BRÁULIO DE CASTRO – OLINDA-PE

Berto,

não sei se você tomou conhecimento, mas o nosso amigo Expedito Baracho faleceu ontem pela manhã, aos 82 anos de idade.

O sepultamento é hoje, domingo, às onze horas no Cemitério de Santo Amaro.

Perdemos um grande cantor.

Expedito Baracho (1935-2017)

R. Eu estava me preparando pra dar uma nota sobre o encantamento deste que foi um dos maiores ícones da cultura carnavalesca pernambucana, quando chegou esta sua mensagem, meu caro amigo Bráulio.

Expedito não foi apenas um grande cantor e compositor, mas foi também uma figura humana extraordinária, um sujeito sensível e de grande talento.

Baracho era um potiguar que Pernambuco adotou como filho querido.

O JBF vai homenageá-lo com um frevo que você compôs, Bráulio. Você e sua esposa, minha querida amiga Fátima.

Vamos ouvir Sessenta Carnavais, de Bráulio de Castro e Fátima de Castro, na interpretação de Walmir Chagas

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

NONATO – CRATO-CE

Santíssima Santidade

Santo Papa Berto I e Único,

dirijo-me à Vossa Santíssima Santidade para externar que estou em plena campanha Diretas Já

Diretas já em Cuba!

R. Tenho certeza que será uma linda campanha, caro leitor.

Sobretudo tendo Chico Buarque animando os comícios.

Não apenas Chico Buarque, mas todo o time de artistas e zintelequituais de Banânia que compõem a militânica do socialismo muderno mais avançado, aberto, democrático e participativo do Planeta Terra.

Goiano já me garantiu que também vai estar presente nas manifestações em Havana, do mesmo modo como participou das “Diretas Já” aqui na nossa terrinha.

O Departamento de Artes do JBF já bolou até um cartaz pra Goiano carregar nas manifestações que irão ocorrer na Ilha da Felicidade.

Veja que lindo:

Na foto abaixo, aparece o grande zisquerdista Chico Buarque, ao lado de outro grande zisquerdista, o ex-prisidente banânico FHC, que hoje em dia os cuzinhos chamam de “neo liberal” (o que quer que isto signifique…)

O flagrante foi feito no comício das ‘Diretas Já’ na Praça da Sé, São Paulo, no dia 25 de janeiro de 1984.

E, pra fechar a postagem, no flagrante seguinte, também feito nos anos 80, aparecem FHC e Lula, entre várias outras figuras, pedindo Diretas Já em Banânia.

Certamente que esta parelha também vai entrar na campanha das Diretas Já em Cuba.

MARCOS ANTONIO BORCARD PESSANHA – RIO DE JANEIRO-RJ

Video com a musica Aquarela, de Toquinho.

Plagio da propaganda da Faber Castell dos anos 80.

Versão 2017.

R. Uma montagem criativa pra cacete!

Gratíssimo, caro leitor, pelo envio do material aqui pra esta gazeta escrota.

Quem quiser ver o vídeo, basta clicar aqui.

JOSÉ SILVA – CAMPO GRANDE–MS

Sr. Editor,

Ao lermos a matéria abaixo, que trata de reunião conspiratória para delinear os contornos institucionais, nada republicanos, dessa progressista nação bananeira, não poderíamos deixar de registrar, nas lides fubânicas, o nosso mais veemente protesto.

Não podemos deixar que esses senhores se articulem sem a participação de dois líderes que no momento estão um pouco afastados das articulações legislativas e palacianas.

Sem esses ilustres personagens da vida nacional, qualquer acordo carece de legitimidade.

Além dessa conjuração, comenta-se sobre acordos de cidadãos provectos, como se a senectude fosse atestado de santidade, revogando a sábia lei de Millôr Fernandes: “Os velhacos também envelhecem”.

Envelhecem e continuam a envilecer, nós diríamos.

Por isso, exigimos respeito aos anseios da população brasileira, pedindo para ser representada em sua totalidade:

– Sem Fernandinho Beira-Mar e Marcola, qualquer acordo é golpe!

Clique na imagem abaixo para ler a matéria:

RODRIGO BUENAVENTURA DE LEÓN – PELOTAS-RS

Caro Berto,

Estamos solicitando o apoio desta Gazeta Escrota para nossa candidata a Presidência da República, caso ocorra a renúncia de Temer e a eleição indireta na Casa da Mãe Joana, vulgo Congresso Nacional.

Nossa Candidata será uma conciliadora, é administradora competente, conhece fundos e os desejos do povão. Ademais vai garantir a governabilidade pois a maioria das mães dos nossos digníssimos legisladores já trabalhou em uma de suas empresas.

É isso ai:

BETE CUZCUZ para Presidente!

Se o Brasil virou puteiro nada melhor que uma experiente empresária do ramo para administrar a Zona.

E já sabemos de fonte segura que a Ministra da Fazenda será uma mulher que entende de fundos, tua amiga, Maria Cú-de Apito.

Podes até fazer um lobby para Chupicleide virar Chefe de Gabinete.

Chega de terceirizar a política!

Abaixo os Filhos das putas, vamos deixar as putas administrar o país.

Um abraço.

R. Meu caro, liguei hoje cedo pra Palmares e falei com minha querida amiga Maria Cu-de-Apito, administradora do maior e melhor puteiro da minha cidade de nascença.

Ela ficou feliz que só a porra com esta ideia de administrar o Ministério da Fazenda do futuro gunverno de Bete Cuscuz.

Quanto a Chupicleide, nem se fala: a coitadinha chega chorou de tanta emoção (apesar da fome…).

Pode contar com o apoio total desta gazeta escrota para a campanha de uma honrada puta, uma vitoriosa empreendedora, uma mulher de respeito que ganha de goleada dos nossos guabirus.

A propósito, aqui vai um vídeo da turma do Timbu Fun. Um vídeo sobre outra mulher que foi candidata vitoriosa (estamos em Banânia…) à prisidência da república.

Um discurso antológico da Vaca Peidona que é uma aula sobre a mandioca.

Aquela mesma mandioca que deveria ser enterrada no cu do todo tabacudo que vota no PT.

ALTAMIR PINHEIRO – GARANHUNS–PE

Prezado Berto,

Recentemente, em um bate papo informal que mantive com uma poetisa principiante, na cidade de Olinda-PE, confessou-me ela, que: seu maior sonho era ver seus singelos versos nas páginas do esteio cultural nordestino que é o JBF.

Fotografamo-nos e eu falei pra ela que iria implorar ao malassombrado do editor do JBF para que Tereza de Olinda tivesse um sonho realizado.

Claro, que minha amiga não tem a versatilidade de uma Dalinha Catunda nem muito menos os traços gabaritados do excelente poeta fubânico Anderson Braga Horta e os demais monstros sagrados que poeticamente desfilam nestas belas páginas da genuína cultura nordestina, haja vista, minha amiga Tereza de Olinda ser uma simples principiante.

Eis os singelos versos da incipiente poetisa:

R. Meu caro, diga pra Tereza que as portas do JBF estão abertas pra todas as tendências.

Não apenas as tendências político-ideológicas, mas também as tendências culturais, literárias e poéticas.

Aqui tem de tudo e pra todos os gostos.

Outra coisa: o que você chama de “esteio cultural nordestino“, na verdade é a casa e o abrigo da cultura de todas as regiões e estados deste imenso Brasil, onde esta gazeta escrota é lida de norte a sul e de leste a oeste.

Mande as ordens, seu cabra doido!

E vamos aos versos da mais nova integrante da comunidade fubânica:

BANDIDO PEDRO GRANDE CANGACEIRO

Existia na Bahia
Em tempos muito atrasados
O bandido Pedro Grande
Ruim, perverso e covarde
Que matava muita gente
Não respeitava vivente
Nem pai de família honrado

O bandido era afamado
Ali na sertanejada
Deflorava filha alheia
Roubava mulher casada
Matava pai de família
Vivia com garantia
Sem nunca temer nada

Certa vez matou uma moça
Dentro do seu camarim
Disse, morreste por gosto
Por não se entregar a mim
Agora o pessoal chora
Pois matarei todos agora
Se acharem que sou ruim

O bandido Pedro Grande
Era um grande matador
Matava pobres viventes
E ainda ria da dor
Sem pensar no decisivo
Que já estava no arquivo
Do nosso Pai Salvador.

CÍCERO TAVARES DE MELO – RECIFE-PE

Caro editodos Luiz Berto:

Recentemente, em a PALAVRA DO EDITOR, PRISÃO DOMICILIAR PAJARACAL, o nobre editor fez referência a uma música desse brega-cult cearense chamado Falcão. Oportunidade Única, a casa do caralho onde Lapa de Ladrão ficar quando for para prisão domiciliar!

NINGUÉM SE ILUDA!

Por trás da figura brega, da voz de taquara rachada, está um severo crítico das situações político-sociais!

Esta música mesmo é uma crítica ao sistema habitacional brasileiro, leia-se Programa Minha Casa Minha Dívida. Intensificada na gestão Lulão e Dilmão, dois bandidões!

O Falcão é um gênio.

Ele foi capaz de criticar abertamente os movimentos LGBTs, e ninguém teve cérebro para perceber isso e chamá-lo de homofóbico!!!

Qualquer dúvida, ouçam HOLLYDAY FOI MUITO e A SOCIEDADE NÃO PODE VIVER SEM AS PESSOAS.

JACOB FORTES – BRASÍLIA-DF

POVO QUE NÃO SONHA SE LIQUIDA

Não é apenas o provimento de bucho que sustenta um povo, mas também os sonhos. Tire os sonhos de um povo e o verá apagado, sem ânimo, abatido, fechado em si, emurchecido.

Não é de data moderna o sentimento de pesar dos brasileiros por se acharem impedidos de sonhar. O pesar surge sob a forma de doença. Essa doença, síndrome do confisco de sonhos, fora engendrada pelos corruptos. Os sonhos, pelo seu papel singular, são, por assim dizer, o estímulo, os estribos invisíveis do povo. Por mais que não se possa tocar nos sonhos eles são a entidade em que todos confiam para segredar propósitos, aspirações. São os sonhos que minimizam a crua realidade dos percalços; fazem o povo crer ser possível obrar feitos. Sem eles, no entanto, o povo chega a descrer de si mesmo. No dizer do poeta, “os sonhos são igualmente os brotos: vão rebentando e se abrindo em floradas”. Assim como a água da rega alegra as verduras, o povo carece dos borrifos de sonhos para não perder o viço, não emurchecer.

Há decênios os corruptos não fazem outra coisa senão privar os brasileiros dos seus sonhos. Essa prática abominável de confisco enseja alguns mínimos questionamentos: por que será que esses honoráveis patifes, de paletó e gravata, preferem que suas memórias à posteridade contenham o timbre da canalhice, das malfeitorias? Será que no íntimo das consciências dessa chusma de salteadores não há um pugilo de remorso pelas impiedades que cometem contra os brasileiros e o Brasil? Que escarmento merecem esses solenizados calhordas por se haverem na continuada prática de despojar esses bens tão preciosos, os sonhos? Será que as súplicas dos brasileiros contra a ação nociva dessa irmandade biltre têm sido insuficiente, de pouco fervor? Que oração, em nível de recurso, se pode evocar para fazê-los emendar-se; demovê-los do nefando vício de expropriar os sonhos do povo?

Compulsando o catálogo dos rogos sugiro que comecemos pelo miserere, (salmo 51, da Bíblia), indicado para fazer aflorar a piedade alheia. Não surtindo o efeito desejado, e levando em conta não existir no Brasil o suplício capital, (e o fato de que as penas de reclusão lhes parecem água benta e os presídios escritórios para recalcitrar no crime) sobrerresta propor a criação de medida de espessura; aditar as leis penais, (hoje, brandas, românticas), de modo a que surjam normas de dentes afiados, mais imperativas, austeras, que cominem penas de maior acrimoniosidade.

Tivesse o Brasil severidade contra saqueadores, lesas-pátrias, não estaria claudicando nessa aridez, mas em radiante prosperidade, com seu terreiro limpo, desinfetado e, é claro, um gabinete dentário em cada esquina, além de metrôs de fazer a inveja sofrer.

Até quando essa malta lançará ao rosto do Brasil e de sua gente essa afronta? Até quando o povo gemerá debaixo de pedágio, escorchante, que sustenta o apetite de esponja dos ladravazes do Brasil? É perpétua a validade do alvará que permite a essa confraria de morcegos – uns anafados, outros de papadas pletóricas – vexar sadicamente o povo tal qual o gato faz o rato padecer?

Sentir-me-ei regiamente gratificado se tudo que deixei dito neste texto chegar às famílias dos corruptos, nomeadamente às suas mães; que não os tiveram para o crime.

“Os sonhos nos põem para além das nossas dimensões”.

VANDERLEI ZANETTI – SÃO PAULO–SP

Meu Caro Editor,

Nem só de más notícias e sangue vivem os jornais brasileiros. Enfim, uma notícia boa, que o JBF não pode deixar de divulgar.

Pois é, Joesley Batista, da dupla sertaneja universitária Joesley e Wesley e um dos donos da JBS, conseguiu levar para Miami, chegando lá dois dias antes da delação premiada, o seu IATE, com o nome sugestivo, “WHY NOT – POR QUE NÃO”, de 98 pés, avaliado em US$ 10 milhões, mais de 30 milhões de reais.

Assim, ele, sua bela mulher, jornalista Taciana Villas Boas e a família Batista, poderão usufruir, já no próximo verão, dos prazeres que o lindo iate poderá proporcionar em Miami e no mar do Caribe.

É ou não é uma excelente notícia?

Visto que seria um perda deixar, no Brasil, em Itajaí–SC, o WHY NOT, POR QUE NÃO, levar?

R. Caro leitor, a foto que você remeteu junto com sua carta, será devidamente submetida ao Departamento de Falsificações do JBF, competentemente chefiado pelo colunista Goiano.

Aguarde que muito em breve divulgaremos o resultado da perícia.

INALDO GUEDES – CATAGUASES-MG

Ilustre editor bestânico,

Veja como são as contradições no Reino dos Dinossauros.

Maduro e Lula são a favor das “Diretas já” no Brasil.

Maduro e Lula são contra as “Diretas já” na Venezuela!!

Como diz você, eu mijo-me de tanto rir.

R. Caro leitor, cobrar coerência de lobotomizados é mesmo que dar conselho a doido: pura perda de tempo.

E você sabia que ainda existe gente aqui em Banânia que leva a sério esta parelha de safados???

Atenção: não estou inventando nada!!!

Pode acreditar que tem gente que ainda leva Lula e Maduro a sério.

Aqui mesmo no JBF você vai ver este fenômeno.

Repito: acredite, tô falando sério.

Maduro e Lula: dois tolôtes do mesmo pinico bostífero latrino-americano

OSCAR M. ROCHA – ANDRADINA-SP

Berto,

Sou paulista filho de nordestinos que vieram pra São Paulo nos anos 40 do século passado.

Digo isto com muito orgulho.

Fiquei revoltado com uma vereadora gaúcha que fez um discurso dizendo que nordestino não sabe falar mas sabe “roubar muito bem”.

Segue o vídeo em anexo.

Gostaria de ouvir a sua opinião

Abraços

R. Caro leitor, aqui no JBF convivem pacificamente Nordestinos e Gaúchos, Pantaneiros e Cariocas, Amazonenses e Capixabas, Paranaenses e Sergipanos.

Gente de todos os quadrantes frequenta e curte esta gazeta escrota.

Temos desde um colunista gaúcho pilchado residente na fronteiriça Quaraí, o estimado Alamir Longo, até colaboradores nordestinos do pé-rachado, como o poeta paraibano Jessier Quirino, filho de Campina Grande.

De modo que esta idiotice, esta burrice, esta canalhice, esta tabacudice de incitar a segregação entre irmãos nordestinos e sulistas não vai vingar por aqui.

Tenho orgulho de dizer que dois dos meus livros, a novela A Serenata e o romance A Guerrilha de Palmares, tiveram suas primeiras edições publicadas por uma editora gaúcha, e entraram na lista dos mais vendidos naquela terra acolhedora e abençoada.

Todavia, isto não me impede de dizer que concordo plenamente com a insolentíssima edila gaúcha.

E vou me explicar:

Meu amigo Rubão Pé-de-Mesa, rei da zona em Palmares, tem 25 centímetros de pica – medição feita no puteiro de Maria Uleiro -, e fala errado que só a porra.

Mas no último verão, numa praia do litoral sul de Pernambuco, a bela Tamandaré, ele cometeu um roubo imperdoável. E então preencheu as duas más qualidades citadas pela vereadora Eleonora Brocoió: falar mal e roubar.

Ele roubou a mulher de um sujeito que estava veraneando com a namorada aqui na terrinha. Por coincidência, a namorada do cara era uma vereadora gaúcha da cidade de Xangri-la.

Rubão enfiou tanto a pajaraca no furico da parlamentar que ela perdeu pra mais de 78 pregas e passou a andar de banda, às vezes escorada numa bengala de pau (êpa!)

Mas a incelentíssima parlamentar voltou pros pagos feliz que só a porra, se rindo-se com a boca e com a bunda.

Repito: concordo com Eleonora Babacoió: nordestino não sabe falar mas sabe roubar. E, mais ainda, sabe arrombar furicos de vereadoras que falam merda.

Sejam elas gaúchas ou pernambucanas.

Fecho a postagem transcrevendo uma poesia de autoria da nossa querida colunista-poeta Dalinha Catunda em homenagem à distinta edila:

Não sei se chame de égua
De vagabunda ou de vaca
Essa doutora de merda
Que o nordestino ataca
A Doutora Eleonora
Uma tal vereadora
Que abre a boca e diz cáca.

Gaúcha teu preconceito
Com a classe nordestina
É pior do que ladrão
Que botou mão na propina
Tu podes entrar na peia
Ou então ir pra cadeia
Pra deixar de ser cretina.

GOIANO BRAGA HORTA – PETRÓPOLIS-RJ

Berto,

tá difícil de controlar a quantidade de falsidades que andam na Internet, não só na política, como na literatura e até na religião. O que se atribui, apenas para dar um exemplo, ao Luís Fernando Verríssimo e não é dele é um espanto, e todo o mundo acredita. Mensagens falsas psicografadas pelo Chico Xavier andam à solta.

O mais recente caso do JBF foi na Correspondência Recebida, do Alamir Longo: a imagem de apresentação do vídeo é falsa: Nem o Lula está na foto, nem o símbolo do PT está no painel atrás.

A foto verdadeira é essa à frente da falsa:

Tá difícil de administrar idéias políticas coerentes com a quantidade de mentiras rolando em imagens e textos na web. Quando se trata de humor, isso está explícito e não causa danos, pelo contrário, o bom humor é essencial á saúde mental.

Mas na maior parte das vezes não se trata de brincadeira, mas de tentativa séria de distorcer os fatos, particularmente para convencer que Lula não presta.

Como os fatos não corroboram isso, inventam-se lorotas.

R. Meu caro colunista, o Departamento de Falsificações do JBF está bem entregue em vossas mãos.

O gerenciamento deste importante setor da gazeta mais falsa de Banânia tem sido feito com muita competência por você.

Continue firme e conte com o apoio da Editoria.

Quanto aos falsificadores de fotos e vídeos de todo o país, vocês fiquem certos que também contam com o apoio da Editoria fubânica.

Podem continuar enviado seus trabalhos pra cá que publicaremos com muito prazer!

Quero que vocês prossigam dando serviço pra nosso esforçado colaborador Goiano.

SONIA REGINA – SANTOS-SP

Li aqui e ali que a “Poderosa” está empenhada no despejo do Presidente Michel.

Pelo andar da carruagem, acho até desperdício de tempo fazer tanto esforço.

Também li hoje cedo que o “Aproveitador” está desembarcando em Brasília, pra também cuidar do despejo do Presidente.

Considerando que o próprio “Aproveitador” estava rezando pra que a poderosa escolhesse logo o seu candidato a Presidente, posso até deduzir que o velho namoro vai ser reatado.

Também vou rezar pra que o mesmo raio não caia novamente no mesmo lugar.

Em 1979, Zé Ramalho nos brindou com Admirável Gado Novo.

Lá se vão 37 anos…

ALAMIR LONGO – QUARAÍ-RS

Ilustríssimo Editor Luiz Berto,

Olha só que parceria maravilhosa reinava entre a JBS, BNDES e governo Lula.

Um verdadeiro clã.

R. Meu caro colunista fubânico, é bom a gente ficar desconfiado.

Se esta reportagem saiu na Rede Globo, ainda mais no Fantástico, a matéria deve ser mentirosa do primeiro ao último minuto.

Se tivesse saído no Domingão do Faustão, eu até acreditaria…

E vamos ao vídeo que você nos mandou:

CRISTIANNE VIEIRA VIGNOLLI- ANDRADINA-SP

Editor Berto,

Recomendo aos leitores deste jornal que sigam o conselho do ex-presidente da república bananeira, conforme se escuta no vídeo anexo.

É perda de tempo colocarmos nossos filhos pra estudar, se formar, trabalhar, vencer na vida.

É muito melhor e mais rendoso ser político ladrão do que estudar e fazer um concurso.

O confrade Goiano merece o nosso apoio e o nosso respeito pelo fato de admirar Lula.

Uma frase do ex-presidente deveria ser escrita com letras de ouro nos livros de formação escolar dos nosso jovens:

A profissão mais honesta é a de político, por mais ladrão que ele seja“.

RODRIGO BUENAVENTURA DE LEÓN – PELOTAS-RS

Berto,

Estamos nos aventurando no tal de twiter.

Ainda estou aprendendo a domar o bicho mas acho que vai ser legal.

Já estou seguindo o JBF.

Nos segue e divulga para o pessoal que quiser:

Twiter Livre Pensador – @rodrigobdeleon

MAURICIO ASSUERO – RECIFE-PE

Meu caro Editodos,

a gravação de Temer mostra a que ponto chega a permissividade entre políticos e empresários no Brasil.

Os caras usam dinheiro das empresas nas suas campanhas e depois de pegos em falcatruas, começam a dizer que não tinham contato direto com a empresa.

Os advogados de Lula, juram de pés juntos, que Lula só conhecia Joesley Batista, por fotografia. Devem estar se referindo aquela fotografia do casamento de Joesley no qual os padrinhos foram Lula, Marisa e Dilma.

Ou aquela outra foto no qual aparecem Pezão, Lula, Cabral e Eduardo Paes apontando o dedo para Joesley, naquela nítida expressão “esse é o cara”!

A JBS patrocinou a campanha de 1.890 políticos, inclusive, Temer, Lula e Dilma. Com dinheiro de propina, depositado em contas no exterior. Pagou R$ milhões a Cunha, depois que o cara estava na cadeia.

Enfim, agora esses são uns bostas, são traidores. Os juristas de plantão e alguns imbecis da imprensa (a gente não vê isso no JBF) começam a buscar alternativas de livrar o cara, alegando que o grampo é ilegal e como prova não se sustenta.

Dane-se!

O que importa é a voz de Temer afirmando um monte de coisas que não deveria afirmar. O cara chega na casa do presidente de Banânia e diz que está segurando dois juízes com uma mesada de R$ 50 mil; diz que tem um procurador infiltrado na PGR e o presidente diz simplesmente “ótimo, ótimo?” e os imbecis de plantão começam a dizer que no diálogo só Joesley cometeu crime? Querem o quê com isso? Defender a governabilidade de Banânia com presidente imoral, hipócrita?

Não tem espaço mais para esse governo. Se o cara tivesse dignidade faria como aquele jogador perna-de-pau (pede para cagar e sai).

Outro detalhe que os imbecis de plantão só enxergam por um lado é a questão do “treinamento” que a JBS teve para fazer a delação. Entendem isso como conspiração contra o governo, provavelmente favorecida por Lula. Nada disso. Os caras quando começaram a delatar, citaram Temer, Aécio e tudo mais. Então a preparação foi, única e exclusivamente, com o objetivo de atestar aquilo que estava sendo dito e além disso foi autorizada pelo STF.

Então, tá na hora de aplicar a constituição. Sai, Temer e vamos para as eleições indiretas.

Esse movimento do PT em busca de diretas já só tem por objetivo salvar Lula de Sérgio Moro.

Parafraseando Jessier Quirino em Mané Cabelin…”eu vou dizer uma coisa… quer saber? não vou dizer mais nada não“….

Abraços,

R. Meu caro, conforme apurou o Departamento de Falsificações do JBF, competentemente chefiado pelo colunista Goiano, as duas fotos que você citou em sua carta são montagens grosseiras.

Montagens dos coxinhas pra avacalhar Lula, o líder dos cuzinhos.

Na primeira foto, não é o casamento do Corruptor Ativo Joesley, e sim o casamento do médico Roberto Kalil. 

Dilma, os noivos Roberto Kalil e Claudia Cozer, Lula e dona Marisa

Já na segunda foto, também não se trata de Joesley, e sim de Pedro Paulo, que era candidato à prefeitura do Rio de Janeiro.

O candidato à Prefeitura do Rio Pedro Paulo (PMDB) e os colegas de partido Luiz Fernando Pezão, Sérgio Cabral e Eduardo Paes, juntos com Lula

No caso desta última foto, não precisava nem falsificar o fucinho de um deles. Basta mostrar Sérgio Cabral abraçado com seu comparsa Lapa de Corrupto pra sujar indelevelmente o prontuário do proprietário do PT.

No mais, informo a todos os nossos leitores que podem continuar fuxicando, sugerindo, caluniando e esculhambando com tudo quanto é corrupto, de uma banda ou de outra, que esta gazeta escrota terá um prazer imenso de publicar.

Abraços e uma excelente semana, seu cabra doido!

DON PABLITO – SÃO BERNARDO DO CAMPO-SP

Ola Berto

Segue abaixo uma piada que explica muito o Goiano

“A petista caiu dura no chão da cozinha e foi pro céu. Chegando lá, encontrou com Deus, que imediatamente reconheceu o erro:

– Ih, minha filha, não era sua hora, não! Houve algum erro aqui, vou te mandar de volta.

– Que bela surpresa, companheiro Deus! Mas, antes de ir, o Senhor poderia fazer a gentileza de me tirar uma dúvida?

– Claro, minha filha. É o mínimo que eu posso fazer para reparar este equívoco.

– O Lula é mesmo culpado por corrupção?

– Hahahah! Mas é claro, minha filha! Alma mais suja não há! Eu mesmo votaria no Satanás antes do Lula.

Ressuscitada, a petista liga para a colega:

– Cumpanhêra! Tenho novidades escandalosas!

– Mas o que houve?!?!?

– Você não imagina quem a Globo comprou!”

JACOB FORTES – BRASÍLIA-DF

Palavras do Presidente Temer:

Esse senhor, (dono da JBS) nos dois timos governos, teve empréstimos bilionários no BNDES para fazer avançar os seus negócios. Prejudicou o Brasil, enganou os brasileiros e agora mora nos Estados Unidos. A gravação fraudulenta e manipulada especulou contra a moeda nacional. É um conhecido falastrão, exagerado. O delator cometeu, digamos assim, o crime perfeito…

Essas palavras, Senhor Presidente, dão a entender, claramente, que esse delator, dono da JBS, era velho conhecido no mundo da corrupção, do crime, portanto, bandido.

PERGUNTA.

Que razões teve VOSSA EXCELÊNCIA para receber, em audiência, bandido tão infesto?

SIMARA ALBERNAZ – GOIÂNIA-GO

Caro Editor,

Os integrantes da facção Ação Petista deram uma excelente ideia.

Não basta apenas ter um dedo cortado.

Tem que cortar também as duas mãos do meliante.

É a mesma pena que se aplica aos ladrões nos países islâmicos.

Achei ótima a ideia dos manifestantes petistas.

O apelo está contido nesta faixa:

SONIA REGINA – SANTOS-SP

Os Açougueiros

Lá vamos nós outra vez. Parece até nome de samba, mas, não é.

Aqui é Brasil.

Vou relembrar um pouco de história do meu ponto de vista.

O despejo do ex-presidente Collor é contado hoje em tom de galhofa porque saiu do Palácio da Alvorada, depois que entrou num Fiat Elba. Interessante, o homem garfou meu fundo de garantia que eu ao invés de retirar do banco, guardei pra comprar um terreno à vista. Quem se importou na época? CNBB, OAB e outras tantas instituições? Não me lembro de alguma gritaria. O certo é que meu rico dinheirinho que não era fruto de Over noite nem Over dia ficou lá sustentando sei lá o que.

O despejo da arrogante foi mais moderno. A mulher pedalou, pedalou, e caiu. Bem, tivemos explicações vindas de órgãos confiáveis, a saber: TCU.

Hoje, estão novamente na grita pedindo o despejo do atual Presidente que, alias, não recebeu meu voto. Pelo que entendi até agora, nessa avalanche de informações meio desencontradas, é que o Constitucionalista, recebeu na garagem do Palácio, um investigado, em horário impróprio e não lhe deu voz de prisão quando a conversa dirigiu-se para assuntos não republicanos.

Talvez meu relato esteja muito resumido, mas, é o que pode fazer uma dona de casa aposentada que tem o que fazer o dia inteiro e liga o televisor à noite pra assistir o noticiário. Desconfio que seja o roteiro da maioria dos cidadãos que fazem a roda do País girar.

Interessante também notar que as três figuras do meu relato, estavam no mesmo palanque em 2014.

Sempre muito curiosa, fico me indagando:

– Jornalistas, articulistas, juristas e todos os “istas” do País e até ao redor do Planeta Terra, já tem em mente quem vai continuar governando o País até as próximas eleições?

Não costumo ficar em cima do muro e nessa toada, digo que prefiro aguardar que as histórias contadas pelos delatores fiquem mais claras. Eles criaram o que chamo de um verdadeiro “salseiro”, misturaram tudo e jogaram no nosso colo.

Minhas duvidas são muito simples:

– Porque os “Açougueiros” gravaram o atual Presidente e entregaram a fita à PGR?

– Porque a PGR não submeteu essa gravação à PF para verificação da legalidade, gerando inclusive guerrinhas de informações entre as grandes mídias e confundindo mais ainda a cabeça do cidadão?

– Por fim, porque gravaram o atual Presidente e não fizeram o mesmo com os dois anteriores: a arrogante mentirosa e o impoluto também mentiroso e que também, constam de sua delação?

Será que todos aqueles que deram seu voto para o impoluto e sua trupe governarem o País por 13 anos, acreditando num “Progresso” que descobrimos ilusório e retrocedeu numa incrível velocidade, já decidiram que preferem a volta de um corrupto com o qual já estão acostumados?

Ninguém merece.

HEBER CRUZ – MANAUS-AM

Dona do maior cabaré do Piauí com filial em Fortaleza, Bete Cuscuz desabafa:

“Quero governar o Brasil.

De puteiro eu entendo.”

É a pessoa certa pra administrar a herança do PT.

LUIZ BINCOLETTO – MARÍLIA-SP

ARAEL M. DA COSTA – JOÃO PESSOA-PB

Bom dia, Eminência

Estes tempos que estamos vivendo nos provocam visões, diuturna ou noturnamente, às vezes tão intensas que chegamos a pensar serem reais.

Veja só.

Nessa noite passada, fui dormir assombrado com os muitos fantasmas que as televisões nos mostraram e terminei com um sonho que me tirou o resto do sono e me deu um prazer sádico, com a expectativa de que se tornasse realidade, com o amanhecer.

Confesso que fui dormir com o pensamento voltado para o fato de nosso ínclito Temer mirar-se no espelho do Presidente Getúlio Vargas e se auto imolasse com um tiro certeiro, desferido em local de sua escolha.

Com este pensamento, fui induzido ao sono, imaginando, até, em procurar e lubrificar velho “Comblain” – que nossos matutos chamavam de “dois tiros e uma carreira”, municia-lo adequadamente, remetendo-o a esse velho político, para que ele vivesse seu momento de glória.

Feliz ou infelizmente, esta seria uma solução muito individualista, incompatível com essa personalidade. Mais para feliz, no sonho que se seguiu, tive uma visão de um procedimento mais consentâneo com os tempos que vivemos, que inclusive, se tornado realidade,e teria muito mais repercussão mundial.

Vejamos.

No sonho, o Ilustre Presidente convocava o Congresso Nacional para conhecer de suas despedidas e nessa sessão, com plenário lotado de deputados e senadores, se explodia com alentada carga de TNT e C-4 atada à sua cintura, como bem fazem os eleitos de Maomé.

Esta seria efetivamente um atitude bombástica.

E seria, decerto, sua grande contribuição para eliminação da corrupção que assola essa República Independente e Soberana de Banânia.

Lamentavelmente, acordei e só me restou o verso do Moreira da Silva, que diz “foi um sonho minha gente“…

Respeitosamente,

AMARO CEDRAZ – CUIABÁ-MT

Satânico Editor,

Bem que você diz que neste país (que você chama de “Banânia”), não se respeita nada.

É uma zona total.

Veja esta:

LEONORA CRISTINA – UBERABA-MG

Caro Editor,

Eu acho que no meio dessa baixaria toda só vai sobrar o Jean Willys. É o único que não tem o rabo preso

Outra coisa, a Operação Lava Jato bem que podia prender Aécio e Lula no mesmo dia, mesma hora, na mesma operação: os mortadeleiros não iam saber o que falar e a gente ia beber até cair.

Mando um vídeo de Waldick Soariano com uma música dedicada ao presidente Michel Temer.

Saudações mineiras,

R. Cara leitora, “beber até cair” está dentro do padrão mineiro de festejar e celebrar a vida com alegria e descontração.

Como estou em abstinência compulsória, limito-me a ficar apenas apreciando, enquanto mando um grande abraço para os amigos, que não são poucos, que tenho aí nas Minas Gerais.

E vamos começar o domingo com Waldick Soariano garantindo que “renunciar seria a solução“, nesta música que você nos mandou.

NÉLIO SANTANA – SANTA MARIA-RS

Me convenci:

Michel Temer demonstrou ser minúsculo ante as demandas presidenciais.

É que eu pensava que, por ser um constitucionalista e professor de Direito, certas facilidades ele não faria por saber quais seriam as consequências.

Mas me enganei.

Ele é só mais um rato magro seduzido pelo queijo.

E como não crio ratos, aos costumes legais com o sacripanta.

ELEONORA SAMPAIO – SÃO PAULO-SP

Berto,

Coloca este vídeo no Besta.

Acho que os leitores irão gostar.

Saudações,

OSWALDO AUGUSTO FERREIRINHA – SÃO PAULO-SP

Berto

Boa Tarde!

Diante de tanta sacanagem, é o momento de você publicar a música “Nostradamus” do Eduardo Dusek  para seus leitores,

Pois tudo está se carcomendo.

Abraço

JOSÉ CRENTE – SÃO PAULO-SP

Berto,

Esta dupla tem grandes sucessos, tudo com a lei Roubanet

Um grande abraço

JACOB FORTES – BRASÍLIA-DF

TESPESTADE EM GOTA D’AGUA

Depoimentos de réus, qualquer que seja a infração, sujeira ou emplastro de lama, são, no Brasil, rotinas das mais triviais; se pautam, sem alvoroço ou motim, pela costumada liturgia da Lei. É apenas a rotina, quase maquinal, do Poder Judiciário. Porém, fenômenos circunstanciais eventualmente fazem emergir motivos, (que se sobre-excedem) ou vultos, (portadores de distintivos honoríficos), que por si se excetuam dessa consagrada praxe. Refiro-me ao depoimento de Luis Inácio Lula da Silva, perante o Juiz Sérgio Moro, acontecimento que se avultou por meio de amplificação ruidosa e para o qual, aliás, se deu grande concurso de povo; que tomou as ruas de Curitiba, nomeadamente o logradouro Santos Andrade. No logradouro, repleto dos privados e lisonjeiros do depoente, a multidão, libertadora, parecia querer conflagrar o País, incitar à revolta.

A soldadesca, por seu turno, sitiando o Tribunal e empunhando armas possantes, custodiava o trabalho da Justiça. A exaltação de ânimo, de parte a parte, fazia crer que a combustão estava prestes a explodir, bastando que alguém relasse a espoleta. Toda essa bulha, todo esse inflado alvoroço, pasme, por causa unicamente de um rotineiro procedimento judicial, suscetível a todos. Lembrei-me do desatino que foi a guerra de Canudos, o segundo selo, depois da escravidão, em desonra nacional, na qual o seu líder, fanático, “Antônio Conselheiro”, professando-se “deus” e obstando a República, fez sucumbir às colunas de Floriano Peixoto, milhares de brasileiros: escória social, sem-par, acoitada no arraial, assistida por todos os desamparos trágicos, demarcadamente a miséria.

A excepcionalidade prosseguiu dentro do Tribunal: de um lado, ao que se pôde intuir, o magistrado dispensou ao depoente prestimosa obsequiosidade ao se apressar em denegar boatos, boquejados pela imprensa, de que o réu poderia ser preso; de outro, o depoente, ansiado e contrafeito, ainda mais por encontrar-se naquela circunstância inquiridora, fazia expandir ares de quem duvida que exista lei que lhe vá ao bojo. Também aflorou no depoente, irritável, uma particularidade que lhe particulariza: mestre em saberetes: minimizou o adjutório do preeminente magistrado quando este descartou a hipótese de prisão. — “Eu já sabia” (que não iria ser preso), replicou o depoente, todo ancho.

Aguardemos o depoimento de outro ex-presidente, ou mesmo de presidente, (a terra é pródiga em corruptos e quejandos) para sabermos se todas essas circunstâncias insólitas, demarcadas pela espetaculosidade e exaltação de ânimo, têm a ver com a figura de ex-mandatários ou apenas circunscreve-se à pessoa do sobredito depoente. O escangalho, aliás, ofuscou o que há de mais grave: ver um ex-mandatário nacional (que tem o dobrado dever de fazer cumprir as leis) postar-se, na condição de réu, diante de um juiz criminal federal. Essa página incomum é vergonha que consterna e deprime a maioria dos cidadãos: simbolismo maior da rocha viva da nacionalidade.

Felizmente, a vigorosa tempestade extenuou-se, dissipou-se; tudo se houve nos termos da ritualística da lei. A Justiça, soberba, que não teme bate-pés e dispensa rapapés, alheia ao vozear da multidão, atravessou incólume à estendida e acalorada porfia, cumpriu, como se esperava, o seu sublimado papel; que adoça o contribuinte.

O catálogo das tragédias humanas escapou ileso de mais uma escrituração sinistra, falhanço de predições equívocas, não confirmadas. Embora a aparatosa mobilização apresentasse traços de feitos heroicos, dignos de um poema épico, com a aposição da mão suprema da Lei o que se viu foi apenas uma cançoneta; a tragédia alardeada somente pôde ser vista através da letra de um tango amargurado. Viva a magna Lei, que se sobrepõe a tudo e a todos, que não admite mordaça, que sofre afrontas, mas não se avilta; disposta a jungir ao mourão, de bezerros a touros, tantos quantos se hajam devedores da Justiça.

ROSANGELA AMORIM COELHO – PETROLINA-PE

Berto, bom dia!

A propósito do que você publicou no texto UM MUNDO SEM QUALQUER SENSO DO RIDÍCULO, estou encaminhando essa foto aí.

É pra ilustrar o seu pensamento.

R. Cara leitora, esta anta bípede que está carregando Dilma na camiseta e segurando um cartaz onde está escrito “Viva o Cu“, está apenas seguindo ao pé da letra o padrão comportamental de um descerebrado petêlho.

Se vai pra rua defender Lula, Dilma ou o PT, tem que ter mesmo um cu como fonte de inspiração.

Se ela trocar as posições, Dilma no cartaz e o cu na camiseta, não vai alterar nada, pois ambos produzem merda.

E, no caso de Dilma, o furico tem mais outra serventia: ela peida em todo lugar que chega.

Peidou até quando estava discursando no púlpito da ONU!

Cara leitora, vou repetir dois parágrafos do texto que escrevi sobre o ridículo, e que você citou na sua mensagem.

Veja:

Na verdade, a absoluta ausência de senso do ridículo é uma das características mais marcantes dos cumunistas e zisquerdistas de um modo geral, sobretudo dos vermêinhos da militância.

No caso específico dos defensores lulaicos, esta ausência do ridículo chega às raias do surrealismo fantástico.

Tá vendo como eu tava certo?

Esta jumenta (sem qualquer ofensa aos jumentos), ultrapassou as raias do surrealismo fantástico e chegou ao mais puro realismo idiotístico.

OBS: Caso esta foto que você nos mandou seja uma montagem ou feiqui, o Departamento de Desmascaramentos do JBF, chefiado pelo colunista Goiano, o descobridor do E-Falses, informará ao distinto público. O que, de modo algum, diminuirá o humor e a verossimilhança da imagem. Detalhe importante: se a montagem for contra Lula e PT, o Departamento de Desmascaramentos age de imediato. Mas se for uma montagem irônica e a favor de Lula, como esta que está aí embaixo, não tem problema algum.

Bom final de semana e um grande abraço pra todos os leitores fubânicos que moram nessa linda Petrolina, às margens do Rio São Francisco, um dos recantos mais belos do sertão nordestino, e que fica a 712 quilômetros daqui do Recife.

PAULO GANNAM – BELO HORIZONTE – MG

Boa tarde. Prazer em conhecê-los do Jornal da Besta Fubana

Sou inventor independente. Crio novos produtos e solicito a patente desses produtos, visando fazê-los chegar um dia ao mercado. Veja estes 4 posts das minhas invenções que já estão com patente requerida no INPI: Paulo Gannam

Além destes produtos, tenho mais de 800 ideias “cruas” estocadas (não desenvolvidas e sem patente, somente breve descrição apontando um problema e sua solução pela criação de um novo produto), e procuro startups, empreendedor, investidor etc, para me ajudar a peneirar estas ideias, desenvolvê-las, patenteá-las e lançá-las no mercado.

Algo que poderia me ajudar a encontrar um parceiro, investidor, fabricante, seria a mídia, de modo que eu pudesse mostrar meus trabalhos e falar de meus objetivos.

Procuro ainda apoio para inserir projeto de alteração da lei de propriedade industrial, da lei de inovação e de alteração na CF para melhorar as condições de trabalho e direitos de inventores autônomos, pessoas físicas.

Escrevi alguns artigos sobre o tema invenções e inovações que poderiam ajudar.

Veja dois deles:

Tive uma ideia

Por que é raro inventor independente ser bem-sucedido no Brasil?

Aqui um videozinho que fiz em meu celular, de 11 minutos, falando sobre o meu trabalho como inventor:

Caso considere que o tema renda uma boa pauta para seu veículo, ou puder oferecer gentil encaminhamento, ou ainda se puder ventilar o tema com seus amigos, fico à disposição Muito obrigado

Paulo Gannam
Skype: paulo.gannam (o de casaco preto)
Cel: 35 984044124
Email: pgannam@yahoo.com.br

DON PABLITO – SÃO BERNARDO DO CAMPO-SP

Berto

Acho que é por isso que o Temer disse “Eu não renuncio”.

Afinal, o motivo banal de dar o anal não é crime!

R. Meu caro, eu estava vendo o noticiário na televisão quando dei de cara com esta imagem.

Quase se mijei-me todinho de tanto se rir-se-me.

Veja só: entre “dar o aval” e “dar o anal“, em se tratando de conchavos pulíticos banânicos, até que a diferença é pouca.

Pior ainda era se tivesse aparecido na tela da TV “dar o anel“.

A apresentadora do programa, Leilane Neubarth, deve ter ficado com os pentelhos anais todos arrepiados.

Agora, quem deve mesmo ter tomado no anal foi o cabra que trabalha na edição dos letreiros da Globo News.

Vôte!

LAURITA MONTARROYOS – SÃO PAULO-SP

Sr. Editor,

Contra fatos não há argumentos.

Contra imagem menos ainda.

Este vídeo é a prova irrefutável de que Dr. Moro torturou Lula.

O juiz obrigou o ex-presidente a ler.

PEDRO MALTA – RIO DE JANEIRO-RJ

Berto

Na internet vale tudo.

Inclusive um desabafo hilário.

R. Meu caro colunista, me adesculpe-me, mas não achei nada hilário.

Confesso que fiquei com muita pena da pobre consumidora que aparece no vídeo que você nos mandou.

Ela deve levar o caso à justiça ou, então, ao Departamento Merdífero do Procom.

Seja mais piedoso, meu estimado amigo Malta.

Não faça anarquia com as bostas presas da coitadinha…

Isto é falta de caridade…

MAURICIO ASSUERO – RECIFE-PE

Meu caro Editodos,

confesso que tá difícil conciliar meu trabalho com o horário de leitura dessa gazeta escrota. Se não cuidar, não trabalho.

Minha passagem por aqui hoje é somente para externar meu inconformismo com tudo que está acontecendo neste país.

Primeiro, Lula vai depor e joga a culpa do triplex em Marisa, na esposa morta que não pode depor para justificar. Seria muito bom se ela estivesse viva para gente ver como seria o depoimento dela ou quem seria o escolhido para levar a culpa.

O fato estranho que me ocorre é o seguinte: Marisa comprou a cota do apartamento, que estava na declaração de renda de Lula até 2013, e sem trabalhar ela pretendia pagar com que dinheiro? De onde viria a renda para justificar esta compra? Acrescente-se que Lula era casado com ela, então, como um bem adquirido por um dos cônjuges não pertence ao outro? Lógico que existe o caso da separação de bens, mas não dá para imaginar Lula, metalúrgico no passado, casando com Marisa com separação de bens.

Então, vamos parar com essa bobagem e reconhecer que o cara mentiu, enganou, aproveitou das facilidades e tudo mais e pronto.

Em segundo lugar, muito me estranha a postura do deputado Paulinho da Força, aquele sindicalista corrupto que está envolvido em desvios de recursos do FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador.

Este cafajeste, num programa de entrevista (Bastidores do Poder, da Rádio Bandeirantes) desafiou Moro a prender Lula. Pode? O cretino chegou a dizer que Moro não teve coragem de enfrentar Lula e chamou a “tropa de choque”.

Ô jumento batizado!

Isso só sabe o que é processo quando for a vez dele ser processado. O cretino, apoiou o impeachement, apoiou Aécio Neves e agora defende Lula.

Vai ser coerente assim lá na baixa da égua!

Terceiro, o senador Aécio Neves é um poço de tranquilidade. Denunciado em 5 processos na Lava Jato, ele diz somente “estou tranquilo“.

Esse crápula chegou a dizer que era “necessário separar o cara que ganha R$ 100,00 para campanha, do cara que recebeu propina“. E agora nojento? Tá escancarado para o mundo tua conversa imunda. Quando veio a público a gravação, ele disse “estou tranquilo“.

Parece mais aquele cara que ao invés de tomar remédio para disenteria tomou um calmante e, quando perguntavam como ele estava, ele dizia “todo cagado, mas estou tranquilo“. Com R$ 2 milhões de reais, eu também estaria tranquilo, embora todo cagado.

Mas nós precisamos aplaudir o chip no dinheiro. Não quero defender as empresas, mas só se dá bem no setor público quem paga propina. São exceções os casos em que presidente de licitação age com lisura. Então, as empresas para ganhar se submetem. Veja a propina de Temer: em 20 anos seria algo em torno de meio bilhão de reais.

Finalmente, é triste ter que abandonar meu sonho de ficar rico via Mega Sena.. a grana não dá para comprar um deputado ou um senador.

R$ 50 milhões acumulado na Mega não é nada frente aos R$ 128 milhões que Palocci recebeu da Odebrecht.

Como dizia Sílvio Brito, para o mundo que eu quero descer!

PAULO R. LINHARES – VITÓRIA-ES

Sr. Editor,

A verdade precisa ser dita.

Aécio – corrupto
Sarney – corrupto
Temer – corrupto
Alckmin – corrupto
Calheiros – corrupto
Collor – corrupto
Cunha – corrupto
Cabral – corrupto

Lula – Perseguido Político

Um bom final de semana.

Saudações fubanistas.

DON PABLITO – SÃO BERNARDO DO CAMPO-SP

Berto

Acho que agora entendi o significado da frase “O cão chupando Manga”

Na outra foto estão as carcereiras da Papuda aguardando o Cão.

R. Não adianta nada eu me esforçar pra tentar manter elevado o nível desta gazeta escrota.

Vocês estragam tudo…

Um jornal familiar como o JBF não pode ficar publicando uma pica descomunal feito esta que você nos mandou, meu caro.

Agora, que já tá publicada mesmo, vamos torcer pra que ela seja enfiada até os ovos no furico do Cão.

Ou seja, no furico da Vaca Peidona.

Se ela levar mesmo um vara deste porte no olho do toba, vai pinotar bufando de tanta alegria.

TELMA CAPISTRANO – BELO HORIZONTE-MG

Impagável e indecente Editor,

É impossível escrever “corruPTo” sem PT.

Um grande abraço para o melhor blog da net.

Minhas saudações para a comunidade fubânica de todo o Brasil, diretamente daqui de BH, a capital brasileira com a maior quantidade de bares e botecos do Brasil.

Beijão!!!!

R. Cara leitora, eu acho que você foi muito peremPTória.

Que também é outra palavra que não se escreve sem PT.

Aliás, você está aPTa a se tornar uma grande comentarista fubânica.

Outro beijão de volta!


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa