FERNANDO JOSÉ BARBOSA DE OLIVEIRA – MACEIÓ-AL

Caro editor desse blog da bixiga lixa,

Meu nome é Fernando José Barbosa de Oliveira, leitor do Besta,

Poeta bobo e enfim, um leitor desses assim.

Por compromisso (amador) com os livros e as crianças tento incentivar, por querer e por assim dizer, o hábito da leitura aos enfants para que estes sejam menos (só um  pouquinho) terribles.

Eis uma contribuião minha em forma de poesia para tal fim.

Caso queira divulgar, agradeço.

Você é uma casa,
com janelas e portas fechadas.
Ler é sair de casa,
pra nunca mais voltar.
Você é um castelo,
com armaduras e escudos e elmos por proteção.
Ler é abraçar o dragão
e juntos lançar esse fogo.
Você é você,
ninguém mais.
Ler é prosseguir,
qual rosto da humanidade.
Você é você,
em seu tempo de viver.
Ler é ir por onde
cada palavra conduz.
Ler é resistir, enfim,
ao não-ser.
Por se fazer capaz de – em tudo – discernir,
nas intenções de quem diz.

R. E chegando mais…

A cada dia que passa aumenta um tanto o contingente de fubânicos. E as Alagoas, como de costume, aderindo com entusiasmo.

Seja bem vindo a este antro escroto, meu caro. Pode usar e abusar deste espaço. Aqui é feito as Casas José Araújo: quem manda é o freguês. Fique certo de uma coisa: milhares e milhares de pessoas vão ler a sua poesia.

Abraços e um excelente domingo!

BERNARDO – MACEIÓ-AL

Mestre Papa,

segue uma modesta contribuição para o Projeto Peitos ao Vento.

Com os resPEITOS do Cardeal

LTT

JESUS DE RITA DE MIÚDO – ACARY DO SERIDÓ-RN

Meu Papa!

Minha bênção.

Duas coisas que não sei administrar: tempo e dinheiro. Aliás, dizem que os dois são a mesma coisa.

Então, eu estava pensando que devo de uma vez por todas aprender a Arte da Economia. Afinal, um grande amigo meu já dizia que “o princípio da prosperidade é a economia”. Mas como fazer um curso intensivo, sem gastar o que já não tenho?

Eis a resposta: vou ficar colado num judeu e descobrir com ele, além dos prazeres da prosperidade, todos os segredos do exercício de poupar.

E como tudo para mim é gozar, digo, glosar, já criei o mote:

Eu quero ser amarrado
Na barba desse judeu.

judeu

Eu vivo endividado
Porque não guardo um tostão
Já tomei a decisão
Eu quero ser amarrado
Por tempo indeterminado
Vou viver um apogeu
Guardando aquele bem meu
Neste cofre singular
Por isso vou me amarrar
Na barba desse judeu.

PEDRO MALTA – RIO DE JANEIRO-RJ

Santidade

Quando imaginamos que  tudo já foi visto, aparece sempre mais uma  para manter acessa  a  chama de perfeição dessa gazeta da bixiga lixar.

R. É como vivo a repetir: morro e num vejo tudo.

Vôte!

LUIZ PEIXOTO – FORTALEZA-CE

Caro papa Berto,

a gente vai vivendo e aprendendo.

Hoje descobri que o maior restaurante do mundo está no meu Ceará, segundo apurou o deputado estadual Heitor Férrer.

R. Nosso fuxiqueiro leitor está se referindo a uma matéria publicada na imprensa do Ceará (sempre ela, a grande mídia, caluniando, perseguindo e inventando mentiras contra quem está no puder…).

Quem quiser ler a reportagem completa, basta clicar na manchete do jornal O Povo:

Estado gastou R$ 593 mil com buffet do show de Plácido Domingo

Tomo a liberdade de complementar a carta do nosso leitor fuxiquento acrescentando um vídeo a esta postagem.

Junto com este acréscimo, faço também um alerta: tomem cuidado porque aqui no JBF, além do fã clube e dos defensores de Lula, dos mensaleiros e dos corruptos das zisquerdas, agora apareceu também um leitor que é defensor incondicional dos irmãos Ciro e Cid Gomes.

Em breve, este solitário leitor deverá formar um time de fubânicos pra defender esta ilustre parelha fraterna de políticos banânicos. Duas figuras que são o modo cagado e cuspido de se fazer pulítica na República Federativa de Banânia.

Detalhe: este leitor vive espalhando que eu falo mal dos “socialistas” cearenses porque, no fundo do armário, eu sou eleitor do “socialista” pernambucano, gunvernador Dudu. É mole ou quer mais??? Quando eu digo que nesse mundo hai de tudo e mais alguma coisa, tem neguinho que não acredita…

Neste vídeo a seguir, o gunvernador Cid Gomes faz uma declaração. Prestem atenção na explicação que ele dá. E prestem atenção, mais ainda, à cara lisa dele, lisinha, por conta do excesso de Óleo de Peroba:

 

MARCELO GUIMARÃES DE SOUSA – JOÃO PESSOA-PB

Uma boa leitura para vocês.

Ficaremos gratos se interagirem conosco.

Cliquem na ilustração abaixo e acessem a Revista das Praias

Abraços

rdp

CLAUDE BLOC – CRATO-CE

Caro Papa Berto,

Mais uma amizade e parceria que nasce através dos trabalhos publicados no JBF. Algo que começa virtualmente e que acaba produzindo frutos verdadeiros.cb2

Hoje chegou às minhas mãos, pelo correio, um primeiro cordel que nasceu de uma afinidade poética proporcionada inicialmente pelo Jornal da Besta Fubana. Fred Monteiro me instigou a responder ao seu desafio e lá fui eu trabalhar rimas, métrica com o aval e a supervisão desse mestre paciente e habilidoso.

Hoje isto se tornou concreto, pois pude tocar o papel e me deliciar com o resultado desse esforço conjunto pra lá de criativo. A publicação se deu através da Cordelaria Monteiro cujo trato pela qualidade é previsível e visível.

Portanto, já que isto é mais um fruto do JBF, bom seria que, todos que aqui colaboram, passassem a saber que quando se quer, se faz. E coisa de qualidade!

Agradeço a Sua Santidade pela oportunidade e por mais essa alegria que aqui encontrei. Agradeço igualmente a Fred Monteiro por essa parceria que me fez voltar aos tempos de folguedos no meu amado sertão.

Meu abraço cordélico e fubânico a todos…

cb1

R. Minha cara, eu fico ancho que só a bobônica do rato por gerenciar uma empreendimento que conta com tantos malassombrados assim feito vocês.

Saber que esta sua parceira com Fred Monteiro nasceu aqui no JBF, me dá uma alegria enorme. Esta constatação é um prêmio pelo trabalho de editar esta gazeta da bixiga lixa.

Você não tem nada que agradecer. Eu é que sou grato por contar com colaboradores do tope de vocês aqui neste antro fubânico.

Parabéns pra essa dupla talentosa.

E que venha o sucesso que vocês dois merecem!!!

JESUS DE RITA DE MIÚDO – ACARY DO SERIDÓ-RN

Meu Papa!

Sua bênção.

Para provar que não escrevo apenas glosas fesceninas recheadas de pornografia, eu trago junto com a imagem do meu amigo e fotógrafo profissional Roberto Limeira, uns versinhos que escrevi.

Esclareço, no entanto, que eles foram inspirados numa foto do querido Daniel Dantas, esse sendo neto, bisneto e trineto de vaqueiros do meu Seridó Potiguar, sendo o mais afamado do seu sangue o saudoso Antônio Medeiros, pai de sua mãe.

Na foto abaixo podemos ver Geraldinho de Seu Neco, vaqueiro desde menino, aconselhando e ensinando a bela arte de campear a um pequeno – futuro da pega de boi no mato – de quem infelizmente não sei o nome.

vaqueiros

Essa arte, Vossa Santidade, ocupa nossas ribeiras desde os primeiros portugueses – judeus marranos – que adentraram os nossos sertões fugindo da sé romana.

No mesmo bisaco desses heróis, vieram também os aboios tristes, muitos guiados pela saudade, e que, igual a arte de vaqueirar, é passada de pai para filho a trezentos anos.

Deles também descendo.

NETO DE VAQUEIRO

O neto do bom vaqueiro
Também vaqueiro se fez
E quando chegar sua vez
De correr aventureiro
Ele voltará campeiro
Como o herói ao platô
Se tornando o pivô
Do renascer da história
Reencarnando a glória
Do vaqueiro seu avô.

DON PABLITO – FORTALEZA-CE

Meu caro Papa Berto

Hoje estou com o saco cheio da Banania e vou falar do Brasil. O Brasil que proporciona o encontro de dois gênios da música. Um muito conhecido: Dominguinhos de Garanhuns, Pernambuco. Outro: Yamandú Costa, gaúcho de Passo Fundo, Rio Grande do Sul.

Desnecessário se falar de Dominguinhos, principalmente agora que se foi. Aqui no JBF tem dezenas de postagens sobre ele.

Yamandu Costa pouco se ouve falar e ouvir. Trata-se de um violonista, considerado um dos maiores do mundo atual.

O encontro dos dois, neste DVD, foi em São Paulo – Ibirapuera. O DVD faz muito sucesso no exterior, menos no Brasil. Assisti-lo nos deixa com a alma leve.

O “tesão” que os dois sentem pelas musicas e a admiração que um sente pelo outro é algo que vale a pena assistir.

LUIZ LEAL – CASIMIRO DE ABREU-RJ

Papa Berto,

As vezes penso que o objetivo desses canalhas é tomar porrada para depois se colocar na posição de vitimas oprimidas, quando na verdade essas manifestações e depredações já são uma opressão em si, a partir do momento em que ninguém ousa sair de casa e as lojas fecham as portas. Esses arruaceiros não podem dizer que são anarquistas, a partir do momento em que são bastante organizados.Não se trata do mesmo modus operandi dos traficantes que mandam os comerciantes fecharem as portas quando um gerente do trafico é morto pela PM do Rio?

Penso que seria boa iniciativa/estratégia se os moradores dos prédios no perímetro das manifestações acendessem/piscassem as luzes de seus imóveis. Quem sabe talvez colocar fitas brancas nas antenas dos automóveis particulares durante toda a semana anterior ao 7 de setembro?qvt

Na madrugada de 6 para 7 de setembro as pessoas poderiam colocar lençóis brancos na janelas do prédios. Isso seria registrado pelos correspondentes internacionais e daria legitimidade a reação policial à mando legalíssimo do governador. Certamente sufocaria a reação dos simpatizantes, quer populares quer da mídia.

É claro que os governadores dos estados da federação querem reagir e salvaguardar o direito de ir e vir assegurado pelo constituição mas tem receio, ficando de mãos atadas. Será que estando de frente a um prédio de 10 andares, onde 90% das janelas estivessem com os lençóis brancos, eles teriam coragem de quebrar alguma coisa? DUVIDO!!!

Já que esses caras estarão de preto, quem quisesse se manifestar em paz, deveria ir de branco. Nem a mídia internacional ousaria ombrear esses caras falando em violência, POIS ESTARIA CARACTERIZADO QUE ESTA PARTIU DELES. Esses calhordas podem ate colocar seus próprios carros na rua e eles mesmos (mascarados) tocaram fogo para depois receber o seguro. Não duvido nada. Canalha é canalha.

Tem pessoas humildes que tem seus pequenos negócios em bancas (fiteiros?) pelo Recife. Isso é crime!

R. Quem estiver interessado em aderir à proposta de Luiz Leal, é só repassar esta postagem pra sua lista de contatos.

Junto com a mensagem acima, nosso querido leitor mandou também um artigo intitulado “Aos inimigos da democracia, o rigor da lei“, assinado por Milton Corrêa da Costa.

Quem quiser ler, basta clicar aqui.

HARDY GUEDES – CURITIBA-PR

Caro Papa,

Enquanto no Brasil temos as mulheres melancias, peras etc…, na China tem a mulher-cabra.mulher-cabra

Mas não é nenhuma gostosona rebolativa.

É uma senhora de 101 anos que desenvolveu um chifre igual ao de uma cabra na testa.

Com todo o respeito, mas é inevitável perguntar: será que o marido-bode, se ainda estiver vivo, ainda pula a cerca?

Se ainda pular, é preciso examinar com cuidado a sua alimentação, se toma ou não algum chá especial, porque deve funcionar mais do que Viagra.

Hahahaha

Fora de brincadeira, é um mistério a mais para a Ciência explicar.

Um abraço

BERNARDO – MACEIÓ-AL

Mestre Papa,

direto da praia da Jatiúca, o primeiro sinal do verão que vem por aí.

Com os respeitos do Cardeal

DBG

MARCELO GUIMARÃES DE SOUSA – JOÃO PESSOA-PB

PIETROS É PEDRO

Pedra é pedra
Rocha é rocha
Tem pedra que vira barro
E até areia
Na hora que a barra arreia.

Tem rocha que dura tanto tempo,
Que a ela, perguntou ao Vento:
Oh Tempo, que tempo tens?…

Então, chego a conclusão
Que Pedra é pedra,
Rocha é rocha,
Areia é areia e Barro é barro.

E, na minha travessia
Aprendo a cada minuto
E também a cada dia que,
O que sei é bom
E também o que eu não sabia…

É tudo vida
É tudo poesia
É tudo Filosofia…

JESSIER QUIRINO – ITABAIANA-PB

Meu cumpade e Papa Berto I

Apesar de Mestre Supremo da ICAS, zeloso dos bons costumes, inclusive das outras paróquias, confio no seu apurado senso estético e de profundo admirador de tudo quanto é belo, para não ver nada de impuro no quadro “O Pecado”, em anexo.

Trata-se de uma belíssima obra do século XIX, do pintor Alemão Heinrich Lossow, datado de 1880.

freira_e_padre

R. Salvo a catinga da priquita da freira (que eram sebosas naquele tempo e continuam sebosas até hoje), nada há de impuro nesta magnífica obra de arte do genial pintor alemão, que nasceu em 1843, na cidade de Munique, e morreu com apenas 54 anos de idade em 1897. Ressalta-se que trepadas e furunfações são pontos de destaque na obra desse artista.

A maneira como Lossow retratou a face da moça, cheia de mistérios gozozos e de espasmos de alegria, enquanto  leva bimba no furico, me parece ser o ponto alto do quadro. Preste bastante atenção no ar santificado da freirinha e veja se não aparenta que ela já ganhou a salvação antecipadamente. Destaque-se, também, a lapa de cocha da safada que, presumo, deveria ter um pé-de-rabo pra lá de monumental. Uma bunda pra Satanás nenhum botar defeito.

O ferro do portão do claustro não impediu de modo algum que o ferro sacro do frade entrasse furico a dentro da enclausurada. Deve ter pingado mais de um quilo de gala no beatífico solo do convento.

É de se ressaltar a posição “galeto assado” da religiosa, facilitando sobremaneira a entrada da teológica pajaraca do padre que, neste caso, tudo indica, cravou até chegar à bolsa escrotal.

A pia de água benta, do lado esquerdo, facilitará a lavagem da tabaca e do furico após a santa trepada.

Nos dias de hoje, desobrigados de usar batina e  de ter vergonha na cara, os padres tiveram a vida imensamente facilitada, podendo levar as freiras, também em roupas seculares, pra comer nos motéis das periferias, que ainda dão descontos pros que apresentam a carteirinha da diocese.

E, neste caso, meu Poeta, os modernos religiosos desaprovam aquele vosso célebre poema “Vou m’embora pro passado“. Eles preferem as facilidades trepatícias dos tempos do presente.

Além de desejar um excelente final de semana, e um pronto retorno à vida normal e às atividades artísticas após a sua delicada cirurgia, tomo a liberdade de enfeitar esta linda obra de arte que você nos mandou, ilustrando-a com um belíssimo soneto do gênio português Manoel Maria Barbosa Du Bocage, que vai trancrito a seguir.

Bojudo fradalhão de larga venta,
Abismo imundo de tabaco esturro,
Doutor na asneira, na ciência burro,
Com barba hirsuta, que no peito assenta:

No púlpito um domingo se apresenta;
Prega nas grades espantoso murro;
E acalmado do povo o grão sussurro
O dique das asneiras arrebenta.

Quatro putas mofavam de seus brados,
Não querendo que gritasse contra as modas
Um pecador dos mais desaforados:

“Não (diz uma) tu padre não me engodas:
Sempre, me há-de lembrar por meus pecados
A noite, em que me destes nove fodas”!

MARCOS JEFFERSON – SANTA TEREZINHA-PE

A benção Papa Berto,

Isso é coisa que se encontra em pé de balcão.

Pino é feito pra ser batido
E com ‘bêbo’ não tem ‘parêa’
No meu boteco dois camarada
Começaram uma teima feia
Ai o ‘bebim’ mais afoito
Rodou uma tapa no ‘ôto’
‘Mermo’ no pé da ‘urêia’

O cabra não contou conversa
Respondeu do outro lado
Deu na cara do ‘bebim’
Que ‘os dedo’ ficou marcado
Depois do tapa levar
O ‘bebim’ ao se levantar
Perguntou todo zangado

“E é na vera é compadre?”
Se apoiando nas cadeira
O compadre disse: – É!!!
E puxe logo sua peixeira
Ai disse o ‘bebim’ sentando
– Ahh, achei que tu ‘tava’ brincando
Porque não gosto é de brincadeira…

JESUS DE RITA DE MIÚDO – ACARY DO SERIDÓ-RN

Meu Papa! Sua bênção.

Segundo o meu amigo Zelito Nunes, via Facebook, uma onça pintada montada numa “bike” atropelou e quebrou a mão de Alceu Valença, numa caminhada onde ele começou no Pina e já ia no Leblon.

Ainda segundo o próprio Zelito, essa história foi narrada por Bode Valença.

Eu que sou fã do artista desde o seu LP Cavalo de Pau, vendo a foto abaixo, não me aguentei. A glosa veio automática.

ALCEUVALENÇA

Alceu foi atropelado
Nem pode bater punheta

Caminhando apressado
Para se manter esguio
Sofreu pancada e caiu
Alceu foi atropelado
Agora preocupado
O artista está maneta
Sem precisar de muleta
Mas com o gesso na mão
Não toca mais violão
Nem pode bater punheta.

GENIVALDO MELO – ITABERABA-BA

Papa Berto,

Satisfações em falar novamente com Vossa Santidade.

Assistindo o Jornal Nacional ouvi falar sobre uma tal de PEC do Orçamento Impositivo, não intindi nada.

Gostaria se possível fosse explicado um  pouco sobre isso. 

No G1 ta assim: “Câmara aprova em 1º turno PEC do Orçamento Impositivo” (clique aqui para ler)

Grande abraço daqui da Terra do Abacaxi.

R. Caro leitor, fique tranquilo que os especialistas fubânicos no assunto prestarão todos os esclarecimentos necessários pra compreensão do assunto, no espaço dos comentários.

Não cheguei a ler a notícia que você mandou. Todavia, preliminarmente, eu digo apenas o seguinte: se a aprovação desta PEC é coisa de interesse do gunverno, então não deve ser bom pra nós outros, os contribuintes.

Se for coisa de interesse dos parlamentares que votaram a favor, também não é bom pro cidadão.

Resumindo: toda e qualquer providência tomada por essa quadrilha que tá lá em cima gunvernando Banânia, tem sempre o intuito de botar no fedegoso da gente.

CÉLIO CRUZ – RECIFE-PE

Meu líder fubânico,

como dizia “Branxú”, filósofo grego, nascido na Índia e naturalizado olindense, “só existe o sabido, se houver o tabacudo”.

Na subida da BR-232, no pé do túnel Cascavel, entre Pombos e Gravatá, um “Bêstinha” de um tal PRP (eu nem sei o que significa essa sigla partidária de aluguel) se aproveitou de um OUT DOOR “dos outros” e meteu a faixa deles, chamando o povo pra ser deputado.

É por essa e outras que os partidos políticos, em sua maioria, estão com o conceito lá em baixo.

Abraço.

PRP0

R. Quando eu vi a propaganda da empresa Nagen pegando carona na faixa do PRP, nesta foto que você tirou, eu imaginei que fosse a sigla do Partido dos Respeitáveis Picaretas. Isso porque a Nagem é uma empresa séria e respeitável, e na qual eu me abasteço sempre que preciso de alguma coisa no ramo de informática. Inda na semana passada fui lá comprar fiado, em 10 suaves prestações, uma tabuleta pro Papinha. prp

Depois eu raciocinei melhor e cheguei à conclusão que o PRP é que estava pegando bigu no cartaz da empresa e que a Nagem jamais se misturaria com essa escória formada por cabras safados e gente da mais baixa qualificação. Trata-se de um certo Partido Republicano Progressista, cuja bancada federal é composta por apenas dois deputados, sendo que um deles, de Roraima, atende pelo nome de Chico das Verduras…

Como você bem disse, os canalhas se aproveitaram  da propaganda de uma firma – que não custa barato -, pra pendurar uma faixa. Uma faixa tão vagabunda quanto o caráter de quem milita numa merda desse porte. Branxu, o filósofo grego que se naturalizou olindense, bem que poderia fazer esse cambada tomar no olho daquela entidade que rima com o nome dele.

Um partido que faz propagando usando a frase “Quer ser deputado? Filie-se ao PRP” já está dizendo a que veio. De qualquer forma, tá lá o endereço pros interessados num mandato parlamentar: prppe@bol.com.br.

Se alguém chegar a fazer contato, por favor, dê retorno aqui pro JBF informando quanto é que eles cobram de propina pra oferecer vaga na legenda a quem deseja se acanalhar na pulítica do Socialismo Muderno.

Presumo, pela sigla, que este endereço eletrônico seja o da filial de Pernambuco. Mas a picaretagem deve valor pra todo território banânico. Quem estiver interessado em ser deputado e pertencer à base de apoio parlamentar do gunverno do PT, aí estão todas as informações.

TULIO LINS DE ALBUQUERQUE – ARCOVERDE-PE

Caro Papa Berto,

Segue mais uma praqueississe minha…

Esta eu achei besta e fubânica!!!

Espero que gostem.

Grande abraço.

E ASSIM NASCEU VOCÊ

Pomposo vossa mercedes
Hoje é popular você
O primeiro resumido
Tornou-se vossa mercê
Que também diminuiu
E foi assim que surgiu
Um talzin de vosmicê

Vosmicê durou bastante
Mas veio a evolução
No nosso vocabulário
Enxugando a locução
Encurtando o convercê
E assim nasceu você
Até hoje na função

Função esta avariada
Pra quem ouve e pra quem lê
Tem matuto que resume
Invés de você, ocê
E aquele mais preguiçoso
Em matutês bem gostoso
Pensa, mas só fala cê

Cê que sabe, eu já ouvi
Mas pior a gente lê
É entrar na internete
Que ninguém fala você
Corta aqui e corta lá
Pra conversa agilizá
Só se escreve é vc

Você se não se cuidar
Vai deixar de ser você
Pois o mundo como vai
O matuto invés de cê
Vai virar fazer um bico
E o nerdi no seu micro
Vai escrever só um v

E você não morre só
Do tema, vou esquecer
Vão matar o português
Com acordo pra dizer
Que o mundo evoluiu
E até puta que o pariu
Hoje em dia é pqp…

ANTONINO CAMELIER – CAMPINAS-SP

Santidade

Na hora do almoço, ontem, dia 13 de agosto, ouvi, na Rádio CBN Campinas, uma entrevista da Ministra Gleisi Hoffmann.

Bem que o jornalista Carlos Alberto Sardenberg tentou colocá-la no “corner”, mas não deu!.

A mulher tem a língua mais afiada que espada de samurai, mas apenas para justificar o injustificável. Incrível! Argumentação sibilina e sofística. As mentiras soavam como mantras de uma verdade tibetana.

Aí lembrei do Papagaio Ufanista: este, se ouviu as esfuziantes declarações Hoffmannianas, teve orgasmos com os contorcionismos escapatórios da (única) mais ou menos bela do Planalto.

R. Eu fiquei tão curioso sobre esta entrevista, que dei ordens ao Departamento de Pirataria e Fuxicagem do JBF pra que conseguisse o áudio. Aqui na redação, o difícil a gente resolve na hora. O impossível, é meia hora depois. Mas também se resolve. De modo que a entrevista está disponível aí no final da postagem. 

Escutei a entrevista do começo ao fim, com muita concentração e prestando atenção às perguntas e, sobretudo, às respostas dadas pela ministra. Você está coberto de razão: a nossa linda petralha – o pé-de-rabo mais ajeitado e a cara mais degustável do time feminino de Dilma -, é uma campeã da porra no exercício das Ginásticas Explicatória e Escapatória. A bichinha é mais lisa do que um mussum e ganha de qualquer camelô nordestino que vende cachete no meio da feira.

Pelas várias explicações do inexplicável que ela deu na entrevista, tenho absoluta certeza que a bela petralha paranaense seria capaz de dar nó num pingo d’água. E, também, de montar um relógio usando luvas de boxe, estando submersa numa piscina. Gleisi Hoffmann tem futuro garantido em qualquer gunverno do PT enquanto durar o Socialismo Muderno.

E, detalhe importantíssimo, ao contrário da sua chefa, a Dama da Buceta de Titânio, a ministra sabe expelir com perfeição seus sofismas, concatena bem as idéias mentirosas que tem na cabeça e é capaz de pronunciar toda uma frase enganadora, do começo até o final, com uma esperteza absolutamente segura. Uma capacidade que a bovina presidanta jamais teve ou terá em sua jumentícia existência.

Concordo com você e também afirmo que Papagaio Ufanista, mais que aplaudir, vai ficar morrendo de inveja: a ministra, se não chegou a superá-lo, empatou com brilhantismo. 

Vamos comprovar ouvindo as resposta que ela deu, com a cara mais lisa deste mundo:

* * *

Como seria uma capa da revista Playboy com a Ministra Gleisi Hoffmann, a única mulher parecida com gente da equipe do primeiro escalão da Presidanta Dilma:

LUIZ PEIXOTO – FORTALEZA-CE

Cara papa Berto,

Um luxo só!

Veja a que ponto chegam nossos “gunvernantes”…

R. Nosso leitor está se referindo a uma notícia publicada hoje na imprensa do Ceará, e que diz o seguinte:

“O Governo do Ceará assinou contrato de R$ 3,44 milhões para serviços de buffet e decoração de eventos do gabinete do governador Cid Gomes e da residência oficial, com cardápio que inclui lagosta, escargot, caviar e outras iguarias.”

Quem quiser ler a notícia completa e quiser saber de mais detalhes, basta clicar aqui.

Uma coisa eu posso garantir pra você, meu caro: ele não teve um único voto dos fubânicos cearenses esclarecidos e bem informados. Também não teria o meu voto se eu fosse eleitor na terra alencarina.

Quem votou nele foi aquele pessoal que come calango e que deixou de trabalhar pra viver do Bolsa-Esmola.

ttm

Se gente que sabe ler, tem acesso à informação e condições de raciocinar, vota nesses cabras safados, imagine o fudido. Vide os casos dos fubânicos Teimoso-de-Nascença e Cabeça-de-Pau, formados, com curso superior, internautas e que são eleitores do PT e que, pra completar o desmantelo, ainda garantem que Lula é um grande estadista…

Sabe o que eu quero: eu quero é que se lasquem!

Como sabem os bem informados leitores do JBF, Cid Gomes é do PSB, o Partido Socialista Brasileiro, cujo prisidente é o gunvernador de Pernambuco, Eduardo Campos, neto e herdeiro de Miguel Arraes, um dos maiores ícones das zisquerdas deztepaiz.

Ou seja: isto é o socialismo banânico na prática, exercendo o puder num grande estado. Só isto. Cid Gomes ainda é jovem e tem condições de, em breve futuro, disputar a presidência da república e ganhar no primeiro turno. Nóis merece!!!!!

A propósito, e pra refletir sobre o caráter do eleitor de Banânia, não deixe de ler um artigo de Ricardo Setti, publicado ontem aqui no JBF, com o título de “O favoritismo de Arruda”. Basta rolar a tela.

BERNARDO – MACEIÓ-AL

Mestre Papa,

direto do DS mais um mimo para limpar os ói dos fubanicos aprecientes, e aliviar o peso da segundona ressaquenta.

Boa semana a todos, mesmo aqueles que não gostam da fruta.

Com os respeito do Cardeal

SRS

DON PABLITO – FORTALEZA-CE

Papa Berto

É incrível!

Já se nota até nos estacionamentos dos super mercados a queda no preço da cesta básica.

Veja a abundância que tem neste porta malas!

BNDD

FRED MONTEIRO – RECIFE-PE

Intergaláctico Papa Berto, Primeiro e Único da Via Láctea à Galáxia de Andrômeda !

Recebi hoje de madrugada, por psicografia extra-ultra-sensorial-etezística, diretamente do planeta PYT-PTZÃO-LADRÃO-LADRÃO e passo a Vossa Santidade para conhecimento desta escrotíssima congregação.

Abraço a todos e todas.

O ETZÃO DE VARGILMA

jrobson

No país da bananada
morava uma presidenta
era muito incompetenta
e também atrapalhada
foi fazer uma discursada
do tipo “politiquinha”
e sem ser engraçadinha
disse em português perfeito:
EU TENHO O MAIOR RESPEITO
PELO ET DE VARGINHA

O povo foi à loucura
com essa declaração
e o ET, todo pimpão,
saiu de uma nave escura
pediu uma sinecura
no Sinistério Petista
se dizendo financista
jurou que de sopetão
acabava a inflação
tirava isso da lista

Ela aceitou no ato
e ficou muito encantada
serelepe e animada
foi comemorar o fato
o ET entrou no mato
A marmota foi atrás
logo uma nuvem de gás
escureceu o ambiente
e uma vozinha plangente
diz: ET, TU ÉS DEMAIS !

Saiu da moita a coitada
e o ET todo contente
ao lado da confidente
toda suja e amarrotada
a platéia assustada
observou cena rara
O ET já tinha a cara
de quem tudo aprovou
foi pra frente e declarou
o que ali aprovara

“Aprovou, meu ETzão ?”
perguntou a presidanta
“Aprovei a sua janta”
declarou o corrutão..
“provei que sou gostosão
e com você levo jeito
pois você tem o respeito
por este ET de Varginha
cabra que não sai da linha
na propina mete o peito”

Na mesma hora a distanta
chama aquele puxa-saco
manda trazer um bisaco
E a dinheirama foi tanta
que a sacola nem levanta,
pesava uma tonelada..
de moeda bem contada
o ET pegou a chave
montou na espaçonave
sumiu numa trovoada…

CARLOS IVAN – OLINDA-PE

Meu Caro e Bondoso Papa Berto I e Único

A matéria sobre o protesto dos aposentados do Banespa diante do Banco Central de São Paulo,  publicada no Besta Fubana, repercutiu tanto que, inclusive foi incluída na íntegra no jornal da Tribuna da Imprensa, enviada por um componente de nossa categoria, o Bosco. (veja aqui)

Bosco, no passado, também redigiu uma nota que o Besta Fubana divulgou, relatando o nosso drama. Não foi tirado sequer uma vírgula do texto. Até uma das fotos, aproveitaram.

Veja a repercussão que acabou causando enorme impactação na praça, graças evidentemente ao nobre gesto deste fabuloso jornal e de sua eterna bondade.

Meu Papa, sei que vc não gosta desse tipo de comportamento, mas renovo os meus sinceros agradecimentos a você pelo pronto atendimento. Muito obrigado, mesmo.

VALEU!

bbtr2

R. É assim mesmo: tudo que sai no JBF, repercute no mundo inteiro, desde Não-Me-Toque até São Domingos do Capim, passando por Laguna Carapã e Tabocas do Brejo Velho, até chegar em Barra do Jacaré e Carutapera.

Não precisa agradecer por nada, meu caro. Não fiz nada mais do que minha obrigação.

Nosso querido fubânico Carlos Ivan, que é colunista desta gazeta, está se referindo a uma postagem do último dia 5 (clique aqui para ler), sobre a luta de aposentados pelos seus direitos. Uma postagem que mereceu muitos comentários.

Esta é apenas uma dentre as muitas sacanagens de Banânia contemporânea que vemos em tudo quanto é canto deztepaiz.

Meu caro, você e sua turma podem dispor à vontade do JBF. Este espaço está inteiramente à disposição de vocês. E eu estou aqui torcendo pelo sucesso desse batalha que estão travando.

Abraços e um excelente final de semana.

CESAR FARIA – RIO DE JANEIRO-RJ

Boa tarde,

sou o produtor de uma emocionante peça-show em homanagem a Elvis Presley e gostaria de levar este lindo trabalho para apresentação para sua empresa. Disponível também no formato Pocket, é fácil de transportar e montar. Você pode levar este espetáculo para seu clube ou sua festa de aniversário, bodas, casamento, eventos corporativos, ou festa de final de ano de sua empresa.

É o único tributo a Elvis Presley do mundo onde o protagonista não imita Elvis, e sim reinterpreta suas músicas dando uma releitura única, super emocionante de seus maiores sucessos. Aliás, o ator/cantor deste espetáculo está sendo considerado um dos mais belos timbres vocais da música atual e um de seus maiores talentos.

Entre uma música e outra, nosso talentoso artista nos conta as mais interessantes histórias e “causos”, os mais inacreditáveis episódios da vida de um dos maiores ídolos de todos os tempos, revelando a história do Homem por trás do Mito, e fatos importantíssimos para nossa própria história, como a “invenção da juventude” e o advento do Rock N´Roll, a luta contra o preconceito, a superação social, etc.

“Show divertido, inteligente, de altíssimo nível. Arranca danças, suspiros, risos e lágrimas de emoção da Plateia!” Aguardo seu contato, grande abraço

The Number One Divulgação de Talento – Visite o site: HELCIOHIME info@the-number-one.org

(21) 2548-3508
(21) 9617-6886 tim
(21) 8881-4565 oi

FERNANDO CASTELO – SINTRA – PORTUGAL

Caro Luiz Berto,

Tenho o blogue Retalhos de Sintra e gostaria de publicar algo sobre os anos 50 (da minha infância) recordando Virgínia Lane e Lalá Araújo, com a marcha Zé Corneteiro.

Ao meu amigo, gostava de lhe pedir licença para usar a foto de Virgínia Lane e, se possível, a parte musical da canção.

No entanto, como a pista da canção me parece estar protegida, ao pedir-lhe autorização para a publicar também gostaria de saber como copiá-la.

Contando com a sua colaboração, envio um abraço.

R. Nosso querido leitor lusitano, sintrense apaixonado, certamente, deve estar se referindo à coluna de Raimundo Floriano, publicada no dia 7 de fevereiro passado, que se ocupou da belíssima Virginia Lane, grande artista brasileira que nos anos 40/50 era conhecida como “A Vedete do Brasi”.

Caríssimo Fernando, pode aguardar que Raimundo Floriano fará contato com você e, tenho certeza, irá atender sua solicitação.

Portugal é o terceiro país do mundo na quantidade de acessos ao JBF. Só perde pro Brasil e pros Estados Unidos.

A estatística abaixo reproduzida, ao lado do mapa, detalha a quantidade de leitores distintos em Portugal, no período que vai de 1º de janeiro até o dia de ontem (está em inglês porque o Google é coisa dos zamericanos…).

Grato pelo contato e disponha sempre deste espaço!

leitores portugalmapa portugal

LUIZ PEIXOTO – FORTALEZA-CE

Caro papa Berto,

veja se este vídeo pode ser divulgado no JBF.

Grato

R. Aqui se divulga tudo e mais alguma coisa, caríssimo leitor.

Desde bestagens até teses de doutorado em física nuclear.

PEDRO MALTA – RIO DE JANEIRO-RJ

Santidade

Nada como uma verdade mais que verdadeira ser apresentada em tom de piada.

Será que  alguém ainda discorda?

PILM

R. Num custa nada dar uma dica pros leitores de outras plagas.

Esta ilustração que o Cardeal Malta nos mandou é o que se chama aqui na Nação Nordestina de “Pintura da Lameiros”.

É uma pintura feita num protetor de borracha, colocado atrás dos pneus traseiros do caminhão, pra proteger o veículo da lama. Daí o nome.

Normalmente, tanto quanto as frases dos parachoques, as Pinturas de Lameiros são sempre satíricas e escrachadas.

LUANA DE FREITAS – RIO DE JANEIRO-RJ

Prezado Luiz Berto,
 
Trabalho na área de Patrimônio e Cultura da Fundação Roberto Marinho, no projeto Paço do Frevo, museu que está sendo desenvolvido em parceria com a Prefeitura do Recife.
 
O Paço do Frevo será um espaço único, dedicado à celebração e valorização do frevo, manifestação cultural que é um dos principais ícones da identidade pernambucana. O espaço tem seu conteúdo assinado pela artista Bia Lessa e será um centro difusor do frevo e da cultura pernambucana.
 
Gostaríamos de poder contar com a imagem abaixo em nossa espaço – utilizada para ilustrar um dos artigos de seu site:

ffrr

Para que possamos usá-la, precisamos solicitar a devida autorização ao autor da imagem. Você teria alguma informação sobre a autoria dessa ilustração?

Desde já, agradeço a colaboração e coloco-me à disposição para qualquer esclarecimento.
 
Atenciosamente

R. Caríssima Luana:
 
Na verdade, eu também ando atrás da mesma informação que você procura: quem é o autor desta ilustração?
 
Já utilizei-a algumas vezes aqui no meu blogue, sempre na esperança de que o autor aparecesse pra eu dar o devido crédito. Mas nunca tive sucesso com este intento. Veja que o quadro é assinado, mas não dá pra identificar como é o nome do autor.
 
A única coisa que sei é que esta ilustração foi feita a partir de uma foto. Foto esta cujo autor também nunca consegui identificar. Esta foto que está a seguir:

Ambas, foto e ilustração, são facilmente encontradas no Google.
 
Por favor, se você descobrir a autoria, mande me dizer.

Sugestão: consulte Eduardo Araújo, do grupo Guerreiros do Passo, aqui do Recife (guerreirosdopasso@hotmail.com)

Agora, mudando de assunto, fiquei feliz com o seu contato. Pela seguinte razão: a Fundação Roberto Marinho, na qual você trabalha, é diretamente ligada ao Sistema Globo. Tem um colunista aqui do meu blogue que afirma, com todas as letras, que “tudo que não presta começa e termina na Rede Globo“.

Como eu acho que o tema “Frevo” – um assunto autenticamente pernambucano e ponto de destaque da nossa cultura -, não seja algo “que não presta“, fico feliz por constatar que vocês cuidam de uma coisa que presta. E como presta! E cuidam tão bem que chegam ao ponto de criar um museu dedicado ao tema!

Receba meu agradecimento, do fundo do coração, por esta iniciativa. Um agradecimento que faço em nome de todos os pernambucanos que amam suas raízes e sua mais autêntica cultura.

Pra celebrar a criação do Paço do Frevo na Fundação Roberto Marinho, o JBF dedica a você o Frevo-de-Rua intitulado “Último Dia“, de autoria do Maestro Levino Ferreira, o frevo predileto da Papisa Aline, coeditora deste jornal.

Disponha sempre e tenha muito sucesso.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

CLAUDE BLOC – CRATO-CE

(Papa) Berto, bom dia!

Obrigada por publicar mais uma produção minha, mostrando o lado mais popular de minha escrita. É uma vereda que, de vez em quando, me incita a voltar à minha vida e vivências sertanejas.

Queria saber se é possível agradecer em público, através do Jornal Besta Fubana,  o presente que recebi de Doddo Félix. Chegou hoje à minha casa, no Crato, o livro Gorjeios trazendo-me um poético alento.

Convite-Livro-Gorjeios

Agradeço igualmente por mais esse presente que o Besta Fubana me permitiu receber. Amizades que vão se formando sobre bases de admiração mútua.

Meu recado a Doddo Félix o fiz em comentário na Coluna a ele dedicada, mas gostaria, já que estou chegando à casa Fubânica há tão pouco tempo, que isso ficasse registrado na seção de cartas do JBF, para que todos que aqui visitam e colaboram pudessem saber como é cativante essa alegria que contagia a todos que fazem parte desse recanto de excelências.

Meu recado-comentário:

“Olá Doddo Félix, posso dizer que amanheci o dia GORJEANDO…

O livro que me mandou pelo correio (Gorjeios) chegou às minhas mãos e trouxe até a minha casa a leveza e a musicalidade de suas palavras adoçadas com muito sentimento.

Tocar o  livro é como estar mais perto, é como começar a desvendar o poeta em suas incursões da alma.

Muito obrigada por esse presente. Minha semana estará mais poética e inspirada, sem dúvida.

Abraço,”

Um abraço a você Papa Berto e a todos que têm me acolhido com essa mesma alegria e bom humor.

JORGE FIGUEIREDO – JOÃO PESSOA-PB

Poesia Matuta

Fui “turistar” no deserto,
No deserto do Saara
Tive uma alegria grande,
Mas quebrei a minha cara
Peguei o camêlo “véi”
E me “amuntei” na “cacunda”
Quando terminou o “passei”,
Perdi o couro da bunda.

MACIEL MELO – RECIFE-PE

Amigos!

Vejam   participação no Encontro com Fátima Bernardes, na TV Globo, de   Gereba Barreto e Maciel Melo mostrando o CD “Luas do Gonzaga”

Com a foto do CD de Gereba e Luiz Gonzaga quando  inauguraram,  em 1983, em Monte Santo,  o CORETO DO GEREBA, que hoje por falta de sensibilidade dos prefeitos que vieram depois, chamam de CONCHA ACUSTICA MONTE SANTO.

Lá na TV Globo também fizeram uma homenagem ao  Dominguinhos que há pouco nos deixou.

R. Meu caro Bispo, só mesmo um malassombrado fubânico do teu tope pra botar uma letra da porra feito esta na música composta por Luiz Gonzaga, o Rei do Baião.

Um poema belíssimo e comovente!

Quem quiser ouvir e comprovar o que estou dizendo, veja o vídeo a seguir com a participação de Maciel Melo no programa de Fátima Bernardes, sexta-feira passada:

BERNARDO – MACEIÓ-AL

Mestre Papa,

veja o lugar que essa linda moreninha escolheu para tirar uma soneca.

Só no BF mesmo se vê uma coisa assim.

Com a palavra, os especialistas em robes estranhos.

Com os respeitos do Cardeal.

mulher dormindo no pau

R. Meu ilustre Cardeal, você tá coberto de razão.

Mulher dormindo no pau a gente só encontra aqui mesmo, no JBF.

Vôte!

JESUS DE RITA DE MIÚDO – ACARY DO SERIDÓ-RN

Meu Papa, a sua bênção!

Pois você repare que dessa vez me enviaram essa corujinha – boa a danadinha – ave símbolo da sabedoria.

Veio da parte de um velho e sexagenário amigo que, comendo apenas com os olhos, ainda me perguntou por e-mail: “Cristo Miúdo, essa coruja merece ou não toda a nossa atenção?”  Respondi-lhe que na idade dele – eu quase chegando lá – a “sabedoria” está sempre mais evidente que o físico cansado. Logo, se enxerga mais a coruja.

A foto segue em anexo, o mote e as duas glosas copiadas abaixo, são um reflexo da fala daquele amigo.

Coruja tatuada

Mote:

A CORUJA TATUADA
ME SERVE DE INSPIRAÇÃO

Na foto observada
Prendendo esse meu olhar
Eu quero é admirar
A CORUJA TATUADA.
A meia toda esticada
Também ganha atenção
De fibra ou algodão?
Estará limpa ou suja?
Só sei que com a coruja
ME SERVE DE INSPIRAÇÃO.

Minha vista não cansada
De olhar não se arrepende
Pois nesse quadro me prende
A CORUJA TATUADA
Na pele branca, rosada
Por trás do belo coxão
“A ave” com seu “oião”
Símbolo de sabedoria
Me tira da letargia
ME SERVE DE INSPIRAÇÃO.

EVA MARIA – BRASÍLIA-DF

Prezado Luiz Berto,

Meu nome é Eva Maria Botar, atualmente professora de Ciências na rede pública do DF e, graduanda (tardia!) em Artes Plásticas na UnB. (Anexei a imagem da minha primeira exposição de xilogravuras, que venho gostando muito de trabalhar, e que aconteceu no mes passado aqui em Brasilia).

convite ZOO

Cheguei até o seu blog na procura no google por “falecimento de dono de hotel Núcleo Bandeirante Brasilia” e deparei com o seu delicioso artigo sobre o Hotel Barbosa. A referência me fez seguir até o seu irreverente site, que deu vontade de conhecer melhor seu trabalho: sem dúvida, vou querer ler seus livros, em especial o que dá nome ao seu jornal.

O que me causou surpresa é que cheguei à sua página na procura do referido assunto acima, ao tentar buscar mais elementos para poder construir alguma forma de compreensão e de possível ajuda à uma pessoa que possivelmente é conteranea sua, se não de cidade, mas de estado.

Esta pessoa, um senhor, encontra-se, apesar de estar desenvolvendo atividade laboral, em uma situação de extrema vulnerabilidade em termos de moradia. Eu não sei muito ainda sobre ele, e acho importante isso, mas sua situação me sensibilizou muito. Segundo ele conta, depois que o proprietário do hotel, seu amigo de longa data,, onde ele encontrava morada, enquanto aguardava sair a sua aposentadoria, que lhe possibilitará uma renda maior e pagar um aluguel, faleceu há cerca de tres meses ele precisou deixar o local, devido à mudança de dono. Parece que ele não possui parentes aqui no DF, apenas ex-mulher de quem se separou há tempo, no seu estado, Pernambuco.

Amanhã devo encontra-lo no seu local de trabalho, um clube para o qual ele vende títulos – ele foi muito gentil e mostrou ter ótimo tino para vendas! Me ofereceu um convite para conhecer as instalações etc. imagino que na esperança de fazer negócio.

Também conversei com funcionário do clube que me confirmou seu trabalho e que se tratava de uma pessoa muito correta na condução das suas atividades com o clube, e que já desenvolve há mais de dois anos. Penso em perguntar se ele não deseja ajuda para talvez agilizar sua aposentadoria, pois conheço pessoas que se propuseram auxiliá-lo nisso. Mas também tive a impressão que ele necessita de um lugar para poder se abrigar por uns tempos, de forma mais segura e confortável. Por exemplo, me sugeriram que uma solução pode ser conseguir-lhe um contrato de comodato para moradia. Bem, acho que é tudo isso. Desculpe o texto extenso…

Reitero que amei ter conhecido seu site e que deu muita vontade de compartilhar isso tudo com o Sr.

Vou deixar meu telefone, caso ache interessante para algum retorno, por exemplo, por esse meio;

Cordialmente

R. Pra quem é esculachado e avacalhado com todo tipo de xingamento que existe neste mundo, ser chamado de “senhor” é uma satisfação arretada!

Querida leitora, tenha certeza que é sempre uma grande alegria receber novos apreciadores aqui na comunidade fubânica. Um bando que cresce mais e mais a cada dia que passa.

Quanto ao que você chama de “delicioso artigo” sobre o Hotel Barbosa quero informar que o texto não é de minha autoria. Eu sou apenas o Editor deste blogue e coordeno um time de colunista de primeira linha, cada um mais malassombrado que o outro.

Esta crônica a que você se refere foi publicada n’A Coluna de Raimundo Floriano, em novembro de 2011.

Quanto à sua tentativa de ajudar esta pessoa carente aí em Brasília, pode contar com este espaço à vontade e com todos os prestimosos leitores do JBF. É só você dizer o que precisa e mandar aqui pra gente. Fique certa que nossa comunidade fará tudo que estiver ao seu alcance pra colaborar nesse seu meritório trabalho.

Gratíssimo pelo contato e pela força. Tenha uma excelente semana!

DON PABLITO – FORTALEZA-CE

Papa Berto

As informações sobre a formação de Cartel para execução e manutenção do Metro em São Paulo e o envolvimento de tucanos de alta plumagem na maracutaia, despertou enorme interesse na sociedade para saber o que é um Cartel.

Abaixo vemos algumas senhorinhas curiosas tentando achar o tal de Cartel por sob a terra:

a

R. Quatro lindos e morenos pés-de-rabo virados em direção ao sol… Ai, ai…

Veja bem: pra saber o que é um “cartel”, assim como pra descobrir guabirutagem e roubalheira de tucanos, eu desconfio que o ideal não procurar debaixo da areia.

O melhor seria procurar por debaixo dos panos…

BIRA DELGADO – JOÃO PESSOA-PB

Meu Magnifico Papa Berto I e único.

Hoje, 05 de agosto, quero dar os Parabéns à cidade linda chamada João Pessoa…

nos seus 428 anos, aprendemos a amar, gostar, curtir, sonhar, querer um bem tão grande a esta cidade e seu povo maravilhoso, apesar de alguns políticos…

o momento eh para reflexões e amor a João Pessoa, nos consideramos pessoense de amor e paixão e com muito orgulho, que Deus ilumine sempre este povo, ordeiro, trabalhador, acolhedor e que me fez de Cidadão Paraibano…

muito obrigado a todos que aqui nasceram e chegaram por adoção, Parabéns, Parabéns, Parabéns, viva João Pessoa, ame João Pessoa, seja sempre João Pessoa!!!!

Deu no Blog do Malassombrado, Vavá da Luz: (clique aqui pra ler)

Do seu servo e Bispo.

R. Meu caro Bispo, é um privilégio morar nessa acolhedora João Pessoa, um dos mais belo recantos de mundo da Nação Nordestina.

Parabéns pra ela!

E parabéns pra você pelo sucesso que tem feito!

Praia de Tambaú – saiba mais sobre João Pessoa clicando aqui

FRED MONTEIRO – RECIFE-PE

Glorioso e dominical Papão:

Inspirado em charge publicada ainda agora, rascunhei essas maltraçadas décimas para iniciar, quem sabe, mais uma das boas pelejas com as feras do cordel fubânico, que andam meio desaparecidas.

AUTO_brum

O mote é :

“Pois Lula é rato escondido
com as orelhas de fora”

E lá vão as minhas duas primeiras glosas:

Disse Dilma certa vez
que Lula nunca saiu
fez que via, mas não viu…
Nessa grande insensatez
foi perdendo a lucidez
e não viu chegar a hora
de pedir pra ir embora
de governo tão falido
“pois Lula é rato escondido
com as orelhas de fora”

 Foi tanta bala perdida
num tiroteio infernal
que o povo em alto astral
nas ruas não deu guarida
a essa tropa nascida
numa caixa de Pandora
que quer meter a espora
num país tão agredido
“pois Lula é rato escondido
com as orelhas de fora”

CARDEAL BERNARDO – MACEIÓ-AL

Mestre Papa,

veja como a onda de protestos está ficando cada vez mais animada.

Do jeito que a coisa vai, vou abraçar a profissão de protestante contra ou a favor, independente da causa.

Comos respeitos do Cardeal

R. Esse negócio de botar o priquito ao vento em público é o tipo de protesto que conta com meu apoio irrestrito.

Atenção moças de 20, 19 e 18 anos que queiram ficar peladas e com a tabaca à mostra: venham protestar aqui embaixo da minha varanda que eu dou todo apoio e ainda forneço lanche e ventilador pra assoprar os pentelhos da bacurinha.

* * * 

Mulher aparece nua em manifesto em São Paulo  

PRIQUITO

Em São Paulo, na semana passada, uma jovem aparentando uns 20 anos apareceu nua no meio de manifestantes. O fato chamou muito a atenção de fotógrafos e participantes da passeata.

Para não se identificar a moça usou da bandeira nacional para cobrir o rosto. Ela chegou junto à multidão com a bandeira nacional enrolada ao corpo.

De repente num ato de surpresa a jovem retirou a “vestimenta” e enrolou à cabeça e mostrou a bela plástica a todos os presentes. Até o momento não se sabe o nome e ninguém obteve maiores detalhes da bela da Paulista.


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa