18 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

AMIGO INGRATO

Atenção, caro leitor fubânico:

Quando você refletir sobre a lama em que está mergulhada a assembleia legislativa do Rio de Janeiro, lembre-se sempre de um detalhe fundamental.

A deputaiada que ocupa cadeira naquele emporcalhado sodalício foi toda, todinha, sem exceção, eleita pelo voto do povo daquele estado. Voto livre e secreto.

Pense nisto.

Lembre-se também que Lula, Dilma e Sérgio Cabral foram eleitos pela vontade do povão de Banânia e do Rio.

Aliás, os três foram eleitos e, em seguida, reeleitos. É isto mesmo: eleitos e reeleitos.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!

Tenha sempre em mente que moramos num país chamado Banânia cujo eleitorado tem este nível de conscientização política que você conhece.

Aliás, em falando de Sérgio Cabral e de Lula, vale ressaltar que o primeiro completou no dia de ontem, 17 de novembro, um ano de cadeia. E o segundo continua solto.

Cabral não recebeu um abraço sequer do seu amigo Lula por conta deste primeiro aniversário.

Lula, como vocês já sabem, é aquele comparsa que ajudou Sérgio a botar as mãos nas chaves dos cofres do Rio de Janeiro, hoje em dia um estado falido, fudido, lascado, empobrecido.

A união das quadrilhas PT-PMDB deixou o estado do jeito que está hoje.

Ô sujeitinho ingrato é este Lula.

Num mandou nem um beijim pra Sérgio.

17 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

ESTAMOS HOMIZIADOS EM NOVO REFÚGIO

Como já havíamos comunicado semana passada, esta gazeta escrota está em nova hospedagem.

Saímos da incompetente e irresponsável LocaWeb e estamos acoitados agora na ServHost, uma empresa aqui de Pernambuco.

Tá tudo nos conformes. E vamos torcer pra que continue assim.

Agora, só falta mesmo arranjar uma empresa estatal que bote umas propagandas mentirosas no JBF.

Isto pra gente arranjar uns tostõeszinhos pra pagar o 13º de Chupicleide, a secretária de redação. Fora outras coisas mais como, por exemplo, botar em dias os boletos atrasados do Editor.

Os trabalhos de edição ficaram rápidos e o jornal está mais ágil e bem mais fácil de ser acessado.

A partir de agora, a nossa página frontal contará com 20 postagens, e não mais com 40, como era antes.

Esta medida foi tomada para agilizar o acesso e a leitura, segundo informa a Plano 4, a competente empresa que cuida desta gazeta escrota.

Chegando no final da página, é só clicar nos números que abrem as páginas seguintes, 2, 3, 4 e assim por diante, para continuar lendo.

Uma folha esculhambada feito esta, que incomoda ratos poderosos, merece mesmo a audiência que nós temos.

A ex-presid-Anta Vaca Peidona, por exemplo, detesta o JBF.

Ser odiado por aquela descerebrado é sinal claro e inequívoco de que somos realmente um bom jornal e estamos no caminho certo.

Um excelente final de semana para toda a comunidade fubânica!

17 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

MUDOU O DISCURSO, MUDOU O VISUAL

As aparências mudaram, mas a putaria continua a de sempre.

A imagem é azul mas o vermêio-picaretagem continua por trás de tudo.

Vamos ver um vídeo gravado no mês de outubro passado.

Um vídeo que fala da Amante e do Brahma, codinomes registrados no Departamento de Propinas da Odebrecht.

Joice e Augusto alegram a nossa sexta-feira.

Quando digo “nossa” estou me referindo às pessoas de bem e que enxergam as coisas ao seu redor com clareza.

Um excelente final de semana pra todos vocês!

15 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

SEM POBREMA CARDIUCO

Semana passada tive um encontro com o dono do meu coração.

Estou falando de uma consulta com o meu cardiologista, Dr. Sérgio Azevedo, um cabra cuja competência e dedicação ao ofício fazem orgulho à medicina desta beirada de Atlântico pernambucana.

Um figura humana como poucas.

Pra resumir a história: tá tudo em ordem com o motor peitoral deste Editor.

Batendo que só a porra e amando com muita disposição!

Tudo isto conforme ficou atestado pelos exames e também pelo eletro que aparece na foto abaixo nas mãos do Dr. Sérgio:

O eletrocardiograma é aquele documento que, segundo o colunista fubânico Jessier Quirino, apresenta “uns risquinhos pra cima e pra baixo: um trisco, um pum e uma linha, um trisco um pum e uma linha…

Leitor fubânico especial, o doutor coraçãozista Sérgio Azevedo abriu o computador durante a consulta, acessou esta gazeta escrota e ficamos comentando e fuxicando sobre algumas postagens.

Gratíssimo por tudo, meu doutor.

Você é uma cabra da bixiga lixa que merece todas as minhas homenagens e a minha gratidão.

 

Durante a consulta, aproveitamos a prosa e ligamos pra Jessier Quirino, outro cabra cujo coração é cuidado também pelo Dr. Sérgio. 

E, já que falamos em Jessier e em coração, vamos fechar a postagem com o vídeo intitulado Problema Cardiuco, gravado num programa em Fortaleza:

15 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

FALSIFICANDO LULAMENTE

Aqui nesta gazeta escrota existe um departamento muito atuante, cuja sigla é DPF.

Trata-se do Departamento de Pilantragens e Falsificações.

Vejam no vídeo abaixo que primor de montagem o DPF criou para delícia dos nossos leitores que adoram sacanagens e safadezas.

Hoje é comemorado o dia da proclamação da república banânica.

Um recanto de mundo onde existe uma republiqueta que já teve um presidente do porte e da estatura de Lula, merece mesmo uma falsificação feito esta.

14 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

BOAS NOTÍCIAS PRA COMEÇAR O DIA

Duas excelentes notícias abrilhaNtaram as minhas leituras nesta manhã de terça-feira.

A primeira diz que o deputado guabiru Jorge Picciani, presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, foi levado para prestar depoimento na sede da Polícia Federal.

Cuida-se aqui de um parlamentar em pleno exercício do mandato e presidindo o covil de comparsas, também parlamentares, que constitui o poder legislativo do estado.

A outra notícia diz que o ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, e o filho dele, André Puccinelli Júnior, foram presos também na manhã deste dia 14 de novembro, em Campo Grande, na 5ª fase da operação Lama Asfáltica, deflagrada pela Polícia Federal, Receita Federal e Controladoria-Geral da União.

Tanto Picciani quanto Puccinelli (é cada sobrenome chic que só a porra!) são integrantes da quadrilha que usa a sigla partidária de PMDB, aquela que é sócia do PT. Sociedade que será ampliadas nas próximas eleições.

Me faz um bem danado viver num tempo em que sujeitos poderosos são levados pra cadeia do mesmo jeito que bandidos comuns.

Não é sem razão que Lula e seus fanáticos seguidores esculhambam a Operação Lava Jato e amaldiçoam o Doutor Moro.

Cacete grosso no furico deles!!!

Lava Jato no Rio e Lama Asfáltica no Mato Grosso do Sul:  Picciani e Puccinelli são levados pra obrar de coca na cadeia

12 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

ANIVERSÁRIO DE UM CABRA TALENTOSO

No dia de hoje, 12 de novembro, um cabra que eu admiro muito está completando 75 anos de idade.

Estou falando do talentoso e inspirado Paulinho da Viola, carioca nascido em 1942 no bairro de Botafogo e que vive e respira música desde os tempos de criança.

Pra celebrar a data, vamos ouvir duas composições de sua autoria.

A primeira tem o título de Memórias Conjugais, um maxixe de primeira qualidade.

A outra é uma composição intitulada Novos Rumos, uma das minhas prediletas, e cuja letra tem muito a ver com a minha história pessoal de vida.

12 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

UM POETA DO POVO

Semana passada recebi um telefonema do colunista fubânico Jessier Quirino.

Usando uma expressão do próprio Jessier, foi conversa comprida “feito vela de promessa.

Ele deu-me notícias de suas andanças por estes brasis, pelas terras e pelos ares, e, especialmente, falou de sua apresentação na cidade de Imperatriz-MA, no dia 1º deste mês de novembro, por ocasião do feriadão.

A platéia de Imperatriz surpreendeu Jessier pela participação no espetáculo, repetindo trechos dos seus causos e declamando de cor poesias inteiras. O Poeta ficou comovido.

E lá naquela cidade maranhense, Jessier gastou horas e horas na Farmácia do Ambrósio, que de “farmácia” só tem mesmo o nome.

É só conferir o estoque de “remédios” que estão nas prateleiras, nesta foto abaixo, onde aparece o “farmacêutico” proprietário do estabelecimento:

E a conversa de Jessier com Ambrósio foi mais comprida do que um dia de fome.

Este contato com o povão, com os matutos, com as pessoas simples, com homens e mulheres anônimos, é uma das características marcantes de Jessier.

Um poeta que, apesar de ter se tornado celebridade, mantém a humildade, que é uma sua marca caraterística, e o apego às suas raízes nordestino-sertanejas.

Durante a conversa, Jessier falou entusiasmadamente das fotos que tem feito nos últimos tempos.

Retratos que ele repassa pro Instagram onde existe uma interessante coleção.

Clique aqui para acessar o Instagram de Jessier, uma página que começa com esta frase:

Jessier Quirino Poeta, homem de palco, contador de histórias e prestador-de-atenção das coisas do mato.

E lá vocês irão se deliciar com as fotos feitas pelo Poeta, outra atividade a que ele dedica uma grande paixão. Uma paixão tão inspiradora quanto a paixão de fazer poesias.

Cada foto mais arretada que a outra.

Castro Alves dizia que “a praça é do povo“.

Pois eu digo que a praça, e o povo que nela se ajunta, são de Jessier Quirino.

Um grande abraço, meu querido Poeta.

Você é merecedor do sucesso que faz e das multidões que sempre se fazem presentes em todos os seus recitais.

Que meu Padim Pade Ciço continua te protegendo!

11 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

TEM DE TUDO MESMO

Quando eu digo que neste JBF tem de tudo e mais alguma coisa, tem neguinho que não acredita.

Vejam só esta troca de mensagens abaixo transcrita.

Primeiro eu recebi uma mensagem onde na espaço “Assunto” estava escrito assim: Anunciar em www.luizberto.com

A mensagem está abaixo transcrita do jeitinho que recebi:

Ei ,

Eu vejo site www.luizberto.com e seu impressive. I pergunto se o conteúdo ou banners publicidade opções disponíveis no seu site?

Qual será o preço se quisermos colocar um artigo no seu site?

Felicidades

Emma Carey

Fiquei confuso e abestalhado.

Então respondi assim pra dona Emma:

Você está falando de onde?

Que tipo de artigo ou banner você quer publicar?

Por favor, explique o que é “impressive”?

Aguardo retorno.

Luiz Berto
Editor do Jornal da Besta Fubana

Quando foi ontem ela me deu retorno.

Desse jeito:

I can do $50 for 1 permanent article publish [article content of your choice of topic] with do follow link to sports betting or casino site.

Will supply unique content as well.

Let me know.

Peço encarecidamente aos analistas e intelectuais fubânicos que me ajudem por favor.

Que danado é isto que moça quer desta gazeta escrota? (Se é que é moça mesmo…).

Vôte!

Japonês lendo o JBF na cidade Osaka

7 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

PACIÊNCIA

Tenham paciência.

Esta gazeta escrota está em fase de mudança de hospedagem.

E isto tem dificultado o trabalho de edição.

Com muito custo e paciência consegui botar no ar esta postagem.

As atualizações de hoje serão feitas assim que o processo estiver concluído, um trabalho que está sendo levado a cabo pela competente equipe da Plano 4.

Abrir o JBF também não está fácil pros nossos leitores.

Ora entra, ora sai.

Tá feito couro de pica: pra frente e pra trás.

Tenham juízo e evitem atitudes tresloucadas.

Pensar em suicídio não resolve o problema.

Mantenham a calma, sejam prudentes e rezem.

7 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

UMA TERCEIRA OPÇÃO

Folha de S.Paulo publicou um editorial sobre as candidaturas de Lula e de Bolsonaro para presidente.

Vejam este trecho:

“Há espaço, sem dúvida, para candidaturas com atitudes mais liberais e modernas que a de Bolsonaro e mais responsáveis e éticas que a de Lula. 

Entre o populismo macunaímico e o policialismo troglodita, a política brasileira tem certamente mais opções a oferecer.”

Eu acho que uma “opção a oferecer” seria a minha candidatura.

Este Editor está pronto para o sacrifício

Ente o “populismo macunaímico” de Lula e o “policialismo troglodita” de Bolsonaro, teríriamos o “fubanismo abestalhatório” do Berto.

Uma coisa é certa: eu seria um presidente bem mais cheiroso, bonito e charmoso que estas duas horríveis opções que estão na praça.

E tem mais um detalhe importante:

Depois de eleito, eu só iria roubar o suficiente pra quitar o meu extorsivo empréstimo consignado feito no Banco Brasil.

Quer dizer, num sei… talvez eu roube só mais um pouquinho…

6 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

NÃO SE DESESPEREM, POR FAVOR

O JBF está em pleno processo de mudança de hospedagem.

E isto tem provocado uma instabilidade no acesso a esta gazeta escrota.

Peço a paciência de todos os viciados.

Continuem tentando e insistindo.

Eu também estou tendo um trabalho danado pra botar no ar as postagens desta segunda-feira.

Mas, segundo a Plano 4, a competente empresa que toma conta do jornal, tudo se resolverá rapidamente.

Mantenham a fé e não pensem de modo algum em suicídio.

Façam como estes jovens na foto abaxo, que foram às ruas manifestar seu apoio a esta gazeta escrota.

5 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

TURBULÊNCIAS FUBÂNICAS

Informo aos distintos leitores que o JBF está mudando de hospedagem.

O processo está em pleno andamento. São milhares e milhares de arquivos.

A Plano 4, a competente empresa que administra esta página, me informou que enquanto isto estiver ocorrendo, esta gazeta escrota sofrerá algumas turbulências. Mas que isto não vai demorar muito.

Imagens descentralizadas, parágrafos sem a devida formatação e mais outros detalhes esquisitos vão acontecer.

Conto com a paciência e a compreensão da distinta freguesia, pois as mudanças estão sendo feita para melhorar e agilizar este antro de baixo nível.

Enquanto aguardamos as coisas entrarem nos eixos, vou repetir um vídeo que foi postado em novembro de 2012.

E já lá se vão cinco anos…

Abraços e um excelente domingo para todos. 

4 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

UMA PAPA-FIGA NO MINISTÉRIO DO LOBISOMEM

4 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

TENHAM PACIÊNCIA…

Hoje o JBF amanheceu o dia fora do ar.

Voltou agora há pouco e, mesmo assim, está tudo fora de ordem.

É que estamos em processo de mudança de hospedagem.

Tudo para melhorar e tornar mais eficiente esta gazeta escrota.

Estamos fazendo tudo para que a edição de hoje seja atualizada daqui pro final do dia.

Ainda há um bocado de ajustes pra serem feitos.

Tenham paciência.

Não precisa ninguém pensar em suicídio.

Abraços a vocês todos.

 

3 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

CENAS DOMÉSTICAS (25)

1) Semana passada pedi ao João que fizesse uma montagem pra ser usada numa postagem.

Ele domina um programa que permite fazer misérias com fotos, imagens, ilustrações.

João fez o que eu pedi e me encaminhou junto com uma mensagem.

Esta mensagem que está abaixo transcrita:

Ficou ótima sua montagem, meu filho!

Eu e os leitores achamos excelente.

Você é um artista montador arretado!

* * *

2) Eu estava vendo televisão, deitado na cama, e João chegou, me pegando de surpresa:

– Eu acho que tu não ama eu mais do que eu amo tu.

Mata o veio, seu safado.

Mata!

* * *

3) E esta aconteceu quarta-feira passada, quando João se preparava para ir pro colégio.

Ao tentar escovar os dentes, ele encontrou uma formiga dentro da tampa do tubo de pasta.

Mostrou pra mãe e concluiu:

– Esta formiga tá parecendo um agente infiltrado.

3 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

ODIOSA DISCRIMINAÇÃO

O estimado, fiel e diário leitor fubânico J.Neto, que mora em Camaçari-BA, me enviou o linque de uma matéria exclusiva publicada em junho do ano passado pelo blog O Antagonista.

O título da matéria é este:

Dilma repassou R$ 11 milhões a blogueiros em 2016

Quem quiser ler o texto completo, basta clicar aqui .

Pela lista contida na ilustração acima, montada a partir das informações fornecidas pelo Antagonista, o líder do bloco dos elogiadores assalariados – os operosos e incansáveis faltadores com a verdade -, comeu mais de 2 milhões de reais. Trata-se do manjado, manjadíssimo, Brasil 247, fonte de inspiração e de consulta pra todo militante petista descerebrado (desculpem o pleonasmo…)

Já o mamador lanterninha, o último da lista, o que menos recebeu pra mentir e exaltar o governo petista de Dilma Bosta-Falante, um tal de O Cafezinho, embolsou apenas (sem aspas) 124 mil reais.

Ter deixado o JBF fora desta boquinha, foi uma odiosa discriminação!

E logo esta merda de jornal, que se vende por qualquer 13 dinheiros.

Pois eu quero dizer o seguinte:

Por somente 10% deste valor que O Cafezinho recebeu, por míseros 12 mil reais, eu teria colocado toda a estrutura do Complexo Midiático Besta Fubana pra defender o governo da Vaca Peidona, a maior, mais eficiente e mais articulada presid-Anta que Banânia já teve.

Uma criatura que é um extraordinário fenômeno do Reino Animal, que consegue andar, falar e cagar sem errar o vaso, acertando direitinho o tolôte lá dentro.

E isto tudo tendo apenas dois neurônios.

Na verdade, falta de oferecimento não foi.

Se inxiri-me várias vezes oferecendo meus valiosos préstimos. Me vendendo barato que só a porra pros padrões petralhas.

Mas o rancoroso e vingativo Luiz Inácio, o presidente de fato no governo de Vaca Peidona, sempre rejeitava minhas ofertas. Sem qualquer senso de humor, ele vivia emputiferado com as gozações feitas por esta gazeta escrota.

Para grande tristeza de Chuplicleide, secretária de redação, permanentemente com os salários atrasados.

Uma lástima.

Todavia, declaro de público que a oferta continua válida para o atual governo.

Abre o cofre, Meirelles, e solta uns tostõezinhos aqui pra nóis!!!

Aí tu vai ver o que é falar bem do governo.

E, principalmente, falar bem de tu, que acabaste de assumir que toparia de ser candidato a presidente de Banânia.

Solta um agradinho e terás a fervorosa participação do JBF na tua campanha.

2 novembro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

CANDIDATOS BANÂNICOS

O noticiário banânico informa que o apresentador global Luciano Huck está muito bem cotado nas pesquisas pra ser candidato a presidente deste nosso país surrealista.

2018 tá chegando gente!

Segundo as pesquisas, Huck alcança mais de 40% nos levantamentos já feitos, um índice expressivo. Só falta arranjar um partido pra se filiar.

Sugiro que ele procure o PQP, o Partido das Quengas de Palmares, que está em processo de registro na justiça eleitoral.

Pra um país que tem um eleitorado que já elegeu figuras do quilate de Jânio Quadros, Fernando Collor, Lula e Dilma – todos através do voto direito e secreto do nosso politizado povão -, o nome de Huck não chega a ser um espanto.

Ele e Lula são dois excelentes artistas e dominam o palco com muita maestria.

Huck caga tolôtes pra plateias do estúdio e Lula jogo bosta por sobre as cabeças de suas plateias amestradas.

Os dois dominam os rebanhos de antas com uma competência fora do comum.

Dois candidatos à presidência de Banânia em pose especial para o JBF

Seria ótimo que os dois se enfrentassem em 2018. Teríamos uma disputa autenticamente banânica.

O eleitor que vota em Lula tem o mesmo nível mental do eleitor que vota em Huck.

De modo que seria uma disputa acirradíssima.

Salvo, evidentemente, se os dois viessem a participar da mesma chapa. Um como presidente e outro como vice.

Ou vice versa.

O que dá na mesma, já que estão ambos no mesmo nível de adoração das plateias banânicas.

Também li hoje que o atual Ministro da Fazenda, o lindo Henrique Meirelles, está se oferecendo pra ser vice. De qualquer um. Até de Tiririca.

Pois fique sabendo, senhor ministro, que se o senhor liberar qualquer verbinha aqui para esta gazeta escrota, terá todo o apoio deste Editor na sua campanha.

Acredite nisto. Tô falando sério.

Farei uma campanha da porra no JBF, que tem leitores-eleitores pra caralho!!

Aguardo vosso fazendário retorno.

Henrique Meirelles botando força pra soltar um peido para marcar a abertura da solenidade de lançamento de sua candidatura a vice presidente de Banânia

31 outubro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

RALO-IN

31 outubro 2017 A PALAVRA DO EDITOR

É PRO CABRA SE MIJAR-SE DE TANTO SE RIR-SE

“Todos sabem, e fingem não saber, que Lula não é corrupto.”

Goiano, colunista do JBF


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa