrupção, reprimir o crime desenfreado no Brasil e libertar os empresários do controle do governo.

Ele não chegou a prometer privatizar totalmente a estatal Petrobras, mas seu assessor econômico disse que venderia suas subsidiárias, desregulamentaria grande parte da economia e restringiria os gastos do governo. Quanto à criminalidade, prometeu restaurar a presença policial em áreas urbanas e rurais que se tornaram sem lei.

Os oponentes alegam que Bolsonaro elogiou as forças armadas e, algumas vezes, o regime militar de 1964-1985, sugerindo que ele é uma ameaça à democracia. Mas ele não está propondo mudar a constituição, que limita o poder dos militares no país.

Por outro lado, Haddad quer reescrever a constituição para incluir uma assembléia constituinte ao longo das linhas do modelo venezuelano. Ele também quer mudar a forma como as promoções militares são feitas, dando o poder ao presidente. Isto é algo tirado diretamente do manual de Hugo Chávez.

Haddad é o candidato escolhido a dedo pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está cumprindo uma sentença de 12 anos por suborno, mas, continua a ser um herói da esquerda. Lula aproveitou o boom das commodities para ganhar popularidade nos anos 2000, mas ele e sua sucessora geriram mal a economia e um escândalo de corrupção envolvendo a Petrobras manchou grande parte da classe política.

O pequeno Partido Social Liberal, de Bolsonaro, carece de dinheiro e da máquina de que dispõe o Partido dos Trabalhadores (PT) de Haddad, mas Bolsonaro é quem está em alta no momento. O PT continua com o maior bloco da Câmara dos Deputados, com 56 representantes, mas o partido de Bolsonaro elegeu 52 e conquistou quatro cadeiras no Senado. O PT se saiu bem em sua fortaleza tradicional do Nordeste, mas não conseguiu eleger um governador no resto do país.

Depois de tanto tumulto político e corrupção, não é de surpreender que os brasileiros estejam respondendo a um candidato que promete algo melhor.”

12 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

CANALHICE VERMÊIA: JUMENTOS DISTRIBUEM CAPIM

O fato assucedeu-se aqui no Recife.

Um bando de descerebrados militantes do PT (desculpem a redundância)  simulou uma passeata em prol do candidato Jair Bolsonaro.

Abandonaram o vermêio, se vestiram falsamente de verde-amarelo e saíram com um carroça carregada de capim.

Capim pra ser distribuído pros nordestinos!!!

Vejam um vídeo sobre esta canalhice, que dá uma pequena amostra do nível em que este pessoal vai tocar a campanha no segundo turno.

E, em seguida, vejam outro vídeo gravado pela recém eleita deputada federal Joice Hasselmann, a mais votada do Brasil, que fala sobre este e mais outros assuntos.

11 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

DESCEREBRADA CAGA TÔLOTES ORAIS EM PLENO HORÁRIO NOBRE MATUTINO

A gente só acredita porque está gravado e documentado.

É com este tipo de análise “isenta” de uma “jornalista” tabacuda que vive a chamada grande mídia banânica.

A petêlha Miriam Leitão cagou este tsunami de bosta no noticiário matutino de maior audiência em todo o país, o Bom Dia Brasil da TV Globo.

Coloquem o pinico perto do computador porque a vontade de vomitar vai ser grande.

11 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

O DATA BESTA ESTÁ NAS RUAS

Esta gazeta escrota está com nova pesquisa no ar.

Vá aí do lado direito do jornal e dê o seu pitaco.

O Instituto Data Besta, o mais sério e confiável que existe na praça, agradece antecipadamente a participação de vocês.

Uma excelente véspera de feriadão pra toda a comunidade fubânica!

11 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

MUDOU DA ÁGUA PRO VINHO E DO VERMÊIO PRO VERDE

O fubânico José Nêumanne Pinto, grande jornalista brasileiro, no vídeo postado em sua primeira coluna de hoje no JBF (a outra irá ao ar mais tarde), fala sobre o estelionato que o PT vem cometendo na recém inaugurada campanha do segundo turno.

Um dos itens citados por Nêumanne é a mudança de cor no antro petralha

Os tabacudos abandonaram o sanguinolento vermelho e aderiram ao verde-amarelo do capitão.

A propósito desta fantástica mudança, recebi de uma eleitora de Bolsonaro, a leitora Érika Maria, residente em Aracaju, a montagem abaixo:

Ou seja: o PT amarelou!!!

Tá se cagando de medo.

E tem mais.

Vejam só esta nota publicada ontem na Folha de S. Paulo:

“Informado por governadores do Nordeste de que o discurso pró-armas pegou entre os mais pobres, Haddad foi aconselhado a defender mais poder de fogo, sim, ‘mas nas mãos certas’, e a incorporar a criação de uma guarda nacional, proposta de Geraldo Alckmin no primeiro turno, ao seu plano de governo.”

Pra completar, o Departamento de Pesquisas Picaretais desta gazeta escrota descobriu o novo visual que Haddad vai usar nos seus próximos programas eleitorais.

Uma brilhante criação dos marqueteiros petêlhos.

A foto abaixo foi feita no estúdio da empresa de marquetagem do PT.

Nela aparece um modelo fazendo pose de Haddad:

Enfim, quando Lula declarou que era uma “metamorfose ambulante“, estava apenas prevendo o futuro da sua quadrilha.

Cabra bom de adivinhação! 

10 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

ANOTE AÍ

A grande maioria dos nossos leitores fala comigo e com a redação desta gazeta escrota através da barra “Escreva para o JBF”, que está lá em cima, no cabeçalho do jornal.

Quando dá algum pau e a gente sai do ar, como aconteceu por duas vezes esta semana, a comunidade fubânica não consegue fazer contato.

Só aqueles leitores que sabem o meu endereço eletrônico é que conseguem enviar mensagens.

De modo que recomendo a todos os viciados que ainda não tem este endereço eletrônico, o chamado e-mail, que anotem e salvem aí nas suas listas.

É este aqui:

bertofilho@terra.com.br

Viciado fubânico em gigantesca passeata no centro de São Paulo

10 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

RACISTA DESCARADO

O cabra é racista mesmo, conforme apregoam seus adversários.

Ele fica defendo os negros e se esquece de nós outros, os brancos dos zoios zazuis.

Na qualidade de ariano puro, louro e de sangue nobre, fiquei revoltado com este vídeo.

Vejam:

10 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

UMA TRINCA DE TABACUDOS

O Brasil subiu muitos pontos em qualidade política com a pajaraca que o eleitorado enfiou no olho do furico de cada um destes tabacudos que estão na foto aí de cima.

Meu sádico coração só lamentou que a pica não tenha entrado no fedegoso da também petralha Gleisi Amante Hoffamann.

Mas, como diz a sabedoria popular, o que é bom está guardado.

Tua vez vai chegar, Gleisi Ventinha!!!

E vamos chorar, minha gente!

Vamos chorar com a pica que entrou até os ovos na bunda de Dilma, Lindbergh e Suplicy.

Vamos chorar lágrimas de crocodilo botando a petista Beth Carvalho pra cantar pra gente!

9 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

A RAINHA DA BORBOREMA

Campina Grande, na Paraíba, é uma das cidades mais progressistas da Nação Nordestina. 

Ela é considerada como um dos maiores polos industriais daqui deste banda de cima e, segundo a Newsweek, aquela revistinha dos zamericanos, Campina Grande é o principal polo tecnológico da América Latina.

Tanto que é conhecida como sendo a Liverpool Brasileira

Mas o que gosto mesmo neste lindo e acolhedor recanto de mundo, é a pujança da sua cultura popular, que por lá se respira em cada esquina.

Campina Grande é  a terra de nascença de dois grandes amigos meus: Jessier Quirino, colunista do JBF, e o saudoso Orlando Tejo, autor do clássico “Zé Limeira, o Poeta do Absurdo” e de quem ouvi muitas e muitas histórias e causos que ele viveu por lá.

Jessier e Orlando são dois ícones da Nação Nordestina. Dois poetas de arrombar! 

Tenho um carinho muito especial pela cidade de Campina Grande, onde vivi momentos muito felizes e especiais.

E, desde a eleição do último domingo, passei a amar Campina Grande com mais intensidade ainda.

É fato histórico nesta cidade que o PT sempre perdeu por lá. Sempre, sempre, sempre.

NUNCA o PT ganhou qualquer eleição na Rainha da Borborema.

E, no último dia 7, o Poste do Prisioneiro teve raquíticos 20,6% dos votos, contra 50,6% do primeiro colocado, o candidato do PSL.

Aliás, lá em Campina Grande este sigla, PSL, é conhecida como sendo Pais Sem Lula.

Parabéns aos eleitores de lá que enfiaram esta pajaraca no furico do canalha petêlho.

Vocês são um dos orgulhos da Nação Nordestina!!!

Pra celebrar a mais nova derrota vermêio-istrelada naquela terra, aqui vão dois forrós arretados, interpretados por duas majestosas figuras paraibanas, Jackson do Pandeiro e Marinês.

7 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

NÚMEROS REVELADORES

Os milhões de seguidores de Jair Bolsonaro nas redes sociais ajudam a explicar seu amplo favoritismo em relação ao candidato petista Fernando Haddad.

No Facebook, maior rede social do mundo, por exemplo, Haddad tem 700 mil seguidores na sua página oficial, enquanto Bolsonaro tem dez vezes mais: 7,2 milhões.

A diferença se repete nas demais redes sociais.

Bolsonaro humilha até Lula, o petista mais popular, que tem só metade dos seus seguidores no Facebook.

No Instagram, a rede social mais popular entre os jovens, Haddad tem 415 mil seguidores. Bolsonaro, 3,8 milhões.

No Twitter, a rede social predileta de viciados em notícias, Bolsonaro tem 1,6 milhão de seguidores. Haddad, menos da metade: 710 mil.

No YouTube, “TV aberta” do público jovem, Bolsonaro tem 1,3 milhão de assinantes. Haddad tem apenas 2.195 e o PT, raquíticos 41 mil.

A fuga da militância, envergonhada com escândalos, está clara: só um terço dos 2,1 milhões de filiados ao PT seguem Haddad no Facebook.

* * *

Mais de 7 milhões de seguidores no feissibuqui.

Danô-se! Vôte!!!

É gente que só a bixiga lixa.

Agora, deixando o capitão de lado.

A estatística mais arretada que eu vi na notícia aí de cima foi esta:

Apenas um terço dos 2,1 milhões de filiados ao PT seguem Haddad no Facebook.

Um terço, por fatídica coincidência, é escrito assim com números: 1/3

A militância petêlha tá começando a pular fora do barco em pleno processo de naufrágio.

Ô povinho ingrato…

Daqui a pouco vão até começar a enxergar a realidade e deixar de carregar os cartazes de “Lula é Inocente”.

7 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

SEMPRE DO CONTRA E NA OPOSIÇÃO

Ou hoje, ou até o final do mês, conforme haja ou não segundo turno, teremos um novo presidente eleito que tomará posse no próximo ano.

Vença quem vencer, ganhe quem ganhar, este Editar declara que será de oposição assim que o vencedor botar a bunda na principal cadeira do Palácio do Planalto.

Sigo fielmente o lema do meu guru Millôr Fernandes: 

Embora esta gazeta escrota seja mais “imprensada” do que “imprensa”, sigo esta norma ao pé da letra.

Serei do contra e, tenho certeza absoluta, estarei prestando um serviço melhor ao meu país do que se fosse a favor e ficasse puxando o saco do gunverno (salvo, evidentemente, se o novo presidente descolar uma verbinha pro cofre sempre vazio e raquítico do JBF…).

Para esta eleição de hoje, eu só tenho um pedido a fazer:

Que os eleitores do Paraná e do Rio de Janeiro metam o pé na bunda de Gleisi Amante Hoffmann e de Lindbergh Corrupto Farias.

Seria um faxina fantástica no nosso parlamento federal.

Já encomendei até uma reza pra Dona Gina, a maior catimbozeira de Palmares, e estou torcendo pra que meu desejo seja atendido!

7 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

CANGALHA NO LOMBO

Daqui a pouco tô saindo pra votar.

Minha seção fica bem perto aqui de casa.

Ontem de noite preparei a cola com os seis itens, contendo os números de todos os meus candidatos.

Desde o primeiro, deputado federal, até o último, presidente.

Tem voto consciente e tem voto de cabresto, pedidos ou ordenados por amigos meus.

E, em falando de cabresto, quero dizer que, além da cola, vou levar também 13 cangalhas que comprei em Caruaru.

É pra botar  no lombo de asininos que ainda cometem a jumentice de votar em candidatos do PT.

As cangalhas são deste lindo modelo que está exposto na Fundação Joaquim Nabuco, aqui no Recife, conforme foto abaixo:

7 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

O DATA BESTA CONVOCA

Este são os índices Ibope e Datafolha, fresquinhos, saídos ontem à noite.

Agora, responda à pesquisa mais confiável da praça, que é o levantamento feito pelo Instituto Data Besta.

Vá aí do lado direito desta gazeta escrota e dê o seu pitaco.

E aqui no JBF é feito caldo de cana: na hora.

Logo depois de dar seu voto, você já pode ver como estão os números.

Não deixe de cumprir seu dever cívico-fubânico!!!

7 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

COMEMOREMOS ! ! !

Hoje é uma data especial.

Merece ser comemorada.

Neste dia 7 de outubro de 2018 se completam seis meses que Lapa de Corrupto está na cadeia.

Legalmente, constitucionalmente, conforme a letra fria da lei.

Tudo dentro da mais perfeita legalidade.

Um semestre inteiro na cadeia!!!

Quanto ao ministro Marco Aurélio Babaca de Mello, que em janeiro passado declarou que a prisão do corrupto “incendiaria o país“, ele que procure uma mangueira de apagar incêndio bem grossa pra enfiar no seu furico de juiz idiota e tendencioso. 

Celebremos!!!

Aleluia!!!

6 outubro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

O DATA BESTA CONVOCA

Uma nova pesquisa do Data Besta está no ar.

Convocamos toda a comunidade fubânica para dar a sua peruada.

Diga em quem você vai votar amanhã para presidente.

Vá aí do lado direito e cumpra seu dever cívico-fubânico.

Boa eleição!!!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa