RAIMUNDO FLORIANO – BRASÍLIA-DF

MANGA BUCETA

A propósito da carta do leitor Hélio Fontes, publicada hoje no JBF, lembrei-me que, em janeiro de 1981, eu e meu primo João Ribeiro, em viagem de Carolina para Araguaína, tivemos de parar na sede duma fazenda, devido a problemas no carro que nos transportava.

Lá, fomos apresentados às bucetas, as quais não conhecíamos, sendo que meu primo chupou várias delas e até trouxe um caroço para plantar em sua chácara.

A seguir, uma penca de bucetas:

mb

HÉLIO FONTES – VIDEIRA-SC

Seu Editor,

A gente pensa que já viu tudo e a cada dia se surpreende com as novidades que a vida nos oferece. Uma das frutas mais saborosas, para mim, é a manga.

Imagine o quão deliciosa não deve ser a espécie que é mostrada no vídeo anexo.

Não me contive, preciso compartilhar com comunidade fubânica, se o senhor não for contra.

Saudações fubânicas.

R. Esse tipo de manga eu chupo desde minino, quando andava trepando debaixo dos pés de pau lá em Palmares…

NÉLIO SANTANA – SANTA MARIA-RS

O STF conseguiu fixar com a decisão de ontem, na cabeça dos brasileiros ordeiros, a imagem de uma corte onde só os mais despreparados e parciais têm assento, onde o “jeitinho brasileiro” é a norma e onde o futuro da Nação é decidido sob valores venais.

Luis Ináfio, Dilma “meu nome é mentira” ou “sem noção” Rousseff et caterva podem ter escapado das mãos manietadas da Justiça por togados que exalam cheiro de enxofre, mas ante a Nação humilhada eles serão sempre ladrões e não há conchavos espúrios que lhes devolva a dignidade a qual nunca fizeram jus.

Decisões como estas nos fazem lembrar o vaticínio de Joaquim Barbosa, quando afirmou que a inversão da lógica do julgamento do Mensalão era só o começo e reavaliarmos que alguns embates acalorados que o mesmo teve não era só uma questão comportamental, mas tinham (e tem, como vimos hoje) um fundo de verdade.

Finalmente lamento pelos juízes que hoje, de um modo absolutamente torto, eu diria até mesmo jobiniano, entraram para a história. Pela porta dos fundos.

A Nação jamais irá esquecê-los.

* * *
Para quê tornozeleira eletrônica? Para demonstrar o rigor do STF? O Brasil que presta viu e não gostou. Ademais, ele não precisa ir ao encontro da Máfia. Basta que a Máfia venha até ele…

ADAIL AUGUSTO AGOSTINI – ALEGRETE-RS

Sr. Editor:

Para atualizar os últimos diz-que-me-diz-ques, fuxicos, futricos e fofocas das páginas sociais do JBF, eis que se revela uma nova dupla (romântica) – no ambiente severo, em seus costumes, da Rede Globo: Pedro Bial e Glavão Bueno, aos beijos – conforme foto abaixo:

CasalPedroBial+GalvãoBieno

E na mesma foto também dá para observar o infeliz rejeitado, à beira de um ataque de nervos e prantos, pois queria que fosse um trio, mas a censura interna da dita emissora ainda não permite isso, pelo menos em público e em suas novelas.

Porém, na “marcha acelerada da carruagem global”, quem viver verá isso possível – na próxima novela ou nos próximos capítulos das atuais, quando então as atividades sexuais, copiadas das puritanas Sodoma e Gomorra – serão relegadas aos seus rígidos horários de programações destinadas, exclusivamente, à formação e informação do seu público infantil.

Abraços.

FRED MONTEIRO – RECIFE-PE

Berto:

Estou tão enrolado com o tempo e mil problemas que somente hoje notei não haver desde janeiro mandado material pro JBF.

E para não perder meu emprego cronístico/cordelístico nesta prestigiada gazeta, mando uma contribuição às homenagens do dia do trabalho, sugerindo aos caros confrades e confreiras que enviem também seu vídeo batendo panelas para a página presidencial (ou outras que tais) quando a Dama do Papeiro de Aço inventar de botar a cara no facebook, nas “Tuíta” da vida e nos “brogs bregas” dos babaovos dela no próximo dia primeiro de maio.

Vamos bater nossas panelas virtuais pra ela e pra seu covarde criador!

JULIO MENDES – ITAPOÁ-SC

bom dia

faz uns três anos que sou um leitor do jornal besta fubana;

nasci no estado de Paraná e formado em educação física, hoje estou morando em Itapoá SC mas não perdi minhas raízes do Pr família,

bom o governo quebrou o estado e hoje passa por cima dos professores

1) professores prometem grande ato e esperam movimento pacífico

2) Assista ao momento em que policiais e servidores entram em confronto em Curitiba

não tem sido divulgado na mídia nacional ….

bom mas uma cidade vizinha (Garuva ) a Itapoá penso que tem uma luz no final do túnel –

3) Prefeitura sanciona Lei Nº 1877 que disciplina as nomeações para cargos em comissão e funções gratificadas

 R. Pronto, caro leitor, está dado seu recado.

Você reclama que os fatos que são motivos da sua mensagem não tem sido divulgados “na mídia nacional”.

Agora, que foram publicados no JBF, foram divulgados na mídia escrotal.

Disponha sempre.

PEDRO MALTA – RIO DE JANEIRO-RJ

Berto,

Na Holanda, os gestores do Rijksmuseum tiveram uma excelente ideia:

Levar o museu às pessoas, esperando que depois elas se dirijam ao museu.

Escolheram o quadro de Rembrandt, intitulado “A patrulha da noite“, como mote.

No vídeo abaixo, os incontáveis leitores dessa gazeta da bixiga lixa podem ver o resultado do espetáculo/montagem, exibido num centro comercial:

JOÃO VEIGA – RECIFE-PE

Berto,

Semana passada fui no restaurante Buraco da Gia, na cidade de Goiana.

A garçonete me perguntou: – Qual a cerveja que o senhor quer? Tem Devassa, Bramha e Itaipava.

Eu respondi falando alto: – Só não me dê essa Itaipava; uma empresa que chama Lula para ensinar aos seus funcionários ética e uma visão do mundo, eu não respeito e não quero nem ver o seu produto.

Na mesma hora, duas mesas que estavam juntas a minha disseram: “Suspenda essa cerveja agora…”

A garçonete disse pra mim e baixinho: “Doutor, eu também acho esse Lula muito pilantrinha pra meu gosto”.

Só pra lembrar: eu estava de motorista e por isso bebi.

Buraco da Giia

O tradicional e folclórico Restaurante Buraco da Gia, cujo proprietário é Luiz Moraes, o popular Seu Lula, em Goiana, Pernambuco

R. De fato, Lapa de Demagogo esteve aqui em Pernambuco pra inaugurar uma fábrica de cerveja. Foi no dia 17 deste mês corrente de abril, uma sexta-feira, Dia Nacional da Cerveja.

Assim que lí a notícia na imprensa local, imediatamente decretei que aqui em casa não entraria nunca mais esta merda dessa tal cerveja Itaipava. Nunca, nunca, nunca mais!!!

Aliás, seria interessante que todos os cervejistas do Brasil tomassem a mesma atitude. Claro que estou falando dos cervejeiros que pertencem à banda decente deztepaiz.

Meu amigo Veiga, aproveitando sua presença por aqui, você que é meu médico predileto, vou transcrever uma nota que o jornalista Augusto Nunes publicou hoje. Uma nota que trata exatamente sobre a presença de Lapa de Cabra-Safado na inauguração da fábrica da péssima cerveja Itaipava. Tá lá no final desta postagem. (Leia a íntegra e mais os comentários clicando aqui)

E vamos ver se a gente toma uma cerveja neste próximo final de semana (que não seja Itaipava, claro…).

Um grande abraço, seu cabra doido!

* * *

Contratado por R$ 300 mil pelo Grupo Petrópolis, Lula saiu da toca e baixou em Itapissuna neste 17 de abril para o que o patrocinador batizou de “palestra motivacional para força de vendas da Cerveja Itaipava”.

O palanque ambulante improvisou outro comício de uma hora, embolsou a bolada, decolou de volta para São Paulo e dispensou-se de registrar no site do Instituto Lula a incursão por Pernambuco.

Fez muito bem, comprova o vídeo que documenta o fiasco do palestrante de araque. Abafada pela barulheira dos presentes à boca-livre, que conversam, reabastecem o copo ou circulam pelo espaço despovoado, a voz do orador nem chega aos ouvidos dos gatos pingados dispostos a encarar o falatório. Por falta da indispensável plateia amestrada, Lula falou para ninguém.

A Itaipava perdeu mais que o dinheiro do cachê: as baixas anunciadas pela internet avisam que também perdeu boa parte da freguesia.

Lula passou a vida vendendo vento e fumaça. Hoje, quem diria, não consegue sequer vender cerveja.

MARCOS MAIRTON – FORTALEZA-CE

Prezado Berto,

sábado passado, 25 de abril, faleceu, aos 69 anos, o escritor e artista plástico Audifax Rios.

Ele estava em sua terra natal, Santana de Acaraú, quando veio a óbito vítima de um infarto.

Audifax foi ilustrador e é autor de vários livros, além do almanaque DE UM TUDO, do qual já falei aqui no JBF.

DEUMTUDO3

Acima de tudo, era uma pessoa muito querida por todos que o conheciam.

Estivemos juntos poucas vezes, mas o suficiente para que eu sentisse o quanto era agradável a sua companhia.

audifax_rios__facebook

SONIA REGINA – SANTOS-SP

A Mulher, O Sexto Sentido e Os Animais

Antigamente, na falta do reconhecimento por parte de alguns, dos muitos predicados da Mulher, era muito comum exaltarem que ela tinha o “Sexto Sentido” muito aguçado.

Eu acredito que tínhamos e ainda temos, além de todos outros atributos concedidos ao ser “Humano”.

Na vida doméstica a dois, é quase sempre a Mulher que observa a Mosca Branca quando seu companheiro, gastou seu tempo e energia de olho no Elefante Branco. O Espertão, nessa hora, até altera o tom de voz quando alertado para pequenos detalhes, principalmente daquele amigo que tem até calo no cotovelo de tanto apoiar em balcão de bar. O mantra é sempre o mesmo: “Isso é neura de sua parte, fruto de sua implicância”.

Ontem, o canário aqui de casa, acredito eu, seja uma ”Senhorita”, começou a se esbater, corri para verificar, procurei algum bichinho, nada. Observei que o jornal utilizado para forrar a bandeja da gaiola, tinha a foto de duas figuras bem conhecidas do cenário nacional brasileiro, que não são do meu gosto. Perguntei ao marido: Será que ela não gostou da foto desses dois arrogantes, mentirosos e aproveitadores? Lá veio a resposta: “que mania de exagerar as coisas!” Insisti, observe que a ave fez suas necessidades só na foto. Não adiantou meus argumentos. Decidi trocar o jornal. Acreditem, a ave sossegou na hora. Incrível a sensibilidade dos animais.

Bem, há controvérsias. Talvez homens tenham o famoso Sexto Sentido e não dêem a devida importância, achando que isso é coisa de Mulher. A ciência por intermédio dos profissionais que terminam em “IA” devem ter algum argumento explicativo. Sei lá!ldd

Para encerrar, vamos testar a percepção dos que perderam seu precioso tempo lendo esse monte de bobagens que fazem parte de nosso cotidiano.

Adivinhem quem era o homem e a mulher da foto? Uma dica: costumam encontrar-se em São Paulo, não para cometer atos indecorosos contra os bons costumes, alegam que é para decidir o rumo de uma “Nação”, na saga de seu projeto de “Poder $$$”.

Vamos aguardar a foto desses dois personagens que, acredito um dia ficarão também engaiolados. Vou ter o prazer de forrar a bandeja da gaiola com essa manchete. Depois eu conto a reação da ave.

OZI DOS PALMARES – SÃO PAULO-SP

Bom dia, Conterrâneo!!

Saúde e paz no coração.

Segue a minha “Açucena“, com a participação especial de Oswaldinho do Acordeon

Trata-se de uma música que fiz em homenagem à personagem “Açucena” da novela “Cordel Encantado” da Rede Globo, e que está no meu CD “No Canto da Boca”

Meu abraço fraterno.

R. Meu ilustre e talentoso conterrâneo dos Palmares, grato pelo envio desta sua bela composição.

Veio dar muita beleza ao nosso domingo.

Abraços e muito sucesso.

PAULO EBOLI – BRASÍLIA-F

FESTA DE ARROMBA

Convidado para a festa dos 35 anos do PT. Curioso como sou, resolvi comparecer. Na chegada, a primeira surpresa: na verdade o PT está fazendo 40 anos, 35 por dentro e 5 por fora. Disse-me o Rui Falcão que isso não é caixa 2, mas sim um programa denominado Regressão Etária Não Contabilizada Bolivariana, adotado há muito por diversas damas do partido, como Dona Marisa Letícia e Marta Suplicy.

O salão estava lindamente decorado com anúncios de escritórios de advocacia e fotos coloridas das melhores prisões do país, vendendo ofertas tentadoras, como celas minimalistas assinadas por Philip Stark e solitárias retrofitadas de frente para o mar.ttr

O serviço estava um pouco prejudicado pela greve dos garçons e o racha entre duas facções do pessoal da cozinha, mas, mesmo assim, o bufê não deixava nada a desejar. Como pièce de resistance, coxinhas deliciosas (provocação?) e quibes com receita exclusiva do Estado Islâmico. Na mesa de doces, maravilhosos comissários de chocolate – na verdade, brigadeiros, mas nome de milico não entre nessa festa.

Num palco improvisado, Lula, bêbado – desculpem-me pela redundância – discursava aos berros pedindo a renúncia do Fernando Henrique e o fim da ditadura.

Dilma, linda, desfilava um modelito capa de liquidificador, que passou a adotar depois que perdeu peso e abandonou o estilo capa de bujão. Já meio alterada pelo consumo abusivo álcool misturado à gasolina, dizia a todos para não se preocuparem com a crise: “gentes, depois da tempestade vem a ambulância!”.

Enquanto isso, Ideli Salvatti não largava o pau de selfie da Erenice Guerra, enorme, por sinal, tirando fotos indiscretas, como o flagrante do Zé Dirceu imitando a boca de cu da Graça Foster.

No auge da farra, um apagão deixou tudo às escuras. Quando a luz voltou, Dilma acusou Aécio pelo incidente e o dinheiro arrecadado com a venda de ingressos sumiu. Não por acaso, Genuíno saiu de fininho, logo depois, com um volume estranho sob o paletó.

E aí chegou o momento solene da festa: a banda de músicos cubanos, do programa Mais Músicos, atacou o Hino Nacional da Venezuela.

Fui embora.

AIRTON BELNUOVO – SÃO BERNARDO DO CAMPO-SP

Caro editor

O Bolsa Família continua fazendo as suas portadoras felizes.

Segundo o governo o Bolsa Família serve para :

caralho de plástico

O Bolsa Família possui três eixos principais:

– a transferência de renda promove o alívio imediato da pobreza

– as condicionalidades reforçam o acesso a direitos sociais básicos nas áreas de educação, saúde e assistência social e

– as ações e programas complementares objetivam o desenvolvimento das famílias, de modo que os beneficiários consigam superar a situação de vulnerabilidade.

O editor saberia me dizer onde a pajaraca de plástico se encaixa (epa!)?

Abraços.

R. “Transferência de renda” eu não sei. Mas, com certeza, vai ter transferência de gala da cabeça do cacete diretamente pro fedegoso da moça.

Danô-se! Vôte!

Eu chega se assustei-me quando olhei este retrato da eleitora de Dilma, bolsista familiar, segurando um caralho de plástico.

Naquele cartão que está na mão da morena dá pra ler a palavra “família“. Eu acho que não deve ser de “Bolsa Família“. Com certeza está escrito “Tamanho Família“, se referindo ao comprimento da pica que ela segura com tanta alegria e com um sorriso nos lábios.

Lapa de estrovenga da porra!

Te dana!

Respondendo à pergunta do leitor: esta bimba se encaixa perfeitamente no furico de todos que votaram pela reeleição da Dama do Priquito de Aço.

E vamos mudar de assunto que eu preciso ir ali tomar um copo d’água.

Vôte!

ÁLVARO SIMÕES – PORTO VELHO-RO

Caro Editor do JBF:

Veja que coisas interessantes escreve o psicólogo Adrian Furnham em seu livro “50 Idéias de Psicologia que Você Precisa Conhecer”.

E o Jornal da Besta Fubana, sempre na vanguarda, precisa saber disso.

“Os psicopatas nunca assumem resposabilidade quando são pegos. Fugir é o primeiro comportamento de um psicopata acossado, ele deixa para trás colegas, família e devedores. A próxima reação é mentir aparentado fraqueza e sinceridade.”idp

“Os psicopatas são basicamente amorais. São capazes de elaborar desculpas e racionalizações, de modo que muitas vezes apresentam uma fachada convincente de competência e maturidade”.

“Apesar de os psicopatas assassinos serem os mais famosos entre aqueles que apresentam transtorno de personalidade antissocial, parte deles vive de golpes, mentiras, trapaças e crimes corporativos. A falta de remorsos e de respeito pelos sentimentos alheios, não necessariamente o homicídio, são características da psicopatia.”

“O psicopata é incapaz de ser leal a qualquer pessoa além de si mesmo. A particularidade é a falta de empatia, palavra usada para descrever uma projeção mental na qual o indivíduo presume o que o outro está sentindo.”

“Quando são interrogados sobre justiça e moralidade, as respostas são convencionais e consideradas corretas, mas não aplicam esse conhecimento em seus atos.”

“São indiferentes a magoar, ferir, maltratar ou roubar os outros ou racionalizam esses comportamentos. Pode parecer que classificá-los de antissociais não passa de um grande e sério eufemismo.”

“No trabalho eles podem ser considerados produtivos e bem sucedidos: a explicação para o sucesso estaria na tendência de adotar qualquer estratégia para vencer, como descobrir os benefícios das pessoas, explorá-las e descartá-las sem consideração por qualquer promessa.

“Em Ponerologia – Psicopatas no Poder, o psiquiatra polonês Andrew Lobaczewski (1921-2007) apresenta uma pesquisa sobre a atuação dos psicopatas na política. A análise de Lobaczewski nos faz pensar que nenhum serial killer foi capaz de provocar tantos danos à sociedade quantos aqueles que podem governar uma nação.”

“Eles se comportam como se as regras e os comportamentos sociais não se aplicassem a eles. Não têm respeito a autoridades e instituições, família e tradições.”

Não sei não mas, salvo melhor juízo dessa Douta Editoria, acho que o fundador de um certo partido político, que tem como símbolo uma estrela vermelha, foi analisado por esse psicólogo.

Um grande abraço.

R. A sutileza dos leitores fubânicos é uma coisa digna de nota e que me deixa completamente abilolado.

Vocês estão sempre me surpreendendo.

Meu caro, por acaso você estaria se referindo à estrela que aparece na foto abaixo, emoldurando um olhar psicopático vermêio-istrelado-petralhal?

LulaEstrela

Comprovando a teoria do doutor polonês, ao observarmos a cara que abriga este olhar patológico, facilmente podemos que concluir que nenhum matador em série do mundo jamais provocou tantos danos e malefícios à sociedade e ao país do que este cabra no gunverno da nação banânica.

Vou terminar repetindo uma frase do livro citado aí em cima.

Uma frase que é o retrato cagado e cuspido do comportamento psicopático deste cabra safado na foto acima, nestes tempos tenebrosos de Mensalão e Petrolão:

“O psicopata é incapaz de ser leal a qualquer pessoa além de si mesmo”

MARCOS TONIZZA – SÃO PAULO-SP

Prezado Editor

Acabo de ler um manifesto do PT, fruto do Quinto congresso do partido em Salvador ocorrido há uns 15 dias, denominado “Um partido para tempos de guerra”. É de dar nojo, raiva e em alguns momentos, eu até daria risada se isso não fosse tão cretino e lunático.

Destaco a forma como eles utilizam a palavra “democracia” sempre que a estratégia é exatamente oposta. Por exemplo: Um dos instrumentos que eles pretendem é controlar a mídia, em outras palavras, estabelecer uma censura e utilizá-la apenas para benefício próprio do partido. A isso eles chamam de “democratização da mídia”.

Sabe como é né? Fica chato eles falarem: Vamos controlar a mídia para falarmos o que quisermos em favor do partido e meter uma censura na oposição. Aí eles usam um eufemismo e aplicam a palavra democracia, igual podemos ver nos discursos antigos de Fidel Castro.

Além disso, não falta a tradicional apelação para jogar pobres contra ricos, empregados contra patrões, nordestinos contra sulistas, negros contra brancos e tudo que eles puderem fazer para dividir a nação.

Abaixo dou um pequeno flash das porcarias que eles escreveram neste documento nojento.

O começo é uma seção de autoelogio mentiroso para agradar militante otário, que, mesmo sem entender nada e sem saber avaliar os fatos, vai achar maravilhoso:

“Tivemos êxito em ampliar o bem-estar social por intermédio da geração de empregos e aumento da massa salarial e do poder aquisitivo da população, bem como da adoção exitosa de programas de moradia, saúde e outros – e a soberania nacional, também através de uma política externa “altiva e soberana”. Fortalecemos o Estado, na contramão do Estado Mínimo neoliberal. Ampliamos certos direitos e conquistas democráticas.”

Em alguns momentos vemos frases como:

“Dividir e neutralizar a burguesia, isolando e derrotando o grande capital transnacional-financeiro. Isso implica abandonar a conciliação de classe com nossos inimigos”.

“Que os ricos paguem a conta do ajuste “

“Violência policial-militar contra a juventude pobre e negra das periferias das grandes cidades e contra os movimentos sociais, em especial nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia. Não se trata de desvio nem de novidade, pois tem sido esta a prática das PMs desde a Ditadura Militar. Mas sinaliza uma ação organizada de setores da direita que apostam no extermínio e no fascismo.

“A mobilização de massas do dia 15 de março. Não se trata de descontentamento “republicano e pacífico”, nem da defesa “legítima” do impeachment. A mobilização da direita visa criminalizar não só o PT e o conjunto dos partidos de esquerda, mas também a classe trabalhadora nas suas mais diversas expressões, organizações e movimentos: os sem terras, os sem tetos, os sindicatos combativos, os grupos e entidades populares etc. “

“Por isto mesmo, o PT defende tolerância zero com a facção golpista da direita. As articulações golpistas, especialmente as vindas de militares da ativa ou da reserva e de meios de comunicação, devem ser tratadas como determina a Constituição e a legislação nacional”.

E não faltou delírio lunático, digno de um jumento tentando dar aula de economia como vemos nas frases abaixo:

“Trata-se de reverter o quadro de desindustrialização e desnacionalização, construindo uma forte cadeia de empresas estatais e públicas nos setores econômicos estratégicos, para induzir o crescimento a partir de uma perspectiva de desenvolvimento democrático e popular.”

“Criação de empresas estatais que induzam os setores privados, principalmente médios e pequenos, a produzir ciência, tecnologia e inovação, adensar as cadeias produtivas nacionais e realizar um crescimento ampliado da produção industrial e agrícola.”

Sabe como é, a gente cria uma estatal, enche de cumpanheiro, fica com toda a grana e coloca as pequenas e médias empresas para trabalhar.

O fato é que eles estão desesperados e meu desespero é ver que, diante da possibilidade de aproveitarmos a oportunidade de acabarmos com esses bandidos, nossa oposição é fraca, covarde, omissa e quase toda vendida ou com rabo preso.

NÉLIO SANTANA – SANTA MARIA-RS

Graças à operação Lava-Jato, o país tem a oportunidade de ver em verdadeira grandeza a real dimensão de pessoas e instituições que, em outra situação, seriam endeusadas.

Luiza Trajano, Jorge Gerdau, parte substancial da imprensa, as grandes empreiteiras, dentre outras instituições e pessoas, se alinharam gostosamente ao maquiavélico plano de saque selvagem e de pirataria impiedosa gestado pelo PT.

O PT conseguiu inverter, aos olhos da Nação, o ônus da prova. Em Direito afirma-se que cabe ao acusador o ônus da prova e, também por isto, todo cidadão é inocente até que se prove o contrário.

Mas, para a Nação cabe um porém, demonstrado por fatos: o petista. Esta noção se enraizou de tal forma que veremos suas consequências nas próximas eleições.

Mas não foi só sobre isso que eu queria lhe falar, mas sim a maneira desavergonhada que F(T)HC e outros do PSDB defendem Dilma & PT. A ponto de darem total razão à Olavo de Carvalho, que denunciou o encontro deste com a cúpula do Foro de São Paulo e o Diálogo Interamericano (think thank dos Democratas) na década de 90, e também a estratégia da tesoura stalinista, onde a esquerda moderada torna-se o único contraponto à esquerda raivosa, mantendo o debate na esquerda (tipo god cop x bad cop).

Quanto mais F(T)HC se distancia do seu mandato presidencial, mais ele se encarrega de, com denodo inaudito, provar aos incrédulos que não foram seus valores que o impeliram a fazer as coisas certas. Foi a necessidade. Seus valores o impeliram a fazer as coisas erradas.

F(T)HC, Serra, Alkmin et caterva. Não se pode dizer que eles não são perseverantes. Perseguem com rara competência a irrelevância política.

E pensar que a Lava-Jato iniciou investigando um esquema de lavagem de dinheiro envolvendo postos de combustíveis. Daí seu nome.

Até que foram longe…

NOGUEIRA NETTO – BELO JARDIM-PE

Estou realizando uma pesquisa sobre Literatura de Cordel e gostaria de saber se alguém tem a obra: “Cantadores e poetas populares” de Francisco Chagas Batista, lançada em 1929 e com edições posteriores.

Caso alguém o tenha, eu ficarei agradecido se entrarem em contato: nogueiraviola@hotmail.com

.

FERNANDO PORTELA – SÃO PAULO-SP

Meu Editor,

Olha que coisa fantástica!

Tentei descobrir local exato e dia, mas não deu.

O lôro dus zóio azu é incrível!

Bração.

R. Pois eu descobri onde aconteceu este fato mostrado no vídeo que você nos mandou.

Isto aconteceu nos Zistados Zunidos. Deve ter sido em Nova Iorque, Chicago ou Los Angeles.

Basta você olhar bem pra esse branquelo careca, de óculos e vestindo uma camisa verde, que aparece discursando.

É o típico coxinha alourado e reacionário.

SONIA REGINA – SANTOS-SP

Bom dia Sr. Luiz

Achei excelente o artigo postado no blog de Augusto Nunes, escrito por Branca Nunes (clique aqui para ler). Mostra a forma de eleição para um deputado federal, hoje líder do partido do governo.

Também traz os gastos do poder legislativo. Já não é mais um tapa na cara dos brasileiros, é um murro com soco inglês.

O presidente que assumiu em 2003, esbravejou várias vezes que: “ler cansa muito”. Na verdade, sua intenção sempre foi a continuidade da desinformação.

Essa é a atitude dos lideres ignorantes e aproveitadores, esmagar seus liderados pelo desconhecimento, enganando-os com suas mentiras.

Um abraço.

ARAEL M. DA COSTA – JOÃO PESSOA-PB

Caro Editor:

Tomo a liberdade de passar a suas mãos o artigo em anexo, escrito pela jornalista paulista (hoje aposentada da Tv Gazeta e colabora de várias publicações de S. Paulo, escritora, teatróloga e outros senões…) Regina Helena de Paiva Ramos.

É para seu conhecimento e, se considerado pertinente, para difusão na gazeta escrôta que você dirige, sómente para falar mal deste nosso ínclito gunvêrno.

* * *
O DEBOCHE DO BUCCI – Regina Helena de Paiva Ramos

O jornalista Eugenio Bucci escreveu artigo no Estadão de hoje (16-04-2015) em que diz não gostar do amarelo. Em 1984, por ocasião das “Diretas Já”, desconfiou que “vestir-se de amarelo era coisa de play boy”. E agora “que o amarelo está de volta às ruas”, retorna à desconfiança antiga (coitado do amarelo!) À implicância com a cor soma-se, para ele, o aborrecimento com a “causa”: pixa os que foram à av. Paulista afirmando que o “esvaziamento” de uma passeata à outra deve-se à inflexibilidade dos manifestantes que usam o “Fora Dilma” como dogma, quem está apenas descontente com o governo é “desconvidado” para a passeata. Como se a avenida Paulista tivesse porteiras…

Se ficasse apenas nisso, tudo bem. É uma opinião. Não gosta do amarelo, não gosta da causa, acha isso e mais aquilo. Mas não. Eugenio Bucci parte para a agressão. Chama as passeatas de “passeios dominicais que não vão dar conta de mudar o país”. Fala em “teimosia furiosa em transformar a cadeira da presidente em assento ejetável”, desenha a manifestação como “um congraçamento com a Tropa de Choque” e diz que devemos “parar de cuspir nos políticos”. Finaliza insinuando que os manifestantes são play boys e que “democracia não se faz na base da birra infantil”.

Não entendi todo esse ressentimento. Principalmente vinda de um colega de imprensa que sempre tive na conta de sensato.

Então somos play boys? Quem vai a manifestações contra o governo é play boy? Fomos lá confraternizar com a tropa de Choque? Não entendemos nada de política e queremos apenas ejetar a presidente? Estamos fazendo birra infantil?

Olhe, moço: fomos expressar nossa opinião! Tá bom assim? Nossa opinião é que esse é um governo pífio, corrupto, escancaradamente incompetente, cheio de apadrinhados, com centenas e centenas de play boys – eles sim! – os filhos de políticos profissionais com fortunas incompatíveis com os seus ganhos, com esquerdopatas que adoram caviar e Romané Conti, gente que só fala em milhões e bilhões enquanto o povo sofre sem esgoto, sem educação, sem habitação, sem água, sem energia elétrica, com enchentes a três por dois, mas tendo comprado tevês e micro-ondas e, de quebra, podendo admirar as instigantes faixas vermelhas das ciclovias…

Quem foi nas passeatas foi protestar contra isso tudo! Contra a inflação voltando, ao mesmo tempo que se vê políticos do PT sendo presos todos os dias. Quem foi às passeatas foi protestar contra uma presidente tosca, inoperante, com um ego monstruoso e que não consegue falar português se não tiver algo para ler! Fomos protestar contra o desmonte da Petrobrás, que já foi a maior empresa da América Latina e talvez do mundo. Fomos gritar que queremos que se abram as diversas caixas pretas que ainda não foram abertas. Fomos dizer que basta, chega, já aturamos muito!

Protestar, gritar, expressar opinião nas ruas, faz bem à alma e ao corpo – na multidão nos energizamos uns aos outros! – e não será por causa de um artigo infeliz, num dos principais jornais do país que vamos deixar de ir às ruas.

Tenho 84 anos e nenhum deboche vai me tirar a vontade de ir às ruas protestar e gritar. Fui, sempre. Vou. E continuarei a ir. Minha cidadania é o bem mais precioso que tenho!

SÉRGIO MARCHIÓ – MINEIROS-GO

Bom dia,

Fui criado achando que igreja era só uma. Mas hoje sou cristão ou fubanista da sua.

Sem predicados para um cargo sequer de diácono, gostaria de fazer saber que pertenço com muito orgulho a esta vertente de fé.

Portanto sugiro que, para você apurar uns cobres ou pelo menos para aumentar o número de fiéis, a exemplo do Lions Clube do qual faço parte que usa um distintivo, você mande fazer um adesivo para meter no carro que só um pertencente da seita saiba o que é ao estilo do nome do Prince um JBF estilizado.

Terei grande prazer em dar uma buzinadinha para outro fiel quando passar por ele na rua.

Abraço.

R. Minino, é cada uma da porra que vocês inventam e mandam pra cá.

Fazer um adesivo do JBF pra botar no parabrisa do carro.

Era só mesmo o que faltava! E ficar dando buzinadinhas quando cruzar um fubânico com outro.

Vôte!

Vou apresentar uma proposta ao departamento de publicidade da Petrobras, pra ver se eles topam financiar este projeto. Aliás, vou enviar cópias da mesma proposta pra Caixa, pro Banco do Brasil, pra Infraero e pro Ministério dos Transportes, pois todos estes órgãos estão infestados de guabirus famintos.

Além da propina a ser paga aos corruptos pela gráfica que vai fazer os adesivos, ainda teria a vantagem de se fazer a distribuição gratuitamente pros nossos leitores. Todo mundo sairia ganhando.

O adesivo seria mais ou menos como na ilustração abaixo:

adesivo

Agora, mudando de assunto, eu queria dizer o seguinte: na sua mensagem fica claro que você mistura a Igreja Católica Apostólica Sertaneja com o Jornal da Besta Fubana.

Este é um assunto pelo qual me dou por vencido e sobre o qual já escrevi dezenas de explicações. Mas sempre sem sucesso.

E desisti da luta. Está acima das minhas forças e da minha capacidade explicatória.

Já tentei explicar, inúmeras vezes, que a Igreja Católica Apostólica Sertaneja e o Jornal da Besta Fubana são instituições distintas. Uma nada tem a ver com a outra. Salvo, evidentemente, o fato de ser eu o dirigente das duas entidades. Isto além do fato de que a Igreja dispõe de uma coluna no JBF. Única e exclusivamente pra publicar nomeações e promoções no seu clero. Só pra isto e nada mais que isto.

O Editor do JBF nada tem a ver com o Papa da ICAS. Absolutamente nada.

O Editor do JBF é oposicionista, se mete em pulítica, esculhamba otoridades e mete o pau no PT.

Já o Papa da Igreja Sertaneja, não fala de pulítica ou de ideologia e cuida apenas do seu clero e das asneiras relativas às celebrações litúrgicas.

Quando você ler alguma postagem aqui no JBF, sobretudo nas seções A Palavra do Editor e Deu no Jornal, onde eu esculhambo otoridades, ministros, parlamentares, prisidentes, partidos e petralhas, quem tá falando é o Editor. E não o Papa.

Na Igreja Sertaneja existem sacerdotes de todas as tendências pulíticas, da esquerda e da direita, a favor do gunverno e contra o gunverno, petistas e anti-petistas. E todos convivem em perfeita harmonia, pois na Igreja não se fala sobre estes assuntos.

Dois exemplos: o Cardeal Goiano Braga Horta, na vida profana, é radical da esquerda, militante petista e eleitor fanático de Lula. Já o Cardeal Ronald, na vida profana, é radical da direita, reaça, anti petista, detesta Dilma e esculhamba Lula.

E, aqui nesta gazeta escrota, na condição de leitores, comentaristas e colaboradores, aí eles podem arengar e trocar tapas à vontade. No jornal o pau quebra mesmo. E sem que nenhum dos dois use o título de “Cardeal”.

Quando meus sacerdotes se reúnem aqui no Palácio Pontifício, os assuntos tratados são sobre a marca da cachaça, se a cerveja está bem gelada e se o tira-gosto tá no ponto. Também especulamos sobre quem é o corno mais novo na praça, quem perdeu ou aumentou a barriga e qual a melhor música do mês. Isto porque a Igreja Sertaneja só cuida de inutilidades, mundanismo e temas sem qualquer futuro. E foi fundada com a finalidade única e exclusiva de congregar os bebedores de cerveja do mundo todo.

Sei que estas explicações serão inúteis, mais uma vez. E é quase certo que, ainda hoje, apareça algum leitor fazendo comentário numa postagem sobre pulítica e começando assim: “Senhor Papa“, quando deveria começar assim: “Senhor Editor. Pois é o Editor, e não o Papa, que fala mal de gunverno e esculhamba o PT.

Aliás, volto a dizer, este Editor é sempre do contra e da oposição. Qualquer que seja o partido que esteja no puder. Como eu fiz com FHC quando os tucanos estavam no comando.

Bom, pra encerrar esta conserva comprida: nos últimos 30 dias, segundo dados do Google Analytics, 2.344 fubânicos acessaram o JBF a partir de Goiás, que ocupa o 13º lugar entre os estados brasileiros na quantidade de leitores fubânicos. A grande maioria é da capital Goiânia (1.943).

E você é um dos 22 fubânicos que acessaram esta gazeta escrota a partir da bela cidade de Mineiros!

Disponha sempre, seja feliz, tenha muita paz e muita saúde. E, quando o adesivo ficar pronto, eu mando o seu!

MINEIROS

* * *

mineiros cidade vista_

Mineiros, no sudoeste de Goiás, localizada a 420 km da capital Goiânia e com 59.275 habitantes

JOÃO ALDERNEY – RECIFE-PE

Caros amigos,

Hoje, sexta-feira, dia 17, estarei às 16h10 sendo entrevistado na Rádio Transamérica FM 92.7, uma emissora aqui do Recife mas que pode ser escutada pelo computador por fubânicos do mundo todo.

Para acessar, basta clicar na ilustração abaixo:

tsa

Não custa nada dar uma ouvida, OK? Obrigado.

Grande abraço.

ALAMIR LONGO – QUARAÍ-RS

Caríssimo editor Luiz Berto,

Para comemorar a ida de mais um bandido pro xilindró, outra vez tomei a liberdade de enviar-lhes esses versos que acabo de escrever.

Abração e boa noite.

ENTRE CRISTO E BARRABÁS

ecb

O roubo sempre existiu
Mudou somente os padrões
No meio de dois ladrões
Jesus foi crucificado
Mas nunca tinha pensado
Ver tanta corrupção
Caso forem pra prisão
A coisa vai ficar feia
“Porque vai faltar cadeia
Pra botar tanto ladrão!”

Não sei como roubam tanto
Mas ninguém sabe de nada
A Petrobras foi saqueada
Com a maior facilidade
Não fosse a casualidade
De uma ação policial
Da Polícia Federal
Em um simples lava jato
Até hoje o bando de gatos
Estava roubando a estatal.

E tem a conversa fiada
De cabeça de alfinete
Dizendo que pro tapete
O governo não varre nada
É mentira descarada
Que há muito já caducou
Citem um que ele apontou
Que eu me dou por satisfeito
Deem o nome de um sujeito
Que o governo denunciou!

Não bastasse a roubalheira
Ainda tem a mentira
Mas o que mais me admira
Nessa tramoia maldita
Que tem gente que acredita
No papo dessa cambada
Por qualquer esmola dada
Na maior condescendência
Vendem a própria consciência
A troco de quase nada.

O povo tem que aprender
Escolher seus governantes
Porque senão os farsantes
Tomam conta da Nação
Temos que usar na eleição
A nossa arma eficaz
Vai só andar para trás
Sempre carregando cruz
Quem crucifica Jesus
Mas liberta Barrabás.

Obs: O mote entre aspas é da grande poeta fubânica, Dalinha Catunda, a quem agradeço a permissão de uso.

LUIZ BINCOLETTO – MARÍLIA-SP

Berto,

sempre que posso dou uma olhada em seu blog.

Sou de Marília-SP e admiro seu trabalho.

Única critica é que a Dalinha “minha princesa” tá sumida, ela precisa aparecer mais .

Deixando a brincadeira de lado, nosso pais virou um covil de vigaristas.

Essa nova indicação da presidente para o STF, é de total desrespeito com que o povo esta clamando nas ruas.

E pior, vai ser aprovado na sabatina do Senado, eles nunca ouviram o povo. Não seria dessa vez!

Um abraço continue com seu trabalho.

R. Caro leitor, “nossa princesa” Dalinha Catunda, embora residente no Rio de Janeiro, vive pra cima e pra baixo, viajando constantemente pro Ceará, sua terra de nascença, pra cuidar do seu paraíso particular, um sítio em Ipueiras.

E, por conta disso, ela às vezes passa algum tempo sem mandar matéria nova pra sua coluna, pois nem sempre consegue se conectar à internet lá no torrão que ela tanto ama.

Pra matar suas saudades, eis aqui um poema de Dalinha:

SOU FILHA DO REI

Nasci na terra da luz
Pegando sol na moleira
Tomando banho de açude
Pulando da ribanceira
Brincando de tibungar
Nos rios do meu lugar
Na meninice brejeira.

Em noite de lua cheia,
Sob o luar do sertão
Serenatas escutei
Nos acordes da paixão
Presente de namorados,
Poéticos, apaixonados,
Escravos do coração.

Feliz eu era e sabia
Nas terras de Alencar
No leque da carnaúba
Ouvia o vento cantar
Assobiando bonito
No entre palmas um agito
Formando um grácil bailar.

Nasce detrás de um serrote,
O rei sol na minha terra,
Mas na boquinha da noite
Quanta beleza ele encerra
Com a sua vermelhidão
Tinge de rubro o sertão
E se esconde atrás da serra.

No sertão do Ceará
Eu nasci e me criei.
Já andei por muitos reinos
Mas lá sou filha do rei!
No condado de Ipueiras
Depois de romper barreiras
Meu palacete montei.

O estado de São Paulo continua em primeiro lugar na quantidade de acessos  a este jornal de baixíssimo nível, com quase 29 mil leitores distintos. E Marília é uma das 209 cidades paulistas onde tem gente lendo as nossas bestagens.

Nos últimos 30 dias, exatamente 193 fubânicos acessaram o JBF a partir de Marília, esse belo recanto de mundo que possui uma das maiores concentrações de descendentes de japoneses e italianos do interior do Brasil.

Confira, na tabela do Google Analytics, o número de leitores distintos desta gazeta escrota nas principais cidades do estado de São Paulo:

marília

Caro leitor, brigadão pela força, pela audiência e pela gentileza de suas palavras.

Disponha sempre deste espaço.

Um grande abraço, saúde, paz e um excelente final de semana!

marília2

Marília, conhecida como a Capital Nacional do Alimento, fica localizada a 438 km distância de São Paulo e tem 228.618 habitantes

LILIANA FALANGOLA – RECIFE-PE

ACRÓSTICO EM HOMENAGEM AO CENTENÁRIO DE PELÓPIDAS SILVEIRA, EX-PREFEITO DO RECIFE

O quê há em um nome? Vejamos:

PELÓPIDAS SILVEIRA:

Persona grata. Onde chegava tinha todas as honras, bem merecidas, pela pessoa que era.

Educado, no melhor sentido. Generoso, discreto.

Lúcido, até os últimos dias de sua convivência com os amigos.

Ótima companhia, alegre, sempre de bem com a Vida, conduta ilibada, em qualquer tipo de evento.

Prefeito desta cidade em tempos idos, onde, com o seu interesse, foi precursor do Recife moderno. Mostrou ampla visão de grande conhecimento técnico durante o período político, quando fez muito de positivo para a cidade. Paradigma incomparável, de caráter retilíneo, com espírito conciliador e intensa participação popular. A grande intervenção urbanística no seu mandato propiciou o que vemos ainda de bom nesta cidade.

Intelectual de primoroso saber – interessado nas artes, literatura, declamava poemas completos de coração, ou de cor, como se diz comumente. De retórica belíssima, com grande conhecimento de latim, francês, falava um português escorreito e era achegadíssimo à leitura. Foi Professor de Engenharia e Arquitetura e deu lições de ética na sua maneira de viver.

Digno, como poucos; sensível, cheio de Esperança e humor primoroso. Curioso, dinâmico, comunicativo, civilizado, no convívio social e profissional, onde foi um referencial muito forte.

Autoridade moral, homem plural com grande conhecimento de física, matemática, engenharia.

Ser humano completo, com total ausência de vaidade.

PelopidasSilveira

Pelópidas Silveira (15/Abr/2015 – 6/Set/2008)

Sensível, cortês, à frente da Prefeitura, deu exemplo de como se pode atuar com desprendimento, sem interesses outros que não fossem o crescimento e o bem da sua cidade.

Iniciou o seu trabalho de mãos

Limpas e saiu honrado. Em sua longa

Vida, teve a satisfação de receber os

Elogios merecidos,

Independentemente da modéstia que lhe era peculiar, tentando inibir favoráveis publicações a seu

Respeito. Como disse Jaime de Azevedo Gusmão Filho, quando tentava escrever o livro: “Pelópidas: o homem e a obra”, que tenho aqui, com uma linda dedicatória do homenageado.

A sua discrição e atitudes éticas fizeram com que o considerássemos, e ainda o consideremos, um marco e um grande cidadão pernambucano e, mais ainda, recifense.

O bairro do Parnamirim deveria, em vez deste, ter o nome de Pelópidas, pois ele nasceu na Rua do Encanamento, onde hoje está a Escola Estadual José Vilela; morou na Rua Des. Góis Cavalcante e, finalmente, na Rua Estrela, onde foi anfitrião de primeiríssima qualidade. Bem ali, no Edifício de n. 100. Daqui da minha janela, vejo sua varanda, onde costumava nos receber com enorme simpatia, para conversas inesquecíveis onde a graça predominava e muito nos divertia. Casado com Marilu, com quem formou uma família – que tudo indica – FELIZ. Os filhos Hebe, Thales e Thais que nos confirmem, juntamente com Cida, a cunhada, testemunha muito próxima de todo esse bem querer. O depoimento das netas, emociona. No dia 15 de Abril faria 100 anos se aqui ainda estivesse.

CARLOS ALBERTO ARGEMIRO – MACAÉ-RJ

Ola Berto.

Estou aqui na “Capital do Petróleo”, mas não participo do lava jato.

Gostaria de sugerir uma música muito oportuna para honrar nossa Gerenta: (desconfio que ela já tá cantando pro PMDB)

Foi um grande sucessso do Aldemar Dutra e começava assim:

O que mais quer você
Se tudo já lhe dei
E o que resta de mim sorrindo lhe entreguei…

Mais um favor, pare de pedir a saída da Dilma, pois se ela sair quem vai pro lugar dela?

Realmente estamos na casa do sem jeito. A oposição (fhc, tancredinho e cia) é como você diz: PINICO URINOL.

Um forte abraço.

R. É cada pedido da porra que aparece por aqui…

Vôte!

Pode existir um cabaré tão esculhambado quanto esta gazeta escrota.

Mas mais esculhambado num tem de jeito nenhum de existir.

SEBASTIÃO GOMES DO NASCIMENTO – SÃO PAULO – SP

Tô vendo tudo, tô vento tudo, mas bico calado faz de conta que sou mudo…

Amigos do Sertão, digo mais: Ou o governo acaba com essa Besta Fubana ou ela acaba com o Brasil.

Achei engraçado seu jornal carregado de cacete na Dilma e no PT e fotos de sulistas bem nutridos da Vila Mariana, de Copacabana e Boa Viagem reclamando e clamando aos céus por justiça.

Pois digo o seguinte, meu DNA é de São José do Egito mas nasci em Ribeira do Pombal – BA. Vim parar aqui na capital dos Bandeirantes e depois de muito estudo e trabalho, também peguei meu quinhão na selva de pedra. Trabalho e ganho bem e gosto de viajar e conheço meio mundo.

Vivo aqui de estrovenga na mão rebatendo o que essa patuléia insana, entupida de pizza e fast food vive bradando contra nordestinos a partir do governo do Presidente Lula. Aqui falta mão de obra – dizem que é pq todo mundo ai é vagabundo que vive de mamar nas tetas da viúva fazendo filho e peidando dentro de uma rede.

Se negam a discutir a quantidade de obras e fabricas que gera emprego no Nordeste. Aqui acabou jardineiro, doméstica, motorista, manobrista e garçon. Riem quando informo que ai foram abertas 8 Novas Universidades Federais.

Duvidam que a cidade de Salvador ultrapassou Porto Alegre, Belo Horizonte e Brasilia e tem 3 milhões de habitantes. Desdenham da cidade do Recife e de Fortaleza. Feira de Santana com Aeroporto????? Petrolina tem voo pra todo canto????? O Instituto Data Folha fez pesquisa ontem na minifestação da Av. Paulista e dá o seguinte resultado, divulgado hoje às 13:35 pela Jornal Hoje da TV Globo, perguntou porque estavam no ato:

a – 33 % – protestar contra a corrupção (perai, e o resto 67% ????????? )
b – 13% – pelo impeachment da Dilma (perai, e os outros 87% ?????????? )
c – 11% – protestar contra o governo (ochente, o que está acontecendo ?? )
d – 11 % – protestar contra o PT (tá om demais asssimm )

As cidades de Ribeirão Preto e São José do Rio Preto tinha manifestação maior do que o Rio de Janeiro. Essas duas cidades detêm o título, seguidos anos, de melhor qualidade de vida do pais para se viver. Batata

Besta Fubana, deixe de ser besta e não assopre fogo em churrasco de pitbull.

O Brasil já entendeu do que se trata.

Tô vendo tudo, tô vento tudo, mas bico calado faz de conta que sou mudo…. (Zé Ramalho)

Sebastião Gomes do Nascimento
DNA – Pernambuco
Meio Ambiente – Ribeira do Pombal – BA
Trincheira – Butantã – São Paulo

R. Incelentíssimo leitor Tião, vamos começar pelo começo.

Você diz na abertura de sua mensagem que “Ou o governo acaba com essa Besta Fubana ou ela acaba com o Brasil.

Que o gunverno adoraria acabar com a Besta, isto não é novidade alguma. Não só com a Besta mas com todo jornal que não esteja a serviço e nem receba verbas do gunverno pra falar bem dele.

Agora, vamos fazer uma pequena correção: a Besta não quer acabar com o Brasil. O Editor da Besta é que quer acabar com outro país, um país chamado Banânia, que foi fundado no dia 1º de janeiro de 2003. Este eu gostaria mesmo de acabar. Acabar com o país e mandar pra Papuda quem o fundou.

Segunda coisa: você nem imagina como me deixou feliz ao enviar uma mensagem pro JBF. Era o meu sonho ter aqui não apenas um, mas dezenas, centenas, milhares de militantes petralhas cagando tolôtes o dia inteiro.

O humor e a hilariedade são itens de suma importância nesta gazeta escrota, e se constituem num dos fatores do seu enorme sucesso e de sua impressionante audiência. Um militante petralha citando pesquisas do Datafolha que foram reproduzidas na Rede Globo vai ser do jeitinho que eu sonhava pra tornar este ambiente mais cômico e mais depravado, a um só tempo. (Aliás, tu falou em “13%” na tua mensagem… e eu fiquei tentando me lembrar onde foi que vi também “13%” há poucos dias… num lembro mesmo… tu te lembra, Tião?)

Só faço uma exigência pra você continuar brilhando por aqui e tendo espaço integral, sem cortes, exigências ou censura: é que você não pertença à militância petralha assalariada, os bem pagos Blogueiros Caganistas, que ganham gordas verbas públicas pra ficar 24 por dia no computador denegrindo a honra das pessoas de bem.

Me mande uma cópia da sua carteira de trabalho e um comprovante de renda honesta, e pode usar e abusar das páginas deste blogue. Depois que você fizer isto, ao invés de ficar tentado a ler “ratoeira“, eu vou mesmo ler a palavra “trincheira“, que foi o termo que você escreveu na mensagem aí em cima pra se referir ao bairro onde mora em São Paulo, este acolhedor Butatã.

Pra encerrar, eis aqui uma excelente sugestão pra próxima mensagem que você vai escrever pro JBF. É o seguinte: o PT botou no ar um filmete de propaganda que é um primor de desinformação, embuste, falsidade e de caganice.

Além do tema central usado pelo marqueteiro, a palavra “Ódio”, e de chavões sofistas, racistas e enganadores do tipo “colocamos negros e pobres nas faculdades e nos aviões“, tem uma frase fantástica no vídeo. Uma frase que diz assim:

Colocamos mais gente importante na cadeia por corrupção do que os outros governos“.

Evidentemente que, sendo Banânia um país onde existem milhões de antas que votam (assim feito você…), estes dóceis animais irão mesmo acreditar que é o “governo” que manda “gente importante” pra cadeia, e não o Poder Judiciário. Muitas antas não tem a menor idéia de que a Polícia Federal apenas cumpre ordens do Ministério Público e sentenças dos magistrados. Magistrados assim feito Sérgio Moro

Veja bem: como este verbo “colocamos” está se referindo ao PT, a minha sugestão é que você, caro leitor Tião, relacione quais foram os juízes do Diretório Central do PT, prisidido por Rui Falcão, que assinaram sentenças condenatórias e que “colocaram” na cadeia esta multidão de corruptos.

Aproveite a oportunidade e “prove” que José Dirceu, José Genoino, João Paulo Cunha e Delúbio Soares, quatro que viram o sol nascendo quadrado na Papuda e que foram marotamente esquecidos de ser citados no vídeo, todos petistas ilustres, não são “gente importante”. “Prove” que este quatrilho (êpa!) só tem figuras anônimas.

Tá me intendendo? Ou tá difícil? Se precisar de mais dicas e pistas antes de aceitar a sugestão, me peça que eu dou. Eu fico num orgulho cívico-patriótico arretado por ter um conterrâneo da Nação Nordestina com o teu nível de politização e de informação.

Bom, confio em tu. Vamos aguardar a tua próxima mensagem.

E fique certo de uma coisa: se cumprir direitinho esta tarefa de “explicar” este vídeo, eu te garanto uma coluna permanente aqui no JBF.

Topas???

SONIA REGINA – SANTOS-SP

Políticos da “Oposição”, vocês me “Envergonham”

Lá vão eles, seus parentes, amigos, vestindo camiseta verde e amarela, portando cartazes, bandeiras e tudo que conseguiram carregar para o grito de: “Basta de Desgoverno”.

Lá vem eles. Os governistas. Dizem que foram poucos os cidadãos nas ruas. Os domingos, normalmente dedicado à família, ao lazer, ao não fazer nada, ou ainda: absorver as delícias de um bom livro. Foi substituído pelo ônibus, metrô, transito e até chuva em alguns locais. É pouco?

bllb

Aqueles que têm a obrigação de governar ficaram quietinhos. Reunidos em seus palácios, conferindo se a mídia não comete o ato falho de acompanhar a marcha da indignação muito eufórica.

Foi patético perceber logo no início do evento, já tinham em mãos levantamentos anteriores, mostrando as diferenças numéricas. Parecia até reportagem de escola de samba no quesito “Evolução”.

Fiquei encafifada, por qual motivo saiu uma pesquisa de opinião sobre o governo federal, justamente na véspera de uma grande passeata, para demonstrar indignação com o mesmo governo.

Será engano de minha parte ou foi de propósito?

Jornalistas fizeram seus balanços sobre o evento. A âncora de um canal de TV aberta saiu-se com a seguinte pérola: “Agora os manifestantes tem que dar um tempo para o governo tomar um fôlego”. E nós? Não precisamos de fôlego? A continuar nessa toada, logo vão fazer campanha para o governo pedindo: “Doem ouro para o bem do Brasil”. Retrocesso pouco é bobagem.

Os tais blogs, financiados pelo governo com nosso dinheiro, não se preocuparam em explicar a tal pesquisa, onde a governante já se apóia no PMBD para não cair de vez. Sairão correndo exercitando a matemática da subtração.

Será que precisamos de um “Ser” de outro Planeta para explicar porque um governo cai pelas tabelas, e diminui o numero de insatisfeitos na rua? O cidadão que por diversos motivos não participou do evento, não é aquele representado pela “Pesquisa de Opinião”, feita às vésperas por um grande Jornal de circulação nacional?

De minha parte, agradeço ao idealizador da pesquisa, amenizou meu descontentamento de não conseguir participar do grito das ruas.

Minha opinião? A governante já saiu do poder, hoje é só uma “Senhora Propaganda”.

Votei na oposição. Tenho o direito de saber, onde ela estava? Porque não vestiu uma camiseta e foi pra rua? Porque não caminhou também ao lado do povo para demonstrar seu apoio? Será que não conseguem serem “Cidadãos” antes de serem “Políticos” ou, foi conselho do marqueteiro para preservar suas imagens?

Que falta faz nos dias de hoje o grande “Estanislaw Ponte Preta” para sacudir os neurônios de nossa sonolenta “Oposição”.

PAULO ROBERTO FRECCEIRO – CURITIBA-PR

Grande Berto.

Essa história de que as manifestações de ontem foram menores que a anterior é “papo flácido para acalentar bovino” ou seja conversa mole para pra boi dormir.

Aqui em Curitiba , a terra do Juiz Sergio Moro o povo foi pras cabeças. A minha família não perdeu a chance de pedir a saída desse partidinho de safados.

frecceiro

Eu sou o único de branco.

Vamos em frente por que não há mal que sempre dure.

Abraços das terras dos pinheirais.

R. O povo de Curitiba está de parabéns.Vi as imagens ontem, ao vivo, e posso dizer que a Terra dos Pinheirais montou um belo espetáculo de civismo.

Se ajuntou ao resto da banda decente do Brasil e foi pras ruas exigir o fim de roubalheira petralha.

Aliás, hoje pela manhã, na Rádio Jornal aqui do Recife, eu ouvi um dado que achei arretado: pesquisas indicam que 40% pessoas que foram às ruas ontem, não estavam nos protestos do mês de março passado. Não sei qual foi o instituto que fez  a tal pesquisa.

Ou seja: quase metade dos indignados de ontem era de caras novas. De gente que resolveu engrossar a corrente que pede a extinção dos guabirus. Percebeu o que isto significa? Pois é.

A propósito, vale a pena ler um texto que Ricardo Setti escreveu sobre as manifestações de ontem. Basta clicar aqui.

Brigadão pelo envio da foto e pela força.

Abraços e uma excelente semana!

MARCOS TONIZZA – SÃO PAULO-SP

Sacrocabraexcelentissimo Berto.

Segue foto minha na avenida Paulista. A frase fez muito sucesso, foram dezenas de pessoas que pediram para fotografar e mais de uma centena de pessoas me cumprimentaram ou acenaram positivamente.

Pauista

Em outra foto eu fiz questão de sair ao lado de um cidadão representante da elite branca de “zóios azuis” assim como vários outros que vi lá com a família toda, como prova de que só coxinhas burgueses estavam presentes. No caso desta foto ele estava na sombra e nem dá para perceber os “zóios azuis”.

FotoElite

Abraço

HARDY GUEDES – CURITIBA-PR

Manifestações em Curitiba:

curitiba1curitiba2

NELSON GONÇALVES – POÇOS DE CALDAS-MG

Luiz Berto, bom dia.

Em Poços de Caldas, sul de Minas, também já começaram os protestos.

POÇOS1POÇOS2POÇOS3

Não fico um dia sem abrir o JBF.

Parabéns pelo seu trabalho.

R. Caro leitor, grato pelo envio das fotos.

A população de Poços de Caldas está nas ruas junto com o resto da banda decente do Brasil, exigindo a extinção dos guabirus e gritando “Xô, Dilma”.

Grato, mais ainda, pela força e pela audiência. Disponha sempre deste espaço.

E tenha um excelente domingo cívico neste histórico 12 de abril de 2015!

BERNARDO – MACEIÓ-AL

Mestre Papa,

veja uma inflação que não ofende ninguém.

Com os respeitos do Cardeal.

b1b2b3

MAURICIO ASSUERO – RECIFE-PE

Meu caro Editor:

a presença de João Alderney como um dos colunistas desse jornal, desprovido de medo, vem contribuir e fortalecer a educação política da população – pelo menos daqueles com acesso a rede.

Como é do conhecimento de todos, o Jornal da Besta Fubana dá aula de comprometimento democrático ao junto todas as correntes de pensamento de direita, de esquerda ou muito pelo contrário.

Além do mais, bota no bolso essa concorrência sado-masoquista (Le Monde, The New York Times, El Clarin, e adjacências) que só se especializaram em terrorismo.

O Besta Fubana é diferente.. fala a verdade, mesmo que seja na CPI; não tem cueca, nem mochila para carregar moedas (nacional ou importada), mas carrega de tinta claras a hipocrisia velada com alguns tentam nos impingir a conviver, no intuito de evitar que os pobres incautos caiam nas teias de aranha e de outros bichos peçonhentos.

O Besta Fubana tem poesia e onde tem poesia tem vida, tem sonoridade.

Assim, meu caro editor, tenho certeza que João vai contribuir bastante, agora cuidado para não perdê-lo para essa concorrência masoquista.

Abraços.

R. Meu caro, fiquei ancho que só a porra com estas vossas caridosas palavras.

Ainda mais vindas de um cabra assim do seu calibre, professor da Federal de Pernambuco e apreciador de literatura e poesia.

Concordo plenamente quando você diz que esta gazeta escrota ganhou em qualidade ao inaugurar a sua mais nova coluna, assinada pelo poeta João Alderney.

Agradeço demais a vossa generosidade e desejo muita saúde, muita alegria, muita vida, muito tesão e um saldo bancário sempre alto e no azul!

Abraços e um excelente final de semana!

JBF-joaq

“Esse JBF é foda mesmo… só bota pra torar…”

KEIKO OKADA – ROCKVILLE-MARYLAND-USA

Bom Dia, Editor do JBF!

Sou paraense, mas atualmente moro próximo a capital do “imperialismo”, em Rockville-Maryland.

Mas já estou de mudança para Miami, onde muitos da Ilha dos Castros buscam refúgio e alguns vermelhinhos do Br-varonil gostam de curtir uma temporada.

O ex-governador do DF que o diga.

Com a 11ª fase da Operação Lava-jato te pergunto:

Cadê a charge em que o ex está escondido e dona Mariza diz a ele que ainda não foi dessa vez????????

Vamos inlustrar a página!

Grande abraço.

R. Vocês fubânicos que moram no istranjeiro são tão cheios de presepadas quanto os que moram aqui neztepaiz.

Vôte!

Como nesta gazeta escrota o freguês é quem dá as ordens, vamos repetir a charge que você pediu. Trata-se de uma obra da autoria do nosso talentoso colaborador Sponholz.

Uma charge que ele, gentilmente, fez questão de atualizar pra atender ao seu pedido.

E ficou assim::

tlz

Lapa de Mentiroso, segundo as informações que circulam na praça, está se obrando nas calças, de tanto medo das deduragens diárias na Lava Jato. Além de se esconder embaixo da cama, também se tranca dentro do armário do seu triplex no Guarujá com uma garrafa de 51.

Ele num aparece em público nem com cachê da Odebrechet. Só sai de casa pra ir a auditórios com plateias compostas por antas amestradas da militância. E sem a presença de jornalistas pra fazer perguntas incômodas.

Lapa de Demagogo sumiu nos ares feito peido de aviador! E logo ele, um cabra que adora aparecer, cagar tolôtes orais e se divertir com a idiotice dos babaquinhas que o canonizam.

Veja só: você falou na sua carta dos zisquerdinhas vermêios daqui de Banânia que adoram passear e morar em Miami, ao invés de fazer turismo em Havana. Assim como Agnelo Queiroz, o petralha corrupto (ex-PCdoB, num custa nada lembrar…) que gunvernou Brasília e atualmente está na Flórida, torrando o que roeu dos cofres públicos no Distrito Federal.

E aí eu me lembrei da deputada mais que vermêia, aquela gaúcha super ultra revulucionária, que tem um pé-de-rabo digno de figurar num pedestal da Coreia do Norte, a Manuela D’Ávila, nome destacado do PCdoB, que foi fazer compras em Nova Iorque, no mês passado.

Em termos de zisquerdismo e revulucionarismo cumunista, Manuela, uma verdadeira Che Guevara de saias, empata com o colunista fubânico Luciano Siqueira, também nome destacado do PCdoB.

A bela Manuela, que é deputada estadual no Rio Grande do Sul, chega a fazer pose pra tirar retrato segurando a foice e o martelo, em vibrante demonstração do seu amor à revulução proletária.

Uma revulução que tem à frente o operariado (martelo) e o campesinato (foice), que são as duas profissões mais mudernas e de maior importância econômica do planeta Terra neste Século XXI.

Veja como ficou a foto da brava revulucionária cumunista marxista leninista stalinista castrista:

davila

Manuela D’Ávila foi tema de uma postagem do avacalhante jornalista Joselito Muller, em sua página internética.

Uma postagem da qual você precisa tomar conhecimento. Você e os bem informados leitores fubânicos, sobretudo os que são coxinhas e reacionários.

Para ler, clique aqui .

mdv

Deputada cumunista Manuela D’Ávila e seu marido, posando sorridente e tendo ao fundo (êpa!) um símbolo do capitalismo decadente dos zamericanos, a Estátua da Liberdade (leia mais clicando aqui)

* * *

ALAMIR LONGO – QUARAÍ-RS

O TREM DA MINHA INFÂNCIA

TREM

Lembro bem quando criança
O trem chegando na estação
Vinha apitando na curva
Que dava num pontilhão
Quando entrava na cidade
De tanta felicidade
Pulava meu coração.

Uma maria-fumaça
Puxava a composição
Ia cortando a paisagem
Largando brasa no chão
Nos lugares que passava
O povo cumprimentava
O pessoal de cada vagão.

A fumaça ia subindo
Até se perder de vista
Enquanto o trem galopava
La na fornalha o foguista
Queimava lenha e carvão
Pra nunca deixar na mão
O pobre do maquinista.

Era viagem demorada
Mas cheia de diversão
Um ia floreando gaita
Outro tocando violão
Quem cochilava no banco
Dormia no solavanco
Até chegar outra estação.

A paisagem majestosa
Se perdia no horizonte
Por entre o verde das matas
Subindo e descendo monte
Só aumentava a barulheira
Quando cruzava em pedreira
Ou passava em cima de ponte.

Mas do trem da minha infância
Sobrou só a velha estação
Completamente esquecida
Rodeada de solidão
Parece um vulto assombrado
Um fantasma do passado
Perdido na povoação.

O tempo passou depressa
E eu deixei de ser criança
Porém na imaginação
O trem ainda balança
Hoje com bem mais idade
Restou só o trem da saudade
Viajando na minha lembrança…

ADÔNIS OLIVEIRA – TERESINA-PI

Meus queridos amigos,

Tudo bem?

Criei uma campanha para arrecadar fundos para a impressão e lançamento de meu livro “O LATROCÍNIO DE UMA NAÇÃO”.

Tua colaboração será essencial.

Clique na imagem abaixo e confira as diversas formas de adquirir este livro.

Conto com teu apoio pra tentar diminuir a bagunça deste país.

Abraços.

capa_3

ADAIL AUGUSTO AGOSTINI – ALEGRETE-RS

Editor Berto:

Muito bom diia a todos!!!

Por gentileza, coloque no seu site este vídeo, que, no meu entendimento, é um dos melhores, – senão o melhor!!! – dos convocatórios para a participação popular nas passeatas (demonstrando total repúdio à CORRUPÇÃO reinante, aos PETRALHAS e aliados, e à “presid’ANTA Dilma Duchef”) no próximo domingo, dia 12/04 .

Agradecendo antecipadamente,

Abraços.

NÉLIO SANTANA – SANTA MARIA-RS

Berto, lembra de uma mensagem que lhe enviei logo após as eleições de novembro passado?

Nela eu lamentava o resultado, deplorava os que atribuíam ao povo humilde do N/NE a responsabilidade por eleger Dilma Bala (onde passa deixa um furo) e vaticinava a derrocada do PT pelas mãos dela.

Pois bem: realmente agradeço o Aécio não ter sido eleito. Ele é fraco como líder, nesse momento crítico ele seria um desastre só não pior que a leviana e seu partido, o PSDB, é incapaz de interpretar o sentimento nacional e se soltar das amarras ideológicas, transformando-se em um agente político confiável. Precisamos de Estadistas e Aécio frequenta estádios. Não é a mesma coisa.

Continuo a achar que os eleitores humildes do nosso país foram coagidos a votarem no PerdaTotal. Quem reelegeu Dilma foram os inteligentinhos que, apesar de estarem informados da notória incapacidade dela, sufragaram seu nome. Esses imbecis inúteis agora engrossam as manifestações contra a mentirosa, como que a purgar erros passados.

São os mesmos que creem piamente nas boas intenções da esquerda, apesar de os fatos gritarem em sentido contrário. Negam de pés juntos terem votado nela. Para mim, são os piores. Padrão Afif Domingos de firmeza moral. Gentalha!

Finalmente, Dilma está sendo fundamental na destruição do bando travestido de partido. Não é que eu possua poderes sobrenaturais. É que o cretinismo dela salta aos olhos.

Só não vê quem não quer…

PEDRO MALTA – RIO DE JANEIRO-RJ

Berto,

Um presente para os incontáveis leitores dessa gazeta da bixiga lixa.

É só escolher entre os 104 compositores famosos e se deliciar com tanta coisa agradável de ouvir.

Para acessar, clique aqui.

Eis aqui uma amostra:


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa