A PERDA DE CLIENTES POR FALTA DE VISÃO

Alguns sites de empresas jornalísticas estão bloqueando o acesso de não assinantes às suas publicações, há algum tempo.

Normalmente, costumam colocar um aviso dizendo que o bom jornalismo tem custo e que a matéria é reservada aos assinantes etc., e negam o acesso ao internauta.

Penso que essa atitude demonstra uma total falta de visão de mercado e, acima de tudo, uma avaliação errada dos tempos modernos.

Hoje em dia, com a dinamização das comunicações, o departamento comercial das empresas precisa se modernizar e entender que o número de acessos é que determina o preço da publicidade.

Em sites pouco vistos, ninguém anuncia. Mas quanto mais acessado for um site, maior interesse desperta dos anunciantes e mais se pode cobrar pela inserção de publicidade.

Basta imaginar que uma boa matéria, que desperte o interesse geral, será compartilhada nas redes sociais e todos os “amigos” que o compartilhador tiver na rede deverão ter interesse em acessar a matéria, o que dará um maior índice de acessos ao portal ou link, tornando-o mais interessante para anunciantes.

Publicações como UOL, ESTADÃO, VEJA e outros, agindo assim, estão certamente afastando leitores e penso que afastar leitores, além de ser irracional para um “jornal”, a médio e longo prazo deverá levar essas publicações ao “ostracismo”.

E, consequentemente, afastando os anunciantes, porque o interesse de quem faz um anúncio em qualquer meio de comunicação é que a sua propaganda seja vista pelo maior número de pessoas possível. Se um Grande número é impedido de ver a notícia, automaticamente, não verá a propaganda do anunciante.

A atitude se torna mais insana, ainda, quando o internauta se interessa por uma notícia e, impedido por alguns dos sites citados, procura por ela em outros sites e lê sob o enfoque de outros jornalistas que não estão atrelados a sites “antipáticos”.

As agências de notícias costumam distribuí-las para inúmeras publicações. Hoje em dia, raras são as matérias, realmente, exclusivas.

Quem quiser continuar bloqueando o acesso dos leitores não assinantes, que o façam. Tem todo o direito. Mas imagino que a queda nas receitas parece inevitável.

* * *

FALA SÉRIO!

O STF está trabalhando contra is próprio e contra a sua credibilidade.

O recente episódio do julgamento da admissibilidade do HC de Lula atesta e reforça a frase acima.

Enquanto a nomeação de membros do STF for política, por escolha do Presidente de Plantão, seus julgamentos não estarão isentos ou nos darão essa impressão.

Somente a mudança no sistema de escolha e o fim do foro privilegiado poderão devolver a credibilidade ao STF.

Um magistrado não pode ficar refém de quem o nomeou, NUNCA!

FALA SÉRIO!