18 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

O INSTITUTO DATA BESTA ESTÁ NAS RUAS!!!

Tem nova pesquisa no ar nesta gazeta escrota.

Você, leitor fubânico, que é especialista em Santificação e Teologia, vá aí do lado direito e cumpra seu dever cívico-religioso-canônico.

O Instituto Data Besta quer saber quem é o mais santo.

João de Deus ou Lula?

Hein?

17 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

MANCHETE MINEIRA

Esta é pra começar bem o nosso expediente de segunda-feira.

Trata-se de uma manchete que foi publicada no Diário de Teófilo Otoni, a progressista cidade mineira.

Uma excelente semana pra toda comunidade fubânica!

 

15 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

O INSTITUTO DATA BESTA PERGUNTA

Tem nova pesquisa no ar nesta gazeta escrota.

Vá aí do lado direito e cumpra seu dever cívico-fubânico.

Dê seu pitaco.

Um excelente final de semana pra todos os nossos leitores!!!

Pesquisador: “Tu lê o Jornal da Besta Fubana”

14 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

SE ALEMBRE-SE DE NÓIS!!!

Ontem, dia 13 (êpa!), o presidente eleito escreveu isto no seu twitter:

Chega se assustei-me todinho quando li o tamanho da verba piramidal:

2,5 bilhões de reais é dinheiro pra corrupto algum conseguir gastar durante o decorrer de toda uma vida.

Gastos com patrocínio e publicidade.

Pois meta a tesoura e corte pra valer, Capitão!!!

Mas, depois do corte, faça o seguinte: arranje uma verbinha aqui pra esta gazeta escrota.

Basta que seja apenas 0,01% destes 2,5 bilhões que a Caixa torrou no ano 2018.

Consiga pra nós este patrocínio que eu vou passar o dia todinho dizendo que o sinhô é um Messias que erradicou a miséria do Complexo Midiático Besta Fubana e eliminou a fome de Chupicleide!

14 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

UMA DÚVIDA ATROZ

Ontem eu fiquei pensativo e encucado com um estranho fenômeno.

É o seguinte:

O G1, gigantesco portal da Globo, estampou esta manchete:

Um índice espantosamente alto.

Mas, ainda no dia de ontem, algumas horas depois, a Folha, que não comete falhas, publicou esta outra notícia:

E eu fiquei numa dúvida atroz.

Afinal, os brasileiros otimistas, confiantes de que a partir do dia 1º de janeiro o país vai estar “no caminho certo” e que a lembrança petralhística estará totalmente sepultada, são 75% ou são 64% ?

Hein?

Apelo para o fubânico lulo-petista Citador de Dados a fim de que venha nos tirar deste terrível dilema.

Aguardemos que ele se manifesta.

Quem está certo: o G1 ou a Folha?

13 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

COLUNISTA FUBÂNICO LANÇA LIVRO

O fato se assucedeu-se ontem, aqui no Recife.

Foi no Paço Alfândega, um aprazível espaço no centro da cidade, às margens do Rio Capibaribe.

O  colunista fubânico Jessier Quirino, um dos maiores talentos da poesia nordestina, lançou o seu mais recente livro, “O causo da Cobra Branca”.

Uma noite agradável, com a presença de muitos admiradores, leitores e amigos.

Jessier e sua esposa Doró, este inxirido Editor com Aline, e Marcela Quirino, filha de Jessier, com o marido João Guilherme

Estavam presentes no evento os colunistas fubânicos Maurício Assuero e José Paulo Cavalcanti com as suas esposas.

Além da boa conversa e dos autógrafos, Jessier proporcionou ao público presente uma divertida sessão de contagem de histórias e causos matutos.


E, já que falei em Marcela Quirino, vou aproveitar a oportunidade pra presentear os nossos leitores com uma magnífica interpretação que ela faz de um poema da autoria de Jessier, cantando em dupla com seu pai, mostrando que o talento pode ser transmitido de uma geração pra outra.

Trata-se da belíssima poesia Ave-Maria das Mangueiras, contida no livro Papel de Bodega.

12 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

BEM NO MEIO DO OLHO DO FURICO

O zisquerdoide descerebrado Guilherme Boulos, terrorista urbano e invasor de propriedades alheias, cagou um tolôte de grosso calibre no twitter.

Vejam só a merda que ele digitou:

A resposta que lhe deu Danilo Gentili foi simplesmente genial.

Endosso, apoio, subscrevo e assino embaixo.

Olhem só que cacetada:

11 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

BEM NO MEIO O OLHO DO BUFANTE

O Jornal da Besta Fubana publica em sua edição de hoje um artigo antológico do grande jornalista J.R. Guzzo, intitulado “A Mídia Diante do Público“.

Uma cacetada certeira, como costumam ser todas as cacetadas deste grande profissional.

É só ir rolando a tela que vocês encontrarão o texto aí embaixo.

Mas esta postagem aqui é pra falar de outra coisa.

É pra falar de outra cacetada que Guzzo deu numa petista sem vergonha no fucinho (como são todas elas; e também todos eles…)

Uma sujeita que atende pelo nome de Rosa Weber, indicada para o STF pela sua parceira de militância, a também descerebrada Dilma Roussef.

Guzzo fala sobre o incrível e inoportuno cagatório oral que Rosa, na condição de presidente do TSE, despejou ontem, por ocasião da diplomação do presidente eleito Jair Bolsonaro, e que foi amplamente divulgado no noticiário.

Um espetáculo surreal como só mesmo numa república bananeira como a nossa seria possível de acontecer.

Vejam o que Guzzo postou no twitter:

Tô contigo e não abro!

Assino embaixo o que você escreveu, grande Guzzo!

Esta idiota togada deveria fechar a boca-cu e nos poupar de suas cagadas orais.

Termino a postagem com um vídeo sobre esta diarreia impressionante da ministra rosada.

E tem mais um outro vídeo bem interessante que pode ser acessado clicando aqui.

11 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

UMA PRESEPADA ENTRE AMIGOS

Futucando e botando em ordem os meus arquivos, encontrei um texto que escrevi em novembro de 2005.

Já lá se vão 13 anos…

Está transcrito a seguir pra matarmos as saudades.

* * *

DE COMO ME TORNEI COMPOSITOR

O Trio Siridó é o conjunto de forró pé-de-serra mais antigo e mais conhecido de Brasília, com 30 anos de estrada no Planalto Central, animando e dando sustança à colônia nordestina que vive lá naquele recanto do Brasil, tendo a seu crédito uma respeitável quantidade de discos na praça.

Torres, fundador, vocalista e chefe do grupo, é meu amigo de velha data e estávamos sempre juntos participando de encontros, forrós, farras e freges, numa fraternidade que permanece até hoje, depois que me mudei pro Recife, apesar da distância.

Na década de 80 recebi a visita do meu amigo e conterrâneo palmarense Gilberto Melo, poeta de privilegiada inteligência e um dos textos mais seguros e gostosos de ler que já conheci.

Estávamos numa farra num final de semana, na granja de um amigo nos arredores de Brasília, animada pelos acordes do Trio Siridó. Torres trouxe para a festa uma respeitável matrona, muito distinta e elegante, que apreciava tudo com gosto. Na verdade, tratava-se de um enrabichamento que ele arranjara há pouco, apesar de bem casado e de ser excelente pai de família. À moda nordestina…

Informado por mim que Gilberto, além de grande poeta, improvisador e escritor, era também um excelente compositor, o Torres veio com a seguinte história:

– Doutor Gilberto, aquela senhora que está ali é uma pessoa a quem eu quero muito bem e tenho um caso com ela. Ela me ajuda muito nas horas de precisão, quando o trio não arranja serviço, e tem sido de grande serventia quando estamos na pior. Eu queria que o senhor fizesse uma letra em homenagem a ela. O nome dela é Socorro. Faça a letra que o Calango, sanfoneiro do grupo, bota a música.

No mesmo instante, o próprio Gilberto deu o mote:

“Na hora da precisão, Socorro me socorreu”.

E, no passo seguinte, pegou a caneta e compôs a letra, de improviso, ligeiro, como era de seu costume.

Passaram-se os anos e, um belo dia, aparece o Torres na minha casa, me perguntando como faria pra entrar em contato com “Dr. Gilberto”, pois o trio estava indo pra São Paulo, entrar em estúdio, gravar o próximo CD. E, nesse trabalho, estaria incluída a música que o Gilberto havia composto pra Socorro. Ele precisava dos dados do compositor pra fins de direitos autorais e outras burocracias legais. Trazia um formulário na mão, que deveria ser preenchido, e pedia pressa no contato, já que iriam viajar no dia seguinte.

Peguei o papel e, sem mais nem menos, ali mesmo na frente do artista, preenchi tudo com os meus próprios dados.

Torres ficou apreensivo e pálido:

– Menino, que é que Dr. Gilberto vai dizer disso???!!!!

– Deixe que com aquele cabra safado eu me entendo.

Resultado: acabei de receber o último CD do Trio Siridó, com a música “Anjo da Guarda“, onde apareço como parceiro do Calango e do Torres.

Me tornei compositor!

11 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

NÚMEROS SUSPEITOS

No último dia 6, quinta-feira passada, Messias Bolsonaro fez esta postagem no twitter, alardeando a sua grande quantidade de seguidores:

Quando foi ontem, 4 dias depois, o bem informado jornalista Cláudio Humberto publicou esta nota em sua coluna:

Somando as principais redes sociais, o presidente eleito Jair Bolsonaro tem mais de 23 milhões de seguidores.

10 milhões no Facebook, 8 milhões no Instagram; 2,7 milhões no Twitter, 2,3 milhões no YouTube.

De 10 milhões, segundo Messias, pra 23 milhões, segundo Cláudio Humberto, é um salto da porra em tão poucos dias.

Peço a ajuda do fubânico lulo-petista Catador de Links pra apurar a verdade sobre esta enorme diferença.

O fato é que o Departamento de Estatísticas do JBF descobriu que o Coaf achou estes números muito suspeitos.

São números tão altos quanto o dinheiro movimentado por Fabrício Queiroz, assessor de Flavio Bolsonaro, que depositou dinheiro na conta da futura primeira-dama.

O Coaf determinou a apuração rigoroso desta impressionante quantidade de seguidores nas chamadas redes sociais, que representa um aumento no patrimônio de admiradores do Capitão fora do normal.

10 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

MINISTRA JEQUITI

A ministra Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, acabou de diplomar Messias Bolsonaro.

Quando vi as fotos do evento, o que me chamou a atenção foi a carinha da ministra, de bochechinhas rosadas, fucinho risonho e narizinho empinado.

Os lindos cabelos da mesmo cor dos pentelhinhos dourados.

Parecia uma modelo de propaganda de cosméticos.

Silvio Santos bem que poderia contratá-la pra fazer os anúncios dos produtos Jequiti.

Rosa Weber iria vender bem mais perfumes do que as filhas do dono do SBT.

10 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

NUM É PUSSÍVEL ! ! !

Esta deu ontem no twitter de Carla Zambelli, deputada eleita por São Paulo.

Vejam só:

Pergunto a vocês:

Gleisi Amante Hoffmann falou mesmo isto?

Que o PT vai “evitar que Bolsonaro mate pessoas“???

Uma declaração petralhisticamente espantosa!

Confesso que não me dei ao trabalho de procurar se ela cagou mesmo isto ou não.

Espero que o fubânico gleisista Catador de Links me ajude a tirar esta dúvida mortífera.

E, em falando de morte, nesta ansiada delação de Marcos Valério, será que ficará explicitado quem matou Celso Daniel, esta coisa que todo mundo já sabe quem foi o mandante???

Hein???

9 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

ANIVERSÁRIO DE UM ASTRO

No dia de hoje, 9 de dezembro, o lendário ator Kirk Douglas, que nasceu no ano de 1916, completa 102 anos de idade.

Mais de um século de uma produtiva existência!

É um dos meus ídolos do cinema, desde a minha infância.

Seu primeiro filme, The Strange Love of Martha Ivers, data do ano em que nasci: 1946

Kirk é pai do também ator Michael Douglas, de 74 anos, herdeiro do talento de seu genitor.

Uma dupla da qual sou fã e cujos filmes curto muito.

Parabéns!!!

Kirk Douglas e o filho Michael Douglas

7 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

COLUNISTA FUBÂNICO CAGOU NA CABEÇA DO MINISTRECO

O órgão maior da justiça de um país chamado República Federativa de Banânia está em evidência.

Esta bosta denominada inferior tribunal fedorento, assim mesmo com minúsculas, empesteia o noticiário com uma intensidade que não tem nariz que aguente.

Uma catinga da porra!!!!

Excrescências como Lewandowski, Toffoli, Gilmar e Marco Aurélio, entre outros, cagam por via oral numa intensidade nunca vista, desde que aquela mínima instituição, hoje transformada em latrina, foi criada.

O grande jornalista brasileiro José Nêumanne Pinto, colunista deste JBF, lavou a alma do Brasil no dia em que deu uma cacetada histórica em Marco Aurélio Babaca de Melo.

Foi no programa Roda Viva do dia 4 de abril de 2016.

Nêumanne disse no fucinho do ministreco o que todo cidadão brasileiro gostaria de dizer sobre aquela desmoralizada corte.

7 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

VAMOS CELEBRAR!

Hoje se completam 8 meses que o maior corrupto da história brasileira está trancafiado.

Cumprindo pena de 12 anos e 1 mês de cadeia em Curitiba, a bela capital do estado do Paraná.

Tudo por conta da maior roubalheira, do maior saque de dinheiro público que já foi registrado neste país, desde quando ele foi descoberto no ano de 1500.

“Tô fudido, sabe… E inda tem mais cacete pela frente, sabe… Xiuf, xiuf, snif, snif…”

Comemoremos, festejemos!!!

Para celebrar esta maravilhosa data, vamos ouvir o Hino de Curitiba, a cidade que proporciona ao Brasil a alegria de manter enjaulado este rato vermêio-istrelado, chefe da maior organização criminosa que já se viu neste recanto de mundo.

6 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

MANDAR BANDIDOS PROS INFERNOS: UMA EXCELENTE META DE GOVERNO

O fato assucedeu-se ontem, dia 5, na cidade de Valença, Rio de Janeiro.

Um assaltante tomou uma idosa de 83 anos como refém.

A polícia local cercou o safado e, após a idosa tropeçar e cair, aproveitando um descuido do marginal, mandou-o pras profundas dos quintos dos infernos.

Uma cena linda, empolgante, que lava a alma de todo cidadão de bem que vive em constante apavoramento e insegurança por conta da ação destes vagabundos.

Tem gente que é contra e fica horrorizada, dando gritinhos e derramando lágrimas pelos canalhas.

Pois eu declaro de público que sou totalmente a favor da extinção destes felas-da-puta.

As pessoas que viram a cena, cercaram os policiais e aplaudiram, festejaram, celebraram, comemoraram. Se eu estivesse por lá, teria feito o mesmo.

A babaca da lulo-petralha Maria do Rosário deve ter chorado muito, com pena do bandido, que a esta altura já está sendo devidamente assado numa enorme fogueira montada pelo Cão.

Mas, o que eu queria mesmo ressaltar neste episódio é a mensagem que o presidente eleito colocou no seu twitter, e que, em menos de 24 horas, já conta com quase um milhão de curtições no instagram!!!

Achei arretado o que ele escreveu!

Vejam só:

Ainda nem chegamos ao 1º de janeiro e as coisas já começaram a mudar radicalmente.

Esta mensagem deve chegar ao conhecimento de todos os policiais brasileiros.

Ao invés de condenação à ação heroica dos policiais – como é comum a gente ver no noticiário da imprensa babaca, cujas redações estão repletas de militantes zisquerdóides muderninhos -, o que está havendo mesmo é aprovação e aplausos do povão.

E isto é ótimo!

Excelente, muito bom.

3 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

NOMES DE DUPLAS SERTANEJAS

O leitor fubânico Luiz Leal, residente em Casimiro de Abreu-RJ, mandou aqui pra gente uma página muito curiosa.

Uma página que tem este título:

Conheça as 13 Duplas Sertanejas com nomes estranhos e muito engraçados

De fato, são nomes engraçados e curiosos.

Vale a pena dar uma entrada por lá.

Tem fotos e vídeos.

Para acessar, clique na imagem abaixo:

2 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

NUM INTENDO…

Estes dois destaques, assim juntinhos, um seguindo o outro, estão publicados na edição deste domingo do portal G1.

A grande página da Globo.

Vejam:

Árvores de Natal – este costume istranjeiro importado de países gelados para uma país tropical -, também foram montadas em várias outras capitais brasileiras.

Tem árvore de Natal em Aracaju, em Belo Horizonte, em Cuiabá, em Porto Velho, em Teresina, em Florianópolis, em Palmas, em Rio Branco, em João Pessoa, em Goiânia e em Vitória.

Num intendo mesmo porque este destaque só pras árvores do Rio e de São Paulo.

Destaque dado na edição nacional de uma grande página internética, lida em todo o país. 

Alguém poderia me explicar que danado é isto?

1 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

APROVAÇÃO E REJEIÇÃO

1 dezembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

ESCROTIDÃO EM ALTA

No mês de outubro passado, esta gazeta escrota teve um total de 54.402 acessos.

A divulgação, o fuxico, o repasse de postagens feito pelos nosso viciados aumenta a corrente a cada dia.

De modo que, no mês de novembro recém findo, chegamos ao magnífico número de 90.186 acessos.

Estamos perto de atingir a casa dos 100 mil!!!

E isto num jornaleco safado, caseiro, artesanal, sem qualquer patrocínio, sem qualquer verba, pública ou privada.

Estes números compensam a trabalheira diária. Compensam mesmo.

Fico muito feliz e satisfeito.

Brigadão a todos vocês. É só isto que tenho a dizer.

Continuem espalhando e divulgando a escrotidão que por aqui campeia.

Distribuam pra todos os seus amigos, contatos, parentes, aderentes e, principalmente, pra todos os seus inimigos, o nosso endereço:

http://www.luizberto.com/

Por e-mail, por zap, por twitter, por facebook ou por qualquer outra forma.

Vale tudo!!!

30 novembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

RECORDE BANÂNICO

O Rio de Janeiro é um estado recordista.

Um estado único dentro da República Federativa de Banânia.

Tem quatro governadores que já foram presos.

Quatro!!!

Como pernambucano, terra de nascença do presidiário Lula, fico numa inveja da porra do politizado eleitorado carioca.

Pezão, Mãozona, Bundona e Garotão: um quarteto ladroatífero de altíssimo nível

29 novembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

FALTA ALGUÉM NO CAMBURÃO

Lula preso, Cabral preso, Pezão preso.

A fila tá andando.

Ainda tá faltando Dilma.

“Tá fartando a cumpanhera”

27 novembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

PROPINAÇÃO LULEIRA PERFEITAMENTE DENTRO DA LEI

Escreve o jornalista Joselito Müller, um cabra bem informado e arguto, que se o sujeito recebe uma propina mas fornece um recibo autenticado, então perante a lei ele não pode ser chamado de corruPTo.

Só é ilegal se o cara não passar recibo.

O Departamento Jurídico-Propinal do JBF passou a questão para as mãos de um especialista na área, o estimado Ceguinho Teimoso, incansável componente da banca de defesa de Lula.

Ceguinho confirmou a informação de Joselito.

Propina com recibo não é corrupção.

É doação legal.

O único detalhe que o Departamento Jurídico-Propinal do JBF fez uma reparo é quanto à palavra “Recebemos“, que consta do recibo pixulecal.

O correto deveria ser “Recebi“, no singular, e não “Recebemos“, no plural.

Recebi da Corruptora Ativa ARG Ltda a importância de…“, etc. etc. etc…

Lula recebeu legalmente R$ 1 milhão de propina por intermediar negócios da empresa ARG na Guiné Equatorial, um país que é de propriedade do ditador Obiang Nguema Mbasogo, amigo do peito de Lula, e que há 39 anos administra sua capitania hereditária, a ser transferida para o filho, Teodoro.

Teodoro Obiang, o herdeiro, é aquele atlético negão que teve apreendidas suas malas com US$ 1,4 milhão e 20 relógios de luxo no Aeroporto de Viracopos, no mês de setembro passado.

Lula agradecendo a generosidade de seu amigo do peito Obiang, pai de Obianguinho

Quanto ao depósito corrupcional na conta do Instituto Lula, o Departamento Jurídico-Propinal do JBF informa que está tudo certo.

Tudo conforme os trâmites propinais banânicos.

27 novembro 2018 A PALAVRA DO EDITOR

ATENDENDO A PEDIDO

O JBF acabou de receber mensagem do Instituto Dilma Roussef.

Com pedido de publicação urgente.

A ex-presid-Anta Dilma, em cujo furico a justiça irá enfiar, em breve tempo, uma pajaraca de 13 polegadas, repudia com veemência o fato de ser chamada de “ré”.

Ele exige ser chamada de “réua”.

Pronto, dona ex-presid-Anta: tá publicada sua solicitação.

Disponha sempre desta gazeta escrota.

Aproveito a oportunidade pra fechar a postagem com dois itens:

– Dar os parabéns a todos que votaram e revotaram na senhora. São uns verdadeiros gênios da conscientização política!!!

– Rememorar num vídeo os seus brilhantes pronunciamentos, dignos de figurar em qualquer antologia histórica:


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa