PT NUNCA MAIS!!!!

Novamente estamos aqui para falar de eleições. Infelizmente tivemos um segundo turno, isto significa país parado, custos, patifarias e muita encheção de saco por parte da petralhada.

Foi uma pena, mas é do jogo democrático. E aqui estamos de novo. Mas o que ocorreu nestes últimos 20 dias. Sujeira, muita sujeira, acusações sem prova, uso de espaços públicos sem nenhum escrúpulo, cara-de-pau, agressões, mentiras e fake news. Mas não é a campanha do Bolsonaro, tudo isto veio em grande parte da campanha do Haddad / Ruinddad.

O RUINDDAD assumiu seu lado mais safado, o lado militante da quadrilha chamada PT e partiu para o tudo ou nada. Parece-nos, hoje, que não vai dar certo. Mas agora as estratégias são duas: primeiro colocar sob dúvidas a eleição e a candidatura de Bolsonaro, segundo tentar diminuir a diferença de votos de sua derrota para poder constituir-se como oposição.

Na primeira parte do plano estão as declarações de organismos e sumidades internacionais plantando dúvidas sobre as eleições no Brasil, questionar as urnas e a sanidade da população brasileira e o uso de acusações falsas e forjadas para tentar judicializar o pleito.

Tivemos por aí o e-mail da ‘isenta’(?!?) Human rights watch que largou por engano uma mensagem sobre a derrota dos corruptos do PT e afirmando que o Brasil corre sério risco. Risco aqui seria o PT voltar ao poder, só isso!

Temos a OEA (Organização dos Estados Americanos) sustentada com o dinheiro das nações partícipes, inclusive o nosso, que teve o disparate de mandar para cá, como observadora eleitoral, uma militante de esquerda (que inclusive mostrou toda a sua neutralidade se reunindo com o PT e o RUINDDAD). Esta senhora, pasmem, é investigada em seu país por corrupção e desvios de dinheiro de uma obra da Odebrecth, só podia ser aliada do PT. O problema é que o dinheiro roubado foi um daqueles financiamentos secretos do BNDES.

Quanto a segurança das urnas não colou até agora, até porque esta fala é do Bolsonaro. A sanidade da população brasileira foi testada por anos a fio nos desgovernos petistas, o que acabou foi a paciência com ladrões e bandidos.

Já as imprensa em desespero partiu para o ataque , medo de perder a boquinha? E a Folha de São Paulo deu um exemplo de servilismo e de mau caratismo inusitado. A ponto da ‘repórter’ militante que fez aquilo (uma carta tipo J’acuse), uma reportagem sem provas ou fundamentos que não serviu para mudar os votos mas prestará para o PT incomodar na justiça. Mas se observarmos bem quem usou Fake News e mentiras foi o próprio PT.

Típico das esquerdas, acusar os outros do que faz. Se você não lembra só vou dar um exemplo Haddad acusando o Gen. Mourão de ter torturado um bosta de um cantorzinho, Mourão à época tinha 12 anos e obviamente não podia estar no Exército, uma grande Fake News. Mas o poste nem cogitou pedir desculpas, como também não se importaram no caso da doida que riscou o próprio corpo aqui no RS, para acusar Bolsonaro. Quem são os radicais fanáticos? Quem perdeu a sanidade?

Por último Roger Waters – Pink Floyd, veio para cá com dinheiro público da nefasta Lei Rouanet e quis se fazer de ‘pato a ganso’, quis dar opinião política.
Uma pequena mensagem:

‘FUCK YOU ROGER! And let sing the songs, that you were payed for it!’

De resto foi toda aquela sujeirada, Institutos de Pesquisa com resultados manipulados, analistas políticos dizendo merda. Todos tentando convencer o ‘povo’ a reverter o voto ou a não ir votar. O que querem, Lula e o PT, apenas minimizar a derrota nas urnas, para constituírem-se na ‘oposição’ e poder passar os próximos 4 anos bloqueando o governo, atacando o Brasil e prejudicando nosso povo.

Tentaram, acho que não conseguiram, mas não podemos arriscar!

É hora de varrer o PT, o coronelismo, a corrupção de nosso país. É hora de garantir Lula preso e apodrecendo na cadeia por seus crimes, até o dia em o diabo vier lhe buscar para fazer companhia aos outros facínoras, ditadores e fascistas de todos os pêlos que enchem o Malebolde, nas profundezas do Inferno.

Então meus amigos, não vamos nos acomodar, não se deixem levar pela imprensa venal e por pesquisas encomendadas. Haddad é Lula, portanto é safado e corrupto. Tal e qual o mestre.

Petistas façam a reflexão de Mano Brown e virem seu voto pelo país, votem em Bolsonaro ou não votem. Petralhas lembrem da lição do Cid, ‘Lula está preso babacas!’, e lá vai ficar por muito tempo.

Já quem presta, quem trabalha, quem é honesto, Bolsonarista ou não, é hora de sair da cama, cantarolar o Hino nacional no chuveiro, vestir verde e amarelo e ir votar pelo Brasil e pelo futuro de nossos filhos.

Temos de dar ao Capitão a maior votação da história e uma grande diferença percentual para que ele não tenha dificuldades com os safados da oposição e do centrão que ainda se reelegeram. Começamos a limpeza, vamos ajudar a terminar.

Hoje é dia de SAUDAR O BRASIL!

Hoje é dia de VOTAR PELO BRASIL!

Hoje é dia de escolher BOLSONARO NOSSO PRESIDENTE!

Hoje é dia de varrer a CORRUPÇÃO E A IDEOLOGIA ESQUERDOPATA DO BRASIL!

Hoje é dia de ACABAR COM O PT!

PT NUNCA MAIS!

BOLSONARO PRESIDENTE!!!!!!!!!!!!!!!!!

EM QUEM EU VOTO?…!!!!

É chegada a hora derradeira da história democrática brasileira. As eleições de hoje demarcarão a fronteira entre o progresso e a barbárie. Neste momento decidiremos se queremos nos tornar um país decente ou uma cleptocracia, uma republiqueta ditatorial bolivariana. Por isso o voto, nesta eleição é fundamental ao nosso futuro, ao futuro de nossos filhos e netos.

Meu candidato preferencial era o Berto, já tinha até pensado em um nome de candidato para ele: Berto da Besta. Já pensaram que slogan: ‘Não seja abestado, Berto da Besta para presidente deste Estado (estado brasileiro)’, é sei ficou uma bosta, mas não sou marqueteiro político. Só que com a Complexidade administrativas do Complexo midiático JBF e para alegria da Chupicleide o Berto resolveu não se candidatar.

Depois pensamos em lançar a Beth Cuzcuz para Presidente, aqui no Rio Grande faria dobradinha com a Tia Carmen para Governadora do RS. Experiência as duas têm de sobra e entendem a beça de cabaré, portanto estão qualificadas para administrar a putaria que é este país. Ademais só a clientela garantiria votos suficientes para elegê-las. As sobrinhas poderiam fazer propaganda boca-a-boca e boca noutras coisas.

Chegamos a fundar o PPdoB (Partido da Putas do Brasil), e isso traria uma vantagem: acabar com a terceirização. Ao invés de votar nos filhos da puta, votaríamos direto nas genitoras. Mas não rolou, as diletas ‘Damas’ da Noite acharam que a putaria de Brasília é demais até para elas.

E aí restaram estes candidatos aí postos.

Difícil! Mas temos de votar. Se não há o ideal, há o melhor ou menos pior, como queiram. Analisando rapidamente cada um a decisão é relativamente fácil. Desconsidere os candidatos ‘malucos’ de sempre, daqueles partidecos que ninguém conhece e que só existem para sugar fundo partidário, sobram poucos ou quase nenhum.

Boulos é o que é. Um playboizinho metido a comunista, que nunca trabalhou e vive a utopia do comunismo, 100 anos depois. Não passa de um canalha que usa a pobreza e o desespero como massa de manobra, invade propriedade privada de trabalhadores, prédios do Governo, promove balbúrdia e ainda explora os pobres coitados permitindo a cobrança de taxas e aluguéis. Explorador da pobreza isto sim. Mas não abre mão de seu conforto e de lamber as botas do PT. Por que nunca invadiu o triplex do Lula ou o Sítio de Atibaia?

Meirelles é um hábil gestor, mas como político tem o carisma de uma múmia. Não se elegeria nem síndico de cemitério. Marina parece um zumbi que ressurge de 4 em 4 anos e definha na campanha. Seu protagonismo se resume a viver do Fundo partidário e de palestras durante o intervalo das eleições, já deu o que tinha que dar.

Alckmin é um picolé de chuchu, como dizem, e estragado. Encampou a missão tradicional do PSDB, perder as eleições e ser um apêndice inútil do poder central. O PSDB morreu, Alckmin foi seu algoz e coveiro.

Ah mas tinha o Aécio. Tinha e ganharia em primeiro turno se não tivesse se enrolado nas denúncias da JBS. Denúncias estas estranhas, politiqueiras e sob medida para o PT. Mas a verdade é que se o Aécio não tivesse se metido com estes safados não seria enrolado, agora foi e já era. Quem anda com safado, safado é!

Aécio já era como o Temer. Que poderia ter feito um grande governo, ter sido fator determinante nas eleições, mas se enrolou e pronto. Aliás se Temer fosse algo bom, honesto e etc jamais teria sido vice da Dilma e do PT em duas eleições, é farinha do mesmo saco.

Ciro ‘Porra Louca’ Gomes, poderia até ser um presidente razoável. É aguerrido, pronto para nocautear os adversários, mas para variar errou o bote e se pôs a nocaute sozinho. Sozinho não, Lula ferrou Ciro do primeiro ao quinto, de novo (já tinha feito isto em 2010) e Ciro continuou babando o ovo do ladrão.

Haddad é o que é, a continuação da roubalheira. Elegê-lo é cuspir no Brasil decente. E mais é ungir ao poder uma ditadura safada, tirânica e sem escrúpulos. Se o PT chegar ao poder, Venezuela será um paraíso comparado ao Brasil. Haddad é Lula, Lula é ladrão, inescrupuloso e safado. Haddad é safado como o chefe e ponto. Tem de ser expurgado pelo bem da nossa democracia.

Alvaro Dias e Amôedo são candidatos interessantes. O primeiro, político e gestor experiente, não ‘muito’ enrolado na sujeira, é conhecido no Sul mas só no Sul. Amôedo não é político, não têm mácula e é disparado o candidato mais preparado, seria um grande presidente neste momento. Mas suas chances são pequenas, era meu candidato, fiz campanha e tudo. Mas os dois perderam votos para o voto útil.

Por último, mas não o último, Bolsonaro. Político experiente, sabe o jogo e, principalmente, apesar de décadas no Congresso não se corrompeu. Oriundo do PP foi o único, ao lado de Ana Amélia, inocentado pelos delatores da corrupção.

Só isto justifica o voto. Mas também sabe falar a língua do povo e, mais suas ideias vem ao encontro daquilo que penso e defendo.

E por último, mas fundamental, Bolsonaro virou alvo do PT, do PSOL, da esquerdalhada, dos pseudo-intelectuais, dos sindicalistas, dos artistas de merda, da ‘Grobo’, da imprensa, etc. Ou seja, virou alvo de tudo que não presta no Brasil. Bom é óbvio, se quem não presta odeia Bolsonaro é sinal que ele presta.

Assim o Capitão, mesmo não sendo meu sonho de consumo, fez com que eu acredite novamente no Brasil. E ganhou meu voto, voto útil, já no primeiro turno. Tenho certeza que terei outras oportunidades de votar no Amôedo, agora precisamos é derrotar o PT e esta esquerdalhada corrupta e ditatorial.

Por isso voto em BOLSONARO. Este é meu voto pelo Brasil e pelo nosso futuro.

BOLSONARO PRESIDENTE! NO PRIMEIRO TURNO.

Peço seu voto meu amigo leitor.

Um abraço.

CINZAS DE NOSSA MEMÓRIA

É lamentável o que ocorreu no Museu Nacional, trágico!

Infortúnios acontecem. Museu pegam fogo como o Museu da Língua Portuguesa em São Paulo à alguns anos. Museus são roubados até mesmo os grandes e famosos Museus Europeus. O problema no Brasil é a recorrência disto, já virou lugar comum e, para não variar, ninguém faz nada.

A tragédia do Museu Nacional não é só culpa do Temer, aliás a parcela de culpa dele é bem pequena. Apesar das tentativas de pôr a culpa no Temer por parte daqueles de sempre, esquerda, intelectuais e o PT.

Até Dilma tisnada até a alma no incêndio do Museu Nacional tentando dar uma de boazinha e por a culpa no Temer. Ridículo!

O atual presidente tem sua parcela de culpa, afinal foi associado vip da corja que o antecedeu. Mas verdade seja dita o último presidente a destinar verbas para melhorias do Museu Nacional foi FHC, o mesmo FHC odiado e culpado de tudo segundo o PT.

O Museu estava sem alvará desde 2004, pasmem. E continuou funcionando, nenhuma autoridade estadual ou municipal fiscalizou e fez sua função de fechar o Museu por falta de alvará durante 14 anos. Daí pode-se ter uma ideai da zona que é o Rio de Janeiro e porque encontra-se na condição que hoje está.

Nem Lula, nem Dilma colocaram um centavo na preservação da cultura e da história brasileira, no Museu Nacional. Por dois motivos primeiro por que Museus como bibliotecas não votam, não dão votos e lhes causam asco e dor de cabeça.

Segundo porque este Museu ‘Nacional’ contava e registrava a história brasileira verdadeira, aquela que aconteceu mesmo e que é muito diferente da história contada e declamada pelos Petistas.

Por um lado foi bom, nunca tivemos o risco de Lula ir ao Museu Nacional enquanto presidente, imaginem se a falecida Dona Marisa entende-se que alguma joia ou obra de arte presenteada a governantes de outrora lhes pertencesse já que estavam no trono.

Poderia acabar, como tantas outras obras do acervo de Estado, no cofre da família ou no Sítio em Atibaia.

E Dilma, fazendo uma saudação a genialidade das múmias egípcias, prova inconteste da superioridade de nossos índios que supostamente teriam criado estas múmias com o propósito de conservar os corpos de nossos antepassados até que o competente SUS conseguisse ressucitá-los. Claro que as múmias vieram do Egito, 4000 anos antes da descoberta do Brasil, mas isto é detalhe. Aliás um discurso de Dilma no Museu seria épico, dificil seria deixá-la sair de lá.

Mas ‘Eles’ não foram ao Museu nem lhe deram dinheiro ou verbas, aliás Dilma reduziu seu orçamento.

Mas verbas que faltaram ao Museu Nacional não faltaram a projetos da Lei de Incentivo a Cultura tais como um filme sobre Lula, uma exposição sobre Lula, um filme sobre Zé Dirceu, shows de artistas famosos (que fazem campanha e defendem quem? O PT) e o QUEER Museu, aquela putaria que faz corar até cafetina.

Dizem que é arte. É safadeza. Em um mundo em que tudo é arte, NADA É ARTE, foi-se o talento. Daqui alguns dias cagam em uma lata e dizem que é uma obra de arte. Aliás já fizeram isto.

Filmes de auto promoção de políticos, isto é fazer proselitismo com dinheiro público. Deveria ser proibido como é proibido dar nome a logradouros com a pessoa viva.

Se Lula ou Dirceu são tão interessantes que o público pague para ver e financie a ‘obra’. Mas é óbvio ninguém vai pagar para vê-los, pelo menos ninguém em sã consciência, então dá-lhe sdinheiro público.

Resumo da ópera o dinheiro jogado, a rodo, fora pela LIC, poderia sustentar o Museu Nacional por 100 anos. E Temer? Temer não fez nada, absolutamente nada. O custo do inútil Ministério da Cultura que ele acertadamente fechou e depois voltou atrás, só em salário de cargos de confiança seria suficiente para 20 anos de custeio do Museu.

E UFRJ, outro espelho do que se transformou o Rio de Janeiro, um aparelho do PSOL. Por que a Reitoria não aportou dinheiro no Museu Nacional? Por que se a situação era caótica não interditou o Museu? Simples, incompetência e descaso.

O dinheiro que faltou para o Museu não faltou para cursos esdrúxulos como do ‘Golpe de 2016’, nem para treinamentos, encontros e capacitações de sindicalistas, sem-terra, sem-teto e sem vergonhas.

O TCU indicou que quase 100 bilhões de reais foram desviados em pagamentos indevidos a servidores públicos federais nos últimos 10 anos. Destes quase metade foi paga pelo executivo federal (Lula, Dilma e Temer). A Instituição que mais efetuou pagamento irregulares/discutíveis no executivo federal, segundo o TCU foi a UFRJ.

Agora todos são anjos, a culpa é da viúva, dizem que é autoritarismo tirar da UFRJ o Museu que ela mesma detruiu. Como um Reitor deixa aberto um Museu sem alvarás e em condições precárias. Não é autoritarismo não tirar da UFRJ o que restou do Museu Nacional.

Não é autoritarismo intervir neste pardieiro, não é autoritarismo afastar e punir a Reitoria. É o que precisa ser feito.

É o que já deveria ter sido feito. Mas que se faça agora. Antes tarde do que nunca!

MUITO O QUE DIZER, POUCA VONTADE DE ESCREVER!

A observação da cena cotidiana brasileira, especialmente no viés da política, causa-me surpresa, espanto e indignação. A frase do título resume o que sinto e porque muitas vezes paro de escrever. É muita indignação para expressar na escrita, são necessários milhares de palavrões ditos a boca cheia par expressar o que sinto.

Mas como tenho de manter a compostura na vida e no trabalho e, também, como tenho tido muito mais trabalho que minha rotina normalmente exigia. Não que eu não trabalhasse é ultimamente voltei a um ritmo acelerado de 12 a 14 horas diárias de leitura, estudo, aulas e orientações. Imerso no mundo dos livros fico sem tempo para indignar-me e escrever. Mas sempre há tempo para observar e refletir.

Lula e o(s) crime(s)

Queiram ou não seus defensores, Lula foi condenado à luz de provas, não por um mas por mais de 15 magistrados e, alguns convenhamos queriam a todo custo absolvê-lo, não o fizeram ante a robusta prova acusatória e o descaramento desmedido. E mais Lula teve a defesa que nenhum brasileiro jamais teve. Advogados caros, zintelectuais, defensores apaixonados, chicanas, golpes na justiça, apoio da mídia e da esquerdopatia mundial.

Tornou-se um ladrão simpático a muitos, mas não um bom ladrão, pois sua roubalheira e megalomania condenaram milhões de brasileiros a fome e a miséria.

Mas Lula teve toda a defesa que sua fortuna, bem amelhada ou não, pode comprar. Mesmo assim não se safou, não havia como. Mas dizer-se injustiçado é mentira e da cabeluda.

Lesa pátria

Crime de lesa pátria é o que podemos dizer das tentativas do PT em avacalhar as eleições passou dos limites e com a permissividade do TSE. Estão cagando na cabeça da justiça e torrando dinheiro público. Em um país sério já teriam sido proibidos de veicular qualquer propaganda, o PT já teria sua propaganda eleitoral suspensa e teria tido bloqueados os valores do fundo partidário.

Isto sim seria democrático, democracia é respeito as instituições, respeito a lei. A democracia que o PT prega é caos e desordem. No caos e na desordem reinam os espertos, os corruptos e o compadrio.

Aliás em um país sério Lula jamais poderia inscrever-se como candidato.

Preso não deve ter direitos

Pelo menos direitos políticos, o indivíduo quando condenado e preso, como o apedeuta, deveria perder automaticamente seu registro eleitoral. Não deveria poder votar, ser votado e muito menos fazer parte de uma agremiação/partido político.

Basta colocar isto claramente na lei e pronto acabam as dúvidas sobre se pode ou não ser candidato ou se o deputado preso será ou não cassado por seus pares. A condenação e prisão suspende o registro político do safado, está resolvido.

Outro disparate é o sem fim de assessores/asseclas com diploma de direito que viram advogados para visitar o bandido na PF de Curitiba (Outro disparate. Ele deveria estar na penitenciária).

O sujeito pode ter quantos advogados quiser e puder pagar mas um ou no máximo dois receberão autorização para entrar na cadeia, questão de segurança da sociedade e para acabar com a putaria (que ocorre em todos os presídios brasileiros, sempre onde estão poderosos, mesmo que sejam apenas traficantes ricos ou políticos famosos).

Traição à pátria

O PT roubou o Brasil e mandou dinheiro para as ditaduras simpáticas a sua causa mundo afora. Comprou aliados que o defendem até hoje e financiou regimes autocráticos, o mesmo que intentava impor ao Brasil.

Hoje difama o país mundo afora com apoio da esquerda doentia e da inútil ONU, que com suas agências questiona e tenta determinar pontos de vistas à democracias como o Brasil ao mesmo tempo que fecha os olhos para ditaduras sanguinárias como a Venezuela e Nicarágua.

Isto não tem outro nome é TRAIÇÃO, junto com a roubalheira e com o dinheiro que comprovadamente veio de países estrangeiros abastecer os cofres do partido já deveria ter sido suficiente para cassar seu registro.

Agora basta

Olhem só não tenho e nunca tive medo de Lula se candidatar a presidente. Tenho absoluta certeza que perderia. O Brasil decente se uniria contra ele e o colocaria de volta a seu lugar na lama da história. Mas por que defendi sempre que não poderia ser candidato? Simples, pela lei.

Somente por isso, se lei não permite, cumpra-se a lei. A eleição só será democrática se cumprir a lei.

Não ter Lula candidato não é atentado a democracia, tê-lo participando do processo, como o fez até agora, é que é crime e atentado a democracia.

A Facada e a pá de cal

A estratégia de manter-se na imprensa vinha dando certo e dando palco para a safadeza de Lula e do PT. A facada em Bolsonaro acabou com a farra, provavelmente elegerá o Capitão e foi a pá de cal em Lula e sua estratégia.

Vou falar em outro post o que penso do atentado a Bolsonaro.

A lingua do povo

Não é só Lula que fala a língua do povo, Bolsonaro também fala.

É aquela fala rude, um pouco tosca que transmite uma proximidade com o cidadão comum. Esta fala é que explica o fenômeno que foi Lula e o fenômeno Bolsonaro. Só a imprensa e a Zintelectualidade brasileira é que não aceitam isto.

Se Lula fala, Marilena Chauí e outros idiotas acham que o mundo se ilumina, se Bolsonaro fala a imprensa diz que é agressividade, preconceito ou fascismo. Bobagem! Falam aquilo que o povo fala e como o povo fala.

E mais, o tom de malandro, bebum querendo levar vantagem repugnou o povo, a fala rouca e cheia de ‘lero’ de Lula não engana mais ninguém.

O povo busca na fala de um líder autoridade, franqueza e coragem de dizer o que tem de ser dito e isto Bolsonaro tem de sobra. Ademais verbaliza os sentimentos de grande parte da população, sem frescura e sem papas na língua.

Por isso Bolsonaro vai vencer, e quiçá no primeiro turno.

A facada 2

A facada, atentado levado a cabo por um louco a serviço de sabe lá quem, mostrou outro Bolsonaro ao povo.

Aquele que está disposto a sacrificar-se por ele, o povo. Aproximou-o de um Getúlio Vargas e vai fazê-lo suplantar qualquer adversário. A despeito da mídia, da intelectualidade e da esquerda. Viram e viveram Trump, mas nada aprenderam.

Boa recuperação Capitão, Boa sorte Presidente!

O MITO E O MINTO

Bolsonaro e Lula são parte definitiva deste caos político que assolou o Brasil desde a redemocratização. Mas não são farinha do mesmo saco não. Antagônicos, alguns os vêem como gêmeos siameses, uma anomalia, mas também não o são.

São homens políticos que cresceram falando a voz das ruas e do povo. Falando de forma tosca e até vulgar, ambos, sem distinção.

A diferença é que para Chauí, Tiburi e outros pseudo-intelectuais e gente desta laia, Lula ilumina o mundo ao falar suas bandalheiras. Já Jair não. Jair é o fascismo, a grosseria, a homofobia, a misoginia e mais não sei o que inventam.

Lula é levemente censurado pela imprensa, que tenta excusar-lhe o fato de ser ladrão condenado e dar-lhe, pacientemente, o bônus da dúvida. Já Bolsonaro é fuzilado só por olhar para as pessoas , aos pseudo-intelectuais causa náuseas, ainda mais por ser militar, defender as armas e pregar ser duro com bandidos.

Creio que se eleito Bolsonaro sofrerá o que sofre Trump, repudio e ataques até pelos seus pensamentos. Mas como Trump creio que resistirá e surpreenderá a todos sendo reeleito pois ambos são sinceros no que prometem. Podem ter sido eleitos prometendo disparates, hoje Trump é e, Bolsonaro será, condenado por seus disparates. Mas pasmem estão ou estarão cumprindo suas promessas e só isso. O que provavelmente fará com que aqueles que neles votaram, votem de novo.

Lula e Bolsonaro são seres políticos e trilharam caminhos paralelos, mas distintos.

Lula pouco trabalhou, mesmo na política (foi uma vez deputado e cansou do Congresso, esforço demais). Sem ter sido trabalhador ungiu-se como representante destes. Começou a mentira, o conto mitológico que tornou-se sua estória (e não história).

Traiu e esmagou quem lhe atravessou o caminho, entregou companheiros, destruiu carreiras, mas manteve a aura do Líder. Dizia-se pobre mas sempre viveu o luxo dos ‘favores’. Não estudou, não trabalhou, nada fez e chegou a Presidência.

Consolida-se o Mito de Lula pela mentira de sua vida, uma construção mitológica.

Como Presidente corrompeu e foi corrompido, usou e gozou do poder, acreditou que era dono do Poder, do país, que era eterno. Elegeu Dilma para sucedê-la depois.

Por ela foi traído e teve de vê-la reeleita. Entregou Dilma aos lobos, mas quando percebeu que ele também iria para o inferno correu em sua defesa (dele não dela).

Caiu na esparrela, subiu no caixão da mulher com a falta de escrúpulos que lhe é peculiar. Deixou seu lugar na história em troca do orgulho e da sensação megalomaníaca de ser o maioral. Preso, justamente, afrontou a justiça, cuspiu na cara do trabalhador, do cidadão honesto com a maior desfaçatez.

E da cadeia, por permissividade de alguns daqueles com quem privou o poder, tenta desestabilizar o país e gerar o caos. Até agora não conseguiu.

Lula fala a voz do povo, já o compreendeu, outrora. Mas representa aquilo que o brasileiro não quer mais: a esperteza, o jeitinho, o vagabundo que fica rico sem trabalhar. Lula é o Zé Carioca (personagem de gibi) mas só que mau caráter, sem escrúpulos, apenas isto.

Lula fez de sua biografia um conto mitológico em que só comparsas e idiotas acreditam. De MITO virou o MINTO, a mentira e a devassidão.

Já Bolsonaro não é uma virgem vestal. Sobreviveu por mais de duas décadas em Brasília, o que o faz um político hábil.

Se não tinha muita representatividade, pelo menos representava aqueles grupos o elegeram e reelegeram.

Mais que isto trabalhou e estudou desde jovem. Quem conhece a rotina da caserna sabe que não é fácil. Não é nem foi vagabundo, nem jamais se arvorou a representante dos trabalhadores. É quem sempre foi.

Também não se enlameou com corrupção. Quando era apenas um deputado e os operadores do seu partido de então, o PP, fecharam uma delação premiada com a Lava-jato, apenas Bolsonaro e Ana Amélia não foram citados. Apenas eles não estavam envolvidos.

Começou a dois anos a construção de uma candidatura viável, ninguém deu-lhe bola. Nenhum candidato sobreviveu tanto tempo na política brasileira, ainda mais sem a estrutura de um grande partido. Lula sobreviveu mas tinha o PT, a esquerda e FHC (embora negue) por trás.

Com um partido nanico, sem tempo de TV e sem dinheiro Bolsonaro é um fenômeno. Ninguém na história recente brasileira movimentou tanta gente espontaneamente. Movimentos como o Diretas Já, Fora Collor e Fora Dilma eram suprapartidários. Mas uma pessoa causando comoção nas ruas? Não!

Bolsonaro é um mito!

Lula no auge de sua carreira pôs tanta gente de forma espontânea. Sabemos hoje que as ‘multidões’ de Lula incluíam gente a soldo, mortadela, sindicalistas, pelegada, showmício e ângulos espertos de filmagem. Bolsonaro é ele e o povo. As pessoas vão atrás do mito.

Bolsonaro também fala o rude idioma das ruas e do povo. Mas percebeu que nosso povo, seus problemas e anseios mudaram e agora sua fala reflete aquilo que a grande maioria dos brasileiros pensam e querem.

Podem chamá-lo de despreparado, de tosco, mas o povo o abraça nas ruas.

E os esquerdopatas tem ânsia de vômito, mas estes ainda creem em Lula, portanto não contam.

É isto que transformou Bolsonaro no MITO, se sua atitude mudará se eleito, só a história poderá nos contar, mas hoje ele é o MITO.

E o sangue que derramou em Juiz de Fora aproximou-lhe mais ainda do povo. Transformou-lhe parte em mártir, parte naquele que o ‘estabilishiment’ não quer. Aproximou-lhe de Tiradentes e Getúlio, heróis na visão de nosso povo.

Consolidou o MITO!

Na batalha entre o MITO e o MINTO que prevaleça o MITO e que o MINTO morra atrás das grades.

Torço pelo MITO. Boa Sorte Capitão!

PS: Não sou eleitor do Bolsonaro, pelo menos não no primeiro turno. Apenas relato o que vejo.

GETÚLIO, KENNEDY E A FACA

Getúlio e Kennedy morreram por seus países. Mortes ainda polêmicas, inexplicadas até hoje.

Um deixou a vida e entrou para a história provavelmente num suicídio que virou exemplo de desprendimento cívico para o Brasil. Em que pese as acusações de corrupção e a sanha ditatorial em que estava envolvido teve o brio e vergonha de um grande estadista, morreu para evitar que seu Brasil convulcionasse,
morreu por sua pátria.

O outro foi morto por motivos até hoje ignorados, apesar dos esforços da autoridades americanas. E todos aqueles que se envolveram em sua morte foram eliminados. Seu assassino foi morto sob custódia do FBI e o assassino do assassino suicidou-se ou ‘foi’ suicidado na cadeia antes de dar seu testemunho.

Homens de Estado, Estadistas estão sempre na visão de malucos, de oportunistas e de conspirações. A faca que atingiu o abdômen do candidato Jair Bolsonaro na quinta-feira passada quase levou sua vida mas elevou sua alma.

Seu sangue purgou por ousar defender aquilo que muitos acham indefensável: os direitos e a vontade do povo brasileiro. Sangrou por falar a língua do Brasil. E seu sangue servirá para lavar a lama deste país.

O atentado a Jair Bolsonaro se planejado e não fruto de um lobo solitário, saiu pela culatra pois repercutiu como a pá de cal nas maracutaias de Lula e do PT. Tirou de Lula a ampla cobertura midiática que vinha recebendo e jogou a derradeira pá de terra e cal na esperança petista de tornar as eleições um caos.

Mais que isto consolidou as chances do Capitão vencer as eleições em primeiro turno.

Plantou, colheu dizem alguns. Especialmente vermelho-estrelados do quilate de Dilma Roussef que afronta a Constituição Federal com sua candidatura. E pior que tem chance de se eleger. Vociferam estes idiotas regojizando, a principio, hoje já estão assustados, com o infortúnio de Bolsonaro. Mas esquecem que foram eles os petistas e esquerdistas que criaram o clima de conflito, de ‘nós-contra-eles’, de que bandido é bom e a vítima é a culpada.

Aliás o PT é excelente em culpar a vítima. Quando alguém morre em um assalto é o bem feito não devia ter reagido, o ladrão, pobrezinho, é uma vítima da sociedade que está redistribuindo o capital. Balela!

Ladrão é vagabundo, como Lula e outros corruptos. E bandido bom meu amigo, é bandido morto. Bolsonaro só reverberou este pensamento quase unanime de nosso povo. Quando petistas dizem que vão fazer o diabo são aplaudidos, quando Sem-terra mobilizam o exército são aplaudidos. Mas se Bolsonaro diz que vai fuzilar os inimigos é crime.

Bolsonaro foi vítima da intolerância e do caos que o PT criou no Brasil e que tentava perpetuar. Curioso é que ao sobreviver provavelmente se elegerá e será aquele que vai começar a pôr ordem na casa, fazendo o expurgo do caos petista.

Mas este atentado tem muito de estranho. Não me pareceu coisa de Lobo Solitário. O tal Adélio não tinha condições de planejar e executar tudo sozinho. E pairam perguntas sérias no ar.

Como este individuo se sustentava e pagava suas contas? Como um pedreiro desempregado e correndo atrás de migalhas e merrecas viajou para Florianópolis e fez um Curso no Clube .38, um dos mais conceituados e caros do Brasil? Quem pagou sua passagem, hotel, alimentação e o curso?

Quem eram os rapazes e a moça que dizem o acompanhavam? Cúmplices, assistentes? A mãe de um dos ‘meninos’, estudante de ciências Sociais, militante de esquerda diz que ele só foi preso porque é negro (sempre a mesma história). Mas explique o que um estudante, militante de esquerda fazia no meio da passeata de Bolsonaro?

Mais ainda, como um pedreiro desempregado, sem dinheiro, de uma hora para outra recebe a assessoria de quatro, sim de quatro advogados, de uma das bancas mais conceituadas e caras de Minas Gerais? Caridade? Alguém aqui conhece um advogado criminalista ‘tão’ caridoso’?

Enfim são muitas perguntas que poderão levar muito além da antiga filiação de Adélio ao PSOL. Mas não esqueçam que para isto ele tem de falar e para falar precisa viver.

Se este cara foi mesmo Lobo Solitário poderá, é difícil, mas poderá sobreviver na cadeia. Mas se foi pau mandado em breve será suicidado, com direito a bilhete e tudo.

O Tuma Junior relata em seus livros que no caso do Celso Daniel todas as testemunhas tiveram acidentes co mortes estranhas nos meses que seguiram o assassinato. Algo do tipo que ocorreu com o Kennedy.

Mas, ato de Lobo Solitário ou crime premeditado, o atentado saiu pela culatra a sorte, a mão de Deus, o destino ou o que queiram protegeu Bolsonaro e agora ele está cada vez mais perto do Palácio do Planalto, talvez até em primeiro turno.

Recupere-se bem Capitão, pois precisamos que seja nosso Presidente.

ORGULHO-ME DE SER ÁUREO-CERÚLEO

Para encerrar, ou não, estas crônicas sobre futebol não poderia deixar de manifestar o meu orgulho de torcer pelo Lobo azul e amarelo de Pelotas. Para quem não sabe em Pelotas-RS temos um time tradicional, dentre os mais antigos do Brasil e que tem o Estádio mais antigo em funcionamento (já foi reformado, mas continua no mesmo lugar e preservou o pórtico) do Brasil, aberto desde 1908, o Estádio da Boca do Lobo.

Este Clube é o meu Pelotas, orgulho azul e ouro. Os simplistas de Porto Alegre dizem que o Rio Grande do Sul é um GreNal, ou Grêmio ou Inter, mentira! No interior em Bagé, Rio Grande e especialmente em Pelotas sobrevive o sentimento ardoroso pelos Clubes locais. Especialmente em Pelotas torcemos pelo Pelotas ou pelo Brasil de Pelotas (Argh!!!). Mas é admirável. Torço com todas as minhas forças contra Grêmio e Inter, acho que eles destroem o resto do futebol gaúcho.

Meu Lobo (o apelido e mascote do time) áureo-cerúleo (alusão as cores do time: amarelo ouro e azul céu) , ora no meu coração é muito mais que estes bostas da capital. E é nestes times do interior que resiste o verdadeiro futebol do Brasil.

Longe dos holofotes e dos tapetões dos grandes campeonatos brasileiros existem centenas de pequenos clubes que empregam milhares de pessoas, de pais de família que tiram seus sustento da arte da bola. Sem roupas extravagantes, sem cabelos ridículos, homens e mulheres que trabalham duro, fazem jornada dupla, tem dois empregos pelo amor ao futebol.

É nestes times médios e pequenos que sobrevivem os boleiros do Brasil. É neles que aparece a função social do futebol, onde nas escolinhas humildes, meninos que sonham com o glamour dos campos dedicam-se ao esporte, aos estudos e acabam afastando-se das drogas e da criminalidade. É a ‘indústria’ do futebol dos pequenos e médios clubes, que se faz a verdadeira paixão brasileira, que passam, nascem e vicejam os sonhos e esperanças de milhares de meninos, homens e famílias pelo Brasil.

Não é o futebol dos grandes clubes, da seleção e das festas que representa o Brasil. O nosso futebol é feito na várzea, no campinho, na segunda e terceira divisão. No moleque que dribla alegre e no homem que treina e joga no turno inverso de outro emprego para conseguir viver e se sustentar. Este é o futebol brasileiro.

Por isso torço, apenas por um time médio, meu Pelotas. Além da tradição e de uma torcida fanática, ali, na Boca do Lobo tenho minha casa, ao lado de minha casa (me mudei para perto estádio, de forma involuntária, mas mudei) e de passar este amor para meu filho.

O Esporte Clube Pelotas têm uma história centenário com vitórias e derrotas e histórias e estórias maravilhosas, muitas das quais vivi. Faz alguns anos estávamos na Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho e este ano fomos Campeões da Divisão de Acesso do Gauchão e ano que vem voltaremos a elite do futebol gaúcho. Mas mesmo na divisão de acesso, por anos, mantivemos um público médio, no estádio, semelhante à Grêmio e Inter.

Uma história interessante sobre o Pelotas é a seguinte, quando a Seleção brasileira perdeu a Copa de 1950, no Maracanã, ocorreu ‘o silêncio mais ensurdecedor’, segundo Nelson Rodrigues, o Brasil jogou de branco, como havia jogado nas Copas até então.

Após a derrota foi feito um concurso nacional para um novo uniforme da seleção. O ganhador foi o professor Aldir Schlee, gaúcho de Jaguarão, que fez sua vida em Pelotas. Ele sempre disse que não se baseou em nenhum uniforme de clube ao criar a camisa canarinho, ganhadora de 5 títulos mundiais. Que teve leve inspiração na Camisa do Fiatextil, clube já extinto de Pelotas. Mas convenhamos o E.C. Pelotas sempre jogou com seu uniforme principal, desde 1908, meias brancas, calção azul e camisas amarelas.

Será que não rolou uma inspiração. Não sei! Mas está é a história da camisa amarelinha, pentacampeão mundial e da camisa áureo-cerúlea que tanto me orgulha.

Como diz nosso Hino: “Orgulho-me de ser áureo-cerúleo pela grandeza do ideal, ufano-me de ser áureo-cerúleo pelo que tem de emocional”.

Salve o Pelotas! Salve o futebol brasileiro, aquele futebol de raiz, do interior! O Lobão voltou!

A COPA É NA RÚSSIA E POR AQUI A COISA ESTÁ RUÇA!

Comecei a escrever este artigo antes da Copa na Rússia iniciar, continuei escrevendo pari-passu com os jogos da Copa. Finalizei o texto nas oitavas de final, não sei como foi o Brasil nas quartas de final, espero que mal, mas isto é outra história.

Por que não publiquei o texto? Não sei, desesperança talvez. Parece que minha adesão ao movimento dos Sem-saco fez com que eu não tivesse mais saco (paciência) para estas coisas.

Mas vamos lá. Mais importante do que a Copa do Mundo da Rússia (falo da Federação Russa, maior país do mundo, ocupando um nono da superfície terrestre – uma área quase o dobro do continental Brasil – localizado na Eurásia), evento de relevância mundial que vai muito além do esporte, é a situação do Brasil, o que ocorre por aqui agora, neste exato momento em que os craques, nem tão craques e escroques entram em campo nas terras do povo Rus, defendendo seus escretes com maior ou menor galhardia.

Aqui nas Terrae brasilis, no que pensamos ser a encarnação terrena das Ilha afortunadas de São Brandão ou Hy Brazil, a coisa está ruça e tende a piorar.

Ruça, RUÇA, com cedilha mesmo, no amplo sentido da palavra. Ruça, na definição do dicionário: Complicada, cheio de adversidades, de dificuldades; perigosa, apertada.

E por que? Porque nossos juízes dos tribunais superiores e nossos políticos armam e executam planos e esquemas criminosos para subjugarem o Brasil decente que insiste em afrontá-los. É o Congresso aumentando despesas, são Câmaras de Vereadores e Assembléias Estaduais aprovando projetos inexequíveis e que aumentarão ainda mais a quebradeira das unidades da Federação.

E a conta? A conta fica para as próximas gestões e para o Zé Povinho que sempre paga. Não há escrúpulos, não há limites, não há patriotismo ou dever cívico, apenas avidez incomensurável pelo poder, pelo dinheiro público e pelo que é nosso, de todo o povo brasileiro.

No Congresso Nacional, a pouca atividade aparente esconde uma atividade frenética, escusa e impublicável que visa, acima de tudo manter o status quo e continuar nos ferrando. Estas manipulações só não são mais frenéticas pelo medo das urnas.

Mas nos Supremos Tribunais barsileiros não há urnas portanto não há medo e não há limites à manipulação, à desfaçatez, à cara-de-pau e à sem-vergonhice. O PT e seus asseclas colonizaram, literalmente os tribunais superiores brasileiros. Em alguns casos o limite ético e o sentimento patriótico falaram mais alto mas em outros a Omertá vale mais que princípios, moral, civismo e civilidade.

Basta ver o que os augustos e soberbos ministros da segunda turma fizeram com Zé Dirceu et caterva, soltaram bandidos de alta periculosidade que roubaram, destruíram e ajudaram a condenar a pobreza e a morte milhões de brasileiros. O Código de Desonra destes mafiosos, suas posições e vínculos fraternos e de gratidão libertaram bandidos de alta periculosidade como se fossem heróis injustiçados. Concederam à crápulas inescrupulosos benesses que não concedem à ladrões de galinha.

Aos que roubam o povo e condenam milhões as glórias e benesses do poder ao povo a dura lex. Soltaram Genu, Dirceu e só não soltaram Lula, concedendo-lhe a chance de concorrer nas eleições porque o Ministro Fachin, a Ministra Carmen Lúcia e outros ministros reagiram e agiram a revelia das vontades desta corja.

É este o jogo jogado nos gramados de Brasília e do Brasil, enquanto a bola joga na Rússia ‘eles’ jogam, por aqui um jogo de cartas marcadas em que nós, o povo brasileiro, seremos goleados por mais que 7 a 1.

Só não contavam com algumas armas secretas, com a mudança de mentalidade e de foco de nosso ‘time’ (povo). Como diria Garrincha, o gênio, ‘esqueceram de combinar com os russos’. E o Brasil decente conseguiu empatar com a jogada genial de Fachin, fuzilando o drible de Lula e com o gol marcado contra a contribuição sindical obrigatória, que começará a desmontar a estrutura de corrupção do sindicalismo torpe brasileiro.

Empatamos, mas virão a prorrogação e os penaltis após a eleição. Eles preparam suas armas secretas e terão um novo jogador em campo: Dias Toffolli no STF, jogador perigoso, matreiro e chegado em um jogo sujo. Após as eleições será reforçado por um Congresso mais ou menos renovado, o que depende só de nós. Mas é certo que o jogo não acabou.

Quanto ao futebol de verdade, aquele que ocorre na Rússia esclareço que não sou daqueles descerebrados da esquerda clássica que eram contra a Seleção brasileira pois achavam que a CBF e a Seleção eram o ópio do povo e que contra-arrazoavam a ‘revolução’. Muito menos sou daqueles que acham que a camisa verde-amarela é símbolo do suposto golpe, contra Dilma. Também não sou um dos que acha futebol uma perda de tempo ou idiotice.

Muito antes pelo contrário sou um apaixonado pelo nobre esporte bretão, já joguei (perna de pau, mas joguei), vou ao estádio, sou fanático por meu time, torço visceralmente. Sou Lobão, sou áureo-cerúleo, torcedor enloquecido do meu Esporte Clube Pelotas, o Lobo da avenida e transmiti esta paixão ameu filho.

Também acho a CBF corrupta e safada, tanto quanto o Congresso Nacional, mas pelo menos a CBF não rouba meu dinheiro. Penso que o futebol é alegria e diversão e não o ópio do povo, como querem nossos zintelectuais. E a camisa da seleção brasileira é linda verde e amarela, usei-a com orgulho nas manifestações contra o Collor e contra a Dilma e usarei ao manifestar-me contra qualquer safado que se instale no Governo. O Brasil é verde e amarelo e não vermelho, vermelho é cor de bandido e corrupto.

Mas não torço pela seleção brasileira, já torci pela seleção de 1982, por exemplo. Por esta não torço por dois motivos: primeiro meu avô de origem uruguaia e a proximidade da fronteira fizeram-me valorizar e amar a raça e a camisa celeste. E porque, embora simpatize com muitos jogadores de nosso escrete e, principalmente gosto do Tite, não suporto o Neymar.

Neymar representa o oportunista, mau cárater, que só quer levar vantagem. Não importam à ele consequencias ou o que causar a outrem ele quer estar por cima. É um mau, um péssimo exemplo, para o Brasil especialmente para os jovens brasileiros. Acho muito legal que o sentimento cívico aflore, que nosso povo torça pela seleção. Só não consigo torcer por um mau caráter. Me perdoem!

Mas deixando a Copa de lado, não importando o resultado e se o Brasil será ou não campeão (ainda não sei os resultados das quartas em diante) cabe-nos preparar para a batalha pós-eleições. Nossos adversários no Governo, no Congresso, no STF e nas cadeias de Brasília e curitiba estão preparando um contra-ataque perigoso.

Se a coisa agora está RUÇA pode piorar antes de melhorar ou lutamos ou é melhor fugir…para a pátria RUSSA!

A ERA NEYMAR

Agora já sei o resultado das quartas de final. Decepcionante por um lado, mas por outro lado venceu o melhor time. Aliás chegaram as semi-finais da Copa do Mundo os dois melhores retrospectos do campeonato: Bélgica e França, duas espetaculares seleções e que tem em suas escalações jogadores que ainda veremos ganhar a Bola de Ouro, como Mbappé e De Bruynne. Além de uma excelente Inglaterra, que se não ganhar esta Copa certamente vai incomodar na próxima, com outro candidato a Bola de Ouro, Harry Kane. E uma excelente Croácia.

Justo, justíssimo!

Teremos Neymar entre os melhores do mundo? Acho pouco provável. Por que? Porque o futebol cada vez busca uma qualidade entre sues grandes craques, uma qualidade que vai além dos dribles, dos gols, e esta qualidade é o caráter e isto Neymar não tem.

Pode ser um excelente jogador mas se perde em sua constituição humana. Neymar é aquele jogador que quer levar vantagem em tudo, só pensa nele, azar dos outros. É a Lei de Gérson, Certo!

Tite, naquela entrevista que está publicada nas redes sociais, quando o enfrentou pelo Corinthians (Neymar estava no Santos) disse que ele, Neymar, era um mau, péssimo exemplo. Mais que isto insinuou, o que é verdade, Neymar é mau caráter.

Vejam só jogava no Santos, que tinha iniciado as negociações com o Real Madrid e numa reviravolta acabou, a revelia de seu time, no Barcelona. Esta troca de clubes resultou em processos e condenações por diversos crimes entre eles sonegação fiscal e até suspeitas de lavagem de dinheiro. Os processos estão por ai, ainda correndo nas justiças brasileira e espanhola.

No Barcelona não conseguiu o protagonismo/liderança que queria. Aliás foi um desagregador. Estava em Barcelona logo após a sua chegada e um pouco antes de sua saída e ouvi e vi o que dele pensava a fanática torcida catalã, é impublicável. Neymar saiu do Barcelona pela porta dos fundos não fez falta e foi substituído por Philippe Coutinho, ganhou o time.

No PSG chegou sob holofotes, impôs nomes de jogadores (como Daniel Alves) e se impôs ao técnico, mas não foi efetivo. Comprou brigas com jogadores consagrados como Cavanni, com a torcida e não foi profissional. Um craque joga, treina e vive o time. Neymar não perde uma oportunidade de festa e de estar na zoeria, principalmente no Brasil, mas joga na França. Foi cobrado e muito.

Não contribuiu em nada ao PSG, pois o time é muito superior aos demais do Campeonato Francês. Campeonato este superior ao brasileiro mas que não chega aos pés de Campeonatos de Ponta como o Inglês, Espanhol, Alemão e Italiano.

O PSG já era multicampeão francês e continuou sendo, mesmo sem Neymar que veio para o Brasil se recuperar da lesão no pé e fazer festa. Não terá mais espaço no time de Mbappé e companhia e como o rato, que aparenta ser, cuspiu no prato que comeu e foi negociar com o Real Madrid.

Busca o protagonismo em um grande time, de um grande campeonato, para satisfazer suas vontades e volúpia. Dificilmente terá espaço no Campeonato Inglês ou Alemão, aposta suas ficha nos merengues madrilenhos que perdem Cristiano Ronaldo. Mas se os merengues fizerem esta bobagem provavelmente entrarão naquela fase de poucos títulos e falta de protagonismo que ciclicamente atinge os grandes times.

Neymar, ao contrário do que apregoam os narradores brasileiros, especialmente da Globo, não é a seleção brasileira, não é po Brasil . Aliás nossa seleção teria ficado melhor sem ele. Não fez nada na Copa. Nada além daquele cabelo ridículo, que o deixou parecido com o Tiririca quando cantava Florentina. CR 7 viaja com seu preparador físico, Messi com a família, Neymar com os cabelereiros. Cada um com sua prioridade.

Mas certamente Neymar não constará da lista dos 3 melhores do mundo este ano e, nos próximos, quiçá constará da lista dos onze melhores. Surgem grandes craques, com dedicação e caráter a cada dia.

Por que digo isto? Por que vivemos a Era Neymar, buscamos um Salvador da Pátria, alguém que nos levasse ao pódio. Encontramos um megalomaníaco, egoísta e mascarado. Um craque que virou escroque. Neymar representa, para mim, tudo aquilo que o Brasil está tentando expurgar. O homem que quer levar vantagem em tudo, aquele que não se importa com os outros desde que detenha o controle e esteja bem. Aquele que não é profissional, que não se importa com a equipe, que não treina, que só quer ganhar.

Neymar é no futebol aquilo que o PT foi na política, parece o craque, mas só joga para si, nunca para o time.

Vejamos, até as quartas de final jogamos 4 partidas, 360 minutos. Se considerarmos que um terço do jogo a bola não rola, temos 240 minutos de bola rolando. Um jogador extremamente esforçado participaria de um terço do jogo, ou seja, 80 minutos. Neymar, considerando que fosse este jogador extremamente esforçado, dos 80 minutos jogados passou 14 minutos no chão e 12 minutos reclamando. São quase 30% do tempo que jogou.

É isto, e quedas espetaculares, onde o adversário nem estava na foto, reclamações, bate-boca. Levar vantagem acima de tudo. É isto que queremos expurgar do Brasil, os homens que querem levar vantagem, enganar os outros, os salvadores da pátria. O Brasil repudia e luta contra a era Neymar.

Alguns já estão na cadeia, outros viraram párias, outro a caminho. Nada mais justo que a ideia do ‘levar vantagem’ fosse derrotada nos campos da Copa. E foi, pelo belo futebol Belga.

Já tivemos a era dos craques de verdade. O brincalhão e genial Garrincha, Pelé e companhia, a Era Dunga (versão dois) e belas seleções.

Que a Era dos enganadores, dos Salvadores da Pátria e daqueles que só pensam em si, a ERA NEYMAR, se esgote em 2018, no futebol e na política.

Que na próxima Copa tenhamos uma Seleção que seja a cara do Brasileiro, de preferência sem Neymares e companhia.

O Fim da Era Neymar acabará sendo maravilhoso para o Brasil!

MEMÓRIAS DO CÁRCERE XILINDRÓ

Dizem que Lula foi orientado por um de seus asseclas, quero dizer, assessores a escrever um livro enquanto estiver ‘guardado’ em Curitiba.

A ideia foi mal recebida pelo apedeuta, afinal segundo ele mesmo, um dos idiotas que escreviam os discursos, falas, cartas e todo o resto que ele enviava, podia fazer isto e depois alguém ‘dava’ uma lida e pronto era só publicar e dizer que era dele, como sempre.

Só que a insistência foi grande e o apedeuta topou fazer algo tipo um diário na prisão. Imaginem que não foi uma discussão fácil , já que ocorreu na saída do Sindicato no ABC, na hora que estavam prendendo o ‘mais honesto’, não deu para ele argumentar muito, se é que me entendem. E os detalhes ficaram de ser combinados no ‘xadrez’ com seus advogados, aquela banca caríssima e até o momento inútil.

A ideia inicial era chamar os diários de Cadernos ou Memórias do Cárcere tentando equiparar o larápio vagabundo a um Gramsci (ordinário, FDP, me refiro ao Antonio Gramsci) tupiniquim ou a um Graciliano Ramos de boteco. Mas não colou.

O dono do PT não entendeu o que quer dizer cárcere e como explicar levaria tempo demais ficou como ‘Memórias do Xilindró’.

São cinco capítulos breves, que se constituem na maior e única obra escrita pelo maior ladrão do Brasil. Vamos a elas, As Memórias do Xilindró, por Luis Inácio Lularápio da Silva (observação, não foram feitas correções ortográficas e/ou gramaticais nos escritos, são os diários nús e crús).

Capítulo 1

Porra, tive de mi entregá. Tava bom lá nu sindicato, tinha pagode, churrasco, cerveja e muié.

Tava gostando, queria ficá pelo menos prá vê o jogo do Curingão.

Mas disserô qui num dava. Qui si eu não mi entregasse ia dar merda. Merda já deu aqueles bosta de adevogado, caro prá caralho e os bosta dos ministro que eu nomiei não me livraram. Me fudi!

Disse que os adevogados não sabiam di nada que não ia mi entregá, já que o povo tava na rua.

Mais os cumpanhero disseram que o dinheiro prá pagá a galera qui tava ali tinha acabado e os sanduiche também, ia todo mundo embora. Então tinha de mi entregá antes. E a Odebrecht não queria pagar mais nenhum extra, tipo purfa.

Eu tava qui nem coro de pica ia e vinha, saia e voltava para fazerem o filme direito. Mas aí a Dilma, a Gleisi e o Lindiberg resolveram que eu tinha de ficar, resistir, não pudia mi entregá. Pensei, se estes treis concordam, vai dar merda!

Mi entreguei e mi truxeram prá Curitiba numa carroça com asa, parecia o sucatão do FHC. Cheguei aqui e mi puseram no xilindró.

Num é ruim! É até melhor que o quarto qui eu tava no sindicato e não tem um bando de puxa-saco me enchendo, vô puder vê o jogo do curingão na boa.

Só que pidiram prá eu escrever esta merda, mas agora vô vê o jogo, cansei.

Capítulo 2

Porra, já tô aqui faiz uma semana. Os bosta dos meus adevogados não consiguiram um Habios copus, nem com o Gilmar, são uns merdas. Eu não tava escrevendo o diário por que me tiraram as birita e a ceva, tô cum tremilique.

Mas agora veio um bando de senador vagabundo puxá meu saco, mandei eles longe, vão mexer na lei e me soltar. Não aguento mais ficá sem mulher e birita, que merda. E a TV só pega a Grobo, nada de pornô.

Porra, fico o dia todo coçando o saco e não posso tomar uma, nem cumer ninguém.

Reclamei com o Delegado, prometi que quando fosse Prisidente ele ia ser o Diretor da PF, era só facilitá umas ceva e ele me deu uma esteira de correr. Vai ver, quando eu for eleito vô manda ele de adido prá Venezuela.

Aí pedi umas muié, sabe tipo aquelas com xereca. Não as dos Grelo Duro, aquelas do sindicato.

Porra aquilo é foda, tem umas muié ali com grelo maior que o pau do Okamoto. Uma vez eu disse pro japa não se fresquia com elas que iam acabá fazendo o boga dele.

Mais eu pedi pru Dr. Delegado umas visita intima, pudia sê a Rosimary, pudi sê umas prosti….prostip…umas puta mesmo. Meus assessor ia buscá na zona, davá prá trazê até umas pro Delega.

Mais ele não quis. Mas me disse que tinha umas muié inscrita prá me fazê companhia.

A Dilma, a Graça Foster, a Marilena Chauí, a Gleisi e o Suplicy.

Porra aí não, né? Gritei. Isto é tortura, crime contra a humanidade. Me prendê tudo bem, mas tortura nem pensar. A Dilma, a Marilena e a Graça é sacanagem. Eu acostumado a fuder 200 milhões de brasileiros vô encarar estes trubufus, não mesmo fico na bronha.

Já a Gleisi é bunitinha, si calar a boca dá prá encarar. Mas é mulher de amigo. E mulher de amigo meu é homi, só na bunda. Brincadeira! Não dá prá encará a Gleisi, vá que o Paulo fique brabo e me dê uma chifrada.

Sobrou a Suplicy. Perguntei pro Delega se a Marta pudia me visitar, intimamente, e ele me pergunto que Marta? A Suplicy ora!

Não é a Marta, seu ex-prisidente, é o Eduardo.

Porra aí é sacanagem, imagina o Eduardo Suplicy de saia e com aquele papo chato. Aí me suicido.
Fiquei com as playboy que um assessor comprô.

Capítulo 3

Tô preso faiz 3 semanas porra! E não dá nem prá durmir. Toda hora é ‘Bom dia Lula’, ‘Boa tarde Lula’, ‘Boa Noite Lula’. Vão se fudê!

Estes bostas não vão trabalhar? Vagabundos! Aliás quem tá pagando esta merda? Não me digam que tão usando aquele dinheiro que tava na Suiça? Porra!.

Taí gritaram de novo, na hora do gol do Curingão. Eu conheçu essa voiz, é do Lindiberg, FDP! Vai enchê o saco lá no Senado. Porra!

Capítulo 4

Porra, ainda tô preso e já faiz 40 dias. Num vô saí tão cedo pelo jeito. O pior não é ficar sem birita e sem muié. Pior é ter que aguentar a Gleisi e aquele bando me visitando todo dia. Até a Dilma veio. Porra!

Já disse prá eles qualquer dia prendem eles tudo junto. Pior é que me encheram a sala que dizer cela de livro, tava um cheiro a mofo du caralho. Parecia uma biblioteca, qui merda!

Só de olhar tava me dando dor de cabeça. Mas feiz um frio do caralho aqui em Curitiba, e eu queimei tudo, deu uma boa fogueira. Até os guarda vieram se aquecer na fogueira. Só não queimei um livro grandão, cum um cara feio barbudo na capa, o livro é tal de O Capital, dum tal Marx, deve ser sobre o cara que fez os parque e os jardins em Brasília.

Como não tem figurinha num pude saber. Este tô usando de peso de porta no banheiro quando vou ‘obrar’. Ontem vi uma notícia que tinha recebido um monte, milhares de cartas, umas até com proposta devassa, deve ter até putaria e eu adoro putaria.

Perguntei prá Gleisi e ela disse que o PT exagerou um pouco no número que na verdade eram aquelas 20 carta que tinham me trazido e que agora era bom eu responder, prá não fica chato.

O problema é que como o papel higiênico aqui é uma lixa, usei as carta prá limpá a bunda. Pior que já levaram o lixo do banheiro, não vai dar prá responder.

Capítulo 5

Tô puto, porra! Ainda não conseguiram mi soltar. E com esta greve de caminhoneiro por ai vão acabar me esquecendo aqui.

Não vou a debate, não vô a palestra. Tô aqui fudido.

E todo dia dizem que eu escrevi isto ou disse aquilo. Não fiz porra nenhuma.

Aliás se me derem uma mulher e uma cerveja juro que fico bem quietinho aqui vendo a Copa.

E como tô puto não vou escrevê mais está merda. Contratem o Duda Mendonça ou qualquer outro bosta que esteja escrevendo estas merdas que vocês dão pro jornal todo dia dizendo que é meu.

Bota um ou dois bostas destes a escrever qualquer coisa, o povo não vai ler mesmo e a militância do PT e do Sindicato engole qualquer merda mesmo. Bota eles a escrever e diz pro Japa pedir prá Odebrecth pagar eles com o dinheiro que tá na Venezuela.

Só num deixa a Dilma, nem a Gleisi escrever nada. Purque si elas escrevê ninguém vai entender porra nenhuma e vai dar merda de novo, como deu no Guverno delas.

E agora vão a merda, que vou cagar e vê o jogo.

Assim encerra a promissora carreira de escriba de nosso apedeuta, o mais honesto(???) homem brasileiro.

PS: Senhores por óbvio os escritos acima são apócrifos e não foram escritos pelo Ex-presidente e escroque Lula. Embora a finesse e rebuscamento de pensamentos lembrem, en pasant, sua verve, seria impossível transcrever tão vasta ignorância em uma folha de papel. Até porque o apedeuta não conseguiria em um período tão curto, quanto este em que está preso, escrever tão vastas laudas.

FIQUEI SEM COMBUSTÍVEL…

Literalmente! Mas o que tem me impedido de escrever é a preguiça.

Preguiça de ter de explicar de novo e outra vez o que é óbvio. Preguiça e saco cheio da mediocridade que nos cerca. O Brasil da desesperança, enche, incomoda e nos tira a vontade de fazer, de agir, as vezes até de pensar.

No meu caso pensar e me indignar são atos contínuos, tão necessários quanto respirar. Mas quando olho para meu país, para meus conterrâneos, tenho vontade de parar de pensar. Pena que não consigo.
A greve dos caminhoneiros parou o Brasil, mas não barrou minha indignação. Apenas encheu mais o meu saco.

Em termos práticos não me causou nenhum problema. A Universidade (pública, é óbvio) onde trabalho, rapidamente, suspendeu as atividades e nos deu férias fora de época. Não deu para viajar é claro pois não tinha gasolina. Também não pude colocar o trabalho atrasado em dia pois a burocracia me impediu de ingressar no Campus.

Fiquei por casa, no ócio total, algo que não fazia há anos. Um netinho recém nascido agitou um pouco as coisas e uma gripe infernal freou tudo de novo. Assim fiquei em casa, pensando. O que para mim é um problema angustiante.

Pois não consigo ter mais paciência com esta zona toda que está por ai.

Greve geral???

A greve dos caminhoneiros foi justa? Sim no primeiro momento foi. Mas depois do Desgoverno Temer ceder a tudo de joelhos não cabiam mais bobagens e resistência. Deviam ter voltado ao trabalho e ponto final.

Mas ai vem as ideias de gerico. Vamos derrubar o Desgoverno, Oba!!! E os oportunistas de plantão: Lula Livre! Golpe Militar! Vão se fuder!

Ao prolongar a greve os caminhoneiros perderam a chance de saírem como heróis pátrios, pois começaram a encher o saco do povo.

E não pensem que se começarem a fazer greve por tudo terão apoio. Vão acabar levando porrada na rua. Ou serão tratados com o desdém e ódio que os servidores públicos recebem a cada greve sem noção que inventam.

A origem…

Tudo isto começou com as caravelas ou até antes, nas eternas guerras tribais do Brasil pré-colonial. Mas merda atual começou com o “Petróleo é nosso!”, cantilena nacionalista do ditador Vargas que ficou gravada na parte medíocre e burra da mentalidade do brasileiro e com a escolha do modal errado por JK.

A Petrobrás, que está mais para Roubobrás ou Propinobrás, é um peso nas costas de todos nós. O fato de abrir a exploração do petróleo e sua comercialização para iniciativa privada não vai tirar o domínio do Governo sobre as riquezas naturais brasileiras.

O que vai acontecer é livre concorrência, sem politicagem na cessão de bandeiras de postos e distribuidoras e sem o monopólio doentio e nocivo da Petrobrás na vida dos brasileiros.

A Petrobrás só serve como cabide de emprego para indicados políticos, para roubalheira generalizada, para domínio e chantagem sindical da CUT e para ferrar o Brasil.

Tem de ser vendida, privatizada, já! O petróleo continuará brasileiro mas nós, o povo, não pagaremos mais a conta. Mas não, falar em privatizar a Petrobrás mexe com os brios da nossa idiotia.

Os EUA, os ‘zamericano’, são o maior produtor de petróleo do mundo, o maior consumidor e tem a 9ª maior reserva de petróleo do mundo (nós com o tal do pré-sal, que ninguém consegue extrair, somos a 15ª reserva mundial, sem o pré-sal caímos para 20ª posição) e não tem nada de dinheiro público na cadeia petrolífera, só iniciativa privada.

É assim na Europa, nos países árabes, onde as companhias petrolíferas pertencem as famílias reais e não ao povo ou ao país. E, lá nas Arábias, estas companhias são administradas como o que são companhias privadas. O povo recebe as benesses dos empregos e dos impostos, só isso.

Por outro lado a democrática, pujante e desenvolvida Venezuela tem a maior reserva de Petróleo do mundo (isto mesmo a maior reserva de petróleo do mundo está na Venezuela) totalmente explorada pelo governo, a PDVSA é 100% estatal. Viram o que virou, a merda que os venezuelanos tem de aturar e, pasmem, a Venezuela importa gasolina.

John Rockefeller, o magnata americano, costumava dizer que “o melhor negócio do mundo é uma companhia de petróleo bem administrada e o segundo melhor é uma companhia de petróleo mal administrada”. Só no Brasil e na Venezuela os desgovernos conseguiram quebrar ou roubar totalmente as petroleiras nacionais. Como disse Milton Friedman, “se colocarem o governo federal (qualquer Governo) para administrar o deserto do Saara, em cinco anos faltará areia.”

Não há mais argumentos temos de privatizar a Petrobrás. Talvez este seja o legado bom, o ‘fazer do limão uma limonada’, que restará da greve dos caminhoneiros.

Até agora a conta é horrorosa. Pedro Parente demitido, um desgoverno totalmente desmoralizado, bilhões de prejuízo, a conta será nossa….do povo brasileiro, inclusive dos próprios caminhoneiros.

50 anos em 5… e pagamos a conta até hoje

O nacional desenvolvimentismo estrutural de JK foi lindo, expandiu horizontes. Permitiu a roubalheira institucionalizada, imaginem o que não se roubou num Brasil virado em canteiro de obras, numa época sem meios de comunicação de massa, sem redes sociais e com sistemas de controle falhos. A putaria deve fazer frente até aos tempos do Governo Petista…não, estes são insuperáveis em termos de roubo.

Mas JK ao optar pelo modal de transporte rodoviário ferrou o Brasil ad aeternum e agora reverter isto é quase impossível. Pois envolve interesses de grupos econômicos, interesses políticos e é claro o risco de uma nova sangria dos cofres públicos e outra roubalheira.

Sem falar que não temos dinheiro para nada. A não ser que o Governo diminua, privatizando e acabando com regalias e cabides de emprego no serviço público de merda que nos oferece.
Difícil? Não, impossível!

Efeito cascata

Depois de JK, os militares só mantiveram a coisa como estava. Veio a democracia cleptocrática pós 1985 e nada.

Até que Lula teve a ideia genial de usar a capacidade ociosa das fábricas de caminhões, facilitando a compra de caminhões. Resultado 40% mais caminhões em uma economia que não cresceu 10%, muita oferta de frete pouca demanda o preço cai. Caminhoneiros endividados, grandes empresas comprando as dívidas e os caminhões.

Some-se a isto os subsídios eleitoreiros de Dilma e sua genialidade nos negócios, tipo comprar Pasadena. A sede por cargos, a volúpia dos petroleiros e a roubalheira do Petrolão.
Pronto temos a tempestade perfeita… para um locaute.

Locaute

A greve patronal é crime, mas foi o que aconteceu e nós pagaremos a conta. O governo diz que vai punir, não vai pois não tem tempo nem autoridade para isto. Este é o primeiro dos locautes, outros virão. No caso específico só a mudança do modal de infraestrutura os impedirá.

Oportunistas

E os oportunistas de plantão esqueçam. Ninguém vai defender pautas de esquerda ou Lula Livre ou Lula candidato. Para o Brasil o FDP do Lula só é mais um corrupto preso.

Os militares também não farão a bobagem homérica de assumir o Brasil na merda que está. Aliás nossos militares tem sido estratégicos, inteligentes e irrepreensíveis até o momento. Merecem nosso aplauso e gratidão.

E ninguém, mas ninguém mesmo, vai derrubar o desgoverno Temer. Ou vocês acham que alguém vai assumir a bucha até o final do ano. Pelo desespero talvez Lula para não ir preso poderia assumir, mas como ele já está preso, não corremos este risco.

Ninguém quer pegar um rabo de foguete por 6 meses, seria idiotice. E antecipar eleições está fora de cogitação. Se por um lado eleições antecipadas poderiam favorecer os atuais congressistas, uma campanha rápida e barata poderia promover uma grande renovação (o que seria ótimo) no Congresso. E também antecipar as eleições é praticamente eleger Bolsonaro.

Não, ‘eles’ não farão isto! Esqueçam!

Quanto aos petroleiros, que conseguiram colocar na página do sindicato que a culpa da zona toda que está por ai é da operação lava-jato e do Moro, só resta mandá-los a merda!

Desejo com o fundo de minha alma que a Petrobrás seja privatizada e que esta cambada do sindicato dos petroleiros tenha, que enfim trabalhar.

Resumindo

Por esta e por outras fiquei sem combustível para escrever, argumentar e contestar. Sem combustível, sem vontade e sem saco.

Mas, em resumo, tudo isto para dizer:

Senhores caminhoneiros já deram seu recado agora vão trabalhar!

Senhores petroleiros tenham vergonha na cara e vão trabalhar!

Senhores Governantes vão à merda!

PETROBRÁS, ELETROBRÁS, ROUBOBRÀS e todo o resto…PRIVATIZEM, JÁ!

MANIFESTO DOS SEM-SACO

Nós, um grupo de brasileiros, honestos, trabalhadores, pagadores de impostos e toda aquela ladainha que você já está careca de saber, reunidos, casualmente para protestar contra toda esta merda que ai está resolvemos publicizar todo nosso inconformismo com a situação de nosso país, o Brasil. Desta forma divulgamos o ‘MANIFESTO DOS SEM-SACO’.

Também, como não aguentamos mais tanto movimento ‘social’, junatndo vagabundo por ai; é MST, MTST, é CUT, é síndicato é PT, é MDB, é um monte de movimentos e partidos, inúteis para juntar sem-vergonhas, vagabundos e ladrões para vilipendiar nosso dinheiro. Resolvemos organizarmos e fundar o MOVIMENTO DOS SEM-SACO.

SEM SACO para aguentar toda esta putaria que ai está. Como não temos tempo nem paciência para explicar mais e, você já entendeu mesmo – ou então é um débil mental, militonto ou petista, casos em que não adianta explicar -, vamos direto ao Manifesto.

Manifesto:

Nós cidadãos brasileiros, honestos, trabalhadores e pagadores de impostos vimos por intermédio deste documento manifestar nossa indignação, repúdio, nojo, asco e revolta com toda esta merda que está ai.

Não temos mais saco para aguentar:

1- Movimentos sociais repletos de sanguessugas e vagabundos;

2- Políticos filhos da puta, ladrões e /ou incompetentes;

3- Partidos políticos que são verdadeiras quadrilhas mafiosas;

4- Bandidos tentando disfarçarem-se de Salvadores da Pátria;

5- Professores, intelectuais, artistas e outros imbecis querendo fazer nossa cabeça;

6- Servidores públicos que se servem da administração pública;

7- Corruptos, corruptores, empreiteros, marqueteiros, bolivarianos, comunistas e outras pragas;

8- Vagabundos que acham que só tem direitos;

9- Juízes e ministros que não julgam e que destorcem a Lei em prol de seus interesses;

10- Esta conversa fiada de país dividido, de ‘nós contra eles’, de direitos e cotas para A, B e C e outras vagabundagens;

11- E toda esta zona, ou melhor, toda esta putaria que virou este país.

Por isso declaramos que:

1- Sindicatos pelegos têm de acabar e sindicalista tem de trabalhar;

2- Não queremos mais reeleição para políticos;

3- Lugar de corrupto é na cadeia;

4- Bandido bom é bandido morto;

5- Diretos humanos são para humanos diretos;

6- Servidor público é para servir ao público;

7- Juiz é para fazer cumprir a lei, para todos, inclusive para eles;

8- Basta de impunidade e de mordomias;

9- Chega de frescura, de mimimi e de direitos disto ou daquilo;

10- Vamos privatizar, Estado e Governo são para fiscalizar e regular, não para produzir;

11- Viva a Operação Lava-jato;

12- Queremos Lula, Aécio, Dilma, Temer, Collor, Sarney, Maluf, Gleisi e toda a corja apodrecendo na cadeia;

13- Chega de mordomias para preso. É porrada e trabalho, só! Preso não tem direitos.

14- Foda-se o politicamente correto!

De resto é o seguinte: vai trabalhar vagabundo e parem de frescura!

Como não temos saco para fazer manifestações e nem tempo, pois temos de trabalhar para sustentar nossas famílias e de quebra esta corja toda, não haverá bloqueio ou protesto, pois isto é coisa de vagabundo, sem-vergonha, sindicalista e militante de esquerda.

Faremos nosso protesto nas urnas, em outubro e vai ser avassalador. Vamos limpar este país!

Faça parte do Movimento dos Sem-saco, daqueles que não tem mais saco para aguentar tudo isto que está ai.

Não precisa se inscrever, não precisa pagar taxa, basta votar consciente em outubro. Votar para mudar esta merda.

Mas não pensem que somos cordeirinhos. Não somos!

Provoquem-nos e vão sentir o peso de nossas mãos. As ruas vão baixar a porrada e serão centenas de milhões de mãos.

E vamos acabar com este manifesto para não encher sua paciência. Você já entendeu nosso ponto de vista.

Voto na urna e se preciso porrada neles! Em todos eles!

A CULPA É DO TRUMP!

Nunca em minha vida tive notícia de alguém tão perseguido pela mídia e, ele é realmente perseguido, como Donald Trump. Claro que ele não é nenhuma vítima, hipossuficiente e que não sabe se defender. É óbvio que parte do que lhe atribuem é verdade e que ele, Trump, adora cultivar uma polêmica.

Mas não neste nível! Qualquer coisa, em nível internacional, que remotamente poderá dar errado, que deu errado ou que no futuro dará errado é culpa do Trump. Já se ele acerta ou tem razão é sorte, é porque fez algo que outro já tinha deixado alinhavado (por outro leia-se Obama), nunca por seu mérito.

Donald Trump cometeu o maior dos pecados, foi ele mesmo e, derrotou a candidata do deus das esquerdas Barack Obama. Estragou a festa ao ousar vencer uma eleição, onde tinham planejado meticulosamente seu papel, o de um coadjuvante derrotado de forma acachapante. Não foi! Ponto!

E, queiram seus algozes ou não, vem cumprindo seu papel. Fazendo, de forma atabalhoada, quase sempre, aquilo que prometeu a seus eleitores, ainda na campanha. Este comentário me foi motivado pela questão das Coréias.

São mais de 50 anos de uma ‘paz’ complicada, instável e de uma prisão comunista com um povo famélico. O líder norte coreano Kim Jong Um é cruel, sanguinário, despótico e doido como qualquer ditador.

Mas o anão tarado (prefiro me referir a ele assim) tem entre suas taras um amor incondicional, pasmem, pelo american way of life. Gosta de basquete, gosta da Disney, dos musicais da Broadway e do Mickey. Tanto que recebe ex-astros sem-noção da NBA como visitantes e promove shows fake dos grandes parques Norte americanos na paupérrima Coréia do Norte.

Se pudesse, o Anão Tarado, já teria convertido seu país, a Coréia do Norte, em um EUA fake, abraçando os Estados Unidos como patrono. Não pode, não que não queira. Simplesmente não pode pois seu país é uma colônia satélite da grande China, um tampão para impedir a total influência americana e japonesa no quintal de Beijing.

Mas os Norte Coreanos têm fome, os ‘nobres’ do regime comunistas, as elites do partido têm necessidades e precisam de dinheiro, de muito dinheiro. Algo que os chineses não estão a fim de dar. Então de quem extorquir? Ora do Grande Satã Norte Americano.

E lá vai o Anão Tarado brincar de homem bomba nuclear, nos intervalos em que não está alimentando seus cachorros com carne dos parentes. Chantagear os americanos sempre deu certo. Ao fim e ao cabo os Norte Coreanos sempre levavam o que queriam, que obviamente é muito mais do que valem ou merecem.
Não, não estou falando do povo famélico, mas das elites do partido comunista. Pois tenham certeza que o povo Norte Coreano nunca recebeu nada dos acordos e chantagens que seus líderes fizeram com o mundo.

E lá seu foi Kim Jong Un fazer o que seu pai e avô fizeram, extorquir o Ocidente. Ele mesmo já tinha sido exitoso com Obama. Mas Donald Trump bancou a aposta. Literalmente sabia que seu ‘botão’ era maior e que o ‘botão’ do Anão sequer funcionava. A coisa encrespou, críticas do mundo ‘civilizado’ (?), da imprensa livre (?) e isenta (???).

Como não dava para atribuir toda a loucura à Trump pois ai seria demais, até para a imprensa esquerdista, caricaturizaram os dois. Eram dois idiotas com bombas nucleares. Sempre superlativizando a Coréia do Norte! Na realidade era um com muito poderio e um Anão Tarado desesperado, mentiroso e agarrado em um blefe.

Quase levou, chegou a levantar suspiros de admiração dos bolcheviques idiotas de plantão, que se escondem em nossas Universidades. Pensaram que poderiam ver, em vida, o sonho da América do Norte em ruínas. Idiotice, tal e qual a do PC do B que defende e elogia o Regime Norte Coreano como uma democracia popular. Se isto é democracia para eles (do PC do B), Viva a Ditadura!

Mas Trump dobrou a aposta mais e mais. E o que houve? A China se incomodou. A teimosia de ambos estava atrapalhando os negócios. E nada, mas nada mesmo, na China Comunista é mais sagrado que o Capitalismo e os Negócios. Pronto os chineses resolveram a parada, chamaram o Anão deram um pito e mandaram ele ficar quieto.

Daí foi o que se viu. A saída diplomática das Olimpíadas de Inverno. A reunião entre os líderes e o caminho para a ‘paz’. A curto prazo espero que proporcione um pouco de alento e comida para o povo da Coréia do Norte.

Agora é uma questão de acerto de interesses entre os líderes do partido, para a divisão do butim e a coisa vai andar. A Coréia do Norte só não vai se fundir imediatamente com a Coréia do Sul e virar um paraíso do capital porque os chineses podem não gostar. Mas o caminho é inexorável, lembrem das duas Alemanhas.
Trump e Kim Jong Un vão se encontrar e celebrar este avanço. Os norte coreanos vão eliminar suas armas, é fácil a maioria é de papel. Paralisarão seu programa nuclear, mais fácil ainda, nunca funcionou. E o Anão vai visitar a Disneylândia. A abertura da Coréia do Norte é irreversível. Culpa de quem?

A CULPA É DO TRUMP!

Mas a imprensa não vai admitir, nunca! As provas estão aí na cara de todos. Vejam o encontro do Diretor da CIA com os Norte Coreanos. Se fosse o Obama estaria sendo celebrado, talvez até recebendo outro prêmio Nobel.

O mundo está ficando melhor, as Coréias caminham para a paz…CULPA do Trump!

Falando em Prêmio Nobel não esperem que Donald Trump o receba, seria um sacrilégio. O Nobel só premia aqueles politicamente corretos. Obama recebeu com meses de Governo, sem ter feito nada pelo mundo e foi premiado. Por que mesmo? Ninguém sabe! Aliás Obama em seus 8 anos de Governo deixou o mundo uma zona. Só que quase ninguém quer contar isto. Prova que nossa imprensa é realmente isenta (??), nestes casos.

O Prêmio Nobel da Paz é uma premiação, quase religiosa, para idiotas como Pérez Esquivel, para ganhar basta rezar pela bíblia Marxista e pronto! Homens de verdade, que fizeram a difrença para humanidade como Churchill (ele ganhou o de Literatura em 1953, menos mal) jamais o ganharão.

Agora querem premiar o presidiário bebum, pelo que? Por roubar e destruir o Brasil? Por apoiar ditaduras sangrentas? Ainda bem que a pelegada que concede o Nobel da Paz tem limites éticos e não vai levar a sério esta patuscada da candidatura do apedeuta. Assim eu espero, pelo menos.

Obama deixou vários problemas graves ao mundo após 8 anos de Governo. Mas o pior deles se chama Guerra da Síria. Foi o desgoverno de Obama e de sua Secretária de Estado Hilary Clinton (ela mesmo) que fomentaram a primavera árabe, armaram os rebeldes sírios e facilitaram a acensão do Estado Islâmico.

Criaram uma guerra, a maior onda de refugiados, levaram a uma crise humanitária na Europa, o terror e milhares, quiçá, milhões de vítimas. Mas Obaminha ganhou o Nobel e fez merda!

Agora Trump, Putin e outros estão resolvendo e limpando a sujeira. Claro que a seu jeito e a custa de muito mais sangue.

Mas não pensem que não uma coordenação nas ações da Síria. O problema é dos russos, eles vão resolver e recolocar no poder Bashar Al Assad. O resto é figuração para o povo. Intervenções, como os bombardeios americanos são encenações, ‘para inglês ver’. Os russos avisados antes e com alvos inertes. Farsa como foram farsa os vídeos dos ‘ataques químicos’.

O mundo foi dividido em interesses, os americanos estão resolvendo as encrencas no seu quintal e na Coréia, Franceses e Ingleses na África, os Russos e Turcos no oriente próximo, a China no seu quintal. Todo mundo combina as ações, o resto é bobagem.

Não gostaram se mudem para Cuba, antes que ela acabe!

Dei aula de química por 20 anos, ainda atuo na área, mas em um campo mais específico que é a química de alimentos. Mas ainda tenho noção e senso crítico.

O que vi nas imagens? Crianças tendo o rosto lavado e fazendo caretas, provavelmente pela água fria. E um homem deitado sendo lavado por um jato. Não havia pústulas, queimaduras, sequer vermelhidão.

As armas químicas usadas são gás cloro ou gás sarin. Uma queima e queima mesmo, a outra é um gás nervoso, as pessoas estariam tendo ataques semelhantes a um ataque epilético forte. Não era isto que mostraram. Por isso ouso dizer que as imagens e denúncias eram mentiras.

Até porque a ONG que denunciou era a mesma que afirmou que o Iraque tinha armas químicas, na guerra do golfo.

Aliás, estas ONG’s internacionais, sustentadas pelos governos e por doações de boas almas, tem mostrado ao que vieram. Prostituindo, explorando meninas, intervindo em governos e conflitos e fazendo seus próceres milionários e poderosos. Estas ONG’s não vão resolver ou minimizar problemas como a Guerra e a fome pois elas e seus líderes vivem disto. Vivem da guerra, da fome e do sofrimento humano, se estes acabarem acaba seu poder. Basta ver as acusações quase diárias a todas esta ONG’s. Abramos os olhos.

E de novo adivinhem quem é o líder mundial que denúncia isto. A culpa é do Trump,ele vem denunciando e cortando o dinheiro destas ONG’s.

Por último se criticam muito Donald Trump pelos atos protecionistas que vem tomando. Mas observem esta era a plataforma eleitoral dele. Foi isto que ele prometeu a seus eleitores e foi eleito por isto.

Pode ser uma burrada, pode ser ruim para nós (Brasil e/ou mundo), mas ele está fazendo o que prometeu. Diferentemente de nossos políticos que prometem uma coisa e fazem outra. Ah mas ele nos prejudica ao forçar uma taxação e renegociar preços e acordos mais vantajosos para os EUA. Sim, mas o que queremos? Ele é o presidente dos EUA, tem o dever de buscar vantagens ´para seu país.

Só os governos brasileiros que fazem negócios vantajosos, com dinheiro público, para outros países. Negócios como doar uma refinaria para a Bolívia, empréstimos que não foram pagos à Venezuela e Moçambique, o porto de Maruel, perdão de dívidas de ditaduras africanas.

Tudo com o nosso dinheiro. Quem fez isto? Os governos petistas, cobrados seus 20% ou 30%, é claro. Olha a merda que estamos.

Trump tem culpa, sim! Culpa de defender seu país, a despeito dos interesses de ourtos países. E tem culpa de cumprir suas promessas elitorais.

Talvez até consiga, ao fim e ao cabo, se reeleger, a despeito de todas as esquerdas. Vai ser engraçado e teremos mais quatros anos dele como culpado universal.

Até lá, a ladainha continua: A CULPA É DO TRUMP!

OS ONZE OLIMPIANOS DO STF

A mitologia greco-romana nos explica muito do que somos em termos de civilização e, também, de incivilidades. Suas lendas, práticas e crenças influenciaram e forjaram o que hoje chamamos de civilização moderna, especialmente no ocidente.

Suas deidades e panteões, em que pesem mudanças de nome e de importância relativa entre gregos e romanos, mostram seres muito, mas muito parecidos, com os humanos de carne e osso, aqueles com os quais convivemos diuturnamente.

Os deuses gregos e romanos são muito mais a ‘imagem e semelhança’ do homem, ou vice versa, com suas virtudes, vaidades, defeitos de caráter, do que a imagem que temos de Deus nas grandes religiões contemporâneas.

Estes deuses viviam entre a terra e o olimpo (tal e qual políticos e milionários modernos) cuidando da ‘criação’, brigando, fazendo intrigas e decidindo monocraticamente, até que o colegiado seja consultado, o destino da indefesa humanidade. Não lhes parece com um certo egrégio tribunal brasileiro? Onde a Praça dos Três poderes seria uma espécie de Monte Olimpo tropical e o STF o Conselho dos deuses olimpianos.

Os doze deuses olímpicos, também conhecidos como o dodecateão eram os principais deuses do panteão grego, residentes no topo do Monte Olimpo. Moravam em um imenso palácio, construído numa montanha que ultrapassaria o céu. Alimentavam-se de ambrosia e bebiam néctar, alimentos exclusivamente divinos, ao som da lira de Apolo, do canto das musas e da dança das graças. Centenas de deidades menores, mais ou menos poderosas, coabitavam o Monte Olimpo. Tal e qual nossa Praça dos Três Poderes com seus três palácios e miríades de servidores públicos eleitos, não eleitos, nomeados e concursados (e alguns que não se encaixam em nenhum destes conceitos: as eminências pardas e os ‘ex’ que na maioria das vezes não passam de escroques).

Mas no nosso Olimpo tupiniquim, tanto quanto no Olimpo original, quem manda e define tudo são os doze olimpianos, os todo poderosos Deuses Olímpicos. Aqui são apenas onze palacianos, alocados no Palácio do STF. Mas de resto se parecem muito com seus antecessores greco-romanos, têm virtudes (alguns mais outros menos), têm vicissitudes (muitas), têm vaidades (incomensuráveis), têm vontades (insaciáveis) e estão em constante beligerância pelo poder e por seus protegidos. Mas ao fim e ao cabo suas decisões monocráticas ou colegiadas afetam todos nós pobres mortais.

Podemos, perfeitamente encaixar nossos Supremos Ministros, nos traços de caráter ou da falta dele, dos deuses olimpianos. Mas não eram doze deuses? Sim eram. Mas se observarmos a tamanha zona que se instalou no país podemos imaginar que Zeus, o pai de todos, Deus dos Deuses e também Deus da Justiça foi dar uma voltinha. Claro que quando o dono da casa ou o gato, como queiram, saí os ratos tomam conta, ou pelo menos tentam.

Zeus deve ter ido passear em outros pagos com sua filha Iusticia (Justicia). É, aquela senhora de espada em uma mão, balança na outra e olhos vendados é uma deusa grego-romana, era ela que na Roma antiga proferia o Ius dicere (dizia a justiça) para atingir a prudentia (o equilíbrio). Os gregos a conheciam como DICE e na Grécia não usava a venda, enxergava, tal e qual nossa justiça, que as vezes enxerga longe demais.

Mas se concluirmos que Zeus e a Justiça foram dar uma voltinha longe dos trópicos, restaram os Onze Olimpianos Tupiniquins, alocados confortavelmente no Palácio Olímpico do STF e cercados de deidades menores, sombras, espíritos bons e maus e, muitos interesses.

Vejamos quem é quem no nosso Olimpo de Tres Vires (Três Poderes):

ZEUS – a lei, a ordem, a justiça. Está ausente, foi visto fugindo para lugar incerto e não sabido em companhia de sua filha DICE.

HERA – a Rainha do Olimpo, na ausência de Zeus reinava no Olimpo, deusa do matrimônio e da estabilidade, zela pela Casa de todos, pela família (o povo) e pela fidelidade aos princípios. Nossa Ministra Carmen Lúcia.

ATENA – Deusa da sabedoria, civilização e da estratégia, sabe que os calados vencem. Traça suas estratégias e age com calma e sem alarde, prudência típica dos bons estrategistas. Mas ao final estabelece a ordem. Aí temos a Ministra Rosa Weber.

POSEIDON – Deus dos mares, terremotos, da mutação, oscila como o mar, dele pode se esperar tudo, até por sua natureza e origem (político-partidária). Mas em geral é um grande benfeitor da humanidade. Aqui vislumbro, com a devida vênia, o Ministro Alexandre de Moraes.

DEMÉTER – Deusa da colheita, da fartura (sic!), muito ligada a família (sic, de novo!), pode ser benevolente no verão (ou nas ações salariais) ou dura como o inverno. Mas em geral ajuda e protege os homens (povo), tal e qual o Ministro Fux.

APOLO – Deus Sol, da verdade, da cura dos males e doenças (do corpo, do espirito e da sociedade), liberal por princípio/meio/fim. Muito admirado em Roma, era um oráculo do futuro. Seus augúrios e vaticínios apavoram, principalmente aqueles que tem a cauda adhæsit (rabo preso). Dá-lhe Ministro Barroso, mas sempre lembrando que Apolo era volúvel em suas paixões.

ÁRTEMIS – Deusa da Lua, da caça e da virtude. Não precisamos de mais para compará-la ao caçador de corruptos do STF, aquele que vem batalhando diuturnamente pela virtude, Ministro Fachin.

ARES – Deus da guerra, da violência. Sempre beligerante e falastrão, parece-nos, às vezes, um pouco vetusto e impudico, mas é estrategista ímpar na batalha. Nosso imodesto Ministro Gilmar Mendes.

HEFESTO – O Deus coxo é o artesão da perfeição, cria mecanismos e engrenagens para o bem e para o mal. Mas em geral suas criações funcionavam com perfeição. Esperemos que seu símil tupiniquim, Ministro Celso de Melo, crie engrenagens para nosso bem.

DIONÍSIO – Deus do vinho, dos bêbados (!!), das festas e da insanidade. Às vezes confunde suas crenças. posições e falas com o êxtase etílico das Festas Dionísicas (conhecidas como Bacanais em Roma). Em alguns aspectos assemelhando-se, também com a devida vênia, ao Ministro Marco Aurélio.

AFRODITE – Deusa do amor, da volúpia e consequentemente da infidelidade (a quem deveria sê-lo). Age por paixão e gratidão aos antigos amores e convivas, tal e qual, nos parece, o Ministro Toffoli.

HERMES – Mensageiro dos deuses, deus das divinações e da magia é um grande e eloquente orador. Viaja velozmente entre o mundo dos deuses, levando pedidos, mensagens e decisões. Aqui enxergamos o Ministro Lewandowski,. Hermes também é, sugestivamente, o deus dos Ladrões.

Faltou HADES, Deus do mundo inferior, Rei dos Mortos, tem em sua alma traços de tudo que é ruim e imundo no mundo. Não vive mais no Olimpo Tres vires tupiniquim. Mas sonha em voltar e tomar de assalto o Monte Olimpo e o mundo. Dizem os boatos que está preso no inferno que construiu para si, em Curitiba. Reza a contragosto para seus pares no Olímpico STF: Ares, Afrodite, Hermes e, é claro, Dionísio, o deus dos bêbados, são o destino seus pedidos e orações.

O bom das lendas gregas é que ao final, bem ao final, de tudo o bem sempre prevalece, a humanidade (povo) vence. Claro que sempre contam com a ajuda de semi-deuses e heróis (temos os nossos). Mas no Olimpo, pelo menos na Mitologia, a humanidade e o bem prevalecem. Que na mitologia tropical também seja assim.

Que os Deuses nos abençoem!

PRÊMIO IGNOBEL À IGNÓBIL CRIATURA

Alguém sugeriu dar à Lula um prêmio, em contraposição a ideia imbecil de apresentar-lhe como candidato ao Prêmio Nobel.

Uma ideia de jerico de Adolfo Pérez Esquivel, aliás ideias como esta explicam porque a América latina é uma verdadeira latrina. E demonstram que nosso ‘hermanos’ argentinos podem ser tão idiotas como os brasileiros. Se nós temos Lula, Dilma, Gleisi e outros imbecis eles não ficam atrás com Maradona, Cristina La Kirchner, O Papa e é claro Esquivel.

Mas esclareço que o Prêmio Ignobel existe desde 1991 e, é um prêmio sério. O nome é uma corruptela do Prêmio Nobel com ignóbil, num dos sentidos da palavra, ou seja, hediondo, inútil.

Promovido pela Revista Annals of improbable research (Anais da Pesquisa Improvável) é entregue anualmente na Universidade de Harvard nos EUA. É uma cerimônia muito divertida e em que comparecem muitos ganhadores do outro prêmio, o Nobel, que atuam como apresentadores.

Uma vez os laureados com o Nobel presentes foram vestidos com tutus de bailarina rosa. O prêmio Ignobel premia pesquisas inúteis, sem nenhuma relevância ou grandes cagadas na ciência.

Como o Brasil é pródigo em besteiras e abundante em imbecis, principalmente nas Universidades públicas, já tivemos diversos ‘laureados’ com o prêmio Ignobel, que reconheceu a inutilidade da pesquisa produzida em nossos centros acadêmicos e pagas com nosso dinheiro.

Nos termos de fazer merda Lularápio poderia até merecer o prêmio só que todos os premiados devem custear todas as suas despesas de participação, comprovadamente, coisa que ele nunca fez na vida. E o mais importante devem ter reputação ilibada, o que definitivamente ele não tem.

Outra coisa é que em termos de imbecilidade, mesmo que seja inacreditável, ocorreu um milagre no Brasil e, Dilma conseguiu ser pior que o apedeuta. Esta sim,em minha opinião, é uma séria candidata ao Prêmio Ignobel, pelo conjunto da obra. Imaginem a Dilma discursando na cerimônia de premiação, em Harvard. Não, melhor não! Seria deprimente.

Mas se quiseremos premiar o IGNÓBIL Lula por suas flacatruas e atos obcenos podem estar certos que a palavra o descreve perfeitamente.

Ignóbil: que não é nobre, que inspira horror do ponto de vista moral, de caráter vil, baixo; que causa repugnância, que ofende o sentido estético; hediondo.

Mas penso que o apedeuta já recebeu homenagens demais, principalmente nas Universidades brasileiras (o que esperar da educação em um país em que o patrono é Paulo Freire?) e pelo mundo afora.

O que demonstra que os Centros acadêmicos muitas vezes não são locais onde habitam pessoas, digamos, inteligentes e com um mínimo de discernimento. Claro que tudo isto é fruto do aparelhamento de esquerda das Universidades mundo afora.

Tempos escuros e estranhos estes, onde um local onde deveríamos ter a clareza solar da sapiência, está entregue a cegueira dogmática do marxismo e do esquerdismo. O templo da sabedoria ajoelhou-se ante a escuridão e sanguinolência de ditadores, tiranetes e rufiões messiânicos como Lula.

Espero, sinceramente, que após o enjaulamento do safado, as Universidades repensem e revejam estas premiações. Não tenho muita esperança, mas sempre poderão aparecer almas esclarecidas e corrigir a burrada.

Mas voltando a vaca fria, acho que Lula não merece ser homenageado, mesmo que de forma pejorativa, sua arrogância e maus-feitos devem ser lembrados como péssimos exemplos, sempre. Mas ele deve ser esquecido e relegado ao lugar que merece na história: o lugar de um ladrão, safado e vagabundo.

Chega de falar e lembrar desta pústula ignóbil que tanto mal nos fez. Está na hora de virar o disco e seguir em frente.

P.S.: Quanto a ideia de jerico do Sr. Esquivel, só podemos dizer uma coisa: Adolfo Pérez Esquivel, Vá tomar no Cú!

PALHAÇADAS!

Fiquei estarrecido com a prisão do apedeuta. Tanto que sumi, literalmente, por alguns dias. Um pouco para conseguir assimilar a zona e toda putaria que acometeu o Brasil no últimos dias, um pouco para comemorar internamente.

Não que a prisão de Lula tenha me surpreendido. ela me surpreendeu muito. Mas lavou minha alma. Algo de novo, sem superfaturamento e sem falsas intenções, veio trazer nos esperança novamente. Comemorei e muito, até porque não acreditava maisque fosse ter esta felicidade. Não acreditava em nada.

Quanto a isto creio que estamos de acordo, a prisão do safado foi legal, foi justa e foi um tapa na cara destes sem-vergonhas que pululam nos antros políticos deste país. Foi também um golpe nesta esquerda anti-democrática, utópica e safada espalhada pelo Brasil.

Isto, a prisão, o enjaulamento do safado, foi ‘só alegria’, mas o resto, todo o resto, o que foi? O que antecedeu a ordem judicial, as ocorrências durante seu cumprimento e o ‘pós’ foi PALHAÇADA. Simplesmente palhaçada!

E palhaçada sem graça. O STF de joelhos quase nos fez engolir um golpe arquitetado nos porões fétidos da Praça dos Três poderes. O que nos mostra que teremos de repensar um Tribunal Constitucional político, recheado de ministros políticos.

Como disse o falecido Senador Roberto Campos durante a arguição de Sepúlveda Pertence para o cargo de Ministro do STF, “Para ser ministro do Supremo é preciso ter saber jurídico, gosto pelo trabalho e reputação ilibada. A este senhor que está como candidato, tenho o desprazer de dizer que lhe faltam todas essas qualidades” . O tempo provou que Campos tinha razão. Ministros desqualificados pessoal e juridicamente tentando fazer crer que chincanas e interpretações jurídicas esdrúxulas, tomadas por conveniência, assim o são para garantir constitucionalmente os direitos do povo.

Só se o povo fosse da laia destes senhores togados. Já nos fizeram engolir a manutenção dos direitos políticos de Dilma e queriam fazer engolir uma candidatura de Lula. Foram impedidos pelo grito do povo. Mas ainda tentarão e continuarão tentando soltar o safado e todos os safados que vilipendiaram e seviciaram o Brasil com corrupção e ladroagem.

Sobressairam-se alguns Ministros como Alexandre de Moraes, Barroso e as duas Ministras Rosa e Carmen Lúcia. Delas atitudes impecáveis. Do Ministro Barroso algo louvável, mas atenção pois em algumas coisas o odiado Gilmar Mendes tem razão. Barroso é esperto, é muito competente e quer sim impor suas ideias na marra, legislar sem ter sido eleito. E não esqueçam que foi ele que montou o acordão do Mensalão, permitindo chincanas e embargos dos embargos para livrar Zé Dirceu e companhia.

Depois de afastado o perigo iminente no STF vimos uma sucessão de disparates e loucuras que beiram o ridículo. O que foi aquela missa negra no Sindicato em São Bernardo? Neo -messianismo? Ou Satanismo sindical? Estou mais pela segunda hipótese.

Lula fala como um Pastor enlouquecido levando uma Seita de Fanáticos ao suicídio coletivo. Já sugeri aos esquerdopatas brasileiros que se quiserem suicidar-se promovam um haraquiri coletivo na Baía do Porcos na bela e democrática Cuba.

O apedeuta falou como se fosse um santo, um anjo, um profeta. Disse que era uma ideia, uma célula, uma parte de todos. De todos quem, safado? Não de mim!

Lembrem-se que de santos e anjos o inferno está cheio, aliás Belzebu é, ele mesmo, um anjo caído. E provavelmente menos safado e mentiroso que Lula. Células tem defeito e muitas vezes são virulentas ou cancerosas e ideias, como a dele, em geral são péssimas ideias.

Quem conviveu com Lula e tem um pouco de vergonha na cara sabe que o nove-dedos não vale o que come. Nunca foi comunista ou socialista, nem trabalhador ou sindicalista. Não passa de um oportunista barato. Aproveitou as oportunidades, pisou, atropelou e sabe lá mais o que fez com qualquer que ousasse atravessar seu caminho. Buscou levar vantagem em tudo que fez. E o que fez não foi pensando no povo, no Brasil ou em quem quer que seja. Foi pensando em si e no seu ego. Deu no que deu!

Que pague seus pecados na cadeia e que lá apodreça por muitos e muitos anos!

As atitudes da justiça, de Moro, da Polícia Federal foram impecáveis. Embora eu, como a maioria dos brasileiros queria ver a porrada descendo. Mas foi melhor assim!

O que mais posso dizer. Lula foi preso e o Brasil continua aí. Não houve comoção social, não houveram grandes protestos, não houve mortes. Aliás houve mais comemoração que protesto por sua prisão.

De resto os mesmos palhaços e idiotas à soldo de sempre, cada vez com menos dinheiro para a mortadela, tentando tocar o horror e mostrar que ainda controlam as ruas. Não controlam mais! Ideias e atitudes dignas de Simão Bacamarte surgiram como escrever bobagem em notas de dinheiro, tentar entrar na marra na PF em Curitiba, o acampamento fedorento, os muitos Lulas no Congresso e chincanas e mais chincanas no STF e na justiça.

O que posso dizer, me preocupa o custo desta palhaçada toda, até porque nós estamos pagando. Pagando para que o STF só discuta o caso do Lula e tendo que estar sempre mobilizados pois qualquer distração e pimba nossos chincaneiros togados mandam o FDP para casa.

MST, MTST, Sindicatos, políticos de esquerda, professores universitários (há poucas exceções), servidores públicos (nem todos) e todos os demais vagabundos de carteirinha do Brasil vão continuar esperneando até porque precisam do safado do Lula para continuar mamando. Mas a dita comoção social não veio nem virá. O país está sereno e feliz com a sensação de que lei vale para todos.

Precisamos ficar vigilantes, os caríssimos advogados regiamente pagos, provavelmente com o dinheiro que nos foi roubado, os políticos que ajudaram no roubo e os safados que esbulharam o Brasil com suas mamatas continuarão tentando soltar o safado. Ele é o símbolo do atraso e da safadeza.

Por hora podemos ficar felizes, mas não tranquilos. Eu de minha parte bebi o morto! Comemorei! Agora ficarei vigilante e pronto para o combate pois não quero ter uma ressaca.

Lula safado, sem-vergonha, vagabundo, ladrão! Teu lugar é na prisão!

A fila andou! Agora é hora de Aécio, Dilma, Temer, Renan, Jucá, Alckminn, Gleisi, Lindemberg, Pimentel et caterva.

E chega de palhaçada! Viva o Brasil!

O PAU D’ÁGUA DE GARANHUNS – REPUBLICAÇÃO

O Brasil, país de dimensões continentais, abriga em seus mais de 5000 municípios figuras humanas ímpares. Escondidos nos rincões distantes ou bem ali na esquina movimentada das grandes cidades estão eles, a expressão simbólica de nossa diversidade, são artistas de rua, mendigos, malucos beleza, loucos de pedra, homens e mulheres fantasiados, bêbados, andarilhos, entre outros. Todos eles detêm histórias e estórias humanas interessantes, tristes, alegres, trágicas ou cômicas, estes personagens fazem parte da brasilidade e estão presentes por todo o país.

Entre estas figuras destacam-se os bêbados por sua ‘distribuição’ universal nos recantos do Brasil. Não falo dos bêbados caídos e destruídos pelo uso contínuo do álcool, mas daqueles bêbados, também de triste sina, mais conhecidos como PAUS D’ÁGUA.

O pau d’água é aquele bêbado espalhafatoso, gritão e fanfarrão que bate ponto nos botecos de esquina das cidades e, entre a delicada tarefa de equilibrar-se e de movimentar-se no estilo homem-aranha, vocifera suas teses e teorias.

O Pau D’água têm resposta para tudo – política, religião e outros dilemas universais. Seria, em sua nada modesta opinião, o melhor administrador do país.

O Pau D’água sonha, delira e grita aos quatro ventos que se chegasse a ser Prefeito, Governador ou quiçá Presidente da República resolveria todos os problemas do país pois ele (na sua opinião) sabe tudo e, ele (também no entendimento de seu ego inflado) representa o povo brasileiro, ou melhor, ele é o povo brasileiro.

Quem de nós ainda não encontrou pencas de Paus D’água Brasil afora? Até aí nada demais, são apenas homens e mulheres dignos de pena por sua condição de dependência. O problema é quando um personagem destes tem seus desejos atendidos e submete a seus delírios e vontades toda uma nação.

De origem macunaímica nosso personagem principal ocupou–se de diversos papéis antes de comandar a derrocada do país, ressaltando em todos, seu caráter idêntico ao do personagem, ou seja, NENHUM CARÁTER.

De retirante legítimo passou por um breve período como operário, seguido pelo ofício representar os trabalhadores do Brasil, mesmo sem nunca ter trabalhado. De parlamentar inexpressivo a incansável candidato, elegeu-se ao cargo que pleiteou, implementando aí seu projeto de poder a todo custo, independente de quem pagou e pagará a conta.

O boquirroto e vociferante apedeuta, que nada sabe e nada diz, é imagem comum em todos os recantos do Brasil. O bêbado de rua gritando e vociferando bobagens, coisa dos típicos paus d’água. Só que diferentemente destes, que só causam mal a si próprios e as suas famílias, nosso pau d’água atingiu todos os brasileiros, comandando a quadrilha que nos assaltou e roubou a esperança do povo brasileiro.

Triste sina da Cidade de Guaranhus que legou ao Brasil esta figura poluta. Quiçá tivesse ficado por lá, seria hoje mais uma destas figuras pitorescas, mais um Pau D’água a vociferar bravatas pelas esquinas. Mas ganhou o Brasil nas asas de um Pau de Arara e fez o que fez, apesar de dizer que não fez.

Mas o povo acordou, a justiça mostrou que apesar da cegueira enxerga no escuro. O Pau D’água de Garanhus e todos os outros polutos personagens, nacionais e bolivarianos, que o cercam estão com os dias contados, suas histórias e estórias vão acabar na Papuda e nas congêneres América a fora.

E nosso pau d’água, não vai voltar para Garanhuns, não. Vai acabar vociferando uma ode ao sol nascendo quadrado.

P.S. O Pau D’água já está vendo o sol nascendo quadrado em Curitiba e seu maior castigo, além da abstemia compulsória, é a real consciência de sua insignificância.

Que o ignóbil bêbado saiba que o país não precisa dele, não depende dele e que finalmente vai avançar, rumo ao progresso, apesar dele.

Que o tempo lhe seja pródigo Senhor Lula, para que possas ter longos anos de vida vendo o sol nascendo quadrado e pagando por seus pecados, trancafiado numa cadeia que é o lugar de ladrões, safados e corruptos.

Cadeia para todos os corruptos!

Viva o Brasil!

OBITUÁRIO

FALECEU, tragicamente assassinada, no dia 22 de março de 2018 por voltas das 18h, a querida e sempre lembrada REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.

A morte ocorreu por motivos ainda ocultos, na Praça dos Três Poderes em Brasília – DF.

A malfadada Senhora que já vinha sendo violentamente agredida, anos a fio, por políticos, corruptos, oportunistas, bandidos e bolivarianos teve seu assassínio perpetrado por 11 indíviduos mascarados e de capas pretas.

Deixa cerca de 200 milhões de órfãos que apesar de bancarem seu enterro não terão direito ao espólio pois este já foi vilipendiado pelos facínoras que a escravizaram, seviciaram e assassinaram.

O féretro sairá do local e percorrerá o caminho fétido dos porões de Brasília, arrastando junto as esperanças de milhões de brasileiros. O corpo permanecerá insepulto, em cova rasa aberta, no lodaçal da Capital Federal, para alegria dos abutres e chacais.

A festa para ‘beber’ a morta terá lugar nos diretórios do PT e de outros partidos políticos país afora. Onde também será dividido, como de costume, o butim subtraído da falecida viúva.

Aos familiares, órfãos e amigos nossos sinceros pêsames!

Que Deus acolha em sua glória nossa saudosa República!

E que Ele tenha piedade das almas de todos os brasileiros!

P.S. (Post scriptum): Reza a lenda que a falecida poderá ressuscitar no dia 04 de abril ou nas eleições 2018. Para isto devemos orar por um milagre, em que Deus faça à luz sobre a Praça dos Três Poderes. Ou que as RUAS voltem a rugir, espantando as trevas e a canalhice.

OREMOS!


© 2007 - 2018 Jornal da Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa