Categoria: RODRIGO BUENAVENTURA DE LÉON – LIVRE PENSADOR

MANIFESTO DOS SEM-SAC0

Nós, um grupo de brasileiros, honestos, trabalhadores, pagadores de impostos e toda aquela ladainha que você já está careca de saber, reunidos, casualmente para protestar contra toda esta merda que ai está resolvemos publicizar todo nosso inconformismo com a situação de nosso país, o Brasil. Desta forma divulgamos o ‘MANIFESTO DOS SEM-SACO’.

Também, como não aguentamos mais tanto movimento ‘social’, junatndo vagabundo por ai; é MST, MTST, é CUT, é síndicato é PT, é MDB, é um monte de movimentos e partidos, inúteis para juntar sem-vergonhas, vagabundos e ladrões para vilipendiar nosso dinheiro. Resolvemos organizarmos e fundar o MOVIMENTO DOS SEM-SACO.

SEM SACO para aguentar toda esta putaria que ai está. Como não temos tempo nem paciência para explicar mais e, você já entendeu mesmo – ou então é um débil mental, militonto ou petista, casos em que não adianta explicar -, vamos direto ao Manifesto.

Manifesto:

Nós cidadãos brasileiros, honestos, trabalhadores e pagadores de impostos vimos por intermédio deste documento manifestar nossa indignação, repúdio, nojo, asco e revolta com toda esta merda que está ai.

Não temos mais saco para aguentar:

1- Movimentos sociais repletos de sanguessugas e vagabundos;

2- Políticos filhos da puta, ladrões e /ou incompetentes;

3- Partidos políticos que são verdadeiras quadrilhas mafiosas;

4- Bandidos tentando disfarçarem-se de Salvadores da Pátria;

5- Professores, intelectuais, artistas e outros imbecis querendo fazer nossa cabeça;

6- Servidores públicos que se servem da administração pública;

7- Corruptos, corruptores, empreiteros, marqueteiros, bolivarianos, comunistas e outras pragas;

8- Vagabundos que acham que só tem direitos;

9- Juízes e ministros que não julgam e que destorcem a Lei em prol de seus interesses;

10- Esta conversa fiada de país dividido, de ‘nós contra eles’, de direitos e cotas para A, B e C e outras vagabundagens;

11- E toda esta zona, ou melhor, toda esta putaria que virou este país.

Por isso declaramos que:

1- Sindicatos pelegos têm de acabar e sindicalista tem de trabalhar;

2- Não queremos mais reeleição para políticos;

3- Lugar de corrupto é na cadeia;

4- Bandido bom é bandido morto;

5- Diretos humanos são para humanos diretos;

6- Servidor público é para servir ao público;

7- Juiz é para fazer cumprir a lei, para todos, inclusive para eles;

8- Basta de impunidade e de mordomias;

9- Chega de frescura, de mimimi e de direitos disto ou daquilo;

10- Vamos privatizar, Estado e Governo são para fiscalizar e regular, não para produzir;

11- Viva a Operação Lava-jato;

12- Queremos Lula, Aécio, Dilma, Temer, Collor, Sarney, Maluf, Gleisi e toda a corja apodrecendo na cadeia;

13- Chega de mordomias para preso. É porrada e trabalho, só! Preso não tem direitos.

14- Foda-se o politicamente correto!

De resto é o seguinte: vai trabalhar vagabundo e parem de frescura!

Como não temos saco para fazer manifestações e nem tempo, pois temos de trabalhar para sustentar nossas famílias e de quebra esta corja toda, não haverá bloqueio ou protesto, pois isto é coisa de vagabundo, sem-vergonha, sindicalista e militante de esquerda.

Faremos nosso protesto nas urnas, em outubro e vai ser avassalador. Vamos limpar este país!

Faça parte do Movimento dos Sem-saco, daqueles que não tem mais saco para aguentar tudo isto que está ai.

Não precisa se inscrever, não precisa pagar taxa, basta votar consciente em outubro. Votar para mudar esta merda.

Mas não pensem que somos cordeirinhos. Não somos!

Provoquem-nos e vão sentir o peso de nossas mãos. As ruas vão baixar a porrada e serão centenas de milhões de mãos.

E vamos acabar com este manifesto para não encher sua paciência. Você já entendeu nosso ponto de vista.

Voto na urna e se preciso porrada neles! Em todos eles!

A CULPA É DO TRUMP!

Nunca em minha vida tive notícia de alguém tão perseguido pela mídia e, ele é realmente perseguido, como Donald Trump. Claro que ele não é nenhuma vítima, hipossuficiente e que não sabe se defender. É óbvio que parte do que lhe atribuem é verdade e que ele, Trump, adora cultivar uma polêmica.

Mas não neste nível! Qualquer coisa, em nível internacional, que remotamente poderá dar errado, que deu errado ou que no futuro dará errado é culpa do Trump. Já se ele acerta ou tem razão é sorte, é porque fez algo que outro já tinha deixado alinhavado (por outro leia-se Obama), nunca por seu mérito.

Donald Trump cometeu o maior dos pecados, foi ele mesmo e, derrotou a candidata do deus das esquerdas Barack Obama. Estragou a festa ao ousar vencer uma eleição, onde tinham planejado meticulosamente seu papel, o de um coadjuvante derrotado de forma acachapante. Não foi! Ponto!

E, queiram seus algozes ou não, vem cumprindo seu papel. Fazendo, de forma atabalhoada, quase sempre, aquilo que prometeu a seus eleitores, ainda na campanha. Este comentário me foi motivado pela questão das Coréias.

São mais de 50 anos de uma ‘paz’ complicada, instável e de uma prisão comunista com um povo famélico. O líder norte coreano Kim Jong Um é cruel, sanguinário, despótico e doido como qualquer ditador.

Mas o anão tarado (prefiro me referir a ele assim) tem entre suas taras um amor incondicional, pasmem, pelo american way of life. Gosta de basquete, gosta da Disney, dos musicais da Broadway e do Mickey. Tanto que recebe ex-astros sem-noção da NBA como visitantes e promove shows fake dos grandes parques Norte americanos na paupérrima Coréia do Norte.

Se pudesse, o Anão Tarado, já teria convertido seu país, a Coréia do Norte, em um EUA fake, abraçando os Estados Unidos como patrono. Não pode, não que não queira. Simplesmente não pode pois seu país é uma colônia satélite da grande China, um tampão para impedir a total influência americana e japonesa no quintal de Beijing.

Mas os Norte Coreanos têm fome, os ‘nobres’ do regime comunistas, as elites do partido têm necessidades e precisam de dinheiro, de muito dinheiro. Algo que os chineses não estão a fim de dar. Então de quem extorquir? Ora do Grande Satã Norte Americano.

E lá vai o Anão Tarado brincar de homem bomba nuclear, nos intervalos em que não está alimentando seus cachorros com carne dos parentes. Chantagear os americanos sempre deu certo. Ao fim e ao cabo os Norte Coreanos sempre levavam o que queriam, que obviamente é muito mais do que valem ou merecem.
Não, não estou falando do povo famélico, mas das elites do partido comunista. Pois tenham certeza que o povo Norte Coreano nunca recebeu nada dos acordos e chantagens que seus líderes fizeram com o mundo.

E lá seu foi Kim Jong Un fazer o que seu pai e avô fizeram, extorquir o Ocidente. Ele mesmo já tinha sido exitoso com Obama. Mas Donald Trump bancou a aposta. Literalmente sabia que seu ‘botão’ era maior e que o ‘botão’ do Anão sequer funcionava. A coisa encrespou, críticas do mundo ‘civilizado’ (?), da imprensa livre (?) e isenta (???).

Como não dava para atribuir toda a loucura à Trump pois ai seria demais, até para a imprensa esquerdista, caricaturizaram os dois. Eram dois idiotas com bombas nucleares. Sempre superlativizando a Coréia do Norte! Na realidade era um com muito poderio e um Anão Tarado desesperado, mentiroso e agarrado em um blefe.

Quase levou, chegou a levantar suspiros de admiração dos bolcheviques idiotas de plantão, que se escondem em nossas Universidades. Pensaram que poderiam ver, em vida, o sonho da América do Norte em ruínas. Idiotice, tal e qual a do PC do B que defende e elogia o Regime Norte Coreano como uma democracia popular. Se isto é democracia para eles (do PC do B), Viva a Ditadura!

Mas Trump dobrou a aposta mais e mais. E o que houve? A China se incomodou. A teimosia de ambos estava atrapalhando os negócios. E nada, mas nada mesmo, na China Comunista é mais sagrado que o Capitalismo e os Negócios. Pronto os chineses resolveram a parada, chamaram o Anão deram um pito e mandaram ele ficar quieto.

Daí foi o que se viu. A saída diplomática das Olimpíadas de Inverno. A reunião entre os líderes e o caminho para a ‘paz’. A curto prazo espero que proporcione um pouco de alento e comida para o povo da Coréia do Norte.

Agora é uma questão de acerto de interesses entre os líderes do partido, para a divisão do butim e a coisa vai andar. A Coréia do Norte só não vai se fundir imediatamente com a Coréia do Sul e virar um paraíso do capital porque os chineses podem não gostar. Mas o caminho é inexorável, lembrem das duas Alemanhas.
Trump e Kim Jong Un vão se encontrar e celebrar este avanço. Os norte coreanos vão eliminar suas armas, é fácil a maioria é de papel. Paralisarão seu programa nuclear, mais fácil ainda, nunca funcionou. E o Anão vai visitar a Disneylândia. A abertura da Coréia do Norte é irreversível. Culpa de quem?

A CULPA É DO TRUMP!

Mas a imprensa não vai admitir, nunca! As provas estão aí na cara de todos. Vejam o encontro do Diretor da CIA com os Norte Coreanos. Se fosse o Obama estaria sendo celebrado, talvez até recebendo outro prêmio Nobel.

O mundo está ficando melhor, as Coréias caminham para a paz…CULPA do Trump!

Falando em Prêmio Nobel não esperem que Donald Trump o receba, seria um sacrilégio. O Nobel só premia aqueles politicamente corretos. Obama recebeu com meses de Governo, sem ter feito nada pelo mundo e foi premiado. Por que mesmo? Ninguém sabe! Aliás Obama em seus 8 anos de Governo deixou o mundo uma zona. Só que quase ninguém quer contar isto. Prova que nossa imprensa é realmente isenta (??), nestes casos.

O Prêmio Nobel da Paz é uma premiação, quase religiosa, para idiotas como Pérez Esquivel, para ganhar basta rezar pela bíblia Marxista e pronto! Homens de verdade, que fizeram a difrença para humanidade como Churchill (ele ganhou o de Literatura em 1953, menos mal) jamais o ganharão.

Agora querem premiar o presidiário bebum, pelo que? Por roubar e destruir o Brasil? Por apoiar ditaduras sangrentas? Ainda bem que a pelegada que concede o Nobel da Paz tem limites éticos e não vai levar a sério esta patuscada da candidatura do apedeuta. Assim eu espero, pelo menos.

Obama deixou vários problemas graves ao mundo após 8 anos de Governo. Mas o pior deles se chama Guerra da Síria. Foi o desgoverno de Obama e de sua Secretária de Estado Hilary Clinton (ela mesmo) que fomentaram a primavera árabe, armaram os rebeldes sírios e facilitaram a acensão do Estado Islâmico.

Criaram uma guerra, a maior onda de refugiados, levaram a uma crise humanitária na Europa, o terror e milhares, quiçá, milhões de vítimas. Mas Obaminha ganhou o Nobel e fez merda!

Agora Trump, Putin e outros estão resolvendo e limpando a sujeira. Claro que a seu jeito e a custa de muito mais sangue.

Mas não pensem que não uma coordenação nas ações da Síria. O problema é dos russos, eles vão resolver e recolocar no poder Bashar Al Assad. O resto é figuração para o povo. Intervenções, como os bombardeios americanos são encenações, ‘para inglês ver’. Os russos avisados antes e com alvos inertes. Farsa como foram farsa os vídeos dos ‘ataques químicos’.

O mundo foi dividido em interesses, os americanos estão resolvendo as encrencas no seu quintal e na Coréia, Franceses e Ingleses na África, os Russos e Turcos no oriente próximo, a China no seu quintal. Todo mundo combina as ações, o resto é bobagem.

Não gostaram se mudem para Cuba, antes que ela acabe!

Dei aula de química por 20 anos, ainda atuo na área, mas em um campo mais específico que é a química de alimentos. Mas ainda tenho noção e senso crítico.

O que vi nas imagens? Crianças tendo o rosto lavado e fazendo caretas, provavelmente pela água fria. E um homem deitado sendo lavado por um jato. Não havia pústulas, queimaduras, sequer vermelhidão.

As armas químicas usadas são gás cloro ou gás sarin. Uma queima e queima mesmo, a outra é um gás nervoso, as pessoas estariam tendo ataques semelhantes a um ataque epilético forte. Não era isto que mostraram. Por isso ouso dizer que as imagens e denúncias eram mentiras.

Até porque a ONG que denunciou era a mesma que afirmou que o Iraque tinha armas químicas, na guerra do golfo.

Aliás, estas ONG’s internacionais, sustentadas pelos governos e por doações de boas almas, tem mostrado ao que vieram. Prostituindo, explorando meninas, intervindo em governos e conflitos e fazendo seus próceres milionários e poderosos. Estas ONG’s não vão resolver ou minimizar problemas como a Guerra e a fome pois elas e seus líderes vivem disto. Vivem da guerra, da fome e do sofrimento humano, se estes acabarem acaba seu poder. Basta ver as acusações quase diárias a todas esta ONG’s. Abramos os olhos.

E de novo adivinhem quem é o líder mundial que denúncia isto. A culpa é do Trump,ele vem denunciando e cortando o dinheiro destas ONG’s.

Por último se criticam muito Donald Trump pelos atos protecionistas que vem tomando. Mas observem esta era a plataforma eleitoral dele. Foi isto que ele prometeu a seus eleitores e foi eleito por isto.

Pode ser uma burrada, pode ser ruim para nós (Brasil e/ou mundo), mas ele está fazendo o que prometeu. Diferentemente de nossos políticos que prometem uma coisa e fazem outra. Ah mas ele nos prejudica ao forçar uma taxação e renegociar preços e acordos mais vantajosos para os EUA. Sim, mas o que queremos? Ele é o presidente dos EUA, tem o dever de buscar vantagens ´para seu país.

Só os governos brasileiros que fazem negócios vantajosos, com dinheiro público, para outros países. Negócios como doar uma refinaria para a Bolívia, empréstimos que não foram pagos à Venezuela e Moçambique, o porto de Maruel, perdão de dívidas de ditaduras africanas.

Tudo com o nosso dinheiro. Quem fez isto? Os governos petistas, cobrados seus 20% ou 30%, é claro. Olha a merda que estamos.

Trump tem culpa, sim! Culpa de defender seu país, a despeito dos interesses de ourtos países. E tem culpa de cumprir suas promessas elitorais.

Talvez até consiga, ao fim e ao cabo, se reeleger, a despeito de todas as esquerdas. Vai ser engraçado e teremos mais quatros anos dele como culpado universal.

Até lá, a ladainha continua: A CULPA É DO TRUMP!

OS ONZE OLIMPIANOS DO STF

A mitologia greco-romana nos explica muito do que somos em termos de civilização e, também, de incivilidades. Suas lendas, práticas e crenças influenciaram e forjaram o que hoje chamamos de civilização moderna, especialmente no ocidente.

Suas deidades e panteões, em que pesem mudanças de nome e de importância relativa entre gregos e romanos, mostram seres muito, mas muito parecidos, com os humanos de carne e osso, aqueles com os quais convivemos diuturnamente.

Os deuses gregos e romanos são muito mais a ‘imagem e semelhança’ do homem, ou vice versa, com suas virtudes, vaidades, defeitos de caráter, do que a imagem que temos de Deus nas grandes religiões contemporâneas.

Estes deuses viviam entre a terra e o olimpo (tal e qual políticos e milionários modernos) cuidando da ‘criação’, brigando, fazendo intrigas e decidindo monocraticamente, até que o colegiado seja consultado, o destino da indefesa humanidade. Não lhes parece com um certo egrégio tribunal brasileiro? Onde a Praça dos Três poderes seria uma espécie de Monte Olimpo tropical e o STF o Conselho dos deuses olimpianos.

Os doze deuses olímpicos, também conhecidos como o dodecateão eram os principais deuses do panteão grego, residentes no topo do Monte Olimpo. Moravam em um imenso palácio, construído numa montanha que ultrapassaria o céu. Alimentavam-se de ambrosia e bebiam néctar, alimentos exclusivamente divinos, ao som da lira de Apolo, do canto das musas e da dança das graças. Centenas de deidades menores, mais ou menos poderosas, coabitavam o Monte Olimpo. Tal e qual nossa Praça dos Três Poderes com seus três palácios e miríades de servidores públicos eleitos, não eleitos, nomeados e concursados (e alguns que não se encaixam em nenhum destes conceitos: as eminências pardas e os ‘ex’ que na maioria das vezes não passam de escroques).

Mas no nosso Olimpo tupiniquim, tanto quanto no Olimpo original, quem manda e define tudo são os doze olimpianos, os todo poderosos Deuses Olímpicos. Aqui são apenas onze palacianos, alocados no Palácio do STF. Mas de resto se parecem muito com seus antecessores greco-romanos, têm virtudes (alguns mais outros menos), têm vicissitudes (muitas), têm vaidades (incomensuráveis), têm vontades (insaciáveis) e estão em constante beligerância pelo poder e por seus protegidos. Mas ao fim e ao cabo suas decisões monocráticas ou colegiadas afetam todos nós pobres mortais.

Podemos, perfeitamente encaixar nossos Supremos Ministros, nos traços de caráter ou da falta dele, dos deuses olimpianos. Mas não eram doze deuses? Sim eram. Mas se observarmos a tamanha zona que se instalou no país podemos imaginar que Zeus, o pai de todos, Deus dos Deuses e também Deus da Justiça foi dar uma voltinha. Claro que quando o dono da casa ou o gato, como queiram, saí os ratos tomam conta, ou pelo menos tentam.

Zeus deve ter ido passear em outros pagos com sua filha Iusticia (Justicia). É, aquela senhora de espada em uma mão, balança na outra e olhos vendados é uma deusa grego-romana, era ela que na Roma antiga proferia o Ius dicere (dizia a justiça) para atingir a prudentia (o equilíbrio). Os gregos a conheciam como DICE e na Grécia não usava a venda, enxergava, tal e qual nossa justiça, que as vezes enxerga longe demais.

Mas se concluirmos que Zeus e a Justiça foram dar uma voltinha longe dos trópicos, restaram os Onze Olimpianos Tupiniquins, alocados confortavelmente no Palácio Olímpico do STF e cercados de deidades menores, sombras, espíritos bons e maus e, muitos interesses.

Vejamos quem é quem no nosso Olimpo de Tres Vires (Três Poderes):

ZEUS – a lei, a ordem, a justiça. Está ausente, foi visto fugindo para lugar incerto e não sabido em companhia de sua filha DICE.

HERA – a Rainha do Olimpo, na ausência de Zeus reinava no Olimpo, deusa do matrimônio e da estabilidade, zela pela Casa de todos, pela família (o povo) e pela fidelidade aos princípios. Nossa Ministra Carmen Lúcia.

ATENA – Deusa da sabedoria, civilização e da estratégia, sabe que os calados vencem. Traça suas estratégias e age com calma e sem alarde, prudência típica dos bons estrategistas. Mas ao final estabelece a ordem. Aí temos a Ministra Rosa Weber.

POSEIDON – Deus dos mares, terremotos, da mutação, oscila como o mar, dele pode se esperar tudo, até por sua natureza e origem (político-partidária). Mas em geral é um grande benfeitor da humanidade. Aqui vislumbro, com a devida vênia, o Ministro Alexandre de Moraes.

DEMÉTER – Deusa da colheita, da fartura (sic!), muito ligada a família (sic, de novo!), pode ser benevolente no verão (ou nas ações salariais) ou dura como o inverno. Mas em geral ajuda e protege os homens (povo), tal e qual o Ministro Fux.

APOLO – Deus Sol, da verdade, da cura dos males e doenças (do corpo, do espirito e da sociedade), liberal por princípio/meio/fim. Muito admirado em Roma, era um oráculo do futuro. Seus augúrios e vaticínios apavoram, principalmente aqueles que tem a cauda adhæsit (rabo preso). Dá-lhe Ministro Barroso, mas sempre lembrando que Apolo era volúvel em suas paixões.

ÁRTEMIS – Deusa da Lua, da caça e da virtude. Não precisamos de mais para compará-la ao caçador de corruptos do STF, aquele que vem batalhando diuturnamente pela virtude, Ministro Fachin.

ARES – Deus da guerra, da violência. Sempre beligerante e falastrão, parece-nos, às vezes, um pouco vetusto e impudico, mas é estrategista ímpar na batalha. Nosso imodesto Ministro Gilmar Mendes.

HEFESTO – O Deus coxo é o artesão da perfeição, cria mecanismos e engrenagens para o bem e para o mal. Mas em geral suas criações funcionavam com perfeição. Esperemos que seu símil tupiniquim, Ministro Celso de Melo, crie engrenagens para nosso bem.

DIONÍSIO – Deus do vinho, dos bêbados (!!), das festas e da insanidade. Às vezes confunde suas crenças. posições e falas com o êxtase etílico das Festas Dionísicas (conhecidas como Bacanais em Roma). Em alguns aspectos assemelhando-se, também com a devida vênia, ao Ministro Marco Aurélio.

AFRODITE – Deusa do amor, da volúpia e consequentemente da infidelidade (a quem deveria sê-lo). Age por paixão e gratidão aos antigos amores e convivas, tal e qual, nos parece, o Ministro Toffoli.

HERMES – Mensageiro dos deuses, deus das divinações e da magia é um grande e eloquente orador. Viaja velozmente entre o mundo dos deuses, levando pedidos, mensagens e decisões. Aqui enxergamos o Ministro Lewandowski,. Hermes também é, sugestivamente, o deus dos Ladrões.

Faltou HADES, Deus do mundo inferior, Rei dos Mortos, tem em sua alma traços de tudo que é ruim e imundo no mundo. Não vive mais no Olimpo Tres vires tupiniquim. Mas sonha em voltar e tomar de assalto o Monte Olimpo e o mundo. Dizem os boatos que está preso no inferno que construiu para si, em Curitiba. Reza a contragosto para seus pares no Olímpico STF: Ares, Afrodite, Hermes e, é claro, Dionísio, o deus dos bêbados, são o destino seus pedidos e orações.

O bom das lendas gregas é que ao final, bem ao final, de tudo o bem sempre prevalece, a humanidade (povo) vence. Claro que sempre contam com a ajuda de semi-deuses e heróis (temos os nossos). Mas no Olimpo, pelo menos na Mitologia, a humanidade e o bem prevalecem. Que na mitologia tropical também seja assim.

Que os Deuses nos abençoem!

PRÊMIO IGNOBEL À IGNÓBIL CRIATURA

Alguém sugeriu dar à Lula um prêmio, em contraposição a ideia imbecil de apresentar-lhe como candidato ao Prêmio Nobel.

Uma ideia de jerico de Adolfo Pérez Esquivel, aliás ideias como esta explicam porque a América latina é uma verdadeira latrina. E demonstram que nosso ‘hermanos’ argentinos podem ser tão idiotas como os brasileiros. Se nós temos Lula, Dilma, Gleisi e outros imbecis eles não ficam atrás com Maradona, Cristina La Kirchner, O Papa e é claro Esquivel.

Mas esclareço que o Prêmio Ignobel existe desde 1991 e, é um prêmio sério. O nome é uma corruptela do Prêmio Nobel com ignóbil, num dos sentidos da palavra, ou seja, hediondo, inútil.

Promovido pela Revista Annals of improbable research (Anais da Pesquisa Improvável) é entregue anualmente na Universidade de Harvard nos EUA. É uma cerimônia muito divertida e em que comparecem muitos ganhadores do outro prêmio, o Nobel, que atuam como apresentadores.

Uma vez os laureados com o Nobel presentes foram vestidos com tutus de bailarina rosa. O prêmio Ignobel premia pesquisas inúteis, sem nenhuma relevância ou grandes cagadas na ciência.

Como o Brasil é pródigo em besteiras e abundante em imbecis, principalmente nas Universidades públicas, já tivemos diversos ‘laureados’ com o prêmio Ignobel, que reconheceu a inutilidade da pesquisa produzida em nossos centros acadêmicos e pagas com nosso dinheiro.

Nos termos de fazer merda Lularápio poderia até merecer o prêmio só que todos os premiados devem custear todas as suas despesas de participação, comprovadamente, coisa que ele nunca fez na vida. E o mais importante devem ter reputação ilibada, o que definitivamente ele não tem.

Outra coisa é que em termos de imbecilidade, mesmo que seja inacreditável, ocorreu um milagre no Brasil e, Dilma conseguiu ser pior que o apedeuta. Esta sim,em minha opinião, é uma séria candidata ao Prêmio Ignobel, pelo conjunto da obra. Imaginem a Dilma discursando na cerimônia de premiação, em Harvard. Não, melhor não! Seria deprimente.

Mas se quiseremos premiar o IGNÓBIL Lula por suas flacatruas e atos obcenos podem estar certos que a palavra o descreve perfeitamente.

Ignóbil: que não é nobre, que inspira horror do ponto de vista moral, de caráter vil, baixo; que causa repugnância, que ofende o sentido estético; hediondo.

Mas penso que o apedeuta já recebeu homenagens demais, principalmente nas Universidades brasileiras (o que esperar da educação em um país em que o patrono é Paulo Freire?) e pelo mundo afora.

O que demonstra que os Centros acadêmicos muitas vezes não são locais onde habitam pessoas, digamos, inteligentes e com um mínimo de discernimento. Claro que tudo isto é fruto do aparelhamento de esquerda das Universidades mundo afora.

Tempos escuros e estranhos estes, onde um local onde deveríamos ter a clareza solar da sapiência, está entregue a cegueira dogmática do marxismo e do esquerdismo. O templo da sabedoria ajoelhou-se ante a escuridão e sanguinolência de ditadores, tiranetes e rufiões messiânicos como Lula.

Espero, sinceramente, que após o enjaulamento do safado, as Universidades repensem e revejam estas premiações. Não tenho muita esperança, mas sempre poderão aparecer almas esclarecidas e corrigir a burrada.

Mas voltando a vaca fria, acho que Lula não merece ser homenageado, mesmo que de forma pejorativa, sua arrogância e maus-feitos devem ser lembrados como péssimos exemplos, sempre. Mas ele deve ser esquecido e relegado ao lugar que merece na história: o lugar de um ladrão, safado e vagabundo.

Chega de falar e lembrar desta pústula ignóbil que tanto mal nos fez. Está na hora de virar o disco e seguir em frente.

P.S.: Quanto a ideia de jerico do Sr. Esquivel, só podemos dizer uma coisa: Adolfo Pérez Esquivel, Vá tomar no Cú!

PALHAÇADAS!

Fiquei estarrecido com a prisão do apedeuta. Tanto que sumi, literalmente, por alguns dias. Um pouco para conseguir assimilar a zona e toda putaria que acometeu o Brasil no últimos dias, um pouco para comemorar internamente.

Não que a prisão de Lula tenha me surpreendido. ela me surpreendeu muito. Mas lavou minha alma. Algo de novo, sem superfaturamento e sem falsas intenções, veio trazer nos esperança novamente. Comemorei e muito, até porque não acreditava maisque fosse ter esta felicidade. Não acreditava em nada.

Quanto a isto creio que estamos de acordo, a prisão do safado foi legal, foi justa e foi um tapa na cara destes sem-vergonhas que pululam nos antros políticos deste país. Foi também um golpe nesta esquerda anti-democrática, utópica e safada espalhada pelo Brasil.

Isto, a prisão, o enjaulamento do safado, foi ‘só alegria’, mas o resto, todo o resto, o que foi? O que antecedeu a ordem judicial, as ocorrências durante seu cumprimento e o ‘pós’ foi PALHAÇADA. Simplesmente palhaçada!

E palhaçada sem graça. O STF de joelhos quase nos fez engolir um golpe arquitetado nos porões fétidos da Praça dos Três poderes. O que nos mostra que teremos de repensar um Tribunal Constitucional político, recheado de ministros políticos.

Como disse o falecido Senador Roberto Campos durante a arguição de Sepúlveda Pertence para o cargo de Ministro do STF, “Para ser ministro do Supremo é preciso ter saber jurídico, gosto pelo trabalho e reputação ilibada. A este senhor que está como candidato, tenho o desprazer de dizer que lhe faltam todas essas qualidades” . O tempo provou que Campos tinha razão. Ministros desqualificados pessoal e juridicamente tentando fazer crer que chincanas e interpretações jurídicas esdrúxulas, tomadas por conveniência, assim o são para garantir constitucionalmente os direitos do povo.

Só se o povo fosse da laia destes senhores togados. Já nos fizeram engolir a manutenção dos direitos políticos de Dilma e queriam fazer engolir uma candidatura de Lula. Foram impedidos pelo grito do povo. Mas ainda tentarão e continuarão tentando soltar o safado e todos os safados que vilipendiaram e seviciaram o Brasil com corrupção e ladroagem.

Sobressairam-se alguns Ministros como Alexandre de Moraes, Barroso e as duas Ministras Rosa e Carmen Lúcia. Delas atitudes impecáveis. Do Ministro Barroso algo louvável, mas atenção pois em algumas coisas o odiado Gilmar Mendes tem razão. Barroso é esperto, é muito competente e quer sim impor suas ideias na marra, legislar sem ter sido eleito. E não esqueçam que foi ele que montou o acordão do Mensalão, permitindo chincanas e embargos dos embargos para livrar Zé Dirceu e companhia.

Depois de afastado o perigo iminente no STF vimos uma sucessão de disparates e loucuras que beiram o ridículo. O que foi aquela missa negra no Sindicato em São Bernardo? Neo -messianismo? Ou Satanismo sindical? Estou mais pela segunda hipótese.

Lula fala como um Pastor enlouquecido levando uma Seita de Fanáticos ao suicídio coletivo. Já sugeri aos esquerdopatas brasileiros que se quiserem suicidar-se promovam um haraquiri coletivo na Baía do Porcos na bela e democrática Cuba.

O apedeuta falou como se fosse um santo, um anjo, um profeta. Disse que era uma ideia, uma célula, uma parte de todos. De todos quem, safado? Não de mim!

Lembrem-se que de santos e anjos o inferno está cheio, aliás Belzebu é, ele mesmo, um anjo caído. E provavelmente menos safado e mentiroso que Lula. Células tem defeito e muitas vezes são virulentas ou cancerosas e ideias, como a dele, em geral são péssimas ideias.

Quem conviveu com Lula e tem um pouco de vergonha na cara sabe que o nove-dedos não vale o que come. Nunca foi comunista ou socialista, nem trabalhador ou sindicalista. Não passa de um oportunista barato. Aproveitou as oportunidades, pisou, atropelou e sabe lá mais o que fez com qualquer que ousasse atravessar seu caminho. Buscou levar vantagem em tudo que fez. E o que fez não foi pensando no povo, no Brasil ou em quem quer que seja. Foi pensando em si e no seu ego. Deu no que deu!

Que pague seus pecados na cadeia e que lá apodreça por muitos e muitos anos!

As atitudes da justiça, de Moro, da Polícia Federal foram impecáveis. Embora eu, como a maioria dos brasileiros queria ver a porrada descendo. Mas foi melhor assim!

O que mais posso dizer. Lula foi preso e o Brasil continua aí. Não houve comoção social, não houveram grandes protestos, não houve mortes. Aliás houve mais comemoração que protesto por sua prisão.

De resto os mesmos palhaços e idiotas à soldo de sempre, cada vez com menos dinheiro para a mortadela, tentando tocar o horror e mostrar que ainda controlam as ruas. Não controlam mais! Ideias e atitudes dignas de Simão Bacamarte surgiram como escrever bobagem em notas de dinheiro, tentar entrar na marra na PF em Curitiba, o acampamento fedorento, os muitos Lulas no Congresso e chincanas e mais chincanas no STF e na justiça.

O que posso dizer, me preocupa o custo desta palhaçada toda, até porque nós estamos pagando. Pagando para que o STF só discuta o caso do Lula e tendo que estar sempre mobilizados pois qualquer distração e pimba nossos chincaneiros togados mandam o FDP para casa.

MST, MTST, Sindicatos, políticos de esquerda, professores universitários (há poucas exceções), servidores públicos (nem todos) e todos os demais vagabundos de carteirinha do Brasil vão continuar esperneando até porque precisam do safado do Lula para continuar mamando. Mas a dita comoção social não veio nem virá. O país está sereno e feliz com a sensação de que lei vale para todos.

Precisamos ficar vigilantes, os caríssimos advogados regiamente pagos, provavelmente com o dinheiro que nos foi roubado, os políticos que ajudaram no roubo e os safados que esbulharam o Brasil com suas mamatas continuarão tentando soltar o safado. Ele é o símbolo do atraso e da safadeza.

Por hora podemos ficar felizes, mas não tranquilos. Eu de minha parte bebi o morto! Comemorei! Agora ficarei vigilante e pronto para o combate pois não quero ter uma ressaca.

Lula safado, sem-vergonha, vagabundo, ladrão! Teu lugar é na prisão!

A fila andou! Agora é hora de Aécio, Dilma, Temer, Renan, Jucá, Alckminn, Gleisi, Lindemberg, Pimentel et caterva.

E chega de palhaçada! Viva o Brasil!

O PAU D’ÁGUA DE GARANHUNS – REPUBLICAÇÃO

O Brasil, país de dimensões continentais, abriga em seus mais de 5000 municípios figuras humanas ímpares. Escondidos nos rincões distantes ou bem ali na esquina movimentada das grandes cidades estão eles, a expressão simbólica de nossa diversidade, são artistas de rua, mendigos, malucos beleza, loucos de pedra, homens e mulheres fantasiados, bêbados, andarilhos, entre outros. Todos eles detêm histórias e estórias humanas interessantes, tristes, alegres, trágicas ou cômicas, estes personagens fazem parte da brasilidade e estão presentes por todo o país.

Entre estas figuras destacam-se os bêbados por sua ‘distribuição’ universal nos recantos do Brasil. Não falo dos bêbados caídos e destruídos pelo uso contínuo do álcool, mas daqueles bêbados, também de triste sina, mais conhecidos como PAUS D’ÁGUA.

O pau d’água é aquele bêbado espalhafatoso, gritão e fanfarrão que bate ponto nos botecos de esquina das cidades e, entre a delicada tarefa de equilibrar-se e de movimentar-se no estilo homem-aranha, vocifera suas teses e teorias.

O Pau D’água têm resposta para tudo – política, religião e outros dilemas universais. Seria, em sua nada modesta opinião, o melhor administrador do país.

O Pau D’água sonha, delira e grita aos quatro ventos que se chegasse a ser Prefeito, Governador ou quiçá Presidente da República resolveria todos os problemas do país pois ele (na sua opinião) sabe tudo e, ele (também no entendimento de seu ego inflado) representa o povo brasileiro, ou melhor, ele é o povo brasileiro.

Quem de nós ainda não encontrou pencas de Paus D’água Brasil afora? Até aí nada demais, são apenas homens e mulheres dignos de pena por sua condição de dependência. O problema é quando um personagem destes tem seus desejos atendidos e submete a seus delírios e vontades toda uma nação.

De origem macunaímica nosso personagem principal ocupou–se de diversos papéis antes de comandar a derrocada do país, ressaltando em todos, seu caráter idêntico ao do personagem, ou seja, NENHUM CARÁTER.

De retirante legítimo passou por um breve período como operário, seguido pelo ofício representar os trabalhadores do Brasil, mesmo sem nunca ter trabalhado. De parlamentar inexpressivo a incansável candidato, elegeu-se ao cargo que pleiteou, implementando aí seu projeto de poder a todo custo, independente de quem pagou e pagará a conta.

O boquirroto e vociferante apedeuta, que nada sabe e nada diz, é imagem comum em todos os recantos do Brasil. O bêbado de rua gritando e vociferando bobagens, coisa dos típicos paus d’água. Só que diferentemente destes, que só causam mal a si próprios e as suas famílias, nosso pau d’água atingiu todos os brasileiros, comandando a quadrilha que nos assaltou e roubou a esperança do povo brasileiro.

Triste sina da Cidade de Guaranhus que legou ao Brasil esta figura poluta. Quiçá tivesse ficado por lá, seria hoje mais uma destas figuras pitorescas, mais um Pau D’água a vociferar bravatas pelas esquinas. Mas ganhou o Brasil nas asas de um Pau de Arara e fez o que fez, apesar de dizer que não fez.

Mas o povo acordou, a justiça mostrou que apesar da cegueira enxerga no escuro. O Pau D’água de Garanhus e todos os outros polutos personagens, nacionais e bolivarianos, que o cercam estão com os dias contados, suas histórias e estórias vão acabar na Papuda e nas congêneres América a fora.

E nosso pau d’água, não vai voltar para Garanhuns, não. Vai acabar vociferando uma ode ao sol nascendo quadrado.

P.S. O Pau D’água já está vendo o sol nascendo quadrado em Curitiba e seu maior castigo, além da abstemia compulsória, é a real consciência de sua insignificância.

Que o ignóbil bêbado saiba que o país não precisa dele, não depende dele e que finalmente vai avançar, rumo ao progresso, apesar dele.

Que o tempo lhe seja pródigo Senhor Lula, para que possas ter longos anos de vida vendo o sol nascendo quadrado e pagando por seus pecados, trancafiado numa cadeia que é o lugar de ladrões, safados e corruptos.

Cadeia para todos os corruptos!

Viva o Brasil!

OBITUÁRIO

FALECEU, tragicamente assassinada, no dia 22 de março de 2018 por voltas das 18h, a querida e sempre lembrada REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.

A morte ocorreu por motivos ainda ocultos, na Praça dos Três Poderes em Brasília – DF.

A malfadada Senhora que já vinha sendo violentamente agredida, anos a fio, por políticos, corruptos, oportunistas, bandidos e bolivarianos teve seu assassínio perpetrado por 11 indíviduos mascarados e de capas pretas.

Deixa cerca de 200 milhões de órfãos que apesar de bancarem seu enterro não terão direito ao espólio pois este já foi vilipendiado pelos facínoras que a escravizaram, seviciaram e assassinaram.

O féretro sairá do local e percorrerá o caminho fétido dos porões de Brasília, arrastando junto as esperanças de milhões de brasileiros. O corpo permanecerá insepulto, em cova rasa aberta, no lodaçal da Capital Federal, para alegria dos abutres e chacais.

A festa para ‘beber’ a morta terá lugar nos diretórios do PT e de outros partidos políticos país afora. Onde também será dividido, como de costume, o butim subtraído da falecida viúva.

Aos familiares, órfãos e amigos nossos sinceros pêsames!

Que Deus acolha em sua glória nossa saudosa República!

E que Ele tenha piedade das almas de todos os brasileiros!

P.S. (Post scriptum): Reza a lenda que a falecida poderá ressuscitar no dia 04 de abril ou nas eleições 2018. Para isto devemos orar por um milagre, em que Deus faça à luz sobre a Praça dos Três Poderes. Ou que as RUAS voltem a rugir, espantando as trevas e a canalhice.

OREMOS!