17 setembro 2015 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

JANICE LEITE – RECIFE-PE

berto lindinho,

o tempo passa, o tempo voa, o tempo tudo muda.

até os esquerdistas mudaram e fidel ficou puto.

xêros e xêros

db

R. Esta foto do deputado xibungo Jean Aero Willys com a boina de Che Que Vara deu certinho…

Se ele fosse cubano, já teria sido fuzilado por conta da baitolagem.

Pois é, minha cara recifana. Tá tudo mudado: o sertão virou mar, e o mar virou sertão.

Antigamente fumar era lindo. Hoje em dia, fumar é horrível.

Num passado recente, dar a bunda era feio. Hoje em dia, dar a bunda é o maximo.

Eu só espero não estar mais vivo quando isto se tornar compulsório…

16 setembro 2015 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

FERNANDO BARTHOLOMAY – SANTA CRUZ DO SUL-RS

Prezado Berto.

Fernando Bartholomay é meu nome e nasci, me criei e vivo em Santa Cruz do Sul, RS, cidade de colonização alemã, que fica há mais ou menos 150 quilômetros de Porto Alegre, e é conhecida por ser o maior polo de beneficiamento de fumo do mundo (o que nos rende muitos dissabores nestes tempos anti-tabagistas). Passei a frequentar sua “Gazeta Escrota” depois que minha esposa, D. Maristela, me informou que seguia um blog muito interessante. Na verdade seu blog é mais que interessante: ele é especialíssimo!

Quase que diariamente percorro suas publicações (e as vezes faço comentários com o nome de Neco do Sul) e nelas encontro um humor ímpar, que não poupa quem precisa ser puteado, na maneira como entende que deva putear! Ninguém escapa, pois o blog é rigorosamente democrático quando precisa esculhambar alguém.

Mas encontro, por outro lado, crônicas, poesias e histórias escritas por gente de grande talento e sensibilidade. Fico admirado também com o carinho com que alguns fubânicos preservam a cultura de seus rincões.

O que mais me impressiona no seu jornal é o espaço dado para a cultura daquela que você chama – e deve ser mesmo! – Nação Nordestina! A cultura dessa região do Brasil eu já sabia que é rica, colorida, humorada, com gosto e cheiro de terra. A Besta Fubana multiplica isso com carinho e dedicação.

Encanta-me nela especialmente o humor picante de seus poetas e o versejar que responde aos motes lançados. É tudo primoroso!

Impressiona-me também o espaço que você concede a todos os que se manifestam em seu blog, sobre todos os temas, com as mais variadas idéias. E leio todos.

O Rio Grande, conta a história, demorou para se incorporar ao Estado brasileiro, porque as divisas iam e vinham. E costumamos dizer que nossos ancestrais não tinham tempo para as artes, pois viviam peleando contra os hoje “hermanos” (nem tanto, nem tanto…) argentinos e uruguaios. E quando não brigavamos como eles, lutavamos entre nós… (vide Revolução Federalista de 1893)

Que enfrentamos várias guerras de fronteira é verdade; mas também tivemos tempo para criar uma cultura muito própria, que se traduz no que chamamos de Tradiconalismo. Entre 13 de 20 deste mês comemoramos a Semana Farroupilha, onde o povo gaúcho rememora com um fervor genuíno a Guerra dos Farrapos (1835/1845) ou o “Decênio Heróico”, quando rompemos como o Império e chegamos a fundar a República de Piratini, ficando separados do Brasil por alguns anos.chula

As atividades na referida Semana, por óbvio, não comportam mais beligerância. Porém, as atividades voltadas para a cultura do Rio Grande, especialmente as ligadas ao campo, são respeitáveis. A data máxima é 20 de Setembro, quando acontecem desfiles e cavalgadas em praticamente todas as cidades do Estado. E a Semana Farroupilha é festejada em vários estados brasileira, porque tivemos a honra de levar nosso trabalho e tradições ao ocupar e desenvolver outras unidades da Federação

Cá na minha Santa Cruz do Sul, temos a segunda maior Oktoberfest do país, que só perde para a de Blumenau. São dez dias de chope, Steinnheger, bockwurst, eisbein, sauerkraut, etc.

Também é aqui que se realiza anualmente o Festival Gaúcho e Gastronômico de Arte e Tradição, FEGGART, o maior evento do gênero na América. São três dias em que, vencidas as etapas regionais, os Centro de Tradições Gaúchas – CTG – se encontram para as disputas finais em danças, trova, violão, gaita, gaita de botão, chula e inúmeras outras modalidades, o que ocorre em novembro. São as coisas da nossa terra, o que me leva a dizer: COMO É GRANDE E RICO O BRASIL!

Este e-mail já está extenso demais, por isso ponho-lhe fecho, desejando ao blogueiro irreverente paz e saúde e dizendo-lhe que, se possível (e aceito), mandarei algumas notícias aqui do sul.

Um grande abraço.

R. Ganhei o dia com esta mensagem. O dia, a semana e o mês. Fiquei ancho e engoli corda que só a porra!

Meu caro leitor, permita-me repetir uma frase de sua mensagem: COMO É GRANDE E RICO O BRASIL! E eu sou apaixonado pelas manifestações culturais e folclóricas de todas as regiões desta nossa pátria querida.

Temos leitores em todos os estados do Brasil e no Distrito Federal. Pois fique certo que, se dependesse de mim, o JBF teria também um colunista em cada um dos estados deste país imenso. Inclusive em cada um dos estados que compõem a Nação Sulina. Aí dos Pampas contamos no time de colunistas fubânicos com o poeta Alamir Longo, que reside em Quaraí. Já é um primeiro passo.

Saiba que já fui casado com uma gaúcha, tive sogra, cunhados e parentes gaúchos. Já passei várias férias no Rio Grande do Sul e tomei muita cachaça Velho Barreiro no bairro Menino Deus, em Porto Alegre, bem em frente ao supermercado Moby Dick (ainda existe?).

Essa fantástica beirada do Guiaíba mora no meu coração e nela já me deliciei inúmeras vezes na churrascaria Fogo de Chão ou vendo aquelas galegas lindas andando na Rua da Praia, num verão e num calor que eu nunca pensei que existisse no extremo sul. Já vagueei por Gramado, Canelas e Caxias do Sul, além de várias outras cidades do interior, e nunca vou esquecer o fantástico Café Colonial que é servido pela manhã, com 50, 60, 80 diferentes iguarias. É pra torar!!!

ccl

Pequena amostra do Café Colonial no interior do Rio Grande do Sul: tem mais… muito mais…

Asso um churrasco com tanto capricho quanto frito minha carne-de-sol. Tomo chimarrão com o mesmo gosto que bebo caldo-de-cana. Já dancei a chula e a dança do pau-de-fita com o mesmo prazer que danço o forró. Besta é quem vive segregado, se isola e deixa de aproveitar e de ter prazer com as coisas boas de outros rincões.

Um dia ainda vou contar aqui no JBF umas histórias que vivenciei nessa terra pampeira. Bah, tchê, te garanto que tenho muitos causos pra narrar. Pode me cobrar.

O Rio Grande de Sul, com 3.762 leitores distintos, é o décimo estado na quantidade de fubânicos, segundo o Google Analytics.

E, por uma interessante coincidência, Santa Cruz do Sul é a décima cidade dentro do estado em número de viciados nesta gazeta escrota.

scs

Meu caro, use e abuse deste espaço. Pode enviar suas colaborações que serão publicadas com muito gosto. Será um prazer enorme.

Gratíssimo pelas palavras generosas, pela força e pela audiência. E transmita meus agradecimentos a D. Maristela por ter feito você leitor deste gazeta escrota!

Abraços, saúde, paz e muita felicidade!

santa cruz do sul

A bela e acolhedora Santa Cruz do Sul, com 130.354 habitantes e localizada no Centro Oriental Rio-grandense

15 setembro 2015 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

MATHEUS LEONE – SÃO PAULO-SP

Lembram quantas vezes ouvimos que Aécio acabaria com os concursos públicos e que por isso as pessoas deviam votar em Dilma?

Eu tô rindo!!!

15 setembro 2015 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

SONIA REGINA – SANTOS-SP

Pedaladas da Vizinha

Faz alguns dias, a vizinha meio chateada, queixou-se que o dinheiro não tava dando. Precisava escolher entre pagar o cartão de crédito – utilizado para comprar alimentos e despesas de farmácia -, ou pagar a conta de luz, condomínio do prédio e comprar gás de cozinha.

Para desanuviar o problema, aconselhei: Vá falar com aqueles jovens e gentis gerentes de conta do seu banco e explique sua situação solicitando fazer uma “pedalada”.

A vizinha quis mais detalhes do assunto, expliquei do mesmo jeito que entendi:

– A governante, não liquidou seus compromissos com os bancos que pagam suas contas, evitando ficar no vermelho em seu balanço de final de ano.dfi

Ela entendeu direitinho e ficou pensativa.

No dia seguinte, veio contar-me que falou com sua gerente, explicou a situação e a resposta foi que, mesmo entendendo o problema, nada podia ser feito. Se não pagasse no dia do vencimento, alem dos juros, podia ficar sem crédito e até seu nome participaria do clube na Serasa.

Pensando bem, fiquei confusa.

Para qualquer problema apontado, o governo vem correndo com as mesmas explicações. Destaco algumas:

– A ajuda do governo aos necessitados já existia. Mudamos o nome a aumentamos.

– A corrupção já existia. Aperfeiçoamos e aumentamos.

– A educação deficiente já existia. Estamos estudando há 12 anos para melhorar.

– A ineficiência no tratamento da Saúde Pública já era ruim. Nós pioramos.

– A violência já existia. Não fizemos nada para diminuir e ela aumentou.

– As pedaladas, erradas ou não, já existiam. Nós copiamos e aumentamos.

Nós, contribuintes, temos muita dificuldade para entender e principalmente acreditar nas desculpas sempre muito rápidas e esfarrapadas que são apresentadas.

No caso das tais pedaladas, coincidência ou não, quando veio a público, foram distribuídas fotos da governante dirigindo sua bicicleta. Seria uma tentativa de embaralhar o assunto para a população mais desinformada?

Talvez não tenha entendido exatamente o que são as pedaladas da governante. São ilegais ou só um passeio de bicicleta, nesse caso, não haverá quaisquer penalidades a serem aplicadas?

No caso da vizinha, uma senhora simples, honesta, que não tem o hábito de mentir, não possui uma bicicleta, acredito jamais cometeria a canalhice de investigar a vida da sua gerente, para chantageá-la a seu favor. A situação é diferente, porém, ambas tem dividas a pagar e estão sem dinheiro.

Continua minha dúvida. Considerando que todos somos iguais perante a Lei, porque não aceitam as “Pedaladas da Vizinha”?

15 setembro 2015 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

LIVIUS MOHR – VITÓRIA-ES

A ONU resolveu fazer pesquisa em todo mundo. Enviou carta ao representante de cada país com a pergunta:

“Por favor, diga honestamente qual é a sua opinião sobre a escassez de alimentos no resto do mundo”.

A pesquisa foi um grande fracasso.

Por quê?

Os países europeus não entenderam o que era “escassez”.

Os africanos não sabiam o que era “alimento”.

Os cubanos estranharam e pediram maiores explicações sobre o que era “opinião”.

Os argentinos mal sabem o significado de “por favor”.

Os norte-americanos nem imaginam o que significa “resto do mundo”.

O Congresso brasileiro está até agora debatendo o que é “honestamente”.

13 setembro 2015 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

LOURDES MEIRA – CAMPINA GRANDE

senhor editor,

uma gostosa musiquinha para alegrar o final de semana.

abraços e muito sucesso

11 setembro 2015 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

MANO DUBAT – MACEIÓ-AL

Seu Berto,

toque na Rádio Besta Fubana mais uma música minha, por favor.

É um brega mudernoso que fala de selfie e de chifre.

O nome é A SELFIE e começa assim

Eu juro foi por acidente que eu encontrei
A selfie que minha mulher tinha no celular
Eu procurava uma foto que eu mesmo bati
E o que eu encontrei eu jamais ia imaginar

R. Levar chifre de macho é de lascar.

Levar chifre de fêmea é mais doloroso ainda.

Todavia, meu caro compositor, a solução que você encontrou nesta sua música foi simplesmente genial.

Confesso até que fiquei com inveja…

Parabéns! Desejo que você faça muito sucesso.

Confiram vocês mesmo, caros leitores, escutando a letra:

11 setembro 2015 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

LOURDES MEIRA – CAMPINA GRANDE-PB

Bom dia, senhor editor,

bote este vídeo aí no jbf pra alegrar nosso final de semana.

abraço e muito sucesso.

11 setembro 2015 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

BRÁULIO DE CASTRO – OLINDA-PE

Berto,

apesar da irresponsabilidade do governo, eu acho uma injustiça a nação perder o seu selo de garantia.

Se fosse antigamente, aí tá certo, mas hoje em dia com a evolução da sexualidade, foi um absurdo o que fizeram conosco.

Ouvindo o meu frevinho, que eu mesmo canto, o Sr. Editor vai descobrir a causa da minha revolta. 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

SELO DE GARANTIA – Bráulio de Castro

Antigamente a moça pra pra casar
Tinha que ter o selo de garantia
Se na lua de mel o selo não tivesse lá
Na mesma hora o noivo devolvia.

Atualmente é diferente
Já não existe banzé, nem atrapalho
Ela só é devolvida se for virgem
Porque o noivo não quer ter trabalho.

10 setembro 2015 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

VITOR MIRANDA – SÃO PAULO-SP

Berto, tudo bem?

Estou com livro novo!

DIÁLOGOS

“PRIMEIRO ENCONTRO

-O que você está lendo?
-Bukowski e você?
-Um livro de memórias de Simone de Beauvoir.”

Já está a venda pelo Clube de Autores.

Abraço!

10 setembro 2015 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

LOURDES MEIRA – CAMPINA GRANDE-PB

bom dia, senhor editor,

para animar a semana, envio uma linda foto do boneco pixuleco 13-171, o chefão da bandidagem.

parabéns para este nosso querido jornal em crescente sucesso.

abraços.

MM

R. Cara leitora, o medo de Pixuleco, também conhecido por Brahma, o Número 1, é muito bem fundamentado, pois a pajaraca do Dr. Moro deixa qualquer malfeitor em pânico.

Lapa de Mentiroso tá torando aço com o furico apertadinho…

E, pra casar com esta ilustração que você nos mandou, aqui vai mais uma outra que nos enviou um leitor de Aracaju, Sergipe.

Veja que lindo quadro:

os

FRANCISCO CANINDÉ – NATAL-RN

Espia essa, Berto.

Acharam a mandioca sapiens.

Mandioca Sapiens

R. Minino, esta deveria ser plantada na residência oficial de Dilmandioca, o Palácio da Alvorada.

E ser transformada em estátua pra adornar o gabinete dela no Palácio do Planalto!!

.

SONIA REGINA – SANTOS-SP

Atacado e Varejo

Já convivi com vários planos econômicos e diferentes governos.

Acordamos todos os dias com notícias do governo, acenando com um novo imposto para resolver problemas que, eles mesmos criaram na incompetência em dirigir uma Nação.

Esse governo iniciou em 2003. Continuou o que assumiu e até melhorou algumas áreas necessárias. Logo começaram os exageros e pior, na primeira dor de barriga, desandaram e começaram a meter os pés pelas mãos, o que demonstra que só conseguem dirigir na reta, qualquer curva perdem a direção.

Cada centavo em minha casa é pensado quando o cinto aperta. No governo não. Podem continuar gastando a vontade, quem tem que ter a tal “tolerância” somos nós.

Porque nós?

A governante não governa nem suas palavras que saem a esmo. Os ministros que estão sempre prontos para defender esse governo, mais parecem um amontoado de puxa-sacos com receio de perderem os cargos.

t1t2

O Legislativo e o Judiciário, também têm seus pecados quando não fazem nada para economizar e pior, vez por outra, engordam ainda mais a gastança.

Ora, a empresa privada quando não consegue vender seus produtos, infelizmente desempregam funcionários, até procuram outros profissionais que trabalhem por menores salários. Porque os governos não fazem o mesmo?

Qual a diferença de um trabalhador que precisa de emprego para seu sustento e de sua família na empresa privada e na empresa estatal? O concurso prestado? Será que na empresa privada batemos na porta e já começamos a trabalhar?

Não podemos reclamar. Os governantes dizem ou mandam dizer que é Golpe. Devemos aceitar tudo de cabeça baixa, até agradecer o fato de não taxarem nossos pensamentos.

Hoje fica mais claro porque esse partido sempre foi contra privatizações e aqui não entro no mérito, se algumas delas foram mal ou bem encaminhadas. Gritavam o tempo todo que estavam vendendo o Brasil. Ora, quando assumiram, porque não processaram aqueles que acusavam?

Um partido que se dizia dos “trabalhadores” e chegando ao poder, cuidou de acolher em seu guarda-chuva seus pares, precisa manter e até aumentar as estatais que, através de investigações sabemos agora, foram utilizadas em beneficio próprio ou para enriquecimento de seus chefões. A certeza de que conseguiriam comandar até nosso poder de raciocínio, deixou-os embriagados. Hoje ao divisar a ladeira onde rolou rapidamente a popularidade da governante, cometem a insensatez, de tentar jogar pessoas com menos poder aquisitivo contra aqueles mais abastados. Esqueceram de conferir a conta bancaria de seus chefões, alguns inclusive devidamente julgados pela justiça, outros na mira da polícia.

Governos são compostos de gente, seres humanos passivos de altos e baixos, erros e acertos. O problema é grave quando os erros são muitos e aliados a falta de seriedade no comando do dinheiro proveniente dos altos impostos pagos pelo povo.

Aqueles que humildemente pedem nossos votos demonstram não saber trabalhar no “Atacado” prefere o “Varejo” que é bem fácil e mais rentável.

SICRANO – RECIFE-PE

Olá. Muita paz.

Sou amigo e colega do escritor Fulano desde que fizemos as oficinas com Beltrano. Hoje sou contista e estou no meu sétimo livro graças ao que aprendo com estes mestres.

Agora saiu meu novo livro de contos, chama-se (…título…)

O Fulano te indicou e me autorizou a usar o seu santo nome para lhe oferecer por apenas 20 reais o envio pelos correios autografados e com um beijo.

Você pode me pagar pelo Banco do Brasil ou Caixa Econômica.

Aceitas?

R. Não, meu caro. Aceito não.

Mesmo que eu estivesse tentado a aceitar, este envio do livro “com um beijo” já mataria qualquer vontade que eu tivesse de comprá-lo. Vôte! Beijo de macho nem pensar!

A obra literária deve ser adquirida como ato voluntário do leitor. Se o livro é de boa qualidade, se o texto é bom, se o escritor tem talento, pode ter certeza que o livro vai vender e o escritor será recompensado. Senão com lucro, pelo menos com reconhecimento.

Não costumo me empolgar com escritor que paga do seu bolso pra imprimir seus livros. O verdadeiro escritor, penso eu, tem que ser bancado por uma editora, especialista no assunto, que já sabe quem tem ou não qualidade literária pra nele investir e esperar boas vendas. Tive a felicidade de ser editado por três diferentes editoras nacionais. Hoje tenho contrato de exclusividade com apenas uma, a Bagaço. Antes disto, apenas uma única vez banquei um obra minha. Exatamente o primeiro livro, que vendeu tudo, graças aos conterrâneos de Palmares, lugar onde o livro é ambientado. E nunca mais.

Na minha teimosa opinião, eu já começo a desconfiar da qualidade de uma obra quando um autor vira camelô e põe-se a vender seu produto. Sobretudo quando constrange amigos e pessoas do seu relacionamento pra adquirir um volume. 

Pra não frustar totalmente o esforço de Fulano, que deu meu endereço eletrônico pra você fazer esta proposta, prometo remeter, gratuitamente (não cobro nem o que gasto com os correios) dois livros meus. Autografados. Sem beijo.

Meus livros vendem devagar e sempre, aos poucos. Não se passa um único mês que não sejam vendidos. Tem um deles que já está na 5ª edição, lançada há um ano, em setembro de 2014 (veja clicando aqui). Daqui uns dias, esgota-se esta edição e a editora imprime a 6ª. Espero… Quem quiser comprar e ajudar um pobre autor nacional, basta entrar na página da Bagaço.

Minha modesta obra dá lucro à minha editora. Lucro pequeno, mas dá. E os meus direitos autorais, fruto de um acerto que foi iniciativa minha, que eu propus, são pagos em livros, em volumes. Uma espécie de cota, que eu poderia sair vendendo. Mas nunca vendo. Faço doações. Distribuo pros amigos ou pra gente que não pode comprar. Tenho um pequeno estoque aqui na minha prateleira. Os leitores do JBF que já receberam livros meus pelos correios podem testemunhar.

Salvo um Paulo Coelho e dois ou três astros do ramo, é impossível viver como escritor, levar a feira pra casa como escritor neste país. Quem trabalha, quem tem emprego, quem tem renda e se mete a escrever, penso eu, não deveria constranger ninguém oferecendo suas obras. Quando muito, que faça propaganda. Quem quiser comprar que procure o autor. E não o contrário.

Meu querido amigo Orlando Tejo sempre foi um fenômeno de vendas com seu livro sobre Zé Limeira. Até edição pirata foi feita da obra! Mas ele nunca constrangeu ninguém pra vender um único volume. Pelo contrário, os leitores é que procuravam seu livro, nas livrarias (onde ele deixava volumes em consignação) e nos inúmeros encontros e eventos dos quais participou em todo o Nordeste. Por escolha própria, nunca quis ser publicado por uma grande editora, preferindo ele mesmo se bancar, confiante na excelente vendagem que sempre teve Zé Limeira. É um caso à parte.

Fora isto, meu caro contista Sicrano, saiba que a seção “Eventos, Espetáculos e Babados“, aqui do JBF, está inteiramente à disposição pra você divulgar seu livro. É só mandar o anúncio, prontinho e já editado, que será publicado e lido no Brasil inteiro. E até no exterior. De graça. Não se paga nada aqui nesta gazeta escrota.

Nem o salário da secretária Chupicleide…

HELENICE JORDÃO – BRASÍLIA-DF

Caro Editor,

Ontem li comentário de um pastel-petralhinha aqui no besta falando em “privataria tucana”.

Lembrei-em de um artigo (cujo autor não lembro) sobre este assunto postado nesta gazeta escrota, desmontado o embuste montado pelo PT.

Seria possível repeti-lo?

R. Gostei do “pastel-petralhinha”. Já está anotado aqui no meu caderninho.

Querida leitora, acho que você está se referindo a um texto escrito por Merval Pereira.

E que foi publicado nesta gazeta escrota em dezembro de 2011. Já lá se vão quatro anos…

Clique aqui para reler.

Todavia, vou logo avisando: não adianta argumentar com fatos pra quem só raciocina com paixão político-ideológica.

A cegueira provocada por esta paixão é letal pra razão. E o ceguinho só vê as coisas que acontecem em um lado apenas.

Este Editor tanto mete o cacete em Lula e Dilma, quanto baixa a borduna em Aécio e FHC. É só petralhas e tucanalhas darem motivos que o pau come.

Agora, é claro, cristalino, lógico, evidente (pra quem raciocina) que quem está exercendo o puder (há mais de uma década!!!) vive em evidência e, em consequência, leva mais cacete no lombo do que quem está fora do Palácio do Planalto há tempos.

Por favor, dê um abraço em cada um dos 4.626 fubânicos que acessaram o JBF a partir de Brasília nos últimos 30 dias.

Entre os quais, gente em posições privilegiadas, chefes e diretores metidos em gabinetes importantíssimos, que costumam me passar bizus e informações de primeira.

A única coisa que eles não conseguem são um pixulequinhos aqui pro caixa desta gazeta, que está sempre no vermelho…

Abraço e um excelente feriadão!

CÍCERO CAVALCANTI – GOIÂNIA-GO

Faz uma musiquinha Chico?

ITARARÉ LIMEIRA – NATAL-RN

Prezado Editor,

Minha modesta proposta para solucionar esta crise, aqui e nas Pátrias de Bolivar e de Peron:

Associação com a Venezuela para declararmos guerra à Guiana Inglesa, invadindo este pais a partir da tríplice fronteira de Roraima e com a Argentina para invadir as Malvinas.

Será uma guerra justa, entre nós “hermanos progressistas” contra eles “os britânicos imperialistas”, para nos vingarmos de séculos de exploração capitalista.

Uma boa campanha publicitária (alô João Santana e Duda Mendonça) galvanizará a opinião pública, e tudo o mais será esquecido.

Depois de algum tempo, retiramos o bode da sala e tudo ficará uma maravilha, como na anedota…

Abraços

HENRIQUE DEJA TEIXEIRA – SÃO PAULO-SP

Prezado Berto,

Meu finado pai tinha um sonho: visitar os países que circundam o mar Mediterrâneo. Era homem de muita cultura e foi quem me iniciou no gosto pelo conhecimento da História.

Dentre os muitos países daquela região, citava um em particular: Síria. Cidades antiquíssimas, algumas com sete mil anos. E entre elas, uma joia da humanidade: Palmira, a cidade fundada no século VIII AC e que prosperou sob Roma, notadamente no século III da nossa era.

Eu compartilhava com meu pai o sonho de conhecer esta maravilha. Infelizmente este sonho acabou. Foi destruída pelos estúpidos do estado islâmico (com minúsculas mesmo).

Os mesmos estúpidos aos quais a nossa estúpida presidAntA defendeu a oportunidade de diálogo.

Uma lástima. Uma perda irreparável.

Será que nossa presidAntA ainda defende o diálogo com esses vermes?

Será que, para defender a ideologia de esquerda e anti Estados Unidos, temos que suportar tamanha ignomínia?

Veja as fotos abaixo, tiradas do site O Antagonista

b1b2b3b4b5

CÍCERO CAVALCANTI – GOIÂNIA-GO

Sr. Editor desta mídia golpista,

Em conversa reservada tida ontem com o Presidente do IBOPE, fui informado que aquele instituto de opinião pública, não mais fará pesquisa de campo para conhecer o nível de aprovação ou rejeição da Presidenta Dilma Rousseff.

De agora em diante esse trabalhado deverá ser feito analisando estatisticamente os comentários postados na coluna do Goiano, nosso mais bombardeado e rejeitado colunista.

Assim, além de obtermos um diagnóstico preciso da maléfica atuação do PT no Brasil, ainda teremos, em mãos, números que comprovam as bestagens, patifarias e falsidades escritas pelo colunista neste importante jornal, devidamente percebidas pelos leitores desta gazeta da bixiga lixa.

Eu, particularmente, aprovo a ideia.

JOSÉ NÊUMANNE PINTO – SÃO PAULO-SP

Fiz na sexta-feira, à noite, o comentário que você pode ver/ouvir ao clicar no vídeo abaixo.

No sábado, Dilma voltou atrás na estúpida decisão de ressuscitar a malfadada CPMF. Aparentemente, ele perdeu o sentido, porque não haveria mais o esbulho.

Ao abrir os jornais do domingo, leio que a presidAntA decidiu mandar o Orçamento ao Congresso com déficit, desafiando mais uma vez as instituições republicanas ao violar a Lei da Responsabilidade Fiscal.

Como configura óbvia chantagem, mando-lhe novamente o comentário na expectativa de que madame barata tonta recue do recuo e nos apresente de novo a conta de seus desatinos fiscais e contábeis.

Portanto, apesar de desatualizado, meu comentário pode ser encarado também como profético. Até no título desta mensagem:

CPMF, nunca mais!

SONIA REGINA – SANTOS-SP

Apêlo

O assunto hoje é sobre um vídeo que assisti e achei muito preocupante.

É certo que sempre tivemos fama de um povo que procurou resolver seus problemas com passividade. Saímos de um regime de governo militar para a democracia com entendimentos costurados pelas cabeças pensantes da época.

Hoje, grande parcela dos cidadãos, estão insatisfeitos com os rumos do atual governo e resolveram sair às ruas para manifestar-se.

Essas manifestações, tem se organizado de forma pacifica, onde todos têm o direito de fazer suas reclamações e exigências aos governantes.

Infelizmente, pessoas diretamente ligadas à governante, procuram talvez para defender-se, ou pior, propositalmente jogar pobres contra ricos, inclusive fazendo alusão à cor dos olhos que o “ser humano” ostenta desde o seu nascimento até sua morte. Ao que eu saiba, temos muitos milionários atualmente que não possuem “olhos azuis”.

Onde pretendem chegar esses que hoje reclamam, e num passado muito recente, bradavam pelas ruas contra tudo e contra todos, ficando no sossego tranquilamente quando chegaram ao poder?

O ministro da Justiça, ao ser hostilizado pela população no final de semana, utilizou o microfone do repórter para reclamar da intolerância. O presidente do partido da governante vive a bufar asneiras contra quem não é a favor do governo que aí está. O ex.presidente que aproveita até as quermesses para fazer seus discursos, só faz destilar seu ódio e desespero em vista da eminência de perder o trono.

Quem são os intolerantes?

Pouco me importa se a governante continua no cargo ou despeça-se dele, acho apenas que ela deveria assistir ao vídeo, consultar sua consciência, perguntando se é dessa maneira que se dirige uma nação descontente.

Governantes devem ter muitas maneiras de se manterem em seus cargos e espero que não seja aproveitando-se da violência dos exaltados.

Pouco mais de 2 minutos do Brasil Maravilha de hoje no vídeo abaixo:

CÍCERO CAVALCANTI – GOIÂNIA-GO

Atendendo a solicitação atrevidíssima de mano Fred Monteiro, solicitando um mote pra arregaçar o cabresto da bagaça, trato de obedecer caladin qui nem deputado petista.

Toma lá caba véi. Mando o mote e já mando o primeiro ( te cuida Camões), que é pra falar que ta tudo no jeito.
Se vira nos trinta sujeito.

Mote:

“Quem não entende mulher
tem que morrer na punheta”.

Aqui vai o premero.

Mulher é bicho esquisito
Todo mês tem sangramento
Tem bunda, peito e priquito
Doçura a todo momento
Os quem têm discernimento,
Gostam do comportamento,
E co’elas não rumam treta,
Têm sempre mel na colher.
Quem não entende mulher
Tem que morrer na punheta.

MARCOS MAIRTON – FORTALEZA-CE

Berto,

esta semana publiquei artigo no site jurídico JUSBRASIL, desses que misturam prosa com versos de cordel.

Não trouxe o texto para minha coluna porque o considerei muito jurídico, mesmo na parte cordelizada.

Mas, como sei que há muitos fubânicos que transitam pelo mundo jurídico, além de outros tantos que têm curiosidade pelo tema, embora não tenham formação jurídica regular, peço-lhe que compartilhe o link com os cultos leitores do JBF:

PROCESSO PENAL EM VERSOS: decisão em exceção de suspeição 

Abraço!

R. Meretíssimo colunista fubânico, aqui na redação do JBF temos um serviço de buscas pra localizar o máximo possível de coisas que saem na internet sobre esta gazeta e os seus colaboradores. Aline é que administra este departamento e recebe várias comunicações automáticas do Google.

Por uma feliz coincidência, esta semana ela recebeu uma matéria que saiu na página da Justiça Federal aí do Ceará, a respeito de uma sentença que você assinou condenando uma quadrilha de traficantes de drogas.

E, detalhe importante, a notícia ressalta o “tempo recorde” que você levou pra “dar uma resposta à sociedade” e mandar os meliantes pro xilindró. Quem quiser ler a matéria, é só clicar aqui

Esta nova geração de juízes brasileiros dá um orgulho danado pra nós outros, os contribuintes.

Parabéns, seu cabra malassombrado.

SONIA REGINA – SANTOS-SP

Sr. Editor

Os moradores da cidade de Catanduva/SP, alguns vestidos de preto, carregando bolas pretas, debaixo de chuva, deram seu recado para a governante, que lhes concedeu uma visita.

Terça-feira é dia de trabalho e muitos moradores não puderam participar.

A manifestação foi gratuita, não contaram com patrocínio de empresas estatais.

R. Coitadinha de Dilmandioca…

Isto é uma tremenda maldade.

A bichinha não pode mais ir pra lugar algum que vaia ecoa nos ares.

Alguém precisa ensinar educação e respeito a estes coxinhas golpistas.

MAGNO BEZERRA DOS SANTOS – CHICAGO-ILLINOIS-USA

Caro Berto:

Em um furo de espionagem conduzido pela National Security Agency, com dados coletados pela CIA e pelo FBI alem da ajuda dos satélites da NASA, finalmente ficamos sabendo da ultra-secreta preparação da Força Aérea Boliviana para a iminente invasão do Brasil.

Os brigadeiros nacionais que se cuidem.

Um abraço,

Bolivia invadindo

MAURO SIMAS – PETRÓPOLIS-RJ

Senhor Editor,

Uma excelente entrevista com a prisidenta Dilma.

Saudações,

MARIA ITO – YOKOHAMA/KANAGAWA – JAPÃO

Berto,

do que adianta toda essa “liturgia” ostensiva do gunverno vermelho, se já não enganam mais ninguém?

Veja esta notícia:

Jornal Alemão diz: ‘falta um ministro para o apelido de Ali Babá e os 40 ladrões’

merkel

A imprensa europeia num todo, está repercutindo o que diz o jornal alemão Handelsblatt, que falta 1 ministro para Dilma ser chamada de Alibabá e os 40 ladrões. Por hora é somente Alibabá e os 39 ladrões.

O jornal ainda destaca que Dilma se tornou a pior presidente da história do Brasil, com rejeição que beira a 100% e torna o país ingovernável. 

R. Pros leitores que são trogloditas, isto é, que falam muitas línguas, aqui vai a versão original em alemão, a que diz que só falta um pra completar os quarenta ladrões de Ali Ba-Brahma:

Entsprechend schwierig waren die Vorbereitungen für die Konsultationen: Rousseff führt ein Kabinett mit 39 Ministern. Mit dem aufgeblähten Regierungsapparat versucht sie, alle zehn Parteien der großen Regierungskoalition zufrieden zu stellen. Böse Zungen behaupten, dass sie nur deshalb nicht noch einen Minister mehr ernannt habe, um keinen Anlass zu liefern für den Vergleich mit Ali Babas 40 Räubern.

Mas, veja só, cara leitora da Terra do Sol Nascente: não devemos dar ouvidos a este achincalhe, a este deboche, a este linchamento midiático feito num país atrasado e de terceiro mundo como a Alemanha. Um país fudido, lascado, sem cultura, sem economia e em plena decadência.

O que nós devemos louvar e divulgar são as potências sulamericanas, nossas queridas vizinhas, como a Venezuela e a Bolivia, por exemplo.

Atente para esta importante notícia: o líder máximo da Bolívia, o brioso Evo Morales, já avisou que vai invadir o Brasil militarmente, caso seja dado um golpe e Dilma, Lula e o PT sejam obrigados a deixar o poder pela força. Isto sim, é o que devemos aplaudir e divulgar. E não as mentiras da grande mídia alemã.

O partido que administra eztepaiz não poderia estar em melhor companhia que esta.

Veja só o que o grande Evo Morales – proprietário da maior potência militar das três américas, dotada de modernos mísseis e bombas atômicas cocaleiras -, diz neste vídeo:

SONIA REGINA – SANTOS-SP

Saudação à Cachaça

Lá se vão os bons tempos em que a Cachaça, também chamada de pinga, branquinha, marvada, mata bicho, caninha, água que passarinho não bebe, etc., era respeitada.

A autêntica bebida brasileira, no balcão do bar, é servida em copinho de fundo grosso, contendo risquinhas para uma dose ou mais. Alegria daqueles que vivem com pouco dinheiro.cc

Os balconistas que servem a poderosa, sempre sorridentes, colocam os copinhos no balcão, geralmente com o dedinho (mindinho) da mão, bem “esticadinho”.

A talagada é precedida por um golinho para o Santo, até aqueles que não acreditam, seguem o ritual. Vai que esquecer atrai o azar.

A cachaça é utilizada de várias formas, a caipirinha é uma delas. Até em receita de massa de pastel ou preparando os torresmos.

Agora vem o melhor!

Depois de utilizarem malas, cuecas, bolsos, meias, bolsas de senhoras, secretárias, hotéis, assistentes e sei lá mais o que, resolveram inovar e utilizar as garrafas de cachaça vazias, para colocar dinheiro. Será uma reedição abrasileirada dos bilhetes que os náufragos encontravam nas praias?

Não há limites para as canalhices no mundo político brasileiro. Vale qualquer coisa e pouco importa a opinião dos eleitores, desde que a fome pelo poder e dinheiro os deixem totalmente embriagados.

Nunca pensei que garrafa cheia de cachaça, alegria dos brasileiros, vazias, elas fazem a alegria dos corruptos.

Torço para que esses velhacos um dia fiquem em “Cana”.

VANDERLEI ZANETTI – SÃO PAULO–SP

Prezado Berto,

Acabo de receber e ver a entrevista do Deputado Ulisses Guimarães, no programa do Jô, realizada em 21 de setembro de 1992, anterior a votação do impeachment do Collor

Achei interessante e oportuna para o momento que estamos vivendo.

Quem sabe dá para publicar.

Um abraço.

R. Como você bem disse, caro leitor, uma entrevista muito oportuna. Oportuníssima. Embora tenha sido dada há 23 anos.

Ulysses morreu antes da hora, tragicamente, num acidente aéreo.

Deixou pra família uma herança que, além da honradez e da ética, incluía também um patrimônio material compatível com a sua renda. Uma coisa espantosa nos dias de hoje, neste país chamado Banânia, quando uma única empresa se compromete a devolver 800 MILHÕES DE REAIS que afanou da Petrobras administrada pelo PT.

Num tempo  como o atual, em que o PT e os petistas lutam desesperadamente pra convencer os trouxas de que “todos roubam” e que não existe “político honesto”, vale a pena reverenciar a memória de Ulysses Guimarães.

Na época desta entrevista, anos 90 do século passado, em que a banda decente do Brasil lutava pelo impeachment do Caçador de Marajás das Alagoas, Lula e o PT estavam nos palanques que rebanhavam multidões de ponta a ponta, berrando o lema “Fora, Collor”.

Estavam do lado certo, do “lado da luz“, como diz o fubânico petista Negador da Realidade

Hoje em dia, Lula e o PT…

Ah, não vale a pena perder tempo com este pulha barbudo, que os zintelequituais zisquerdistas descerebrados intitulam de “o maior estadista que eztepaiz já teve”. Vão ser cegos assim lá na casa do cacete!!!

E vamos ao vídeo que você nos mandou:

CARLOS EDUARDO – PATY DO ALFERES–RJ

Meu prezado Editor,

cada um com a passeata que merece.

Um encontro com sindicalistas organizado em São Paulo por um aliado de primeira hora do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), na manhã desta sexta-feira, virou ato de apoio ao peemedebista, um dia depois de ele ter sido denunciado pela Procuradoria Geral da República por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Cunha foi recebido com gritos de “Cunha, guerreiro do povo brasileiro”.

A reunião, patrocinada pelo deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força, foi divulgada no início da tarde de quinta-feira, enquanto ainda se aguardava a apresentação da denúncia contra Cunha e o senador Fernando Collor de Melo (PTB-AL).

cunha-collor

R. Belo e inspirado lema, este que gritavam os manifestantes:

“Cunha, guerreiro do povo brasileiro”.

De fato, Cunha forma uma bela dupla com o outro “guerreiro do povo brasileiro”, o Zé Dirceu.

Aliás, as parecenças entre a dupla Cunha/Collor e a turma do PT não se limitam apenas aos gritos de guerra.

Assim que a denúncia contra os dois foi apresentada ao STF, as declarações, desculpas e ataques que eles fizeram foram copiadas, ao pé da letra, das declarações dos petistas sempre que uma denúncia é feita contra algum figurão vermêio-istrelado.

Dê uma pesquisada rápida e compare as declarações de Cunha/Collor ontem com as declarações de Rui Falcão defendendo Vacarri e demais petralhas enrolados na Lava Jato.

Ou, então, a defesa que o PT fez dos malfeitores que foram condenados no Mensalão, como Dirceu, Genoino, Delúbio e João Paulo.

Cunha e Collor deveriam pagar direitos autorais ao PT pelas declarações que deram ontem esculhambando Janot.

Janot é aquele que Collor chamou de “filho da puta“, em plena tribuna do Senado Federal, num cena que, sem qualquer sombra de dúvida, está à altura de uma republiqueta banânica socialista muderna.

Cunha, Inimigo Nº 1 do Gunverno do PT, e Collor, Amigo Nº 1 do Gunverno do PT, merecem ambos que o STF enfie no furico de cada um dos dois uma pajaraca sextavada de grosso calibre.

Vale a pena repetir a charge de Miguel, publicada hoje no Jornal do Commercio aqui do Recife:

migueljc16

LOURDES MEIRA – CAMPINA GRANDE-PB

bom, senhor editor,

para um alegre final de semana, envio este vídeo com um discurso da presidenta dilma.

parabéns para este nosso querido jornal em crescente sucesso.

abraços e bom fim de semana.

R. O estado de Roraima virar “capital” (e a mais distante de Brasília!) e o gentílico de Roraima virar “roraimada” isto é o trivial no idioma Dilmês.

A prisid-Anta está apenas exercendo e exercitando a sua antológica estupidez. As falas de Dilma estão à altura e no mesmo nível da cabeça dos que votaram nela.

O que eu gostaria de chamar a atenção nesta história, é um outro vídeo que um leitor fubânico me mandou, sobre esta nova cagada oral da Dama do Priquito-de-Ferro. Um vídeo onde Dilma é comparada a um jumento.

Quero declarar de público que tal comparação é profundamente infamante para com os asnos.

Comparar Dilmandioca com um jegue é uma ofensa sem tamanho para com a classe jumentícia.

Veja só que absurdo:

JERONIMO NETO – MACEIÓ-AL

Grande Berto,

Já que a cebola está com o preço um pouco alto, a solução e comer só tomates não acha?

tomates

R. Meu querido conterrâneo de Palmares e grande chargista, hoje radicado em Maceió, concordo plenamente com você: vamos comer tomates, redondinhas e rechonchudas.

Até mesmo por via oral…

BERNARDO – MACEIÓ-AL

Mestre Papa,

veja aí o primeiro sintoma da chegada do verão.

Com os respeitos do Cardeal.

vr

R. Tu tens certeza que eu continuo Papa???

Tu acha que fui eu mesmo que fundei a Igreja Sertaneja???

Veja isto direitinho porque eu já tô em dúvida até sobre se fui eu mesmo que criei o JBF.

HELENA SCHULTZ – PORTO ALEGRE-RS

Prezado Editor,

Divulgue esta convocação para os leitores de Porto Alegre.

A manifestação desocupados PT-CUT-UNE-MST será durante o horário do expediente. Mas esta será a partir das 18 horas, quando os verdadeiros trabalhadores terminam seu trabalho.

Saudações gauchas e muito sucesso!

* * *

Nesta quinta-feira, 20 de agosto, o PT realizará uma série de atos com o apoio da CUT, UNE e MST em uma contraofensiva às Manifestações pelo Fora Dilma! do último dia 16.

Em Porto Alegre, como resposta a estes atos, será realizado o 1º Mortadelaço, organizado por manifestantes contrários ao Governo Federal, na Av. João Pessoa, esquina com a Av. Venâncio Aires, a partir das 18h.

pcm

O evento tem caráter irônico, ressaltando o fato de que nos eventos organizados pelo PT é comum haver distribuição de lanches para os participantes.

Mais de mil pessoas já confirmaram presença no Mortadelaço, através da convocação do grupo “La Banda Loka Liberal” pelo facebook disponível no link Mortadelaço.

IZETE M. MENEZES – GOIÂNIA-GO

Sr. editor bestial,

amanhã é dia de dar duro, dia de trabalho.

Mas para o PT e seus militantes, para a Cut, para o MST é feriado e dia de vagabundagem.

Não é feriado para quem trabalha e produz.

nv

CARLOS EDUARDO – PATY DO ALFERES–RJ

Após sua história repercurtir na imprensa e na internet, o brasileiro Eduardo Marciano, afirmou no início da manhã desta terça-feira (18/08) que recebeu o pagamento de cerca de US$ 100 mil do governo brasileiro por serviços prestados por sua empresa durante a viagem da presidente Dilma Rousseff aos Estados Unidos no final de junho.

Em entrevista por telefone, Marciano afirmou que foi ontem no final da tarde (horário local) até o Consulado brasileiro em São Francisco, na Califórnia, receber o cheque no valor de US$ 99,885 mil.

“Queria evitar entrar na justiça contra o governo brasileiro. Acabei compartilhando a história, mas esse serviço de cobrar o Itamaraty não cabe à minha companhia fazer”, disse.

A saga de Marciano para receber o pagamento durou mais de dois meses. Nesse meio tempo, ele afirma ter ligado diversas vezes para o Itamaraty e ido ao Consulado Brasileiro regularmente.

“Até os motoristas da minha empresa foram lá cobrar a dívida”, afirmou. Aliviado, Marciano disse que nunca imaginou que teria “tanta dor de cabeça e estresse para receber”.

crr

MAGNO BEZERRA DOS SANTOS – CHICAGO-ILLINOIS-USA

Prezado Berto:

Boatos nesta terra distante dizem que a Justiça não vai conseguir reaver a alegada bufunfa que o Cerveró roubou da Petrobrás, já que é indubitável que ele nada possuia, cidadão trabalhador e honestíssimo que era.

É sabido também que o pobrezinho do rapaz somente tinha um veículo, o qual era o único meio de transporte para toda a família – muitas vezes o coitado tinha que ir trabalhar de jegue porque a família tinha que ir a um casamento ou algum outro acontecimento social com dito veículo.

Felizmente, para compensar a gatunagem, a Justiça conseguiu por a mão no único bem que tal pobre e honestíssimo cidadão possuia.

Anexo, a foto do Fusca.

Um abraço,

cervero

R. Caro leitor, você tome cuidado…

Depois que Dilma deu o calote e passou o xêxo numa empresa que aluga carros em San Francisco, a fama dos brasileiros num tá nada boa aí nos Zistados Zunidos.

Tu abre o olho, cara…

COMISSÃO EXECUTIVA NACIONAL DO PARTIDO DOS TRABALHADORES – BRASÍLIA-DF

pt

Os ataques ao Partido dos Trabalhadores, ao ex-presidente Lula e ao governo da Presidenta Dilma, não escondem seus propósitos conservadores e antidemocráticos, exigindo uma reação imediata do nosso partido e do campo democrático e popular.

Diante da gravidade do momento político e da ofensiva da direita contra as liberdades democráticas e os direitos humanos, políticos e sociais, o PT conclama o engajamento nacional da militância petista no calendário de mobilizações em defesa da democracia, das reformas estruturais e por mudanças na política econômica.

O Partido dos Trabalhadores apoia e orienta a participação dos petistas na mobilização unitária dos movimentos sociais e partidos de esquerda no próximo dia 20 de agosto e as iniciativas de constituição, nos estados e nacionalmente, de uma frente democrática e popular.

Ajude a divulgar, compartilhe nas redes sociais

son

R. Senhores membros da gloriosa, ética e impávida Comissão Executiva Nacional do PT, esta mensagem já foi publicada no JBF no último dia 6 deste mês de agosto. Mas, como vocês mandaram de novo, a gente publica novamente. Com muito gosto e alegria.

Afinal, lugar de escrotidão é aqui mesmo, nesta que é a gazeta mais escrota de toda a rede internética.

Vocês, que comandam o partido que está no gunverno, pedindo “mudanças na política econômica” deste mesmo gunverno, é coisa pra matar a gente de tanto se rir-se!!!!

Diz o ditado que “quem avisa, amigo é”. Eu vou dar um aviso.

Quero avisar pra vocês que não se esqueçam de ouvir os reclamos da brava militância assalariada.

Eles estão putos porque acham que o cachê de 35 reais é muito pouco, os ônibus pra transporta-los não são confortáveis e o lanche que ganham nas passeatas está muito mixuruca.

mtd

E, pra provar que estou torcendo pelo sucesso da manifestação de vocês no próximo dia 20, dou sugestão para a montagem de um cartaz.

Um cartaz mostrando que o grande líder Lula, o Número Um, está acima de tudo e de todos.

Está nas nuvens.

Está brilhando lá nas alturas, ofuscando até mesmo o brilho da Lua!

Vejam que lindo:

adt

CARLOS EDUARDO – PATY DO ALFERES–RJ

Prezado Editor,

Na praia de Copacabana o protesto foi pra valer.

Um abraço,

c1c2

CARLINHO SACATRAPO – CABO DE SANTO AGOSTINHO-PE

Seu editor,

os políticos avacalharam com as cadeias.

Veja este vídeo.

Saudações


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa