Categoria: AUGUSTO NUNES

COMO É QUE É?

Gleisi informa em dilmês que desconhece o passado e não tem ideia de como será o futuro

“Estamos vivendo um momento muito difícil nesse país, é o fechamento de um ciclo que se iniciou em 1988 e não sabemos bem o que vem na sequência. O pacto da democracia formal de 1988 tem 30 anos. Em termos de História não é antigo, e está sendo rasgado”.

Gleisi Hoffmann, senadora do PT paranaense e presidente nacional do partido, confirmando que a intensa convivência com Dilma Rousseff é o caminho mais curto para os interessados em dominar a arte de não falar coisa com coisa.

O TESOUREIRO DO CHEFÃO E O COROINHA DE MISSA NEGRA

Aflita com a aproximação da sentença de Sérgio Moro sobre o caso do sítio em Atibaia, a tropa de bacharéis do Instituto Lula transformou Paulo Okamotto e Gilberto Carvalho em protagonistas do ato mais recente do interminável espetáculo do perjúrio. Depois de reiterar que o ex-presidente presidiário nunca foi dono do sítio que é dele, a dupla contou que, como Marisa Letícia se apaixonara pela propriedade rural à primeira vista, o maridão examinou por algum tempo a ideia de comprar o imóvel. Desistiu depois de constatar que “Atibaia é muito longe”.

Okamotto disse que esteve no sítio “uma ou duas vezes”, a convite de Marisa Letícia, e até encontrou por lá o dono oficial, Fernando Bittar. Graças ao tesoureiro particular do chefão, descobriu-se que existe um anfitrião que deixa por conta de dois convidados a complementação da lista de convidados. Gilberto Carvalho, também a convite de Marisa Letícia, participou de uma festa junina na casa de campo. O coroinha de missa negra sentiu-se tão à vontade que ficou para dormir.

Quem quiser engolir a conversa fiada terá de acreditar que Lula é, simultaneamente, o mais indeciso e o mais impetuoso negociante do planeta. Só um vacilante juramentado precisou de 111 fins de semana para descobrir que Atibaia não é tão perto de São Bernardo. E só um precipitado patológico pediria a empreiteiros amigos que o presenteassem com obras, reformas e melhorias milionárias antes mesmo de decidir se deveria ou não comprar o sítio.

ACABOU MAS CONTINUA

Leonardo Boff informa que o ex-presidente presidiário quer resolver o problema que jurou ter resolvido

“Lula me disse que quer voltar ao poder para dar centralidade às políticas públicas e governar a partir dos pobres.

Leonardo Boff, depois de visitar Lula na cadeia em Curitiba, informando que o o ex-presidente quer trocar a cadeia pelo Planalto para acabar com a pobreza que jura ter acabado em 2010.

FAZ SENTIDO

Gilberto Carvalho explica que Lula considerava muito longe o sítio que visitou 111 vezes em Atibaia

“Ele considerava Atibaia muito longe“.

Gilberto Carvalho, ex-ministro de Lula e caixa-preta do PT, em depoimento à Polícia Federal, explicando que Lula não tinha certeza se devia ou não comprar de Lula o sítio que era de Lula por considerar muito longe o lugar onde passou 111 fins de semana em quatro anos.

* * *

TEMER: VEJA COMO FICA QUEM CONVIVE CINCO ANOS COM DILMA

Na semana passada, durante uma palestra na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), em São Paulo, Michel Temer tentou explicar por que, embora o desemprego tenha diminuído, o desemprego aumentou.

A plateia saiu de lá com uma certeza: ninguém convive impunemente por tanto tempo com Dilma Rousseff.

ÓDIO MORTAL

Jandira Feghali deseja aos venezuelanos mais cinco anos de Nicolás Maduro no poder

“O PCdoB expressa sua solidariedade ao presidente Nicolás Maduro, ao Governo e ao seu povo, conclamando as forças democráticas e progressistas a intensificarem suas ações de solidariedade em defesa da autodeterminação e do respeito à soberania venezuelana.#ElMundoConMaduro”.

Jandira Feghali, deputada federal pelo PCdoB do Rio de Janeiro, sem esclarecer por que odeia tão intensamente o povo venezuelano.

A CAFETINA DOS SEM-TETO DESAFIA OS DEFENSORES DA LEI

As gravações que escancaram as bandidagens de Ednalva Franco, chefe de um certo Movimento Moradia para Todos (MMPT) e assessora da deputada estadual Márcia Lia, do PT paulista, revelam que não há limites para a insolência dos controladores da indústria de invasões de imóveis urbanos.

No repulsivo baú arrombado pelos áudios, duas obscenidades merecem destaque. Primeira: os chefes das siglas que estupram impunemente o direito de propriedade não buscam teto para todos. Buscam dinheiro para poucos. São extorsionários fantasiados de revolucionários.

A segunda abjeção é protagonizada por autoridades que, quando não os engavetam, protelam por meses ou anos o cumprimento de mandados de reintegração de posse. Preferem perder tempo em negociações com meliantes, recitando que logo se chegará a algum “acordo amistoso”.

É cúmplice, comparsa ou coiteiro quem enxerga interlocutores confiáveis em gigolôs da miséria. (Gigolôs e cafetinas, informam as ameaças e retaliações rosnadas por Ednalva Franco). Não faz sentido, portanto, organizar amenos encontros para saber o que pensam os vigaristas liderados por Guilherme Boulos.

Nos países civilizados, casos de polícia não são ouvidos. São interrogados em delegacias e tribunais.

* * *

FAROESTE À BRASILEIRA

No universo paralelo criado pelo PT, os xerifes ficam insones e os bandidos dormem com a serenidade de bebê de colo

“Tenho certeza de que sou vítima de um conluio entre a imprensa e a Força Tarefa da Lava Jato que não sabem como sair da emboscada que se meteram com tantas mentiras. Estou tranquilo e sereno. Não sei se os acusadores dormem com a consciência tranquila que eu durmo. A minha tranquilidade é porque eu tenho vocês”.

Lula, em nota aos participantes da vigília do PT em Curitiba, confirmando que no faroeste à brasileira inventado pelo partido que virou bando, os xerifes têm insônia e os vilões dormem com a serenidade de bebê de colo.

* * *

Os protagonistas do show de cinismo homicida

O ex-deputado Robson Tuma, que ganha um gordo salário para cuidar do patrimônio da União em São Paulo, apareceu no Largo Paissandu decidido a denunciar o culpado pelo desabamento do prédio no Largo Paissandu: foi a burocracia, repetiu em sucessivas entrevistas o representante do governo federal no elenco dos responsáveis culpados pelo desabamento do prédio de 24 andares. Deixou o local do crime sem elucidar o mistério das “dificuldades burocráticas”. E continua no emprego que lhe permite viver sem trabalhar.

O governador Márcio França revelou que a tragédia era “mais ou menos previsível”. Sem explicar por que nada fez para evitar que a previsão se consumasse, retomou a campanha eleitoral que empreende para prolongar por quatro anos o inquilinato no Palácio dos Bandeirantes. O prefeito Bruno Covas mandou interditar cinco prédios em situação de risco, e garantiu que outros setenta serão vistoriados com urgência. Dispensou-se de informar por que só depois que um prédio cai são vistoriados os que estão para cair.

Guilherme Boulos, único sem-teto do mundo que jamais dormiu ao relento, precisou apenas de dois vídeos e alguns recados em redes sociais para subir algumas posições no ranking mundial da cafajestagem política. Absorvido pela agenda de candidato do PSOL à Presidência da República, o chefão do MTST inventou a terceirização do estupro do direito de propriedade. Invasões no centro de São Paulo, garantiu, são agora explorados por um certo Movimento de Lula Social por Moradia, vulgo MLSM.

Além de um número ainda impreciso de vidas não vividas, o prédio assassinado também soterrou imposturas paridas por gigolôs da miséria. Há pelo menos dez anos, por exemplo, Lula jura que a pobreza acabou. Seria feita só de estrangeiros importados por Michel Temer essa gente que não tem sequer onde morar? Dilma recita de meia em meia hora que o Minha Casa Minha Vida operou o milagre da multiplicação das residências populares. Se há teto para todos, todo sem-teto é uma miragem.

O edifício Wilton Paes de Almeida não existe mais. O espetáculo do cinismo homicida, esse não tem prazo para terminar.

VANGUARDA DO ATRASO

Manuela D’Ávila pretende se eleger com o que há de mais moderno no comunismo

“Eu acredito que o Brasil pode retomar o seu crescimento econômico e pode se desenvolver enquanto nação, mas não tenho dúvidas que para isso há necessidade de nós colocarmos o combate à violência e a criação de um plano nacional de segurança pública como prioridades”.

Manuela D’Ávila, candidata à Presidência da República pelo PCdoB, no Twitter, sem explicar se pretende resolver os problemas do Brasil utilizando os métodos moderníssimos aplicados em Cuba, na Venezuela, na Coreia do Norte ou na falecida União Soviética.

* * *

QUADRILHEIROS UNIDOS

José Dirceu avisa que só vai pensar em fugir do Brasil quando Lula sair da cadeia

“Como vou deixar o país se o Lula está preso? Não se abandona um companheiro assim. Há erros que você pode cometer. Outros, não”.

José Dirceu, condenado a mais de 40 anos na Operação Lava Jato, ainda em liberdade graças à fábrica de habeas corpus de Gilmar Mendes, prometendo que não fará com Lula o que Lula fez com ele.