AIRTON BELNUOVO – SÃO BERNARDO DO CAMPO-SP

Caro Editor:

Sou renal crônico e uso a rede publica de saúde, na minha cidade ela tem o nome de UBS. Sendo renal crônico preciso de acompanhamento de um nefrologista, coisa que eu tinha até o final de outubro/2013.

Meu nefro na última consulta me pediu exames de rotina e me disse que assim que os tivesse pronto para voltar Centro de Referência que seria possível a marcação de consulta com antes das festas de final de ano, que seria o único período que ele pararia de atender.

De posse dos exames voltei ao Centro de Referencia e tive a informação de que ele tinha pedido demissão e fiquei até hoje sem este acompanhamento.

Bem, fiz este longo preâmbulo só para linkar esta “maravilhosa” noticia:

Prefeito saúda novos médicos de São Bernardo

Em evento realizado na noite desta quarta (23) no seu gabinete, Luiz Marinho, prefeito de São Bernardo do Campo, apresentou os 15 novos médicos que irão integrar a rede de atendimento da cidade.  

Idaña Gomez, de Cuba, falou em nome do grupo e agradeceu as boas vindas recebidas. A secretaria de saúde, Odete Gialdi, por sua vez, ressaltou o apoio do Governo Federal com a criação do Programa.

Durante sua fala, Marinho ressaltou a importância do reforço de pessoal que veio por meio do programa “Mais Médicos”, do Governo Federal: “antes, tínhamos um grande problema com pessoal. Contratávamos e, mesmo com bons salários eles iam embora. O Mais Médicos nos ajudou a suprir esse déficit” (de profissionais de medicina). Ao final, o Prefeito agradeceu e deu boas vindas aos profissionais.  

Os novos médicos, que vieram de países da América do Sul, América Central e do Brasil, atuarão na rede de atenção básica da cidade (Equipes de Saúde da Família e UBS) e se somarão a outros 20 que já estavam em São Bernardo. Após passar por adaptação, devem iniciar a atender até a primeira quinzena de maio.

Não é uma grande noticia?

Grato.

R. Meu caro, eu torço pra que estes 15 novos médicos que foram aí pra vossa cidade sejam cubanos em sua maioria.

Os cubanos – formados na melhor faculdade de medicina do Oriente, a de Havana -, são tão competentes no seu ofício que fazem coisas impressionantes na sua labuta diária.

Veja, por exemplo, esta foto que me foi enviada por Biu Moscouzinho, meu grande amigo e incansável militante cumunista de Palmares, defensor e cultor intransigente da gloriosa Revolução Cubana, desde os anos 60 do século passado, quando militávamos, eu e ele, nas fileiras da brava Juventude Cumunista dos Palmares.

Ele fez o flagrante no momento em que um amigo comum, Pica-de-Mondrongo, cumpanhero nosso de copo e conversa fiada, era examinado pela médica cubana Kenia Rivero Martinez, num posto de saúde da nossa querida cidade de nascença.

Arrepare direitinho a foto: a doutora está auscultando o nosso amigo com o estetoscópio fora dos zouvidos!

E, mesmo assim, deu o diganóstico certíssimo: “Este sujeito tá mesmo é com o cu cheio de cachaça

São ou não são os melhores médicos do mundo estes dotôres depromados em Cuba???!!!

MÉDICA CUBANA-

ALCEU – LONDRINA-PR

Olá Papa Berto,

Fiquei impressionado com sua publicação  “A MUSA DO ÓDIO”, é de arrepiar.

Procurando explicações para tal atitude, pesquisei, e o mais próximo que achei  foi a do pensador e filósofo russo Mikhail Bakunin, que diz o seguinte:

“Assim, sob qualquer ângulo que se esteja situado para considerar esta questão, chega-se ao mesmo resultado execrável: o governo da imensa maioria das massas populares se faz por uma minoria privilegiada. Esta minoria, porém, dizem os marxistas, compor-se-á de operários. Sim, com certeza, de antigos operários, mas que, tão logo se tornem governantes ou representantes do povo, cessarão de ser operários e por-se-ão a observar o mundo proletário de cima do Estado; não mais representarão o povo, mas a si mesmos e suas pretensões de governá-lo. Quem duvida disso não conhece a natureza humana.”

Bakunin

Mikhail Bakunin (1814-1876)

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin foi um teórico político russo, um dos principais expoentes do anarquismo em meados do século XIX. Sociólogo, filósofo, agitador, revolucionário e teórico anarquista.

Bakunin é lembrado como uma das maiores figuras da história do anarquismo e um oponente do Marxismo em seu caráter autoritário, especialmente das ideias de Marx de Ditadura do Proletariado. Ele segue sendo uma referência presente entre os anarquistas da contemporaneidade, entre estes, nomes como Noam Chomsky.

Leia mais clicando aqui

R. Caro leitor, entre os 10 primeiros estados na quantidade de fubânicos, o Paraná ocupa o sexto lugar (4.298 acessos). Um fato que me deixa muito feliz mesmo.

Nos últimos 30 dias, 322 leitores distintos acessaram esta gazeta escrota a partir dessa vossa progressista cidade de Londrina. A terceira do estado em número de leitores, perdendo apenas para Curitiba e Maringá.

O texto a que o nosso leitor paranaense se refere é da autoria de José Gobbo Ferreira, e foi publicado no domingo passado aqui no JBF. Na seção Deu no Jornal.

A musa citada é esta que aparece no vídeo abaixo, espumando ódio, peidando veneno, babando desamor, expelindo amargura, vomitando rancor e relinchando raiva contra a humanidade, os seres vivos, as pessoas, os entes,  os espermatozoides, os embriões  e a sofrida classe média que paga o salário que ela recebe mensalmente dos cofres públicos.

BERNARDO – MACEIÓ-AL

Mestre Papa,

vai daqui mais uma foto polêmica para apreciação dos especialistas fubânicos.

O peito da “bela adormecida” é natural, ou siliconado?

Com os resPEITOS do Cardeal

PPS-

BERNARDO – MACEIÓ-AL

Mestre Papa,

veja aí a criatividade do retratista para reproduzir as belezas dos Lençóis Maranhenses.

Com os respeitos do Cardeal.

LENÇOIS

ROGÉRIO ARAÚJO – ITATIBA-SP

Prezado Papa

Boa noite

Já estamos na Samana Santa, dias sagrados cheios de tradições, cultos, entre elas, ovos de pascoa, procissões, orações, vigilias religiosas, queima do judas e outras mais.

Aqui pelos lados do Sudeste, mais precisamente em Itatiba onde resido, tem uma bem interessante. Consiste no Sábado de Aleluia beber de manhã uma dose da cachaça com arruda para fechar o corpo para o resto do ano.

Quando pequeno, quase toda casa tinha um pouco preparada, incluindo a minha. O que eu achava mais engraçado era o fato do pessoal que bebia a tal tradição o dia todo, penso que até agora, passados 40 anos ainda tem gente que ja não bebe mais, e com certeza o corpo ainda continua fechado.

Em tempo: o pezinho de arruda de minha mãe ja foi desfoliado hoje, amanhã vou ter de ir ate a casa dela pedir a benção e cumprir com minha parte e fechar o corpo.

Saúde!

R. Meu caro, gostei muito, gostei demais desta tradição aí de Itatiba. E vou passar a segui-la de imediato. A partir de hoje, Sábado de Aleluia.

Já tô com uns galhos de arruda prontos pra ser amassados e misturados a uma lapada de cachaça Germana.

arru

E veja se aparece mais, seu cabra. O seu último contato, se não me engano, foi no final do ano passado.

Abraços e um excelente feriadão!

BRÁULIO DE CASTRO – OLINDA-PE

Papa Berto,

segue em anexo duas músicas de minha autoria gravadas por essa cantora maravilhosa que é Nádia Maia.

A bichinha tem uma voz totalmente nordestina, afinadinha que faz gosto.

Espero que os Fubânicos gostem e comprem o CD, que já se encontra a venda nas melhores casas do ramo.  kkkkkkkkk.

R. E a melhor casa do ramo é a loja Passa Disco, aqui no Recife, de propriedade do fubânico Fábio Cabral, Cardeal da Igreja Sertaneja, que vende pra todo Brasil, via internet, de forma  tranquila e segura.

Quem quiser comprar, ou apenas conhecer a página da loja, basta clicar aqui. Aviso logo: a Passa Disco tem o melhor e maior acervo de música brasileira e nordestina deste nosso país (depois eu cobro de Fábio o comercial…).

Quanto à minha querida Nádia Maia, fico feliz que só a porra que ela tenha gravado músicas de vossa autoria, meu caro Monsenhor. Sou apaixonado pela voz dessa morena simpática e linda que só a bixiga lixa, e sempre me encanto com suas interpretações.

E chega de conversa: vamos ouvir as composições que você nos mandou:

TELAS COLORIDAS – Bráulio de Castro e Carlos Magno – Canta: Nádia Maia

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

PRA CONQUISTAR O TEU AMOR (Xote Zé Limeiriano) – Bráulio de Castro e Fátima de Castro – Canta: Nádia Maia – Participação Espedial do Maestro Spok

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

nadia

A grande forrozeira Nádia Maia; clique aqui para conhecer a página dela

MARCOS MAIRTON – FORTALEZA-CE

Papa Berto,

Ainda sobre o tema “Violência e impunidade” , saiu ontem no site Jus Navigandi excelente artigo do meu amigo e mestre Agapito Machado, o juiz federal de primeira instância mais antigo da 5a. Região (CE, RN, PB, PE, AL e SE), sob o título “Prisão: o exagerado garantismo do STF”.

O artigo está em linguagem bem acessível às pessoas sem formação jurídica e chama a atenção para importantes aspectos do tema.

Transcrevo apenas um trecho:

“Os Ministros do STF têm de sair do seu Gabinete e olhar, nas ruas, a realidade do Pais, o que foi dito pelo Min. Joaquim Barbosa, evidentemente tirando os seus exageros verbais.

Dá pena ver atuar na instância criminal um juiz de 1º grau, o que assume o cargo somente após aprovado em rigoroso concurso público de provas e de título e não pelas mãos de políticos, inclusive cassados por corrupção, como gostava de dizer o falecido Senador Antônio Carlos Magalhães, o “Toinho Malvadeza”.

A primeira instância criminal está completamente desacreditada, em razão de tantos recursos propiciados ao réu, evitando-se o trânsito em julgado da decisão condenatória.

Por isso, o Juiz de 1º grau não consegue manter presos os acusados de crimes de gravíssimo potencial ofensivo, em face, ainda, de entendimento da maioria do STF da era Lula/Dilma, a seguir comentado.

O juiz de 1º grau, por conta de tudo isso, ainda é o primeiro a sofrer com a violência, eis que vários são ameaçados e alguns morreram pelas mãos do crime organizado.

Há casos comprovados de bandidos acusados de vários crimes (homicídio, sequestro, assalto e explosões a bancos, etc) que continuam soltos, e assim vão continuar até que, após longuíssimos anos, venha a transitar em julgado uma sentença condenatória para, finalmente, ele ser preso e afastado do convício social. Até chegar a esse momento, ele já terá feito um grande estrago às pessoas de bem e à sociedade. Estará isso certo?”

Vale a pena a leitura do texto completo (clique aqui)

BERNARDO – MACEIÓ-AL

Mestre Papa,

veja que beleza de sinais estampados nas partes pudendas da jovem retratada.

Com os respeitos do Cardeal.

R. Eu num vi sinal algum.

Pra falar a verdade, só prestei a atenção no deplorável estado em que se encontra o short da moça que, de tão apertado, chega provocou um tremendo inchaço.

Coitadinha…

pnt

NEWTON SILVA – FORTALEZA-CE

Caro Berto,

O meu conto Os encantos de Dona Orlanda foi um dos agraciados para compor a coletânea de contos do PRÊMIO DE LITERATURA UNIFOR, edição de 2013.

capa livro uniforpag-livro-unifor

Na noite desta sexta-feira, 11 de abril, foram conhecidos os vencedores do Prêmio de Literatura Unifor 2013, que nesta edição contemplou o gênero conto e bateu recorde de inscrições.

Ao todo foram 409 trabalhos, entre concorrentes do Ceará, Alagoas, Amazonas, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco, e de outros países, como Portugal e Japão“. (Clique aqui para ler matéria completa)

Grande abraço aqui das caatingas cearenses encharcadas pelas chuvas de abril.

R. É por isso que eu não me canso de repetir: só tem malassombrado neste antro fubânico.

Parabéns, seu cabra doido!

Faça muito sucesso e brilhe muito. Porque quanto mais você brilhar, junto com você brilhará também o jornal do qual você é colunista.

 

ROSEMBERG FAÇANHA REIS – MARACANAÚ-CE

O CLAMOR DOS MEDÍOCRES

Bendita zona de conforto mimada por mim
Nem frio,nem quente,a um passo de ser vomitado
Estático no bosque da acomodação carmim
Sem ânimo pra buscar melhorias,upgrade enterrado

Preces de arlequim de humor ácido crisântemo
Escuto sussuros no vale da escuridão cortante
Já acostumado ao prelúdio de revés,não temo
Zero de progresso,estagnado em nível orbitante

Sem fluir na vida,fiz meu castelo no lamaçal
Não consigo,não tento,nao quero,não sonho
Evito as decepções,mas sem dor,sem ganho

Entrego-me aos desejos do clamor medíocre
Luta interna,o seu eu é desertor no combate
Um réquiem é sua única evolução,xeque-mate

VICENTE ALENCAR RIBEIRO – BONITO DE SANTA FÉ-PB

Exaltado e esplendoroso Papa.

A priori, desculpe a minha ausência temporária. É com prazer imensurável que volto a escrever para este Jornal da “bixiga lixa”. Desta feita, envio uma poesia, caso, queira publicar.

Admoesto que as vezes somente sonhar é o que nos resta. Com o meu mais sincero respeito, desejo-lhe pacen et salutem.

Ei-lo:

Verdades e Utopias

Sonhei com um Brasil ilusório,
Que todo mundo era igual,
Não havia diferenças,
Só igualdade social.

Todo mundo tinha um teto,
Muito cômodo pra habitar,
Tinha sempre o que comer,
Colégios para estudar.

Trabalho pra todo mundo,
Crianças sem inanição,
Não existia violência,
Desamor, poluição,

Os presídios estavam esmos,
Pois não tinha a quem prender,
Milícias não existiam,
Não havia o que fazer.

Clique aqui e leia este artigo completo »

NÉLIO SANTANA – SANTA MARIA-RS

Berto:

Consta que esse imbróglio da CPI da Petrobrás deslocou-se para o STF onde foi designada como relatora a ministra Rosa Weber. Observem: em outros tempos procedimentos indecentes, como os que provocaram a ida de parlamentares ao STF sequer seriam pensados, uma vez que Comissões de Constituição e Justiça não eram ainda covil de sabujos subservientes ansiosos para demonstrar a fidelidade típica dos covardes e as CCJ tinha a certeza de que no STF residia um bastião da Constituição.

Mas vivemos tempos esquisitos, onde ministro da Corte é elevado à condição de herói nacional apenas porque cumpriu com seu dever, onde temos membros que não reúnem condições sequer para ser juiz iniciante e ministros que são uma “suspeição ambulante”, tão comprometidos que são.

Havia um dito que dizia que “de b***a de bebê, barriga de grávida e cabeça de juiz pode vir qualquer coisa”. Se referia a um Brasil de outra época. Hoje sabe-se com razoável grau de certeza o que vem da barriga de grávida e b***a de bebê.

Mas do STF de hoje pode vir tudo, menos certezas. O lugar em que a Carta Magna foi torturada no seu limite para atender minorias influentes foi no STF. Não podemos nos esquecer que há gente lá disposta a tudo para entrar para a história. Nem que seja pela porta dos fundos.

Em outros tempos teríamos a certeza que o direito das minorias seria respeitado. Mas não vivemos nesses tempos… 

ARAEL M. DA COSTA – JOÃO PESSOA-PB

Caríssimo e Reverendíssimo Papa  

A respeito da matéria sobre a recusa (repulsa) do Presidente e demais integrantes do TCU ao nome do Senador Gim Argello para integrar essa Corte (?) (clique aqui para ler), lembro que, se não me falha a memória, esse procedimento não é inusitado na história desse órgão, pois que em pleno GOVERNO MILITAR o Plenário recusou a indicação do ex-governador Aluísio Alves, para integrar o mesmo. E essa recusa foi acatada.

E mais, não houve imposições ou manobras para que tal recusa não fosse considerada afrontosa ao Governo.

Esse mesmo Aluísio viria a ser, posteriormente, cassado, quando naturalmente se revelaram ou listaram as diatribes que ele praticou lá pelo Rio Grande do Norte.

Esta a lembrança.

Vejamos se não é falha de memória…

Respeitosamente.

R. Caro leitor, lembro-me muito bem de Aluísio Alves, pai do atual presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves. Eu já era observador atento da vida brasileira quando ele estava no mundo dos vivos e era um coronel matreiro e muito atuante. 

Aluísio foi um dos maiores caciques da política potiguar no século passado, tendo sido ministro de estado no governo Sarney. Transmitiu o bastão pro filho, Henrique Eduardo, que em 1971, aos 22 anos, foi eleito deputado federal, o mais jovem até então. Conheci-o pessoalmente naquela época, com cara de menino rico e comportado. Ou seja, Henriquinho está no parlamento federal há apenas 43 anos…

ppff-

Henrique Eduardo, o filho, e Aluísio, o pai: uma dupla de raposas do RN

Em 1963 participei de um congresso de estudantes secundaristas, na cidade de Arcoverde, aqui em Pernambuco. Um dos conferencistas do evento foi Aluísio Alves, pai de Henrique, que era então governador do Rio Grande do Norte. Entre aplausos e vaias, tapas e beijos, nós da plateia, composta de “esquerdistas” e “direitistas”, participamos intensamente da explanação do então governador.

Confesso, caro leitor, que não sabia deste fato que você contou na sua mensagem, a recusa do nome de Aluísio pra integrar o TCU. Vou até dar uma pesquisada nos meus alfarrábios.

Grato pela informação e pelo contato.

Abraços e um excelente final de seman!

PADEMO – GOIÂNIA-GO

Prezado Berto,

embora extenso, passo no anexo as exigências para aprovação, em concurso público, de candidatos à função de Guarda Municipal, conforme a Prefeitura Municipal de Cratéus-CE.

A receita está aí, faça o bolo.

R. Enquanto o Poder Executivo Socialista Muderno indica para o Supremo Tribunal Federal um sujeito feito Dias Tofolli – que foi reprovado em concurso pra juiz de 1ª instânica -, e indica pro Tribunal de Contas da União um sujeito feito Gim Argello – corrupto com uma ficha sujíssima -, a Prefeitura de Crateús, no brioso estado do Ceará, dá um exemplo ao mundo, ao estabelecer as condições que deve ter um candidato ao posto de Guarda Civil do Município.

Eu ainda consegui ler umas quatro das mais de dez páginas do edital relacionando as exigências. Aí cansei.

Sem falar das exigências em outras áreas, como escolaridade e condições psicológicas, na área física temos aqui uma pequena amostras das exigências e dos itens que incapacitam o candidato pra exercer tão relevante função.

Vejam:

condições-

Para acessar o edital, na parte específica da Guarda Municipal, clique na ilustração abaixo. Ao abrir a página, vá rolando a tela e dirija-se diretamente ao item 7.7.

É fácil de achar, já que está tudo numeradinho em ordem crescente.

crateús-

Em lá chegando, veja que edital da bixiga lixa!

E aproveite pra ver a lista completo das 49 profissões que poderão fazer concurso pra prefeitura de Crateús, desde Médico e Tecnólogo de Alimentos, passando por Auto Cadista e Fiscal Ambiental, até chegar em Terapeuta Ocupacional e Auxiliar de Farmácia.

Uma excelente oportunidade de fazer carreira, ter um emprego estável, um bom ganho e um futuro tranquilo. Boa sorte aos candidatos!

Garanto que vocês irão gostar da leitura do Edital.

São 69 páginas de puro civismo municipal!

JORGE FILÓ – RECIFE-PE

Santidade,

divulgue ai esses versos do meu Primo Pedro Torres, com todo sua, e nossa, indignação contra esse crime ambiental amoral…

Segue vídeo e anexo com os versos.

R. Meu estimado Cardeal, confesso que fiquei com pena.

Fiquei aqui matutando sobre quantas mangas deixarão de ser chupada no futuro… quantos balaios ficarão vazio por conta deste ato criminoso.

Bela, comovente e tocante esta homenagem do Poeta Pedro Torres às árvores impiedosamente assassinadas.

Me manda o retrato desse prefeito que vou botar Polodoro pra rinchar em homenagem a ele.

* * *

Sem necessidade alguma o prefeito da minha cidade no Pajeú, Tuparetama, mandou derrubar três mangueiras na frente de uma escola com a justificativa de fazer uma praça e, sem perguntar a ninguém, mandou passar o trator por cima delas.

Eram árvores antigas, plantadas há quase três décadas por meu pai. Estavam todas frutificando, saudáveis. Uma punhalada na minha alma que as vi quando menino e elas eram ainda mudas.

E sobre isso eu disse (com os olhos cheios d’água):

Eu procuro entender, “sem ver direito”,
Porque alguém mataria uma mangueira?!
Pr’um cenário de antigas brincadeiras
Virar palco da ira de um prefeito?!
Procurei vislumbrar qualquer defeito
Que indicasse a razão, mas, nada isola
Porque a força empregada só viola
Os limites da sombra da vaidade
“O trator da arrogância da cidade
 Derrubou a mangueira da escola!”

Com 1/4 de século de existência
As mangueiras tombaram destruídas
Deram sombra e sabor a muitas vidas
Sucumbindo ao poder da prepotência.
Uma vítima da força sem clemência
Do trator que hoje impera na aldeola
E onde havia um canário sem gaiola
Hoje resta somente uma saudade…
“Que o trator da arrogância da cidade
Derrubou a mangueira da escola!”

No intervalo das aulas, sem receio,
Tirar manga do pé virou lembrança
Mas, já foi diversão para a criança
Que brincava na praça no recreio.
E no inverno que o pé ficava cheio
Chega a fome “comia de esmola”
Que um chinelo voava pela sola
E um menino matava uma vontade
“O trator da arrogância da cidade
Derrubou a mangueira da escola!”

Pedro Torres

ISABELLE BARROS – RECIFE-PE

Olá!

Sou repórter do Diario de Pernambuco, tudo bem?

Estou fazendo uma matéria sobre teatros desativados/inativos da Região Metropolitana do Recife e vi na Besta Fubana um texto muito interessante sobre o Teatro Marrocos.

Acho que quem publicou foi um colunista chamado Paulo Carvalho, da coluna Vôte, espia só.

Tem como você me passar o contato dele para eu conversar sobre o Teato Marrocos?

Obrigada!

R. Caríssima leitora, se todo repórter da grande imprensa deztepaiz lesse o JBF e aqui procurasse saber das coisas, garanto que o mundo seria muito bem informado.

A matéria a que você se refere foi publicada na coluna do Cardeal Paulo Carvalho em novembro de 2009 (clique aqui para ler). Já remeti pra você o telefone dele.

Por coincidência, Paulo está embarcando hoje pra Colômbia, numa de suas rotineiras viagens ao redor do mundo. Num para quieto de modo algum, esse sujeito. Argentina, França, Hungria, Polônia, Bélgica, Itália…

Eu tô ansioso mesmo é pra ver o dia em que ele vai fazer turismo em Havana, coisa inédita até o presente momento…

Abraços, sucesso e disponha sempre desta gazeta escrota. 

BERNARDO – MACEIÓ-AL

Mestre Papa,

nadando na onda das palavras da moda onde tudo no mundo é “ferramenta”, de cotoco de lápis até caçola e o velho objetivo virou “foco”, estou enviando aos fubânicos uma mistura dos dois.

A ferramenta da moça, e o foco do retrato.

Com os respeitos do Cardeal.

DBN

FULGÊNCIO FILHO – CAMPINAS-SP

Boa noite!

Sou seguidor de seu blog e publico algumas matérias no meu espaço virtual Bigfull.

Editei um vídeo sobre a deputada venezuelana Maria corina Machado, e estou enviando o link para sua apreciação, e se houver interesse de sua parte, compartilhar.

O objetivo é demonstrar o porque de toda esta perseguição contra a deputada, e fazer uma comparação com a  oposição brasileira e com os caminhos que estamos trilhando, caminhos estes que, com certeza, nos levarão para o mesmo “buraco” em que se encontra a Venezuela.

Grato pela atenção.

ARISTEU BEZERRA – RECIFE-PE

Caro Luiz Berto,

Não deixe de assistir a melhor explicação sobre o socialismo e a corrupção atual do nosso país.

Clique, abaixo, e ouça com bastante atenção!

JORGE FILÓ – RECIFE-PE

Caríssimo editor Luiz Berto.
 
Veja que maravilha de começo de campanha.

O nosso, hoje ex governador, Dudu das Meninas, lá pras nêga dele, acaba de doar o histórico prédio da Fabrica Tacaruna para Fiat, praticando assim, um dos maiores estelionatos culturais do mundo, posto que até treinamento de pessoal para a ocupação e instalação da primeira Refinaria de Cultura do estado já teria sido feita a um tempo atrás.

A imagem é do caderno de Economia do Jornal do Commercio:

TACARUNA

Resta agora a gente esperar pra ver as doações de campanha do moço.

Acredito que a Fiat aparecerá e bem solidária.

R. Se a doação que a Fiat vai fazer pra campanha de Eduardo Campos for tão generosa quanto têm sido as doações da Odebrechet pras campanhas de Lula e Dilma, Dudu terá feito um excelente negócio!

Antes de tecer qualquer comentário sobre a carta do querido colunista fubânico, – que também é Cardeal da ICAS -, gostaria de salientar que ele é daquele time de zisquerdo-luleiros que, como Marilena Chaui, acha que “o mundo se enche de luz” quando Lula abre a boca, que só fala mal do Bolsa Vagabundagem “quem nunca passou fome na vida” e que os aeroportos brasileiros estão lotados de passageiros igual “rodoviárias de interior“, graças ao heróico esforço de Lula de aumentar a renda do povo e baratear as passagens aéreas.

Ressalto, esclareço e destaco que ele diz tudo isso a sério e que, realmente, acredita no que diz.

Também informo aos leitores de outras plagas que, aqui em Pernambuco, em época de campanha eleitoral, a irracionalidade, a paixão cega e o radicalismo asinino assumem níveis infinitamente maiores que em outros estados.

Dito isto, vamos à mensagem que nosso querido colunista Filó me mandou.

Ela, a mensagem, fala de uma parceria firmada entre o gunvernador Eduardo Campos (agora ex-gunvernador…) e a Fiat para dar utilidade a um prédio histórico aqui do Recife, desativado há exatamente 21 anos, a Fábrica Tacaruna (leia mais clicando aqui).

Se o acordo foi bom ou foi ruim pro estado, isto não interessa. O que interessa é baixar o cacete em Dudu! Seja por qualquer razão ou por qualquer motivo. Por que? Porque Dudu, agora, é candidato a presidente de Banânia e vai concorrer com a Dama do Priquito de Ferro, a criatura de Lula, codinome Barba.

Bem diferente de um passado recente, quando Eduardo Campos era o ídolo dos canhotos aqui da terrinha, neto do maior ícone das zisquerdas pernambucanas, o falecido gunvernador Miguel Arraes, que fez Dudu deputado estadual, secretário estadual, gunvernador de fato, deputado federal, ministro da Ciência e Tecnologia no primeiro gunverno Lula e pavimentou o caminho pro neto chegar a ser gunvernador de direito, eleito e reeleito pelo povo.

E foi como gunvernador de Pernambuco que Dudu derrotou Lula e tomou das mãos da petralhada a prefeitura do Recife. Aí fudeu tudo… Virou bicho-papão, virou reacionário, virou nazista de extrema direita, virou anti-povo…

Tão intendendo tudo, num tão?

Pra complicar mais ainda, Eduardo Campos escolheu um poste, um seu secretário estadual, um completo desconhecido, pra ser candidato à sua sucessão no gunverno do estado. Um poste que vai concorrer com o candidato apoiado pelo PT, já escolhido e sacramentado pelo partido de Lula em convenção.

E quem é este candidato revulucionário-zisquerdista no qual Filó irá votar, por fidelidade pulítico-ideológica???

Hein? Vocês sabem?

PT Armando

É o grande marxista-leninista Senador Armando Monteiro, simpatizante do PT deste criancinha, em cujo currículo constam duas presidências: presidência da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco e presidência da Confederação Nacional da Indústria.

O Senador Armando Monteiro foi escolhido pela revista Veja como “O melhor Senador do Brasil“.

Um fato que o atual candidato apoiado pelo PT e pelas zisquerdas pernambucanas fez questão de alardear em cartazes espalhados pelas principais avenidas do Recife.

Vejam que lindo:

cartaz

A Veja é aquela revistona que as zisquerdas de Banânia e de Pernambuco… etc. etc. etc. etc. etc e coisa e tal…

Meu sádico coração fica feliz que só a porra quando vê vocês das zisquerdas esculhambando e crucificando alguém que há tão pouco tempo endeusavam e idolatravam. Eu chega se mijo-se-me todinho de tanto se rir-se-me.

Vou fechar esta postagem fazendo um pedido e dando uma ajudinha na campanha que vocês estão promovendo pra avacalhar Eduardo Campos. O pedido é pra que você apareça mais aqui no jornal do qual você é colunista, com textos, comentários e cartas. Num deixe pra aparecer apenas quando tem notícias pra criticar o candidato que vai concorrer com Dilma, o poste de Lula.

A ajudinha é uma matéria publicada ontem pela Folha de S.Paulo, aquele jornalão reacionário de direita que é expoente do PIG e que só publica a verdade quando esculhamba os pulíticos detestados pelas zisquerdas.

Pois a Folha publicou uma matéria denunciando que Eduardo Campos, ao deixar o gunverno pra ser candidato, fez uma série de inaugurações de obras incabadas.

E tudo documentado com várias fotos. Esta matéria vai ser ótima pra ser distribuída e avacalhar Dudu.

Clique na manchete abaixo e tenha uma boa leitura, junto com um excelente final de semana!

mctf-

 

DEPUTADA LUCIANA SANTOS – BRASÍLIA-DF

Nesta quarta-feira (2), a deputada Luciana Santos (PCdoB-PE) protocolou projeto de sua autoria onde propõe a criação do Fundo de Desenvolvimento da Mídia Independente (FDMI), que tem como objetivo garantir recursos para instalação, manutenção e modernização de veículos de mídia independente.  A proposta é fruto do trabalho desenvolvido na subcomissão para análise de formas de financiamento de mídia alternativa.

Como veículo de mídia independente o PL 7354/2014 considera emissoras de rádio e TV comunitárias, educativas, produtoras regionais independentes e veículos de comunicação de pequeno porte. Há requisitos para garantir que o Fundo fomente, de fato, produções regionais como não ser controlada ou coligada com produtoras que não atendam aos critérios de regional ou microempresa e produzir conteúdo majoritariamente regional.  Há critérios específicos também para garantir o incentivo a veículos de comunicação de pequeno porte.Comissão de Ciência e Tecnologia

O Fundo deve ser constituído por dotações designadas na lei orçamentária anual da União, por parte das receitas do Fistel, por 50% dos recursos obtidos na outorga onerosa de concessão e permissão para executar serviços de radiodifusão sonora ou de sons e imagens e pela contribuição de 1% sobre a receita operacional bruta de emissoras comerciais de radiodifusão que não sejam classificadas como veículos de comunicação de pequeno porte, e sobre a receita de prestadoras de serviço de acesso condicionado.

Os recursos poderão ser aplicados na modernização de equipamentos, na contratação de pessoal, na elaboração de projetos editoriais, na geração de novos conteúdos, na geração de conteúdos, na produção e programação com finalidades educativas, artísticas, culturais, científicas e informativas e na promoção da cultura nacional. Há previsão de pagamento de salários e encargos de contratados por 24 meses. 

Para incentivar a produção regional o projeto determina que em cada exercício, pelo menos 40% dos recursos do FMDI sejam aplicados em programas, projetos e atividades executados nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Para a deputada Luciana o projeto está amparado nas discussões feitas com a sociedade civil e nas propostas da 1ª Conferência Nacional de Comunicação. “Nossa intenção é promover o equilíbrio da balança da comunicação no Brasil e garantir que os veículos de comunicação independentes tenham condições para desenvolver bem o seu trabalho, que é fundamental para a democratização da comunicação no nosso país”.

O projeto completo está disponível aqui.

Assessoria de Comunicação: (61) 3215-1531 / (61) 9822-6549

BRÁULIO DE CASTRO – OLINDA-PE

Papa Berto,

Para aliviar um pouco dos cinquenta anos do golpe, segue um samba que gravei no inicio da abertura política, hoje escrachada pela corrupção.

Para saber mais sobre Belo Xis, o intérprete, clique aqui.

PORQUE NOVAMENTE É VERÃO – Samba: Bráulio de Castro
Gravação Continental com Belo Xis

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

JESSIER QUIRINO – ITABAIANA-PB

Difícil decisão.

CABARÉ PROCESSA IGREJA NO CEARÁ

Em Aquiraz, região metropolitana de Fortaleza, Tarcilia Bezerra começou a construção de um anexo do seu cabaré, a fim de aumentar suas “atividades”, em constante crescimento.

Em reação contrária ao “empreendimento”, a igreja neopentecostal da localidade iniciou uma forte campanha para bloquear a expansão.

Fez sessões de oração, em seu templo, de manhã, à tarde e à noite.

Porém, o trabalho da construção progrediu até uma semana antes da reabertura, quando um raio atingiu o cabaré de Tarcilia, queimando instalações elétricas e provocando um incêndio que destruiu tudo.

Tarcilia processou a igreja, o pastor e toda a congregação, com o fundamento de que a Igreja “foi a responsável pelo fim de seu prédio e seu de negócio, seja através de intervenção divina, direta ou indireta, ações ou meios.” E o certo é que lhe causou enormes prejuízos, que são objeto de indenização.

CBR-

Na sua defesa à ação, a igreja negou veementemente toda e qualquer responsabilidade ou ligação com o fim do cabaré, inclusive pela falta de prova da intervenção divina e das orações dos pastores.

O juiz, veterano, leu a reclamação da autora Tarcília e a resposta dos réus que são o templo e os pastores.   E na audiência de abertura, comentou:

Não sei como vou decidir neste caso, pois pelo que li até agora tem-se, de um lado, uma proprietária de puteiro que acredita firmemente no poder das orações e do outro lado uma igreja inteira que afirma que as orações não valem nada“.

FAHAD MOHAMMED – CURRAIS NOVOS-RN

April Fools’ Day

O dia da mentira é comemorado em diversas partes do mundo, nos países de língua inglesa se chama April Fools’ Day, na minha tradução – bem menos ortodoxa que a da Wikipédia – é o famoso Dia do Idiota. Soaria bem melhor aqui no Brasil do que o nome que damos hoje. Afinal, somos todos – ou quase todos.

Um país que elege 73.151 políticos dos quais a esmagadora maioria é de picaretas, não pode ser um país de mentirosos – exceto os eleitos. É, na verdade, um país de idiotas. Afinal, até pra mentir é preciso ser esperto.

Aquela máxima de que “a mentira tem pernas curtas” só vale pra o Dia do Idiota, afinal no resto do ano somos todos enganados, muitas vezes até cientes, e achamos que tudo (ou nada) não é da nossa conta.

Faço remissão a um texto antigo, que alguns podem lembrar (ou não), No texto que pode ser lido clicando aqui , eu pergunto: idiota vota? E respondo: vota, idiota!

A todos, um feliz Dia do Idiota, idiotas.

ANTONINO CAMELIER – CAMPINAS-SP

Santíssimo Padre

O texto abaixo reflete o asco, a revolta e a indignação do médico gaúcho Milton Pires com os zisquerdistas em geral (e os petralhas em particular) no tocante às perorações sobre o 31 de Março.

Saudações.

* * *

50 ANOS DEPOIS – Milton Pires

31 de março de 1964: Há 50 anos atrás as Forças Armadas (FFAA) tomavam o poder no Brasil. Cansado como estou de escutar as reportagens..os depoimentos e os documentários. Esgotado com as entrevistas daqueles que “sobreviveram” à prisão e às torturas, farto de escutar uma única versão eu hoje aqui vou me dirigir à “esquerda”… aos bravos combatentes da luta armada que mais tarde ajudaram a formar o PT e restaurar, como querem fazer crer, a normalidade da vida institucional no país.

Muito eu poderia escrever no sentido de revelar quem vocês na verdade são..no intuito de relatar o que fizeram e o que disseram que fariam. De tudo que me ocorre, tenho como mais importante deixar uma só mensagem, lançar uma só pedra que, com o peso e tamanho de uma montanha, há de os colocar no devido lugar quando as futuras gerações a vocês se referirem. Vocês, seus mentirosos, seus covardes assassinos, jamais em momento algum lutaram pela democracia no Brasil. O que os movia era a intenção de implantar aqui o comunismo. Derrotados, vocês mudaram de tática, mas jamais de objetivo final. Cada deputado subornado, cada refinaria velha comprada no estrangeiro é a manifestação do mesmo fenômeno passado, do mesmo fanatismo hediondo que os levou a matar, roubar, fraudar e sequestrar tudo e todos de quem vocês se aproximaram!

Deus me livre de viver num país que encontra em vocês o ideal de herói, a noção de mártir e o conceito de bravura. Que cada criança brasileira com acesso a internet e ao Google possa, olhando fotos em preto e branco dos anos 60, encontrá-los em fotografias com Mao Zedong, Fidel Castro e Che Guevara..Que todas elas tenham acesso aos dois lados de uma história cujo único narrador hoje é a organização criminosa que vocês fundaram 16 anos depois da intervenção militar e que, com o nome de “Partido dos Trabalhadores”, arrasta o Brasil em direção à Venezuela. Que todo aquele que, comovido e assistindo ao Jornal Nacional, vendo pessoas sendo presas e tanques desfilando, lembre daqueles que perderam a vida nos atentados que vocês perpetraram no Aeroporto de Guararapes, nos bancos das grandes cidades ou nas matas do Araguaia e entenda que os militares se apropriaram do poder; vocês do direito de contar a história do país..

Vermes como vocês, que em 68 falavam na “vontade do povo”..que em 72 diziam lutar pela “democracia” são hoje aqueles que roubam o futuro das nossas crianças com seu gayzismo histérico ensinado nas escolas públicas…que matam os doentes nos hospitais públicos de onde roubam tudo que podem e que reduzem os policiais brasileiros à definição de bandidos fardados a ser vendida nos jornais que vocês controlam! Vocês, seus miseráveis, não merecem homenagem alguma do país..ninguém lhes deve pedido de perdão nenhum e o lugar de vocês na história é a lata de lixo reservada aos assassinos como Stalin, Fidel e Mao que, sendo heróis de vocês, não o são do povo que desgraçadamente vocês governam.

As desculpas pedidas hoje por José Eduardo Cardozo, ministro por vocês escolhido para defender a Justiça no Brasil, nada significam para gente simples..para o povo humilde que acredita em Deus, que reza pela família, que é contra o casamento gay e que nada sabe ou quer saber sobre a fraude do aquecimento global. Recomendo a vocês divulgar pesquisas sobre que “roupas usar para que uma mulher não seja violentada” e celebrar sempre a luta do passado, bandidos petistas, pois o presente não convém a vocês e o futuro não se pode fraudar…mesmo 50 anos depois..

Porto Alegre, 31 de março de 2014

BERNARDO – MACEIÓ-AL

Mestre Papa,

veja que coisa linda estamos enviando para desanuviar a visão dos leitores apreciantes da perfeição.

Com os respeitos do Cardeal.

APRF

ARISTEU BEZERRA – RECIFE-PE

Caro Luiz Berto,

Recebi um e-mail com a reportagem abaixo e, por achá-la muito interessante, resolvi compartilhar com você.

Espero que goste!

Saudações fraternas.

* * *

A resistência de uma pequena cidade de Pernambuco

A professora foi para a rua liderar o levante contra o golpe. Os trabalhadores da estrada de ferro cruzaram os braços. O telegrafista disse para os primeiros soldados com carabinas nas mãos que não tinha condições de mandar mensagens. O delegado não aceitou as ordens do Exército.

Diante da agitação, o comércio fechou as portas. A rádio AM foi tomada por defensores do presidente João Goulart e, pelo microfone, conclamou os ouvintes a resistir. O sindicalista resistiu e foi fuzilado num canavial. O corpo dele virou repasto de aves de rapina. Os militares forjaram um suicídio que indignou a família.

RRPPO

A crônica com tintas surreais dos primeiros dias de abril de 1964 em Vitória de Santo Antão, em Pernambuco, na época com 30 mil moradores – hoje sua população passa de 100 mil -, mostra que, na história do Brasil contada a partir do interior, o povo não assistiu, mais uma vez, bestializado, e os generais não esperaram o AI-5, quatro anos depois, para dar início à barbárie.

O delegado Edvaldo Rodrigues Cavalcanti entrou na lista de 21 acusados de subversão que teriam resistido ao golpe na cidade da Zona da Mata pernambucana. Foi expulso da Polícia Militar. Documento do Conselho Especial de Justiça do Exército, de dezembro de 1969, obtido pelo Estado, destaca que o ex-tenente “procurou sublevar o destacamento policial e até camponeses adestrados para uma reação ao movimento revolucionário”. Esse personagem desconhecido afirmou, em sua defesa, que tinha orgulho por jamais permitir que senhores de engenho colocassem as mãos em seu ombro e dissessem: “Meu delegado”.

Clique aqui e leia este artigo completo »

BRÁULIO DE CASTRO – OLINDA-PE

Papa Berto,

segue outra história do meu livro “Arrancaram os Olhinhos do Cavalo“.

* * *

bráulio-capa

UMA FIGURA “EPOPLÉTICA”  

Outro cabra de Bom Jardim presepeiro que só a bixiga lixa era Toinho de André. Parece que estou vendo a figura: baixinho, andar bamboleante, usava chapéu coco e na  cinta, um três oitão maior do que ele. Era investigador de policia, e ainda por cima, primo de Alváro da CostaL ima, Secretário da Segurança Pública no tempo da ditadura  Vargas e depois na de 1964. (isto é que é curriculo)

Toinho quando estava sem beber, era uma excelente pessoa, mas quando bebia, sai de perto, pintava o diabo, aonde chegava, gostava de atirar pra cima. No dia seguinte, o jornal estampava: “Investigador primo do Secretário, ontem a noite fez vários disparos em plena Rua Nova”. Não dava em nada, não era punido nunca.

Certa ocasião, uma turma de Bom Jardim estava bebendo na zona (Hoje Recife Antigo), quando chega um Araque da Policia (era o dedo duro da época) e pede os documentos do pessoal. Acontece que no meio da turma tinha um menor,  o nosso amigo Biu Cabral, que foi impedido de ficar no recinto. Biu levantou-se arretado, pois além de ter que deixar o bar, ainda foi gozado pelos colegas de farra.

Ao  chegar a esquina, deu de cara com Toinho  (que já estava melado) e contou-lhe o ocorrido. Nosso conterrâneo não teve dúvidas, pegou o rapazinho pelo braço, entrou no bar, ordenou que ele se sentasse na mesa com a turma,  chamou o araque, tomou-lhe o revolver, aboletou-se também numa cadeira, pediu um avental para o gerente do estabelecimento e mandou que o dedo duro ficasse servindo  o pessoal, inclusive o menor.

PABLO LOPES – ITAQUAQUECETUBA-SP

Caro Luiz Berto

Sou leitor assíduo deste blog há pelo menos cinco anos, quando ainda vivia e trabalhava em minha querida Ribeirão Preto-SP. Hoje moro e trabalho em Itaquaquecetuba, região metropolitana desta nossa capital.

Não sei bem ao certo como vim parar nas páginas desta gazeta da bixiga, mas desde o primeiro contato me tornei dependente do humor, da crítica e da forma desassombrada com que o editor e colunistas analisam este nosso país e os tempos difíceis em que vivemos.

De tanto comentar com os amigos aqui da empresa e da faculdade, vários deles também  se tornaram fãs, inclusive um de nossos diretores utiliza (não sei como) o “rincho” do Polodoro como toque do celular; espero que ele não queira direitos autorais…

De resto quero apenas parabenizar a todos pelo blog e desejar-lhes saúde e vida longa, apesar do boicote das gooordas verbas oficiais….

Grande abraço a todos.

R. Este é o tipo de mensagem que compensa, e compensa muito!, a enorme trabalheira que tenho pra editor este jornal escroto. 

Brigadão do fundo do coração, meu caro leitor, por estas suas carinhosas palavras. Eu fico ancho que só a porra com tanto elogio. Engulo mais corda do que cacimbão do agreste.

Esta de botar o rincho de Polodoro como toque de celular, eu achei o máximo! Já pedi pra Aline, minha assessora para assuntos tecnológicos, que fizesse o mesmo com o meu celular. 

Polodoro ficou tão contente com a homenagem que pediu pra fechar esta postagem com seu rincho. E a vontade dele será cumprida.

Já fiz inúmeras viagem de Brasília para Araraquara, onde ia visitar um irmão meu. E passei várias vezes por sua querida Ribeirão Preto, esta fantástica e progressista cidade paulista. Numa destas passagens, fiz questão de ir ao Pinguim, o mais tradicional e famoso chopp da cidade. Quem quiser saber mais sobre o Bar Pinguim, basta clicar aqui.

Muito grato mesmo, meu caro, pela força, pela divulgação e pela audiência.

Um grande abraço e uma excelente semana!

Prédios_em_Ribeirão_Preto_SP

Ribeirão Preto, a 313 km da capital e com 650 mil habitantes: uma metrópole no interior paulista

* * *

LENA MAIA – RECIFE-PE

Luiz Berto,

nos encontramos algumas vezes através de Paulo Carvalho, Luciano Bemfica e Fábio.

Coordeno, no Hospital das Clínicas, um Programa de Extensão voltado para humanização nos espaços de saúde e, gostaríamos de saber sôbre a possibilidade de divulgá-lo através do Besta Fubana.

Encaminho em anexo um resumo do nosso programa e segue o link da apresentação do Programa MAIS no TEDx-UFPE (clique aqui para acessar).

Caso deseje mais informações a respeito, me coloco à disposição.

Um abraço

R. Caríssima, você nem imagina a alegria que me proporcionou ao procurar o JBF pra divulgar o seu trabalho. Use e abuse deste espaço. Ele está inteiramente à disposição pra você divulgar esta sua obra extraodinária.

Você é uma das pessoas mais doces e encantadas que já tive o privilégio de conhecer. No exercício de sua profissão, você vai além do cumprimento de suas obrigações e se transforma num anjo iluminado.

E mais não digo.

Os leitores fubânicos entenderão tudo ao ouvir você no vídeo que está a seguir. E, junto com o vídeo, transcrevo este pensamento que você me mandou em outra mensagem:

Tenho um sonho muito louco de que as políticas público/privadas de saúde abracem essa idéia e que a Arte passe a constituir uma ferramenta terapêutica presente nos espaços de saúde.

JEFFERSON DESOUZA – SANTA TEREZINHA-PE

A Benção Papa Berto

Numa publicação na seção Correspondência Recebida, falando sobre o comunismo coreano a santidade se pergunta:

Já pensou se Luciano Siqueira morasse na Coréia do Norte – cujo regime ele tanto admira e exalta -, e tivesse que cortar o cabelo do jeito que o ditador-neto hereditário ordenou através de decreto???!!!”

Para acabarem as dúvidas, segue como seria o corte:

luciano Kim

R. Vocês são muito maldosos e inventam cada presepada da porra.

Enquanto você retratou como é que ficaria o colunista fubânico Luciano Siqueira com o corte de cabelo cumunista, veja só o que foi que outro leitor do JBF mandou pra cá:

kkk

JOSMAR DIVINO – GOIÂNIA-GO

Olá Berto..

Sou um misto de nada com coisa alguma.

Faço um papel de moderador em Tecendo Textos, até agora ninguem reclamou do que escrevo, até tem malucos que me elogiaram…

Faço poeminhas (que não gosto de ler – prefiro Manuel de Barros, Pessoa, Quintana, Espanca, Meireles etc), sou contista de meia tijela, historiador mais pra lá do que pra cá e últimamente faço garranchios tentando imitar prosa poética.. segue abaixo um dos meus textos…

Ah! sou amigo de Ivan Corrêa e moro em Goiânia…

Quero saber se é possível publicá-lo em seu jornal.

R. Não só é possível publicar como, mais ainda, já tá publicado!

Lugar de cabra talentoso e desmantelado é aqui mesmo, meu caro. Use e abuse. O espaço é todo seu.

A propósito de Ivan Corrêa, diga pra ele reaparecer. Já faz tempo que não dá notícias. Pelas minhas contas, a última vez que ele poetou no JBF foi em junho de 2012. Clique aqui para conferir.

A seguir, o texto que você nos mandou.

* * * 

Alto-retrato

Comi algodão doce colorido, fiz careta com giz de cor, fiz micagens na frente do espelho como treinamento não-sei-pra-que, quebrei o braço jogando queimada, corri até a barriqa doe atrás de uma bola imaginada, desafinei tocando campainha e corri para não ser descoberto, me apaixonei pela coleginha de tranças, tive paixão pela professora de Inglês pensando que era a Brigite Bardot, fiz bagunça na rua, bebi biotonico fontoura para embebedar o carnaval, chupei picolé até esfriar o “beiço”, amarrei vassourinhas nos trilheiros e ri do tombo de quem caiu, me perdi em atalhos de teimosia, fiz mistureba de restinho de comidas com feijão de manhazinha, chorei escondidinho porque cortei o dedo, deitei na grama para tomar sol, namorei figuras de animais em nuvens negras de tempestade, imaginei muitas vezes quem pintou o por-do-sol, ilumiou as estrelas, fez arco-íris, criou borboletas… Quis saber de onde vinha as estrelas cadentes, robei frutas nos quintais, amarrei latinha no rabo do gato, soltei busca-pe em festa de São João, fugi de casa até a esquina e voltei correndo e chorando de saudades, fingi muitas vezes não ver quem queria me ver, joguei uma pedra num menino valentão, rabisquei poemas de amor, escondi no meio de uma multidão, namorei o nascer da luzes das estrelas, fugi de casa pulando a janela, fiz bagunça no cemitério, chorei de felicidade, roubei uma rosa vermelha na casa da menina mais bonita da escola para ganhar uma aposta, beijei sem querer, fui beijado não querendo, quis ver gente partir e lenços brancos banhados de lágarimas abanando, vi joão-de-barro trabalhando, vi fantasmas em casas abandonadas… Pesquei confusão, joguei bola de cobertão, amarelinha, bola de gude, bete, bil-bouquete, brinquei de pique, de carrinho de roleimã… Não fiz bola de chiclete, nunca tirei dez em matemática, nunca robei beijos de meninas feias, não amei a menina mais bonita do baile, quase morri bebendo emulsão de scoth e óleo de rícinico ameaçado por uma vara de amora, também fui ensacador de fumaça… fui feliz, fiquei triste, mas para alegrar dias escuros li o Pequeno Príncipe de Antoine Saint-Exupéry mil vezes ou mais…

BETO BRITO – JOÃO PESSOA-PB

Berto Filho, meu amigo
tem acento reservado
pra você no Boa Vista
já esteja preparado
quero ver você na frente
todo alegre e sorridente
meu primeiro convidado

bora_3

R. Mais um malassombrado fubânico brilhando no mundo artístico, pra grande felicidade do distinto público.

Claro que estarei na primeira fila do Teatro Boa Vista, meu caro, no próximo 26 de abril.

Será um prazer e uma grande honra.

Muito sucesso, seu cabra doido!

E aqui vai uma pequena amostra da arte de Beto Brito pros leitores fubânicos:

WÉLINTON ALENCAR – ARAGUAÇU-TO

Meu Caro Papa,

Como muitos brasileiros, assisti ao “Preto &Branco” da dupla Marina Morena e Dudu Beleza.

O que ví foi um amontoado de bons mocismos, entremeados de críticas suaves ao destempero  cleptocrático dos petralhas de plantão, aliados à princípios xiitas ambientais, que deixaram babando de contentamento, os ecochatos e  biodesagradáveis que infernizam quem quer gerar riqueza, neste nosso País.

Do meu parente distante (pelo lado Alencarino do Avô)  Eduardo Campos, pouco sei. O que vejo, nestes anos que atravesso Pernambuco, rumo à Juazeiro do Norte, onde vou uma vez por ano, é pouco. A única estrada nova que rodei, foi um pedaço entre o entroncamento de Lagoa Grande à Parnamirin, por sinal, entrei errado e andamos uns cincoenta km a mais . Outras obras  neste pedaço de chão,  a Ferrovia Transnordestina e Transposição do São Francisco, são obras federais que se arrastam ao longo do tempo. Voces daí é que podem dizem melhor do que eu, como estão a Saúde, a Segurança Pública,  as Escolas, a geração de empregos, etc, etc…

De Marina, a não ser o discurso monotemático do “desenvolvimento sustentável”, temos a administração do Ministério do Meio Ambiente, onde  pouco agradou  tanto a Gregos quanto a Troianos.

Todo dia vemos os desatinos dos governantes atuais, não vou ser redundante nem chato, repetindo seus “mal feitos”, desde os tempos do malfadado Mensalão, até os neosaques,  erros e omissões do rolo chamado Petrobrás. Se realmente puxarem os rabos, poucos se salvam e periga alguns que estão se escondendo, aparecerem  mais sujos e fedidos que gambá molhado . São casos recorrentes, infelizmente. Mal acaba um escândalo, eis que outro já emerge .

Meses atrás, também assistimos ao discurso do plastificado e artificial Aécio Neves e sua G.. Gente, incluindo aí todo o potencial ofensivo do PSDB paulista. Pelo andar da carruagem, querem repetir a manjada dobradinha Café com Leite da República Velha – Aécio , presidente e Aníbal Vice.

Resumindo, Meu Caríssimo Papa:

O quadro que se apresenta hoje não é dos mais bonitos.  Pode aparecer alguém que traga credibilidade, com densidade política, Plataforma de Ações concretas e factíveis, com chances de ganhar a eleição para Presidente, e que NÃO seja um Novo Engodo, um D. Quixote, um Lobo travestido de Cordeiro?

Duvido muito.

Só nos resta então escolher o menos pior, o menos malfalado, o menos rôto?

Eu já decidi. Nestes tres grupos poílticos acima citados, não voto. Posso até errar, votando em um Enéias, se vivo fosse, porém, ser leniente com quem conhecemos tão bem (Mal), definitivamente, NÃO.

ALAMIR LONGO – QUARAÍ-RS

Meu caro papa Berto,

Quando dou de cara com uma notícia dessas, parafraseando V.S., “eu me mijo-me todinho de orgulho” ao ver tanta democracia reinante nos países comunistas.

Eu só não entendo por que os nossos comunistinhas daqui não se mudam para esses doces paraísos.

Um abraço.

R. É mais fácil você enxergar um elefante avuando nos ares – ou mesmo Dilma pronunciando duas frases coerentes -, do que ver um cumunista banânico fixando residência em Cuba ou na Coréia do Norte. Eles são ceguinhos dos olhos mas num são bobos não…

Quem quiser ler na íntegra a matéria enviada por nosso leitor gaúcho, basta clicar aqui.

Mas, só olhando a manchete  e a abertura da reportagem, já dá pra entender tudo.

Vejam:

Kim Jong-Un ordenou que todos os universitários cortem seus cabelos exatamente igual ao dele

xereca capilar-

Ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-Un

Até o início desse mês, os cidadãos da Coreia do Norte podiam cortar os seus cabelos de acordo com um dos 28 cortes (sendo 18 para as mulheres e 10 para homens) definidos e aprovados pelo governo.

Se o fato já soa estranho, agora, o governo coreano limitou ainda mais as opções dos homens, especialmente os estudantes, todos os universitários coreanos serão obrigados a cortar os cabelos no mesmo ‘estilo’ e corte do líder do país, Kim Jong-Un.

Acreditem: num é criação da “grande mídia reacionária e burguesa“. É a mais pura verdade!

Já não se fazem mais cumunistas como antigamente, quando eles comiam criancinhas. Hoje em dia, eles comem e raspam os cabelos do pé de toitiço dos homens. Vôte!

Coitado do colunista fubânico Luciano Siqueira, vice prefeito do Recife, comunista histórico, perseguido na época da ditadura militar, nome de destaque do PCdoB e que tem uma bela cabeleira, conforme vocês podem conferir na foto abaixo:

luciano

Já pensou se Luciano morasse na Coréia do Norte – cujo regime ele tanto admira e exalta -, e tivesse que cortar o cabelo do jeito que o ditador-neto hereditário ordenou através de decreto???!!!

O ridículo que envolve esta determinação da Coréia do Norte foi notícia em todos os quadrantes do mundo e serviu de chacota em tudo quanto é canto do planeta.

Os principais jornais de todos os continentes repercutiram o absurdo.

idiotice comunista

Tem um causo narrado pelo colunista fubânico Jessier Quirino no qual ele define o matuto como sendo um sujeito que entende de tudo neste mundo. E nosso Poeta começa sua história dizendo assim:

Matuto entende desde acasalamento de muriçoca até atracação de navio“.

Pois aqui no JBF nós temos um seleto grupo de leitores que, além de entender de tudo, ainda tem uma qualidade relevante: explicam tudo, justificam tudo.

Só pra você ter um idéia: um destes leitores escreveu que “Fidel Castro é um grande estadista que já prestou relevantes serviços ao povo cubano“. Os médicos-cativos cubanos que estão em Banânia (e que diariamente acessam o JBF às escondidas, conforme me garantiu uma fonte segura…) caíram na risada.

Outro leitor deste mesmo time escreveu um elogio tão exaltado à capacidade do Ministro Dias Toffoli que eu até esqueci que o ex-advogado do PT havia sido reprovado em dois concursos pra juiz, que era condenado em processo e que havia tido Zé Dirceu como chefe imediato.

Pois bem: tenho absoluta certeza que estes dois leitores irão explicar e justificar plenamente a razão deste decreto do ditador coreano, do neto que herdou a capitania do avô também ditador. Pra quem consegue a proeza de explicar e exaltar Fidel e Toffoli, explicar e exaltar o corte de cabelo determinado por Kim Jong é besteira.

A propósito, acabei de enviar uma mensagem ao Diretório Nacional do PCdoB, com cópia para o Diretório Nacional do PT, exigindo que eles emitam nota de apoio a Kim Jong-Um, frequentador às escondidas da Disneylândia e consumidor voraz do MacDonalds.

Enquanto aguardamos respostas dos dois partidos, vamos botar Polodoro pra rinchar em homenagem aos zisquerdistas marxistas comunistas revulucionários de mundo todo  (Uni-vos!!!) e que vão aderir ao novo corte de cabelo norte coreano.

Rincha, Polodoro!

BERNARDO – MACEIÓ-AL

Mestre Papa,

não conheço o  esporte tratado na matéria do Carlito Lima.

Mas, a julgar pela cara da praticante, deve ser pra lá de bom.

Com os respeitos do Cardeal.

R. Também num conheço este tipo de esporte.

Mas, segurar uma vara comprida no meio das pernas deve ser uma modalidade olímpica prezerosa, presumo.

A cara da moça já diz tudo…

* * *

Blog do Carlito Lima

Sábado inicia o campeonato mundial de stand up na Praia do Francês.

A Prefeitura de Marechal Deodoro convida a todos para assistir essa festa esportiva em uma das praias mais bonitas do mundo.

NPDF

JOSÉ GUILHERME – ALEGRE-ES

Bom dia.

Sou o Zé Guilherme, capixaba de Alegre e leitor assíduo do jornal.

Quero fazer um pedido: tenho vontade de ler o cordel A vida e o testamento de canção de fogo, volumes 1 e 2, e não consigo encontrá-los em lugar nenhum.

Também os locais onde vendem os livros de cordel não respondem aos e-mails que tenho enviado.

Meu apelo: alguém que me empreste, doe ou venda tais cordeis.

Será que consigo? Fico na espera.

Parabéns pelo excelente Besta Fubana.

Deus abençoe vocês.

R. Pronto, caro leitor: o seu apelo está publicado.

E eu tenho certeza de uma coisa: você vai ter resposta com toda certeza.

O que não falta aqui no JBF é gente que está por dentro deste assunto, gente bem informada e com todas as condições de ajudar você. Aguarde.

Brigadão pelo contato e pela generosidade de sua apreciação.

E, de brinde, tá aqui a capa e a abertura do folheto que você procura:

leandro 1

Leitor se não enfadar
Desta minha narração,
Leia a vida deste ente
E preste toda atenção,
Que foi o quengo mais fino
Desta nossa geração.

Pois ele desde criança
Sabia a tudo iludir,
Estradeiro muito velho
Não pôde competir;
O Cancão nunca armou laço
Que alguém pudesse sair.

Cigano que no Egito
O temiam como lobo,
Entre todos os ladrões
Era o professor do roubo,
Chegou aqui no Brasil,
O Cancão fez dele um bobo.

NÉLIO SANTANA – SANTA MARIA-RS

Berto:

O imbróglio Pasadena não é o único da Era da Mediocridade. Esse modelo de governança corporativa caótica é marca registrada do PT. Outras “pasadenas” em outras áreas surgirão. Um gestor que se dispõe a administrar com cerca de 35 colaboradores imediatos já diz o que pretende. Nenhum, repito, nenhum ministro quer realizar um projeto que atenda as demandas nacionais; todos querem atender seus projetos pessoais e de sua grei.

Onde você vê governo federal sério se limitar a entregar máquinas à prefeituras? Lembra que o boquirroto eneadáctilo molusco dizia que Dilma herdaria prateleiras de planos e projetos, uma vez que ele havia assumido um governo com gavetas vazias? A Nação lentamente está descobrindo a qualidade e a finalidade dos planos e projetos petistas.

A imprensa tem muita responsabilidade nesse caos programado. Conglomerados de comunicação eternamente governistas  (não importa qual governo), jornalistas pusilânimes, sabujos nojentos e aqueles que se vangloriam de desfrutar da ”intimidade do poder”(!!!) se juntaram para confundir vandalismo com manifestação pacífica, transformar a crônica política nacional em fofoca de revista e festejar a roupa nova do rei.

Agora que a Nação se deu conta que o rei está nu, surgirão diversos profetas do passado. Quem votar no PT,  mesmo confrontado com a natureza petralha, só dará razão aos que dizem que após 11 anos de Era da Mediocridade,  não há mais inocentes úteis que votam no PT. Somente cúmplices.

R. Caro leitor, diante de tudo que você falou, limito-me apenas a repetir a célebre frase que Lula, codinome Barba, cunhou em 1950, quando fazia Mestrado de Ciências da Ocultação na Universidade Patrice Lumumba.

Frase que foi copiada por Monteiro Lobato e pelos nacionalistas daqueles anos agitados:

O petróio é noço!

ptrn

Agora, aqui entre nós: se o PT sair do comando de Banânia e for enxotado do puder, me diga mesmo de que eu vou viver???!!!

Minha única ocupação neste mundo é falar mal, difamar e caluniar os vermêios.

Francamente, se eles desaparecem, eu vou morrer de fome…

LUIZ PEIXOTO – FORTALEZA-CE

Papa Berto

Olhai: os bandidos mais uma vez se dando mal.

R. Meu caro leitor, ao mandar pra cá este tipo de reportagem, você está cometendo uma tremenda maldade. Ouso dizer que você está agindo com um sadismo extremo, patológico.

Você sabe que existe um time de leitores fubânicos que defende extremadamente os direitos dos manos e que morre de pena de bandidos e ladrões que se dão mal e sofrem acidentes de trabalho. Eles choram de pena dos “justiçamentos” e das barbaridades que as audaciosas e maldosas vítimas cometem contra os excluídos do perverso sistema capitalista.

De modo que eu vou publicar a notícia enviada mas, em nome da caridade cristã, faço um pedido: num mande mais este tipo de coisa pra cá. É uma maldade inominável com os fubânicos puliticamente corretos e militantes do movimento “Bandido é bom, bandido tem que permanecer vivo“.

* * *

Vítima atropela e mata suspeitos após tentativa de assalto na zona sul de São Paulo

Dois suspeitos morreram atropelados após uma tentativa de assalto na avenida Carlos Lacerda, na região do Campo Limpo, zona sul de São Paulo, na noite desta segunda-feira (24), de acordo com informações preliminares da Polícia Militar.

mtc

Dupla estava com motocicleta roubada e foi atingida pelo carro da vítima na avenida Carlos Lacerda na noite de segunda

A vítima estava de carro, e ao ser abordada pela dupla, teria jogado o carro contra a motocicleta, provocando a morte dos suspeitos. De acordo com a polícia, a moto era roubada.

Um dos suspeitos usava duas calças e duas camisas sobrepostas, para evitar a identificação após o assalto. O caso foi registrado no 89º Distrito Policial.

JANAINA BERTO – BRASÍLIA-DF

Poxa, eu trabalhando aqui no meu livro novo e do nada me veio a lembrança de um LP que você tinha e eu escutei até não poder mais!

Aí, busquei no youtube e encontrei.

Boas lembranças.

Beijos.

R. Você resumiu tudo magistralmente, minha filha: boas lembranças. Esta música, Lagoa de Aluá, sem dúvida, é uma das inúmeras marcas de um tempo mágico das nossas vidas.

Confesso que já havia esquecido de Ednardo, tamanho o sumiço que ele tomou. Nunca mais ouvi a voz dele em lugar algum. 

Vou aproveitar o pretexto e acrescentar outro vídeo a esta postagem.

Me lembrei que, quando você ainda era criança, numa das férias que viemos passar em Pernambuco, você se encantou com o disco de um artista aqui da terra. Se apaixonou! E, quando voltamos a Brasília, você passava horas e horas, trancada no nosso carro, a Belina, ouvindo sem parar a fita cassete com as músicas que gravei a partir do LP dele. E você costumava cantar todas elas.

Chama-se Jorge de Altinho. Lembra-se? Até hoje ele está na ativa e continua fazendo sucesso aqui na Nação Nordestina.

Neste vídeo a seguir ele canta um aboio em homenagem à Fazenda Santo Antônio, localizada na terra dele, o município de Altinho. Que, assim como Palmares, também fica às margens do Rio Una.

Um beijão, filhona! E muito sucesso no novo livro!


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa